20.06.2018 Views

Revista VOi 153

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

cartã0

postal

diversão

na capital,

região e

Santa

Catarina

#viagem

Morro

do Gavião

Um paraíso escondido

no interior do Paraná

Fernando

Badauí

Moda

#LoveStory

No Dia dos Namorados

o amor invade as

páginas da revista

De tirar

o fôlego

Curitiba muito bem

representada no

mergulho livre

O sucesso tem que chegar por

conta de algo que fez por amor


sumário

Moda

Além da música

24

Entrevista

Fernando

Badauí

06 Editorial

A hora de mudar

08 Cartas

10 Bastidores

12 Notas

18 Moda

Além da música

30 Beleza

Mulher Moderna

38 Transformação

Sempre na moda

42 Coluna

Provopar

44 Coluna

Joias eu uso

por Tufy Karam Geara

46 Coluna

Eventos by Mônica Gulin

40

Vitrine

48 Conceito

Love is in the air...

56 Click

58 Caderno Gastronômico

60 Esporte

De tirar o fôlego

64 Viagem

O paraíso é logo ali

68 Cultura

70 Cartão Postal

72 Blogueando

Quebrando tabus

74 Histórias

Curitiba como ela é

04

junho 2018

revistavoi.com.br


CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

PARKSHOPPING BARIGUI | SHOPPING PALLADIUM PONTA GROSSA | RUA ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

editorial

A hora

de mudar

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

A loja toda em até 10x sem juros, com parcela mínima de R$ 99,90

25 ANOS

COM

MONALISA SPANIOL

www.revistavoi.com.br JUNHO 2018

cartã0

postal

diversão

na capital,

região e

Santa

Catarina

#viagem

Morro

do Gavião

Um paraíso escondido

no interior do Paraná

Fernando

Badauí

O sucesso tem que chegar por

conta de algo que fez por amor

Moda

#LoveStory

No Dia dos Namorados

o amor invade as

páginas da revista

De tirar

o fôlego

Curitiba muito bem

representada no

mergulho livre

O músico e empresário Fernando Badauí

estampa a capa desta edição. Ele foi

clicado por Rene Ernst no gastropub Cão

Véio com produção de Katia Oliveira

I

mpossível passar batido ao quase colapso de 11 dias em que a sociedade viveu com a greve

dos caminhoneiros. Diferentes pontos vieram à tona de naturezas totalmente distintas:

Blazer

(TJ2578210001)

7X

políticos,

R$ 99,99

sociais e porque não pessoais.

Vestido

(TV837922943)

7x R$ 99,99

Primeiramente, ficou claro que passou da hora de criarmos alternativas ao transporte

Peep Toe

(5407049001C)

3x R$

rodoviário.

116,63

Não apenas para não sermos reféns em caso de uma próxima greve – que alias

é um direito constitucional de toda classe trabalhadora – mas para seguirmos o exemplo dos países

desenvolvidos que transportam muito de suas necessidades pelos trilhos do trem.

Esses dias também nos mostrou como muitas vezes

não damos o devido valor ao alimento que chega ao

nosso prato. Quanto desperdício deixamos acontecer e

Teremos a chance

de provar que o povo

brasileiro é unido,

e que todos juntos

conseguiremos em

outubro lutar por um

bem maior: melhorar

o nosso país

quantas pessoas poderiam ser alimentadas apenas com

o que é jogado fora. Ir ao supermercado e não encontrar

itens tão simples como um pé de alface ou um peito de

frango, ao mesmo tempo em que produtores estavam

tendo que sacrificar seus animais por falta de ração.

Que caos!

A greve também escancarou o quanto somos

egoístas, às vezes sem perceber. Os estoques de

Carmen Steffens botijões de gás, as filas intermináveis nos postos de

combustíveis – sem contar os preços exorbitantes

praticados por alguns donos de postos –, carrinhos

cheios no supermercado de itens que talvez nem

fossem lá tão necessários. Esse cenário me lembrou

um dos meus seriados favoritos, o The Walking Dead, que trata sobre um mundo apocalíptico

dominado por zumbis, mas que tem como principais vilões os seres humanos.

Em relação à política faltam palavras para mostrar o descontentamento. Tanto àqueles

que ergueram a bandeira da intervenção militar ofendendo profundamente nossa democracia

conquistada a sangue e sofrimento, quanto a corja que está instalada pelos quatro

cantos de nosso pobre país.

Parte da sociedade foi empática aos caminhoneiros, enquanto outros acreditaram que

foi uma briga por causa própria, como é em toda greve, afinal. Seja como for, uma das lições

que fica é que assim como os caminhoneiros se mostraram uma classe unida capaz de parar o

funcionamento de um país, teremos a chance de provar que o povo brasileiro também é, e que

todos juntos conseguiremos em outubro lutar por um bem maior: melhorar o nosso país.

Larissa Angeli

Jornalista da Revista VOi

06

junho 2018

revistavoi.com.br


Slim Persianas é uma fábrica referência

em qualidade e modernidade que combina

perfeitamente com seu ambiente

e estilo de vida.

Conheça nossos produtos em

www.slimpersianas.com.br

e encontre uma revenda mais próxima.

Rua Cezinando Dias Paredes, 342 - CEP 81730-090 - Boqueirão

(41) 3085.1700 - Curitiba/PR | vendas@slimpersianas.com.br P ro t ege e dec o ra


cartas

Edição de

Maio 2018

Suzana Alves

www.revistavoi.com.br maio 2018

Animal

free

O estilo

de vida

vegano

#viagem

piratuba

Nostalgia a bordo

do Trem das Termas

Suzana

Alves

A Tiazinha estava me sufocando, precisava

me libertar. Foi a melhor decisão da minha vida

Test ride

Uma aventura

de scooter pela

América do Sul

Adeus

moleza

Nada de papo furado

no treino de alta

intensidade

Muito legal a iniciativa da

Revista VOi em fazer uma

matéria sobre o estilo de

vida vegano. Fico muito

feliz em ver o veganismo

se tornando cada vez

mais compreendido e

respeitado.

Paula Gaio,

Curitiba (PR)

Revista VOi, vocês são extraordinários.

Joana Brito, Curitiba (PR)

Obrigada Revista VOi pelo convite de

participar da reportagem de Dia das Mães.

Adorei!

Vania Dalmaz, Curitiba (PR)

A Revista está a cada edição melhor.

Continuem com essas fotos maravilhosas.

Paulo Ruiz, Curitiba (PR)

Parabéns pela reportagem sobre

veganismo. Mesmo não sendo adepta a

este estilo de vida admiro quem fez essa

opção.

Marília Moraes, Curitiba (PR)

Amei minha capa na

Revista VOi!

Suzana Alves,

São Paulo (SP)

follow us:

No Instagram e no Facebook da VOi você confere a cobertura dos

principais eventos e fica por dentro do que estará na próxima edição

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Instagran - @revistavoi

08

junho 2018

revistavoi.com.br


Rua Fernando Simas , 221 - Bigorrilho - Curitiba

Estacionamento conveniado no local

www.batelsoho.com

(041) 3014. 0947

(041) 99216.7646


expediente

bastidores

Ano XV • Edição n.º 153 • Junho 2018

Year XV • Edition n.º 153 • June 2018

Foto: Rene Ernst

A Revista VOi é uma publicação da JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

CAPA

Momento de descontração durante a produção do editorial de capa

desta edição. Na foto, a produtora da VOi, Katia Oliveira, com

Fernando Badauí, vocalista do CPM 22 e sócio da marca Cão Véio

JOTA EDITORA

Diretores

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Larissa Angeli

jornalismo@revistavoi.com.br

Foto: Daniel Assal

VISITA

Marcamos presença no pré-lançamento da Casa Cor Paraná 2018

que contou com uma jantar beneficente promovido pela Associação

Independente e Laica dos Amigos do Hospital Evangélico de Curitiba.

Na foto, Dr. Eliseu Portugal, presidente da Associação, Larissa Angeli,

repórter da VOi, Carlise Kwiatkowski, presidente do Provopar e Rafael

Macedo, editor da VOi

Projeto Gráfico

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores

Fotógrafos: Marcos Mancinni e Rosangela Bini

Depto. Comercial

Cezar Eduardo Oliveira

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas

Mônica Gulin

Tufy Geara

Depto. de Assinaturas

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Foto: Pedro Paulo Cunha

ALTO MAR

No Esporte desta edição falamos do mergulho livre, ou apneia.

Conversamos com a curitibana Carolina Schrappe, que compete há

11 anos e conquistou neste tempo 14 recordes sul-americanos

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a

turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos

emitidos em artigos e colunas assinadas, por serem de responsabilidade de seus autores. A

utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi

também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains

and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained

in the articles and columns signed by others. These are the exclusive responsibility of their

authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as

the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part of

any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands

that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

10

junho 2018

revistavoi.com.br


Há mais de 20 anos sendo

REFERÊNCIA em TENDÊNCIAS,

BELEZA e GLAMOUR

Rua Lamenha Lins 1623, Rebouças

Telefone: (41) 3332.7078


NOTAS

Presença

na capital

A inauguração do gastrobar Cão Véio contou

com a presença do chef Henrique Fogaça, do

músico Fernando Badauí (capa desta edição)

e do empresário Marcos Kichimoto, sócios da

marca. Aproveitamos a ocasião para entregar

ao chef Fogaça a edição da Revista VOi que

ele foi capa.

O chef Henrique Fogaça com a

repórter da VOi, Larissa Angeli

Fogaça com a edição da

VOi na qual foi capa

Fotos: divulgação

Foto: divulgação

Espaço

de beleza

Tem novidade na parte de beleza e estética do Shopping

Crystal o Atelliê Beauté Art, nova marca do grupo Lady&Lord.

