Views
5 months ago

GAZETA DIARIO 549

32 Imobiliário Foz do

32 Imobiliário Foz do Iguaçu, sábado e domingo 7 e 8 de abril de 2018 DESIGN E ESTILO Cerca viva é uma boa opção para fechar um espaço Entre as principais vantagens estão o crescimento rápido, a manutenção simples, a segurança e privacidade Grades, muros, paredes e elementos vazados nem sempre são a melhor solução para quem precisa fazer o fechamento de um espaço. Ao tratar-se de um ambiente externo, o ar natural é quase indispensável para o local, e por isso, a cerca viva cumpre com sucesso essa proposta. A cerca viva é bonita e funcional, com isso a área do paisagismo ajuda a compreender melhor qual é a mais adequada para seu tipo de necessidade. Entre as principais vantagens estão o crescimento rápido, a manutenção simples, a segurança e privacidade, e a variedade de opções que se encaixam em qualquer projeto. Onde utilizar? • Para delimitar uma determinada área: é a solução ideal para não fechar totalmente a visão do espaço. Neste caso, procure arbustos pequenos ou mais espaçados para criar essa integração na medida certa. • No paisagismo: a cerca viva é um ótimo recurso para criar caminhos, deixando o paisagismo tomar conta do seu espaço. Afinal, não há nada mais bonito do que complementar a paginação do piso com um toque da natureza. • Para esconder elementos desnecessários: artifícios como esconder a condensadora do ar condicionado ou motores da piscina podem ser uma ótima solução para não estragar o visual do quintal. ?•recursos mais utilizados é o de levar privacidade para a área de lazer, principalmente para quem possui uma construção vizinha. A finalidade aqui é evitar os olhares curiosos, que acabam nos privando em nossa própria casa. • Destaque a arquitetura de forma criativa: a fachada é um dos pontos mais importantes na arquitetura, e pensando nisso, mesclar elementos brutos com a simplicidade da natureza é uma opção perfeita para equilibrar o visual. Como escolher? Por ser uma área específica na arquitetura o ideal é consultar um profissional para orientar melhor na sua escolha. Existem espécies para cada tipo de proposta, algumas crescem mais rápido, outras podem prejudicar seu piso e a parede, por exemplo. Se você deseja inserir esse elemento em algum ambiente, pesquise sobre cada espécie, levando em conta as características, tamanhos e tempo de crescimento. A cerca viva é um ótimo recurso para criar caminhos, deixando o paisagismo tomar conta do seu espaço Espécies e tipos de cerva viva Existem diversos tipos de cercas vivas, porém, o principal objetivo é selecionar a que melhor atende a sua necessidade sem abandonar as características do local, solo e região. • Amor agarradinho: para quem deseja um toque de cor, como flores brancas ou rosas, pode apostar nessa espécie de cerva viva. Por conter flores, consequentemente, a primavera é a melhor época para deixar seu espaço colorido. Ela se enlaça em treliças ou arames de cercas, formando uma divisória natural no espaço. • Cerva viva primavera: essa espécie é confundida com a trepadeira devido sua forma volumosa e a presença de galhos longos. Também possui flores coloridas, que podem enfeitar seu quintal. • Buxinho: essa é uma espécie tradicional para a cerca viva e possui como característica principal as folhas verdes que podem formar esculturas criativas. A principal vantagem dela é a sua fácil manutenção e a flexibilidade de se encaixar em qualquer tipo de espaço. • Tumbergia arbustiva: com folhas ovais, pequenas e na cor verde escura, essa espécie também conta com flores azuis com o miolo amarelo. Por ter essa floração perfumada, atrai beija-flores e borboletas no entorno. • Camélia: lindas e floridas, a camélia pode ser plantada tanto em árvores como arbustos. A sua presença das flores encantam mais ainda para quem deseja um cantinho bem colorido. • Cerva viva de murta: oferece uma proteção devido a sua densa ramagem folhada na cor verde escura. O caule é lenhoso e por isso possui diversas ramificações que deixam o espaço bem privativo. • Laurotino: possui características marcantes como caule ramificado e ereto, copa arredondada, folhas brilhantes, flores indo do rosa ao branco e super perfumadas. É arbusto versátil que se encaixa desde uma cerca viva formal ou informal, que também pode ser plantado isolado ou em grupos. • Sansão do campo: ideal para quem deseja uma cerca viva alta e com crescimento acelerado. Pode ser bem podado, caso a intenção não seja tirar completamente a visão da área. • Bambu: o bambu é a solução ideal para quem deseja uma cerva viva alta, densa e com rápido crescimento. Suas folhagens mais longas deixam o ambiente aconchegante e relaxante, por isso são bem utilizados em bosques, no jardim japonês e parques. (Reportagem: Decor Fácil) Fotografia: Divulgação

