Views
2 months ago

dissertação parcial r1 11042018 formatacao igor rev02

TÍTULO DA HORA COM

TÍTULO DA HORA COM MUITAS LINHAS! E quase que espontaneamente a musicalidade popular se espalhava pela cidade, mesmo que embora marcada por grupos sociais distintos, em pontos específicos (como a Praça da Sé até o início dos anos 40, o antigo Largo da Banana e outras esquinas da cidade), era dessa maneira que a musicalidade popular encontrava para fazer parte da sinfonia metropolitana, e funcionar como forma de lazer e distração dentro da cidade apressada e trabalhadora. Outro importante evento influenciador das movimentações relativas ao samba na capital eram as festas na cidade de Pirapora do Bom Jesus. Segundo Moraes (2004) as festas eram sempre realizadas em agosto e reuniam muitos paulistanos das mais variadas classes econômicas e sociais. Eram manifestações muito importantes para os negros da capital – muitos haviam recentemente deixado a zona rural para ir para capital - , que frequentavam as festas, porém ficavam alojados em barracões distantes das principais manifestações ainda de cunho religioso. Nesses barracões é que de fato aconteciam as primeiras manifestações do chamado samba rural paulista, que veio posteriormente a se tornar o samba paulista. Sem dúvida nenhuma, as festas de Pirapora do Bom Jesus foram essenciais para a formação do samba paulista tal e qual se conhece atualmente. Moraes ainda completa dizendo que “A música feita em Pirapora influenciou muito o samba ◊ 120 ◊

São Paulo: a metrópole do “pogréssio” paulistano, que veio a assumir sua face urbana nos cordões carnavalescos.” (MORAES, 2004. P. 611). Com o passar dos anos e a chegada dos anos 40 os cordões tradicionais iam desaparecendo, assim como as comemorações de Pirapora, e de certa maneira, o que caracterizava o carnaval e o samba paulistano também. Com a popularização do samba e dos padrões cariocas como símbolos de um ritmo quase nacional, o samba tipicamente paulistano como manifestação cultural, com seus instrumentos característicos e sua musicalidade marcada acabam dando espaço para um estilo carioca que era mais imponente no carnaval. Em seu trabalho, Lígia Nassif Conti (2015) dicorre sobre as diferenciações do samba paulista e do carioca. Ela trata a respeito de como o samba paulista esteve estruturado e quais suas características principais e destaca: Equívocos, esquecimentos, episódios contados de forma a reafirmar uma ideia posterior, supervalorização do passado saudoso, todos esses elementos fazem parte da narrativa sustentada por esses sambistas e entusiastas do gênero, e não devem ser negligenciados. [...]. O importante, [...], é menos a informação e seu estatuto de veracidade, mas a maneira como se construiu uma memória sobre o passado, já que a nostalgia e a idealização de um passado melhor são elementos frequentemente encontrados nos relatos orais, e sobremaneira nos relatos de idosos. (CONTI, 2015. P. 31) ◊ 121 ◊

Revisão e formatação: Lancelot – Papiros_Virtuais ... - CloudMe
normas para formatação de trabalhos acadêmicos - Universidade ...
Dissertação submetida como requisi to pat'cial para a obtenção do ...
Baixar - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG
Baixar - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG
Fundamentos de Web Design e Formatação de Imagem
Os Valores de Deus - Igor Oliveira Ferreira
Formatação: Guilherme Augusto Pinotti - COPEN
Dissertação - USP
6-RelatMensal-JUNH15-Implanta%C3%A7%C3%A3o%2BCiclovia%2BNiemeyer-REV02
MSDesktopMC-1.3-M.1057.20.02-pt_BR-A-r1 - IFBa
Apresentação dissertação - Faculdade de Engenharia da ...