Empreenda Revista - Edição 16 - Setembro

elaineempreenda

Revista de negócios destinada ao público empreendedor

+ DE 3.000 NOVOS E SEMINOVOS

+ DE 60 LOJAS DE AUTOMÓVEIS

MENOR TAXA DO MERCADO

SERVIÇOS PARA SUA COMODIDADE

Avenida dos Estados nº 8.000 – Santo André / SP


06

SUMÁRIO

08 App Filho sem

Fila chega ao

Paraguai

10 Startup Weekend

Santo André

22 Seu negócio cresceu.

Vamos para a nuvem?

24 Cultura de inovação

a partir do Design

37 Histórias que

motivam e inspiram

A força que existe

em você!

38 Social

11 Principais motivos -

para contratar um

Serviço de Segurança

E Monitoramento

12

14

Walter Estevam Junior

recebe o título

de cidadão

sulsancaetanense

Qual é o profissional

ideal?

16 Networking e

Conexões, Conexão

Empreendedora

17 Santo André lança

Escola Aberta de

Inovação e

Empreendedorismo

18 Caito

Maia

26

ABRH-BRASIL lança

novo guia para falar da

importância do RH na

Criação de uma cultura

sustentável

28 TVILA celebra primeiro

aniversário com projeto

inovador na Comunicação

do Grande ABC

30 Sindicatos não podem

cobrar das empresas a

contribuição sindical

e nem outras contribuições,

salvo algumas exceções.

32 Por que você precisa

de um certificado digital?

33 Abertura de CNPJ para

Microempreendedor

individual cresce em

diversos setores

34 O sucesso de uma

cirurgia plástica está na

escolha do profissional e

local do procedimento

36 Empreendedores

realizam Hackathon

em prol da APAE

de Diadema.


EDITORIAL

EMPREENDA REVISTA

07

Querido leitor, a edição de setembro da

#Empreenda está impactante. Você sabe o

-

quanto ter uma marca forte é importante

para o seu negócio? Ter uma ideia de negócio

é simples, o desafiador é fazer com que

sua marca crie um envolvimento com o público

e se torne referência, mas, quando

você atinge esse objetivo passa-se a ter uma

legião de fãs e não mais clientes. Nessa

edição trazemos Caito Maia, CEO da Chilli

Beans, uma empresa que não vende produtos

e sim marca. Tenho certeza que você vai

aprender muito com a história da Chilli

Beans e como Caito vem fazendo para se

tornar uma marca pantaleão.

Aqui no ABC Paulista, estamos em pleno movimento

em nosso ecossistema empreendedor,

muitos eventos estão acontecendo para

fomentar nossa bandeira empreendedora e

claro que nós estávamos por lá, trazemos

nessa edição tudo o que aconteceu no Startup

Weekend Santo André, HACKAPAE e o

lançamento da Escola Aberta e Inovação e

Tecnologia de Santo André.

As Startups do ABC estão voando e ultrapassando

a fronteira nacional, é o caso da Startup

Filho sem Fila que este mês está começando

atuar no Paraguai.

Empreender é uma causa, somos pessoas

inconformadas e sabemos que é possível

fazer muito mais. E aqui na redação temos

isso como foco, trazemos para você, leitor,

conteúdos que te fazem crescer e que te inspiram

a tirar suas ideias do papel. Acreditamos

que o conteúdo entregue pode causar

transformação em você. Para que possamos

continuar trazendo o que há de melhor em

conteúdo, queremos ouvi-lo e para isso, a

partir do próximo mês teremos a coluna do

leitor, se você quer fazer parte é só escrever

para nós contando o que achou da edição e

o que gostaria de ler, vamos publicar seus

e-mails na edição de outubro!

Todo o conteúdo da revista, está disponível

em nosso portal www.empreendarevista.-

com.br. Queremos estar próximos de você,

por isso sugestões de pautas, eventos, palestras,

podem ser enviadas para o nosso

e-mail contato@empreendarevista.com.br.

Desejo a todos

uma boa leitura

e até a próxima!

ELAINE JULIÃO

Diretora da

Empreenda Revista

EXPEDIENTE

EMPREENDA REVISTA

ANO II | EDIÇÃO 16 | SETEMBRO 2018

www.empreendarevista.com.br

contato@empreendarevista.com.br

DIRETORA RESPONSÁVEL

Elaine Cristina Julião

Administração CRA/SP

PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO

EmComJunto | Assessoria Comercial

www.emcomjunto.com

DESIGNER GRÁFICO

Guilherme Bruniera

COMERCIAL

comercial@empreendarevista.com.br

IMPRESSÃO

Ecograph

www.ecograph.com.br

A EMPREENDA REVISTA é uma publicação

mensal e gratuita. A revista não se responsabiliza

por conceitos e opiniões emitidas

em colunas assinas e materiais divulgados

em anúncios publicitários.

Produção de conteúdo e desenvolvimento

Empreenda + Produções e Eventos

CNPJ: 10.378.146/0001-29


08

GESTÃO E NEGÓCIOS

APP FILHO

SEM FILA CHEGA

AO PARAGUAI

Startup do ABC Paulista, rompe a

fronteira nacional

O aplicativo Filho sem Fila – que já atende

mais de 130 escolas no Brasil –, foi implantado

também no Paraguai. O Colégio Santa

Clara, localizado na cidade de Assunção, é o

primeiro do País a utilizar este serviço tão

útil para famílias e escolas. “A ideia é auxiliar

na primeira implantação naquele país, visitar

outros colégios e, também, desenvolver

junto com os representantes paraguaios, a

estratégia de crescimento no Paraguai a

partir de Assunção” , explicou o CEO do aplicativo,

Leo Gmeiner que completou. “Este

primeiro cliente no Paraguai significa mais

um passo em direção à América Latina, e

comprova o modelo de vendas e distribuição

que temos testado para o mercado

externo” .

embarque, o que torna o processo mais

rápido e seguro para todos. A identificação

do aluno e seus responsáveis é feita por

meio de fotos, assim que a escola recebe a

notificação feita pelo app dos pais.

Além disso, o Filho sem Fila monitora os

transportes escolares, informando aos pais

o status do trajeto e a localização da van ou

ônibus em tempo real. Sendo assim, o Filho

sem Fila traz melhorias para o trânsito no

entorno dos colégios, evitando a formação

de filas-duplas, paradas em locais proibidos

e, ainda, gerando economia de tempo. “Atuamos

diretamente na redução do tempo de

espera dos pais e dos transportadores escolares,

de forma que eles fiquem menos

tempo (ou quase nenhum) expostos aos

riscos da violência urbana e, ainda, não cometam

infrações no trânsito. De forma simples

e prática, a ferramenta oferece economia

e segurança em todos os sentidos” ,

apontou Gmeiner.

Idealizado e desenvolvido em 2013, o Filho

sem Fila é o primeiro aplicativo nacional a

proporcionar segurança e agilidade às instituições

de ensino, pais e alunos durante a

saída escolar. A ferramenta avisa automaticamente

à escola que o responsável pelo estudante

está a caminho de buscá-lo. Assim,

os inspetores preparam as crianças para o


ONDE TUDO

COMEÇOU...

O App Filho sem Fila

começou no ABC Paulista

e a primeira escola a ser

atendida foi o Colégio

Arbos, nas unidades de

Santo André, São Caetano

e São Bernardo.

O mercado do ABC é

muito importante para o

Filho sem Fila, pois

foi onde tudo começou,

e onde a empresa

conseguiu validar o

projeto, bem como

identificar as dores dos

pais e escolas (problema

que foi resolvido com o

aplicativo). Mesmo hoje

atuando em mais de 50

cidades no Brasil, a

região continua bem

significativa para os

negócios, atualmente são

24 escolas atendidas

sendo 5.555 alunos

usuários do app no ABC.

