Views
7 months ago

dissertação parcial r1 11042018 formatacao igor rev02

TÍTULO DA HORA COM

TÍTULO DA HORA COM MUITAS LINHAS! composições, que podem ser tomadas como crônicas do cotidiano urbano. Segundo as próprias declarações de Adoniran para o fascículo 45 da História da Música Popular Brasileira, lançada pela Editora Abril em 1972, ele explica como teria surgido a inspiração para a canção “Saudosa Maloca”, de 1951: Ah, eu tinha um cachorrinho, o Peteleco. De noite saía para das um passeio com ele na rua Aurora. Onde hoje é o Cine Áurea era o Hotel Albion, que acabou sendo demolido. O prédio ficou abandonado uma porção de tempo. Uns e outros sem compromisso, que pra ganhá pra cachaça e pro sanduíche faziam biscates nas feiras, lavavam carros ou eram engraxates, de noite se escondiam lá dentro, pois não tinham onde dormir. Eu conhecia todos eles – o Mato Grosso, o Joca, o Corintiano. Eu visitava eles, junto com o Peteleco, naquela moradia. A gente batia papo, se entendia e se queria muito bem. No dia que começô a demolição do casarão cheguei lá e num vi mais nenhum dos meus amigos. Sumiram, fiquei triste e tive a ideia de fazer um samba pra eles. (BARBOSA, Adoniran in: CAMPOS JUNIOR, 2009. P.230) Ele fazia dos eventos cotidianos motivo para suas histórias que viravam letras, e que na maioria das vezes precisava da ajuda de amigos para serem musicadas, já que Adoniran tinha como único instrumento as caixinhas de fósforos. Talvez a música com origem mais peculiar seja “Iracema”, cuja inspiração supostamente viera de uma notícia que lera no jornal, relatando um caso de atropelamento de uma moça que ◊ 138 ◊

Adoniran Barbosa e a lírica do “pogréssio” estava noiva e preste a se casar. Ao saber da história por trás da canção, e depois de ler a letra composta por ele, a atriz Nair Belo, que já era famosa nas rádios novelas e amiga de Adoniran chamou a atenção do amigo, dizendo que falar de um atropelamento de uma moça não seria motivo pra se fazer um samba. A música foi sucesso anos depois e a atriz Nair Belo assumiu que não entendia muito de música. (CAMPOS JUNIOR, 2009). Adoniran trazia em suas canções lembranças de sentimentos de tempos em que a cidade possuía menos trânsito, menos movimento, e muito mais intimidade entre as pessoas. Os sentimentos que ele possuía desse período eram traduzidos em suas músicas com saudosismo e muito apego por uma cidade que não existia mais. Os processos de transformações da cidade fizeram com que tanto intimismo fosse perdido no meio da maior metrópole do país. (MEDEIROS, 2011) Ao fazer o processo de tradução de um evento cotidiano e transformá-lo em uma canção que será eternizada, há um processo de transformação de elementos temporais. A temporalidade moderna é bastante diferente da que Adoniran enxergava e fazia questão de narrar. Na metrópole acelerada e que se volta para o crescimento, o tempo passa a ser um bem muito precioso e essencial para que se obtenha o êxito das realizações. Já a temporalidade de Adoniran apresenta outro ◊ 139 ◊

Formatação: Guilherme Augusto Pinotti - COPEN
MANUAL MAXZONE-REV02
MSDesktopMC-1.3-M.1057.20.02-pt_BR-A-r1 - IFBa
Os Valores de Deus - Igor Oliveira Ferreira
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
Fundamentos de Web Design e Formatação de Imagem
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
verdadesessenciaisdafecrista-1caderno-r1-141112115132-conversion-gate02
baixar livro parcial - Livros evangélicos
BIOMAS BRASILEIROS IGOR E LUIZ AUGUSTO 5º ANO SALA 3
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
Purificação parcial de anticorpos presentes em soro normal ... - Unesp
Dissertação Zimmermann, T.G. 2011 - UFSC
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
baixar livro parcial
Manual Aquecedor Halógeno Mondial A-07 02-13 Rev02