Ecos de Fátima set/2018

revistadp

Setembro de 2018

Boletim Informativo

Setembro de 2018

25 Anos de Luzes e Graças!


Vinde Nossa Senhora de

Fátima, não tardeis!

Ao dar este nome à Campanha,

em 1993, Plinio Corrêa de Oliveira

exprimia o desejo, que a graça

semeava em incontáveis almas,

do urgente triunfo do Imaculado

Coração de Maria!

Este gesto indica bem o rumo de

toda a sua vida: uma inteira consagração

à Mãe de Deus e à Santa Igreja .

Há nos Atos dos Apóstolos

uma expressão de São Pedro sobre

a vida de Cristo: Pertransiit

benefaciendo. Passou pela vida

fazendo o bem.

A singeleza dessas palavras

bem pode aplicar-se a Dr Plinio:

Passou pela vida fazendo o bem.

Pois, christianus alter Christus:

Um cristão é um outro Cristo.

Dois anos depois de ter

impulsionado a Campanha, em seu

nascedouro, Dr. Plinio foi chamado

por Deus para a eternidade, em 3 de

outubro de 1995 .

Mas, nem por isso ele deixou

de continuar a inspirar, estimular

e fazer crescer essa Campanha.

Apóstolo de Fátima e pai de

uma família espiritual, ele havia

plantado nas almas de seus

filhos o amor a Nossa Senhora e

a certeza de que era preciso fazer

chegar a mensagem de Fátima a

todos os brasileiros.

Assim, e contando sempre

com a generosidade e o apoio

dos participantes, simpatizantes e

amigos da Campanha, esta verdadeira

obra de apostolado se desenvolveu ao

longo de 25 anos.

E o fez, difundindo a mensagem

de Fátima nos lares pela visitação

da imagem de Nossa Senhora, ou

levando aos nossos irmãos menos

favorecidos o conforto de um auxílio

espiritual e também material.

Como também, proporcionando

a inúmeros adolescentes receberem

formação cristã. Ou, por meio da

catequese, ensinando às crianças as

maravilhas do amor que Deus tem,

por cada uma delas.

E, também, a partir de 2014, a

utilização das redes sociais para fazer

chegar a tantas pessoas necessitadas a

força da fé, orações e mensagens com

palavras de consolo e esperança.

O apostolado tão desejado por Dr.

Plinio atinge hoje, apenas por esse

meio, mais de 2 milhões e meio de

brasileiros.

A propósito das diversas iniciativas,

inúmeras foram as manifestações de

pessoas de todas as idades e de todos

os quadrantes de nosso Brasil que

exprimiam o que a graça lhes falava

na alma.

Muito ilustrativas do bem que a

Campanha vem fazendo às almas

são, por exemplo, estas palavras enviadas

por uma jovem:

"Fico satisfeita ao ver pessoas que

querem ver o mundo do jeito que

Deus criou. Nem tudo está perdido,

como eu pensava ao ver meus amigos

se prostituindo e se drogando... Muito

obrigada mesmo, parece que uma luz

acaba de surgir. Agradeço por despertar

em mim um pouco de esperança. Peço

isto com muita fé, e espero que minhas

preces sejam atendidas!".

De onde provêm esses bons frutos?

DAquele que disse: Quem

permanece em mim, e eu nele, esse

dará muito fruto, pois sem mim,

nada podeis fazer.

Nossa Senhora de Fátima, que

inspirou Dr. Plinio a fundar esta

abençoada Campanha, seja louvada

e glorificada por todos os abundantes

frutos que ela deu e ainda dará!


Olhe fundo neste olhar

e deixe que estes olhos

vejam você!

Passar pela vida fazendo o Bem!

Fac-simile do primeiro postal

distribuído pela Campanha

DIFUNDINDO O BEM

ATRAVÉS

DAS REDES SOCIAIS

VISITANDO OS LARES

LEVANDO CONFORTO

ESPIRITUAL E

MATERIAL


A Hora Suprema da Dor

Celebramos no dia 14 de setembro a festa da Exaltação da Santa Cruz.

