Revista Igreja Viva Edição Junho 2018

webpan

Revista Igreja Viva Edição Junho 2018 - Publicação Igreja Nossa Senhora de Fátima - Santo André - SP

IGREJA VIVA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - VILA CURUÇÁ - SANTO ANDRÉ

ANO O9- EDIÇÃO 72 JUNHO/2018

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus

Eu (o seu nome), dou e consagro ao Sagrado Coração de Nosso Senhor Jesus

Cristo a minha pessoa e minha vida, minhas ações, penas e dores, não

querendo servir-me de parte alguma de meu ser, senão para O honrar,

amar e glorificar.

É esta a minha vontade irrevogável: pertencer-Lhe e fazer tudo por

Seu amor, renunciando completamente ao que não for do Seu agrado.

Eu vos tomo, pois, ó Sagrado Coração, por único objeto do meu

amor, protetor de minha vida, segurança de minha salvação,

remédio de minha fragilidade e inconstância, reparador de

todos os meus defeitos e asilo seguro na hora da morte.

Sede, ó Coração de bondade, minha justificação para com

Deus Vosso Pai, e afastai de mim os castigos de Sua justa

cólera. Ó Coração de amor, ponho em Vós toda a minha

confiança, pois tudo receio de minha fraqueza, mas tudo

espero da Vossa bondade.

Destruí em mim tudo o que Vos possa desagradar ou resistir.

Que o Vosso puro amor se grave tão profundamente

no meu coração, que eu não possa jamais esquecer-me

nem separar-me de Vós.

Suplico-Vos também, por vossa suma bondade, que o

meu nome seja escrito em Vós, pois eu quero fazer

consistir toda a minha felicidade e minha glória

em viver e morrer convosco na qualidade de

Vosso escravo. Amém.

(composta por Santa Margarida Maria Alacoque)

Veja a matéria na

página 05

DIA 08 DE JUNHO, SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS.

Santa Missa Solene, com a Bênção do Santíssimo Sacramento, às 19h30, na Matriz Nossa Senhora de Fátima.

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


PALAVRA DO PÁROCO

JESUS MANSO E HUMILDE DE

CORAÇÃO, FAZEI O NOSSO CORAÇÃO

SEMELHANTE AO VOSSO!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado! Irmãos

e irmãs, estamos iniciando o mês de junho, dedicado ao Coração de Jesus e

de Maria. Somos convidados a refletir e meditar sobre a grandeza do Coração de

Jesus, para aprender com Ele o amor, o perdão, a misericórdia, a compaixão e a

bondade. É preciso esvaziar nosso coração de todas as realidades de raiva, ódio

ressentimento, etc., e nos enchermos do amor de Jesus. Temos dificuldades para

isso, mas aproveitemos este mês para nos abrirmos à espiritualidade do Coração

de Jesus e nos deixarmos ser transformados, pois, se tivermos um coração tal

como o dEle, tudo será diferente.

Neste mês, celebramos também quatro grandes santos: Santo Antonio, São João, São Pedro e São Paulo. Todos

eles transmitem grandes mensagens. Santo Antonio nos ensina a necessidade de pregar o Evangelho e de defender

a família; São João, o Precursor, que pregou os caminhos do Senhor, nos exorta a endireitar as veredas, ou seja,

endireitar nossas vidas para o Senhor; São Pedro, o primeiro Papa, nos ensina o zelo pela Igreja; e São Paulo,

homem corajoso, nos ensina a necessidade da pregação e da missão. Como eles, sejamos impulsionados a uma vida

santa, de doação e entrega por amor ao Evangelho e à Igreja. Não deixemos também de rezar pelo Papa, pois, no dia

da festa de São Pedro, comemoramos o Dia do Papa. Em toda a Igreja, acontece nesse dia o Óbolo de São Pedro,

coleta que é enviada ao Papa, que, por sua vez, a encaminha para as necessidades que julgar importante. Neste ano,

a Solenidade de São Pedro e São Paulo será no dia 02 de julho.

