Views
2 months ago

Edição 889

Jornal Folha do Norte Paranaense

GERAL BANDEIRANTES,

GERAL BANDEIRANTES, SÁBADO, 31 DE MARÇO DE 2018 - Edição 889 04 Detran e OAB Paraná lançam serviço online O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e a Ordem dos Advogados do Brasil no Estado (OAB-PR) lançaram nesta quarta-feira (28), em Curitiba, um serviço especial para advogados, dentro do sistema Detran Fácil Com a facilidade, os filiados à OAB poderão representar os clientes de maneira completamente digital nos processos de defesa e recurso de infrações de trânsito de competência do Detran Paraná, além de recursos em processos de suspensão e cassação da carteira de habilitação. “É mais um avanço na oferta de serviços online. Desde 2011, o Governo do Paraná investe em funcionalidades que melhorem a relação entre o Detran e os usuários. Já são mais de 16 milhões de serviços feitos pela internet, que evitam filas e tornam o atendimento mais rápido e eficiente”, disse o diretorgeral do Detran, Marcos Traad. Para o Presidente OAB- PR, José Augusto Araújo de Noronha, a novidade demonstra respeito com os profissionais. “Este mecanismo vai facilitar muito a relação entre o Detran e os advogados e, acredito também, nos ajudar a trabalhar de forma mais ética e eficiente”, afirmou. COMO FUNCIONA - O acesso é feito pelo site www. detran.pr.gov.br, na área do Detran Fácil. Para o primeiro cadastro é necessário preencher o formulário digital, que vincula a conta do advogado ao certificado gerado pelo tolken de identificação profissional da OAB-PR. Ao abrir o sistema, haverá então o ícone “Procurador”, exclusivo para os recursos abertos em nome de terceiros. Depois, basta A intenção é permitir que os profissionais façam processos pela internet, sem a necessidade de deslocamento até uma unidade do Detran seguir os passos dos recursos - Preencher os dados presenciais: pessoais do outorgante, - Determinar o tipo de para que o sistema informe recurso: de habilitação ou também o cliente dos avanços auto de infração, informando no processo; os dados da notificação, - Inserir o texto da defesa CNH, auto ou Renavan do e os documentos necessários veículo; para a tese recursal; - Anexar a procuração em formato digital. Concluído o envio, o sistema envia automaticamente um código para validação e todos os avanços no processo são informados via e-mail, ao advogado e ao cliente. O outorgante continua recebendo a carta com o resultado dos recursos, enquanto o advogado pode realizar o acompanhamento via site. (Da assessoria) ‘Terço do Comércio’ Próximos encontros do ‘Terço do Comércio’ ABRIL 04/abr - TARTATAN 07/abr - MIXIRICA TECIDOS 11/abr - COMUM. FEMININA NINGUEM COMO DEUS 14/abr - GERAÇÃO INFORMATICA 18/abr - CONSTRUCENTER 21/abr - FERIADO 25/abr - ESCRITORIO BANDEIRANTES 28/abr - FRIBON Nossos serviços: **Contratos Agrários **Declaração do ITR **Convênios **Cursos de Capacitação **Folhas de Pagamento **Sala do Produtor ----ATENÇÃO: CURSOS MARÇO E ABRIL---- **Trabalhador na Agricultura Orgânica – Informações Básicas ------------------------ **Trabalhador na Classificação de Produtos de Origem Vegetal – Classificação de grãos Quartas-feiras e Sábados Horário: 07h Mais informações e agendamento com Waldezique pelo telefone 3542-0148 Santuário de Santa Terezinha do Menino Jesus Bandeirantes - Paraná Todos os cursos são 8 horas por dia. Não perca tempo, faça já sua inscrição! Mais informações: (43) 3542-3618 – WhatsApp: 9.8436-0726 www.sindicatoruralbandeirantes.com.br Faça uma visita: Rua Euripedes Rodrigues, 735 – Centro - Bandeirantes/PR

