Revista VOi 151

jota.2016

Nas alturas

Adrenalina à

flor da pele

no estadual

de parapente

#viagem

Finlândia

Um roteiro nada

convencional pelo

país gelado

Test Drive

Maverick: uma

reconstrução

do ponto zero

Mulheres D+

curitibanas

personalidades

da capital que

fazem a diferença

Fran

Freduzeski

Minha vida sentimental é uma loucura, uma

montanha-russa. Estou solteira, mas não estou sozinha


sumário

Moda

Frio à vista

30

Entrevista

Fran

Freduzeski

06 Editorial

Mais amor, por favor

08 Cartas

10 Bastidores

12 Notas

16 Moda

Frio à vista

36 Mulheres D+

Sexo nada frágil

44 Transformação

Red carpet

48 Jurídico

Somente para elas

50 Coluna

Provopar

52 Coluna

Joias eu uso

por Tufy Karam Geara

46

Vitrine

54 Coluna

Eventos by Mônica Gulin

56 Caderno Gastronômico

58 Click

64 Test Drive

Feito a mão

68 Esporte

Voo livre

72 Viagem

Finlândia para poucos

78 Cultura

80 Blogueando

Truques de moda

04

abril 2018

revistavoi.com.br

82 Histórias

O inverno é logo ali


oooe beberam

felizes

para

sempre!

Conhecida na Europa e Eua com suas variações doce, suave ou

seca a sidra é produzida através da fermentação do suco da

maçã e tem conquistado a preferência do público.

Carregada de rebeldia, ousadia e atitude,

Banida do Pomar é uma sidra suave produzida artesanalmente

e cria uma nova tendência de aroma e sabor.

@banidadopomar

banidadopomar

Produto destinado a maiores de 18 anos - BEBA COM MODERAÇÃO

teor alc 4.2%


CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

A loja toda em até 10x sem juros, com parcela mínima de R$ 99,90

PARKSHOPPING BARIGUI | SHOPPING PALLADIUM PONTA GROSSA | RUA ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

editorial

Mais amor,

por favor

www.revistavoi.com.br abril 2018

Nas alturas

Adrenalina à

flor da pele

no estadual

de parapente

#viagem

Finlândia

Um roteiro nada

convencional pelo

país gelado

Fran

Test Drive

Maverick: uma

reconstrução

do ponto zero

Mulheres D+

curitibanas

personalidades

da capital que

fazem a diferença

Freduzeski

Minha vida sentimental é uma loucura, uma

montanha-russa. Estou solteira, mas não estou sozinha

A atriz Fran Freduzeski estampa a capa

da VOi. Ela foi clicada por Rene Ernst,

com beleza de Studio Robson Souza e

produção de Katia Oliveira

E

mpatia. Essa palavra deveria ser ensinada com mais afinco nas

escolas e dentro de casa. Parece que muita gente hoje em dia não

sabe o significado dela. E não são apenas as crianças e jovens,

muito adultos desconhecem ou fingem não entender o que essa

palavra quer dizer. Mas vamos lá, não é tão difícil assim. Ser empático

é se colocar no lugar de outra pessoa, conseguir compreender o que ela

esta sentindo quando passa por determinada situação. Por exemplo, quando

alguém que conhecemos perde uma pessoa

querida, entendemos o sofrimento e temos a

capacidade de ajudar e consolar. Mas não são

apenas em situações extremas que podemos

Há uma série de ações

simples do dia a dia

nas quais podemos

fazer nossa parte para

tentar fazer do mundo

um lugar melhor

ser empáticos, ou altruístas, ou solidários. Há

uma série de ações simples do dia a dia

nas quais podemos fazer nossa parte para

tentar fazer do mundo um lugar melhor

e, mais que isso, dar um bom exemplo

para que as novas gerações sigam. Pode

ser em casa, no trânsito, no colégio, no

supermercado, na fila do banco, em uma

festa. Não importa o lugar, precisamos

de mais empatia! Menos ódio e mais

amor. Este com certeza foi o sentimento na produção desta edição da

VOi, preparada com muito carinho para você leitor. Trazemos o caderno

Mulher D+ Curitibana, com algumas personalidades de nossa sociedade

que se destacam pela força e determinação. Nossa capa também é uma

mulher de atitude, a linda Fran Freduzeski, que veio a Curitiba para produzir

o editorial que você confere nesta edição. No roteiro, temos uma

viagem nada convencional: a gelada Finlândia no inverno, vai encarar?

Mas se você é mais do calor, a sugestão é o Cana Brava Resort, na paradisíaca

Ilhéus (BA). Tem ainda moda, eventos, esporte, carros, beleza e tudo

que você aguarda a cada edição da VOi.

Excelente leitura!

Larissa Angeli

Jornalista da Revista VOi

06

abril 2018

revistavoi.com.br


estética avançada | estética facial | estética corporal

terapias | spa | biomedicina | dermatologia e muito mais


CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

A loja toda em até 10x sem juros, com parcela mínima de R$ 99,90

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

BH SHOPPING | SHOPPING CONTAGEM | DIAMOND MALL | SHOPPING BOULEVARD | BH OUTLET | MINAS SHOPPING | SHOPPING DEL REY

PARK SHOPPING BARIGUI | SHOPPING MUELLER | PÁTIO BATEL | OUTLET - ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745 - CURITIBA - PR | SHOPPING PALLADIUM - PONTA GROSSA - PR

560 LOJAS - 19 PAÍSES

cartas

Edição de

Março 2018

Carmen Steffens

Diogo Portugal

www.revistavoi.com.br março 2018

Esgrima

Esporte

trabalha a

mente e o

físico

#viagem

Santiago

Os contrastes

da cidade mais

cosmopolita da

América do Sul

Diogo

Portugal

Quero ser o cinquentão da comédia

Gastronomia

Da bebida à sobremesa,

um menu completo de

sugestões

Moda

autoral

Quem são os

estilistas

curitibanos

Nada mais louco do que

tomar o café da manhã

enquanto lê o texto que

você escreveu pra Revista

VOi. Alguém me belisca?

Stephanie Andrade,

Curitiba (PR)

Valeu Revista VOi adorei a capa e

matéria sobre os 15 anos do Risorama

Diogo Portugal, São Paulo (SP)

Feliz com a matéria na Revista VOi.

Muito obrigada!

Bethânia Gilsoul, Curitiba (PR)

Adorei a matéria sobre o nosso trabalho

de estilista. Parabéns Revista VOi. Gratidão!

Juliano Fonseca, Curitiba (PR)

Parabéns a Revista VOi pelo conteúdo

e fotos lindas. Adoro tudo relacionado à

moda que sai na Revista e os editoriais

estão cada dia mais maravilhosos.

Juliana Moraes, Curitiba (PR)

# Alô mãe! Tô na VOi!!!

Gratidão à toda equipe

da Revista VOi pelo carinho e

atenção de sempre!

Tiago Lopes, Curitiba (PR)

follow us:

No Instagram e no Facebook da VOi você confere a cobertura dos

principais eventos e fica por dentro do que estará na próxima edição

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Instagran - @revistavoi

08

abril 2018

revistavoi.com.br


PROTEÇÃO para

todos os AMBIENTES

com CHARME e

ELEGÂNCIA

Conheça nossos produtos em

www.slimpersianas.com.br

e encontre uma revenda mais próxima.

Protege e decora

Rua Cezinando Dias Paredes, 342

Boqueirão - Curitiba/PR

Fone: (41) 3085.1700

vendas@slimpersianas.com.br


expediente

bastidores

Ano XV • Edição n.º 151 • Abril 2018

Year XV • Edition n.º 151 • April 2018

Foto: Revista VOi

A Revista VOi é uma publicação da JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

INTERNACIONAL

O editor da VOi, Rafael Macedo, desembarcou em terras

finlandesas e aproveitou para fazer um roteiro deste país nada

convencional. A temperatura por lá chegou a inacreditáveis -27ºC

(Graus Celsius)

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Larissa Angeli

jornalismo@revistavoi.com.br

Foto: divulgacão

PARAPENTE

O fotógrafo da VOi, Marcos Mancinni, participou da primeira etapa

do Campeonato Paranaense de Parapente, que aconteceu no Morro

da Palha, em Campo Magro (PR)

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Marcos Mancinni e Rosangela Bini

Depto. Comercial/Sales Department:

Cezar Eduardo Oliveira

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Mônica Gulin

Tufy Geara

Depto. de Assinaturas/Subscription:

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Foto: divulgação

ANIVERSÁRIO

O Thermas Piratuba Park Hotel comemorou 20 anos. A festa contou

com a presença de Luiz Henrique Schultz, que chegou a semifinal

do The Voice Kids. Na foto, ele aparece com o proprietário do hotel

Wilson Macedo e a esposa Léia

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a

turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos

emitidos em artigos e colunas assinadas, por serem de responsabilidade de seus autores. A

utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi

também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains

and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained

in the articles and columns signed by others. These are the exclusive responsibility of their

authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as

the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part of

any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands

that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

10

abril 2018

revistavoi.com.br


NOTAS

Almoço

de respeito

Final de semana merece um almoço mais elaborado,

e uma boa pedida é a Klein Brewhouse, steakhouse da

Cervejaria Klein, em Campo Largo (PR). Aos sábados e

domingos o cardápio ganha reforço com a alcatra inteira

na chapa que serve tranquilamente duas pessoas. Ela vem

grelhada no ponto que o cliente escolher acompanhada

de maionese, arroz ou macarrão, farofa, fritas, legumes e

molho da casa. Para harmonizar, são 24 torneiras de chopes

de diferentes estilos.

Foto: divulgação

Foto: Patrícia Klemtz – F22 Studio

Na foto: Rafaelle Ruhle, Fabbi Cunha,

Rafa Ronconi e Dani Melo

Foto: Murilo Ruocco

Novo

showroom

O lançamento do showroom da Dzarm em Curitiba reuniu

um time de blogueiras que serão as embaixadoras da

marca na capital: Dani Melo, Rafaelle Ruhle, Rafa Ronconi

e Fabbi Cunha. Curitiba foi escolhida para receber o

primeiro showroom fixo do Brasil. O espaço é estruturado

para ter uma coleção da marca em exposição permanente.

No lançamento, os convidados puderam conferir

em primeira mão a coleção Primavera 2018.

Livro

de cabeceira

O coach e personal trainer curitibano Tiago Lopes lançou

o livro Nichos de Mercado do Coaching, no qual

é coautor. São 30 coautores de diferentes áreas, mas

todos com o mesmo foco: o desenvolvimento humano.

Os temas são abordados com linguagem fácil e no capítulo

escrito por Tiago está o tema Coaching de Emagrecimento:

Da Heteronomia à Autonomia do Emagrecimento.

“Se você busca uma leitura agradável, dinâmica,

que traga conteúdo, novas possibilidades para sua vida

e que agregue valor, sugiro este livro”, enaltece o profissional.

O lançamento em Curitiba aconteceu dia 4 de

abril na Livraria da Vila, do Pátio Batel.

