Views
1 week ago

1 PROVA - CHOAE-2005

Curso de Habilitação

Curso de Habilitação ao Oficialato Administrativo e Especialista - CHOAE 2005 LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO – A POLUIÇÃO DO SOLO Samuel Murgel Branco Assim como existe a poluição do ar, pelos resíduos gasosos e particularizados lançados pelas chaminés e escapamentos de veículos, e a poluição da água, pelo lançamento de resíduos líquidos das casas e das indústrias, também existe a poluição do solo. Este tipo de poluição é causado pelo lançamento de resíduos sólidos ao solo, mais uma vez vindos das casas e das fábricas. Resíduos sólidos são o que normalmente costumamos chamar de lixo das cidades. Para você ter uma idéia da quantidade de lixo que é diariamente produzida em uma cidade, basta dizer que, nas principais cidades brasileiras, cada habitante joga fora 2 litros de detritos sólidos por dia. Isso quer dizer que uma cidade de 1 milhão de habitantes tem de ter um sistema de caminhões e pessoas para recolher e transportar 2 milhões de litros, isto é, 2 mil metros cúbicos varridos das ruas e calçadas da cidade. Em peso, isso tudo representa aproximadamente 1000 toneladas por dia. Ou seja, uma cidade de 1 milhão de habitantes necessita recolher e transportar cerca de cem caminhões diariamente! Isso, sem contar o lixo produzido pelas indústrias. Mas esse ainda não é o maior problema. A grande dificuldade está em onde colocar todo esse lixo. Dois mil e quinhentos metros cúbicos equivalem, aproximadamente, a uma montanha de lixo, em forma de pirâmide, com 20 metros de base e mais de 10 metros de altura! Onde colocar isso todos os dias? Em geral, o lixo de uma cidade é enterrado em aterros sanitários, ou é queimado em incineradores, ou transformado em adubo nas fábricas de composto. Só que em muitas cidades nada disso é feito. O lixo é simplesmente jogado em terrenos baldios nos arredores da cidade, onde servem de ambiente à proliferação de moscas, baratas, ratos e urubus! E, como se não bastasse, o lixo, ao decompor-se, produz um líquido chamado chorume, que se infiltra nos solos causando sua intoxicação, podendo torná-los estéreis, além de poluir as águas dos poços e lençóis subterrâneos. 1 - No título do texto, a poluição do solo, o segmento sublinhado é paciente do termo anterior, ou seja, o solo é poluído; o item abaixo em que ocorre a mesma coisa é: a) calçadas da cidade; b) lançamento dos resíduos; c) escapamento de veículos; d) lixo das cidades; e) arredores da cidade. 3 2 - “Assim como existe a poluição do ar, pelos resíduos gasosos e particularizados lançados pelas chaminés e escapamentos de veículos”; a frase abaixo que ALTERA, em sua reescritura, o sentido da frase original é: a) Assim como existe a poluição do ar, causada pelos resíduos gasosos e particularizados lançados pelas chaminés e escapamentos de veículos; b) Assim como existe a poluição do ar, pelos escapamentos de veículos e chaminés que lançam resíduos gasosos e particularizados; c) Assim como existe a poluição do ar, lançada pelas chaminés e escapamentos de veículos e pelos resíduos gasosos e particularizados; d) Assim como existe a poluição do ar, devida aos resíduos gasosos e particularizados que são lançados pelas chaminés e escapamentos de veículos; e) Assim como existe a poluição do ar, em razão dos resíduos gasosos e particularizados que lançam chaminés e escapamentos de veículos. 3 - “Este tipo de poluição é causado pelo lançamento de resíduos sólidos ao solo”; a forma ativa correspondente à forma verbal “é causado” é: a) causa; b) causa-se; c) causou; d) causou-se; e) causando. 4 - “Este tipo de poluição é causado pelo lançamento de resíduos sólidos ao solo, mais uma vez vindos das casas e das fábricas”; justifica-se o emprego da expressão sublinhada porque: a) alude a um outro processo de poluição; b) repete um mesmo elemento anterior; c) fala de ação repetida muitas vezes; d) aborda um novo tipo de poluição; e) a poluição já fora condenada antes. 5 - “mais uma vez vindos das casas e das fábricas”; a forma VINDO corresponde ao particípio e ao gerúndio do verbo VIR. Assinale a frase abaixo em que a forma corresponde ao particípio: a) Vindo em crescimento, a poluição preocupa; b) O lixo estava vindo para o aterro sanitário; c) O lixo é recolhido, vindo, em seguida, para o aterro; d) O lixo tem vindo todos os dias para o aterro; e) Os caminhões estão vindo para o trabalho.

