Views
1 month ago

dissertação parcial r1 11042018 formatacao igor rev02

TÍTULO DA HORA COM

TÍTULO DA HORA COM MUITAS LINHAS! manter os dialetos e sotaques para se comunicarem entre si, tudo isso para manter vivas as tradições de povos que haviam se deslocado de seus lugares de origem e traziam consigo muita saudade. Em todas essas manifestações há, de certa forma, uma intenção de não se deixar perder algo que é muito importante para quem as propaga, que é um cultura própria. Porém, o que Moraes (2000) ressalta é que, essa saudade seria de um tempo não imediatamente anterior a partida desses povos, mas talvez de infâncias perdidas, e memórias que ficaram para trás, não por conta da imigração em si, mas por conta simplesmente do tempo ter passado para elas. Ou seja, em sua maioria, os imigrantes em São Paulo vieram por motivos de guerra, expulsão, ou em busca de melhores condições de vida, visto que ninguém deixaria seu país, família e amigos se morassem em um ambiente ideal. Nesse sentido, ao sair em busca de melhores condições de vida, as memórias reproduzidas na nova terra não eram necessariamente desses ambientes dos quais eles buscavam fugir, mas sim de tempos muito anteriores. Mas habitar um ambiente metropolitano como São Paulo parece fazer, por si só, despertar a nostalgia, principalmente naqueles que presenciaram um período de transformações tão intensas e aceleradas como a primeira década do século XX. A saudade tão cantada e declamada era de tempos em que a vida na capital era mais calma e segura, quando tantos edifícios ◊ 110 ◊

São Paulo: a metrópole do “pogréssio” novos não faziam as pessoas perderem seus referenciais espaciais. Na verdade, a saudade talvez fosse de períodos que a cidade de São Paulo ainda não fosse metropolitana, e quando ainda possuía características mais bucólicas relacionadas a cidades menores do interior, e o contato humano era mais próximo e amigável. (MORAES, 2000). Com base em pensamentos da grande cidade voltados para o progresso e a industrialização figuras como a do caipira, por exemplo, aparecem como um contraponto, representando alguém que vinha de um meio completamente contrário ao desenvolvimento industrial das máquinas. Mesmo durante períodos de busca por ideais e heróis nacionais, como no Romantismo, essa relação se deu muito mais fortemente com a imagem do indígena do que com o caipira. Yatsuda (1992) observa que a imagem do caipira estava relacionada com o campo, ligada a uma ideia de atraso e de resistência, como um fator de entrave no desenvolvimento da metrópole. Sobre o desenvolvimento acelerado e nada homogêneo da cidade de São Paulo, Sevcenko (1992) discorre sobre a dificuldade de seus habitantes em se orientarem em um espaço em constantes mudanças, e por consequência, orientarem-se como indivíduos. A diversidade espacial e funcional de uma metrópole não auxilia o sujeito nem na busca por identificações externas a ele, nem em estabelecer relações internas. ◊ 111 ◊

Fundamentos de Web Design e Formatação de Imagem
Dissertação - USP
6-RelatMensal-JUNH15-Implanta%C3%A7%C3%A3o%2BCiclovia%2BNiemeyer-REV02
Apresentação dissertação - Faculdade de Engenharia da ...
Formatação: Guilherme Augusto Pinotti - COPEN
MSDesktopMC-1.3-M.1057.20.02-pt_BR-A-r1 - IFBa
Purificação parcial de anticorpos presentes em soro normal ... - Unesp
Dissertação Zimmermann, T.G. 2011 - UFSC
Manual Aquecedor Halógeno Mondial A-07 02-13 Rev02
parcialmente submersa na Baia - Marinha do Brasil
Manual Tostador Max Toast Premium T-04 11-12 Rev02 - Mondial
Relatório de Autoavaliação Parcial - Universidade Católica de Brasília
DISSERTAÇAO 07.05 - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães ...