Views
6 months ago

Edição 891

Jornal Folha do Norte Paranaense

Agradecimento / GERAL

Agradecimento / GERAL BANDEIRANTES, SÁBADO, 07 DE ABRIL DE 2018 - Edição 891 08 Menos de 30% dos contribuintes enviaram declaração do Imposto de Renda A Escola Municipal Diógenes Eisenhut Pessoa de Vasconcelos, através da sua direção, vem a público em agradecimento à comunidade escolar, pais e administração da Prefeitura de Bandeirantes e Secretaria da Educação e Cultura. “No dia em que nossa escola comemorou a Páscoa, realizamos o sorteio de duas cestas, uma para cada período e ainda, cada aluno recebeu um ovo de chocolate. Não contávamos que nós, funcionários em geral, receberíamos o melhor dos presentes quando um pai de aluno disse a seguinte frase: ‘Essa ESCOLA é ABENÇOADA!’. Pai, comunidade, somos realmente uma escola abençoada, pois contamos com sua confiança e trabalhamos dia a dia buscando sempre o melhor no sentido pedagógico e o bem-estar dos nossos alunos. Cometemos falhas? Sim. Mas somos todos humanos, suscetíveis ao erro, e também aprendemos com eles. Só temos a agradecer: a Deus em primeiro lugar por nos ter colocado neste ambiente não só para ensinar, mas também para aprender com a história e com a vivência de cada família; agradecer por nossos alunos, nossos professores e funcionários; agradecer a secretaria de Educação e Cultura através da senhora Valquíria Martins; ao prefeito do Município, senhor Lino Martins pelo mimo oferecido a cada aluno. Fica o nosso agradecimento especial à nossa querida comunidade, a qual temos o sentimento de que já somos parte integrante, onde nós a respeitamos e nos sentimos respeitados. É pai, o senhor tem toda razão! Somos abençoados!” – a Direção. A pouco mais de 20 dias do fim do prazo de entrega, menos de 30% dos contribuintes acertaram as contas com o Fisco. Até as 17h desta quinta-feira (5), a Receita Federal recebeu 8.091.107 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física. O total equivale a 28,9% dos 28,8 milhões de documentos esperados para este ano. O programa de preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2018, ano base 2017, está disponível no site da Receita Federal. O prazo para a entrega da declaração começou em 1º de março e vai até as 23h59min59s de 30 de abril. Está obrigado a declarar quem recebeu rendimentos tributáveis, em 2017, em valores superiores a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima R$ 142.798,50. A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares. Por meio do aplicativo, é possível ainda fazer retificações depois do envio da declaração. Outra opção é mediante acesso ao serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Vitural de Atendimento (e-CAC), no site da Receita, com uso de certificado digital. Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que realizaram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda. MULTA - A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% por mês de atraso, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% sobre o imposto devido. Deduções As deduções por dependente estão limitadas a R$ 2.275,08. As despesas com educação têm limite individual anual de R$ 3.561,50. A dedução de gastos com empregadas dom ésticas é de R$ 1.171,84. NOVIDADES - O painel inicial do sistema tem informações das fichas que podem ser mais relevantes para o contribuinte durante o preenchimento da declaração. Neste ano, será obrigatória a apresentação do CPF para dependentes a partir de 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017. Na declaração de bens, serão incluídos campos para informações complementares, como números e registros, localização e número do Registro Nacional de Veículo (Renavam). Também será incluída a informação sobre a alíquota efetiva utilizada no cálculo da apuração do imposto. Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso. (Da Agência Brasil)