O espaço proporciona aos seus profissionais

locais individualizados para que cada artista possa criar e

desenvolver seu trabalho com conforto e profissionalismo,

garantindo assim uma experiência nova aos clientes. Entre

as maquiadoras do salão está a profissional Paula Algomes,

também referência em micropigmentação de sobrancelhas,

que assina o make da Transformação desta edição.

Foto: Rene Ernst

Livro

inspiração

A musa fitness Bella Faconi – capa da VOi de fevereiro

– lançou recentemente o livro Quem Tocou a Minha

Vida. A obra marca uma nova fase na vida de Bella –

mais profunda e espiritual – e foi escrita com base em

suas próprias vivências, e na sua visão como formadora

de opinião e, principalmente, com o feedback que as

pessoas lhe enviam. A influencer tem 3,5 milhões de seguidores

no instagram, e mais meio milhão no facebook.

Bella é mãe de Victoria e está grávida de sua segunda

filha, Stella.

12

junho 2018

revistavoi.com.br


Obras

de arte

A artista plástica Venilda Bernard abriu a exposição

Caminhos da Areia na loja Attraktiva Prime com um

vernissage em meados de maio. As obras complementam

a decoração da loja e estão à disposição para

compra até 23 de junho. A pintora aplica em suas

obras técnicas variadas, entre elas tinta acrílica, aquarela,

resinas, texturas e tecidos. A exposição tem apoio

da Attraktiva Prime e Mitra Molduras.

Foto: Gerson Lima

Um lar

para eles

Foto: divulgação

A Parada Pet já tem data marcada para 2018.

O evento acontece em junho, nos dias 22, 23 e

24, no Parcão, no Museu Oscar Niemeyer. Esse

é um evento para a família toda e os animais

de estimação. Serão dois concursos pré-evento

promovidos nas redes sociais: Carinha de um focinho

do outro e o Cão e Gato mais bonitos.

A meta desta edição é encontrar um lar para

pelo menos 100 pets abandonados que

buscam uma família.

Festa de

São Pedro

De 20 de junho a 1 de julho acontece em Matinhos

(PR) a 74 a Festa de São Pedro na Paróquia

São Pedro de Apóstolo. A programação inclui

novenas, sorteios e shows com a Banda Supremo,

PH na Estrada, Estância Divina, João Paulo e

Tairine, Daniel Alves, Álvaro e Daniel e Samba e

Canção. Todos os dias terá churrasco, espetinho,

tainha, pinhão, quentão e o tradicional bingo.

Foto: divulgação

junho 2018 13


NOTAS

Culinária

estadual

Marcamos presença na festa de lançamento da 13ª edição

do Festival Brasil Sabor, promovido pela Abrasel-PR

(Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). De 17 de

maio a 10 de junho os paranaenses desfrutam em 42 estabelecimentos

de Curitiba, Pinhais, Londrina, Castro e Foz

do Iguaçu receitas exclusivas elaboradas especialmente

para o evento. O público vai votar para decidir se o prato

deve ou não integrar o cardápio do restaurante.

Larissa Angeli, repórter da Revista VOi, Ester Athanásio, assessora de

imprensa do Festival, e Jilcy Mara Joly Rink, presidente da Abrasel-PR

Foto: Antônio More

Foto: Fabiano Mendes

União

de fiéis

A Marcha para Jesus reuniu milhares de fiéis no Centro

Cívico em Curitiba no mês de maio. Essa foi a 24ª edição

do evento que levou integrantes de 150 denominações,

entre igrejas e comunidades evangélicas da capital e

região metropolitana ao centro da cidade. Esse é um

dos maiores eventos religiosos do Estado que recebeu

no decorrer do dia 200 mil fiéis. Entre as bandas que se

apresentaram e foram destaque, estava a gospel Senhor

da Guerra (foto).

Foto: Rodrigo Trevisan

Beleza

máxima

A amazonense Mayara Dias quebrou o jejum de 61 anos

do Estado de Amazonas sem ganhar o concurso e foi

eleita Miss Brasil 2018. A jornalista, de 26 anos, agora se

prepara para representar o país no Miss Universo. A 2ª

colocada foi Maria Isabel, representante da Bahia e a 3ª

colocada Teresa Santos, Miss Ceará.

14

junho 2018

revistavoi.com.br


Banquete

italiano

Uma combinação entre as delícias da gastronomia

italiana com o sabor da carne nobre. Assim é a Casa

Di Piero, em Florianópolis (SC), comandada por Ney

Fagundes. Localizado na Rodovia SC 401 – antes

do trevo de Jurerê – o lugar oferece um verdadeiro

festival gastronômico em um ambiente incrível. Um

banquete que vale a pena ser degustado.

Foto: Isis Lacombe

México

é aqui

Foto: divulgação

Tem novidade da rede Zapata La Taquería. O

restaurante está presente agora no Shopping Palladium.

Famoso por trabalhar um novo conceito

da comida típica do México com pratos rápidos e

customizáveis, o Zapata oferece nachos, burritos,

tacos, quesadillas e saladas. São mais de 20 opções

de recheios e seis opções de proteínas para

os clientes escolherem suas preferências.

A nova unidade fica na praça de

alimentação do shopping.

Jantar

romântico

Para celebrar a data mais romântica do ano em

grande estilo, o chef Dyogo Prado, do Bobardí, preparou

dois menus exclusivos compostos por entrada,

prato principal e sobremesa, os cardápios terão dois

valores distintos - R$ 149 e R$ 179 por pessoa. “Da entrada à sobremesa, selecionamos

pratos com o melhor da gastronomia internacional, que devem agradar

muito os casais e proporcionar uma grande noite à dois”, revela o chef. Além disso,

o jantar ainda vai contar com música acústica ao vivo, ao som de jazz e bossa

nova.

Foto: Gerson Lima

Foto: Gerson Lima

junho 2018 15


NOTAS

Churrasco

e futebol

Tem combinação melhor para curtir a Copa do Mundo? No domingo

– 17 de junho – dia do primeiro jogo do Brasil, na qual a

seleção enfrenta a Suíça, ocorre a segunda edição do BBQ Fest, no

Clube Três Marias. A festa começa às 10h e vai até às 21h. A entrada

antecipada dá direito ao copo oficial. Os vegetarianos também

estão convidados, pois haverá opções entre os quiosques participantes.

Os torcedores poderão assistir ao jogo, que começa as 15h,

em um telão de Led 230.”

Foto: divulgação

Alta

Ensino

A Ufpr (Universidade Federal do

Paraná) é a única instituição do Estado

classificada entre as melhores

universidades do mundo segundo

o Center For World University

Ranking. Em todo o Brasil apenas

20 instituições de ensino superior

foram incluídas no ranking.

Foto: Revista VOi

Festival

de Inverno

Baixas temperaturas também são sinônimo de programação

cultural variada e gastronomia de primeira. A Rede

Empresarial do Centro Histórico confirmou a sexta edição

do Festival de Inverno da região. De 19 a 29 de julho

os curitibanos terão uma programação recheada de cultura,

música, descontos e comidinhas deliciosas que vão

esquentar todos. As atividades acontecem em espaços

públicos e também nos estabelecimentos associados.

Baixa

Movimento

Embora se solidarizem com os

caminhoneiros, os proprietários de

restaurantes associados da Abrasel-

-PR sentiram os impactos da greve

e registraram queda de 50% no

movimento durante a semana da

paralisação. No fim de semana a

redução foi de 70% em alguns estabelecimentos.

16

junho 2018

revistavoi.com.br


GRAMARSUL

MÁRMORES E GRANITOS

Toda obra de arte merece uma assinatura

Rua Maestro Carlos Frank, 336 - Curitiba | FONE: (41) 3286-1289

www.gramarsul.com


moda

Além da

música

Fernando Badauí,

vocalista do CPM 22,

revela outras facetas:

seu lado empresário e

sua paixão pela luta

Ficha técnica

Fotografia: Rene Ernst

rene_ernst

ernstphotography.com.br

Produção: Katia Oliveira

katiapersonalstylist

katiapersonalstylist.com.br

Locação: Cão Véio - Curitiba (PR)

caoveio.com.br

caoveio

Roupas: acervo

18

junho 2018

revistavoi.com.br


junho 2018 19


moda

20

junho 2018

revistavoi.com.br


junho 2018 21


moda

22

junho 2018

revistavoi.com.br


junho 2018 23


entrevista

24

junho 2018

revistavoi.com.br


Fernando

Badauí

A ponte aérea do vocalista do

CPM 22 ganhou mais uma parada:

Curitiba. Com a inauguração do

gastropub Cão Véio, o cantor

pretende até ter um lar para

chamar de seu na capital

paranaense. Na entrevista, ele

fala sobre as duas décadas à

frente da bem sucedida banda

de punk rock, e como concilia os

shows com a vida de empresário e

a paixão pelos esportes

Por Larissa Angeli

Fotografia: Rene Ernst

junho 2018 25


entrevista

Muitas pessoas talvez não conheçam seu lado empresário.

Como surgiu o Cão Veio?

A ideia inicial de montar o bar começou há oito anos,

comigo e com o Marcos Kichimoto. Nos conhecemos

há mais de 20 anos, somos muito amigos. Sempre frequentamos

a noite em São Paulo: os bares, os shows,

enfim, esse lifestyle que acabou desencadeando no

estilo do bar. Temos bastante referência de fora,

também. Ele já trabalhou com o Sepultura há muitos

anos, então, viajou o mundo inteiro. Eu também,

tocando conheci vários bares legais, não só no Brasil

como fora. Sempre gostei de cerveja, de estudar mais

sobre cervejas artesanais. De sete anos para cá fomos

estudando e, por um acaso comentamos com o Fogaça.