“Além disso, os empresários,

prefeituras e institutos

de tecnologia do ABC estão

investindo muito na

cultura de inovação da

região, florescendo novas

startups e tornando essa

cultura cada vez mais

conhecida por aqui. Dessa

maneira, todo o ecossistema

se fortalece, beneficiando

também as startups

com um pouco mais de

tempo, como é o caso do

Filho sem Fila. Por isso,

sempre procuramos

valorizar essas iniciativas

e o ambiente de negócios

da região”

– José Rubens Rodrigues.

ALGUNS

NÚMEROS:

REDUÇÃO GANHO HORAS

de 50% do

tempo total de

saída de alunos

USUÁRIOS

Cerca de 90 mil

usuários entre alunos

e responsáveis

de

30 horas/ano

por pai

CHAMADOS

Mais de 1,8 milhão

de chamados de

alunos

Mais de

300 mil horas

economizadas

VALE

LEMBRAR:

*Vale lembrar:* No ano

passado, o App já tinha sido

implantado no Canadá em

ônibus escolares, que levam e

buscam as crianças na escola,

assim os pais sabem que o

ônibus escolar está próximo

da residência e sabem

também quando seus filhos

chegam a escola, podendo,

inclusive, ver o deslocamento

em tempo real. Esse módulo

foi adaptado às necessidades

brasileiras e será lançado

ainda esse ano no Brasil

09

GESTÃO E NEGÓCIOS

José Rubens e Leo Gmeiner, apresentando o aplicativo


10

GESTÃO E NEGÓCIOS

STARTUP WEEKEND SANTO ANDRÉ

Evento movimentou o ecossistema empreendedor e as Startups do ABC Paulista

Muitos empreendedores, entusiastas pelas áreas de inovação

e empreendedorismo, mentores de startups, participaram

de uma maratona de 52 horas onde puderam

validar, experimentar, vivenciar, modelar e aprender, na

prática, como transformar ideias em negócios!!! O

evento foi realizado no Salão Nobre Burle Marx em

Santo André e estimulou três categorias de participantes:

designers, programadores/desenvolvedores, e

negócios, que foi a categoria aberta para receber participantes

de qualquer área que puderam utilizar sua experiência

para propor e gerir as ideias e negócios.

“Acredito que foi um marco na região do ABC um

evento que incentiva o empreendedorismo e inovação,

conseguimos engajar muita gente, a energia era

vibrante de pessoas querendo inovar e fazer a diferença

para a região do ABC e pessoas querendo

resolver problemas do mundo. Conseguimos sentir a

força do ABC Valley, e a força do movimento empreendedor

e de inovação que o ITESCS está proporcionando

para todo o ABC” Luiz Schimitd, presidente do

ITESCS – Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul.

Foi o primeiro SW realizado dentro de uma prefeitura, e

segundo Felipe Carvalho, Diretor de Desenvolvimento

Econômico, Inovação e Tecnologia na Prefeitura de

Santo André, faz parte das ações de fomento que eles

têm trabalhado para a cidade, “Para se ter uma cidade

inovadora é essencial que ela seja habitada por pessoas

inovadoras” , salienta Felipe.

Patricia Rocha, gerente na Polar Resfriamento e Ventilação

Industrial, foi uma das participantes do SW Santo

André e nos contou o que participar do SWSA representou

a ela. “Para mim foi realmente transformador,

pois nunca tinha estado em um ambiente parecido.

A energia é totalmente diferente de tudo que já vi, a

mistura de gerações, ideias inovadoras, a colaboração

entre os participantes, o desafio de criar um

negócio em 52 horas, colocar a mão na massa

mesmo, ir para as ruas fazer validações e saber que

daquele movimento poderá sair algo diferenciado e

que irá ajudar a sociedade. Aprendi muito nestes 3

dias, entre termos novos, interações com gente de

áreas diferentes, usar a criatividade, a estruturar

uma ideia, saber se é viável, mudar tudo quando é

necessário e começar do zero, “pivotamos” umas 2

vezes.

Startup Weekend em números:

i

100 participantes

52 ideias apresentados

13 ideias selecionadas


PRINCIPAIS MOTIVOS PARA

CONTRATAR UM SERVIÇO DE

SEGURANÇA E MONITORAMENTO

Depois de conhecer esses motivos e prestar mais atenção

neles, ficará claro o quão importante são a segurança

e o monitoramento de um estabelecimento!

1 – MAIOR DESPREOCUPAÇÃO POR PARTE DOS PRO-

PRIETÁRIOS

5 – MAIOR PRATICIDADE NA CONTRATAÇÃO

Contratar um profissional especializado em segurança

não é tarefa fácil, não apenas pela seleção, mas também

pelas obrigações legais, jurídicas e empregatícias que

isso envolve.

11

GESTÃO E NEGÓCIOS

Muitos proprietários de estabelecimentos comerciais,

industriais ou residenciais não conseguem ficar tranquilos

quando o local está sozinho, já que nunca se sabe

quando pode acontecer algum imprevisto.

2 – TRABALHO PROFISSIONAL E EFICIENTE

Muitas ruas e bairros

contam com vigilantes

noturnos, mas estes

não possuem a autonomia

necessária para

poder tomar as medidas

cabíveis. Além

disso, tais profissionais

não prestam um serviço

exclusivo a apenas

uma casa ou estabelecimento.

6 – ATENDIMENTO A TODOS OS ESTABELECIMENTOS

Por vezes, é comum encontrar profissionais da área da

segurança que atuem apenas em shopping centers,

indústrias, supermercados e escolas, por exemplo, mas

que não conseguem atender às necessidades que o

cliente possui.

3 – ELABORAÇÃO DE

PROJETOS DE SEGU-

RANÇA PERSONALIZA-

DOS

A segurança não é um

item que pode ser

padronizado em todos

os ambientes. Afinal de

contas, cada um conta

com suas particularidades,

como possíveis

locais de acesso, índice

de criminalidade dos

arredores, proximidade

a postos policiais e

demais variáveis.

4 – SELEÇÃO DE PES-

SOAL ALTAMENTE

QUALIFICADO

Segurança não é brincadeira.

Por isso, tais

serviços não podem ser

prestados por pessoas que

não tenham passado pelos devidos treinamentos teóricos

e práticos.

A filial do Grupo Hebrom está localizada em

São Caetano na Avenida Presidente Kennedy,

3500 SL 715, telefone (11) 2385-1944, email:

comercial@grupohebrom.nt


12

GESTÃO E NEGÓCIOS

WALTER ESTEVAM JUNIOR RECEBE O

TÍTULO DE CIDADÃO SULSANCAETANENSE

O empresário, Publisher do ABC Repórter e da TV

Grande ABC, advogado, professor e presidente da Aciscs

(Associação Comercial e Industrial de São Caetano do

Sul), Walter Estevam Junior, recebeu o título de “Cidadão

Sulsancaetanense” . O projeto apresentado pela vereadora

Suely Nogueira, foi aprovado por unanimidade

pelo plenário da Câmara Municipal de São Caetano.

Autoridades, líderes empresariais e de entidades municipais

lotaram as galerias do Poder Legislativo para pres-

Por: Joaquim Alessi

tigiar a sessão solene,

entre eles o prefeito José

Auricchio Junior e a

primeira-dama, Denise

Auricchio, o presidente

do Legislativo, vereador

Pio Mielo, e esposa, Caroline

Mafrim, todos os

vereadores, além de

expoentes de outros municípios

do ABC, como o

presidente da Câmara de

Santo André, Almir Cicote.

Em seu pronunciamento,

Walter Estevam, destacou

a responsabilidade que

todos devem ter para com São Caetano, e destacou o

papel da Aciscs, fazendo questão de pedir a todos os

dirigentes e conselheiros que ficassem em pé para

serem aplaudidos.

