Views
2 months ago

Revista Apólice #211

editorial Ano 21 - nº

editorial Ano 21 - nº 211 Junho 2016 Alternativas Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido para a crise Diretora de Redação: Kelly Lubiato - MTB 25933 klubiato@revistaapolice.com.br Diretor Executivo: Francisco Pantoja francisco@revistaapolice.com.br Repórteres: Amanda Cruz amanda@revistaapolice.com.br Lívia Sousa livia@revistaapolice.com.br Executiva de Negócios: Graciane Pereira graciane@revistaapolice.com.br Diagramação e Arte: arte@revistaapolice.com.br Articulistas: J.B. Oliveira Luciano Máximo Tiragem: 15.000 exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Mensal CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: 00689066/0001-30 Rua Loefgreen, 1291 - cj. 133 V. Clementino Cep 04040-031 - São Paulo/SP Telefones (11) 5082-1472 / 5082-2158 Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. O momento é de muita cautela na economia. Além da instabilidade política, atravessamos um período em que a economia está retraída, as pessoas fazem menos negócios e há ainda a expectativa de que tudo pode piorar. Para o setor de seguros não é diferente. Corretores de seguros e seguradoras correm para encontrar alternativas para não perder os clientes antigos que, no momento da renovação, se vêem impedidos de assinar os contratos pela simples falta de recursos. Novas alternativas de produtos, como o seguro auto popular, são aguardados ansiosamente. De qualquer forma, algumas seguradoras buscam na diversificação das coberturas uma forma de diminuir o valor dos prêmios. Os seguradores afirmam que é no momento da crise que as pessoas devem buscar proteção, porém, para uma enorme massa da população, é difícil, por exemplo, recuperar um seguro saúde após a perda do emprego. O contingente de 1,9 milhão de pessoas que saíram do sistema de saúde privado demorará um longo período para retornar ao mercado. Não é por falta de vontade, mas por falta de renda. Nesta edição, mostramos para os leitores como o mercado de seguros se preparou para atender camadas distintas da população. Por um lado, o atendimento aos mais abastados se mostra um nicho muito lucrativo. Para atender os poucos que compõem a classe A há produtos em quase todas as carteiras. Por outro lado, a popularização de outros produtos garante proteção para aqueles que conhecem a sua necessidade, mas contam com capital pequeno. Existe disponibilidade de produtos para todos. O corretor de seguros precisa conhecer esta realidade para continuar atendendo bem seus clientes. Boa leitura! Diretora de Redação Acesse nosso site www.revistaapolice.com.br Siga nosso twitter.com/revistaapolice Curta nosso Revista Apólice Errata: Na edição 210 - maio 2016, na página 37, a foto que aparece no rodapé é de Julio Murta, da AIG Seguros Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para redacao@revistaapolice.com.br 3

Revista em - Clube Vida em Grupo