Quero lembrar que junho é o Mês do Dízimo. Aproveitemos este mês para refletir sobre a sua importância

e, ainda, como está o nosso compromisso com a entrega do dízimo para a paróquia. Lembrando que o dízimo é

“uma contribuição voluntária, regular, periódica e proporcional aos rendimentos recebidos, que todo batizado deve

assumir como obrigação pessoal – mas também como direito – em relação à manutenção da vida da Igreja, local

onde vive sua fé. O dízimo é uma forma concreta de manifestar a fé em Deus providente, um modo de viver a

esperança em Seu Reino de vida e justiça, um jeito de praticar a caridade na vida em comunidade. É ato de fé, de

esperança e de caridade. Pelo dízimo, podemos viver essas três importantes virtudes cristãs, chamadas de virtudes

teologais, porque nos aproximam diretamente de Deus. O dízimo é compromisso de cada cristão. É uma forma de

devolver a Deus, num ato de agradecimento, uma parte daquilo que se recebe. Representa a aceitação consciente do

dom de Deus e a disposição fiel de colaborar com Seu projeto de felicidade para todos. Dízimo é agradecimento e

partilha, já que tudo o que temos e recebemos vem de Deus e pertence a Deus” (Fonte: Canção Nova).

Quero destacar os eventos deste mês, para que você participe com sua família e seus amigos. Iniciaremos o

mês de junho ainda com nossa quermesse; 10/06, às 15h00, Santa Filomena; Tríduo de Santo Antônio, 10/06 às

18h00, 11/06 às 15h00 e 12/06 às 19h30; 13/06, dia de Santo Antônio – Santa Missa, com a Bênção dos pães, às

09h00, na Capela São Miguel Arcanjo, e às 15h00 e 19h30, na Matriz Nossa Senhora de Fátima; 16/06, às 15h00,

celebraremos a Renovação dos membros do Apostolado da Oração; Festa de São João, dia 24/06.

Peço a intercessão de Nossa Senhora de Fátima e também dos Santos Antonio, João Batista, Pedro e Paulo por

todos. Muita saúde, paz, alegria, prosperidade, e aprendamos do “Coração de Jesus, cheio de bondade e de amor”.

Tenham todos a minha bênção.

Pe. Vanderlei Ribeiro - Pároco

2

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

E-mail: fatima@diocesesa.org.br - www.fatimasantoandre.com.br

Praça do Cruzeiro, nº 420 - Vl. Curuçá - Santo André - SP - Tel. 4479-0899

Horário de Atendimento da Secretaria :

Segunda-feira: 13h00 às 17h00

Terça-feira e Domingo: não há atendimento

Quarta, Quinta e Sexta-feira: 08h30 às 11h00 e 13h00 às

17h00 Sábado: 08h30 às 11h00.

Obs.: Durante a semana, a Matriz Nossa Senhora de Fátima

fica aberta para o público no mesmo horário da secretaria.

EXPEDIENTE:

Publicação Mensal da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. - DIREÇÃO:

Padre Vanderlei Ribeiro. COORDENAÇÃO: Roberto Nóbrega. JORNALISTA

RESPONSÁVEL: Camila Oliveira (MTB 46262.004376/09-05). CONSELHO

EDITORIAL – PASCOM PAROQUIAL: Camila Oliveira, Cristina Lourenço,

Roberta Jitahi, Taís Vargas, Eva Casagrande, Roberto Nóbrega, Mayara Godói,

Salma Elias Martins Garro, Maria Antônia Alves Pinto, Paula Leme, Lucy de Holanda

e Murilo Climaco. REVISÃO: Camila Oliveira. PROJETO GRÁFICO:

Douglas Marques. DIAGRAMAÇÃO: Emerson Manganotti, Eleni Manganotti

e Paula Leme. FOTOS: Pascom. CRIAÇÃO DE ANÚNCIOS: Gilberto Tadeu

Salvador. CAPTAÇÃO DE RECURSOS: Márcia Nieblas. Igreja Viva é

uma publicação com distribuição gratuita. TIRAGEM: 5000 exemplares.

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


ACONTECE

TRÍDUO E FESTA

DE SANTO ANTÔNIO

TRÍDUO DE SANTO ANTÔNIO

DIAS 10/06 ÀS 18H00, 11/06

ÀS 15H00 E 12/06 ÀS 19H30

SANTA MISSA EM LOUVOR A

SANTO ANTÔNIO – DIA 13/06

NA CAPELA SÃO MIGUEL ARCANJO ÀS 09H00,

NA MATRIZ NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ÀS 15H00 E 19H30

Quarta-Feira (19h30)

Dias: 30/05; 06/06; 13/06; 20/06; 27/06;

04/07; 11/07; 18/07; 25/07.

Sexta-Feira (19h30)

Dias 01/06; 08/06; 15/06; 22/06; 29/06;

06/07; 13/07; 20/07; 27/07.

Segunda-Feira (15h00)

Dias: 04/06; 11/06; 18/06; 25/06;

02/07; 09/07; 16/07; 23/07; 30/07.

