O Lavrador das Lavras Vazias

VitorCorleoneBH

Livro de poesias escrito em 2006 na cidade mineira de Lavras, retratando as dificuldades intrínsecas a uma nova realidade do serviço público na polícia. A solidão espiritual e a certeza de que muitas vezes na vida o ouro que se procura vem manchado de sangue e sofrimento. Às vezes uma oportunidade não é mais que uma desilusão.

Anjo do sonho

E vai às noites

E vaga errante

Enegrecido pelas folhagens

E escondido pelas estrelas

O puritano

Espelho da essência juvenil

Ou como a dor puerperal

Iluminado pelas certezas

E reluzindo a experiência

Guardião do entendimento

Razão e aprendizado

De sua vida onipresente

Luz que os olhos não compreendem

E vai à vida

E vai tentador

Sempre com o brasão dos sonhos

Da liberdade que o fortalece

E o faz vagar nas noites

E o faz descansar nos dias

22/04/2001

11

More magazines by this user