Views
2 months ago

Revista Apólice #210

editorial Ano 21 - nº

editorial Ano 21 - nº 210 Maio 2016 Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido Diretora de Redação: Kelly Lubiato - MTB 25933 klubiato@revistaapolice.com.br Diretor Executivo: Francisco Pantoja francisco@revistaapolice.com.br Repórteres: Amanda Cruz amanda@revistaapolice.com.br Lívia Sousa livia@revistaapolice.com.br Executiva de Negócios: Graciane Pereira graciane@revistaapolice.com.br Diagramação e Arte: Ozzie Gheirart arte@revistaapolice.com.br Articulistas: J.B. Oliveira Luciano Máximo Tiragem: 15.000 exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Mensal CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: 00689066/0001-30 Rua Loefgreen, 1291 - cj. 133 V. Clementino Cep 04040-031 - São Paulo/SP Telefones (11) 5082-1472 / 5082-2158 Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. Uma nova perspectiva para o País O mês de maio entrou para a história como aquele em que mais um presidente brasileiro foi afastado do cargo pelo Poder Legislativo. Independente das convicções políticas, o que temos que observar agora é se o novo Governo irá seguir uma agenda positiva, com o objetivo de tirar a economia da estagnação. Apesar do setor de seguros sentir os efeitos da queda da atividade com certo atraso, os sinais desta retração da economia já começam a ser sentidos no setor. De acordo com relatório divulgado pelo Sincor-SP, nas operações típicas de seguros (exceto seguro saúde e produtos de acumulação) a arrecadação em prêmios foi 1% menor em janeiro de 2016 quando comparado com janeiro de 2015. É um sinal de alerta. Por isso, tanto as seguradoras quanto a Susep preocupam-se em criar condições para a comercialização de novos produtos, que possam atingir uma nova faixa de público: aqueles que estão abandonando o mercado por falta de recursos para bancar os prêmios do seguro. O seguro auto popular pode ser uma alternativa, mas ele ainda passa por ajustes na Superintendência de Seguros Privados antes de ser homologado. Mesmo assim, executivos do setor afirmam que a falta de peças recicladas no mercado pode ser um fator impeditivo para a comercialização deste novo produto. Vamos acompanhar para tentar entender melhor como é este novo horizonte que se desenha a partir de agora. Boa leitura! Acesse nosso site www.revistaapolice.com.br Siga nosso twitter.com/revistaapolice Diretora de Redação Curta nosso Revista Apólice Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para redacao@revistaapolice.com.br