Views
1 month ago

Rolf Neubarth Dissertacao Defesa FINAL REVISADO

100 presenciais e

100 presenciais e disponibilização online de serviços. Além disso, estas instituições dispõem ainda de operações de liquidação financeira constantes, como, por exemplo, ocasionadas pela utilização do cartão de crédito pelos clientes, além de transações críticas, em termos de volume e complexidade de processos sistêmicos envolvidos. Esses processos podem, inclusive, comprometer o mercado financeiro, devido ao risco sistêmico causado por falhas de componentes e/ou estruturas completas. O estudo pôde verificar ainda que as instituições que operam dentro da janela de operação do sistema financeiro brasileiro, com liquidações financeiras que não atingem a demanda de disponibilidade no regime 24X7, que não contam com a disponibilização de transações online realizadas pelos clientes diretamente e que não têm a necessidade de disponibilização de produtos bancários múltiplos a clientes de varejo, requerem um investimento menor para a manutenção de sites de contingência, com redundância e replicações do ambiente tecnológico e de informações. Isto acontece porque o tempo de recuperação para eventos de crise pode ter um prazo permitido em horas, o que torna possível assumir o risco de atravessar uma crise, sem implicar no comprometimento de liquidação financeira, no risco de imagem a instituição e, até mesmo, sem arriscar um problema sistêmico ao sistema financeiro brasileiro. Porém, esse risco é considerado de médio pra alto, pois as plataformas podem não se recuperar em tempo hábil para atender ás demandas do negócio e isso pode levar a uma condição de alto risco para as expectativas de retorno do acionista. Ainda dentro deste aspecto significativo de apetite ao risco, este estudo tratou da análise de investimento de instituições, como a D, que não mantêm sites dedicados associados para contingência das operações, além de aspectos tecnológicos, pois seus gestores concluíram que o retorno obtido sobre o investimento em um site dedicado não se justifica, devido ser desnecessário responder um RTO agressivo, podendo-se realizar outros tipos de manobras junto ao Banco Central Brasileiro, até que as operações mais críticas sejam reestabelecidas. Obviamente, os bancos com modelos de produtos múltiplos com operações no varejo devem realizar outro tipo de estratégia, a fim de garantirem a alta disponibilidade de serviços aos clientes. Logo, estas instituições investem em sites alternativos dedicados para execução de planos de continuidade das operações, de forma a minimizar qualquer impacto à disponibilidade de serviços, mas possuem problemas operacionais intrínsecos, como lidar com tecnologia legada, que é extremamente difícil de ser contingenciada, lidam com problemas de recuperação de ambientes produtivos em tempo para atender seus negócios, enfrentam situações em que somente os dados incrementais são parte da estratégia de restore e que podem criar impactos significativos em seus processos de recuperação em caso de um alto impacto operacional, de

101 acordo com o que prevê a melhor prática da ISO22301. Há também uma situação que torna difícil avaliar a total resiliência, uma vez que, nas manobras de validação dos seus testes, não há um processo end-to end de testes, ou seja, não há uma simulação em que um cenário de total indisponibilidade seja testado, envolvendo as respectivas localidades principais, conectividade, áreas de negócios, fornecedores críticos, entidades externas, medindo um tempo de objetivo de recuperação. Embora este estudo tenha demonstrado diferenças entre algumas instituições, é possível observar que nem todas as empresas analisadas focam na realização de testes de continuidade de negócios, de forma a garantir que as entradas e saídas (input e output) dos processos críticos sejam devidamente avaliadas. Problemas foram encontrados, no que diz respeito ao tempo em que essas manobras podem alcançar, além de suas conexões com entidades externas e fornecedores críticos. Além de se considerar um médio nível de resiliência operacional na indústria financeira brasileira, concluiu-se que há um distanciamento relevante entre os bancos múltiplos de varejo e as demais instituições, com relação ao valor investido em governança de TI e gestão de risco operacional. Desta forma, o estudo realizado comprova que o plano de continuidade de negócios deve ser desenvolvido, considerando toda e qualquer individualidade da instituição, de forma a se atentar às reais necessidades da organização, para garantir que as operações tenham a melhor eficiência e o menor dispêndio financeiro com estratégias que não tragam o retorno esperado pelos acionistas. Porém, testes com aferição de recuperação de tempo e aspectos de governança corporativa, como uma robusta gestão de mudanças em ambientes tecnológicos das empresas, são imprescindíveis para a operacionalização dessas respostas em um tempo que seja adequado para a empresa. Principalmente, o plano de continuidade deve visar atender aos processos intrínsecos de uma gestão operacional, testes de contingência integrados com áreas de negócios, fornecedores críticos e conexões externas, proporcionando o alcance dos tempos de recuperação requeridos pela criticidade de negócio. Nesse sentido, este estudo poderia constituir-se como um material relevante para iniciativas de benchmarks para instituições que queiram avaliar sua governança e a gestão de risco operacional, bem como avaliar a importância do planejamento para garantir a continuidade de negócios e, com isso, fortalecer a resiliência frente a eventos de alto impacto operacional.

07_07_2011 - Protocolo Hepatite C Final Jun 2011 revisado Jorge e ...
finale
finale
final
Final
final
portfolio-obras-revisado-final
Erin McCarthy - True Believers #2 - Sweet [revisado]
DEFESA DO CONSUMIDOR - ACRA
CÓDIGO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR
DEFESA DO CONSUMIDOR - ACRA
DEFESA DO CONSUMIDOR - ACRA
Defesas do Hospedeiro - ufrgs
DEFESA DO CONSUMIDOR - ACRA
Defesa da Marca Maryjuana Café
Revista Fevereiro Final Final
Edicao 64 Novo Projeto Revisada Final
Defesa Contra as Artes Negras: Artes Ténebres e Defesa Elementar
Trabalhar na Assistência Social em Defesa dos - CFESS
Apresentação Final
Programa Final
Revista Março 2018 Final final
Dissertação Zimmermann, T.G. 2011 - UFSC
Estratégia Nacional de Defesa - Escola de Comando e Estado ...
Núcleo de Defesa da Mulher e do Fórum Leal Fagundes
47 A BASE INDUSTRIAL DE DEFESA BRASILEIRA José Carlos ...
caravana nacional em defesa do sus - Conselho Nacional de Saúde
Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios - Câmara ...
PNCEBT to - Agência de Defesa Agropecuária do Paraná - ADAPAR
Uma Defesa da Doutrina - Justificação pela Fé (Charles H. Spurgeon)