Views
1 week ago

MATERIAL DIDÁTICO - OFICINA

Professor, aproveitar

Professor, aproveitar este debate para demonstrar que o tipo textual narrativa e relatar possuem características próprias assim como o conto e as questões trazidas pelos alunos também as possui. 3) Outra característica dos textos narrativos é a presença de fala das personagens. Essas falas podem se dar através de discurso direto (o narrador, interrompendo a narrativa, para dar espaço à personagem) e discurso indireto (não há diálogo, as personagens não falam diretamente, mas o narrador transmite ao leitor o que disseram ou pensaram). Analisando dessa forma, associe a primeira coluna com a segunda. ( 1 ) "- Minha mulher, o que será de nós? Acabaremos todos por morrer de necessidade. E as crianças serão as primeiras." (1) Discurso Direto (2) Discurso Indireto ( 2 ) "João ouviu a madrasta novamente convencendo o pai a abandoná-los, mas desta vez não conseguiu sair do quarto para apanhar as pedrinhas, pois sua madrasta havia trancado a porta. " ( 2 ) "Chegando a uma clareira, a madrasta ordenou que esperassem até que ela colhesse algumas frutas, por ali." ( 1 ) "- Entre e veja se o forno está bem quente para que eu possa colocar o pão." ( 1 ) "- Dê mais comida para ele!" 4) Os textos 1 e 2 tratam do mesmo assunto. Diante disso, podemos dizer que são escritos da mesma maneira levando em conta os aspectos formais e estruturais do texto? Não. O texto 1 é uma narrativa e possui narrador, personagens, lugar, tempo, climax. Já o texto 2 é uma argumentação sobre a origem do conto e não apresenta os elementos do 1, mas sim novos como contexto histórico, por exemplo. 5) Vamos agora analisar aspectos mais peculiares do gênero conto tendo o texto 1, João e Maria, como base. Assinale com V para as citações verdadeiras e F para as falsas. Justifique suas escolhas. a) Os contos são textos mais curtos que o romance e a novela, ou seja, correspondem a uma narrativa concisa. O texto lido, João e Maria, obedece a esse critério. ( ) VERDADEIRO. João e Maria é um texto curto e possui os elementos (tempo, espaço, personagens) reduzidos. Professor, faça um esboço no quadro dos elementos da narrativa: TEMPO, ESPAÇO, PERSONAGENS. b) No modelo tradicional do conto a divisão da narrativa é composta de: apresentação, complicação, clímax e desfecho. João e Maria não apresentam o clímax, por isso não pode ser enquadrado nessa definição de CONTO. ( ) FALSO. O clímax do conto está justamente quando os irmãos são capturados pela bruxa e ela tenta assá-los para o jantar. c) O que distingue um conto fantástico dos outros é justamente a presença da magia, a qual ultrapassa, notoriamente, os limites humanos e a lógica. No texto 1 não há presença de magia e ele obedece o limite real, da lógica. ( ) FALSO. Há presença de magia pela presença da BRUXA, por exemplo. d) Um fator que aproxima o conto fantástico dos leitores é o de que o protagonista da história possui características humanas e também limites físicos e emocionais, porém, consegue enfrentar o problema e resolvê-lo com a ajuda do sobrenatural. Em João e Maria são essas personagens que aproximam-se dos leitores. ( ) VERDADEIRO. Os irmãos são comuns e de mesmo vivência dos leitores e por esta razão são considerados humanos. 9

6) Pense agora em outros contos fantásticos mundialmente conhecidos. Eles obedecem a esses critérios vistos a cima? Seria possível fazer alterações em sua estrutura (como por exemplo, retirar o fator mágico) sem causar problemas à história original? Sim. Todos os contos, CINDERELA, BRANCA DE NEVE, A BELA E A FERA, apresentam as características listadas acima (tempo, espaço, personagens reduzidos). Não seria possível fazer alterações, pois se o fator mágico for retirado o conto perde sua estrutura básica. DESCOBRINDO NOVOS CAMINHOS Professor, nesse ponto você irá introduzir um novo gênero textual ao seu trabalho: a tirinha. Você deve abordar todos os aspectos do gênero e, para isso, se basear nas seguintes tirinhas. Note, que todas elas fazem menção à temática do texto anterior. Portanto, você deve trabalhar com essa intertextualidade e entre as diferenças de conto e tirinha. Leia os textos 2 e 3: Como proposta para esse debate, sugerem-se as seguintes perguntas (oralmente): 1) Observando a tirinha, de qual outra história você se lembrou? 2) Quais elementos (ex: cenário, linguagem, ação etc.) da tirinha levaram-no a essa conclusão? 3) O que acontece primeiro nessa tirinha? E o que acontece depois? 4) Esses acontecimentos interferem na ordem da tirinha? Por quê? 5) Podemos dizer que há uma ordem sequencial que deve ser mantida para haver interpretação das tirinhas? Analisando os textos: 1) Podemos dizer que os textos 2 e 3 se relacionam com o texto João e Maria? Por quê? Sim. O texto 2 e 3 apresentam diversos elementos que remetem a história dos irmãos João e Maria: No primeiro temos o cenário da floresta, a frase dos primeiros quadrinhos sobre se perder, no segundo quadrinho a demarcação do caminho pela floresta e no texto 3 o nome das personagens. 10

3011_Trapezio fixo- material didatico completo.pdf
Equipamentos e materiais didáticos - Portal do Professor - Ministério ...
Equipamentos e materiais didáticos - Rede e-Tec Brasil - Ministério ...
APRESENTAÇÃO OFICINA
Didática no Ensino Superior* - SINPRO-DF
Técnico em Multimeios Didáticos - Teorias da Comunicação
MATERIAL LEGISLAÇÃO
OFICINA PARA FORMATAÇÃO DE PROJETOS
OFICINAS EN LATINOAMÉRICA
Oficina: A Interdisciplinaridade no Ensino de Ciências e - Unigranrio