12

abril 2018

revistavoi.com.br


Valet

park

Não ter onde estacionar o carro pode se transformar

em uma grande dor de cabeça para quem dirige em

Curitiba. Para resolver este problema, a Akros oferece

o serviço de valet park em estabelecimentos e

eventos. Entre os diferenciais estão: equipe treinada e

uniformizada, local seguro para guardar os veículos e

solução de possíveis problemas em até 24 horas.

Foto: divulgação

Aniversário

CS

Em março a CS Lover Isaurinha Kadowaki

reuniu as amigas e familiares para celebrar

seu aniversário em grande estilo na

Carmen Steffens Outlet. A tarde foi recheada

de bate-papo, encontros e, é claro,

bolo e espumantes que não podem faltar

em uma boa festa.

Roselia Gonçalves, a anfitriã Isaurinha, Flavia Kadowaki Binelo,

Maria Rita Freitas e Ana Claudia Marques

Fotos: Rosangela Bini

Isaurinha curte a festa na Carmen Steffens

Isaurinha com a equipe CS Outlet

abril 2018 13


NOTAS

Aberto

de golf

Após três dias de competições, chegou ao fim a primeira

etapa do 70º Aberto de Golf Cidade de Curitiba

realizado no Graciosa Country Club. Sagraram-se campeões

o coreano Jimbo Há, na categoria masculina,

e a carioca Beatriz Junqueira no feminino. Os vices

nas mesmas categorias foram o paranaense João Paulo

Albuquerque e Roberta Comodo. A segunda etapa do

campeonato acontece nos dias 7 e 8 de abril.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Tudo para

casamentos

Já está tudo pronto para a edição 2018 da Feira Noivas

Curitibanas, que acontece de 13 a 15 de abril no Expo

Renault Barigui. O evento é parada obrigatória para

quem já está com o casamento marcado ou pensando

em se casar. Serão cerca de 100 expositores – de 40

segmentos diferentes – palestras, desfiles, apresentações

de dança e degustações.

Alta

Democracia

Os atos em favor da prisão do

ex-presidente Lula levaram 7 mil

pessoas, de acordo com a organização

do protesto, às ruas de

Curitiba. Eles se reuniram em frente

ao prédio da Justiça Federal, no

bairro Ahú, munidos de bandeiras

e apitos. Na Boca Maldita também

houve protesto contra a corrupção

que uniu cerca de 5 mil pessoas.

Baixa

Buracos

As fortes chuvas que caíram no

mês de março não causaram apenas

os alagamentos, mas também

geraram muitos buracos pelas ruas

da cidade, principalmente nas vias

secundárias dentro dos bairros. Os

curitibanos esperam uma resposta

mais rápida das autoridades responsáveis

para evitar prejuízos com os

veículos e até mesmo acidentes.

14

abril 2018

revistavoi.com.br


Rua Fernando Simas , 221 - Bigorrilho - Curitiba

Estacionamento conveniado no local

www.batelsoho.com

(041) 3014. 0947

(041) 99216.7646


moda

16

abril 2018

revistavoi.com.br


Frio

à vista

Para aquecer neste outono, toda

sensualidade e beleza da musa

Fran Freduzeski

Ficha técnica

Foto: Rene Ernst

@rene_ernst - ernsphotography.com.br

Assistente de fotografia: Gabriel Lunardi

Beleza: Studio Robson Souza

@robsouzaoficial

Cabelo: Wellington Nogueira

@wellnogueiraoficial

Maquiagem: Franciely Alves

@francielyalvesoficial

Produção: Katia Oliveira

@katiapersonalstylist

Assistente de produção: Isabella Amais

Locação: Vila Yamon

@vilayamon - vilayamon.com.br

Agradecimentos:

Felini - @felinibrand

Antonie77a - @_antonie77a

abril 2018 17


moda

Vestido: Felini

18

abril 2018

revistavoi.com.br


Cropped e calça: Felini

abril 2018 19


moda

20

abril 2018

revistavoi.com.br


Blusa, top e calça: Felini

abril 2018 21


moda

Blusa, top e calça: Felini

22

abril 2018

revistavoi.com.br


Vestido: Felini

abril 2018 23


moda

24

abril 2018

revistavoi.com.br


Body: Felini

Calça: Antonie77a

abril 2018 25


moda

26

abril 2018

revistavoi.com.br


Blusa: Felini

Calça: Antonie77a

abril 2018 27


moda

Vestido: Antonie77a

28

abril 2018

revistavoi.com.br


abril 2018 29


entrevista

Fran

Freduzeski

De Hollywood para

o Brasil, a atriz

mostra que quer

voltar com tudo

para a dramaturgia

nacional

Por Larissa Angeli

Fotografia: Rene Ernst

30

abril 2018

revistavoi.com.br


abril 2018 31


entrevista

Para começar, quais projetos para este ano?

Estou voltando devagar para o ar com a participação

na novela Orgulho e Paixão. Faço uma enfermeira, são

poucos capítulos, mas é um começo. Morei fora três

anos, tem um ano e meio que voltei, e tudo mudou.

Produtores, atores, necessidades. Demorei um pouco

a entender isso. Estava com uma peça em cartaz, mas

a TV agora é meu foco. Fiz cinema nos EUA (Estados

Unidos da América) que era o que queria.

Você foi para os EUA estudar cinema?

No início era só para aprender inglês, um curso de três

semanas. Antes de ir achava que falava muito, e quando

cheguei descobri que na verdade não falava nada.

Resolvi ficar mais seis meses. Fui ficando e quando vi

tinham passado três anos. Meu filho também se mudou

comigo. Fiz o curso para aperfeiçoar o inglês e aproveitei

para estudar cinema. Fiquei muito encantada com a

indústria de Hollywood.

Por que decidiu voltar?

Estava me sentindo sozinha. No Brasil eu e meu filho

sempre tivemos muitos amigos, e lá via ele sozinho,

sempre no computador. Chegou uma hora que percebi

que éramos muito só nós dois. As crianças lá não têm

esse relacionamento de ir à casa dos amigos.

Morou fora e retornou, quais são as principais diferenças

no estilo de vida?

Adoro o brasileiro e descobri isso lá. A gente tem uma

descontração própria, vai para o barzinho, senta toma

uma caipirinha, fica até o garçom te expulsar. Lá não

tem isso. O americano é frio. Uma coisa que não tem

comparação é a segurança, lá é muito melhor, isso é

fato. Mas escuto das pessoas muitas comparações do

tipo: “ah se fosse nos EUA, não estaria nessa fila, o imposto

seria menor, o policial seria mais educado;” e não

é bem assim. Tem todos os mesmos problemas. A segurança

é o único ponto que não tenho o que reclamar.

Aproveitando que tocou no assunto segurança. Hoje

mora no Rio de Janeiro (RJ), qual seu sentimento em

relação ao que a cidade se transformou?

Destruíram a cidade maravilhosa. O Rio precisa urgentemente

nascer de novo. É muita corrupção. Infelizmente,

eu como cidadã, sou obrigada a conviver com

miliciano, traficante. E isso é normal para os moradores,

mas não deveria ser. Perderam-se os valores. Teria que

reconstituir a polícia. É triste porque sou refém dentro

da minha cidade. Uso carro blindado, evito sair sozinha

e voltar muito tarde.

Destruíram

a cidade

maravilhosa.

O Rio precisa

urgentemente

nascer de novo. É

muita corrupção

Qual sua relação com seu filho?

Meu filho é a melhor pessoa do mundo. Às vezes penso

que não mereço ele, porque tenho um gênio explosivo.

Ele é muito calmo, mantém o meu centro. Ele também

é muito dedicado, estudioso. Ele joga futebol, já está

fazendo testes para times profissionais.

Apoia ele ser jogador?

Apoio, porque o futebol é a vida dele. Vou aos treinos e

aos jogos. Quando não posso ir sempre mando minhas

amigas me representando. E ele não tem relação com

o pai, então acaba que sou mãe e pai.

Este mês tem Festival de Curitiba, que é o maior do

Brasil no gênero. Você já participou dele há um tempo,

o que acha de se apresentar para o público curitibano?

Curitiba é uma cidade muito culta. A gente sempre fala

que se der certo aqui dará certo em qualquer lugar,

porque é um público muito exigente.

Você é do Paraná. Quando decidiu que queria ir embora

para ser atriz?

Sou de Laranjeiras do Sul, é do lado de Cascavel. Meu

avô mora lá ainda. Comecei com 12 anos em Curitiba,

fiz balé no Teatro Guaíra. Com 19 anos fui embora do

Paraná. Já tinha feito muito comercial aqui. Me mudei

para o Rio de Janeiro. Cheguei na Globo, falei que queria

deixar meu material, sem agendamento nem nada.

A pessoa da recepção olhou para mim e disse que eu

precisaria estudar um texto e gravá-lo. Ela foi muito

querida porque me deu o texto, marcou a entrevista

comigo, e fiz isso. Não deu nem 10 dias e já estava na

Turma do Didi, com o Renato Aragão.

32

abril 2018

revistavoi.com.br


Por falar nisso, depois deu vida a Dona Gegê, um personagem

cômico do Zorra Total. Gosta desse gênero?

A última peça que fiz é uma comédia. É diferente,

porque não sou uma pessoa engraçada normalmente,

sou mais fechada, séria. Mas me chamam o tempo todo

para comédia. Ela é difícil porque se perder o momento

certo fica muito exagerado. A comédia brinca muito

com o público, que é exigente. Tem piada que funciona

para uma pessoa, mas não funciona para outra. Aí não

adianta insistir.

Qual papel mais te marcou? E qual gostaria de fazer?

Meu primeiro papel foi na novela das 21h (horas), que

foi em O Clone. Tanto pela Glória Perez ter me dado

a oportunidade, quanto pela importância da novela.

Tenho um carinho especial pela Beta. Sobre o futuro,

queria fazer uma mulher muito ruim, feia, que fosse

preciso me transformar muito. Não ter que me preocupar

com a beleza, sabe?

A TV você corta, pode

melhorar, regravar

e o próprio diretor

está lá te orientando.

No teatro não! É a

improvisação

abril 2018 33


entrevista

Tem muitas peças no seu currículo. Qual a sensação

de subir no palco ao vivo? Dá frio na barriga ainda?

Dá muito frio na barriga. Porque todo dia é um púbico

diferente. Você não sabe se a casa vai encher. Às vezes

não enche, mas a plateia é boa e às vezes lota, mas não

rende. A diferença é que é ao vivo e a cores. Tem que

fazer, com dor de cabeça, cólica, mal humor, enfim.

É imediato. Você recebe a energia na hora. A TV você

corta, pode melhorar, regravar e o próprio diretor está

lá te orientando. No teatro não! É a improvisação.

Tem um site onde compartilha fotos de pés. Como

surgiu esse projeto?

Isso é uma loucura. Acho que eu atraio isso. Quem criou

foi um fã. Uma vez no aeroporto ele veio falar comigo

e me pediu para tirar uma foto dos meus pés, disse

que era apaixonado por eles. Achei tudo meio louco.