Ele perguntou: o que falta para abrir? Faltavam investidores,

a gente não conseguia fazer sozinho. Daí

ele acabou entrando. Ele também já tinha um nome

muito forte na gastronomia. Montamos o Cão Véio e

começou a lotar, o nome ficou muito forte. Era uma

casa pequena para 54 lugares em São Paulo. Depois

de dois anos, que começamos a amadurecer essa

ideia de abrir franquias. A primeira foi em Brasília,

depois mais duas lojas em São Paulo e a quarta em

Curitiba (PR).

E o que acharam da ideia de abrir em Curitiba?

A gente não escolhe as cidades, mas analisamos o local.

Vemos se tem potencial, por exemplo, se as pessoas

gostam de beber cerveja. As cervejas artesanais

têm valor, porque têm ingredientes caros. Então, tem

que estudar o local. Mas Curitiba e Porto Alegre (RS)

são cidades que a gente acredita, porque têm essa

cultura de cerveja, principalmente de 10 anos para

cá que tem mudado o paladar dos brasileiros para as

cervejas artesanais. Aqui no sul tem muita descendência

europeia, assim como Curitiba. Acreditamos

que o Cão Véio é a cara da cidade.

O que achou da produção de cervejas locais?

Agora que vou começar a conhecer melhor, vou fazer

um tour pela região. Tenho certeza que a cidade

comporta esse estilo de bar, tem tudo para cair no

gosto da galera. A parceria com cervejarias locais é

legal, porque serão parceiros que sabem como lidar

com o público daqui. Isso é importante, porque tem

uma diferença cultural de região para região.

O bar é uma franquia, mas vocês estão sempre aqui

dando suporte?

Com certeza. Tudo segue um padrão: a identidade visual

do bar, o cardápio, os drinks, a carta de cervejas.

Tudo isso é bem valorizado, está em contrato. Claro,

o franqueado quando quer uma franquia do Cão

Veio, já procura o padrão que o bar oferece em São

Paulo. A gente estrutura a casa desde o treinamento

da equipe, que fica um mês e meio lá em São Paulo.

Perto de abrir a casa, montamos tudo junto com eles.

Você cozinha?

Não, só em casa. Cozinho normalmente. Sei fazer

alguns pratos, mas não sei usar equipamentos industriais.

Gosto de fazer bastante massa, churrasco, peixe

também. Mas comida bem simples, do dia a dia.

Claro, com o bar, convivendo com o Fogaça é natural

que acabe pegando algumas manhas, principalmente

de temperos, o que usar e o que combina com o que.

Isso é legal, mas eu não me envolvo na cozinha do

bar.

Como você conheceu o Fogaça?

Ele também é do rock, do punk rock. A gente tem

muitos amigos em comum, formamos uma gangue

muito grande. Conheci ele há dez anos.

O que indica do bar, que as pessoas devem provar

pelo menos uma vez?

Das entradas, a costela de porco marinada na cachaça

e no mel. Tem também o Fila Brasileiro que é

Gostaria de atuar

em um longa como

ator. Já participei

de um, mas como

cantor. Nunca fiz

nada como ator, mas

tenho experiência

com clipes

26

junho 2018

revistavoi.com.br


carne empanada e recheada com queijo. O bolinho

de arroz é sensacional. Os hambúrgueres são todos

deliciosos.

O sanduíche é a marca do gastropub?

Com esse crescimento pelo gosto de cervejas artesanais,

as pessoas começaram a gostar mais de hambúrgueres

diferentes. Não só o hambúrguer tradicional,

que também é gostoso, mas ter um hambúrguer

harmonizado com a cerveja que a casa indica é bem

legal. Isso tem crescido bastante no Brasil.

Tem uma rotina bem agitada. O que gosta de fazer

quando não está trabalhando?

Trabalho muito, mas gosto de fazer esporte. Treino

muay thai, é uma paixão que tenho. Sempre ando de

skate, tento jogar bola.

Participa de campeonatos de skate?

Não, já passei dessa fase, mas participei. Minha vida

inteira fui ligado a esportes de ação. Sempre peguei

onda, andei de skate. Depois com as turnês, não

tinha mais final de semana. Tem um momento que

Sou corintiano,

vou ao jogo direto.

Isso faz parte da

minha rotina. Pelo

menos uma vez

por semana estou

lá. Gosto de ficar

na arquibancada

mesmo com a galera

junho 2018 27


entrevista

precisamos abrir mão um pouco do lazer para poder

voltar a ter esse prazer quando formos mais velhos.

Agora, de 15 anos para cá, estou em uma fase de trabalhar

demais. Mas sempre trabalhei no que gosto.

Como que é sua rotina de show?

Tenho dois shows por semana. Moro perto do bar,

então, treino ali do lado. De manhã faço algumas coisas

mais pessoais. Vou para o bar almoçar, volto para

casa lá por 18h e depois vou para o treino. Treino

bem puxado.

Treina por prazer mesmo?

Sim, amo treinar e treino todo dia. Daí, volto para o

bar que é do lado e fico lá tomando um drink, falando

com a galera, tirando foto. É importante o dono

estar lá, mas não pode ser forçado. Tem que gostar.

Quais os projetos para este ano?

Lançamos um disco ano passado, em maio de 2017,

então estamos no meio da turnê. Fomos muito bem

aceito pela crítica e pelo público. Estamos tocando

direto. Inclusive vamos tocar em Curitiba dia 4 de

agosto, fica o convite a todos curitibanos. Faço muitos

shows. Os shows acabam me tirando de casa

desde quinta-feira, às vezes sexta e sábado. Volto

domingo, fico com minha família, vou almoçar com

minha mulher. Também, o bar está tomando muito

do meu tempo, por causa do crescimento da rede.

Então, agora não estou com nenhum projeto, porque

não gosto de entrar e deixar pela metade.

Tem algo que gostaria de fazer na carreira profissional

e ainda não fez?

Gostaria de atuar em um longa como ator. Já participei

de um, mas como cantor. Nunca fiz nada como

ator, mas tenho experiência com clipes.

Gosta de cinema?

Muito. Gosto de filme policial, de máfia. O Poderoso

Chefão é o filme da minha vida. Os Bons Companheiros,

Cassino. Também gosto de ficção científica.

Para atuar poderia ser esses gêneros, o cinema brasileiro

tem crescido bastante.

É muito fanático por futebol?

Sou. Sou corintiano, vou ao jogo direto. Isso faz parte

da minha rotina, sempre. Pelo menos uma vez por

semana estou lá. Gosto de ficar na arquibancada

mesmo com a galera. Vou desde criança.

E o que tem a dizer sobre a violência entre torcedores

de times rivais?

Essa rivalidade infelizmente está enraizada na cultura

do futebol. É um erro como sociedade a gente se

matar por causa disso, porque querendo ou não, é

um entretenimento. Acho ignorante quebrar patrimônios

públicos, por causa de futebol. Mas, ao mesmo

tempo, entendo que é uma válvula de escape pela

situação e educação que nossa sociedade vive. É

um descarrego de uma vida dura que essas pessoas

vivem, mas, claro, não se justifica. É uma extensão

do estilo de vida e das dificuldades que essas pessoas

encontram no dia a dia.

O CPM 22 tem mais de duas décadas. Qual é o segredo

para se manter no auge por tantos anos?

Vamos fazer 23 anos este ano. Têm que saber bem

escolher o caminho, as pedras.

Qual é o caminho?

Primeiro lugar, você tem que ser feliz com aquilo

que está fazendo. A pessoa não tem que buscar o

sucesso, o sucesso tem que chegar a você por conta

de algo que fez por amor, que reflete a sua verdade

e com respaldo daquilo que você absorveu ao longo

da sua vida. Sei muito bem o tipo de música que a

A pessoa não tem

que buscar o sucesso,

o sucesso tem que

chegar a você por

conta de algo que fez

por amor, que reflete

a sua verdade e com

respaldo daquilo que

você absorveu ao

longo da sua vida

28

junho 2018

revistavoi.com.br


Amo Curitiba e agora com o bar, vou

estar aqui direto, até pretendo no

futuro comprar um apartamento.

Sempre fui muito bem recebido e

respeitado

gente faz, bebi dessa fonte a vida inteira. Escuto punk

rock desde os 12 anos. Então, tem que ser fiel a suas

referências.

Quais que são suas referências?

Uma leva de bandas de diferentes gerações, que vem

do punk rock desde o final dos anos 70 até hoje. Principalmente

as bandas da Inglaterra e da Califórnia.

São bandas que têm uma roupagem diferente, mas

com uma retórica parecida. Sempre de encontro com

aquilo que é imposto pela sociedade e o sistema,

mas, claro, com um ponto de vista crítico e inteligente,

sem atingir por ignorância.

Tem alguma brasileira?

Gosto muito das músicas antigas da Cólera, dos Garotos

Podres, também dos Titãs, Camisa de Vênus,

todas que enfrentaram a ditadura fazendo punk no

Brasil, colocando o dedo na ferida. Isso me atingiu

quando era muito novo e me influenciou, queria ser

desse jeito.

Onde busca inspiração para compor?

Na vida. Gosto de falar sobre o cotidiano.

Você é romântico?

Sim, claro. Procuro falar de tudo e o amor está inserido

no dia a dia.

Como faz para conciliar sua vida pessoal com essa

correria?

Muitas vezes minha mulher viaja comigo, porque ela

trabalha como freelancer, então pode trabalhar onde

estiver. Isso ajuda bastante. Ela vai em alguns shows

também. Nossa relação é muito saudável.