Em sua gestão na Aciscs, o empresário inovou criando

núcleos setoriais nas mais diversas áreas de atuação,

organizando junto com sua diretoria cursos e palestras,

além de promover o maior Natal da história do ABC.


14

GESTÃO E NEGÓCIOS

QUAL É O PROFISSIONAL IDEAL?

Sabemos que para um negócio funcionar completamente,

além de processos e uma boa gestão, precisamos

investir em colaboradores que tenham sinergia com ele.

Você empreendedor, provavelmente já se perguntou

como contratar um bom profissional para o seu negócio.

Além de todas as etapas de um processo seletivo,

quais são as características que fazem de um profissional

aquele que é ideal para a sua empresa?

Os testes de perfil geralmente são bem eficazes, eles

mapeam as características em destaque de cada pessoa,

através de perguntas básicas e percepções. Mesmo

assim, encontrar um profissional que se mantenha

engajado e alinhado aos propósitos de uma companhia

vai muito além disso.

Este desafio me acompanha ao longo de toda minha

jornada como gestora, e pra clarear um pouco mais as

ideias sobre o assunto, vou deixar aqui algumas dicas

que podem ser úteis nas suas próximas contratações:

VOCÊ JÁ DEFINIU AS COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS

PARA O CARGO?

Esse será o seu primeiro passo para iniciar um processo

seletivo.

Deixe bem claro no momento da entrevista quais serão

as atividades exercidas pelo contratado. E dizer isso logo

de cara, fará com que ele decida se aquela vaga realmente

faz sentido para ele naquele momento.

QUE DIFERENCIAL COMPETITIVO VOCÊ VAI OFERE-

CER?

Reter um bom talento também precisa ser um compromisso

do gestor. Os diferenciais competitivos do seu

negócio farão com que o candidato permaneça com

você. Se você não tiver condições de ofertar benefícios

compatíveis com o mercado, ofereça um bom clima

organizacional ou a flexibilidade de horário, são coisas

também muito valorizadas pelos bons profissionais.

O QUE É UMA BOA FACULDADE?

Não se iluda com currículos recheados de grandes

faculdades. Elas até podem ser referência de ensino,

mas considere o que realmente importa para o trabalho

que será designado: a competência do aluno. Ele pode

não ter estudado em uma grande faculdade, mas se empenhou

tanto quanto, ou até mais, do que aquele outro.

CONFIRA A VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES

Na atual situação de desemprego do país, a quantidade

de pessoas que surjem em um processo seletivo é

imensa e infelizmente, dentre tantos profissionais, existem

aqueles que acabam sendo anti-éticos. Tenha

sempre o cuidado de verificar se as informações do currículo

e da entrevista são verdadeiras, busque pelas

referências, indicações, cursos e faculdades.

Indicação conta?

Grande parte das empresas consideram a indicação um

critério muito importante na hora da contratação. Isso

porque, eles se sentem mais confiantes em contratar

uma pessoa “menos desconhecida” na multidão. Indicação

conta sim! Desde que você selecione com o mesmo

cuidado de outros candidatos.

E é claro, o bom profissional se mostra competente na

prática! Faça um teste, contrate-o temporariamente e

veja como ele se sai dentro da sua empresa. E se não

der certo, seja franco e ao mesmo tempo, deixe claro

que a culpa pode não ser dele.

Não se encaixar em uma equipe nem sempre significa

que é um profissional ruim! Muitos bons profissionais

não se encaixam nos processos do negócio ou simplesmente

não estão em sinergia com os ideais da gestão.

Aqui no Grupo Projeto, costumo sempre dizer “Contrate

profissionais melhores que você” .

É impossível ser bom em todas ás áreas do seu negócio,

portanto, não centralize com você as responsabilidades,

invista em um time de especialistas, desse jeito, você

poderá conduzir o seu negócio com maior tranquilidade.

Tatyane Luncah

Fundadora e CEO da

Agência Grupo Projeto.

Gostou dessas dicas? Se quiser saber mais, me

acompanhe também no site e nas redes sociais.

www.tatyaneluncah.com.br

Instagram e Facebook

@tatyaneluncah


16

GESTÃO E NEGÓCIOS

NETWORKING E CONEXÕES,

CONEXÃO EMPREENDEDORA

Sonho que se sonha só / É só um sonho que se sonha só /

Mas sonho que se sonha junto é realidade - Raul Seixas

Eu poderia dizer que essa música do Raul Seixas transmite

exatamente o meu sentimento quando criei a

Conexão Empreendedora: meu objetivo sempre foi criar

realidades por meio dos sonhos de empreendedores,

resultado da cooperação entre os mesmos, por meio de

troca de experiências e motivações.

Se você for ao dicionário, encontrará o seguinte “conexão

- ato ou efeito de conectar, de ligar ou de unir; ligação,

união; Aquilo que conecta, liga ou une; Relação

lógica entre ideias ou fatos; coerência, nexo” .

Pois bem, não estou dizendo que uma pessoa depende

de outra para realizar coisas, o que quero dizer é, que

por meio da colaboração, do compartilhamento, conseguimos

mais facilmente fazer as coisas acontecerem!

Como já disse outras vezes, muitos empreendedores

tem uma ideia muito errada de como é empreender na

vida real. Acreditam que ser um empreendedor é caminhar

sozinho, superando obstáculos, levando a empresa

no peito sem ajuda de ninguém. Tudo errado, pois na

verdade, para empreender e ter sucesso é necessário

criar parcerias.

Como seres humanos, necessitamos fazer parte de um

grupo, somos seres sociais, precisamos participar,

trocar, aprender para que possamos nos desenvolver. O

que poderia ser diferente quando falamos da jornada

empreendedora?

Fazer parte de um grupo de empreendedorismo nos faz

adquirir mais conhecimentos, nos leva a conhecer

melhor nosso mercado, trocar experiências, criar alianças,

elevar nossa autoestima, condicionar nossa motivação.

Além disso, quando estamos entre pessoas que tem o

mesmo objetivo que o nosso, criamos uma energia positiva,

uma força propulsora, que nos impulsiona cada vez

mais às conquistas e realizações.

Já falei em outros artigos sobre esses insights, mas gostaria

de reforça-los:

Não precisamos caminhar sozinhos: é de extrema

importância se conectar com outros empreendedores,

criar uma rede de pessoas (networking), criar parcerias,

ter uma forte ligação com a nossa equipe;

Não sabemos tudo: acredite, por mais que seja um

especialista, você não sabe tudo. Encontrar parceiros

que possam suprir o que você não sabe é libertador;

Aprimore-se contanto com o outro: agora, se ao contrário,

você não é um especialista, mas, mesmo assim está

apostando em um produto/negócio, vá atrás de quem

entende. Estude sobre o seu concorrente, busque

alguém que possa lhe dar informações assertivas sobre

seu negócio.

Viu? Tudo isso torna-se mais fácil quando estamos em

um grupo!

O caminho é difícil, mas não é impossível se tivermos

companhia. Portanto, não se isole, busque associar-se a

quem vai contribuir para a manifestação da sua realidade

de sucesso!

Nando Gaspar

CEO da Studio Doze

Comunicação e idealizador

da Conexão Empreendedora


SANTO ANDRÉ LANÇA ESCOLA ABERTA

DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

Plataforma apresentará conteúdos educacionais e gameficação

como instrumento de estímulo aos participantes

17

INOVAÇÃO

extensão, livros, entre outros. Haverá uma premiação

após 12 meses para os dois primeiros colocados, além

de prêmios surpresa durante todo o ano.

