Views
3 months ago

Moda & Negócios_EDIÇÃO 16

José Urbano Natal,

José Urbano Natal, Jesus ou Noel? O Fato e a Lenda Desde o primeiro dia de dezembro, o Brasil e o mundo já entram em contagem regressiva para as celebrações natalinas... mas, o que é o Natal, do ponto de vista da História enquanto ciência? Debruçando-se sobre esse festivo tema, é possível fazer uma clara distinção entre o fato e a lenda. No imaginário popular, o natal está associado a glutonia (comidas e bebidas) decorações reluzentes nas avenidas principais de todas as cidades, nas casas mais suntuosas e nos casebres também. Socialmente, é o momento de fazermos uma reflexão sobre o ano que finda e aprimorarmos os projetos para o ano que chegará à nossa frente. Recheado de simbolismos, temos como centro das festividades um personagem universal, um senhor barrigudo, vestido de roupas vermelhas e brancas, que se compromete a distribuir presentes para todos, o que a princípio é tudo de bom... não fosse uma mera lenda. A partir do século XX, o coadjuvante tornou-se protagonista. Antes de explicar nosso tema textual, devemos conhecer os detalhes das tradições acrescidas ao evento. O presépio foi criado em 1223, por Francisco de Assis, o protetor dos animais. Ovelhas, bois e jumentos não estão na narração dos evangelhos, é uma alegoria acrescida ao tema. Em 1514, o reformador protestante Martinho Lutero, introduziu a copa de um pinheiro como árvore de natal, e a Guirlanda sugere a estrela guia que orientou os Magos que foram visitar o menino Jesus, recém-nascido em Belém, na Palestina. Em 1504, navegadores espanhóis entregaram como presente ao rei da Espanha uma robusta ave, como lembrança de sua expedição à América Central. Como era o mês de dezembro, o suculento Peru tornou-se símbolo de fartura na ceia noturna, ocasião em que um galo haveria cantado, por isso a tradição católica da Missa do Galo. E o papai Noel? Era um monge na Turquia, no século IV, que coletava pequenos donativos e distribuía às pessoas mais pobres de sua comunidade. No século XX, a Coca-cola, querendo divulgar seu gasoso e escuro refrigerante, o adota como garoto-propaganda da marca, vestindo ele com as cores de sua logomarca: vermelho, preto e branco. Desde então, o natal está mais divulgado por esse coadjuvante, do que o seu protagonista, Jesus Cristo, o menino Deus para nós, cristãos, portador de mensagem de paz, ternura, bondade, solidariedade, perdão, esperança, fé, liberdade, e todos os demais valores universais. A lógica do capitalismo e sua teoria de produção e consumo, não dão a ênfase aos valores espirituais da referida época do natal... a mensagem materialista alcança a sociedade com mais rapidez, lamentavelmente. Na sociedade humana, e para servir a interesses de uma minoria manipuladora das massas, até a própria contagem do tempo é subjetiva, e a história nos revela que Jesus Cristo não nasceu em 25 de dezembro, tampouco o calendário Gregoriano que nós seguimos é fiel ao tempo, pois o projeto inicial previa 13 meses de 28 dias, ou seja, 364 dias, sendo o seguinte o Dia Universal da Paz, alusivo ao raiar de um novo ano. Separando fatos das lendas, registro os desejos de um natal de alegrias e paz, frutos da partilha e fortalecimento espiritual, e um ano novo com novas conquistas e evolução humana, renovando a proposta Cristã de que as pessoas possam ser cada vez mais amadas, antídoto esse - fundamental - para a aniquilação da violência em todas as suas formas, que insiste em fazer parte da nossa viagem, passageiros que somos dessa magnífica construção Divina, a qual chamamos planeta Terra. Que venham 2017, o futuro é logo ali. Saúde, alegrias e paz para todos nós! Prof. José Urbano Técnico em Educação da UFPE. Membro da ACACCIL 10

Nossa clínica é especializada na área de fotodepilação, um método de eliminação de pelos, realizado com a Luz Intensa Pulsada (LIP), uma tecnologia moderna que não agride a pele, trata a foliculite, clareia axilas e virilha e com mínimo desconforto na hora da aplicação. Resultados já nas primeiras aplicações. É uma técnica ortomolecular de combate às estrias. É uma inovação absoluta com resultados incríveis, pois pode melhorar a aparência das estrias em até 80%, já na primeira sessão. É um método diferente que não faz uso de agulha, não é invasivo, recupera o viço e a flacidez da pele. Com a chegada do verão um dos tratamentos mais procurados para eliminar as gordurinhas é a Criolipólise, como o nome já diz é o congelamento das células de gordura. Com resultados comprovados cientificamente, em uma única sessão pode perder até 25% de gordura, para técnica ser bem sucedida é imprescindível um equipamento de qualidade que ofereça toda segurança ao cliente. Trabalhamos com um equipamento inovador em Criolipolise, com tecnologia diferenciada, obtendo ótimos resultados.