Views
9 months ago

Moda & Negócios_EDIÇÃO 14

Estilo Adriana Cabral

Estilo Adriana Cabral CALÇADOS Tendências e cuidados com o uso do salto alto. O que vem se usando neste Outono/Inverno. Os sapatos que estamos vendo nas lojas, segundo a designer de calçados Clarissa Lehnen são: tons terrosos, principalmente o caramelo, um pouquinho do vinho e do verde escuro. E mais ainda: de acordo com a Couromoda, as tonalidades preto, gelo, estampas de cobra e envernizadas, bem como amarrações estão bombando. E as franjas que estão de volta.Segundo os organizadores da Couromoda, que é a maior feira de calçados do País, o Brasil consome cerca de 800 milhões de pares de sapatos por ano. Problemas que o Salto alto pode causar em nosso corpo. Quero compartilhar um pouco esse assunto com você porque já usei bastante salto alto, um maior que o outro, mas atualmente, uso até 4 cm e quando uso um salto de 10 ou de 15 cm, é aquele momento de um jantar especial, uma apresentação, uma passeio rápido ao Shopping. Desço do carro, sento em algum lugar e pronto...louca para tirá-los dos pés. As mulheres se sacrificam usando um salto alto para ficarem mais bonitas, poderosas e elegantes.Porém, é importante não ter somente esse conceito mas também é necessário entender que eles podem causar vários problemas de saúde. Estudos informam que o uso do calçado de salto alto por adolescentes pode favorecer o aparecimento de distúrbios 24

posturais, como anteriorização da cabeça, hiperlordose lombar, anteversão pélvica e joelho em valgo. Identificou-se que a altura e a largura do salto são as características do calçado que mais influenciam no surgimento de alterações posturais e desequilíbrio corporal . Outro estudo diz: O uso constante do salto alto além de ser prejudicial, pode causar problemas na marcha, dores, desequilíbrio muscular, estresse articular e às vezes degeneração articular. O uso excessivo de salto alto pode afetar os pés, os calcanhares, os tornozelos, os joelhos e a coluna. O calçado ideal deve respeitar e proteger o formato dos pés, evitando zonas de compressão. Isso é o que afirma o Ortopedista Túlio Diniz . Segundo ele, um salto alto pode provocar: Joanete, problemas nas unhas por causa da pressão, dores na planta do pé e fratura do metatarsos por causa da fadiga. Especialistas enfatizam que o tamanho de um salto relativamente seguro é de até 5 cm, o que equivale a 3 dedos, além disso, as chances de pressão na planta dos pés podem aumentar causando outras complicações. Finalizando, aqui vão algumas dicas: 1. Não use salto alto sem saber andar, se não aguenta, prefira não usar. 2. Pessoas que adoram usar salto alto e já são acostumadas tentem diminuir o uso deles e começar a comprar sapatos com saltos menores, evitando danos futuros; 3. Mamães,vigiem suas crianças e adolescentes, não as estimulem a usar salto altos. Isnar Castro, ortopedista do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, alerta que os riscos são ainda maiores quando a garota já tem o hábito antes do ‘estirão de crescimento’. Problemas podem aparecer na vida adulta, como encurtamento do tendão de Aquiles e joanetes.