Mas depois ele foi me mostrando e desenvolvemos um

trabalho bem sério. Tem muita gente louca por pé, mas

eu não tenho esse lado erótico que eles têm. A gente

faz foto e vídeos em situações totalmente diferentes. É

um site e um perfil no Instagram. Vendo coisas também

devido a isso. Já vendi a raspa da minha sola. Quando

fui ao salão pedi para a manicure lixar e guardar a pele

em um saco. Vendi isso, acredita? Já vendi meia usada

da academia também. E não pode lavar, senão eles não

querem. (risos)

Tem alguma curiosidade sua para compartilhar com

os leitores da VOi?

Tenho mania com decoração, minha casa está sempre

em obra. Troco tudo, espelho, janela, porta. Adoro.

Minha mãe sempre brinca comigo, pergunta qual a

reforma da vez.

Como está o coração neste momento? Está solteira?

Minha vida sentimental é uma loucura, uma montanha-

-russa. Estou solteira e acho que vou ficar assim por um

bom tempo. Solteira, mas não estou sozinha.

Como lida com as críticas e notícias maldosas sobre

você?

Me chamam toda hora de maria chuteira e sinceramente

não estou nem aí. Não posso mais fazer nada. A mídia

fala demais. E o que eles acham que vêm, nem sempre

é minha realidade. Não ligo para comentários, tenho

uma família muito instruída, não preciso do dinheiro

de ninguém. Aprendi a não ligar e nem quero saber. Às

vezes sai uma notícia nesse sentido e minha assessoria

me liga e pergunta se quero falar alguma coisa. Eu?

Imagina! Nem vou atrás de saber.

Seu filho lida bem com isso?

Ele dá risada também. Ele sempre me acompanhou,

sabe que tive namorados. O que importa para ele é se

eu estarei ao lado dele, sobre o meu namorado ele quer

apenas saber se gosto dele e estou feliz.

O que faz para manter a forma?

Malho todos os dias com personal trainer. Sou louca

por pão, e não gosto de nada integral. Amo pão francês

com manteiga mesmo. Quando preciso secar corto ele.

Tem algum ator que gostaria de trabalhar?

Adoro o Joaquin Phoenix. Ele é profundo. Cara cabeça,

faz filmes que adoro. Ele se transforma muito. Além

dele ser um gato.

Curitiba é uma

cidade muito

culta. A gente

sempre fala que

se der certo aqui

dará certo em

qualquer lugar,

porque é um

público muito

exigente

34

abril 2018

revistavoi.com.br


Siga a PHITOFARMA no INSTAGRAM e acompanhem

as lives criadas especialmente para você PRESCRITOR!

@phitofarmacuritiba

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia.

Antibióticos Medicamentos Fórmulas Cosméticos Produtos Naturais Hormônios Fitoterápicos Suplementos

Manipulação

especial em blíster

Garantia

de qualidade

Manipulado

sob medida

Entrega

em domicílio

Baixe o aplicativo Phitofarma e solicite orçamentos.

R. Alf. Ângelo Sampaio, 1723 | Batel

ESTACIONAMENTO CONVENIADO

phitofarmacuritiba

41 99961 0050

phitofarma.com.br


mulheres d+

Sexo

nada frágil

Foto: divulgação

Conheça a rotina de algumas

curitibanas que provam que a mulher

é muito mais forte do que pensa

A

cordar cedo, arrumar o filho para ir para

escola, preparar o café, organizar a casa,

se arrumar, subir no salto, ficar pronta no

horário, sair correndo para não se atrasar

para os compromissos, tocar o próprio negócio,

gerir os assuntos do lar, fazer o jantar, atender o

filho, dar atenção para o marido, levar o cachorro para

passear, arrumar pelo menos meia hora para a academia,

encaixar a manicure nos 40 minutos que tem de

almoço. Ufa!

Se você é mulher, provavelmente se identificou com

alguns desses afazeres diários, muitas vezes, tirados de

letra. Ser mulher é se virar nas 24 horas que tem o dia;

é ser cobrada; por vezes descriminada; é fazer tudo isso

citado acima e nem sequer perceber que o dia foi uma

loucura; é conseguir fazer duas, três, quatro coisas ao

mesmo tempo.

Dia 8 de março comemoramos o Dia Internacional

da Mulher. A data é importante uma vez que traz a tona

assuntos que permanecem tímidos nos outros meses do

ano. Mas a verdade é que todo dia é Dia da Mulher.

Este mês a Revista VOi faz uma homenagem a algumas

guerreiras da sociedade curitibana que mostram que ser

mulher é uma tarefa e tanto.

36

abril 2018

revistavoi.com.br


Foto: Rosangela Bini

Izaura Hillani

“Não nasci em berço de

ouro. Não tive tudo de

mão beijada. Tudo que

temos foi por mérito”

Mulher

multifacetada

Um império da beleza construído tijolo por tijolo e

com muita luta. “Não nasci em berço de ouro, não tive

tudo de mão beijada. Tudo que temos foi por mérito”,

valoriza a empresária Izaura Hillani. Sócia-proprietária

de rede Expert Beauty Center há mais de uma década,

ela se prepara para inaugurar mais dois estabelecimentos;

um em um novo empreendimento da capital, o

Jockey Plaza Shopping, e outro na região do bairro Água

Verde, em frente ao Clube Curitibano, um salão conceito

para atender ao público curitibano superexigente.

Quando lançou a marca do salão, Izaura pode

colocar em prática o sonho de ajudar as pessoas. “Criei

o projeto Sou Expert. Chegamos a atender 300 mulheres

carentes em um dia. Elas nunca tinham feito uma escova,

podologia, manicure, maquiagem. Foi muito gratificante

recuperar a autoestima delas”, frisa.

Izaura aproveita ainda sua formação em desenho

industrial para colocar em prática uma paixão: o design

de interiores. Seja nos salões, ou na própria residência,

decorada com maestria. “Os projetos de interiores dos

salões Expert sou eu que faço”, conta.

Entretanto, dentre tantas ações, está o projeto que ela

considera o mais bem sucedido: seu filho. Allan é formado

em direito e está de malas prontas para Nova Iorque

onde foi aprovado em uma das raras bolsas integrais de

doutorado oferecidas a alunos de todo mundo. “Ele foi

o único brasileiro aprovado. Eu o criei para ser independente.

Desde pequeno. Meu filho é o que é devido aos

valores que passamos a ele como pais”, destaca a mãe

orgulhosa.

abril 2018 37


mulheres d+

Cris Osike

Paixão em

dose dupla

“Sou apaixonada pela

comunicação. Adoro

estar com pessoas e

poder inspirá-las”

Foto: Anderson Netto

A fusão entre o amor pelo jornalismo e

a maestria na organização de eventos fez

com que Cris Osike se tornasse referência

hoje em Curitiba no segmento de casamentos.

O dom pela comunicação, foi aperfeiçoado

durante a faculdade, agora a paixão

por festas a acompanhou desde sempre.

“Eu que organizava todos os eventos em

casa, aniversário, bodas, festa surpresa.

Então essa veia sempre esteve comigo”,

lembra Cris. Durante sete anos Cris esteve

à frente de sua própria empresa de cerimonial,

o que lhe garantiu imenso know-how

na área e abriu portas para unir esse mundo

com o jornalismo. “Comecei a escrever

sobre casamentos para sites, blogs, jornais,

sempre com assuntos específicos e de bastante

interesse das noivas e noivos”, conta.

Em uma pesquisa, Cris foi eleita a fada

madrinha dos casais de Curitiba e bingo!

Foi a deixa para ela criar um programa web

com esse nome. Mais tarde foi convidada

a ter um quadro em rede estadual em uma

forte emissora de TV. “Então passei a me

dedicar apenas ao jornalismo, mas com

foco em organização de eventos”, revela.

Assim nasceu a Cris Osike Nova Comunicação,

uma ponte entre o mercado e o

consumidor. “Por ter atuado muito tempo

nessa área sei o que as empresas necessitam,

quais são as demandas e como solucionar

os problemas”, aposta. E não para

por aí, Cris se prepara para estrear um novo

programa na TV. “Ainda não posso revelar

detalhes, mas adianto que será voltado ao

público feminino”, revela Cris seus próximos

passos.

38

abril 2018

revistavoi.com.br


Foto: Marcos Mancinni

Alita Rusch

Causas

sociais

“Nós mulheres,

carregamos na essência

a garra e a força.

Somos sinônimo de

luta, perseverância e,

principalmente, amor”

A vida de Alita Rusch é divida entre Marechal Cândido

Rondon, no oeste do Paraná – cidade onde nasceu e

foi criada – e Curitiba, capital que a acolheu há 28 anos.

Mas foi em sua cidade natal que ela conheceu o marido

Elio Rusch, com o qual se casou e tem dois filhos. Lá ele

era vereador, cargo que ocupou por 14 anos e a mudança

para a capital paranaense veio devido à eleição para deputado

estadual, o qual ele concorre neste ano ao oitavo

mandato.

Sempre envolvida com a causa social, Alita foi a primeira

presidente do Provopar Estadual em Marechal Cândido

Rondon (PR), em 1980, mas mesmo quando entregou

a faixa não deixou o amor pela causa morrer. “Tenho 41

anos de experiência na área social, para isso é preciso ter

muita habilidade. Desenvolvo esse trabalho orientando as

pessoas, mostrando o caminho correto, e como pode ser

feito”, frisa.

Alita também ajuda prestando trabalho voluntário no

gabinete do marido. Ela percorre junto a ele muitas cidades

do interior do Estado tanto durante o mandato quanto

em período de eleição. “São muitos municípios que

visitamos e todos requerem o mesmo cuidado e atenção.

É impossível se fazer presente em todos. Então nos dividimos.

Ninguém chega sozinho ao sucesso”, garante.

Outra luta de Alita é pela inclusão da mulher na

sociedade, que começou lá atrás na cidade natal quando

encabeçou uma campanha para que as mulheres pudessem

fazer parte da JCI – associação mundial de pessoas

jovens, de dezoito a quarenta anos de idade, que buscam

no aprimoramento individual as bases para o desenvolvimento

de suas comunidades. “Na minha época, a mulher

não podia participar, começamos uma luta para conquistar

esse direito. Em Marechal fui a primeira mulher a fazer

parte”, relembra nostalgica Alita.

abril 2018 39


mulheres d+

Ivanir Clerici Baja

Gestão

humanizada

Administrar o próprio negócio com uma

gestão humana é o segredo do sucesso de

Ivanir Clerici Baja. Empresária do segmento

de combustível, ela acredita que a formação

na área de humanas foi a responsável pelo

equilíbrio entre a razão e a emoção na hora

de lidar com as pessoas. “Sinto-me responsável

pela vida dos meus funcionários. Aqui

eles têm uma família, por isso que flui tão

bem. Em primeiro lugar, vejo o ser humano,

se ele tem um problema, ajudo a resolver”,

destaca.