"Porque por ela, diz Santo André de Creta, as trevas são repelidas e volta a

luz. Celebramos a festa da cruz e, junto com o Crucificado, somos levados para o

alto para que, abandonando a terra com o pecado, obtenhamos os céus. A posse da

cruz é tão grande e de tão imenso valor que, quem a possui, possui um tesouro."

O MAIS SUBLIME E ARREBATADOR

DOS EXEMPLOS

Jesus quis que os homens vissem

todo o sofrimento d’Ele, para

que cada um de nós tivesse a coragem de

carregar o seu próprio sofrimento.

Se o Homem-Deus passasse pela

Terra e sofresse um pouquinho, derramando

uma gotinha de sangue, remidos

estávamos.

Mas faltaria a lição de conformidade

com a dor, de aceitação do sofrimento

como sendo a mais alta coisa da vida —

não um desastre, um trambolho, algo que

não se compreende e não deveria ter sucedido

—, o caminho necessário para que

o homem chegue até onde deve chegar, a

estrada para a qual ele se dirige como sendo

a realização de seu próprio destino.

Quer dizer, cada um de nós nasceu

para carregar uma cruz, passar por um

horto das oliveiras, beber um cálice, ter as

suas horas de agonia em que diz a Deus

Nosso Senhor:

“Meu Pai, se possível, afastai de

mim este cálice, mas faça-se a vossa

vontade e não a minha.”

A idéia de que o homem nasceu para

dar glória a Deus, antes de tudo sofrendo,

esta idéia retriz, fundamental na formação

do verdadeiro católico, não a teríamos se

não fosse apresentada pelo mais sublime

e arrebatador dos exemplos, que é Nosso

Senhor Jesus Cristo morrendo na Cruz.

VISUALIZAÇÃO PAGÃ DA VIDA

Vemos aqui um contraste

com o espírito moderno,

segundo o qual a finalidade do homem na

terra é ter êxito, saúde, enriquecer, gozar a

vida e morrer bem tarde, quando não mais

houver remédio. E, durante toda a existência,

ter a maior quota possível de segurança,

de maneira tal que, não apenas o sofrimento,

mas até o medo do sofrimento,

não o assalte.

Tal visualização é pagã por essência.

Calcular a vida assim é calculá-la à maneira

de um pagão.

A formação católica prepara as pessoas

para o sofrimento, pois está fundamentada

em Nosso Senhor Jesus Cristo,

cuja vida foi centrada nesta hora suprema

da dor.

A DOR E A SANTIFICAÇÃO

Como consideramos os sofrimentos

de nossa vida?

Isto nos leva a perguntar como consideramos

os sofrimentos de nossa vida,

dos quais o maior, sem dúvida nenhuma,

é a nossa própria santificação. Toda santificação

séria faz sofrer, e sofrer muito. E se

alguém me disser que não sofre, eu teria

vontade de perguntar-lhe, de imediato:

“Então tu não te santificas?” Porque não

há santificação que não venha acompanhada

de dor.

Visando nossa santificação, devemos

fazer perguntas como as seguintes:

Combatemos os maus impulsos que,

em consequência do pecado original e das

nossas más ações, existem dentro de nós?

Como fazemos, não só para reprimir

os maus impulsos, mas para praticar as virtudes

que lhes são opostas?

Aceitamos as nossas limitações de

inteligência, físicas de toda ordem, sociais,

tais como: falta de posição social, de fortuna,

de atrativos? Há pessoas sem graça,

com as quais os outros não gostam de ter

relações; passam diante delas e, quando

muito, as cumprimentam. Existem também

as muito engraçadas, procuradas por


todo mundo para se divertirem com

elas, e que nos solicitam à palhaçada.

Como aceitamos a necessidade de resistir

a essa solicitação?

DEVEMOS AMAR A NOSSA CRUZ

Para tudo isto, cada um

tem a sua cruz. E Nosso

Senhor Jesus Cristo nos mostra

o papel fundamental do sofrimento.

