O Lavrador das Lavras Vazias

VitorCorleoneBH

Livro de poesias escrito em 2006 na cidade mineira de Lavras, retratando as dificuldades intrínsecas a uma nova realidade do serviço público na polícia. A solidão espiritual e a certeza de que muitas vezes na vida o ouro que se procura vem manchado de sangue e sofrimento. Às vezes uma oportunidade não é mais que uma desilusão.

Viver

Viver

É procurar diamante onde só há cristais

Procurar pela água onde só existe areia

Estar em um labirinto e procurar a porta

Escapar da chuva e se esconder do sol

Viver é desfrutar do que o momento apronta e se entregar ao amor

À aventura

É se aventurar onde só há quietude

Desejar luzes à noite e a sombra quando é dia

É querer um cobertor no inverno e dormir sem roupa no verão

Sentir o perfume da flor na primavera

Viver é nos encantarmos com as coisas que nos fazem bem

Chorar quando estamos tristes

Chorar quando estamos felizes

Admirar as coisas boas da vida. Simples que se tornam eternas

Viver é procurar amigos onde só há diamantes

Se impressionar com a simplicidade do artesanato

E não enxergar maravilhas inexplicáveis na tecnologia

Ouvir nossa música preferida

Cantar, sorrir, cantar

Viver é tudo que nós podemos ser

E aquelas coisas que não conseguimos vivemos na fantasia

É desatar os nós que fecham os caminhos

Olhando as estrelas viajar no espaço

Procurar o fim do mundo

É procurar por terra onde só existe o mar

É procurar por água onde só há areia

Chegar ao fundo do poço

E ter a certeza de que ninguém jogará uma corda

Viver é desprezar as coisas que não suportamos

E guardar no peito quem admiramos

Viver é querer ser jovem quando se está velho

E querer ser velho nunca

20/10/2006

10

More magazines by this user
Similar magazines