Views
3 months ago

Peripécias 12

Versão multimídia da Revista Eletrônica Peripécias nº 12 de maio de 2018! Esta é uma Edição Especial, completando um ano da nossa Revista e o conteúdo está muito bacana, destacando-se homenagens ao Marco Antônio (Aniversariante do Mês) e ao Ney Francisco (Personalidades), os dois fariam aniversário em Maio. Nesta edição também o segundo artigo sobre a Rua Santa Luiza - “Os Moradores” - e muito mais!

O Sr. Alberico de

O Sr. Alberico de Moraes, o filho Alberico de Moraes Filho, a D. Filhinha, habituée de jogos no Maracanã. Era viúva do Dr. Ernesto Magiogli, pais do Mário, noivo da Evangelina e irmão da Maria José, da Maria Regina e da Madalena (Daiena). Primos da Manon, filha do Sr. Djalma e da D. Etelvina, irmã da D. Filhinha. Tinha também o filho do Sr. Alberico que era dentista o Dr. José, casado com a D. Mariana, pais da Maria José casada com o Reinaldo. Ela tocava piano muito bem. O Coronel Severo, pai da Yolanda que casou com o Marechal Arthur da Costa e Silva, pai também da Yeda. No 43, eram inquilinos do meu Pai o Sr. Rubens Pinto casado com a D. Sara, chamada de D. Sarinha e os filhos Jorge e Carlos Rubens. Eles eram amigos do Jeremias. O Carlos Rubens era conhecido como Rubinho. Trabalhou no Cartório Márcio Braga na Esplanada do Castelo e depois na Rua Santa Sofia, como Escrevente Juramentado Depois casou com a Lygia filha do Orlando e irmã do Iberê. E continuou morando na Santa Luiza na casa da Lygia. O Jorge morreu novo O Arnaldo e o Armando (que eram amigos do Nilson e da Neuza, respectivamente, tinham estudado na mesma turma) a Joana (que depois viveu com o tio Antônio (Toniquinho) e a Jandira, filhos da D. Beatriz, vizinhos do Sr. Trajano de Oliveira Faria e família (o Amigo do Meu Pai). A filha do Sr. Trajano, hoje é minha sogra, e diz que passava lá por casa, com a Regina Maria no Carrinho de bebê eu estava na janela. E viu no que deu? Casei com a filha dela. José Francisco

All you need is love! – The Beatles Colaboração: Antônio José de Almeida Corrêa Uma belíssima versão animada que coloriu um verso antológico e importantíssimo (musical e filosoficamente falando) e chegou à minha timeline pelas mãos do amigo Marcelo Morais Martins. Não custa repetir: All you need is love! Animação criada por Tommy Andersson

Almanaque2
Almanaque nº 1
Edição Maio de 2012 - Versão em PDF - Revista Anônimos