Todos os dias Ivanir faz o trajeto de Araucária,

onde mora, a Curitiba para gerir o seu

negócio. Na equipe são 23 funcionários que

sabem que podem contar com ela quando

mais necessitarem. “Desta forma as pessoas

não querem te decepcionar, querem ser

parceiros, crescer juntos”, afirma.

Há dois anos a rotina da empresária passou

por uma reviravolta devido a um problema

de saúde na família, o qual ela lida com

muito amor e carinho há dois anos. “Acordo

às 6 da manhã e paro apenas meia noite”,

conta. Mas em nenhum momento ela pensou

em desistir.

“Tive algumas trajetórias difíceis no

decorrer da minha vida, e isso me ensinou

a desenvolver habilidades específicas. Isso é

tarefa para uma mulher forte e parceira”, frisa.

Entre as tarefas diárias, Ivanir ainda arruma

um tempo nos intervalos para praticar um

hobby, o de escrever. “Tenho conteúdo de

vida para escrever um livro, quem sabe um

dia sento para escrever”, projeta a empresária.

Foto: divulgação

“Adoro quando os

clientes pedem para

me chamar para

elogiar o atendimento

dos meus funcionários,

é gratificante”

40

abril 2018

revistavoi.com.br


Foto: divulgação

Marli Corleto

Mulher

visionária

“Sou otimista e tenho o

pensamento sempre no

futuro. A chave é saber

o que é melhor para si,

pois assim dissemina-se

sentimentos positivos

que equilibram e

liberam emoções”

Criatividade é a chave para conseguir se destacar. E

isso não falta para a empresária Marli Corleto. Como diretora

de uma empresa de transporte, que atua em Campo

Largo (PR) sua cidade de coração, a visionária não para de

inovar. Em mais de quatro décadas acompanhando esse

ramo de trabalho, adquiriu experiências e assegura que

uma equipe preparada e aliada à tecnologia é a base da

transformação de uma gestão dentro da sustentabilidade

com profissionalismo e responsabilidade.

Dentro desse movimento foram criados projetos sociais,

o qual se destaca o Natal Solidário, o embrião dos

demais projetos e que tem abrangência em mais de cinco

cidades do Paraná. Em 2012, quando completou 10 anos,

foram arrecadadas 30 toneladas de mantimentos e roupas

para atender instituições cadastradas pela empresa, criando

assim uma rede de solidariedade.

Na esfera ambiental, o Projeto Reciclar 2017 mostrou

como é possível economizar 10 toneladas de resíduos sólidos

em um ano e devolvê-las ao meio ambiente de forma

responsável e empreendedora. O projeto que transforma

resíduos sucateados dos ônibus em utensílios e peças

decorativas expostas na empresa, tem um acervo criado

para demonstração de reciclagem dos resíduos a estudantes

que visitam mensalmente a sede. A cidade de Campo

Largo foi presenteada com um grande coração reciclado

que reflete a gratidão da empresa pelo município e seu

povo acolhedor.

Marli divide a administração da empresa com os

cuidados à família e filhos, Andréa, Rodrigo e Fernanda,

além dos quatro netos. De origem italiana, a empresária

não abre mão do tempo com familiares e amigos e tem

até mesmo uma receita eleita pelos filhos que não pode

faltar nos encontros: frango ao molho escuro com polenta

cremosa, queijo, alho e óleo.

abril 2018 41


mulheres d+

Foto: Marcos Mancinni

Vania Dalmaz

Base

da família

“É necessário criar um

vínculo forte de amor

com os filhos para que

eles sintam-se seguros

desde o nascimento”

Uma mulher que não para. Essa é Vania Dalmaz.

Ainda na sua cidade natal, Porto União (SC), teve uma

revendedora de carros com o pai. Mais tarde quando

se mudou para Curitiba, já casada com Paulinho, seu

companheiro da vida inteira, ingressou na iniciativa pública,

concursada do Estado na Secretaria de Educação,

cargo que ocupou durante muitos anos.

Atualmente Vania dedica-se ao trabalho que

desenvolve como artista plástica. Em sua sala de estar,

por exemplo, tem uma tela pintada por ela mesma

inspirada em uma foto que fez do Palácio de Catarina

na Rússia.

Vania ainda exerce o hobby em sua chácara em Piraquara.

“Lá faço minhas artes em jardinagem, paisagismo,

adoro o verde. Gosto de frutíferas e rosas. Tenho

muitas por lá de todas as cores”, revela.

Vania também é uma colecionadora convicta. Em

seu apartamento é possível encontrar uma série de

objetos que estão na família há muitas gerações, desde

a máquina de costura da bisavó, até a coleção de xícaras

de uma das tias. Completa a decoração o piano, o

qual ela toca desde menina. “Minha casa é rodeada de

histórias da família. Muitos objetos de decoração têm

valor sentimental”, destaca.

Entre os passatempos favoritos da artista estão viajar

com os filhos – Wellington, engenheiro civil e advogado,

e Lincoln, cardiologista – dos quais se orgulha

muito, além de cuidar dos netos Otávio de dois anos e

Giovana de dois meses. “Ser avó é muita emoção. É a

felicidade que se multiplica”, garante.

42

abril 2018

revistavoi.com.br


Há mais de 20 anos sendo

REFERÊNCIA em TENDÊNCIAS,

BELEZA e GLAMOUR

Rua Lamenha Lins 1623, Rebouças

Telefone: (41) 3332.7078


transformação

Red

carpet

FICHA TÉCNICA

Fotógrafo: Marcos Mancinni

Modelo: Gabriely Hostman

Cabelo: Elton Littig (Torriton)

Maquiagem: Carol Cappellini

Produção e roupa: Juliano

Fonseca (Modifixe)

antes

44

abril 2018

revistavoi.com.br


Hair

O cabelo preso com volume discreto traz

o romantismo do dia para o ambiente noturno.

Para esse resultado na Gabriely Hostman,

o hair stylist do Torriton, Elton Littig, aproveitou

a estrutura já cacheada da modelo.

“Apliquei um baby liss fino. O cacho ficou

anelado e assim consegui deixar bem mais

definido”, conta. “Para as curitibanas o volume

faz parte do dia a dia. Podemos sim,

aproveitar essa estação outono/inverno com

base na moda para valorizarmos o volume

romântico. Mas sem exageros”, destaca.

Look

Antes usado em cerimônia diurna, os tons

claros agora ganham a noite seguido de uma

grande tendência. O clarinho da vez, segundo

o estilista e produtor de moda Juliano

Fonseca, segue firme e forte em conjunto

com a Pantone Ultra Violet 2018. Destaques

para: Mary J Brides, Jane Fonda, Laura Dern,

divas que brilharam no Oscar 2018. “Com

um toque de sensualidade e elegância o tom

pastel, novo branco, contrasta perfeitamente

com vários tons de pele. Conceito de estilo

e beleza para brilhar como uma estrela de

Hollywood”, frisa.

Make

Como o conceito da Transformação era a

sofisticação, a maquiadora Carol Cappellini

abusou na iluminação. “Aproveitei a cor maravilhosa

da pele da Gabriely e escolhi tons

de dourado”, explica. Os olhos receberam as

cores cobre, cereja e baunilha e cílios volumosos,

porém sem perder o glamour. “Para

o batom, optei pelo vinho com um toque

dourado no centro e uma camada de laqueado

para aumentar a sensualidade dos lábios”,

ensina. Uma maquiagem digna de red carpet.

abril 2018 45


VITRINE

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Rejuvenescimento

facial

O tratamento com o peeling, de cristal ou diamante, serve

para renovar a pele a partir da descamação das camadas

superficiais, médias ou profundas retirando manchas,

suavizando rugas e atenuando marcas e cicatrizes. Ele

estimula a formação de colágeno e de elastina, substâncias

responsáveis pela rigidez e elasticidade

Onde encontrar: vitaclin.com.br

Valor: sob consulta

Mochila

love

Nada básica, esta mochila com tema love promete levar mais

sofisticação e romantismo para os looks da meia estação. Com

uma pegada grunge, as aplicações de hotfix são as grandes

apostas da temporada, revelando produções inusitadas e

cheias de conforto e estilo.

Onde encontrar: Carmen Steffens

Valor: sob consulta

Jantar

delas

Que tal aproveitar um happy hour com as amigas e

um superdesconto? Toda terça-feira na Casa do Zé

acontece a Noite das Amigas. Mulheres pagam um valor

promocional no rodízio durante todo o jantar. Basta

fazer o check in no Facebook e aproveitar o desconto

Onde encontrar: Casa do Zé - Rodízio de Espetinhos

Valor: R$ 39 (promocional)

46

abril 2018

revistavoi.com.br

Foto: Marcos Mancinni

Proteína

em cápsulas

O colostro bovino contém grande concentração natural da

proteína IGF-1, responsável por aumentar a captação de glicose e

aminoácidos pelas fibras musculares. Ele atua como mediador do

hormônio do crescimento (GH) e promove hipertrofia (crescimento

ósseo e muscular do organismo) e oxidação de gordura. Isto ajuda

a alcançar os objetivos de aumento de massas magra e redução do

percentual de gordura.

Onde encontrar: phitofarma.com.br/Curitiba

Valor: sob consulta

Beleza

e delícias...

Foto: divulgação


www.gramarsul.com

GRAMARSUL

MÁRMORES E GRANITOS

O DETALHE

FAZ TODA

A DIFERENÇA

A Gramarsul possui uma grande variedade de

produtos como tampos, rodapés, soleiras, pisos,

mesas, pias, fachadas, rodopias, degraus de

escada, peças decorativas e diversos tipos de

bordas.

Tudo isso com excelente qualidade de produtos,

com acabamento de nível internacional.

Rua Maestro Carlos Frank, 336 - Curitiba | FONE: (41) 3286-1289


JURÍDICO

Somente para

elas

Foto: David Ernst

Conheça cinco direitos exclusivos das mulheres

por Dra. Bethania Gilsoul

15 MINUTOS NO MÍNIMO

Toda mulher tem direito a 15 minutos de descanso

no mínimo antes de todo período extraordinário de

trabalho, o dispositivo faz parte do capítulo III da CLT

que cuida da proteção do trabalho da mulher. O não

cumprimento do intervalo previsto no artigo 384 da

CLT é o pagamento como extra do período de descanso

entre a jornada comum e sua prorrogação, além de

seus reflexos nas demais verbas trabalhistas.

LICENÇA E AMPLIAÇÃO DA LICENÇA

A mulher tem direito a 120 dias de licença-maternidade,

e mais 60 dias, a critério da empresa, desde

que a mesma faça parte do programa Empresa Cidadã.

Além disso, a mamãe tem direito a dois descansos

diários para amamentação. A CLT também garante à

mulher o direito de ser dispensada no horário de trabalho

para a realização de pelo menos seis consultas

médicas e demais exames complementares.

MUDANÇA DE FUNÇÃO

É garantido à mulher a mudança de função ou setor

48

abril 2018

revistavoi.com.br

de acordo com seu estado de saúde. E terá assegurado

o direito de retomada da antiga posição.

