Views
2 months ago

Revista Apólice #208

editorial Ano 21 - nº

editorial Ano 21 - nº 208 Março 2016 Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido Diretora de Redação: Kelly Lubiato - MTB 25933 klubiato@revistaapolice.com.br Diretor Executivo: Francisco Pantoja francisco@revistaapolice.com.br Repórteres: Amanda Cruz amanda@revistaapolice.com.br Lívia Sousa livia@revistaapolice.com.br Executiva de Negócios: Graciane Pereira graciane@revistaapolice.com.br Diagramação e Arte: Ozzie Gheirart arte@revistaapolice.com.br Articulistas: Estevam Freitas J. B. Oliveira Luciano Máximo Foto capa: Douglas Assarian Tiragem: 15.000 exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Mensal CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: 00689066/0001-30 Rua Loefgreen, 1291 - cj. 133 V. Clementino Cep 04040-031 - São Paulo/SP Telefones (11) 5082-1472 / 5082-2158 Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. Será que as mudanças virão? O Brasil atravessa um momento político crítico. Enquanto uns clamam pela saída da presidente Dilma, seja por impeachment ou por anulação do resultado da eleição, eu me pergunto: quem ficaria no seu lugar? Entregar o País nas mãos do Michel Temer e do PMDB é a melhor opção? Um partido que nada conforme a corrente do oportunismo é capaz de governar pelos próximos dois anos e meio sem acabar de adernar este navio já tão danificado? Não vejo nenhum movimento no sentido da formação de novas lideranças. O que há de jovem na política já está viciado com os padrões de comportamento do passado (vide ACM Neto ou João Campos). Será que uma operação anticorrupção como a Lava-Jato será esta bomba VAP de limpeza que esperamos? Sou completamente a favor da manifestação popular. Acredito que esta seja uma das melhores maneiras de demonstrar o inconformismo com o status quo. Entretanto, não adianta ir para a rua protestar e não fazer a lição de casa, cometendo pequenos ‘delitos’ na intimidade. Nosso compromisso com aquilo que tanto queremos (educação para todos, saúde, qualidade de saúde) tem que ser praticado no nosso cotidiano. Ser ético, generoso com o próximo, sustentável e resiliente. E, é claro, não esquecer de praticar a cidadania em todos os momentos, principalmente, na hora do voto. Cabe a nós, também, fomentarmos o aparecimento de novas lideranças. Não podemos ter medo das mudanças. Boa leitura Acesse nosso site www.revistaapolice.com.br Siga nosso twitter.com/revistaapolice Diretora de Redação Curta nosso Revista Apólice Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para redacao@revistaapolice.com.br 3