Democratizar o acesso às informações relacionadas à

inovação, empreendedorismo, novas relações do trabalho

e geração de renda é o propósito da Escola Aberta

de Inovação e Empreendedorismo, plataforma lançada

pela Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria

de Desenvolvimento e Geração de Emprego.

A iniciativa, inédita no País, em parceria com a Engage -

startup de Santo André que disponibilizou a plataforma

- irá proporcionar aos participantes acesso gratuito a

trilhas do conhecimento. A ideia é que a população da

cidade identifique as melhores oportunidades para

inovar e entenda melhor as mudanças que estão ocorrendo

com a transformação digital. Os assuntos foram

mapeados de acordo com o que há de mais atual no

mundo. Entre os temas estão maneiras mais simples de

falar sobre startups, blockchain, IOT, como elaborar um

modelo de negócio, entre outros.

"Santo André valoriza e incentiva o empreendedorismo,

a inovação tecnológica e as novas oportunidades

de geração de emprego e renda para a nossa

gente, para termos um desenvolvimento social sustentável

na nossa cidade", disse o prefeito Paulo

Serra.

Os conteúdos, que podem ser acessados pelo link

http://escolaaberta.santoandre.sp.gov.br/, foram disponibilizados

por parceiros como Fundação Dom Cabral,

Fundação Getúlio Vargas (Strong), Rodrigo Giaffredo,

Inovation Catalyst da IBM. A medida, que inclui vídeos,

cursos, textos e avaliações, contará ainda com ações

presenciais rastreadas por sistema.

Em cada atividade realizada, os participantes, de diversos

perfis profissionais e faixas etárias, ganharão pontos

e os líderes do ranking receberão prêmios que incluem

bolsa de estudos de 100% em curso de graduação

doados pela Fundação Santo André, além de cursos de

Fonte: site da Prefeitura de Sanrto André


CAITO

MAIA

CRIOU A MAIOR REDE SULAMERICANA ESPECIALIZADA EM

OCULOS ESCUROS, CONTANDO HISTÓRIAS.

Caito Maia é criador da maior

marca de óculos escuros da América

do Sul, a Chilli Beans. Com uma

trajetória surpreendente de superação

Caito iniciou de maneira simples:

Aproveitando uma oportunidade

de mercado.

Na época Caito estudava música

nos Estados Unidos e sempre que

vinha ao Brasil trazia óculos de sol

com muito estilo e bons preços

para vender aos amigos aqui. As

vendas eram um sucesso já que em

meados dos anos 90 o mercado

ótico no Brasil era totalmente inacessível

e não oferecia este tipo de

oportunidade. Esta operação

comercial entre amigos deu início a

empresa que passou a atuar no

atacado, fornecendo óculos para

mais de 250 clientes, 3 deles não

pagaram, e sua empresa quebrou.

Caito aprendeu muito com esse

episódio, não desistiu e dentre as

alternativas que tinha na época,

resolveu deixar o atacado, desenvolver

sua própria marca e migrar

para o Mercado Mundo Mix que foi

um divisor de águas em sua trajetória.

Ali surgiam os primeiros óculos

com a marca Chilli Beans.


A MARCA – ESTRATÉGIA

Chilli Beans é uma marca consolidada como a maior

rede especializada em óculos e acessórios da

América Latina e líder de mercado no Brasil,

com mais de 800 pontos ao redor do

mundo.

“Não estou interessado

em vender produto,

estou interessado em

vender marca”

Caito conseguiu criar uma marca

brasileira que está conquistando o

mundo, e como ele fez isso? Criando

uma consciência de marca, ele

conseguiu fazer uma conexão entre

sua empresa e o cliente. Os clientes

Chilli Beans são apaixonados

pela marca, se identificam e se

sentem representados por ela,

este cliente não busca comprar

um óculos ele quer: um Chilli.

PRESENÇA

A Chilli Beans está presente em todas as capitais brasileiras,

com suas lojas e quiosques tradicionais além, da

loja online e de duas FlagShips de marca. A primeira em

São Paulo na luxuosa Oscar Freire e a segunda na 3º

Promenade, em Santa Mônica, EUA, no calçadão que

concentra as marcas mais importantes e descoladas do

mundo.

Tendo o fast fashion como plataforma de negócios,

lança semanalmente dez modelos de óculos de sol,

cinco de relógios e sete de armações de grau. A empresa

foi pioneira no conceito de ótica self service, que permite

ao cliente manusear e experimentar os produtos, e

a primeira marca do segmento a inaugurar uma máquina

de customização, que permite que o cliente fabrique

seus próprios óculos*.


HISTÓRIA

1997

1997 2000 2001 2005 2006

O Inicio

Conceito

Self-service

O Início

Das Franquias

Portugal

e EUA

Novo Mix De

Produtos

2009 2010

Co-Branding

Linha Grau

A Chilli Beans surge com

o empresário Caito Maia

num estande no

Mercado Mundo Mix

(SP), com óculos de sol

ousados e cheios de

estilo. No mesmo ano,

chega à Galeria Ouro

Fino e a transforma em

referência de consumo

e comportamento

jovem do País

Em outubro, inaugura o

primeiro quiosque no

Shopping Villa-Lobos

(SP) e lança o conceito

self-service, inédito no

segmento. Os óculos,

que eram vistos como

produtos ópticos em

vitrines fechadas,

passam a ser acessórios

de moda.

O ano é marcado pelo

início das operações de

franquia, modelo de

negócio assumido pela

marca, que é

reconhecida e premiada

como melhor

franqueadora do pais

pela ABF.

A Chilli Beans inaugura

seu primeiro ponto de

venda internacional no

Shopping Oeiras, em

Lisboa (POR). No ano

seguinte, chega aos EUA

com sua loja-conceito

na badalada Melrose

Avenue (LA).

A Chilli Beans amplia

seu mix de

produtos. Além das

novas opções em

acessórios, a

principal novidade

fica por conta da

linha exclusiva de

relógios.

Ano que marca as

primeiras criações em

conjunto: G por Gloria

Coelho, Carlota Joakina,

Thais Gusmão e Melissa.

A linha de armações

de grau é lançada,

bem como os óculos

em parceria com

Alexandre

Herchcovitch.

Novos canais de

venda são lançados,

a vending machine e

o "Chilli Truck. No

final de 2010, Chilli

chega a Rio Branco,

no Acre e completa

a presença em todas

as capitais do País.

2000


2013

2015

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

400 Pontos

De Venda

Ações

Diferenciadas

FLAGSHIP

Parceria

Internacional

Navio Chilli

Cruise

Operações

Na Tailândia

Grandes

Parcerias

A Chilli Beans atinge a

marca de 400 pontos

de venda nas

principais cidades

do País.

A convenção anual é

realizada em um

cruzeiro exclusivo

com mais de 4 mil

pessoas, o Navio

Chilli Beans. A marca

inaugura sua loja

em Los Angeles e

atinge recorde de

aberturas em um

ano: Mais de 150

PDVs. É o ano da

entrada da Gávea

Investimentos como

sócio investidor.

A Chilli Beans inaugura

sua primeira Flagship

Store no Brasil.

Localizada na Oscar

Freire, a loja já recebeu

diversas atrações

nacionais e

internacionais em

eventos organizados

para o público. Entre

elas, Peter Hook, Luiza

Possi, Marcelo D2, DJ

Alok.

Outro acontecimento

memorável do ano é o

lançamento da

campanha Linhas

Assinadas, em parceria

com os estilistas

Herchcovitch, Thais

Gusmão, Gloria Coelho

e Amapô.

O ano é marcado

pela primeira

parceria

internacional da

pimenta. Chilli

Beans por Kravitz

Design trouxe ao

público a

sofisticação e todo o

estilo rock'n'roll do

multiartista Lenny

Kravitz.

A marca inaugura

também sua

primeira Flagship

Store internacional

em Santa Monica,

California na 3rd

Street Promenade.