GERAL BANDEIRANTES, SÁBADO, 07 DE ABRIL DE 2018 - Edição 891 09 Richa diz que deixa o governo agradecido, honrado e orgulhoso O governador Beto Richa afirmou nesta sexta-feira (06) que deixa o Governo do Estado com sensações de gratidão, honra e orgulho. Ao transmitir o cargo para a vicegovernadora Cida Borghetti, no Palácio Iguaçu, Richa disse ter convicção de que sua administração contribui para melhorar a vida de todos os paranaenses. “No discurso de posse, eu disse que queria ser governador porque tinha orgulho do que o Paraná era e ainda seria. Hoje, esse orgulho é muito maior. O Paraná que entrego hoje nas mãos da governadora Cida Borghetti é um Estado muitíssimo melhor do que aquele que recebi”, afirmou Richa. Segundo ele, o Estado “está mais preparado para dar respostas aos anseios dos paranaenses por mais desenvolvimento econômico, justiça social e respeito ao meio ambiente”. “A história que construímos juntos produziu transformações importantes e nos legou novas perspectivas, renovou a nossa crença de que é possível fazer bem feito”. Ao fazer um balanço do mandato, Richa disse que todos os municípios paranaenses receberam apoio do Governo do Estado durante sua administração, destacando que foi o único governante que esteve nas 399 cidades paranaenses no exercício do mandato. “Não há um só canto, uma só cidade, um só rincão do Paraná que tenha sido esquecido”, declarou. “Todos foram tratados com respeito e atenção. Com dedicação e consideração. Com obras e programas sociais”. Richa também ressaltou que o esforço para o equilíbrio das contas públicas, que além de restabelecer a capacidade investimentos do Estado, fez com que o Paraná gastasse menos com a máquina pública. INVESTIMENTOS - “Essa conquista é de todos nós e precisa ser preservada”, sustentou ele. “O resultado é que temos uma taxa de investimentos que chega a 10,5% das receitas próprias. O Paraná de hoje é um canteiro de obras”. Outro tema destacado foi o programa Paraná Competitivo, que atraiu R$ 45 bilhões em investimentos produtivos e gerou 450 mil oportunidades de empregos, diretos e indiretos. “Se antes não havia ambiente para o investimento da iniciativa privada, nós invertemos essa lógica. Fizemos uma sólida parceria com os empreendedores que acreditam no trabalho, na força transformadora das boas ideias e na responsabilidade social que todos temos”, disse. “Na educação, avançamos com a valorização dos professores e profissionais que atuam na área”, disse. Na saúde, citou a implantação do resgate aéreo, a redução das taxas de mortalidade materna e infantil, 70 mil cirurgias gratuitas e o aumento no número de transplantes de órgãos. Richa também ressaltou a redução da taxa de homicídios, que caiu de 30 para 22 mortes a cada 100 mil habitantes. “Precisamos continuar avançando e para isso contratamos mais de 11 mil policiais e compramos mais de 3 mil viaturas novas”. Na infraestrutura, reafirmou o empenho para construir soluções logísticas que melhorem a competitividade dos produtos paranaenses, com investimentos em estradas e nos portos. REDUÇÃO DA POBREZA - Na área social, salientou que o Programa Família Paranaense atende a mais de 300 mil famílias e a taxa de extrema pobreza do Estado foi reduzida em 57%. Na habitação, sustentou a importância da construção de 80 mil casas e entrega de 25 mil títulos de propriedade. Richa também fez um Ao transmitir o cargo para a vice-governadora Cida Borghetti, Richa disse que deixa o Estado numa situação muito melhor do que recebeu. “Saio de cabeça erguida, com a certeza do dever cumprido e feliz por ter promovido o bem-estar e o progresso dos paranaenses”. agradecimento especial à base parlamentar na Assembleia Legislativa, “que nunca nos faltou nos momentos mais cruciais, mais decisivos”. “Faço aqui, mais uma vez, um reconhecimento público ao apoio que tivemos dos nossos deputados”, disse. “À vice-governadora Cida Borghetti, que agora assume o cargo de governadora, o meu agradecimento especial pela lealdade, participação e disposição para o trabalho que demonstrou em todos os instantes deste segundo mandato, estando ao nosso lado em todos os momentos”, expressou. Richa também dedicou agradecimento especial aos familiares, equipe de governo e servidores, e declarou que cumpriu o mandado baseado em princípios de respeito, ética, verdade e legalidade. “Saio de cabeça