Views
7 months ago

Moda & Negócios_EDIÇÃO 12

Fisioterapia Thaísa

Fisioterapia Thaísa Batista Fisioterapia em MASTECTOMIA O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, correspondendo a cerca de 25% dos novos casos a cada ano, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer). Ainda de acordo com o INCA a estimativa é de 57.960 novos casos de câncer de mama para 2016. Ao ser diagnosticada, a mulher, dependendo do caso, será submetida a tratamentos como quimioterapia, radioterapia e a mastectomia. A Mastectomia é uma cirurgia da retirada da mama utilizada para o tratamento do câncer de mama. Atualmente a Mastectomia radical modificada é a mais utilizada, onde teremos a retirada da glândula mamária e a linfandectomia axilar, porém com a preservação de um ou dois músculos peitorais. A fisioterapia atua independente do tipo de cirurgia da mama e em todas as fases (pré-tratamento, durante o tratamento, após o tratamento, em casos de recidiva da doença e nos cuidados paliativos), promovendo uma recuperação das funções do braço, prevenir e/ ou diminuir as complicações e consequentemente melhorar a qualidade de vida das pacientes acometidas. Cada fase irá trazer suas necessidades, sintomas e alterações nas atividades de vida de cada paciente, onde o profissional fisioterapeuta irá atuar. No pré-operatório o fisioterapeuta tem como objetivo identificar quais são as alterações já existentes na paciente e também possíveis fatores de risco para complicações no pós -operatório. Tirar dúvidas e orientar sobre cuidados com o braço e sobre as modificações que a cirurgia trará para a sua vida, para evitar ao máximo complicações no pós-operatório. No pós-operatório existe uma dificuldade de movimentação do braço acometido, com a dor e com as alterações de sensibilidade que a paciente possa ter. Aqui a paciente se torna mais dependente de terceiros para suas atividades diárias. A formação de Linfedema (inchaço no braço ao lado da mama, devido a retirada dos gânglios linfáticos que drenavam um liquido chamado linfa existente em nosso corpo), aderências, fibroses e alterações respiratórias também são A fisioterapia atua independente do tipo de cirurgia da mama e em todas as fases comuns nessa fase, por isso se faz tão importante a entrada imediata do fisioterapeuta, ou seja, logo após a cirurgia, onde poderemos trabalhar com a respiração e prevenir e/ ou minimizar complicações com orientações. Após a retirada dos pontos, de acordo com as limitações apresentadas pela paciente podem ser realizados exercícios para movimentação do braço, Linfoterapia (drenagem linfática manual, técnica de enfaixamento, exercícios linfocinéticos, cuidados com a pele, orientações de autocuidados, uso de compressões elásticas, tais como luva, braçadeiras, meias e linfotaping); A reabilitação precoce após a retirada da mama só traz benefícios para o paciente, por isso é importante sua divulgação. Procure por um profissional capacitado. Curiosidade: O câncer de mama não acomete apenas as mulheres, mas os homens também, porém nos caso dos homens é algo raro, apresentando apenas 1% do total de casos da doença. Thaisa Batista Pereira Silva Bacharel em Fisioterapia; Especialista em Fisioterapia Dermato Funcional e Cosmetologia; Especialista no método de Linfotaping e em Fisioterapia Pélvica; Responsável pelo setor de Fisioterapia Pélvica na Clínica Multifisio. 12

Na MULTIFISIO tratamentos Estéticos cientificamente embasados são a pedida para 2016 Em meio a tantos procedimentos “milagrosos”, tratamentos estéticos individualizados, cientificamente embasados e de tecnologia ímpar, ganham espaço no mercado nacional e têm sido reproduzidos com muito acerto e responsabilidade pela MULTIFISIO- Clínica de Fisioterapia Multidisciplinar- de Caruaru. Tecnologia de alta complexidade, a RADIO- FREQUÊNCIA oferecida pelo ULTRA-ACCENT XL, desabrochou como método imprescindível em clínicas de qualidade. A RADIOFREQUÊN- CIA oferecida pelo UL- TRA-ACCENT promove o aquecimento da pele em profundidade para estimular a produção de colágeno, tratando flacidez e celulite com extrema eficiência. Além disto, conjugada com a tecnologia ULTRASSOM por SHEAR WAVES, tem a finalidade de promover a lipólise (queima da gordura) de forma seletiva e não invasiva para combater a gordura localizada e promover melhora do contorno corporal e facial. Juntas e associadas a protocolos diferenciados, este equipamento de tecnologia única trabalha com segurança e resultados comprovados, além de ser indolor e não invasivo. É uma verdadeira revolução em tratamentos faciais e corporais que, unida ao arsenal de tratamentos oferecidos pela MULTIFISIO, consagram este serviço como referência, na área, em Caruaru e região. O equipamento promove oscilação das moléculas de água no interior da célula através da produção de um campo eletromagnético. A sua ponteira gera calor, promovendo a ruptura dos septos de fibrose Dra. Adriana Tabosa Fisioterapeuta presentes na celulite. - O calor estimula a circulação sanguínea cutânea, melhorando a qualidade da pele, ativando o sistema linfático e artério venoso do tecido adiposo (célula de gordura) diminuindo o volume corporal. Na face,tensiona a pele, restaurando sua firmeza e melhorando o contorno da mandíbula. O calor estimula a produção de colágeno pelos fibroblastos tensionando a pele e conferindo firmeza e melhora do contorno corporal. Para garantir resultados satisfatórios é fundamental a avaliação individual e o acompanhamento personalizado. Contando com 18 anos de atuação e credibilidade no mercado local, a MULTI- FISIO dispõe das mais recentes tecnologias para: • FISIOTERAPIA MOTORA E RESPIRATÓRIA; • PILATES; • RPG; • FISIOTERAPIA EM URO-GINECOLOGIA; • ESTÉTICA FACIAL E CORPORAL Dra. Adriana Tabosa Florêncio • Fisioterapeuta graduada pela UFPE • Pós-graduada em Fisioterapia Dermato funcional pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino-SP • Sócia fundadora da MULTIFISIO-Clínica de Fisioterapia Multidisciplinar desde 1997.