Uma das razões pelas

quais não foi possível ao Padre Eterno

atender à oração de Jesus, foi que os

homens tivessem esse exemplo.

Quando Napoleão estava na fase

ascensional de sua carreira, antes ainda

de se tornar imperador, um bajulador

disse-lhe: “General Bonaparte,

por que vós não vos fazeis proclamar

deus?” (...) Ele olhou para o sujeito de

frente e deu esta resposta esmagadora:

“Depois de Jesus Cristo, só há um jeito

de alguém ser tomado a sério como

deus: subir no alto do Calvário fazendo-se

crucificar. Eu não estou disposto

a isto.”

O exemplo de Nosso Senhor Jesus

Cristo calou tão fundo que nunca

mais nenhum candidato à divindade

foi tomado a sério, porque só a cruz

é séria, e apenas são verdadeiramente

sérios os homens que querem carregar

sua cruz.

Portanto, devemos amar a nossa

cruz e meditar sobre os pontos acima

referidos.

Ele sofreu para que, por exemplo,

no dia 30 de março de 1972, neste pequeno

auditório, pudéssemos meditar

isto juntos, e cada um sair daqui mais

resolvido a combater o seu bom combate.

Quer dizer, a carregar sua cruz.

Prezado amigo. Desejo-lhe muita

alegria, paz e saúde. Deus te dê força para

continuar com os seus projetos.

Fiquei muito feliz quando peguei o

envelope e vi N.Sra de Fátima. Fiquei

muito alegre e muito feliz quando li

a carta e o cartão. Que mensagem

maravilhosa, cheia de palavras bonitas,

de significado, de amor e sensibilidade.

Estou feliz por ter recebido este

Rosário. Foi o melhor presente de toda

minha vida. Deus e N.Sra de Fátima te

abençoem.

M.L.V. - Tangará da Serra - MT

Queria relatar uma graça alcançada

por Nossa Senhora de Fátima. No dia

16/2, entrei no site da Campanha Vinde

Nossa Senhora de Fátima, não tardeis

para pedir uma oração por meu tio

W.. Ele tinha sido assaltado em frente

de casa e foi roubada a moto que ele

usa para trabalhar. No dia seguintes

a Polícia Militar encontrou a moto.

Venho agradecer a essa campanha

e a Nossa Senhora de Fátima, que

abençoou meu tio para que pudesse ter

moto de volta. Desejo que cada vez mais

essa Campanha alcance mais gente

e que cada vez mais famílias sejam

abençoadas como a minha. Sempre

estarei ajudando financeiramente, de

acordo com minha possibilidades, para

que possa crescer cada vez mais.

K.F.S. , Natal, RN

Fazia apenas alguns meses do

falecimento da minha mãe, quando

debaixo da porta da minha casa havia

um envelope com a imagem da Mãe,

Nossa Senhora de Fátima, dizendo: sou

tua mãe, não se aflija meu filho, pois eu

estou aqui.

Outras ocasiões de aflição também

chegou a imagem de Nossa Senhora.

E, no dia de meu aniversário, mais

uma vez se fez presente a imagem de

Nossa Senhora com meu nome gravado

em seu coração. Isso é o sinal de que

Maria sempre está presente em todos os

momentos de nossas vidas..

E.P.C., Rosário do Sul, RS.

Deus tem sido muito generoso comigo.

Depois de tanta coisa vivida, me rendi

a Nossa Senhora. Fui pastor evangélico

durante 12 anos, em minhas pregações eu

atacava veementemente a Nossa Senhora.

Até que Ela me encontrou e me acolheu

com seu genuíno amor de mãe. Foi então

que minha vida recomeçou. Hoje, casado,

sou pai de uma menina. Vejo a poderosa

intercessão de Nossa Senhora em nossas

vidas. Um grande abraço.

R.P. , Araraquara, SP

Em 2016 meu pai foi diagnosticado

com uma lesão na garganta e foi

operado. Não era câncer, mas se a lesão

progredisse as consequências poderiam

ser graves e até fatais.

