Views
4 months ago

Revista Apólice #211

painel • ncorporativo

painel • ncorporativo Investimentos retornam ao Brasil Com a formação de escritório em Miami, a QBE Seguros fica mais próxima de sua atuação no Brasil e aposta na volta ao segmento corporativo. A companhia, que em 2004 passou a atuar com mais força na área de massificados passando, em 2006 para linhas corporativas como transporte, vida em grupo e garantia. “Decidimos, então, focar na companhia na área de afinidades, onde poderíamos fazer a diferença. Não queremos entrar com preços muito baixos e depois ter que sair por causa de um mau desempenho de mercado”, afirmou Raphael Alexander, CEO da QBE Brasil. Os próximos passos já estão definidos: entrar na carteira de RC, em todas as modalidades, lançar os produtos de D&O e o E&O e riscos de engenharia. “Além disso, há uma proposta específica para o segmento de energia. Essa é a QBE que estamos construindo e todas as operações estarão prontas até o fim de ano. Apesar da economia não ter tido uma boa performance nos últimos tempos, o mercado de seguros passou por mudanças e queremos formar parcerias rentáveis”, afirmou Ariel Gutemberg, diretor comercial da companhia. • ntransporte Campanha de incentivo A Porto Seguro Transportes iniciou a campanha Carga Premiada, que tem como objetivo reconhecer e premiar os corretores que ampliarem seus negócios com os seguros de Transportes da companhia. Durante a ação, que terá a duração de cinco meses e acontecerá até o dia 30 de setembro de 2016, os corretores poderão acumular pontos a cada venda de seguro ou renovação das apólices e trocar por prêmios. Na edição deste ano, o profissional que acumular pontos poderá escolher entre as mais de cinco mil opções de prêmios no site da campanha. Os produtos da carteira participantes da campanha são: RCTR-C, RCF–DC, RCTR-VI, RCTA– C, Transportes Embarcador, Transportes Nacional, Transportes Internacional e Transportes Mais Simples. Os corretores terão suas pontuações computadas de acordo com as categorias: seguros novos, renovação e seguros avulsos. • nviagem Parceria expande portfólio A Global Travel Assistance (GTA) firmou um acordo com a Axa Seguros. O contrato foi assinado na sede da GTA, que foi representada pelo presidente Celso Guelfi, pela diretora financeira Maria Helena Guelfi e pelo diretor comercial Gelson Popazoglo. Pela Axa Assistance, estiveram presentes o CEO Daniel Zanela, a gerente comercial Taís Mahalem e o diretor comercial Otacílio Santos. “Com esta parceria, a GTA passa a oferecer produtos diferenciados no mercado, como a inclusão de doenças pré-existentes e a cobertura para gravidez sem taxa adicional em nossos principais planos, além da inclusão de novas categorias esportivas no plano Full Sport Special”, enfatiza Guelfi. “Esta parceria com a GTA apresenta um portfólio de planos com uma série de serviços exclusivos, entre eles o de concierge, que geram valor agregado ao produto, com a melhor experiência possível ao viajante”, resume Zanela. 8

• ninvestimento Seguro para financiamento coletivo O crowdfunding, ou financiamento coletivo, é uma prática que vem ganhando espaço no mercado mundial, embora ainda seja tímida no Brasil. A operação consiste em montar um fundo para receber capital para iniciativas de interesse coletivo. Para isso, são utilizadas plataformas online que recebem esse tipo de investimento. Muitas startups, especialmente as de tecnologia, começam seus empreendimentos a partir dessa arrecadação. Com um mercado mais maduro, investidores de grande porte fazem investimentos igualmente grandes, apostando em capitalizar essas ideias e lucrar junto com os novos empresários. Pensando nisso, a AIG está dando às operações de crowdfunding uma chance. Não para angariar dinheiro para startups, mas para cobrir as preocupações dos investidores com as possíveis fraudes nessas plataformas. A seguradora afirmou que ainda existem poucos casos de sinistros de fraude nesse setor, mas, por se tratar de uma área nova de atuação, o produto poderia ajudar a construir a confiança do investidor. O produto protege investidores individuais contra o roubo de ativos causados por diretores, administradores ou empregados das plataformas que causarem qualquer perda direta. Aderindo a essa inovação, as plataformas poderão aumentar o seu valor diante dos clientes. “Como um setor ainda muito jovem, as plataformas de crowdfunding são tão fortes como a confiança que eles têm em seus investidores”, afirmou Lex Baugh, presidente de Liability e Linhas Financeiras da companhia. No momento, Canadá e Reino Unido já podem contar com o novo produto. A expansão para outros países dependerá da legislação de cada um deles e das necessidades do mercado. 9

Revista Apólice #219
Revista Apólice #226
Revista Apólice #208
Revista Apólice #203
Revista Apólice #206
Revista Apólice #215
Revista Apólice #218
Revista Apólice #212
Revista Apólice #227
Revista Apólice #221
Revista Apólice #232
Revista Apólice #216
Revista Apólice #214
Revista Apólice #195
Revista Apólice #225
Revista Apólice #229
Revista Apólice #220
Alvaro Daudt Eyler - Revista Apólice
revista Apólice #205
Revista Apólice #201
Revista Apólice #228
Revista Apólice #217
Revista Apólice #213
Revista Apólice #197
Revista Apólice #222
Revista Apólice #202
Revista Apólice #230
REVISTA JRS - EDIÇÃO 178
Revista Apólice #224
Especial - Revista Seguro Total