GERAL BANDEIRANTES, SÁBADO, 31 DE MARÇO DE 2018 - Edição 889 05 Trabalho em conjunto na busca para melhorar a coleta seletiva A Promotoria de Justiça da Comarca de Bandeirantes reuniu esta semana os gestores municipais das secretarias do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e da Educação e Cultura da Prefeitura de Bandeirantes, representantes das instituições de ensino superior da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná)/Campus Luiz Meneghel e da Unopar/ Bandeirantes, para debater sobre a necessidade de um trabalho em conjunto na melhoria da coleta seletiva no Município. Segundo a diretora do Meio Ambiente, Conceição Cesco, este é o segundo encontro realizado pela Promotoria para a formatação e alinhamento de ações que promovam maior conscientização junto das comunidades com relação a coleta seletiva. “Um terceiro encontro está agendado com a Promotoria para os próximos dias para uma definição de como será trabalhada esta questão de conscientização da população, como ainda há outras entidades que serão convidadas a participar”, mencionou Conceição. Ela ressaltou ainda que, a necessidade de separar os materiais recicláveis por parte da população é fundamental para ampliar a vida útil do aterro sanitário, bem como em colaborar com a Associação Futuro do Amanhã, entidade que envolve a participação de cerca de 20 famílias que dependem exclusivamente da coleta seletiva. “A Associação, infelizmente, tem encontrado dificuldades porque não ocorre a separação correta dos materiais recicláveis, que acabam indo para o aterro sanitário. E isso provoca preocupações: a associação que deixa de obter recursos financeiros para sua subsistência, queda no tempo de vida útil do aterro sanitário e a necessidade da municipalidade em investir cada vez mais recursos no local. Ou seja, uma simples atitude de separar o lixo gera grandes preocupações”, destacou Conceição. Alinhamento de ações entre órgãos públicos e instituições para a conscientização junto a população para a coleta seletiva Participaram da reunião, promotora da Justiça, dra Virginia Prado Domingues; secretária da Promotoria, Amanda; secretário Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Comegno; secretária da Educação e Cultura, Valquiria Bonacini Martins; professora da Unopar, Simone Von Der Osten; e professor da UENP, Jethro Barros Osipe. Curso de Direito da UENP assina dupla graduação com universidade da Espanha O curso de graduação em Direito da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) assinou um convênio de dupla titulação com a UM (Universidad de Murcia), da Espanha. Na prática, o convênio possibilitará aos acadêmicos da UENP, que estudarem um período do curso na UM, obter dois diplomas ao concluir a graduação. Um válido no Brasil e outro em toda União Europeia. O acordo entre as instituições foi firmado neste mês de março. Com este acordo entre as Universidades vigente a partir deste ano, a UENP passará a receber estudantes da Universidad de Murcia que, formados pelas duas instituições, irão obter também dois diplomas. “Com a ótima relação entre a UENP e a UM, foi possível negociar este acordo de dupla titulação. Com isso, reunimos professores daqui e de lá para discutir a equivalência de disciplinas e outros detalhes do funcionamento deste programa”, acentua Luiz Fernando Kazmierczak, diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas do Campus de Jacarezinho. A relação acadêmica entre os cursos de Direito da UENP e da Universidad de Murcia já é antiga. Desde 2010, as instituições recebem professores e acadêmicos uma da outra para estudos acadêmicos em diversos níveis. Em 2015, os programas de pós-graduação em Ciência Jurídica da UENP e da UM estabeleceram acordo de dupla titulação. Com isso, o vínculo se fortaleceu e as universidades decidiram assinar a dupla graduação. Para a reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, essa é mais uma grande conquista para o curso de Direito e para a Universidade. “É com muito orgulho que anuncio esse acordo com a Universidad de Murcia, que permitirá aos nossos acadêmicos contemplar novos horizontes profissionais. É