O Lavrador das Lavras Vazias

VitorCorleoneBH

Livro de poesias escrito em 2006 na cidade mineira de Lavras, retratando as dificuldades intrínsecas a uma nova realidade do serviço público na polícia. A solidão espiritual e a certeza de que muitas vezes na vida o ouro que se procura vem manchado de sangue e sofrimento. Às vezes uma oportunidade não é mais que uma desilusão.

Belo

É belo acordar

E ver o sol brilhando no céu

Os pássaros cantando

Sob o céu azul, sobre o azul do mar

É belo dizer

Palavras amigas, frases de consolo

É belo sentir saudade

Tudo é belo quando a beleza é o sonho que sonhamos

É belo sonhar com um mundo

Cheio de paz para se viver

É belo presenciar as águas do mar tocando a areia

Ver as ondas indomáveis no azul do oceano

Indo e vindo – que lindo

Olhar no azul do céu as nuvens passando

Os passarinhos voando

É belo observar a bailarina dançando

Com sua sandália de cristal e vestido branco

Os olhos se encantam – que linda

Que perfeição – que pequenina

É belo ver a bailarina dançando

Do palco aos olhos e dos olhos às estrelas

É belo sentir que os sonhos são o que nos fazem felizes

É belo, é belo amar!

Enfim

É belo viver

A vida, o amor, a amizade

É belo

29/12/2002

22

More magazines by this user
Similar magazines