Views
1 week ago

Estadão Expresso - Edição de 01.09.2017

Edição de 01 de Setembro de 2017 do jornal Estadão Expresso, periódico gratuito do Grupo Estado. São 170.000 exemplares distribuídos em 130 pontos de alto fluxo da Cidade de São Paulo.

4 São Paulo,

4 São Paulo, sexta-feira 1º de setembro de 2017 Segundo dados do IBGE, o Brasil tem mais de 130 milhões de animais de estimação. Isso significa que hoje no País há mais pets do que crianças – muitos deles, aliás, tratados como familiares. Em São Paulo, a cada ano, aumentam os lugares que se dizem dispostos a recebê-los bem – as casas pet friendly. Pensando nisso, o Divirta-se levou o vira-lata (ou SRD, sem raça definida) Júpiter e a lhasa apso Minnie para conhecer e testar alguns locais. A seguir, você vê o resultado da aventura. BICHOS BOM PRA CACHORRO Dois cães – um pequeno e um grande – testaram casas pet friendly. Veja o resultado Antes de sair de casa* • Verifique se o local possui todos os requisitos para o bem-estar de seu cão, como água, saquinhos para recolher as necessidades, sombra e cercado. • É imprescindível que o tutor esteja sempre no campo de visão do animal ou que haja um monitor qualificado onde o pet estiver circulando. • Caso seu cão não esteja acostumado a um ambiente, é necessário levá-lo, antes, para um passeio rápido nos arredores, com a guia. *dicas de Plínio Castro, especialista em comportamento animal ALTO DA HARMONIA Neste bar, os cães podem ficar na varanda, no térreo ou no amplo terraço. O casarão também funciona como balada – por isso, com o cachorro, é melhor evitar ir à noite. O som alto pode estressá-lo. Além de água, oferece quatro marcas de ração (R$ 8/R$14) e um prato de arroz integral, cenoura e frango desfiado (R$ 18), sem tempero e morninho. Depois de devorar a comida, a Minnie ficou esparramada no chão. Para acompanhar a cerveja gelada, há petiscos e pratos, como o picadinho acompanhado de caldinho de feijão, farofa, mandioca e ovo (R$ 42). R. Harmonia, 271, V. Madalena, 2528-1241. 17h/1h (sáb., 12h/1h; dom., 12h/22h; fecha 2ª). CÃO SOLTO É um paraíso para os pets e tutores, que podem relaxar em um espaço amplo e aberto – seja comendo um hambúrguer como o ‘Matador’ (R$ 28), que tem cheddar, alface e farofa de bacon, seja tomando uma cerveja (R$ 8 a lata de Heineken). Mas os cães não ligam para isso, porque, além do convidativo gramado, o lugar tem monitoria canina e apoio veterinário. Júpiter correu, brincou, fez amigos – como o pitbull Iron e a golden Deodora – e ainda faturou biscoitos orgânicos de cenoura e carne (R$ 10 o pote). R. Lisboa, 69, Pinheiros, 98692-0794. Sáb. e dom., 12h/20h. Entrada: R$ 5 (por cão)/ R$ 10 (por pessoa). SAILORBURGER&STEAKHOUSE Os cães fazem companhia aos donos na varanda térrea, onde ganham água fresquinha, comem bifinhos (R$ 8, duas unidades) e bebem cerveja feita para animais, a Dog Beer (R$ 14), que não tem álcool nem gás e é vendida nos sabores frango ou carne. A pedida consta no cardápio; pena que havia acabado no dia da visita da Minnie. Entre os sanduíches, experimente o ‘The Force’ (R$ 29), com 180 gramas de carne, cebola caramelizada, farofa de bacon, molho barbecue e maionese caseira. R. Vupabuçu, 309, Pinheiros, 3031-1267. 11h45/15h e 18h/0h (6ª, 11h45/0h30; sáb., 12h30/0h30; dom., 12h30/22h30; fecha 2ª). PADOCÃO Todos os quitutes, de fabricação própria e sem conservantes, são destinados ao público canino. Júpiter foi direto para a prateleira de biscoitos sortidos de mel, alfarroba, cordeiro, frango e carne bovina (R$ 65 o quilo). Mas a especialidade são os muffins (R$ 4,50 a unidade) e as tortas (R$ 6 cada uma). Nos fundos, há um espaço com gramado, piscina de bolinhas e comedor coletivo, para festinhas de aniversário. A padaria também oferece serviços de banho e tosa e vende acessórios. Al. dos Nhambiquaras, 1.665, Moema, 5093-2243. 9h/18h (sáb., 9h/14h; fecha dom.). LA GELATTERIA O Espaço Aufreddo é o ponto para cães da La Gelatteria. Ao lado dos bancos, na calçada, costuma ter sempre água fresca no pote. Mas os animais gostam mesmo é do picolé de banana com ossinho no lugar do palito (R$ 7). A Minnie adorou. Para os donos, a vitrine exibe a produção diária de gelados no palito e cremosos, como os de caramelo com flor de sal e leite Ninho e biscoito Oreo (R$ 12/R$ 16). Como o cachorro não pode entrar na loja, é preciso que alguém fique com ele lá fora na hora da compra. R. Vanderlei, 1.644, Perdizes, 3862-9578. 13h/21h (6ª e sáb., até 22h).

