Views
1 week ago

Revista Desporto&Sports ed 13 (versão gratuita)

#Champions, Portugal,

#Champions, Portugal, Futuro e SuperLiga O futuro do futebol será uma Europa Unida? Manuel QUEIROZ Jornalista desde 1981, pertenceu às direções editoriais do i, do Correio da Manhã, do Record e do Grande Porto.

#Opinião No princípio eram os campeonatos regionais, depois alargouse e passou-se ao campeonato nacional, nos anos 50 jornalistas franceses inventaram as competições europeias. Há dois anos houve grandes discussões entre os clubes mais importantes da Europa para prepararem o ciclo das competições europeias que agora vai começar (2018-21) e discutiu-se muito numa ótica de proteção dos interesses dos principais clubes. A fórmula de cálculo do ranking de clubes mudou, pensou-se em fazer jogos até aos fins-de-semana, acabou-se nesta ideia de que as quatro principais ligas têm direito a quatro clubes que entram diretamente na fase de grupos da Champions. Quatro clubes de Inglaterra, “Já se ouviram propostas de Portugal se juntar à Escócia, e à Bélgica e fazerem um campeonato único, porque teria outras receitas.” Espanha, Itália e Alemanha (as quatro ligas mais importantes neste momento) já não são uma espécie de liga europeia? E pode haver mais um ou dois, conforme os vencedores da Liga dos Campeões e da Liga Europa. É pelo menos um embrião de qualquer outra coisa se os números continuarem a subir do ponto de vista de receita comercial. As receitas brutas da Uefa Champions League, a Europa League e da Supertaça Europeia na corrente época de 2017-18 é de 2,35 mil milhões de euros, segundo os dados oficiais da confederação europeia. O montante total disponível para ser distribuído pelos clubes participantes é de €1,718 mil milhões, dos quais €1,318.9 mil milhões serão para os clubes participantes na UEFA Champions League e na SuperTaça Europeia, sendo 399,8 milhões destinados aos clubes da UEFA Europa League. A Premier League, só em direitos televisivos, no triénio 2016-19 vão receber mais ou menos isso por ano (cerca de 2,35 mil milhões/ano), mas o contrato seguinte não mantém a taxa de crescimento que vinha tendo (vai mesmo baixar um pouco). Em Portugal temos que na próxima época, em que entram em pleno vigor os novos contratos, andará talvez pelos 200 milhões. A liga turca anda pelos 400 milhões, Alemanha, Itália e Espanha pelos mil milhões. Na lista de 20 cubes com maior receita de TV, 14 são ingleses.

Desporto&Esport - ed 11
Desporto&Esport - ed.7 versão plus
Desporto&Esport - ed 11
Desporto&Esport - ed 9
Desporto&Esport - ed. 4 Plus
Desporto&Esport - ed. 5 - Plus
Desporto&Esport - edição1 2014
Revista LiteraLivre 4ª edição (versão 1)
SUB-20 PORTUGAL, 2 CABO VERDE, 0. - Post Milenio
Portugal FC vs Brampton Lions - Post Milenio
Desporto&Esport ed. 2 plus
Desporto&Esport - ed 10
cláudia nandi formentin - Unisul
versão para imprimir (arquivo em pdf) - Revista Espaço Acadêmico