Qual lugar do mundo gostaria de conhecer?

Queria ir para a Tailândia. Depois que comecei a

treinar muay thay, há cinco anos, comecei a me interessar

mais. Vários amigos que treinam foram para

Tailândia, e também fui pesquisar mais e é muito

lindo o lugar e não é caro para gente. Alguns lugares

que tinha o sonho, já conheci, como Londres, Califórnia.

Levei minha mãe para Itália. Era uma coisa que

queria muito, porque ela nunca tinha ido para a Europa.

Amo viajar, não só fora do país. O Brasil é lindo,

conheço todos os Estados.

O que tem achado de Curitiba?

Amo Curitiba, sempre falei isso. Tenho muitos amigos

aqui, o nosso público aqui é muito forte. Sempre que

tem show de alguma banda de punk venho assistir.

Agora com o bar, vou estar aqui direto, até pretendo

no futuro comprar um apartamento. Amo essa cidade,

é perto de São Paulo. Sempre fui muito bem recebido

e respeitado.

junho 2018 29


BELEZA

Body

(TA907939016)

5X R$ 99,98

Calça

(TC877152001)

6x R$ 99,98

Sandálias

(5807820001C)

3x R$ 123,30

30

junho 2018

revistavoi.com.br


MULHER

MO

DER

NA

Foto: André Schiliró | Styling: Emerson Martins

Make e hair: Paulo Renso

O duo preto e branco é um dos pontos mais

altos da nova estação. Para sair da zona de

conforto, use sua criatividade, invista em

acessórios e crie seu estilo.

Carmen Steffens


BELEZA

Blusa

(TB307922027)

4X R$112,48

Bolsa

(B787299005C)

9x R$ 99,99

Calça

(TC567833001)

7x R$ 99,99

Sapatilhas

(12072350001C)

3x R$ 83,30

32

junho 2018

revistavoi.com.br


Casaco

(TJ277821725)

8X R$99,99

Bolsa

(B307360725C)

10x R$ 149,99

Calça

(TC527821725)

7x R$ 99,98

Scarpin

(4707399962C)

4x R$ 99,98

Carmen Steffens


BELEZA

Camisa

(TB887939725)

5X R$ 99,98

Bolsa

(B887520962C)

10x R$ 99,99

Saia

(TS507833001)

6x R$ 99,98

Scarpin

(4707969024C)

4x R$ 99,98

34

junho 2018

revistavoi.com.br


Blazer

(TJ2578210001)

7X R$ 99,99

Vestido

(TV837922943)

7x R$ 99,99

Peep Toe

(5407049001C)

3x R$ 116,63

Carmen Steffens


BELEZA

Regata

(TB077764396)

3X R$ 99,97

Saia

(TS307152016)

4x R$ 112,48

PeeToe

(3207328880C)

3x R$ 123,30

36

junho 2018

revistavoi.com.br


Blusa

(TB737939001)

5X R$ 99,98

Calça

(TC547152001)

7x R$ 99,99

Sapatilhas

(2117458001C)

4x R$ 99,98

Carmen Steffens


transformação

antes

FICHA TÉCNICA

Fotografia: Marcos Mancinni

Modelo: Isabelle Alves

Cabelo: Gabriel Neto Jr. (Stylo Hair)

Maquiagem: Paula Algomes (Atelliê –

Shopping Crystal)

Produção: Caca Brainta

Roupas: Brechó Trinca Z

Sempre na

moda

“Iluminar os

fios é uma ótima

dica para mudar

o visual, sem

passar por uma

transformação

radical”

38

junho 2018

revistavoi.com.br


Cabelo

POR GABRIEL NETO JR., DO STYLO HAIR

A ideia do profissional foi iluminar o

cabelo castanho da modelo. Apesar da sutileza

nas mechas e nos tons, a transformação

valoriza e realça o rosto. “Uma ótima

dica para mudar o visual, sem passar por

uma transformação radical”, sugere. Ele

criou mechas finas na raiz e algumas mais

grossas nas pontas, com o contorno iluminado.

Para o corte longo, Gabriel elaborou

uma base reta e trabalhou com camadas

horizontais a partir dos ombros. “É um

clássico. Controla o volume e valoriza o

balanço natural, além de ser prático e nunca

sair de moda.”

Make

POR PAULA ALGOMES DO ATELLIÊ

Para conseguir esse make sofisticado que

casa perfeitamente com a produção chiquérrima,

a maquiadora caprichou na preparação

de pele que ficou impecável. Para deixá-la

com esse aspecto glam o iluminador é item

obrigatório. Nos olhos a profissional usou

tons marrons avermelhados, que são as cores

do inverno e muito dourado para iluminar.

Produção

POR CACA BRAINTA

“Nessa produção construí um look

mais atemporal com uma pitada de moda.

Usei um vestido clássico Christian Dior,

repare que o cinto confere equilíbrio nas

proporções do corpo dando a ilusão de

silhueta mais alongada. O casaco mais

longo é supertendência dessa estação,

com cor contrastante ao vestido. As botas

meias são o hit desse inverno, como essas

de Emílio Pucci. Usei a técnica de contrastes

de cores, para trazer a cor quente que

o look precisava.”

junho 2018 39


VITRINE

Foto: divulgaçao

Privacidade

e beleza

A Cortina Painel é a solução indicada para portas, vidros e

janelas de grandes dimensões e que precisam de controle de

luminosidade e privacidade. Neste produto os painéis deslizam e

se sobrepõem facilmente

Onde encontrar: Slim Persianas

slimpersianas.com.br

Dia da

noiva

Depois de meses de

preparação relaxar antes

de subir ao altar é mais que

merecido. Sentir-se maravilhosa

e tranquila nesse momento é

crucial. Entregue-se aos cuidados de

quem entende do assunto com pacotes

especiais para noivas e madrinhas

Onde encontrar: Maçuga Salon

@macugasalon

Cannelé

boutique

40

junho 2018

revistavoi.com.br

A exuberância e a

personalidade dos produtos

da Cannelé chegaram

ao Shopping Crystal.

A multimarcas conta

com roupas, acessórios,

calçados e peças exclusivas

das marcas Farm, Animale,

FYI e A.Brand. Produtos

de qualidade, consultoria

personalizada de acordo

com o perfil de cada cliente

e atendimento a domicílio

estão entre os mimos da

loja

Onde encontrar:

Shopping Crystal

shoppingcrystal.com.br

Foto: divulgaçao

Diversão

para todos

Já sabe aonde dar uma escapada nas férias de julho?

A gente te ajuda a decidir. O Balneário de Penha (SC)

é uma excelente opção, pois além de todas as belezas

naturais está pertinho do parque Beto Carrero World. A

Pousada Pedra da Ilha tem pacotes especiais para esta

época e crianças até 12 anos não pagam (uma criança

por quarto acompanhada de dois adultos pagantes)

Onde encontrar: Pousada Pedra da Ilha

pedradailha.com.br

Snack

saudável

Está sem tempo para

preparar um snack

saudável? Que tal

apostar em produtos

feitos com ingredientes

de verdade e 100%

naturais? Experimente

as barras de cerais,

muffins, bolos e falafel

Onde encontrar:

Ecó – Comer Bem Viver

comerbemviver.com.br

Estacione

fácil

Nada de deixar os

clientes rodando na

quadra em busca

de uma vaga para

estacionar o carro. O

serviço de valet park

é essencial para quem

quer oferecer conforto

e praticidade nos

estabelecimentos ou

eventos

Onde encontrar:

Grupo Akros

grupoakros.com.br

Foto: Revista VOi Foto: divulgacão

Foto: Valterci Santos


aqui sua

experiência

com táxi

é mega!

BAIXE NOSSO APP E

GANHE 30% DE

DESCONTOS EM

CORRIDAS MEGA!

• aceitamos cartões de crédito

• Firmamos parcerias com empresas

Fones: 41 3777-7777 | 3346-4646

Peça pelo whatsapp: 41 98777-7777 | 99114-5252

megataxioficial

megataxioficial


coluna

Nossa missão é promover a melhoria da qualidade de vida de

pessoas em vulnerabilidade social. As ações garantem a valorização

da família e a inclusão social. Em atendimentos com a Defesa

Civil, atua em situações de emergência, catástrofe e calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte desta corrente solidária

em favor do desenvolvimento social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

Foto: Emanoel Caldeira

ORGANIZADORA DO BAZAR MODA DO BEM

REPASSA 4 TONELADAS DE ALIMENTOS AO

PROVOPAR

A empresária Yannih Tsushima, responsável pela organização do Bazar

Moda do Bem do Dia das Mães, realizado nos dias 4 e 5 de maio no Buffet

Du Batel, repassou 4 t (toneladas) de alimentos não perecíveis à presidente

do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski. Carlise lembrou que esta não

é a primeira vez que Yannih Tsushima firma parceria com o Provopar

Estadual, que através de suas doações tem beneficiado inúmeras famílias

em vulnerabilidade social.

3ª SEMANA CULTURAL ARRECADA LEITES PARA

ATENDIMENTO A INSTITUIÇÕES SOCIAIS

Mais de 10 mil pessoas participaram da 3ª edição da Semana Cultural

de Curitiba entre os dias 14 a 19 de maio na capital paranaense. Foram

realizadas apresentações de música, dança, teatro, cinema, além de

oficinas. A programação aconteceu nos espaços como Ópera de Arame,

Memorial de Curitiba, Teatro Paiol, TUC e Casa Hoffman. O objetivo

foi permitir o acesso gratuito à arte para a população. Para participar do

evento, bastava contribuir com 1 L (Litro) de leite, que foi destinado ao

Provopar Estadual, que realizou o atendimento às famílias atingidas pelas

fortes chuvas no município de Teixeira Soares (PR).