um passo importantíssimo para UENP e um grande incentivo para que outros cursos da Prêmio nacional de habitação A Cohapar figura novamente entre os órgãos vencedores do Selo de Mérito, premiação organizada anualmente pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC). O troféu foi entregue a representantes da empresa no último dia 21 durante o Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, em Salvador, pelo desenvolvimento do programa Morar Legal Paraná. Trata-se do maior programa de regularização fundiária lançado pela Cohapar em sua história, cuja meta é garantir a titulação de 45 mil imóveis sem documentação em todo o Paraná até o fim de 2018. O modelo de gestão, com a contratação de empresas especializadas via licitação, e os subsídios do Governo do Estado permitiram que os custos do serviço para as famílias sejam até cinco nossa Universidade possam buscar, nesse mesmo sentido, acordos que viabilizem a internacionalização de suas graduações”, acentua. Segundo o coordenador do programa de pósgraduação em Ciência Jurídica da UENP, professor Fernando Brito, esta aliança é ótima para os interesses acadêmicos da universidade. “Esta dupla graduação é muito importante para a internacionalização de nossa Universidade, para o reconhecimento da UENP por outra instituição vezes menores do que os praticados pelo mercado. A regularização imobiliária também reflete no aumento da receita tributária municipal com o incremento da arrecadação do IPTU e taxas pertinentes aos serviços urbanos ofertados. Os recursos podem, então, ser reaplicados pelas prefeituras em melhorias da infraestrutura das regiões agora regulares. SELO DE MÉRITO – O objetivo da premiação é estimular e difundir as experiências bem sucedidas desenvolvidas pelas instituições públicas no âmbito da habitação de interesse social. O projeto da companhia ganhou na categoria de ações, planos e programas voltados para a gestão. Este é o quarto Selo de Mérito conquistado pela Cohapar desde 2011. Segundo o diretor de Regularização Fundiária da Cohapar, Nelson Cordeiro com mais de um século de existência e também para os acadêmicos, que poderão ter uma atuação na Espanha e em toda a União Europeia”, afirma. Até seis vagas para o programa de dupla graduação serão ofertadas todos os anos. Os acadêmicos devem estar no terceiro ano do curso ou acima. O financiamento da estada na Espanha será de responsabilidade do estudante, que poderá concorrer a editais de fomento. (Da assessoria) Justus, o programa já havia sido planejado há um bom tempo pela companhia, que passou a dar mais prioridade ao setor nos últimos anos. "Os recursos do tesouro estadual liberados pelo governador Beto Richa e os modelos de licitação montados pela companhia reduziram significativamente os custos da regularização, o que resultou na ampliação do atendimento à população e neste merecido reconhecimento", afirma. O gestor do programa e assessor técnico da empresa, Guilherme Cherobim, destacou que o trabalho exigiu uma ação multidisciplinar com o envolvimento de técnicos das áreas de assistência social, engenharia, administrativo e jurídico. "Com esta estratégia colaborativa, conseguimos ter um resultado efetivo na regularização", disse o gestor. (Da assessoria)

Edição 897
Edição 893
Edição 902
Edição 892
Edição 898
Edição 891
Edição 904
Edição 890
Edição 894
atos do poder executivo - Prefeitura Municipal de Itapetininga
Edição 902 clique e faça o download - Folha de Niterói
Folha de Confresa XXX
Jornal-Agora-Edicao - Agora Jornais Associados
cidade legal - Prefeitura Municipal de Itapetininga - Governo do ...
Edição 901 clique e faça o download - Folha de Niterói
Edição 336
Jornal Ecoss Edição Nº 41 - Ogawa Butoh Center
Atos do Poder Executivo Atos do Poder Legislativo - Prefeitura ...
cidade legal - Prefeitura Municipal de Itapetininga
INFORMATIVO AO MUNÍCIPE - Prefeitura Municipal de Itápolis
Edição 01 - Jornal Legislativo Cidadão - Câmara de Vereadores de ...
IMPRENSA OFICIAL - EDIÇÃO 362 - Prefeitura Municipal de Mairiporã
cidade educadora - Prefeitura Municipal de Itapetininga
cidade educadora - Prefeitura Municipal de Itapetininga