Um mês depois da primeira cirurgia

a lesão se repetiu e foi preciso operar

novamente. Isso se repetiu 3 vezes!

O médico disse que poderia tentar

uma medicação, mas que não tinha

tido resultado com outros pacientes.

Acreditamos e eu pedi com muita fé a

Nossa Senhora de Fátima um milagre,

pois não via esperança de melhora.

Ela me ouviu e operou esse milagre. A

medicacão, logo na primeira aplicação

deu resultado.

Hoje faz mais de um ano que ele não

tem nenhuma lesão. Eu sei que foi uma

grande graça e serei eternamemte grata.

Acreditem, a oração tem muito poder!

Nunca perca a fé!Em qualquer situação

de medo e desespero, reze!!! Viva Nossa

Senhora de Fátima!!

C.R ., Londrina. PR

Ecos de Fátima - Boletim informativo da Campanha “Vinde Nossa Senhora de

Fátima, não tardeis!” Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade

• Diretor responsável: Roberto Kasuo Takayanagi • Rua Martim Francisco, 665 • CEP

01226-001 – São Paulo - SP • Impressão: Pigma Gráfica e Editora Ltda. Atendimento aos

participantes: (11) 3777-5120 • E-mail: fatima@fatima.org.br • www.fatima.org.br


Ecos de Fátima

Os 100 anos das Aparições

de Fátima e os 300 anos da

Padroeira do Brasil, Nossa Senhora

Aparecida, foram magnífica ocasião

para intensificar a devoção à Mãe de

Deus em nosso país e renovar o chamado

à conversão.

O boletim celebrou também a canonização

dos Protomártires do Brasil

em outubro de 2017: "o sangue de católicos

indefesos, crianças, velhos e

famílias inteiras servirá de estímulo

para fortalecer a fé das novas gerações

de brasileiros, lembrando sobretudo o

valor da família como autêntica e insubstituível

formadora da fé e geradora

de valores morais. (São João Paulo II)

Cartão de Natal e o cartão de membro

30 Dias com Maria

C

omo viver nosso dia-a-dia bem

unidos a Maria? Um dos meios

é fazermos visitas a Nossa Senhora... ou

deixarmos que Ela visite nossas

almas!

Com essa intenção foram

confeccionados mais de 200 mil

devocionários em forma de calendário de

mesa, com fisionomias de imagens de Nossa Senhora de Fátima, acompanhadas de

pensamentos sobre a Mãe de Deus ou textos de orações a Ela.

Em cada dia do mês, os participantes e amigos da Campanha podiam unir-se aos

Santos Pastorinhos e também oferecer seus atos utilizando a fórmula aconselhada pela

Virgem Maria, na aparição do dia 13 de julho de 1917:

Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação

pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.

É

pela Cruz que se chega

por meio de Santos e Pon

longo dos tempos. Mas infelizment

O Prof. Plinio Corrêa de Oliveir

"É só pela compreensão do papel d

humanidade pode salvar-se da cris

Maria é modelo, é fonte de insp

todos os sofrimentos.

Cerca de 250 mil lares brasileir

as Sete Dores de Maria, juntamente

com Maria, aprendermos a segui

lágrimas e alcançarmos assim a eter

Deus, ei-Lo exorável e ao nosso alcance, feito homem

como nós, tendo junto de Si a Mãe perfeita, Mãe

d’Ele mas também nossa,…e São José, o varão sublime, que reúne

em si a maravilhosa antítese das mais diferentes qualidades.

Ao contemplá-Los, nossas almas crispadas se distendem.

Nossos egoísmos se desarmam. A paz penetra em nós e em

torno de nós… (Plinio Corrêa de Oliveira)

O Nascimento do Menino Jesus sempre despertará nas almas

os sentimentos de gratidão e generosidade, convidando

o gênero humano a desejar a restauração da inocência.

Ao enviar os votos de Feliz Natal, foi remetido juntamente

o cartão de membro a cerca de 300 mil participantes pedindo

que se unissem à manifestação de gratidão à Santíssima

Virgem e ao Menino Deus, pelo início do ano

no qual se completavam os 25 anos das

atividades da nossa Campanha.

