Views
3 months ago

dissertação parcial r1 11042018 formatacao igor rev02

TÍTULO DA HORA COM

TÍTULO DA HORA COM MUITAS LINHAS! cantado em italiano. O fato de combinar um ritmo nacional com uma língua estrangeira – mesmo que no período o italiano fosse tão falado quanto português pelas ruas da capital devido ao grande número de imigrantes – faz com que seja possível ter uma ideia de como se dava a miscelânea complexidade cultural paulistana. Samba italiano (1965) "Gioconda, piccina mia,/ Va brincar en il mare en il fondo, /Mas atencione per tubarone, ouvisto? / Hai capito, mio San Benedito?" Piove, piove, / Fa tempo che piove qua, Gigi, / E io, sempre io, / Sotto la tua finestra / E voi senza me sentire / Ridere, ridere, ridere / Di questo infelice qui / Ti ricordi, Gioconda, /Di quella sera en Guarujá / Quando il mare te portava via /E me chiamaste: "Aiuto, Marcello! / La tua Gioconda ha paura di quest'onda” O samba italiano muito animado e cômico traz na sua letra lembranças de uma aventura de um casal que vai até a praia do Guarujá, litoral de São Paulo, e que já era destino de paulistanos como balneário e lazer. A letra começa com o que seria uma recordação de aviso do narrador, para que se tomasse cuidado com possíveis tubarões que pudessem existir no mar. A história continua com o narrador, em um dia de chuva, ◊ 202 ◊

Adoniran Barbosa e a lírica do “pogréssio” recordar de uma tarde de diversão na praia, e com humor lembrar da amada gritando por socorro por ter medo das ondas do mar. O que torna o samba italiano tão paulistano talvez seja o fato de que é quase possível construir visualmente a cena, mesmo não se tendo domínio do idioma italiano. Não ocasionalmente, seu jeito específico de falar, muito característico de uma camada social de São Paulo traz por si só diversas interpretações possíveis. Adoniran foi criticado por utilizar-se dessa linguagem, porém, ele ignorava as críticas e dizia que assim o fazia por julgar uma forma de se aproximar do povo, além de achar mais bonito. Só faço samba pra povo. Por isso faço letras com erros de português, porque é assim que o povo fala. Além disso, acho que o samba assim fica mais bonito de se cantar. (BARBOSA, apud VITTI, 2014). Adoniran Barbosa também participou de muitos programas de rádio, onde teve a oportunidade de interpretar vários personagens, e assim dar vida a vários “tipos” paulistanos. Talvez o de maior destaque e que permaneceu mais tempo no ar foi o programa “História das Malocas”, escrito por Osvaldo Moles, onde Adoniran interpretava Charutinho, um morador das malocas de São Paulo, que dialogava com outros personagens igualmente icônicos. Em um dos programas o personagem Charutinho é indagado sobre o que é necessário para se fazer uma boa letra de samba: ◊ 203 ◊

Fundamentos de Web Design e Formatação de Imagem
Dissertação - USP
6-RelatMensal-JUNH15-Implanta%C3%A7%C3%A3o%2BCiclovia%2BNiemeyer-REV02
Apresentação dissertação - Faculdade de Engenharia da ...
Manual Aquecedor Halógeno Mondial A-07 02-13 Rev02
parcialmente submersa na Baia - Marinha do Brasil
Manual Tostador Max Toast Premium T-04 11-12 Rev02 - Mondial
Relatório de Autoavaliação Parcial - Universidade Católica de Brasília
DISSERTAÇAO 07.05 - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães ...
Dissertação Carlos Lucena de Aguiar - Centro de Pesquisas Aggeu ...
Ver/Abrir - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG
Acessar Dissertação - Programa de Pós-Graduação em Ciências ...
Os Valores de Deus - Igor Oliveira Ferreira