Foz do Iguaçu, sábado e domingo 7 e 8 de abril de 2018 AMBIENTES Imobiliário 33 Guia para decorar o banheiro com tonalidades da cor verde Confira algumas informações sobre o significado dela e as melhores formas de usar cada tom O verde nunca saiu de moda, mas nos últimos tempos, com a quantidade diversa de itens para decoração e revestimentos disponíveis no mercado, essa cor ganhou mais razões ainda para invadir seu banheiro e todos os outros cômodos da casa. Quase sempre, o banheiro é o menor espaço da casa e com menos possibilidades de ter uma decoração especial. Para mostrar que ele pode ser um ambiente bem decorado e com muitas possibilidades sofisticadas, confira a seguir algumas informações sobre o significado dela e as melhores formas de usar cada tom na sua casa, com atenção especial para os banheiros. Psicologia e significado da cor verde A cor verde está associada principalmente à natureza, com suas folhas e vegetação que traz frescor para qualquer lugar onde está inserida. E é da natureza que conseguimos, assim como o azul do céu, retirar momentos de calma e tranquilidade, além de energia e renovação. Dessa forma, o verde se torna uma cor muito dinâmica se usada na proporção certa. Os diferentes tons A cor verde é uma das cores mais populares no mundo, e possui mais de 100 cores catalogadas e nomeadas nas escalas tonais. Aliás, é pelas sensações de tranquilidade, renovação e esperança que essa cor transmite que ela pode ser aplicada em todos os cômodos, indo desde os quartos até o banheiro e a cozinha. Tons mais pastéis garantem tranquilidade e um ambiente sofisticado, principalmente quando combinados com branco, dourado e prateado. Os tons médios próximos do verdelimão, menta e jade trazem mais energia e são ótimos para as áreas criativas como home offices e ateliês. Já os tons mais escuros, combinados com tons de preto, marrom e dourado, são ideais para salas de estar, de jantar e ambientes que tenham um estilo mais adulto e sério. Como inserir o verde no banheiro No banheiro, o verde é uma das cores que podem dar um toque de vida a mais para o seu banheiro. Você pode usar o verde tanto como a cor principal do seu banheiro, usando-o principalmente nos revestimentos de parede ou no piso, como nos detalhes de decoração e finalização. Na área do box, onde é mais comum revestir com azulejos e pastilhas, o verde destaca a área na decoração e a diferencia da outra parte do banheiro. Mas se o seu banheiro for todo revestido, pense em usar modelos ou até mesmo tons diferentes, misturando texturas e sensações por esse cômodo. O verde é uma das cores que podem dar um toque de vida a mais para o seu banheiro Para um banheiro mais neutro, com tons pastéis, e preto e branco, vale a pena investir em acessórios ou objetos de decoração verdes. E para um toque de verde natural: aposte em plantinhas na decoração. Existem certos tipos de plantas que se adaptam muito bem ao clima úmido e as mudanças de temperatura do banheiro. Entre elas estão Lírio da Paz, Espada de São-Jorge e suas variações, Violetas, vários tipos de Cactus e o Dinheiro-em-Penca. (Reportagem: Decor Fácil) Fotografia: Divulgação