Se

Nossa Senh

Nossa

do Perpétuo

Os 25 Anos da Campanha nã

sem a Mãe do Perpétuo S

dificuldade, a cada necessidade, em cada

e continuará sendo a razão de confiança

Para manifestar gratidão, é preciso to

mais conhecida! É um socorro que não

se detém

Em n

em nenh

Senhora

Pela i

a Novena

foi envia

230 mil f

as regiõe

Por p

situação

cura o S

socorre s


te Dores de Maria

à Luz! Esta verdade a Santa Igreja,

tífices, tantas vezes tem ensinado ao

e, muitas vezes nos esquecemos...

a faz esta séria e luminosa afirmação:

a dor e do mistério da Cruz que a

e tremenda em que está afundando."

iração para bem sabermos enfrentar

Santa Missa

O maior de todos os bens

os receberam esta meditação sobre

e com a Cruz de São Damião, para,

r os passos de Jesus neste vale de

na felicidade.

ora de Lourdes

L

“Vinde nossa senhora de Fátima, não tardeis!”

Rua Martim Francisco, 665 - Cep: 01226-001 - São Paulo - SP

Tel: (11) 2206-4540 / (11) 3777-5120

www.fatima.org.br / fatima@fatima.org.br

www.facebook.com/vinde.fatima

ourdes... uma fonte de água

pura e cristalina, que jorra graças

ininterruptamente, há 160 anos.

Foi através de Lourdes que se instalou no mundo o

milagre, por assim dizer, em série e a título permanente.

Quando Nossa Senhora apareceu em Lourdes o mundo

estava afundado no desnorteio e na falta de Fé. Foi nesse

momento em que o mal aparecia tão forte que Maria trouxe,

para os pecadores, a hora da misericórdia divina!

Hoje também precisamos que Ela venha trazer a coragem da

conversão, a humildade da penitência e a perseverança na oração.

A hora da misericórdia divina! Para fazer essa súplica, os participantes e amigos da

Campanha, em mais de 200 mil lares, receberam um postal especial, juntamente

com a Novena a Nossa Senhora de Lourdes.

As Sete Dores

de Maria

Sete Dores de Maria_2018_capa.indd All Pages 22/01/18 15:33

Senhora

Socorro

o se realizariam

ocorro! A cada

a instante, Ela foi

a de todos nós.

rná-lA cada vez

cessa; que não

nunca...

enhum minuto,

um caso, Nossa

deixa de auxiliar.

ntercessão dEla,

a e o ícone- imã,

do a cerca de

amílias de todas

s de nosso país.

ior que seja a

de quem proeu

auxílio, Ela

empre!

Calendário 2018

"Vinde, ó Maria!"

M

ãe,

eis aí teu filho!

Filho, eis aí tua

Mãe!

Que os filhos estejam

com sua Mãe. Que se

deixem olhar e cuidar

por Ela, em todos os

dias, em todos os

minutos do ano...

Que Ela venha e

tome conta de nossas

famílias, de nossos

corações, de nosso

país! Que cada um

de nós seja um reinado de Maria!

Enviar este calendário a praticamente 600 mil pessoas,

só foi possivel graças à ajuda e generosidade de tantos amigos e

participantes.

É o desejo que Nossa Senhora manifesta de viver com seus filhos e

interceder por eles. E, como gostava de repetir Dr. Plinio, viver é estar

juntos, olhar-se e querer-se bem.

Envie suas

intenções e pedidos

para serem incluídos nas

Santas Missas.

Pela internet,

acesse o link

www.fatima.org.br/pedidodeoracoes

Ou pelo Correio,

envie para

R. Martim Francisco, 665

CEP 01226-001


Nossa Senhora das Dores

Maria Santíssima, Mãe das Dores, por vossas preces

obtende que Deus multiplique sobre a terra

as almas que amam a Cruz!

More magazines by this user