Views
6 months ago

Avião R2

Além das dificuldades

Além das dificuldades citadas devemos considerar o fato de que a maioria dos construtores de aeronaves do início do século XX não eram cientistas, mas sim mecânicos talentosos com pouco conhecimento de física e matemática, que davam mais importância aos experimentos práticos do que às teorias. Santos Dumont chegou a afirmar que não tinha muita paciência com teorias, embora tivesse bom conhecimento. Esses aspectos levaram os

construtores a desenvolverem modelos mentais que contrariavam o modelo cientificamente ideal já definido a mais de um século. Em 1804 o engenheiro inglês George Cayley já havia realizado diversos estudos e estabelecido uma configuração ideal para aeronaves mais pesadas que o ar. Seus projetos de planadores apresentavam longas asas e, na parte de trás, estabilizador horizontal e leme vertical, como as aeronaves atuais. Os construtores do início do século XX, talvez por terem ficado abalados com a morte de Otto Lilliental, ignoraram tais estudos e passaram a projetar aeronaves com o profundor na dianteira. Também desenvolveram a crença de que as aeronaves precisariam levantar o “nariz” para decolar, dando-se pouca importância ao ângulo de ataque das asas. Essas concepções equivocadas e os modelos mentais sugeridos pela experiência

GUIA ORLANDO
Brochura - FK-Lightplanes
O mais-pesado-que-o-ar - Decea
Qantas detecta falhas em 3 motores dos aviões A38008 de ... - Anei
Bell X1 – O Primeiro Avião a Ultrapassar a Barreira do Som
YI7BFx
Novo motor de avião nasce em Portugal - inegi
O inventor e a aeronave - PUC Minas
Capa - Tarifas de Navegação Aérea - DECEA
RELATÓRIO DE ANÁLISE DOS COMENTÁRIOS RECEBIDOS - Anac
Ministério dos Transportes - Saflii
Ministério dos Transportes - saflii
19/09/2007 - Câmara dos Deputados
Manutenção de Aeronaves - Faccamp
Modelagem e simulaç˜ao f´ısica de uma aeronave - GCG - UFJF
VIII Competição SAE BRASIL AeroDesign - UFSC Aerodesign
IS 137.201-001B - Anac
INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR - IS - Anac