Views
7 months ago

Anatomia_Topogrfica__MMSS_resumo

exercicios

Ana Karoline Bittencourt

Ana Karoline Bittencourt Alves MED 12.2 ANATOMIA DO MEMBRO SUPERIOR – Carla Gabrielli o Cápsula articular (desde a epífise distal do rádio e ulna até a fileira proximal dos ossos do carpo) o Ligamentos de reforço: • Ligamento colateral ulnar do carpo • Ligamento colateral radial do carpo • Ligamento rádio-cárpico dorsal • Ligamento rádio-cárpico palmar o Disco articular (amortece os impactos) • Músculos que movem a articulação do punho (músculos localizados no antebraço, que atravessam a articulação do punho, logo o braquiorradial não atua no punho, porque termina no processo estiloide do rádio): o FLEXÃO DO PUNHO: • Músculo flexor radial do carpo • Músculo flexor ulnar do carpo • Músculo palmar longo (exceção ao nome) • Flexor superficial dos dedos (se fixam na falange média do segundo ao quinto dedo) • Flexor longo do polegar • Flexor profundo dos dedos (os que atuam nos dedos, quando contraem muito, acabam alterando também a articulação do punho) o EXTENSÃO DO PUNHOS (todos com o nome extensor): • Músculo extensor radial longo do carpo • Músculo extensor radial curto do carpo • Músculo extensor dos dedos • Músculo extensor do dedo mínimo • Músculo extensor ulnar do carpo • Músculo extensor do indicador • Músculo extensor longo do polegar • Músculo extensor curto do polegar o Desvio radial (vem pelo lado radial e se contraem no lado radial, são aqueles com radial no seu nome como o flexor radial e os dois extensores radiais do carpo o Desvio ulnar (os músculos que tiverem o termo ulnar no seu nome (extensor ulnar do carpo) MÃO: • Parte distal e mais complexa do membro superior com múltiplas finalidades • Face palmar (volar): o Pregas: • Prega transversa palmar proximal • Prega transversa palmar distal • Prega tenar (prega em formato arqueado)(em casos de cirurgia da mão essas pregas pondem ser usados para incisão cirurgica, todas as 3) • Pregas digitais de flexão (presentes nos dedos) o 2 saliências relacionada ao polegar, formada por músculo que movem a: • Eminência tenar • Eminência hipotenar • Face dorsal (ou dorso da mão) • Dedos da mão (ou quirodáctilos): o o o o Polegar Indicador ou índice Médio Anular

Ana Karoline Bittencourt Alves MED 12.2 ANATOMIA DO MEMBRO SUPERIOR – Carla Gabrielli o Mínimo • Ossos: o Carpo (ossos curtos - comprimento largura e espessura com dimensões similares): • Escafóide • Semilunar • Piramidal • Pisiforme (fileira proximal esses 4 primeiros) • Trapézio • Trapezóide • Capitato • Hamato ou uncinado o Ossos do metacarpo (são ossos longos, cada um com duas epífises, a epífise proximal é chamada de base e a epífise distal é chamada de cabeça, além do corpo que constitui a diáfise): • Primeiro Metacarpal • Segundo metacarpal • Terceiro metacarpal • Quarto metacarpal • Quinto metacarpal o Falanges (ossos longos, que também possuem base, cabeça e corpo): • Proximal • Média • Distal o Sesamóides (associados à cabeça do I e/ou do V metacarpal) - contorno bastante regular, importante diferenciar de fraturas - se associam a tendões • Articulação da mão: o Intercárpicas: articulações planas, não axiais ou anaxiais o Carpo-metacárpicas: em geral, são sinoviais planas. Com exceção da articulação carpo-metacárpica do polegar ou entre o trapézio e o primeiro metacarpal que é sinovial selar e portanto biaxial o Metacarpo-falângicas: em geral, são sinoviais elipsóides (afasta os dedos do terceiro dedo é abdução quando aproxima é adução, realiza também o movimento de extensão e flexão). Com exceção da metacárpica-falangea do polegar que é sinovial ginglimo (monoaxial, só faz flexão e extensão) o Interfalângicas: só fazem extensão e flexão portanto são sinoviais do tipo ginglimo. o Ligamento metacarpal transverso profundo: vai da cabeça do segundo ao quinto metacarpal, não vai no primeiro pra dar maior mobilidade ao primeiro metacarpal e consequentemente ao polegar. O mais móvel em amplitude é o primeiro metacarpal, seguido do quinto, do quarto, do terceiro que é pouco móvel e o segundo que é praticamente imóvel quanto ao movimento de abdução e adução metacárpid-falângico. • Movimentos do polegar: o Extensão o Flexão: polegar quase se enrola sobre si mesmo o Abdução do polegar: afasta como se fosse uma letra L o Adução: retorno do polegar o Oposição ou oponência: polegar vai até a base dos outros dedos o Reposição: volta do movimento, trazer o dedo até a posição anatômica. Os movimentos de abdução, adução, oponência e reposição ocorrem na articulação entre o trapézio e o I metacarpal

Exercícios Exercícios Juros e Porcentagens Juros e Porcentagens
Exercicio - Universidade de Coimbra
Exercícios de Sistemas Numéricos
Biometria - Exercícios 2 - Probabilidade
Aula 02 - Exercícios - Prof. Allbert
Como prescrever o exercício no tratamento do Diabetes ... - Uniube
Formação e exercício profissional do Nutricionista no Programa ...
servidor efetivo estar em efetivo exercício – mesmo aqueles em ...
Biometria - Exercícios 2 - Probabilidade - Resolução
Regime de exercício da actividade industrial - Adegas
Síncope Relacionada ao Exercício: Qual a Importância ... - DERCAD
Instrumentos para a fiscalização do exercício profissional ... - CFESS
caderno de exercicios manual de direito adm.
Diretriz em CarDiologia Do esporte e Do exerCíCio Da soCieDaDe ...
Exercícios de concordância - Sagrado - Rede de Educação
EXERCÍCIOS COM SUAS RESPOSTAS - Editora Pollux
gru apresentação- encerramento do exercício - Ministério da Fazenda
Exercicios espirituaes, e meditações da via purgativa : sobre a ...
Máis exercicios - Xunta de Galicia
Biometria - Exercícios 5 - Teste t para dados emparelhados
Termologia - Teoria e Exercícios - Projeto Rumo ao ITA
Trigonometria - Teoria e Exercícios - Projeto Rumo ao ITA
2. Tipos de exercício e protocolos - Leonel Bernardino
Biometria - Exercícios 1g - Criação de gráficos
Regulamentação do Exercício Profissional no Sistema CONFEA ...
Exercícios de Concordância - Sagrado - Rede de Educação
Ritmos Biológicos e Exercício Físico - FEA