Views
3 months ago

Anatomia_Topogrfica__MMSS_resumo

exercicios

Ana Karoline Bittencourt

Ana Karoline Bittencourt Alves MED 12.2 ANATOMIA DO MEMBRO SUPERIOR – Carla Gabrielli • Túnel (canal do carpo): túnel osteofibroso, se encontra na mão e não no punho, já que o nome é do carpo. Suas paredes são formadas por osso ou tecido fibroso. As paredes laterais e posterior são formados pelos 8 ossos do carpo na posição anatômica que fazem uma concavidade anterior. O teto desse túnel, é formado por uma estrutura chamada de retináculo dos flexores (retináculo é uma faixa fibrosa de retenção - tecido conjuntivo fibroso denso rico em fibras colágenas). Esse retináculo se prende em 4 ossos (extremidades lateral e medial do carpo) o escafóide e o pisiforme e na fileira distal o trapézio e o hamato Conteúdo (9 tendões e o nervo mediano): • 4 tendões do flexor superficial dos dedos • 4 tendões do flexor profundo dos dedos • Flexor longo do polegar (vem da terceira camada do compartimento anterior do antebraço) (cada um desses tendões tem uma bolsa envolta em suas estruturas são bolsas sinovias chamadas de bainhas sinoviais dos tendões, graças a elas, esses tendões podem deslizar com facilidade sem provocar atritos) • Nervo mediano Qualquer situação que diminua o espaço interno desse túnel (tecido osteofibroso, as paredes não são flexíveis), vai levar à uma compressão do nervo mediano, essa compressão da origem a uma síndrome chamada síndrome do túnel do carpo, cujos sinais e sintomas devem ser avaliados distalmente ao ponto da lesão • Removendo a pele e a tela subcutânea da mão temos uma fáscia muscular profunda recobrindo toda a musculatura da palma da mão, e na região central da palma da mão, essa fáscia se torna mais espessa sendo chamada de aponeurose palmar, onde se insere o palmar longo (como se fosse um tendão espamado do palmar longo, quando ele contrai ele está puxando na verdade a aponeurose palmar, e auxilia na flexão do punho por consequência; • Músculos intrínsecos da mão: o Hipotenares: • Músculo palmar curto tem origem no retináculo dos flexores e se insere na derme da região hipotenar - auxilia na formação da concha com a mão • Músculo abdutor do quinto dedo - mais extrínseco, em geral os abdutores se localizam nas extremidades. • Músculo flexor do quinto dedo • Músculo oponente do quinto dedo - trás o quinto metacarpal em direção ao primeiro dedo, os movimentos de pinça exigem a atuação desses músculos oponentes. Esses 4 músculos compõem a eminência hipotenar da anatomia de superfície da mão, todos são inervados pelo nervo ulnar, portanto a percepção de uma atrofia nessa eminência hipotenar, é suspeita-se em lesão no nervo ulnar - que não passa pelo túnel do carpo) o Tenares: • Músculo abdutor curto do polegar • Músculo flexor curto do polegar • Músculo oponente do polegar (embaixo do flexor curto) Esses 3 músculos formam a saliência da eminência tenar, todos inervados pelo MEDIANO, então na síndrome do túnel do carpo pode ter atrofia da eminência tenar. o Músculo adutor do polegar: músculo profundo em forma de leque, não faz parte na eminência tenar, este é inervado pelo nervo ulnar o Centrais: • Músculos lumbricais ou lumbricóides, em forma de lombrigas (são os 4 do centro da mão, eles se originam dos tendões de outro músculo, o flexor profundo dos dedos). Se inserem nas expansões extensoras do segundo ao quinto dedo (se expande na

Ana Karoline Bittencourt Alves MED 12.2 ANATOMIA DO MEMBRO SUPERIOR – Carla Gabrielli distal, apesar de se inserir na proximal. Fazem a flexão da articulação metacárpicafalângea • Músculos interósseos palmares (3): vão aproximar (adução) • Músculos interósseos dorsais (4): tem um formato de pena, por isso são músculos peniformes ou antigamente unipenados, se originam nos metacarpais e vão se inserir nas falanges proximais e também nas expansões inserssoras. Fazem a abdução dos dedos Lumbricais e todos os interósseos fazem o movimento de flexão da articulação metacápica-falângea com extensão para as inter-falângicas. Os movimentos são realizados por todos os músculos - permitem "segurar cartas de baralho", por exemplo. • Nervos da mão: o o Motores: • Ulnar: inerva a maioria dos músculos intrínsecos da mão, como os 4 músculos da eminência HIPOTENAR - palmar curto, oponente do quinto dedo, flexor do dedo mínimo, abdutor do quinto dedo, todos os interósseos (os 3 palmares e 4 dorsai), o quarto e quinto lumbricais e o adutor do polegar. Teste para analisar lesão de nervo ulnar: trofismo da musculatura - sem eminência hipotenar, músculo adutor do polegar atrofiado no adutor, bem como a atrofia no pimeiro interósseo, não conseguir segurar a carta de baralho em posição tradicional, não ter força entre os dedos pra segurar folhas, são indicativos. • Mediano: inerva os músculos da eminência tenar (abdutor curto, flexor curto e oponente do polegar), e mais o I e o II lumbricais) Cutâneos: (traça uma linha na metade do quarto dedo, e outra linha marcando um pedaço do primeiro osso metacarpal.. foto) • Ramo superficial do nevo radial • Nervo ulnar (paciente com anestesia, hipoestesia ou formigamento no quinto metacarpal) • Nervo mediano Ramificações dos nervos mediano e ulnar na mão: digitais palmares comuns, independentemente de ser do mediano ou do ulnar próximo um pouco antes da raiz dos dedos eles dividem em digitais palmares próprios • Artérias da mão: o o o Depende fundamentalmente das artérias RADIAL e ULNAR A. Ulnar mais o ramo palmar superficial da artéria radial ambas se anastomosam para formar o arco palmar superficial, que dá origem a artérias digitais palmares comuns (que dividem na raiz dos dedos em artérias digitais palmares próprias). Nos dedos a inervação e a irrigação correm pelas margens laterais. Território de irrigação do arco palmar superficial: a região palmar superficial e dedos da mão (segundo ao quinto dedo). A ulnar é a principal artéria responsável por essa irrigação, em algumas variantes anatômicas a artéria radial não dá origem ao ramo palmar superficial, nesse caso a ulnar dá origem sozinha ao arco palmar superficial. A artéria ulnar passa por fora do túnel do carpo. Em resumo: a artéria ulnar através do arco palmar superficial faz a irigação do segundo ao quinto dedo e região palmar superficial. A. radial: passa no fundo da tabaqueira anatômica e no dorso da mão se dirige ao primeiro espaço intersósseo, vai perfurar o músculo adutor do polegar e vai chegar à região palmar profunda. Ramos da radial e da ulnar se anastomosam e formam a rede carpal dorsal , as artérias que correm nos espaços por cima dos interósseos metacarpais são as interósseas dorsais. Do arco palmar profundo se originam de 3 a 4 artérias metacarpais palmares e a artéria principal do polegar.. a área de irrigação desse arco é a região palmar profunda (ossos, articulações, músculos mais

Máis exercicios - Xunta de Galicia
Exercícios Exercícios Juros e Porcentagens Juros e Porcentagens
Ritmos Biológicos e Exercício Físico - FEA
EXERCÍCIOS COM SUAS RESPOSTAS - Editora Pollux
Regulamentação do Exercício Profissional no Sistema CONFEA ...
Biometria - Exercícios 1g - Criação de gráficos
Exercícios de Concordância - Sagrado - Rede de Educação
Síncope Relacionada ao Exercício: Qual a Importância ... - DERCAD
Diretriz em CarDiologia Do esporte e Do exerCíCio Da soCieDaDe ...
Instrumentos para a fiscalização do exercício profissional ... - CFESS
caderno de exercicios manual de direito adm.
Exercícios de concordância - Sagrado - Rede de Educação
Exercícios de Sistemas Numéricos
Exercicio - Universidade de Coimbra
Biometria - Exercícios 2 - Probabilidade
servidor efetivo estar em efetivo exercício – mesmo aqueles em ...
Aula 02 - Exercícios - Prof. Allbert
Formação e exercício profissional do Nutricionista no Programa ...
Como prescrever o exercício no tratamento do Diabetes ... - Uniube
Regime de exercício da actividade industrial - Adegas
Biometria - Exercícios 2 - Probabilidade - Resolução
Biometria - Exercícios 5 - Teste t para dados emparelhados
Trigonometria - Teoria e Exercícios - Projeto Rumo ao ITA
Termologia - Teoria e Exercícios - Projeto Rumo ao ITA
2. Tipos de exercício e protocolos - Leonel Bernardino
gru apresentação- encerramento do exercício - Ministério da Fazenda