3

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


SOU DIZIMISTA

OS FUNDAMENTOS

BÍBLICOS DO DÍZIMO

“A decisão de contribuir com o dízimo nasce de um coração

agradecido por ter encontrado o Deus da vida e experimentado

a beleza de sua presença amorosa no dia a dia”

ACONTECE

Nos Profetas, o dízimo passava a ser visto sob

outro prisma. Amós condena o culto sem o

arrependimento e a conversão, e a oferta de sacrifícios e

dízimos descompromissados. Opõe-se às peregrinações

ao santuário por estarem desprovidas de um

comprometimento integral com a vida e com a justiça.

O profeta Malaquias, por sua vez, recorda ao povo

o tema da fidelidade à Aliança com Deus e o convoca

à conversão. Pois, o povo começa a desonrar o Senhor

em seus pensamentos, nos sacrifícios e oferendas, nas

palavras e, em consequência, oferecem ao altar do Senhor

animais impuros, cegos, coxos, enfermos e se tornam

infiéis aos dízimos e às ofertas.

Em síntese, os profetas releem o preceito do dízimo sob

um prisma mais profundo: o da fidelidade à Aliança. Por

isso, o dízimo não pode ser esquecido, mas, sobretudo, não

pode cair no formalismo cultural sem a interioridade de que

necessita estar revestido.

Referência: Documento da CNBB 106

Priscila Ferrari - Pastoral do Dízimo

FESTA DE

SÃO JOÃO BATISTA

NO DIA 22/06, ÀS 14H00, SORTEIO DE UM KIT COPA DO MUNDO.

TODOS OS QUE FIZEREM COMPRAS CONCORRERÃO.

24 DE JUNHO (DOMINGO) FESTEJANDO

ESPECIALMENTE O DIA DE SÃO JOÃO

A PARTIR DAS 18H00, NO SALÃO PAROQUIAL

4

Já temos um motivo para nos divertir

com a família e os amigos, ouvir música,

brincar e provar alimentos e bebidas

típicos de festa junina!

São João, São João,

acende a fogueira no meu coração!

Haverá dança de quadrilha das crianças e

das pastorais. Venha festejar conosco!

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


CAPA

Sagrado Coração

de Jesus

Manifestação visível do amor de Deus

espiritualidade do Coração de Jesus se manifestou já no início da

A Igreja, mas foi no século XVII que esta devoção obteve um grande

impulso, espalhando-se pelo mundo inteiro. Em 1673, Jesus revelou

à Santa Margarida Maria Alacoque a imagem do Seu Coração fora do

peito, inflamado de amor por toda a humanidade, mas também ferido,

coroado de espinhos.

O Coração humano e divino de Jesus pulsou de amor desde o momento

em que a Virgem Maria pronunciou o seu “sim”. Um amor tão

puro e intenso que O levou ao “escândalo” e à ”loucura (1Cor 1,23) de se

oferecer em sacrifício para a nossa salvação. E, no Céu, o Sacratíssimo

Coração de Nosso Senhor “nunca deixou nem deixará de palpitar com

irrevogável, imperturbável e plácida pulsação”, já que a aliança que firmou

com Sua Igreja é irrevogável e o Seu amor para com ela é eterno:

“Esta é a aliança que farei com a casa de Israel a partir daquele dia – oráculo

do Senhor – colocarei a minha lei no seu coração, vou gravá-la em

seu coração; serei o Deus deles, e eles, o meu povo” (Jr 31,33) (Carta

Encíclica Haurietis Aquas, Papa Pio XII).

Deus Se fez homem e nos amou com amor infinito num coração humano.

Um Deus que ama com amor humano nos dá a esperança de também

podermos amá-lO verdadeiramente, com o auxílio de Sua graça. E é

o que o amor sem fim de Deus por todo o gênero humano espera de nós:

ser acolhido e correspondido.

Tributar um culto de amor e devoção ao Sagrado Coração de Jesus

significa, sobretudo, render graças ao Filho de Deus que, ao longo de

toda a Sua missão redentora, sentiu arder o coração de amor por nós. O

que vemos, no entanto, é desprezo e indiferença, já na época de Sua Paixão e ainda mais nestes tempos em que

o amor divino é tão esquecido e ofendido.

Por isso, o apelo de Jesus feito a Santa Margarida Maria: “Eis este coração que tanto tem amado os homens.

Não recebo da maior parte senão ingratidões, desprezos, ultrajes, sacrilégios, indiferenças…

Eis que te peço que a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento (Corpo de Cristo)

seja dedicada a uma festa especial para honrar o Meu coração, comungando neste dia e dando-lhe a devida

reparação por meio de um ato de desagravo, para reparar as indignidades que recebeu durante o tempo em

que esteve exposto sobre os altares.

E prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino

Amor sobre os que tributem esta divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada”.

Como cristãos católicos, não só podemos como devemos adorar o Sagrado Coração de Jesus, tão ofendido

pela ingratidão dos homens, e, repetindo o gesto de São João, o discípulo amado, que encostou a cabeça no

peito de Jesus durante a última ceia (Jo 13,23), deixar-nos repousar no Coração do Senhor.

Assim como no ato de Consagração ao Coração de Jesus, entreguemos ao Senhor tudo o que somos e

possuímos! Que o Seu puro Amor Se grave tão profundamente em nosso coração, que não possamos jamais

nos esquecer nem nos separar dEle! Recorrendo sempre ao Imaculado Coração de Maria que, como serva do

Senhor, se consagrou totalmente à pessoa e à missão do Seu Filho.

SANTA MISSA SOLENE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, COM A BÊNÇÃO DO

SANTÍSSIMO SACRAMENTO – DIA 08 DE JUNHO, ÀS 19H30, NA MATRIZ NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

RENOVAÇÃO DOS MEMBROS DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO

12x14

Referências: vatican.va // padrepauloricardo.org.br

Cristina Lourenço – Pascom

DIA 16 DE JUNHO, ÀS 15H00, NA MATRIZ NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

SANTA MISSA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS – TODA PRIMEIRA SEXTA-FEIRA DO MÊS, ÁS 09H00,

NA CAPELA SÃO MIGUEL ARCANJO, E, ÀS 15H00, NA MATRIZ NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

5

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


MOMENTO MARIANO

DEVOÇÃO AO

IMACULADO CORAÇÃO

DE MARIA

lha, minha filha, o meu Coração cercado de

“Oespinhos, que os homens ingratos a todos os

momentos me cravam com blasfêmias e ingratidões.

Tu, ao menos, vê de me consolar, e dize que todos

aqueles que, durante cinco meses, no primeiro sábado,

confessarem-se, recebendo a Sagrada Comunhão,

rezarem um Terço, e me fizerem quinze minutos de

companhia, meditando nos quinze mistérios do Rosário,

com o fim de me desagravar, Eu prometo assistir-lhes,

na hora da morte com todas as graças necessárias para

a salvação dessas almas”.

São estas as palavras proferidas pela Virgem

Santíssima à postulante Lúcia, sete anos após as suas

aparições em Fátima, ensinando a devoção reparadora

de seu Imaculado Coração. Em 1917, os pequenos

pastores - Lúcia, Francisco e Jacinta - tiveram uma

experiência mística extraordinária, quando Nossa

Senhora lhes confidenciou o desejo de Jesus em

estabelecer no mundo a devoção ao seu Imaculado Coração, visando a salvação das almas dos pecadores.

Convém salientar que a referida devoção encontra suas raízes nas Sagradas Escrituras: “Maria conservava todas estas

palavras, meditando-as no seu coração” (Lc 2,19). Irmã Lúcia - a mais velha dos pequenos pastores – a quem foi dada

a graça da aplicação e ensinamento desta devoção, esclareceu sobre sua eficácia: “Os Santíssimos Corações de Jesus e

Maria amam e desejam este culto ao Imaculado Coração de Maria, porque dele se servem para atrair todas as almas a eles,

e isso é tudo o que desejam: salvar as almas, muitas almas, todas as almas”.

E não é só. O próprio Jesus Cristo lhe disse: “Desejo ardentemente a propagação do culto e da devoção ao Coração de

Maria, porque este Coração é o ímã que atrai as almas para mim, a fornalha que irradia na terra os raios de minha luz e de

meu amor, fonte inesgotável de onde brota na terra a água viva de minha misericórdia”.

Roguemos à Santa Mãe de Deus, as boas disposições de nossa alma para a prática desta devoção reparadora.

Imaculado Coração de Maria, sede nossa salvação!

Referência: formacao.cancaonova.com

Maria Antônia Alves Pinto - Pascom

6

Paróquia Nossa Senhora de Fátima


Paróquia Nossa Senhora de Fátima

7


SURDEZ !

NÓS TEMOS A SOLUÇÃO

APARELHOS AUDITIVOS DIGITAIS COM O MENOR PREÇO

Faça uma avaliação gratuita sem compromisso

MANUTENÇÃO

BATERIAS

ACESSÓRIOS

Rua Campos Sales, 100 sala 31 - Centro - Santo André

Fone: 4436-7078 / 4432-0329

VISITE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

More magazines by this user
Similar magazines