Views
2 months ago

livro-desenvolvimento-e-cap1

em modelo animal, com

em modelo animal, com aplicação do dispositivo por até 30 minutos e controlando sua temperatura na gordura subcutânea a 45-46°C enquanto que na pele subjacente permaneceu em 40-41 °C, que a radiofrequência é capaz de reduzir de forma acentuada os adipócitos da área tratada (FIGURA ABAIXO – com cortes histológicos brutos). Com ultrassom duplex foi possível quantificar a redução da camada de gordura de 7,6 a 2,9 mm (FIGURA ABAIXO). É importante salientar que os autores atribuíram os efeitos supracitados ao fenômeno de apoptose. Investigações de viabilidade celular mostraram que a radiofrequência tem premissa de ser seletiva no aquecimento da gordura e, consequentemente, tem a capacidade de induzir danos térmicos letais aos tecidos adiposos subcutâneos, enquanto poupa os tecidos subjacentes e subjacentes. As células de adipócitos in vitro são sensíveis ao calor para exposições térmicas de 50 e 45 ° C na ordem dos minutos, 1 e 3 minutos, respectivamente. In vivo, exposições térmicas de 15 minutos a 43-45 °C resultam em uma resposta adiantada à morte celular adipocitária em pelo menos nove dias. Laser de baixa intensidade O laser foi descrito dentro de suas especifidades de aparelho de forma mais completa no capitulo de Celulite. Os dispositivos baseados em laser são utilizados em uma ampla gama de aplicações na área da saúde e seus efeitos biológicos foram documentados há mais de 20 anos. A terapia com laser de baixa intensidade é um tratamento de fonte de luz que gera convencionalmente luz de um único comprimento de onda. Ao contrário dos recursos de eletroterapia já estudados neste capitulo este tipo de dispositivo não emite calor, som ou vibração. Recentemente as pesquisas tem apontado que o laser de baixa intensidade tem a capacidade de diminuir perímetros e dobras cutâneas corporais. O mecanismo pelo qual o laser reduz a gordura dos adipócitos não está totalmente esclarecida e também é controversa. Inicialmente os efeitos do laser nos adipócitos foram atribuídos à formação de micropores transitórios que foram visualizados na SEM (FIGURA ABAIXO). Procedimentos estéticos não invasivos do tecido adiposo 40

Estes poros foram propostos para permitir a liberação de lipídios intracelulares a partir de adipócitos. Com base nesses dados, foi sugerido que até 99% de gordura poderia ser liberada dos adipócitos por aplicação de 635 nm de 10 mW de intensidade por um período de 6 minutos. Uma possível explicação pode ser que os níveis aumentados de ROS após aplicação de laser iniciam um processo conhecido como peroxidação lipídica, onde ROS reage com lipídios encontrados nas membranas celulares e os danifica temporariamente criando poros. Outras investigações com distintos parâmetros (9 mW, 670 nm, 4, 8, 12 e 16 J / cm 2 para 31, 62, 124 e 248 segundos, respectivamente) mostraram que a luz poderia atuar na gordura adiposa marrom, aparentemente, transformando-as em gordura amarela, mas teve apenas um efeito insignificante na própria gordura amarela Outro possível mecanismo de ação para a liberação de lipídios foi proposto por meio da ativação da cascata do complemento, que poderia causar indução de apoptose de adipócitos e posterior liberação de lipídios. Por fim, é possível que o laser de baixa intensidade estimule as mitocôndrias nos adipócitos, que por sua vez leva a uma síntese de ATP crescente com subseqüente upregulation de cAMP. O aumento do AMPc poderia ativar a proteína quinase que poderia estimular a lipase citoplasmática, uma enzima que converte os triglicerídeos em ácidos graxos e glicerol, que podem passar através dos poros formados na membrana celular, pode causar encolhimento nos adipócitos (FIGURA ABAIXO). Inúmeros dos mecanismos estão descritos na FIGURA ABAIXO. Carboxiterapia A carboxiterapia é uma intervenção no qual se utiliza o gás carbônico (Dióxido de Carbono ou CO2), substância gasosa, inodora e incolor, que é injetada através de uma fina agulha estéril que perfura o tegumento. A terapia de dióxido de carbono foi utilizada inicialmente em 1932 na França com a finalidade de obliterar arteriopatias. Posteriormente, alguns estudos clínicos foram realizados e evidenciaram que a terapia com CO2 tem a capacidade de aumentar o fluxo sanguíneo femoral e a pressão arterial. Atualmente, sabe-se que o gás é um vasodilatador 41 Título do Livro Sobre Estética

Fusão a frio, Tesla, Onda escala, Campo de torção, "Energia livre" = Todos Pseudo-ciência?(Resumo do Português) / Cold fusion, Tesla, Scalar wave, Torsion field, "Free energy".. = All Pseudo science?
Livro de Resumos - Instituto de Desenvolvimento Sustentável ...
Apresentação do PowerPoint - Universidade Federal de Pelotas
A nova e já popular Lipo... sem aspiração - Bodyplaza
livro “O crime louco” - Início - Conselho Federal de Psicologia
01 - Repositório do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
manual de orientação - Livros Grátis
Pericardite Aguda e Crônica - SBC-SC
Granuloma Telangiectásico - CEPID - Universidade Federal de ...
livro de recursos da oms sobre saúde mental, direitos ... - RUIG-GIAN
Temas Livres, Pôsteres e Relatos de Casos - Conselho Brasileiro ...
efeitos do peso de abate sobre a qualidade de carne suína e da ...
Laser- A medicina da luz-Edição 2146 / 6 de janeiro ... - AScor Assist
Preditores de gordura visceral - TWiki - Universidade Federal da ...
Adipose tissue as an endocrine organ: from theory to practice
54 EFEITOS DO EXERCÍCIO REALIZADO DURANTE O ... - USP
Composição tecidual do lombo de ovelhas de descarte terminadas ...
Gene da Leptina em Ruminantes - Leptin Gene in ... - Veterinaria.org
américas livres de gorduras trans
uso do chá verde e da eletrolipolise sobre a gordura corporal - Unijuí
Avaliação por Imagem da Área de Gordura Visceral e suas ...
Composição Física da Carcaça de Bezerros da Raça ... - SciELO
Metabolismo dos triacilgliceróis e do etanol - FMUP
Glossário de Termos Médicos Técnicos e Populares - Livros Grátis
Notas sobre regulação do balanço energético