Vira-Lata é o cão preferido dos brasileiros COMPORTAMENTOANIMAL São Paulo, sexta-feira 1º de setembro de 2017 5 O vira-lata é o pet mais popular entre os rasleros s dados figuram em uma pesquisa online realizada pelo Instituto QualiBest, de São Paulo. Responderam ao questionário 7.084 pessoas com acesso à internet. Elas têm 18 anos ou mais, são de diversas classes socas e de todas as reges do Pas “Foi a primeira vez que pesquisamos esse mercado por conta prpra e ficamos mpressonados com a adesão”, diz Daniela Chammas Daud Malouf, diretorageral do nsttuto estudo fo pulcado no log Comportamento Animal, do Estadão, escrito por Luiza Cervenka de Regras do bem-estar • passeie diariamente • dê alimentação de qualidade • ofereça brinquedos • se houver alteração de comportamento, leve ao veterinário Assis, que é terapeuta de animas e loga com mestrado em pscoologa e psgraduação em jornalismo. Os tombinhas estão presentes em dos lares egudos por cães das raças poodle (11%), pinscher (7%), labrador (5%), pit bull (3%) e lhasa apso (3%), os SRD em aa efinda podem ser adotados em s ou resgatados diretamente da rua – é o que ocorre com 33% deles. A pesquisa também mostra que um terço dos cães brasileiros têm porte pequeno de a g nal de que talvez ainda exista um mito de que não há cães desse tamanho para adoção. Mas basta procurar. “São anos levantando a bandeira de que somos todos ralatas afirma ulana amargo presdente da Assocao das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados Ampara (Ampara). “[O resultado da pesquisa] É a prova de que, além Que cachorro você tem? • Vira-lata 41% • Poodle 11% • Labrador 5% • Pit bull 3% • Lhasa apso 3% *dados do Instituto QualiBest; responderam à pergunta 7.084 pessoas de todo o Brasil da doação, o trabalho de conscientização está funcionando. Não adianta achar um cão na rua e levar para uma ONG. O ideal é ficar com ele ou uscar algum que assim o faça.” Os cães da raça poodle celder no ranng foram dados como presente em 34% dos casos. m alguns arros 41% doslares comcães têmum tombinha de São Paulo ou em cidades do interior, é comum encontrar tutores que não castram seus animais, reproduzem em casa e presenteiam familiares. Mas, ainda bem, a prática é cada vez menos comum”, avalia Juliana. Quemamacuida Só metade dos entrevistados (56%) rela- tou vacinar o pet anualmente. Porém, quase o mesmo percentual (58%) costuma levar o peludo ao pet shop para dar banho. Lanterna da pesquisa, a raça lhasa apso é a campeã em mordomias e cuidados: esse é o tipo de cachorro que mais viaja com seus donos (26%) e que mais dorme com eles na cama (52%). Se não bastasse, também é a raça mais mimada: 37% admitem celebrar o anersro do filote

Estadão Expresso - Edição de 08.09.2017
Estadão Expresso - Edição de 21.07.2017
Estadão Expresso - Edição de 06.10.2017
Estadão Expresso - Edição de 15.09.2017
Estadão Expresso - Edição de 29.09.2017
Estadão Expresso - Edição de 22.09.2017
Estadão Expresso - Edição de 18.08.2017
Estadão Expresso - Edição de 01.12.2017
Estadão Expresso - Edição de 04.08.2017
Estadão Expresso - Edição de 28.07.2017
Estadão Expresso - Edição de 23.11.2017 - Especial Black Friday
Estadão Expresso - Edição de 25.08.2017
Estadão Expresso - Edição de 08.12.2017
Estadão Expresso - Edição de 06.04.2018
Estadão Expresso - Edição de 29.03.2018
Estadão Expresso - Edição de 17.11.2017
Estadão Expresso - Edição de 10.11.2017
Estadão Expresso - Edição de 03.11.2017
Estadão Expresso - Edição de 20.10.2017
Estadão Expresso - Edição de 29.12.2017
Estadão Expresso - Edição de 15.12.2017
Estadão Expresso - Edição de 11.08.2017
Estadão Expresso - Edição de 13.10.2017
Estadão Expresso - Edição de 22.12.2017
Estadão Expresso - Edição de 14.07.2017
Estadão Expresso - Edição de 27.10.2017
Estadão Expresso - Edição de 23.03.2018
Jornal União - Edição de 04/05 a 10/Maio de 2016