erguida, com a certeza do dever cumprido e feliz por ter promovido o bem-estar e o progresso dos paranaenses”. (Da assessoria) Cida Borghetti é empossada governadora na Assembleia Legislativa A Assembleia Legislativa empossou, em sessão especial nesta sexta-feira (6), Cida Borghetti no cargo de governadora do Paraná. Cida é a primeira mulher a ocupar o posto em definitivo no Poder Executivo. Ela assume a cadeira em razão da renúncia de Beto Richa. Após prestar o juramento constitucional e assinar o termo de posse, ressaltou no seu pronunciamento o compromisso de trabalhar incansavelmente pelo desenvolvimento do Estado e o bem-estar dos paranaenses. A governadora lembrou a sua trajetória como deputada estadual por duas vezes e reafirmou o seu carinho pelo Poder Legislativo. “Foi aqui que iniciei a minha carreira em cargos eletivos, onde 101 leis de minha autoria foram aprovadas. Foram dois mandatos muito produtivos, que me deram preciosa experiência, bons amigos e a verdadeira dimensão do valor desta Casa”. Sobre os desafios a partir de agora, Cida lembrou ainda que assume o governo no seu melhor momento, como consequência dos ajustes fiscais promovidos recentemente e que colocaram o Paraná em condições favoráveis no cenário nacional. “Devo, em respeito à verdade, dizer que assumo o governo no melhor período. Plantamos o bem e a colheita não poderia ser melhor, finanças em ordem, serviços públicos preservados, salários pagos em dia e obras de infraestrutura e melhorias em todo o Estado. Pelo esforço empenhado e pelo resultado conquistado só há uma opção, seguir pelo carinho traçado, aperfeiçoando as ferramentas que nos dão vigor de quem faz o futuro acontecer hoje”. A gestão municipalista foi outro compromisso firmado pela governadora. Ela disse que pretende trabalhar conjuntamente com os prefeitos e vereadores, em busca do crescimento do Paraná. “Quero e peço o apoio dos 399 prefeitos do Paraná. Os prefeitos conhecem bem a minha postura municipalista, e sabem que sou defensora intransigente da atenção às cidades e aos cidadãos”. BOAS MÃOS – O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, destacou a competência de Cida Borghetti e que o Estado está em boas mãos a partir de hoje. “Esta Casa abre as portas para o povo do Paraná para dar o testemunho e apoio a esta que é uma das mais importantes solenidades. Aqui, Cida, foi o seu nascedouro político. Conhecemos a sua competência, a sua sensibilidade e habilidade e temos certeza que este será o seu estilo no governo”. Traiano disse que o Poder Legislativo não faltará ao apoio ao governo nos importantes temas e que dizem especialmente ao interesse dos paranaenses, numa legítima parceria institucional e republicana. Sessão especial na ALEP deu posse a Cida Borghetti no cargo de governadora do Paraná “Conte com esta Casa naquilo que for de interesse e de positivo aos paranaenses. Tenho certeza que mesmo com o trabalho da Oposição, que ajuda inclusive no contraponto necessário, auxiliará naquilo que melhorar o diaa-dia dos da nossa gente”. O primeiro secretário, deputado Plauto Miró, leu o termo de posse da governadora. Além dele, o segundo secretário, deputado Jonas Guimarães, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Renato Braga Bettega, o deputado federal Ricardo Barros, representando a Câmara Federal, além do reitor da Universidade Federal do Paraná, Ricardo Marcelo Fonseca, a desembargadora Nair Maria Lunardelli Ramos, representando o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Durval Amaral, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Ivonei Sfoggia, e do defensor público geral, Eduardo Abraão, compuseram a mesa. (Da assessoria)

Edição 892
Edição 904
Edição 897
Edição 893
Edição 890
Edição 894
Edição 898
Edição 902
Edição 901 clique e faça o download - Folha de Niterói
Jornal Estradeiro - Edição 33 - ACTA SINDGRAN
Edição 902 clique e faça o download - Folha de Niterói
Jornal-Agora-Edicao - Agora Jornais Associados
Edição 01 - Jornal Legislativo Cidadão - Câmara de Vereadores de ...
Edição 339
folha dos Bairros - cpvsp.org.br
Folha do Jardim Paranaense
Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte - Emplasa
Edição 336
Edição de Julho e Agosto de 2011 - Jornal de Oleiros
Edição 133 ( Completa em PDF ) - Jornal Esporte Local
estado de santa catarina prefeitura municipal de braco do norte ...