QUANDO A VÍTIMA É A MULHER

Quanto a vítima de violência for mulher a pena

para aquele que cometeu o ato é aumentada. A Lei

Maria da Penha amplia a caracterização de atos considerados

como violência contra a mulher, como a perturbação

e institui maiores penas. Pela lei do femicídio

e tráfico de pessoas a pena também é aumentada caso

a vítima seja mulher. A lei dá direito a cirurgia plástica

reparadora de sequelas de lesões causadas por atos de

violência contra a mulher.

ALIMENTOS GRAVÍDICOS

A lei determina que despesas referentes a: alimentação

especial, assistência médica e psicológica,

exames complementares, internações, parto, medicamentos

e demais prescrições preventivas e terapêuticas

indispensáveis para a mulher gestante, deverão ser

custeadas pelo futuro pai.

www.gilsoul.adv.br

@gilsouladv

e-mail: gilsouladv@gmail.com


www.binifotografia.com

bini.fotografia

bini_fotografia

(41) 99532 9161

Um presente para sua

autoestima!


coluna

Nossa missão é promover a melhoria da qualidade de vida de

pessoas em vulnerabilidade social. As ações garantem a valorização

da família e a inclusão social. Em atendimentos com a Defesa

Civil, atua em situações de emergência, catástrofe e calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte desta corrente solidária

em favor do desenvolvimento social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

Foto: Emanoel Caldeira

PROVOPAR ESTADUAL GANHA R$ 30 MIL EM

PRÊMIO DO PROGRAMA NOTA PARANÁ

Os ganhadores dos três maiores prêmios do 28ª sorteio do programa

Nota Paraná receberam os cheques com os valores de R$ 50 mil, R$ 30

mil e R$ 20 mil das mãos do governador Beto Richa durante cerimônia

realizada no Palácio Iguaçu. O Provopar Estadual foi um dos contemplados

neste sorteio de março, recebendo o segundo maior prêmio. Atualmente,

1.146 instituições sem fins lucrativos de todo o Paraná estão cadastradas,

recebem doações de documentos fiscais e são beneficiadas com a

devolução de crédito de Icms e prêmios em dinheiro. Até agora, foram

distribuídos R$ 65,7 milhões para organizações que atuam nas áreas de

assistência social, saúde, defesa e proteção animal, esporte e cultura. O

Provopar foi a nona instituição a receber um dos três maiores prêmios do

programa. Para a presidente da entidade, Carlise Kwiatkowski, o maior

desafio da instituição é atender a demanda que chega de todos os 399

municípios do Estado. “Recebemos a notícia da premiação com muita

alegria. Ficamos muito felizes e gratos ao Governo do Estado por propiciar esses recursos não apenas ao Provopar como a todas as outras instituições em todo o

Paraná”, disse. Até o mês passado o Provopar já havia recebido R$ 364 mil entre prêmios e créditos do Nota Paraná.

Presenças: Também participaram da solenidade a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, e o diretor da Receita Estadual,

Gilberto Calixto, o vice-presidente do Provopar Tufy Geara, os conselheiros Alita Rusch, Alexandrini Rodrigues de Oliveira, Irit Czerny, Maria Mar Silva, Stella Maris

Winnikes da Silva e José Carlos Carvalho.

PRESIDENTE DO PROVOPAR É CONDECORADA EM

SOLENIDADE DOS 90 ANOS DA CASA MILITAR

A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, foi condecorada no dia 12 de março, no Palácio

Iguaçu, com a medalha Euclides Silveira do Vale, em homenagem ao primeiro chefe da Casa Militar da

Governadoria, que completou 90 anos no final de fevereiro. A solenidade foi presidida pelo governador

Beto Richa e o secretário chefe da Casa Militar, coronel Élio de Oliveira Manoel, e contou com a presença

da vice-governadora Cida Borghetti, dos secretários estaduais Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento

Social), Michele Caputo Neto (Saúde), Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento), João Carlos

Gomes (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) José Richa Filho (Infraestrutura e Logística), Júlio Reis

(Segurança Pública), Ezequias Moreira (Cerimonial e Relações Internacionais) e João Luiz Fiani (Cultura),

do presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, o diretor-presidente da Celepar, Jackson

Carvalho, o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, e os deputados estaduais Pedro Lupion, Guto

Silva, Plauto Miró e Claudia Pereira. Carlise estava acompanhada das diretoras Claudia Carvalho (geral),

Silvana Maia Aichinger (social), Samira Célia Neme Tomita (Relações Institucionais), da conselheira Stella

Maris Winnikes, além de funcionários e amigas. “Toda vez que sou homenageada como presidente do

Provopar faço questão de dividir o prêmio com minha equipe, diretores e conselheiros, pelo trabalho e

dedicação, que transformaram o Provopar na mais importante instituição social do Estado. Foram mais de

3,5 milhões de atendimentos nos últimos anos”, destacou.

Foto: Emanoel Caldeira

Foto: Emanoel Caldeira

CARLISE AGRADECE AO PRESIDENTE DO TJ

PELO APOIO DADO A 1ª CORRIDA DA CASA

MILITAR E PROVOPAR

A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, foi recebida

pelo presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Renato Braga

Bettega, a quem fez questão de agradecer pela parceria e o apoio

dado a 1ª Corrida da Casa Militar e Provopar Estadual. A parceria

com o Tribunal de Justiça viabilizou a implantação do Estacionamento

Solidário, que rendeu mais de meia tonelada de alimentos não

perecíveis no dia da competição. Além do desembargador Dr. Renato

Braga Bettega, participaram da audiência o juiz auxiliar da presidência

Dr. Rogério Etzel, o advogado e também parceiro do Provopar, Oscar

Silverio, a jornalista e conselheira do Provopar, Stella Winnikes.

50

abril 2018

revistavoi.com.br


coluna

Joias

eu uso

Fotos: divulgação

Pérolas

do Taiti

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

A

muitas milhas de Paris, ao sul do oceano

Pacífico, está localizada a Polinésia Francesa,

um conjunto de arquipélagos dependente

da França, com o estatuto de coletividade

de ultramar. As águas verdes e azuis que se

estendem por todas as partes enaltecem a beleza do local,

que tem o Taiti como ilha mais conhecida. Nas águas deste

paraíso dorme a metros de profundidade um tesouro: a

pérola negra, ou pérola taitiana.

Opinião unânime entre todos joalheiros, ela é

considerada a mais bela de todas as pérolas. Em especial

devido a sua coloração negra. Com ausência absoluta

de cor, a tonalidade é perturbadora, fascinante e

hipnotizadora.

Tudo começou com Jean-Marie Domard examinando

uma dessas ostras negras e labiadas, classificadas como

Pintacta Margaritifera. No século XIX a pérola negra foi

muito solicitada para a confecção das joias reais, por seu

nome, rainha das pérolas. A raridade é sua marca, pois são

necessárias milhares de ostras para se obter uma pérola

negra.

Entretanto, tempos depois, foi Mikimoto que teve

sucesso em enxertar uma substância estranha na ostra da

pérola branca Akoya, o que fez com que ela produzisse

camadas e camadas de madrepérola (nácar) em torno de

um elemento irritante. Assim nasceu a pérola cultivada.

Com isso o mestre Mikimoto, exímio em enxertos, fez o

mesmo com as ostras da Polinésia.

Em 1962, 5 mil ostras foram tratadas e três anos mais

tarde as primeiras mil pérolas negras, cultivadas. Sua cor

não é exatamente negra e tem variantes azul, rosa púrpura

e pavão real. Esta última é a mais procurada e leva o nome

de Poe Rava, que significa reflexos verdes.

Elas não são cultivadas no Taiti, mas sim a mil milhas

de Papeete, a capital da Polinésia Francesa. As ilhas de

Tuamotu e Gambier são as que produzem as mais formosas

e com diferentes formatos. As redondas são as mais bonitas

e procuradas: são denominadas gota e barroco. Entretanto

existem outras variedades como as keshis e mabe.

Devido à raridade elas podem custar até 100 vezes mais

caras que a pérola branca. Uma pérola negra é capaz de

atingir até 18 mm (milímetros).

52

abril 2018

revistavoi.com.br


PARA ONDE

FOR, VÁ

SEMPRE

COM

ESTILO!

Excelência define o atendimento

oferecido pela Akros. A empresa

conta com uma equipe experiente

e qualificada para atender aos

serviços de transfer e receptivo.

Conta ainda com uma frota de

veículos novos, de diferentes

portes, que garantem conforto,

segurança e sofisticação.

contato@grupoakros.com.br

www.grupoakros.com.br

(41) 99614-6700 | (41) 99732-8042


coluna

Eventos

by

Mônica

Gulin

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: monicagulin@bol.com.br

De volta à elite

Um projeto que já nasceu grande e tem mostrado que veio para

dar certo. Assim é o Curitiba Vôlei Carob House/CMP que acaba

de dar um importante passo para a elite do vôlei brasileiro: o

ingresso na Superliga A. À frente da iniciativa estão a ex-tenista

Gisele Miró e o ex-jogador, campeão olímpico de vôlei, Giba.

Entre os objetivos deles está resgatar a paixão do curitibano pelo

vôlei, esporte que teve seus tempos áureos na cidade, na época

do Rexona. O time é formado por 16 atletas, sendo que o elenco

conta com a medalhista de ouro olímpico Valeskinha e com a

ponteira Fofinha, que se destacou na seleção brasileira, além das

atletas de grandes times nacionais.

Confira entrevista que Gisele Miró concedeu à coluna:

É muito reconhecida pelo tênis, de onde surgiu o interesse pelo

vôlei?

Todo mundo pergunta o que a Gisele Miró do tênis está fazendo

no vôlei. Sempre fui apaixonada pelo vôlei. Muita gente não

sabe, mas fui a atleta mais jovem a ser registrada na Federação

Paranaense de Vôlei, tinha apenas seis anos. Meus irmãos eram

levantadores da Seleção Paranaense. Meu pai sempre foi envolvido

com o esporte, chegou a ser presidente da Federação e fez

bastante pelo esporte na época. Então para mim sempre foi uma

grande paixão. Lá atrás joguei contra a Filó, que depois foi medalhista

olímpica e uma das atletas mais conhecidas de Curitiba.

Até hoje jogamos juntas as competições master, fomos bicampeãs

brasileiras em Santos (SP). Essa paixão que me levou a montar

esse time e ver outra vez Curitiba na elite do vôlei brasileiro.

Como está a formação do time para os próximos desafios?

Nossa equipe conta com a mescla de experiência e juventude,

que era o que buscava desde o começo. É a fórmula para que dê

certo. Nossa última contratação foi um atleta da República Dominicana

de apenas 17 anos e um futuro enorme pela frente.

Quem são os patrocinadores e apoiadores da causa?

Além do patrocínio master da Carob House, o time conta ainda

com outros patrocinadores, como Madero, Suplemento InBox,

Unidom, Copel Telecom, Zebra e Peróxidos. Apoio Artro, Lequipe

e Prates e apoio Institucional do CPM (Círculo Militar do

Paraná).

