Views
4 months ago

GAZETA DIARIO 553

16 Foz do Iguaçu,

16 Foz do Iguaçu, quinta-feira, 12 de abril de 2018

Equipe STRIKE ganha novo patrocínio para o mundial de robótica nos EUA Especializada em tecnologia e inovação, a Cellshop disponibilizará equipamentos e peças para os estudantes, que foram destaque na etapa regional da FIRST Da redação Reportagem Divulgação Fotografia Destaque internacional no campeonato First Robotics Competition (FRC), a equipe iguaçuense STRIKE, acaba de ganhar um novo apoio para os projetos futuros. A Cellshop, loja especializada em inovação e tecnologia na Tríplice Fronteira irá patrocinar os estudantes, que agora seguem rumo aos Estados Unidos para disputarem o mundial de robótica. Formada por 12 alunos do ensino médio dos colégios Bertoni e COC de Foz do Iguaçu, a equipe STRIKE, criada em setembro de 2017, conquistou o primeiro lugar na categoria Rookie All Star (para iniciantes) na fase regional da competição promovida pela ONG americana First no Canadá. O campeonato FRC desafia estudantes dos ensinos médios de todo o mundo a projetarem, construírem e programarem robôs de nível industrial em seis semanas. Neste primeiro ano da STRIKE no torneio, uma das responsáveis pelas conquistas do grupo foi a Soraya: uma robô criada para melhorar a vida de quem trabalha com carga e descarga de caixas. O desafio na etapa regional foi um jogo no estilo Arcade, onde os robôs competiram em alianças de três times cada, manipulando caixas. Ao final, os robôs ainda tiveram de realizar a tarefa de escalada, precisando ficar a mais de 30 centímetros do chão. A máquina projetada pelos estudantes teve um ótimo desempenho na disputa e atingiu a 4ª posição no ranking, dentre os 55 times presentes na competição, conquistando uma vaga para participar do mundial, que acontecerá entre os dias 18 e 21 de abril. A etapa mundial da FIRST Robotics Competition é dividida em duas cidades, Houston e Detroid e envolve mais de 30 mil estudantes e 60 mil participantes, totalizando 1.400 times de 62 países. O torneio envolve ainda mais de 2400 voluntários, grande parte deles provenientes de empresas que apoiam a FIRST. Reconhecendo o potencial da equipe, a Cellshop disponibilizará diversos materiais, que possam auxiliar os estudantes no aperfeiçoamento do robô e na construção de outros equipamentos. "Nossa loja aposta na importância desse projeto para os jovens da região e colocará a disposição deles materiais novos ou para reciclagem, que possam ser utilizados em workshops e outros eventos, como por exemplo, o reaproveitamento de baterias provenientes de sua assistência técnica especializada, que é referência na região", informou a assessoria. JR