Foto: Emanoel Caldeira

Foto: Emanoel Caldeira

COM A CHEGADA DO FRIO, PROVOPAR ESTADUAL

MOBILIZA POPULAÇÃO PARA A CAMPANHA

ESPALHE CALOR

É época de exercitar a solidariedade, a maior bandeira do povo paranaense,

que está sempre disposto a ajudar. Promovida pelo Provopar Estadual, a

Campanha Espalhe Calor iniciou dia 22 de maio e atende com a entrega de

roupas, agasalhos e cobertores, famílias em situação de vulnerabilidade social

em todo Paraná. A presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski,

reforça o pedido de apoio aos paranaenses para a chegada do inverno e das

baixas temperaturas, que colocam em risco milhares de famílias em todo o

Estado.

“Chegou a hora de separar aquela peça que você não usa mais para doar a

quem precisa. Qualquer peça de roupa ou agasalho pode ser doada, basta

que esteja em boas condições, sem rasgos, e que as peças estejam limpas.

Lembre-se de que a pessoa que vai receber a doação já está em uma situação

de risco, com autoestima em baixa e não vai ficar feliz com algo rasgado ou

sujo. Doe com amor e ajude a espalhar calor humano”, afirmou.

Os interessados em contribuir com a campanha podem enviar as doações para a sede administrativa do Provopar, na rua Hermes Fontes,

315, Batel, no Centro de Distribuição, na rua Sergipe, 1712, ou em um dos pontos de arrecadação. Já as empresas e estabelecimentos

interessados em participar como ponto de coleta de roupas, cobertores, agasalhos e calçados devem entrar em contato pelo telefone (41)

3234-1118 ou email contatos@provoparestadual.org.br

A Campanha Espalhe Calor, promovida pelo Provopar Estadual, Governo do Estado e RICTV Record, este ano conta com o patrocínio de mídia

da Daju, Luto Canaã e Natuclin, com apoio do Sindafep – Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná e Revista VOi.

42

junho 2018

revistavoi.com.br


coluna

Joias

eu uso

Pérola

negra

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

N

a última coluna falamos sobre a pérola

negra, esse tesouro proveniente do Taiti.

Continuaremos tratando sobre essa linda e

cobiçada joia. Vale ressaltar que a pérola

é produzida por um organismo vivo. Elas

contêm cristais calcários que são sensíveis aos ácidos.

Elas têm na composição água e proteína, e podem

ressecar e ficar quebradiças se não forem cuidadas de

forma apropriada. A limpeza deve ser feita com água

ligeiramente salgada e é preciso trocar o fio pelo menos

a cada dois anos.

Outro cuidado importante é não guardá-las com

outras joias, pois o risco de arranhá-las é grande.

Deve-se evitar detergentes, perfumes e fixadores de

cabelo, pois eles danificam a pérola. Após cada uso, é

aconselhável limpá-las com uma flanela e guardá-las em

local arejado.

Na hora de adquirir uma pérola é preciso tomar

alguns cuidados. É importante verificar se a cor é natural.

Desconfie das imitações que são tingidas de negro para

encobrir uma cor original que é inferior.

A pérola é muitas vezes o objeto de desejo

das mulheres. Mas não são apenas elas que amam

essa raridade, os joalheiros – e famosas joalherias –

mostraram ao longo da história todo o fascínio que elas

despertam. Listaremos alguns nomes importantes que

através de suas criações mostraram toda a beleza das

pérolas taitianas. Fator importante: a pérola do Taiti pode

ser considerada um investimento pela sua raridade e

demanda.

Boucheron: uma história de quatro gerações desde

a época de Napoleão Bonaparte. Gerou grande fascínio

quando uniu as pérolas aos diamantes.

Buccellati: conhecido como o príncipe dos ourives.

Tem sua casa joalheira desde 1700. É considerado o

herdeiro do grande e renomado mestre Benvenuto

Celline.

Cartier: as pérolas são como o oceano, só elas

Foto: divulgação

sabem como refletir a luz suave e doce de um

amanhecer efêmero. Seguindo um poema chinês, as

pérolas são maravilhosas gotas de orvalho. Estas lágrimas

de princesa inspiraram e serviram como inspiração

para muitos artistas. Em 1917, um colar de duas voltas

de pérolas taitianas, no valor de um milhão de dólares,

foi trocado por um edifício na Quinta Avenida, de

Nova Iorque. As oficinas centrais da Cartier estão neste

edifício.

Damiani: desde 1924, criou joias que marcaram

época. A joalheria tem 16 Diamond International Awards

(prêmio do segmento) que confirmam a prova da sua

criatividade.

Chanel: apaixonada por pérolas, a senhorita Chanel

usava colares, pulseiras e gargantilhas. Ela criou e

trabalhou as pérolas irregulares.

H.Stern: ícone da joalheria nacional traduziu e criou

joias maravilhosas com a Pinctada Margaritifera, nome

científico da ostra.

Entre tantos outros podemos citar Van Cleef,

Mikimoto, Gong Li, Tiffany e Miriam Mamber.

44

junho 2018

revistavoi.com.br


Surpreenda I

www.binifotografia.com

bini.fotografia

bini_fotografia

(41) 99532 9161


coluna

Eventos

by

Mônica

Gulin

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: monicagulin@bol.com.br

01

02

03

06 07

08

04 05

Casa Cor

Paraná 2018

A edição comemorativa dos 25 anos da Casa Cor Paraná 2018

aborda o tema Casa Viva apresentando a casa como um organismo

vivo, o universo particular das famílias, resgatando a sua convivência.

Participei de um evento exclusivo no Espaço Compagas

à convite da diretora da mostra Marina Nessi, que há 25 anos está

à frente da exposição.

01 - A arquiteta Viviane Loyola fez o Lounge 25 anos, um espaço

de convivência projetado a partir de três conceitos: a beleza, a

sofisticação e o aconchego; 02 - Os arquitetos Mauricio Pinheiro

Lima e Carla Mattioli apresentam o Living, inspirado no conceito de

que a arte, o design e a arquitetura de interiores se complementam

formando um ambiente sensorial; 03 - A designers de interiores

Camila Rocha e Monica Pajewski projetaram o Toilette Masculino.

O diferencial do projeto é o jardim suspenso de ponta cabeça, com

as plantas viradas para baixo; 04 - A responsável pelo sucesso da

Casa Cor Paraná há 25 anos Marina Nessi recebe a colunista da VOi,

Mônica Gulin; 05 - Jaqueline Triska conhece o espaço arrojado da

arquiteta Yara Mendes; 06 - O arquiteto Ivan Wodzinski idealizador

do ambiente Compagas; 07 - O diretor teatral João Luiz Fiani visita o

espaço; 08 - Coquetel da Compagas.

46

junho 2018

revistavoi.com.br

Fotos: Marcos Mancinni e divulgação


02

01

03

05

06

Vestido da

Fabolus Agilitá

- Estilista

Paula Aziz

04

festa na

bazaar fashion

A Bazaar Fashion, maison preferida das socialites curitibanas,

realizou uma festa em comemoração ao Dia das

Mães. Durante o evento, quem marcou presença foi a estilista

Paula Aziz, que apresentou a coleção de festa com

sua marca, Fabulous Agilità unindo as tendências internacionais.

A festa que foi sucesso absoluto teve ambientação

com a assinatura de João Callas e Leonardo Schmitt. O delicioso

buffet ficou por conta de Cesar Monteiro. Parabéns

às poderosas sócias da Bazaar: Andréa Omeiri, Márcia

Almeida e Solange Elias.

01 - Encontro dos amigos apresentadores/colunistas Mônica Gulin

e Reinaldo Bessa; 02 - Tayanna Ribas G. do Rosário, Vanira Adami,

Neuza Madalosso, Cesar Monteiro e Solange Elias; 03 - Dayane

Zandavali Castelli aprecia a nova coleção; 04 - Judy Nunes ecolhendo

sua joia favorita; 05 - Desfile dos vestidos da estilista Paula Aziz; 06 - A

colunista da VOi, Mônica Gulin, veste novo modelo da coleção Agilità;

07 - Márcia Almeida, a estilista Paula Aziz e Andrea Omeiri; 08 - A nova

geração curitibana representada por Flavia Bezerra, Giulianne Macedo

Goedert, Rafaella el Omeiri e Tássia Tkatsch.

Fotos: Fabiano Mendes

07

08

junho 2018 47


CONCEITO

48

junho 2018

revistavoi.com.br


love is in

the air...

FICHA TÉCNICA:

FOTOGRAFIA: FELIPE FRANÇA

PRODUÇÃO E ESTILO: JULIANO FONSECA

BELEZA: JOJO RIBAS (JOJO STUDIO)

MODELOS: CAMILLA GRANDO, RAFAEL TESCHI,

VINICIUS ODILON (MEGA MODEL SUL) E

MARIANA MITZ (JUST PRIME MODEL MGT)

ASSISTENTES DE PRODUÇÃO: DEBORA MILLA

E JAKSON HENRRIQUE

VESTIDOS DE NOIVAS: IZABEL NOIVAS

TERNOS: IZABEL NOIVAS

ACESSÓRIOS: DIADEMA

junho 2018 49


CONCEITO

não te amo como se fosses rosa de sal, topázio

ou flecha de cravos que propagam o fogo:

amo-te como se amam certas coisas obscuras,

secretamente, entre a sombra e a alma”

A Dança – Soneto XVII

50

junho 2018

revistavoi.com.br


junho 2018 51


CONCEITO

52

junho 2018

revistavoi.com.br


queixo-me às rosas

mas que bobagem

as rosas não falam

simplesmente as rosas exalam

o perfume que roubam de ti, ai”

Cartola

junho 2018 53


CONCEITO

o segredo é não correr atrás

das borboletas...

