Views
7 months ago

Moda & Negócios_EDIÇÃO 10 PARA IMPRESSÃO

Glamour Adriana Cabral,

Glamour Adriana Cabral, a última Miss Pernambuco de Caruaru Desde 1998, quando viu sua representante conquistar o título de Miss Pernambuco, nunca mais Caruaru repetiu o feito, embora tenha apresentado candidatas ao longo desses últimos 17 anos. E, finalmente, Adriana Cabral completa a terceira representante de Caruaru a comemorar o cobiçado título de Miss Pernambuco. Curioso é que nenhuma das 3 Misses Pernambuco aqui citadas, embora residindo em Caruaru, era filha da terra. Dione nasceu em São Bento do Una, Eunice, em Belo Jardim e Adriana em Niterói, no Rio de Janeiro. Adriana Cabral, a última caruaruense a trazer a coroa de Miss Pernambuco para a Capital do Agreste, foi também eleita Musa Brasil, no mesmo ano, em concurso realizado na cidade de Salvador. Ao longo da história do Concurso Miss Brasil, por 3 vezes Caruaru teve uma representante sua, eleita Miss Pernambuco: a primeira, Dione Brito Oliveira, em 1959, que chegou ao 2º lugar no Miss Brasil e disputou também o título de Miss Mundo Brasil. A segunda, foi Eunice Mergulhão, mais precisamente Maria Eunice Mergulhão Maciel, que recebeu a coroa de Miss Pernambuco, representando Caruaru, em 1968. 20

Entrevista Nesta edição de Moda & Negócios, vamos bater um papo com Adriana, a última Miss Pernambuco que Caruaru apresentou. 1-Fale um pouco sobre o concurso que lhe deu a coroa de Miss PE. Naquela época, foi lindo o Concurso. Muito glamour. E fiquei feliz pelo convite de Geovane Santos para representar a cidade de Caruaru no Miss PE. Nunca havia pensado em ser Miss. Desfilava em Caruaru em festas beneficentes, outros concursos. Todavia, um dia, o Estilista Geovane Santos, famoso na área social, me fez o convite. Fiquei apreensiva. Era muita responsabilidade enfrentar um concurso tão glamoroso. Mas, com tanto apoio para ir ao concurso, fui e o enfrentei. E, uns cinco meses depois, desfilava no Clube Português do Recife. 2 -Alguma vez, Adriana, você pensou em ser modelo profissional? Na verdade fiz muitos eventos naquela época, apresentações como a Miss PE (nas festas de Jota Lagos, Geovane Santos e de Cervantes), foi um momento glamoroso em 1998. Fiz bastante desfiles, fui capa de revista, fiz comerciais, participei de vários concursos, recebendo prêmios de Eterna Garota Tropical 95 (Porque o concurso foi finalizado no ano de 1995); Rainha dos Jogos escolares 96, Musa do Forró 96, Rainha da Machadrilha 97 e depois Miss PE e Musa Brasil 98. Deixei a moda desde 2001, fui morar em São Paulo, participei do quadro de Dança da Carla Perez, tentei seguir com a profissão, mas ela nos dá vários sentidos e decidi não seguir. 3 – Qual sua atual atividade Sou enfermeira, faço voluntariado na Instituição São José do Monte e trabalho na Clínica ORTOFACE. 4 – Nossos leitores, com certeza, vão querer saber: Melhor presente: Flores. Uma Personalidade: Minha mãe e meu esposo (Joana Lúcia e Wanderlei de Souza) Cidade Preferida: São Paulo. Bebida: Vinho e Champanhe. Filme inesquecível: Diário de uma paixão. Atores e Atrizes: Suzana Vieira, Fernanda Montenegro, Tarcísio Meira, e Raul Cortez. Música: Amor perfeito de Roberto Carlos. O que lhe deixa furiosa: Humilhação, inveja, principalmente o falso testemunho. Defeito: Tenho muitos, mas querer tudo certinho, às vezes atrapalha. Qualidades: Organizada, simpática e ágil Felicidade: Ter minha família por perto é o que preciso Conquista: em 2008 ter conhecido um ser Humano maravilhoso, que Deus enviou pra mim. Meu esposo e em 2012 ter terminado a faculdade. Derrota: Pode ter certeza, se caio, levanto logo, logo. Amigos: Tenho poucos e verdadeiros amigos. Religião: Católica praticante. Cores: vermelho, azul e dourado Times: Sport e Flamengo Sonho: Continuar fazendo meu projeto “Noite sem fome”, ver um Mundo melhor, sem violência doméstica, violência contra crianças, contra os idosos; as pessoas terem o direito de ir e vir e, principalmente, ver um dia o nosso País digno no setor Saúde, Educação, e oportunidade no trabalho, sem discriminação. Temos um País muito rico e passar por tudo que o povo brasileiro está passando é terrível. 5 – Fale, mais, Adriana. Quero aproveitar esse instante especial, finalizando com sinceros agradecimentos pela oportunidade de participar de uma revista tão linda, construtiva e informativa. Agradecer aos amigos que estão comigo durante todo esse tempo e também à minha família. Não tenho medo da vida, tenho medo das pessoas. Procuro viver minha vida, sem olhar para trás, amo desfrutar do dia a dia. O hoje é meu presente. Viver é bom demais. E quando passo por obstáculos, fico feliz, mais forte, pareço uma Leoparda. Posso cair ou até perder, mas desistir NUNCA. Adriana Cabral (38) - (Miss PE e Musa Brasil 98). 21