Views
1 week ago

Revista Nossos Passos Abril

revista nossos passos edição abril

18 ABRIL / 18 SAÚDE

18 ABRIL / 18 SAÚDE BURSITE DO QUADRIL OU BURSITE TROCANTERIANA Bursite significa inflamação da bursa. E a bursa nada mais é do que uma “bolsa” cheia de líquido, no caso a sinóvia, que tem por objetivo reduzir o atrito entre duas superfícies em movimento, no caso, reduzindo o atrito entre o tendão da fáscia lata e o grande trocanter femoral. Existem diversas bursas pelo nosso corpo como a do ombro, cotovelo, dentre outras. BURSITE01 O quadro clínico caracteriza-se por dor na região lateral do quadril sem irradiação, sendo comumente pior nas horas de sono, ao se deitar de lado sobre esta região, ou ao se cruzar a perna, subir e descer escadas. Acomete em sua maioria mulheres de meia idade e pacientes idosos. BURSITE03 O tratamento deve ser iniciado com medidas conservadoras como gelo, anti-inflamatórios, evitar atividades que piorem as dores, fisioterapia (reforço e alongamento muscular) e em casos refratários tem-se a aplicação local de corticoide. Em casos refratários podese ter a indicação de infiltração local com corticóide e do PRP (Plasma Rico em Plaquetas), este ainda em caráter experimental – estando inclusive em avaliação pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), visando acelerar a recuperação de tendões e da bursa, além da artroscopia do quadril, sendo este um procedimento cirúrgico que visa a remoção da bursa, reparo de tendões do glúteo médio e mínimo e liberação da banda iliotibial. BURSITE02 O exame clínico apresenta dor na região do grande trocanter com o paciente deitado de lado. Contudo, não deve ser esquecida de ser pesquisado atrito ilíotibial, insuficiência dos glúteos médio e mínimo , coxa vara, dismetria de membros e doenças degenerativas da coluna lombo-sacra. Exames de imagem complementares podem ser necessários como radiografias, ultrassonografia e ressonância magnética. >>Ígor Clare Pochmann da Silva Ortopedia e Traumatologia / Cirurgia do Quadril CRM 52.81420-2

NOSSOS PASSOS 19 ADICIONE MAIS ESPORTES EM SUA ROTINA PARA EVITAR O SEDENTARISMO E CUIDAR DO CORAÇÃO. Atualmente as doenças cardiovasculares (DCV) são a principal causa de morte no mundo. No Brasil, estima-se que 30% dos óbitos são devidos às doenças cardiovasculares. Essas matam duas vezes mais que todos os tipos de câncer, 2,5 vezes mais que todos os acidentes e mortes por violência e seis vezes mais que as infecções. A obesidade, a hipertensão arterial, o diabetes, o aumento nas taxas de colesterol e o sedentarismo são fatores que contribuem

Revista Nossos Passos ed. Setembro
Abril - Adventist World
Abril de 2005 Liahona
Abril de 2008 A Liahona
Abril de 2013 A Liahona
Abril de 2013 A Liahona
Revista Dr Plinio 145
Revista Xirê - Abril de 2014
Revista Dr Plinio 37
Revista Dr Plinio 157
Abril de 2009 A Liahona
Revista Em Diabetes Edição 10
Revista Dr Plinio 181