Um ano intenso para

história da Chilli Beans,

que começou com a

primeira edição do

Navio Chilli Cruise,

seguindo pela ativação

histórica do SPFW, que

contou com o rei do

punk, Iggy Pop,

quebrando óculos

gigantes para lançar a

coleção Punk Glam.

Depois, mais um

lançamento

memorável com a

coleção Beatles e, para

fechar com chave de

ouro, levou o prêmio

de melhor

franqueadora do ano.

Neste ano a Chilli

Beans iniciou as

operações na

Tailândia com a

abertura da

primeira loja e virou

case de estudos e

tema de palestra,

ministrada por Caito

Maia, na Harvard

Business School.

Marcado por

parcerias com

grandes celebridades,

2017 foi mais um ano

histórico. Os óculos

de sol Block contaram

com um time de mega

influenciadores para

seu lançamento, entre

eles Giovanna Ewbank,

Felipe Titto e Pabllo

Vittar. Depois, veio a

coleção Anitta e

Emicida e, para

completar o sucesso,

Caito Maia foi escalado

para fazer parte do

time Shark Tank Brasil.

2017


22

TECNOLOGIA

SEU NEGÓCIO CRESCEU.

VAMOS PARA A NUVEM?

Seu negócio começa a prosperar e nesse instante, a fase

de planejamento para que o negócio possa crescer com

sustentabilidade bate as portas. Investir na automação

de processos com sistemas se faz necessário e não há

margem para erro nessas escolhas. Mas por onde

começar?

Uma saída sustentável de baixo custo são os serviços

em nuvem. Segundo o IT Brazil Snapshot, 75% das empresas

no Brasil já possuem algum serviço em nuvem, o

que indica o começo do fim de altos investimentos na

área tecnológica para apoiar seu negócio. Particularmente

mensalizado, os serviços em nuvem podem ser

facilmente migrados de um para outro, fazendo com

que esse mercado possa cada vez mais atender as

necessidades exigidas por menor que seja sua empresa.

É o fim de altos investimentos tecnológicos para pequenas

e medias empresas e, com o acompanhamento correto,

pode-se reduzir custos de forma relevante nesse

processo.

e Telecom encontram-se praticamente perdidas nesse

conceito, o que reforça o que gosto de chamar de uma

verdadeira batalha entre “Consultividade VS Consultoria

de Impacto". Seja analítico para que suas expectativas

sejam atendidas. Visite clientes ativos dessas empresas

e exija documentos que apontem cases e confiabilidade

com o mercado atual. Sistemas de CRM, Telefonia por

IP, SAP, e Armazenamento de Documentos se encaixam

nessa realidade. Portanto, exija a devida "transferência

de conhecimento" nas soluções apresentadas. Você

estará mais seguro nessa tomada de decisão.

Douglas Barreto

Especialista em Projetos para

Controle de Expensas em TI,

Telecomunicações, Cloud

Computing e Mobilidade

para Empresas.

Porém, nem tudo são flores. Empresas e áreas como TI

pela área criminal.


24

DESIGN

CULTURA DE INOVAÇÃO

A PARTIR DO DESIGN

Como pensamos o mundo, sob o ponto de vista do

design. Quando falamos de design, estamos falando da

importância de inserir uma cultura inovadora na sua

organização que conecta pessoas aos negócios.

E como iniciar essa cultura, fazendo com que ela faça

parte no dia-a-dia da sua empresa?

Estabeleça conexões entre os departamentos que

pensam e os que fazem. O design pode ser o elo entre a

inteligência e planejamento com a operação e execução,

colocando o usuário no centro do desafio, e por meio da

empatia levar em conta fatores humanos, nossos desejos

e nossa imperfeição, conecta-los com mais afeto.

Essa cultura do design mescla de forma fluída as intenções

dos nossos CEO´s com o conhecimento e a experiência

dos funcionários e usuários. A partir desse alinhamento

as evidências sobre os problemas e oportunidades

ficam mais visíveis, e assim conseguimos administrar

melhor a cultura organizacional existente em torno

do nosso propósito e das nossas promessas afetivas e

de utilidades, e por meio da autenticidade desse processo

atrairemos nossos colaboradores para mais perto

dos nossos valores e causa.

SENTE

(FATORES HUMANOS)

PLANEJA SENTE EXECUTA

(PENSA) (AFETO) (FAZ)

INOVAÇÃO

EMOCIONAL

PLANEJA

INOVAÇÃO

METOLOGICA

INOVAÇÃO

FUNCIONAL

EXECUTA

FATORES

ECONÔMICOS

FATORES

TÉCNICOS


As atitudes dos colaboradores e funcionários podem

criar ou destruir seu negócio, como fazer com que todos

caminhem na mesma direção e como liderar os elementos

críticos da vida organizacional e se posicionar perante

ao mundo VUCA (Vulnerável, Imprevisível, Complexo

e Ambíguo)?

Os desafios são gigantes, pois não vivemos apenas uma

“era de mudanças” , estamos vivenciando uma

“mudança de era” . Vivemos uma era de acelerações em

que as empresas têm que se transformar, precisamos

de líderes que fazem as transformações acontecerem e

devemos provocar uma mudança cultural nas organizações.

Primeiro: entenda a diferença de estratégia e cultura.

A estratégia oferece uma lógica formal para as metas

da empresa e orienta as pessoas em torno delas.

A cultura expressa metas por meio de valores e crenças

e guia a atividade por meio de premissas e normas compartilhadas

pelo grupo. A cultura molda as atitude e os

comportamentos e vocês precisam pensar como sua

organização funciona atualmente.

Para entender a cultura atual da empresa é preciso

determinar onde ele se situa entre esses dois eixos.

Comece perguntando sobre qual é o perfil cultural da

sua organização:

- O que é valorizado, como as pessoas se comportam

e o que as une?

- Onde elas se situam referente ao estilo de cultura,

ou seja como as pessoas interagem entre elas, são

independentes ou interdependentes?

- Como as pessoas respondem a mudança, preferem

a estabilidade ou a flexibilidade?

Outro ponto importante é entender as declarações do

líder, os executivos e fundadores expressam sentimentos

que fornecem pistas importantes de como conduzem

a organização e cultura organizacional. O estilo de

cultura se apresenta por diversas características como

apresentadas na figura acima, são elas: de acolhimento,

por propósito, de aprendizado, por prazer, de resultados,

por autoridade, de segurança ou de ordem.

Por meio da cultura do design thinking podemos

alinhar a realidade a dinâmica social da sua empresa,

entendendo sobre quais características ela se apoia, modelando

o impacto da cultura em seu negócio e avaliando

seu alinhamento com a estratégia, isso estimula o

propósito comum, quanto mais convergente mais os

valores são percebidos e relevantes.

Suas metas estão alinhadas com a direção estratégica?

Uma boa meta deve ser especifica e atingível se não ela

pode criar ambiguidade e levar escolhas inconsistentes.

Marcos Batista | Design & Inovação

marcos@palestraseconteudo.com.br

25

DESIGN


26

DICA EMPREENDA

ABRH-BRASIL LANÇA NOVO GUIA PARA

FALAR DA IMPORTÂNCIA DO RH NA

CRIAÇÃO DE UMA CULTURA SUSTENTÁVEL

Guia Sustentabilidade para RH

Disponibilidade: Versão digital no portal Ideia Sustentável (https://goo.gl/H7ADGB)

Como o RH pode participar mais ativamente da criação

de cultura de sustentabilidade nas empresas? A Plataforma

Liderança Sustentável e a ABRH-Brasil possuem

uma crença comum, a de que não se pode discutir

desenvolvimento sustentável nas empresas sem se

falar em desenvolvimento de pessoas, ou seja, não

haverá avanços significativos na gestão da sustentabilidade

sem o engajamento do setor de Recursos Humanos.

