Views
7 months ago

Almanaque2

Almanaque número 2, com o conteúdo completo das edições nº 7 a nº 12 da Revista Mensal Peripécias Contendo as Seções Destaques, Túnel do Tempo, Sociais, Turismo, Literatura, Sala de Leitura, Teatro, Arte, Personalidades, Poesias, Atualidades, do Fundo do Baú, Fotografia, Formaturas, Humor, Culinária, Esportes, Curiosidades, Aniversariantes, Classificados, Biblioteca, História de Família e Espaço do Leitor.

Da mesma forma, a

Da mesma forma, a afinidade com os Oficiais, ajudaram a fazer laços de amizade que vieram a resultar em outras oportunidades de trabalhos, sempre havia algum impresso de folhetos ou prospectos, convites de casamento, cartões de visita ou de outras finalidades. Já tendo concluído o C.P.O.R., casei com Solange em fevereiro de 1958 e depois de ter sido convocado para fazer estágio, resolvi oficializar o negócio, criando a Gráfica JERSOL, que teve como seu novo endereço a Rua Barão de Mesquita, 769- B, no Andaraí. Passado algum tempo, percebi que lidar com constantes faltas de funcionários, muitas vezes injustificadas ou até justificadas, mas de forma abusiva, era difícil. Eu até tentei por um tempo aconselhar os empregados, chamar a atenção e dar críticas construtivas para que cada um melhorasse sua imagem, mas percebi que esse era um hábito da classe, pois meus conhecidos do ramo também se queixavam bastante dessas atitudes. Em um dado momento, me cansei de toda essa situação e deixei a responsabilidade da gráfica com o Wanderlin, peguei meu carro, malas, minha esposa e fiquei trinta dias viajando e passeando, ou seja, me refazendo de um período em que tive muitos aborrecimentos. Até que em um domingo, almoçando na casa dos meus sogros na Rua Maxwell, recebi o telefonema de um colega do C.P.O.R., dizendo que havia me procurado na gráfica e que precisava falar comigo... E aí começa outro capítulo da história, quando acabei com a gráfica, levando todo o equipamento para a casa da Santa Luiza número 90 e posteriormente vendendo parte dele e alugando o restante para a firma Max Indústria e Comércio LTDA., localizada na Rua Barão de São Félix, 77. Fiz faculdade de administração de empresas, passando de dono de gráfica a executivo em diversas multinacionais do ramo de laboratórios, de cosméticos e posteriormente atuando como consultor de empresas. Todavia, as artes gráficas sempre estiveram presentes em momentos profissionais e muitas portas foram abertas para mim por conta de minha experiência e das oportunidades que soube valorizar lá no início, ainda bem jovem. Então eu não me esqueço do “start” que o Nilson deu. Os momentos de luta, trabalhando desde bem jovem, dariam um livro extenso. Atualmente me reservo ao direito de ser apenas o admirador da minha neta e realizar somente serviços filantrópicos, agradecendo a Deus sempre pela saúde, pelas conquistas e pelos já bem vividos 82 anos. Jeremias Simões Alves Corrêa

Lembramos aos nossos leitores que as publicações da Editora PERIPÉCIAS podem ser solicitadas grátis, em formato eletrônico, através do e-mail: peripécias2017@gmail.com 113 Páginas Uma comédia em 83 capítulos que relata a vida de um português naturalizado brasileiro, um “gozador” que soube encarar os desafios com fé, muita graça, irreverência, uma pitada de inconsequência e muito amor pela família. Este álbum é o registro fotográfico comentado, ano a ano, da vida de Antônio Alves Corrêa Netto, que nasceu Antônio Alves Martins e passou a ser o “Antoninho”.

Almanaque nº 1
Peripécias 12