é cuidar do jardim para que

elas venham até você”

Mario Quintana

54

junho 2018

revistavoi.com.br


junho 2018 55


click

CASA

COR PARANÁ

O pré-lançamento da 25ª edição Casa Cor Paraná, realizado no dia 10 de maio, contou

com uma grande festa para mais de 400 convidados. Recepcionados por Marina Nessi,

diretora da Casa Cor no Paraná, eles conheceram em primeira mão os 42 ambientes

apresentados pelos 67 profissionais de arquitetura, decoração e design que participam

da mostra. O jantar foi promovido pela Associação Independente e Laica dos Amigos do

Hospital Evangélico de Curitiba que arrecadou recursos para a reestruturação do setor

infantil da ala de queimados do hospital. Neste ano, o evento tem como tema a Casa Viva

e permanece aberto ao público até 1º de julho, em uma mansão na rua Sergio Pereira da

Silva, 10, no Pilarzinho.

ATENDIMENTO - A criação da Associação faz parte do plano de recuperação do hospital,

iniciada em dezembro de 2014. O presidente, Dr. Eliseu Portugal, explicou que o objetivo

da entidade é arrecadar fundos e apoiar projetos do hospital. São 42 leitos especializados

para quem sofreu queimaduras e mais 13 para atendimento infantil. O serviço de cirurgia

plástica em queimados do hospital existe desde 1968. É referência em atendimento a vítimas

de trauma, gestação de alto risco, neurocirurgia, transplante renal e no atendimento a

vítimas de violência sexual. O Hospital Evangélico tem o primeiro banco de pele humana

do Paraná e o quarto do Brasil. Conquistou os selos Hospital Amigo da Criança e Hospital

Sentinela. “Este jantar foi promovido para reestruturar a ala infantil de queimados do

hospital, que é referência no sul do Brasil”, explicou Portugal.

Fotos: Daniel Assal

56

junho 2018

revistavoi.com.br


PARA ONDE

FOR, VÁ

SEMPRE

COM

ESTILO!

Excelência define o atendimento

oferecido pela Akros. A empresa

conta com uma equipe experiente

e qualificada para atender aos

serviços de transfer e receptivo.

Conta ainda com uma frota de

veículos novos, de diferentes

portes, que garantem conforto,

segurança e sofisticação.

contato@grupoakros.com.br

www.grupoakros.com.br

(41) 99614-6700 | (41) 99732-8042


CADERNO GASTRONÔMICO

Referência em

turismo

Fotos: divulgação

Hotel no meio-oeste catarinense traz

vasta programação gastronômica

J

ulho está se aproximando e com ele chegam as

tão sonhadas férias escolares. Um recesso no meio

do ano é essencial para recuperar as energias, não

apenas dos pequenos, mas dos pais também. Que tal

fazer uma viagem diferente e conhecer Piratuba (SC),

no Vale do Contestado? Por lá o destaque são águas termais,

quentinhas o ano inteiro. O inverno na cidade é tão famoso que

toda a rede hoteleira prepara atrações variadas para receber os

turistas.

Entre os hotéis de destaque está o Thermas Piratuba Park

Hotel referência em lazer e gastronomia na região. Tanto que

as diárias são com pensão completa (café da manhã, almoço e

jantar) e os hóspedes podem se deliciar com festivais específicos

da estação mais fria, como o mexicano, italiano, caribenho,

além de fondue, sopas e tortas, risotos e grelhados.

E aí, deu água na boca? Mas não para por aí. Para harmonizar

com os sabores e aromas, a carta de vinhos conta com 25

rótulos nacionais e internacionais. Há opções de tintos, brancos

e roses cuidadosamente selecionados para harmonizar com a

diferenciada culinária do Espaço Jardim Gourmet, comandado

pela chef Edilaine Carvalho e o Maître Deildo Gomes.

Para quem procura diversão extra, o Inverno Termal de

Piratuba 2018, que vai até agosto, terá eventos como shows,

passeios, concursos e festas.

Thermas Piratuba Park Hotel

Rua Florianópolis, 88 - Balneário,

Piratuba – SC

Telefone: (49) 3553-0000

thermaspiratubahotel.com.br

58

junho 2018

revistavoi.com.br


ESPORTE

De tirar o

fôlego

Foto: Adri Brandão

Na apneia vence quem ficar o maior

tempo possível em baixo d’água

60

junho 2018

revistavoi.com.br


Foto: divulgação

junho 2018 61


ESPORTE

Q

uanto tempo você consegue ficar em baixo

da água sem respirar e sem a ajuda de

equipamentos? Não muito, não é mesmo?

Prepare-se, porque esse esporte vai te deixar

sem ar só de ler sobre como funciona.

Nele o mergulhador tem como objetivo se manter na

água o máximo de tempo possível e dependo da prova,

indo o mais fundo que conseguir. Popularmente essa

prática é chamada de apneia, mas o nome correto é mergulho

livre ou freediving.

A entidade que regulamenta esse esporte no Brasil

é a Aida (Associação Internacional para o Desenvolvimento

da Apneia). Ela é responsável, entre outros feitos,

pela criação de regras de segurança, recordes e provas;

ensino, por meio de cursos; disseminação da prática com

segurança; e incentivo da criação de clubes de apneia,

bem como torneios. Atualmente a associação conta com

239 filiados em todo país e entre eles está a curitibana

Carolina Schrappe, que compete há 11 anos e conquistou

neste tempo nada menos que 14 recordes sul-americanos.

Foto: Pedro Paulo Cunha

“Tem muita gente

que acha que sou

maluca por descer

mais de 100 metros de

profundidade”

Carolina Schrappe,

atleta curitibana de mergulho livre

Ela conta que o termo apneia é muito relacionado

com a apneia do sono, e por isso a definição clássica do

esporte é mergulho livre com a suspensão voluntária da

respiração. Os objetivos, de acordo com cada modalidade

– oito individuais e uma em dupla – podem ser: ficar

o maior tempo submerso, percorrer a maior distância ou

atingir a maior profundidade, tudo, é claro, sem respirar.

Egito, EUA (Estados Unidos da América) e obviamente

o Brasil foram alguns dos países em que a curitibana

já competiu. Todos os anos, ela participa pelo menos de

um campeonato e recentemente ela bateu o próprio recorde

na modalidade Lastro Variável – que existe apenas

para quebra de recordes e não para competições. O cenário

foi a imensidão azul das Ilhas Cayman, no Caribe,

e Carolina superou o então recorde de 100 m (metros),

atingindo inacreditáveis 114 m de profundidade.

Para chegar a esses feitos é preciso muita dedicação.

“O treino é complexo, não é só academia”, diz a

mergulhadora. “Faço bastante alongamento para ajudar

na elasticidade, ioga e meditação para auxiliar na

concentração. Além disso, tem a adaptação em apneia

que consiste em tabelas de tolerância para condicionar o

organismo a funcionar com pouco oxigênio e com uma

taxa de CO 2 maior”, explica.

É claro que ninguém vai brincar de apneia sem

supervisão, mas em Curitiba é possível praticar o esporte

em escolas com profissionais capacitados para isso. Os

atletas usam também uma pedreira, nos arredores da

cidade, que tem 40 m de profundidade. E é lá que Carolina

faz os treinos e dá aulas.

62

junho 2018

revistavoi.com.br


HISTÓRIA

Carolina atuava como fisioterapeuta quando teve

o primeiro contato, por acaso, com o esporte. Em uma

viagem para o nordeste, acabou indo para Fernando

de Noronha (PE) e lá fez o mergulho com cilindro e se

apaixonou pela atividade. Quando voltou para Curitiba,

fez curso de mergulho e um dos exercícios era tirar e colocar

as âncoras das embarcações, “demorei mais de três

minutos e quando voltei estava tranquila”, conta. Assim,

o instrutor percebeu que Carolina precisava começar a

treinar para ser atleta de apneia.

Todo esporte com certeza tem riscos, mas a mergulhadora

acredita que desde que as regras básicas de

segurança sejam cumpridas, não há grande perigo. Mas

ela alerta que cada atleta precisa saber do que o corpo

é capaz. “O que me fascina no mergulho livre é superar

os meus próprios limites. Não sei qual é o meu limite

ainda.”

SEGUNDO A AIDA, HÁ OITO MODALIDADES

DE MERGULHO LIVRE. CONHEÇA SOBRE CADA

UMA:

- Apneia Estática: ficar o maior tempo possível

submerso com as vias respiratórias imersas na água;

- Apneia Dinâmica: percorrer a maior distância

horizontal. Pode ser com ou sem nadadeiras dependendo

da prova;

- Apneia Sprint: percorrer a distância de 25 m

ou 50 m, vence o mais veloz;

- Lastro Constante com nadadeiras: descer a

uma determinada profundidade usando um cinto-

-lastro;

- Lastro Constante sem nadadeiras: as mesmas

acima, porém sem nadadeiras;

- Imersão Livre: sem nadadeira ou lastro, o

atleta desce com o auxílio de um cabo-guia para ir

o mais fundo possível;

- Lastro Variável (apenas para quebra de recordes):

o praticante desce com peso de 15 kg (quilogramas)

ligado ao cabo-guia. No retorno o peso fica

lá em baixo e o atleta sobe pelo cabo ou com as

nadadeiras;

- No Limits (apenas para quebra de recordes):

modalidade dos grandes profundistas. É derivada

do lastro variável, porém a diferença está no modo

de retorno à superfície. O apneísta pode utilizar-se

de um balão ou colete inflável, ou ainda outro meio

mecânico para subir o mais rápido possível.