Para contribuir com esse processo de sinergia, o idealizador

da Plataforma e diretor de Sustentabilidade da

ABRH-Brasil, Ricardo Voltolini, lançou o guia Sustentabilidade

para RH: 10 Desafios, que não apenas aborda o

papel dos executivos da área, mas, principalmente,

apresenta dicas e estratégias de ação.

O lançamento aconteceu durante o Líder 2030 Talks,

evento da Plataforma que reuniu 10 líderes empresariais.

Os executivos subiram ao palco para compartilhar

experiências sobre cases de RHs que tiveram sucesso na

adaptação de seu trabalho aos valores de sustentabilidade,

gerando maior engajamento de colaboradores e

benefícios para suas organizações.

“Esperamos que o guia seja inspirador

para que a jornada do

RH nesse desafiador mundo da

sustentabilidade se torne mais

suave, efetiva e produtiva” ,

afirma Elaine Saad, presidente

da ABRH-Brasil. Já Voltolini,

complementa: “mais do que

um convite à leitura, o guia é

um chamado – e um roteiro –

para iniciar um movimento de

transformação para a sustentabilidade

das empresas” .

A versão digital do guia está disponível para download

no portal da Ideia Sustentável. No mês de setembro,

Voltolini realizará uma palestra aberta para comentar os

principais insights da publicação e demonstrar como

gestores e o próprio rh podem utilizá-la para inserir a

sustentabilidade no dia a dia de suas empresas.


27

DICA EMPREENDA

"PEGA A VISÃO – VERÁS QUE

UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA",

POR RICK CHESTER

De ambulante nas ruas do Rio a palestrante na universidade

de Harvard, nos EUA. Nos últimos anos, muitas

pessoas ficaram desempregadas por conta da crise que

atinge o país. Por outro lado, mesmo nas dificuldades,

muitos brasileiros encontraram uma maneira de empreender

e ganhar dinheiro.

Desempregado, Rick pediu emprestado a um amigo

R$10,00 para iniciar o seu negócio, que acreditava ser

lucrativo: vender água na praia. Ouviu muitas críticas,

mas persistiu por acreditar que, para aquele mercado,

haveria sempre público. E acertou. Ele conta que lucrava,

por dia, entre R$ 150 a R$ 200 e "não voltava para a

casa com menos que isso".

Decidiu, então, compartilhar suas experiências na web

com vídeos inspiracionais e algumas pílulas sobre empreendedorismo,

quando o empresário Flávio Augusto

repostou seu "vídeo da água" que viralizou em todo o

Brasil e pelo mundo através de referências como o

Daniel Alves, Medina, entre outros. Nesse vídeo Rick

explicava o que era o negócio de vender água nas ruas

do RJ e no final fechava com a seguinte provocação "Ah,

vender água não dá para você não? Então nesse caso a

crise não está no país, está dentro de você. Pega a

visão".

De ambulante a youtuber e palestrante, o mineiro que

hoje vive na comunidade da Mangueira, fez tanto sucesso

que foi chamado para dar uma palestra na Universidade

de Harvard, nos Estados Unidos. "O Rick Chester

da Silva que ia embarcar para os Estados Unidos da

América não era apenas um CPF. Eu ia falar em nome

desse povo".

Lançou seu canal no YouTube em abril deste ano e já

obteve 260 mil visualizações. Além disso, o empreendedor

possui mais de 200 mil

seguidores em seu perfil no

Instagram conquistados em

pouco mais que 120 dias.

Histórias como a do ambulante

Rick Chesther inspiram

e nos dão esperança. Com

ou sem crise, sua motivação

diária é acordar, ir à luta em

busca dos seus objetivos e

empreender todos os dias.

Você tem que ser movido

pela sua capacidade de não

"Eu sou o resultado

do 'não' que eu dei

a todos os 'nãos'

que me deram".

parar, pela capacidade de viver em constante movimento.

Sem se vitimizar. "Cheguei no Rio sem nenhum real

no bolso, mas bem confiante".

Rick destaca ainda que "a viagem é a vida. Toda experiência

e horas de voo que acumulamos. Não é só sobre

chegar no topo e achar que vencemos". "É sobre estar

no alto, fortalecido, depois da luta e sentir que a temperatura

da areia de Copacabana e o peso da caixa de

isopor só te fortaleceram. É sobre não desistir, mesmo

quando o corpo todo pede para chorar. É sobre ser um

filho que não foge à luta".

"Pega a Visão"

Autor: Rick Chester

Selo: Buzz Editora

ISBN: 978-85-93156-72-4

Formato: 16x23

Páginas: 196 / Tiragem: 20 mil

Lançamento: Setembro de 2018

Preço R$ 39,90


28

CASE DE SUCESSO

TVILA CELEBRA PRIMEIRO ANIVERSÁRIO

COM PROJETO INOVADOR NA

COMUNICAÇÃO DO GRANDE ABC

Emissora de WebTv tem programação variada com forte

ênfase social e democrática, alcançando altos índices de audiência.

Com apenas um ano de existência, comemorado neste

mês de setembro, a TVila se firma como grande e diferenciada

opção na comunicação do Grande ABC e

Grande São Paulo. Fruto da persistência do empresário

e presidente da Escola de Samba Tradição de Ouro, Luiz

Roberto Gomes Brito, de Santo André, a TVila cresce de

forma consistente.

Com dados oficiais em mãos, Luiz Roberto, mostra que

hoje já são alcançados mensalmente perto de 450 mil

internautas com views comprovadas dos programas da

ordem de 180 mil views mensais, a grade é diversificada


29

CASE DE SUCESSO

Grilo

Luizinnho

Minhoca

e democrática, há programas de futebol, empoderamento

feminino, gastronomia, politica, samba, LGBT,

música e empreendedorismo.

Para Luiz Roberto, a TVila é uma emissora que está

sempre atenta às novas tendências, o que atrai uma

gama variada de patrocinadores. “Estamos em vias de

fechar contrato para nossos novos estúdios” , saliente

Luiz, mostrando a evolução da TVila.

Além de Luiz Roberto, outros grandes nomes do ABC

Paulista são entusiastas do projeto da WebTv, são eles

Jober “Minhoca” e Wagner Grillo.


30

DIREITO

FERNANDO

MERLINI

Advogado nas empresas

Tcmasp e Clbm.

SINDICATOS NÃO PODEM COBRAR DAS

EMPRESAS A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL

E NEM OUTRAS CONTRIBUIÇÕES,

SALVO ALGUMAS EXCEÇÕES.

Antes da entrada em vigor da lei nº 13.467/17, chamada

de reforma trabalhista, as empresas eram obrigadas a

descontar de seus empregados, sindicalizados ou não, o

valor de 1 dia de salário, geralmente no mês de maio, e

repassar tal importe ao sindicato dos trabalhadores.

Outras contribuições, como por exemplo, a contribuição

assistencial, contribuição confederativa e contribuição

negocial, segundo a jurisprudência majoritária, só poderiam

ser descontadas dos trabalhadores sindicalizados,

mas nunca dos não sindicalizados.

A justificativa é constitucional, pois deve ser garantido o

direito de associação aos trabalhadores e, se o empregado

não quer se filiar ao sindicato, não pode ser obrigado

a contribuir com o mesmo, exceto em relação à

contribuição sindical, que era compulsória.

Em resumo, a única contribuição devida pelo não sindicalizado

era a contribuição sindical.

Contudo, com o advento da reforma trabalhista, até

mesmo a contribuição sindical deixou de ser devida

pelos empregados não sindicalizados, ou seja, atualmente,

se o trabalhador não for sindicalizado, a empresa

não deve descontar qualquer valor dos mesmos para

repasse ao sindicato.