A classificação para a Superliga A deu a sensação de dever cumprido?

Estamos muitos felizes com a classificação antecipada, esse era

o objetivo principal. O jogo da final foi transmitido ao vivo pela

Sportv.

Qual tem sido o retorno dos curitibanos frente ao time?

Curitiba começou a tomar gosto. Nosso ginásio está sempre lotado.

Muitas pessoas apoiam o time. É muito legal ver o Palácio de

Cristal, nossa casa no Círculo Militar, sempre cheia de adultos e

crianças.

Fotos: divulgação

54

abril 2018

revistavoi.com.br


01

02

03

05

06

04

Corona Sunsets

na praia do Santinho

A festa Corona Sunsets foi sem dúvida um daqueles dias para ficar

na história da Ilha da Magia. A festa de frente para o mar teve

como assinatura o conceito This is Living, que exalta a importância

de se viver ao ar livre, atraindo muita gente bonita e de bem

com a vida para a praia do Santinho ao norte da ilha de Florianópolis

(SC). Após um pôr do sol de cinema, a performance das

artistas com bambolês e fogo, além das atrações musicais com

DJ´s e a banda de Surf Music do surfista e músico Teco Padaratz,

levaram o público ao delírio. Confira as belas fotos nesta página!

07

08

01 - O surfista e músico Teco Padaratz se apresenta no palco em

frente à praia do Santinho, em Florianópolis; 02 - Apresentação das

artistas da companhia de Mirian Ávila Produções e Eventos; 03 - Own

Boss a dupla de DJs Mario Camargo e Eduardo Zaniolo; 04 - Após

apresentação o DJ Fabricio Peçanha encontrou-se com Marcos

Lemos; 05 - Valentina Sarnari e Iara Paiva; 06 - Mônica Gulin sempre

nos melhores eventos; 07 - Alex Tabor proprietário do site Peixe

Urbano com o produtor do evento Rafael Koi; 08 - Pauline Westman

e Camila Svahn; 09 - Kaio Silvano e Larissa Medeiros.

Fotos: Larissa Trentini e divulgação

09

abril 2018 55


CADERNO GASTRONÔMICO

Banquete

gastronômico

Fotos: divulgação

Resort comemora cinco anos de

atendimento all inclusive

L

ocalizado em Ilhéus (BA), terra de Gabriela e berço da história

cacaueira, o Cana Brava All Inclusive Resort inicia as comemorações

dos cinco anos de funcionamento do sistema all inclusive.

A data marca, ainda, a inauguração do restaurante

Coco Dendê, após um amplo processo de renovação

do espaço que já existia, com sugestões que reúnem o melhor

da gastronomia regional baiana e pratos à base de frutos do

mar, servidos no jantar. O novo espaço acomoda confortavelmente

118 pessoas sentadas e é exclusivo àqueles que

se hospedam com o mínimo de três dias. Para desfrutar

da novidade os hóspedes devem fazer a reserva no dia.

Além do Coco Dendê, o complexo tem outros dois restaurantes:

Mar à Vista e Encontro das Águas.

Ainda na área de alimentos e bebidas, o resort conta

com Cana Burguer, uma estação dentro do Mar à Vista

que permite ao hóspede preparar o seu próprio hambúrguer,

disponibilizando um bufê com diversos ingredientes.

No Encontro das Águas é servido um delicioso café da

manhã, variado almoço, com pratos das culinárias regional e

internacional na modalidade bufê, além de jantares temáticos.

No Cana Brava All Inclusive Resort, durante toda a estada, o

hóspede pode usufruir de um serviço de primeira qualidade, alta gastronomia,

shows temáticos, animadas programações de lazer e uma variedade

de atividades esportivas. As diárias podem ser pagas em até 10 vezes sem juros e

crianças até 12 anos não pagam.

Cana Brava Resort

www.canabravaresort.com.br

Telefone: (11) 4280 6711

@canabravaresort

Cana Brava

@canabravaresort

56

abril 2018

revistavoi.com.br


Nova linha conceito de Sucos Verdes Sabor Vivo.

Foi pensando em vocês que desenvolvemos 3 sabores novos de sucos verdes funcionais,

perfeitos para entrarem no seu dia a dia.

Temos em nossos sucos ingredientes frescos, vivos e premium. Você pode receber 5, 7 ou 10 sucos em

casa por semana!! Confira nosso modelo de assinatura no site

Novos sabores

NOVOS SABORES:

NATUREZA VIVA

Maçã, laranja, pepino, couve,

espinafre, limão e capim limão

SANTO VERDE

Melão, maçã, pepino, couve,

limão e spirulina

FORÇA VERDE

Pepino, couve, limão, hortelã,

gengibre, salsão e stévia


click

CS Muller

Aniversário

01

02 03

05

04

06

07

08

09 10

Março foi o mês de Andressa Majeski apagar as velas na Carmen Steffens. A festa para amigas

e familiares foi na loja do Shopping Mueller. O coquetel ficou por conta da Delícias Madrid,

Bertoni Gelateria e Popcorn Gourmet.

01 - Maria Eleonor Duarte e Andressa Majeski; 02 - Catarina Helfer, Andreia de Paula, Andressa, Sara

Baggio e Sandra Schuck; 03 - Andressa com a equipe CS Muller; 04 - Eduardo da Silva, Andressa e

Andrielly Carvalho; 05 - Hora do parabéns; 06 - A anfitriã da noite com suas convidadas; 07 - Valéria

Rocha, Andressa e Sara Baggio; 08 - Coquetel preparado no capricho para a aniversariante; 09 -

Andressa com Eunice e Maria Eduarda Inglês; 10 - Andressa recebe presente exclusivo da CS; 11 - A

aniversariante ganha presente das convidadas.

11

Fotos: Rosangela Bini

58

abril 2018

revistavoi.com.br


click

Talk

Show

01

02 03

04

05

06

07 08

10 11 12

09

Ponta Grossa (PR) também recebeu uma edição do Talk Show da Carmen Steffens. Quem comandou

a apresentação foi o consultor de imagem e relacionamento da grife Glauber Rodram.

A franqueada Tatiana Nikolaus recepcionou as CS Lovers que levaram para casa um sapato

exclusivo com o nome delas gravado na sola.

01 - Sandra Bastos e Tatiana Nikolaus; 02 - Elis Silva, Helyane Borges, Claudinha Rodrigues, Andrea

Karpem e a pequena Manoela; 03 - CS Lovers presenteadas com sapatos: Sandra Bastos, Anny

Fanchin, Elis Silva, Edinea Weigert e Soilen Catossi; 04 - Maria Efigênia; 05 - Glauber Rodram, Kris

Carvalho e Lucas Pires; 06 - Maria Donizete e Alfani Alves; 07 - Helenise Rocco e a filha; 08 - Vanessa

Ferreira e Jaine Kuhn ; 09 - Taynara Ferreira do Amaral; 10 - Dirlene Batista; 11 - Claudinha Rodrigues

e Juliana Santos; 12 - Lucas Pires, Rosemeri Bandeira e Glauber Rodram.

Fotos: Rosangela Bini

60

abril 2018

revistavoi.com.br


click

Calendário

de corridas

No mês de Março o Provopar Estadual realizou a 3º Corrida Solidária Bptran e

Provopar Estadual, em comemoração aos 66 anos do Bptran, que contou com a

participação de mais de 2.500 atletas. No dia 11 de março a 1ª Corrida da Casa

Militar e Provopar Estadual, em comemoração aos 90 anos da Casa Militar, inédita

no calendário de Curitiba, reuniu mais de 2.100 atletas. As provas contaram com o

patrocínio da Compagas, Copel Telecom, Sanepar, Natuclin e 361. Com o apoio do

Governo do Estado, Revista VOi, ÉParaná, H18, Sorvetes Bapka, Life Booster Energy

Drink, Milli, Zoli Eventos Especiais, Agemed Planos de Saúde, Transteck Veículos

Especiais, Sindafep, Defesa Civil, Imprensa Oficial, com promoção exclusiva da

RICTV e Jovem Pan. A Organização ficou por conta da Elite Sports Experience. As

provas tem por objetivo a arrecadação de recursos para a manutenção dos programas

sociais desenvolvidos pelo Provopar Estadual visando a melhoria da qualidade

de vida de famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado do Paraná.

Fotos: Emanoel Caldeira

62

abril 2018

revistavoi.com.br


abril 2018 63


TEST DRIVE

Feito

a mão

64

abril 2018

revistavoi.com.br


antes

Empresário curitibano reconstrói carro antigo com a

ajuda do pai a partir de carcaça sucateada

Fotos: Marcos Mancinni

abril 2018 65


TEST DRIVE

I

magine você gostar tanto de algo a ponto de

aprender a fabricá-lo. Assim foi com o empresário

Edemilson Mendo, um amante de carros

antigos. Ele não criou do zero, mas repaginou

o Maverick 1974, que era só carcaça. Este mês

a VOi conheceu a história desse apaixonado por carros

que hoje tem uma pequena oficina para dar uma nova

cara aos seus brinquedos. E acredite, são muitos.

Mas diferente da maioria dos colecionadores, Edemilson

não prioriza os itens originais, ele gosta mesmo

é de deixar a sua marca em cada veículo, por isso não

mede esforços para colocar seu gosto pessoal na hora

de customizar. O grande xodó do empresário é o Maverick

vermelho, sua primeira criação.

“Meu pai tinha Maverick quando eu era criança

e isso ficou na minha memória. Sempre quis ter um.

Quando apareceu uma oportunidade comprei. A carcaça

deste 1974 custou R$ 6 mil”, conta. “Só que até

então não sabia como restaurar, comprei sucateado.

No primeiro momento contratei uma pessoa para fazer

para mim, mas só tive prejuízo”, lembra.

Foi então que na companhia do pai, Alcides Mendo,

Edemilson começou a fabricá-lo a quatro mãos.

“Fizemos toda a parte de lataria a partir de chapas cruas.

Meu pai tinha um pouco de conhecimento, mas

66

abril 2018

revistavoi.com.br


vimos muitos vídeos no youtube. Ele foi cortando e

moldando. Nos informamos, falamos com pessoas que

conheciam, fomos comprando as ferramentas e quando

vimos, tínhamos uma pequena oficina montada”,

brinca.

O Maverick vermelho, por ser o primeiro, pai e filho

demoraram cerca de três anos para concluir. “Fiz

um trabalho bem diferenciado. Troquei o motor, que é

um 347 preparado, maior que o original. O interior foi

todo sob medida. Desenhei os bancos de couro, modifiquei

o painel: tirei o rádio e os botões ficaram todos

embutidos no console”, descreve.

O carro ainda tem freios Wliwood e discos Stock

Car. Na parte externa, o charme extra fica por conta

da pintura escolhida, o Tricoat Max Orange. Com tanto

carinho pelo carro tirá-lo da garagem não é tarefa para

qualquer dia. “Uso uma vez por mês mais ou menos.

Sem contar que dá dó de usar porque ele faz dois por

um”, frisa.

Atualmente ele está anunciado por R$ 200 mil, e

embora tenha recebido algumas propostas, Edemilson

ainda não encontrou o felizardo que levará esse possante

para a garagem.

“Com tanto carinho pelo

carro tirá-lo da garagem

não é tarefa para

qualquer dia. Uso uma

vez por mês mais

ou menos”

abril 2018 67


ESPORTE

Voo

livre

Fotos: divulgação

Nada de motor, no

parapente o que mantém o

piloto nas alturas são as

correntes de ar quente

Fotos: Marcos Mancinni

V

oar sempre foi o sonho do homem. Mas limitar-se

ao avião é privar-se de uma sensação

única de liberdade. Infelizmente não nascemos

com esse dom, mas desafiar a gravidade

não é problema para os pilotos de voo livre.

No Paraná a categoria mais praticada é o parapente, ou

paraglider, no qual uma espécie de asa, similar a um paraquedas,

permite com que os atletas permaneçam no ar por

68

abril 2018

revistavoi.com.br


um longo período. Mas não é para confundir os esportes.

No paraquedas há o salto, e o piloto foca na queda livre e

na aterrissagem. No parapente há a decolagem de rampas

oficiais ou de montanhas, e o objetivo é voar o mais alto

possível e o mais longe que conseguir.

Em competições os pilotos precisam se manter lá em

cima até completar a rota pré-definida pela comissão técnica

da prova que pode variar de distância.

Como eles conseguem ficar no ar sem motor? Utilizando

as térmicas que são as correntes de ar quente que fazem

com que eles subam.

“Procuramos por indícios que nos mostrem onde estão

essas térmicas. O principal são os urubus, quando eles

estão por perto é garantido. Voamos como eles”, revela

Cláudio Hernandes, membro da Federação de Voo Livre

do Paraná e atleta da modalidade.

abril 2018 69


ESPORTE

O vento ideal para uma

decolagem segura deve estar

entre 10 km e 20 km.

Mais que isso se torna

arriscado para o piloto

Mas se está se perguntando como eles descobrem onde

estão essas térmicas lá em cima, bingo! Essa é a chave da

competição, uma vez que consiste em uma corrida, na qual

o vencedor é aquele que chega antes no lugar determinado,

só que nada de estrada por aqui, apenas a imensidão do

céu.

Um equipamento que ajuda muito nessa missão é o variômetro,

dispositivo eletrônico que auxilia na navegação

identificando as térmicas. “Ele emite um som característico,

quanto mais rápido é o bip, mais forte é a térmica. Em questão

de minutos o piloto pode estar na base de uma nuvem.

Em relação ao risco, tem sim! Mas Cláudio garante que

os pilotos são supercautelosos e não testam a sorte lá nas

alturas. “O voo em si já tem muita adrenalina, então fazemos

um planejamento antes do voo para que o risco seja o

menor possível.” Além disso, existem os equipamentos de

segurança obrigatórios, como o paraquedas reserva, caso

ocorra algum imprevisto, o rádio de comunicação e capacete.

E aí? Já sentiu frio na barriga só de ler essa reportagem?

O voo é assim mesmo, o que para Cláudio é essencial: “o

dia que não der mais essa sensação a gente para. O voo é

muito mágico.” Ficou com vontade de experimentar? Calma,

não precisa fazer o curso todo, há várias opções no

Paraná para fazer um voo recreativo, em total segurança,

com um piloto habilitado para isso.

Para mais informações acesse: www.fvlp.com.br.

CAMPEONATO

Entre fevereiro e março aconteceram a primeira e

segunda etapa do Campeonato Paranaense de Parapente.

A primeira foi no Morro da Palha em Campo

Magro e a segunda na Rampa da Comuna em Tibagi.

Esta última coincidiu com o Campeonato Sul Brasileiro

e teve 45 participantes. No total são sete etapas

e cinco categorias (Open, Sport, Serial, Ascendente

e Feminino) definidas de acordo com a experiência

do piloto e tipo do parapente. No final do ano é realizada

uma festa para premiar os vencedores.

70

abril 2018

revistavoi.com.br


VIAGEM

72

abril 2018

revistavoi.com.br


Finlândia

para

poucos

Por Rafael Macedo, da Finlândia

O país escandinavo

não está entre

os principais

destinos turísticos

dos brasileiros,

principalmente em

pleno inverno, mas

acredite, vale a pena

abril 2018 73


VIAGEM

A capital da Finlândia, Helsinque, é um destino charmoso

no inverno, mas no verão as temperaturas são mais

agradáveis o que convida para longas caminhadas no

porto. NA ESTAÇÃO a média fica em 20°C

Para os navios e barcos transitarem

por lá, ELES precisam da ajuda de uma

embarcação quebra-gelo

V

ocê tem o que precisa para encarar muito

frio, certeza? Então, pense em conhecer a

Finlândia no inverno, quando as temperaturas

podem bater os -30°C (Graus Celsius)

negativos! Calma, a ideia não é assustar,

pegue carona em nossa road trip de uma semana pelo

país gelado e perceba que o friozinho compensa. O destino

reserva natureza exuberante, muita neve, povo hospitaleiro

e para os sortudos tem ainda a aurora boreal.

A capital Helsinque é charmosa em todas as épocas

do ano, mas ganha um toque especial durante o inverno,

que inicia em meados de novembro e vai até abril. A

neve cai com vontade mesmo entre o final de dezembro

e início de março. Neste período os termômetros nunca,

jamais, registram temperaturas positivas. No verão a

média fica em 20°C.

Apesar de não ser um ponto superturístico, a capital

finlandesa tem de tudo, praia, rios, um belo porto, bares,

restaurantes e lugares para conhecer, além de um

povo muito educado. A cidade é extremamente segura.

Pode sair turistando sem medo. No inverno, rios e baias

vão estar congelados, uma visão e tanto. Vale conhe-

74

abril 2018

revistavoi.com.br


A aurora boreal é um fenômeno que ocorre no

norte da Finlândia, em uma área chamada Lapônia.

Essa região atrai muitos turistas em busca dessa

experiência

Neva muito de dezembro

a março. Neste período

os termômetros nunca

registram temperaturas

positivas. O mínimo que

pegamos por lá foi -27ºC

No inverno a neve toma conta de todos os

lugares. Rios e baias, por exemplo, vão estar

congelados, o que não deixa de ser bonito

Sauna na Finlândia é definitivamente uma

tradição. São cerca de 3 milhões espalhadas

por todo o país. Elas estão presentes em casas,

hotéis e até mesmo nas empresas

O país é excelente para abusar do consumo

do salmão, o de verdade mesmo, que

aparece em diferentes preparos

cer os prédios históricos - todos centenários - como os

da praça do Senado. Tem também o mercado central, o

Distrito do Design – para ver tendências em arquitetura

e moda – sem falar nos bares e pubs, agora eles podem

ficar abertos até as 4h (horas) da madrugada, uma novidade

que começou em fevereiro.

O país tem mais de 187 mil lagos e 179.584 ilhas. Por

isso, passeios de barco e os frutos do mar fazem muito

sucesso. Experimente um Tuorejuustolla täytetty lohi. Se

o finlandês não é seu forte, peça em inglês mesmo, um

salmão recheado com queijo e ervas, eles vão entender.

Ainda está com medinho do frio? A dica é frequentar

uma sauna, uma tradição local. Olha isso: existem 5,5

milhões de pessoas na Finlândia e mais de 3 milhões

de saunas. Toda casa, hotel e até mesmo empresas têm

abril 2018 75


VIAGEM

uma. Mas fica aqui a dica pra não dizer que foi pego de

calças curtas, culturalmente são ambientes frequentados

por homens e mulheres, todo mundo nu. Se for algo muito

fora do seu mundo, dá para cobrir suas partes com uma

toalha ou usar roupa de banho.

Para quem gosta de natureza, aqui vai mais um motivo

para fazer esta viagem. A Finlândia é do tamanho do

Estado de Goiás e é coberto por 22 milhões de hectares

de florestas, isto representa 75% do país todo. Entre os bichos

selvagens estão urso, coruja, lince, foca, águia, lobo

e até o wolverine que deu origem ao famoso personagem

da Marvel, no Brasil ele se chama glutão mesmo.

Já que quem está na neve é pra congelar – trocadilho

infame, perdoe – vale à pena conhecer a Lapônia, que

fica ao norte e é ainda mais frio que o resto da Finlândia.

Trata-se de um território que pertence também à Rússia,

Noruega e Suécia.

Fica na região do círculo polar ártico onde é possível

presenciar a aurora boreal. Infelizmente não tem como

cravar onde e quando vai ocorrer um dos mais belos fenômenos

da natureza. Mas vai que você está entre os premiados,

sem dúvida vai ser inesquecível.

É possível observar muitos animais em uma

road trip, como o urso marrom europeu

A capital finlandesa tem de tudo, praia, rios, um belo

porto, bares, restaurantes e lugares para conhecer,

além de um povo muito educado

O sistema de transporte público na

Finlândia é excelente. Nas principais

cidades é a melhor opção para turistar

76

abril 2018

revistavoi.com.br


A REVISTA PARA O

SÍNDICO MODERNO

E BEM INFORMADO

Mais informações:

www.revistacondominium.com.br

(41) 3333.1023


CULTURA

Música

Destaque

ANA CAÑAS

A cantora e compositora

paulistana encerra a turnê

Tô Na Vida, antes de lançar

o novo álbum no segundo

semestre. Entre os destaques

do show estão versões para

Tigresa, Eu Amo Você e Velha

Roupa Colorida.

Data: de 6 a 8 de abril

Local: Caixa Cultural Curitiba

(41) 2118-5111

CORAÇÃO

O novo espetáculo do Grupo Obragem

de Teatro é uma resposta lírica para as

angústias da realidade atual, originárias

do comportamento humano e das

manipulações políticas

Data: de 19 de abril a 6 de maio

Local: Espaço Obragem

(41) 3077-0293

Foto: Caroline Bittencourt

JORGE DREXLER

Um dos grandes nomes da

música latino-americana

desembarca em Curitiba para

show de lançamento do disco

Salvavidas de hielo. O artista

uruguaio utiliza um único

instrumento, o violão.

Data: 20 de abril

Local: Ópera de Arame

diskingressos.com.br

Foto: Elenize Dezgeniski

Foto: Lucia Mphoto

Teatro

LULU SANTOS

O rei do pop brasileiro está de

volta com a turnê Canta Lulu.

O show mostra o artista em

sua melhor forma: entoando

hits que marcaram – e

marcam até hoje – gerações.

Data: 27 de abril

Local: Teatro Guaíra

diskingressos.com.br

PINÓQUIO

As peripécias do famoso

boneco de madeira cujo

nariz cresce quando mente,

inspirada na clássica história

do escritor e jornalista

italiano Carlo Collodi, ganhou

releitura inédita nessa peça.

Data: 28 e 29 de abril

Local: Teatro Bom Jesus

diskingressos.com.br

Foto: Leo Aversa Foto: divulgação

COOLRITIBA

A segunda edição do festival

reúne música, arte, moda, e

dança em um só lugar. Entre

as atrações confirmadas estão

Anavitória, Sandy e Outro Eu,

Nação Zumbi com Black Alien,

Baiana System, Trombone de

Frutas, Scalene, Jenni Mosello

e Dingo Bells.

Data: 5 de maio

Local: Pedreira Paulo Leminski

coolritiba.art.br

ON ICE – MUNDO DA

IMAGINAÇÃO

O Circo Imperial da China

volta ao Brasil com a turnê

do mais novo espetáculo que

traz um desafio ainda maior:

acrobatas e bailarinos vão se

apresentar em uma pista de

gelo.

Data: de 14 a 17 de junho

Local: Teatro Positivo

(41) 3315-0808

Foto: divulgação Foto: divulgação

78

abril 2018

revistavoi.com.br


Foto: Daniel Castellano

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: Silvana Santos

Geral

SOMBRAS INVERSAS

Exposição de Faustino

Zardo em Curitiba do artista

Faustino Zardo, o conjunto

de obras expostas, em sua

maioria cerâmicas, resgata

uma pesquisa autoral. Suas

cerâmicas policromadas são

resultado de temperaturas

muito elevadas com curvas

térmicas longas.

Data: até 3 de junho

Local: Museu da Gravura

fundacaoculturaldecuritiba.

com.br

DE FOTOGRAFIA À

TACTOGRAPHY

Unindo o olhar único da

fotografia à tecnologia de

Tactography, uma espécie

de impressão em alto-relevo,

o artista brasileiro radicado

na Suíça Gabriel Bonfim

assina a exposição com uma

montagem especialmente

criada para os deficientes

visuais.

Data: até 10 de junho

Local: Museu da Fotografia

(41) 3321-3260

NARRATIVAS EM

PROCESSO: LIVROS DE

ARTISTA

A mostra reúne trabalhos

que expandem o conceito

e a forma de um objeto

mágico – o livro – para muito

além do que o público está

acostumado. A exposição

se propõe a investigar as

diferentes relações que

podem ser estabelecidas entre

objeto e artista.

Data: até 1 de julho

Local: Museu Oscar Niemeyer

(41) 3350 4400

UM OLHAR, UMA CURITIBA

Do fotógrafo Daniel

Castellano, a exposição é uma

homenagem ao aniversário

de 325 anos da capital do

Paraná, comemorado em

29 de março. Conta com 20

registros que Castellano fez de

Curitiba durante os mais de 12

anos de carreira. A entrada é

gratuita.

Data: longa duração

Local: Shopping Total Curitiba

(41) 3025-7000

Destaque

PORTINARI – A CONSTRUÇÃO DE UMA OBRA

Para quem ainda não viu, a exposição foi prorrogada

por mais um mês. É composta por esboços, desenhos

e estudos que revelam o processo criativo do artista,

além de oito esculturas de Sérgio Campos que

apresentam a tridimensionalidade da obra de Portinari.

Data: até 22 de abril

Local: Caixa Cultural Curitiba

(41) 2118-5111

Foto: divulgação

Pontos de venda

REVISTA

• Banca América - Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina com Cel. Francisco

H. dos Santos - 3267-2412 / 99905-5071

• Banca Batel - Av. Batel em frente ao Hospital Santa Cruz - 3244-5620

• Banca Bom Jesus - Rua Jaime Balão, 201 - Cabral - 3264-7662

• Banca do Condor Champagnat - Martim Afonso, 2800 - 3336-9817

• Banca do Palladium - Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium - 99209-1161

• Banca Espanha - Praça Espanha - 3225-1173

• Banca Leia Bem Pão de Açúcar - Av. República Argentina, 391 - Água Verde - 3024-6156

• Banca Paulina - Rua Presidente Farias esquina com Rua XV - 3324-7997

• Banca Praça do Japão - Praça do Japão - 3243-1475

• Bazar Cotegipe - Mercado Municipal - 3262-5011

• Brioche - Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê - 3342-7354

• Caiobanca - Av. Atlântica, 1200 - Caiobá/Matinhos - 3473-9228

• Curitiba Aqui Art e Café - Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato - Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel - 3343-0505

para assinatuRa, entre em contato

com nossa CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

pagamento em até 3 vezes sem juros

abril 2018 79


BLOGUEANDO

Por Kauany Santos

moda

Truques

de moda

Q

uando me perguntam quando comecei a gostar de moda, me lembro

de um conjuntinho de roupa de quando era criança. Naquela

época, já gostava de escolher os meus looks. Sempre tive a certeza

que amo muito esse mundo. Quando falo sobre moda, vejo que a

maior dificuldade das pessoas para montar um look diferente é não

saber por onde começar. Sei que muitas pessoas se acham básicas demais para

arriscar, inclusive eu. E aí, sempre dou a mesma dica: comece do básico e com

o que você tem. Basta pequenos truques para não ficar sem graça demais. E são

esses truques que procuro compartilhar com meus seguidores. Selecionei algumas

peças para apostar:

Óculos de sol: além da proteção é um ótimo aliado para parecer que o visual

foi pensado com antecedência. Você pode variar entre lente espelhada, para dar

um toque mais despojado e moderno, ou optar pelos grandes e com um estilo meio

retrô, se quiser um ar mais clássico e sofisticado. Faça o teste e veja qual te deixa

mais confiante e arrumada.

Jeans: eu sei que essa é uma peça clássica, mas também é chave! É aquela que

todo mundo tem no guarda-roupa, combina com praticamente 75% das roupas

e te proporciona conforto e estilo. Já testou usar o jeans com uma camiseta e um

blazer? E que tal apostar em um scarpin para completar a produção? E o mesmo

look pode ficar maravilhoso com tênis, para uma tarde de shopping ou passeios.

Sapatos sem salto: por falar em tênis, eles são a escolha certa para dar um ar

mais despojado. Acabou aquela velha história de que para estar bem arrumada

precisamos usar salto. Os sapatos sem salto vieram com tudo e podem te deixar tão

elegante quanto um salto 15. Se quiser apostar em uma peça certa para ser ainda

mais estilosa, escolha o mule!

Bolsas: sim, elas sempre foram, e sempre serão, o melhor complemento. Você

pode usá-las para deixar as produções diferentes ou também, escolher uma bolsa

clássica para compor um look despojado e criar uma mistura de estilos. Aposte e

abuse de bolsas, elas vão ser o seu melhor investimento!

Sobre Kauany

Entrou no mundo da internet com o

blog Matéria Feminina, um espaço que

surgiu para compartilhar dicas de

moda, beleza e tudo sobre o universo

feminino. Hoje o blog e o seu canal no

Youtube se tornaram a sua profissão.

Além de moda e beleza, divulga nas

redes sociais tudo sobre sua mudança

para Curitiba e lifestyle.

Blog: www.materiafeminina.com

Canal no Youtube:

www.youtube.com/materiafeminina

Instagram: @kaausantos

Fotos: divulgação

80

abril 2018

revistavoi.com.br


HISTÓRIAS

O inverno é logo ali

N

ina confere a placa, pergunta ao motorista

se a viagem é para ela, Nina, e entra

no Citroen C3. Ou o Uber parou e

o motorista, Pablo, perguntou se ela era

a Nina? Agora, o carro segue pela Clóvis

Beviláqua, a rua onde ela mora, no Cabral. Pablo

quer saber se Nina tem preferência por algum trajeto,

ela diz que não sabe, ele oferece bala, Nina recusa,

enquanto, no rádio, Ná Ozzetti canta Atlântida, da

Rita Lee.

A paisagem se transforma, o Cabral se torna Alto

da XV e daqui a pouco já é Centro. Nina sente o vento

do fim da manhã no rosto e, por alguns minutos,

esquece que seu quinto pododáctilo direito dói. A

arquiteta bateu o dedo mínimo do pé em uma cadeira,

em um canto da cama e em uma porta — em

sequência, no mesmo dia. Inchou, deve ter fraturado,

mas ela não foi ao hospital. Uma semana depois, bateu

novamente o mesmo dedo, a dor se intensificou e

ela, outra vez, não procurou serviço médico.

Passaram alguns anos e quando está quente o

menor dedo do pé direito da arquiteta não dói. Mas

desde a primeira fratura, o dedo — hoje talvez ainda

fraturado — é capaz de anunciar a chegada de uma

frente fria e do inverno. A sinalização se faz por meio

de dor e, agora, Nina sente o desconforto, apesar do

vento que entra pela janela do carro e toca seu rosto

— ela percebe que está em

uma rua do São Francisco e, no rádio, o Fábio Elias

canta Nunca Mais. Em 2015, Nina sentiu o início do

inverno ao observar um fim da tarde pela janela de

sua sala. Uma chuva forte marcou a mudança de estação

em 2016. Ano passado, ela caminhava por uma

rua do centro, o sinal para pedestres estava fechado

e, ao esperar, durante segundos, um vento gelado

atingiu Nina, seu dedo e ela perceberam que o frio

estava para chegar. Este ano, já vieram as águas de janeiro,

fevereiro e março, o inverno ainda está oficialmente

distante e, enfim, hoje o dedo do pé direito da

arquiteta dói, da mesma maneira e intensidade que

doeu na véspera do frio nos anos anteriores.

O Uber para devido ao sinal vermelho. Pablo pergunta

se Nina deseja que ele feche os vidros e ligue

o ar-condicionado, mas ela diz que não é necessário.

Em uma parede, está grafitado: “primeiro frio do ano/

fui feliz/ se não me engano”. Nina sorri com o haicai

do Paulo Leminski. Em uma estação de rádio, toca

uma versão que Luiz Melodia fez para Leros, leros e

boleros, do Sérgio Sampaio: Leros e leros/ Traga branco

o seu sorriso/ Em que rua/ Em que cidade/ Eu fui

mais feliz? O carro segue e, daqui a pouco, ela vai

chegar a seu destino — o inverno é logo ali.

Foto: divulgação

Por Marcio Renato dos Santos

Autor, entre outros títulos, dos livros de contos Minda-au (2010),

Outras dezessete noites (2017) e do recém-publicado A certeza

das coisas impossíveis. Nasceu e vive em Curitiba (PR)

82

abril 2018

revistavoi.com.br


A vida é cheia de momentos inesquecíveis

que não podem ser passados em branco.

Não importa qual seja o evento. No Torres Eventos será inesquecível.

• 1 Salão com capacidade para 2.800 convidados • 1 Salão com capacidade para 1.500 convidados

• Teatro com capacidade para 731 convidados • Buffet exclusivo • Chef de Cuisine da casa • Cardápio requintado

• Projetos personalizados • Consultoria completa • Organização • Foto e vídeo

41 3045.6999 espacotorres.com.br


@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

A loja toda em até 10x sem juros, com parcela mínima de R$ 99,90

PARKSHOPPING BARIGUI | SHOPPING PALLADIUM PONTA GROSSA | RUA ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

More magazines by this user
Similar magazines