Foto: Eriko Jones

junho 2018 63


VIAGEM

O paraíso

é logo

ali

Fotos: divulgação

64

junho 2018

revistavoi.com.br


Paisagem, aventura e gastronomia

atraem turistas ao Morro do Gavião

junho 2018 65


VIAGEM

N

o Norte do Pioneiro do Paraná, quase na

divisa com o Estado de São Paulo se esconde

um paraíso natural. Uma cidade tão pequena

que talvez muita gente nunca tenha

pensado em conhecer: Ribeirão Claro.

Esse refúgio fica entre Jacarezinho e Carlópolis, próximo

da Represa de Chavantes – feita pelo represamento

do rio Itararé antes dele se encontrar com o Paranapanema.

Entretanto, o ponto turístico mais cobiçado da

cidade é o Morro do Gavião, do qual em seu topo a

paisagem é de cair o queixo. De lá é possível ver diversos

municípios de São Paulo e também do Paraná.

Uma curiosidade é que o morro fica em uma propriedade

privada chamada Fazenda São João, que, consequentemente,

é o único acesso até ele. O local pertence

a família Nassif da Silva e foi adquirido pelo patriarca,

Alcides, no final da década de 80.

Lá atrás, a fazenda era fechada para acesso, mas

Alcides percebendo o interesse das pessoas em visitar

o local começou a deixar a porteira aberta, para que os

carros pudessem entrar e estacionar, encurtando a caminhada

das pessoas até o pé do morro.

“Depois de um tempo tivemos que fechar devido a

degradação, mas há uns dois anos o pessoal começou

a ir atrás do meu pai e ele abriu novamente. As pessoas

pediam água, banheiro, aí começamos a pensar a possibilidade

de abrir um restaurante e organizar esse acesso”,

conta Sísara Nassif da Silva, filha de Alcides.

Assim surgiu a visitação da forma que é hoje. De

quarta-feira a domingo é possível subir no morro por R$

3, valor simbólico necessário para manutenção da trilha,

A trilha autoguiada

é bem sinalizada e

tranquila, podendo

ser feita inclusive por

crianças e idosos

66

junho 2018

revistavoi.com.br


Quem quiser curtir a

fazenda também pode

passar o dia por lá, levar

bicicleta para pedalar,

fazer trilha, ou apenas

respirar o ar puro da

natureza

estrada e limpeza do local. A trilha autoguiada é bem

sinalizada e tranquila, podendo ser feita inclusive por

crianças e idosos. O percurso tem um pouco mais de 1

km (quilômetro) e leva-se em torno de 30 minutos para

atingir o topo que está a 858 m (metros) do nível do mar

e 386 m do nível da Represa de Chavantes.

A antiga sede da fazenda foi toda reformada e hoje

funciona como restaurante aos sábados, domingos e feriados,

que inclusive é muito disputado na região. O carro-chefe

são as parmegianas (R$ 60 o mignon e R$ 55 a

tilápia) a feijoada (R$ 55) e a picanha (R$ 65). Todos vêm

com acompanhamentos e servem duas pessoas. Para ir

apenas ao restaurante não é necessário pagar a taxa.

Quem quiser curtir a fazenda também pode passar

o dia por lá, levar bicicleta para pedalar, fazer trilha,

ou apenas respirar o ar puro da natureza. Próximo ao

restaurante há um playground para as crianças e um

pequeno lago no qual elas podem alimentar os peixes.

Para quem gosta de aventura alguns instrutores

praticam voo livre no local, mas o serviço é sem qualquer

vínculo com a Fazenda São João. Ainda é possível

descer o morro por uma tirolesa de 450 m de extensão a

60 km/h (quilômetros por hora). Nessa aventura o valor é

cobrado à parte, R$ 30.

junho 2018 67


CULTURA

Música

Destaque

NANDO REIS E ANAVITÓRIA

Apresentação com canções

românticas de autoria de

Nando e Vitória Caetano.

A miniturnê acontece

durante o final de semana

que antecede o Dia dos

Namorados. No palco, os

cantores irão se revezar nas

interpretações.

Data: 10 de junho

Local: Teatro Positivo

(41) 3317-3107

A CONTRIBUIÇÃO HISTÓRICA DA

MULHER NEGRA NO BRASIL

No total 15 artistas plásticos apresentam

a exposição. Fortes, liberais, artistas,

guerreiras, amas de leite, escritoras,

ativistas, mães, religiosas, todas negras e

mulheres, que com suas ações e atitudes

marcaram a história nacional.

Data: até 14 de junho

Local: Espaço Cultural IPO

(41) 3314-1500

Foto:Victor Affaro

JOTA QUEST

A banda de pop rock se

apresenta com o show do

álbum Jota Quest Acústico

– Músicas para cantar junto,

comemorando os 20 anos de

carreira da banda. Entre os

sucessos estão Dias Melhores,

Só Hoje e Encontrar Alguém.

Data: 15 de junho

Local: Teatro Guaíra

diskingressos.com.br/

event/7822

Foto: divulgação

Foto: César Ovalle

Teatro

LENINE

O show é o início da nova

turnê Em Trânsito que

marca o lançamento do 13°

disco do artista. O cantor e

instrumentista apresentará hits

que marcaram sua carreira e

canções inéditas.

Data: 23 de junho

Local: Ópera de Arame

(41) 3354-4482

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE

BRÁS CUBAS

O espetáculo, que é a

adaptação de uma das

maiores obras literárias

brasileiras, fala da criatura

humana, as imperfeições,

sonhos de ilusão e desejo.

Sendo o personagem central,

o narrador, um morto.

Data: até 10 de junho

Local: Estúdio Delírio

(41) 3016-3769

Foto: Flora Pimentel Foto: divulgação

UM RECITAL PELA VIDA

O pianista Alvaro Siviero se

apresenta como voluntário

em prol da ampliação da

Oncologia do Hospital São

Vicente. A temática musical

será Um encontro com Chopin,

na qual serão apresentadas as

obras do compositor polonês.

Data: 29 de junho

Local: Capela Santa Maria

(41) 3321-2840

AIRBAG

O público vai experimentar

uma estratégia de criação

que combina diferentes

conceitos, interligando teatro

e música para contar o fim de

um casamento da alta classe

média.

Data: até 3 de junho

Local: Garagem MultiArtes

Facebook: @processo.

multiartes

Foto: Jefferson Pancieri Foto: divulgação

68

junho 2018

revistavoi.com.br


Foto: Diana Carneiro

Foto: divulgação

Foto: Lucas Pontes

Foto: divulgação

Geral

DECANTAÇÃO E DESASTRES

A mostra traz as obras

de Carina Weidle e Lígia

Borba com a proposta de

estabelecer um diálogo entre

as criações de ambas as

artistas. Possui esculturas,

fotos, cerâmicas e pinturas.

Data: até 9 de setembro

Local: Museu Oscar Niemeyer

(41) 3350 4400

MAR DE NUVENS

As principais cadeias

montanhosas e paisagens da

Serra do Mar Paranaense são

tema da exposição inspirada

na experiência pessoal do

fotógrafo Lucas Pontes, que

também é montanhista, com

a serra do mar ao longo de

sua vida.

Data: até 15 de julho

Local: Memorial de Curitiba

(41) 3321-3313

TRANSIENTE

A exposição de Angela Lima

apresenta obras em técnica

mista de desenho e pintura.

A obra reflete sobre os

processos de construção da

subjetividade; com influência

da fotografia e do cinema.

Data: até 16 de junho

Local: Soma Galeria

somagaleria.com

DIA MUNDIAL DA ARTE

BOTÂNICA

A exposição tem o propósito

de conectar as pessoas às

plantas por intermédio da arte

botânica contemporânea. O

evento terá 60 obras de artistas

brasileiros e também contará

com mesa-redonda, oficinas e

demonstrações de técnicas de

ilustração botânica.

Data: até 17 de junho

Local: Museu Botânico

Municipal – Jardim Botânico

(41) 3362-1800

Destaque

PEDRO E O LOBO

Essa é uma versão para bonecos do espetáculo

infantil. A história infantil conta, por meio da música,

a aventura de Pedro, um menino que vive com o avô

e se envolve em situações difíceis com um lobo, o

passarinho Sascha, o gato Ivan e a pata Sônia.

Data: 9 e 10 de junho

Local: Caixa Cultural Curitiba

(41) 2118-5111

Foto: Hugo Honorato

Pontos de venda

REVISTA

• Banca América - Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina com Cel. Francisco

H. dos Santos - 3267-2412 / 99905-5071

• Banca Batel - Av. Batel em frente ao Hospital Santa Cruz - 3244-5620

• Banca Bom Jesus - Rua Jaime Balão, 201 - Cabral - 3264-7662

• Banca do Condor Champagnat - Martim Afonso, 2800 - 3336-9817

• Banca do Palladium - Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium - 99209-1161

• Banca Espanha - Praça Espanha - 3225-1173

• Banca Leia Bem Pão de Açúcar - Av. República Argentina, 391 - Água Verde - 3024-6156

• Banca Paulina - Rua Presidente Farias esquina com Rua XV - 3324-7997

• Banca Praça do Japão - Praça do Japão - 3243-1475

• Bazar Cotegipe - Mercado Municipal - 3262-5011

• Brioche - Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê - 3342-7354

• Caiobanca - Av. Atlântica, 1200 - Caiobá/Matinhos - 3473-9228

• Curitiba Aqui Art e Café - Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato - Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel - 3343-0505

para assinatuRa, entre em contato

com nossa CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

pagamento em até 3 vezes sem juros

junho 2018 69


CARTÃO POSTAL

PIRAQUARA

Cenário de

cinema

Já pensou em visitar uma cave de maturação de

espumantes dentro de um antigo túnel de trem? E

degustar um almoço em uma estação desativada?