Ocorre que muitos sindicatos estão entrando com ações

contra as empresas, insistindo na cobrança, sob o argumento

de que, nesse ponto, a reforma trabalhista seria

inconstitucional, sustentando que a contribuição sindical

seria um tributo (por ser compulsório) e que, em razão

disso, não poderia ser modificada via lei ordinária, mas

apenas por lei complementar.

Nosso escritório tem enfrentado essa matéria em auxílio

às empresas e temos tido muito êxito em demonstrar

que a reforma trabalhista, nesse aspecto, é constitucional,

ou seja, não pode a empresa ser condenada a

fazer os descontos.

Um outro aspecto interessante do assunto foi recentemente

reconhecido pelo Tribunal Regional do Trabalho

nos autos do processo nº 0000096-28.2018.5.12.0033.

Segundo referida decisão, a empresa seria parte ilegítima

nessas ações ajuizadas pelo sindicato, isso porque,

como o desconto deve ser feito dos salários dos empregados,

esses são os que deveriam fazer parte da ação e

não a empresa, que seria apenas uma intermediária. O

direito de não sofrer os descontos é dos empregados.

O mesmo entendimento vale em relação aos sindicatos

das empresas. Somente as empresas que são filiadas

aos sindicatos patronais são obrigadas ao pagamento

das contribuições contidas na lei ou na convenção coletiva.

Assim, caso sua empresa seja acionada pelo sindicato

dos trabalhadores ou sindicato patronal, é interessante

que consulte um advogado trabalhista especialista no

assunto, o que aumentará suas chances de obter um

resultado positivo.

www.tcmasp.com.br / (11) 4044-4747

www.clbm.com.br / (11) 4044-6838


32

CONTABILIDADE

POR QUE VOCÊ PRECISA DE UM

CERTIFICADO DIGITAL?

Há tempos as pessoas utilizam papel e caneta para assinar

documentos. Com o avanço da tecnologia, hoje em

dia essa atividade pode ser realizada pela internet, de

forma rápida, prática e com baixo custo. Além disso, a

internet trouxe comodidade e melhorias, e hoje já é possível

realizar compras, efetuar transações bancárias,

compartilhar documentos, fechar negócios em tempo

real, dentre várias outras ações do dia a dia, tudo isso

sem sair da sua casa ou da sua empresa.

Porém, com o alto risco de fraudes e violações de dados

em transações virtuais, tornou-se necessário criar um

mecanismo eletrônico que garantisse a autenticidade e

a troca segura de informações. Assim surgiu o Certificado

Digital, um documento eletrônico que identifica, gera

uma assinatura digital do seu titular e garante validade

jurídica para a transação. É uma espécie de identidade

virtual, emitida tanto para pessoas físicas quanto para

pessoas jurídicas.

PRINCIPAIS TIPOS E USOS DOS CERTIFICADOS

DIGITAIS

e-CNPJ: Certificado Digital para Pessoas Jurídicas, é o

documento eletrônico que representa uma empresa em

atos praticados no universo digital. Hoje em dia, praticamente

todas as empresas são obrigadas a ter um Certificado,

pois a maior parte dos serviços e declarações

requeridos pelos órgãos públicos exigem a assinatura

através de Certificado Digital. Os principais usos de um

e-CNPJ são: emissão de Notas Fiscais Eletrônicas, acesso

e envio de informações para o e-Social, assinatura de

escriturações contábil e fiscal (SPED), o acesso a serviços

eletrônicos da Receita Federal, etc...

e-CPF: Certificado Digital para Pessoas Físicas, é o documento

eletrônico que representa um indivíduo no universo

digital. O seu uso confere autenticidade, confidencialidade,

integridade e validade jurídica aos serviços

realizados na internet. Dentre suas principais funcionalidades

estão a transferência eletrônica de veículos, realização

de transações bancárias com mais segurança,

assinatura de contratos de cambio, consulta dados do

IRPF (inclusive de anos anteriores), etc...

O ITI (Instituto Nacional da Tecnologia da Informação),

órgão vinculado à Casa Civil da Presidência da República,

é o responsável pelo credenciamento e fiscalização

de todas as empresas que realizam a emissão de Certificados

Digitais no Brasil. Em 2016, após um longo e

rígido processo de credenciamento, o Grupo Rede recebeu

a autorização para realizar a emissão de Certificados

Digitais, o que proporcionou muito mais conforto e

tranquilidade para seus clientes, pois todo o processo é

realizado diretamente na sede da empresa.

João Carlos Rodrigues

de Lima

Diretor do Grupo Rede

Consultoria e Contabilidade

Telefone: 4555-0990


ABERTURA DE CNPJ PARA

MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL

CRESCE EM DIVERSOS SETORES

Economia instável, busca por novos modelos de trabalho

e renda extra, são fatores que impulsionam a formalização

de serviços nos mais diversos setores do mercado.

Além disso, o consumidor moderno também tem

parcela significativa nisso, por se tornar cada vez mais

exigente na contratação de fornecedores.

Levantamento de dados apontados pela startup MEI

Fácil, aponta que durante um semestre (novembro/17 -

maio/18) o setor da construção civil teve aumentos relevantes

na abertura de novos CNPJ, obras e alvenaria é o

maior deles com 46%, seguido por instalações hidráulicas,

sanitárias e de gás com 44%, manutenção e acabamento

em gesso cresceram 42%, enquanto os serviços

de pintura fecharam em 31%.

O CEO da MEI Fácil, Marcelo Moraes, destaca que os

números refletem claramente um dos anseios da população.

"Ao colocar alguém dentro de casa todos nós queremos

estar seguros, e poder contratar um profissional

com CNPJ nos dá maior confiança tanto na contratação,

como na entrega do serviço", comenta Marcelo.

No setor de transporte a movimentação também foi

maior. Em transporte rodoviário de carga, exceto produtos

perigosos e mudança, municipal, o crescimento foi

de 63% no semestre analisado, enquanto no transporte

rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças,

intermunicipal, interestadual e internacional, foi

verificada também subida de 39%. Serviços de táxi tiveram

alta de 55% no período, enquanto o transporte

escolar cresceu 59% em novos CNPJs, entre outros

exemplos.

Por outro lado há ainda a insegurança do trabalhador

autônomo em saber se deve ou aderir a formalização, o

que mudaria ainda mais o crescimento do cenário atual.

"Nosso trabalho na MEI Fácil é dar todo suporte necessário

para microempreendedor, desmistificando o que

até então gerava medo e insegurança, abrindo assim

novas oportunidades de negócios", afirma Marcelo.

Embora mais tímido, o crescimento na aberturas de

CNPJ de microeemprendendor individual também ocorreu

no setor do comércio. Entre os destaques, pode-se

citar o comércio varejista de mercadorias em geral, com

predominância de produtos alimentícios, e o comércio

varejista de artigos do vestuário e acessórios, ambos

com alta de 18%.

Muito maior foi o número de CNPJss abertos no comércio

varejista de ferragens e ferramentas, que cresceu

76% entre dezembro de 2017 e maio de 2018. Cabe

ainda mencionar o comércio a varejo de peças e acessórios

novos para veículos automotores, que teve 54%

mais microempreendedores individuais nesse período.

33

CONTABILIDADE


34

SAÚDE & BELEZA

O SUCESSO DE UMA CIRURGIA PLÁSTICA

ESTÁ NA ESCOLHA DO PROFISSIONAL E

LOCAL DO PROCEDIMENTO

A busca pelas correções das imperfeições no corpo é,

para muitos, um desafio diário e, para outros apenas

uma situação reparadora. Um procedimento muito utilizado

para resolver tais questões são as cirurgias plásticas

que vêm crescendo no Brasil. Segundo censo realizado

em 2016 pela SBCP - Sociedade Brasileira de Cirurgia

Plástica, as intervenções reconstrutoras ou estéticas

aumentaram 23% e 8%, respectivamente, em relação a

2014.