Curso de Habilitação ao Oficialato Administrativo e Especialista - CHOAE 2005 6 - “Para você ter uma idéia da quantidade de lixo...”; o pronome você, nesse segmento do texto, se refere: a) à pessoa com quem o autor do texto dialoga; b) às pessoas especialistas em poluição; c) aos possíveis leitores; d) a uma autoridade a quem se dirige o texto; e) a todos os brasileiros. 11 - “o lixo, ao decompor-se,...”; a forma equivalente a esse segmento do último parágrafo do texto é: a) antes de decompor-se; b) apesar de decompor-se; c) quando se decompõe; d) caso se decomponha; e) embora se decomponha. 7 - “Para você ter uma idéia...”; esta oração reduzida seria corretamente desenvolvida do seguinte modo: a) para que você tivesse uma idéia; b) para que você tenha tido uma idéia; c) para que você tivesse tido uma idéia; d) para que você teve uma idéia; e) para que você tenha uma idéia. 8. O segmento do texto abaixo que NÃO está na forma passiva é: a) “Resíduos sólidos são o que normalmente costumamos chamar de lixo nas cidades”; b) “Para você ter uma idéia da quantidade de lixo que é diariamente produzida em uma cidade”; c) “Em geral, o lixo de uma cidade é enterrado em aterros sanitários”; d) “Só que em muitas cidades nada disso é feito”; e) “O lixo é simplesmente jogado em terrenos baldios”. 9 - “Além disso, existem mais uns 500 metros cúbicos varridos das ruas e calçadas da cidade”; a expressão “além disso” tem valor de: a) oposição; b) explicação; c) retificação; d) acréscimo; e) localização. 10 - Os advérbios terminados em –mente são formados pela junção desse sufixo à forma feminina do adjetivo; os dois exemplos abaixo em que NÃO é possível indicar formalmente o gênero do adjetivo é: a) simplesmente / aproximadamente; b) aproximadamente / diariamente; c) diariamente / normalmente; d) normalmente / simplesmente; e) simplesmente / diariamente. 4 12 - “E, como se não bastasse, o lixo, ao decompor-se, produz um líquido chamado chorume, que se infiltra nos solos causando sua intoxicação, podendo torná-los estéreis, além de poluir as águas dos poços e lençóis subterrâneos.; o pronome LOS se refere a: a) solos; b) habitantes; c) poços; d) lençóis subterrâneos; e) poços e lençóis. 13 - “Mas esse ainda não é o maior problema”; o “menor” problema a que se refere o texto é: a) onde colocar todo o lixo; b) colocar-se o lixo em terrenos baldios; c) não haver aterros sanitários suficientes; d) o transporte e o recolhimento do lixo; e) o pequeno número de caminhões. 14 - A finalidade fundamental do texto é a de: a) ensinar; b) informar; c) regulamentar; d) convencer; e) solicitar. 15 - “...além de poluir as águas dos poços e lençóis subterrâneos”; o comentário INCORRETO sobre os elementos desse segmento do texto é: a) “águas” e “lençóis” são complementos do verbo “poluir”; b) “poços” é palavra de vogal tônica de timbre aberto (ó); c) “subterrâneos” se refere exclusivamente a “lençóis”; d) a conjunção “e” soma dois elementos do segmento; e) “subterrâneos” concorda com “lençóis”. 16 - Entre os problemas ligados ao lixo, só NÃO está: a) a poluição do solo; b) a poluição das águas; c) a inutilização do solo; d) a formação de aterros sanitários; e) a proliferação de moscas, ratos e baratas.

Memórias 2005 - Academia
Relatório 2005 - Fiocruz
dezembro 2005.qxp - Geiacl.com.br
Portefólio 2005 - Espaço Público
Guia Acadêmico 2005/2 - Si.lopesgazzani.com.br
Voz da Terra, Outubro de 2005 - CNA
eatus 2005 - INPE/OBT/DGI
Manual Técnico de Gemas 2005 - Ajesp
Caderno de Provas
Programm zum Zukunfts-Diplom 2005 (PDF 3MB)
Relatório para OIT – 2005/2009 - Abrapa
Relatório 2005 - Prefeitura de São Paulo
Nº 4 - Dezembro 2005 - Câmara Municipal de Pinhel
Jornalinho do Campo - Maio 2005 - CAP - Agricultores de Portugal