Sim, isso existe e está bem perto de Curitiba. O

passeio na Cave Colinas de Pedra contempla

visita ao túnel, explicação sobre o processo de

elaboração de espumantes, degustação e um

almoço com cardápio especial. Para acompanhar?

Mais espumante. Quem quiser descansar depois

é só se jogar em uma das espreguiçadeiras e

aproveitar a paisagem do local.

Foto: Arthur Andrade

Cave Colinas de Pedra

Rua Antônio Brudeck, 100 - Roça Nova,

Piraquara (PR) - (41) 99667-5000

Vinhos premiados

Para os enófilos de plantão um passeio

obrigatório é a Vinícola Araucária. Referência

na produção da bebida no Paraná, ganhadora

de diversos prêmios, é possível agendar um tour

para conhecer o local, aprender sobre os vinhos

e terminar com um almoço no restaurante Gralha

Azul. A vinícola valoriza a cultura paranaense:

todos os rótulos têm nomes que fazem referência

ao Estado. Com esse friozinho chegando, nada

melhor do que a dupla perfeita: vinho e boa

gastronomia.

Vinícola Araucária

Rua Aparecida Góes de Paula 1300

Colônia Murici – São José dos Pinhais (PR)

(41) 9917-5742

SÃO JOSÉ

DOS

PINHAIS

CAMPO

ALEGRE

Descanso de rei

Um lugar tranquilo para fugir do trânsito,

barulho e estresse da capital. Assim é o Refúgio

Monte Olimpo. Comandado pelo casal Helio

e Nazilda Kalbusch a pousada tem trilhas,

cachoeiras e fauna abundante. Do quarto

apenas o barulho da água batendo nas pedras.

Todas as acomodações são dignas de realeza e

algumas têm banheira de hidromassagem. Não

deixe de provar os waffles do café da manhã

e em um passeio pela cidade experimente a

culinária local com forte influência alemã.

Refúgio Monte Olimpo

Estrada Avenquinha ao Salto 3201

Salto do Engenho - Campo Alegre (SC)

(47) 99964-7160

Foto: divulgação Foto: divulgação

70

junho 2018

revistavoi.com.br


BLOGUEANDO

Por William Mello

moda

Foto: divulgação

Quebrando tabus

S

abemos que a moda masculina vem inovando a cada coleção lançada. As

marcas ousam, trazendo atitude e identidade nas peças, refletindo o desejo

dos consumidores cada vez mais exigentes. Isso, com certeza, é um grande

avanço para os homens, pois quem disse que não amamos moda e queremos

estar atualizados, não é mesmo?

Antigamente, as opções para se vestir eram limitadas e acabávamos com um guarda-roupa

muito semelhante, com o mesmo estilo de roupas e cores. O homem, com sua

necessidade de se mostrar mais masculino, fazia isso através de sua vestimenta. Qualquer

coisa além do comum poderia por em dúvida sua masculinidade. Pura bobagem!

Tão importante quanto usar o que nos faz bem e nos sentirmos bonito é o reflexo

que isso tem no mundo. O homem como consumidor de moda começou a se tornar

mais exigente, mostrando que gostamos e compramos coisas que nos representam.

Afinal, todo estilo passa sua mensagem pessoal, pois nossas roupas usadas em cada

ocasião nos definem socialmente. Foi-se a época em que passamos despercebidos pela

multidão ou temos nossos gostos e desejos de consumir colocados de lado. Também

queremos ser únicos, usar e abusar de nosso estilo pessoal.

Entre tantas novidades, o mais importante é que hoje cada homem tem a sua identidade

fashion, do básico ao extravagante. As estampas, os tecidos mais diferenciados,

como a seda e as rendas, antes atribuídos ao público feminino, estão facilmente a nossa

disposição. Bolsas e joias hoje somam ao relógio que, por muito tempo, foi considerado

o único acessório masculino. Consegui comprovar isso quando estive no mês de abril

em Milão, capital mundial da moda. Hoje, as tendências são claramente construídas

para um homem com senso crítico fashion, sem tabu e sem regras.

A verdade é que realmente é muito mais prazeroso comprarmos o que realmente

gostamos ao invés daquilo que antigamente se acreditava ser o correto. Uma dica que

vale ouro: seja você sempre, meu caro. Sinta-se bem em frente ao espelho. Use e mostre

seu estilo próprio. Sem deixar de lado o equilíbrio, claro. Afinal, com tanta novidade nas

araras das lojas, os exageros podem começar a circular por aí.

Foto: Leandro Gabardo

Sobre William

Mello

É administrador, especializado

em marketing e moda, trabalha

integralmente como digital

influencer, voltado ao universo

fashion, compartilhando seu estilo de

vida e suas experiências pelo mundo.

Conheça mais em:

Instagram.com/williamello

williamellosaczk.com

72

junho 2018

revistavoi.com.br


HISTÓRIAS

Curitiba como ela é

N

asci aqui e não faço muitas visitas aos

amigos, exceto em ocasiões especiais, com

convite e horário pré-estabelecido. O mesmo

acontece quando vou receber alguém em

casa. Mas por que desse modo? Por eu ser

antipática? Não sei se alguém no mundo assumiria ser

antipático; e, para não fugir à regra, eu também não. Justifico,

não porque não gosto de pessoas ou de recebê-las,

mas por falta de tempo, mesmo. Não consigo me organizar

de modo diferente e sofro com a quantidade de coisas

por fazer, por isso não mantenho uma atividade social

movimentada. Também sou tímida, o que me deixa mais

na observação, do que na linha de frente. Ah, e tem o

frio, que, quando resolve vir com vontade, vem na mesma

proporção que a preguiça de sair do aconchego do lar.

Conto isso, para falar da minha cidade. Tenho muitos

amigos que possuem outros amigos, cujos amigos dos

parentes e conhecidos desses amigos agem de forma

semelhante, e todos compõem a população curitibana.

É evidente que essas características não são regras, mas

permeiam o perfil do povo daqui.

A tal da timidez faz com que vizinhos acabem não

se cumprimentando no elevador, ou saudando-se apenas

com um simples balançar de cabeça, em vez daquele

papo animado que facilmente poderia fluir, mesmo que

sobre banalidades, entre os que dividem a mesma caixa

que os leva para cima ou para baixo por alguns minutos

todos os dias. Eu mesma me esforço para cumprimentá-

-los de modo audível, mas, se não o faço, é

porque estou com o pensamento

longe. Só isso.

Embora, no geral, apresentemos

tais aspectos, a capital do

Paraná recebe bem as pessoas.

É preciso entender que o acolhimento

acontece, apesar dos comportamentos

acima, o que, para

aqueles que esperam uma postura

diferente, pode ser frustrante e/ou

levá-los à equivocada conclusão de

serem vis tais atitudes.

Assim, estamos abertos a ouvir as diversas propostas

dentro do segmento que for, e respeitamos a diversidade

de opiniões; mas temos a nossa cultura, costumes e experiências

e, consequentemente, a nossa própria opinião,

que merece e precisa ser respeitada como qualquer outra.

Não me recordo da cidade ter estado tão em evidência,

desde que aprendi o significado da palavra notícia.

Por mais que cubra os olhos com as mãos para se defender

da luminosidade agressiva dos holofotes, a luz

continua brilhando. E, como em tudo no viver, há mais

de um lado. Há os que se revoltam com a nossa conduta

ou visão e simplesmente agridem. Bom, que assim seja. A

cidade tem dificuldades como qualquer outra e, também,

qualidades; e, apesar do grande orgulho que sinto, nós

que vivemos aqui sabemos das adversidades do nosso dia

a dia, tanto quanto amamos a nossa pacata metrópole.

Afinal, que sinalize quem ama alguém sem defeitos ou

conhece algum local sem problemas.

Ao ouvir a expressão República de Curitiba, com uma

entonação diferente da que eu gostaria, procurei nos dicionários

o conceito da palavra. República: “Relativo aos

interesses da comunidade dos cidadãos” (dicionariodoaurelio.com)

ou “Tipo de governo em que o Estado prioriza

o interesse do povo” (dicio.com.br). Então me tranquilizei,

vendo que todas as citações não passavam de elogios a

uma terra de trabalhadores em busca do bem

comum.

Foto: divulgação

74

junho 2018

revistavoi.com.br

Por E E Soviersovski

Leitora voraz, a escritora curitibana Enoizi Soviersovski (E E Soviersovski),

acaba de lançar seu primeiro romance Novas Verdades, Um

Único Amor, que narra uma história de amor avassaladora entre

personagens de mundos e vidas opostas


A vida é cheia de momentos inesquecíveis

que não podem ser passados em branco.

Não importa qual seja o evento. No Torres Eventos será inesquecível.

• 1 Salão com capacidade para 2.800 convidados • 1 Salão com capacidade para 1.500 convidados

• Teatro com capacidade para 731 convidados • Buffet exclusivo • Chef de Cuisine da casa • Cardápio requintado

• Projetos personalizados • Consultoria completa • Organização • Foto e vídeo

41 3045.6999 espacotorres.com.br


CarmenSteffensOnline

@carmensteffens

25 ANOS

COM

MONALISA SPANIOL

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

A loja toda em até 10x sem juros, com parcela mínima de R$ 99,90

PARKSHOPPING BARIGUI | SHOPPING PALLADIUM PONTA GROSSA | RUA ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!