De acordo com o cirurgião plástico Rodolfo Castro Mesquita

do hospital Santa Casa de Mauá, os benefícios de

um procedimento são sempre grandes, seja no cuidado

de queimaduras, tumores cutâneos, retalhos ou enxertos.

Atualmente, as cirurgias plásticas mais procuradas

no Brasil, na área estética são a lipoaspiração, abdominoplastia

e prótese mamária de silicone.

Com a melhora da estética, o psicológico e o social

também são beneficiados, pois muitos pacientes

buscam uma cirurgia plástica não só pela beleza. “Em

todas as situações, a atuação do médico é de extrema

importância para intervir quando necessário, alertar

quando não há necessidade do procedimento, as complicações

e que o resultado esperado pode não ser atingindo”

, explica o médico.

O primeiro passo para o sucesso de uma cirurgia estética

é a escolha de um bom profissional, assim como em

qualquer cirurgia, a segurança é o quesito mais importante.

No portal da SBCP (www2.cirurgiaplastica.org.br/ )

há uma relação de médicos credenciados e habilitados,

na área especifica da plástica. Vale a pena consultar.

“Os profissionais adequados para fazer cirurgia plástica,

obviamente são os cirurgiões plásticos, mas as pessoas

não têm obedecido a essa regra, o que gera um risco

muito grande. O fato de ser médico não habilita o profissional

a realizar cirurgias plásticas. Com a realização

do procedimento pelo profissional correto, o índice de

complicações é consequentemente menor, mas nunca

zerado, pois toda cirurgia oferece riscos” , acrescenta

Rodolfo Castro Mesquita.

O local onde será realizada a cirurgia também é de

suma importância. Vale lembrar que cirurgias maiores

como abdominoplastia, lipoaspiração, mamoplastia,

entre outras, devem ser realizadas em hospitais com

centros cirúrgicos adequados. Os procedimentos menores,

que compreendem pequenas retiradas de pele ou

lesões, com anestesia local, podem ser realizados em

ambulatórios, clínicas e consultórios. Outro fator importante

que deve ser observado pelo paciente é a exigência

do profissional por exames pré-operatórios a fim de

analisar as condições de saúde do paciente.

Algumas cirurgias plásticas não são recomendadas até o

desenvolvimento completo do corpo, como por exemplo,

o implante de próteses mamárias que deve ser feito

após o final da adolescência. Há cirurgias que fazem

parte da pequena infância, como a otoplastia (orelha de

abano), a qual muitas vezes compromete o psicológico.

Também é comum um recém-nascido possuir um dedo

extranumerário (dedo a mais) e a amputação é feita

ainda quando bebê.

Seguir as orientações do pré e pós-operatório também

colaboram para o sucesso da cirurgia plástica. Portanto,

é importante que o paciente siga as recomendações.

Dr. Rodolfo Mesquita

Cirurgião Plástico do hospital

Santa Casa de Mauá


POR ISSO, O PLANO DE SAÚDE SANTA CASA MAUÁ VOLTOU MELHOR E MAIS FORTE!

42.119-7


36

EMPREENDEDORISMO

SOCIAL

EMPREENDEDORES REALIZAM

HACKATHON EM PROL DA APAE

DE DIADEMA.

VIVENCIAR INOVAÇÃO + RESOLVER UM PROBLEMA SOCIAL = HACKAPAE

Aconteceu na ACE, Associação Comercial de Diadema o

HACKAPAE, o evento foi organizado pela Palestras e

Conteúdo e teve o apoio e patrocínio de várias empresas.

Durante um final de semana profissionais de diversos

segmentos, empresários, empreendedores, mentores

de Startups etc., estiveram empenhados em solucionar

um desafio para a APAE Diadema: Tornar sustentável a

arrecadação de doações para a Instituição.

Para Adriana Nogueira, CEO da Palestras e Conteúdo, o

evento que foi organizado em tempo recorde é um

marco na inovação e que em um final de semana conseguiu

reunir várias ideias que podem fazer toda a diferença

na vida das crianças, jovens e adultos assistidos

pela APAE de Diadema.

O Hackathon, é um típico evento do mundo das Startups

(empresas ágeis que nascem de boas ideias e crescem

de forma extraordinária), que tem por objetivo

resolver um problema apresentado em um final de

semana.


HISTÓRIAS QUE MOTIVAM E INSPIRAM

A FORÇA QUE EXISTE EM VOCÊ!

Eu diria que se você se sente fraco, é porque ainda não

precisou usar toda a força que existe em você! É no momento

em que a vida nos coloca contra parede, que

nossa única opção torna-se encarar nossos desafios,

decepções e medos. Afinal, todo ser humano é falível e

passível de crises.

37

EMPREENDEDORISMO

SOCIAL

Este também será o momento que bem ali diante de

nós, se abrirá um mundo de verdades e de possibilidades

que nos fará enxergar com mais clareza. Esses movimentos

fazem nascer as histórias que inspiram e motivam

a força que existe em nós, tal como, nos convidam

para um mundo de possibilidades, no qual iremos

enxergar com mais clareza.

Nenhum de nós atingiu o grau de perfeição, mesmo

assim, insistimos em lidar de forma negativa com as

nossas falhas. Perceba como o orgulho nos faz sempre

querer viver para superar as expectativas de outros. E

por fim, quando isso não acontece, ficamos frustrados

com a invisibilidade. Quanto dos outros existe dentro

de você?!!!

Não deveríamos ter vergonha das nossas dificuldades,

afinal, a construção da aprendizagem, nasce através das

tentativas, nem tampouco estamos imunizados das tensões

e conflitos do mundo atual. Estamos diante de uma

sociedade que vive em modo avançado, na qual as pessoas

estão cada vez mais distantes, as informações e

respostas prontas. Uma sociedade que quase não valoriza

a arte do encontro, mas que prefere expor uma

falsa felicidade ou lavar a sua alma nas redes sociais.

Estamos perdendo uma das artes mais importantes

para a construção do ser humano, a arte de contar e

ouvir histórias. A arte de pensar e da empatia. Não

temos mais tempo para o diálogo. Estamos muito ocupados.

Somos interrompidos a cada uma ou duas palavras.

Será que estamos abreviando a vida e nossas relações?

Segundo dados 2012 da OMS, no mundo, 800 mil pessoas

cometem suicídio ao ano, uma pessoa se suicida a

cada 40 segundos. O Brasil é o 8º país na lista de casos

registrados, e o número aumenta quando somamos as

tentativas. Estudos também afirmam que pessoas que

se suicidam querem acabar com a dor e não acabar com

a vida. O suicídio acontece quando a dor for superior

aos recursos de enfrentamento para lidar com ela.

Nota-se o efeito de uma sociedade cada vez mais centrada

em si mesma, cada vez mais intolerante e menos

altruísta. Uma sociedade que não pode “perder tempo”

para oferecer palavras de esperança, gestos de motivação

ou abertura para o diálogo. Saiba que o egoísmo

também gera angústias.

Sempre que puder, importe-se com alguém! E seja gentil

e bondoso com você! Não tenha medo da ternura. E que

juntos possamos sempre encontrar motivações para

continuar a viver e enfrentar corajosamente os nossos

desafios. Resiliência!!! Calma!! Você consegue!

(11) 2500-3086 | (11) 9 9624-7326

Rua General Osório, 62 - sala 3

Vila Bocaina - Mauá / SP

/institutoensina

Redes sociais

@institutoensina


38

SOCIAL

ACIAM – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E

INDUSTRIAL DE MAUÁ - REÚNE

ASSOCIADOS EM NOITE FESTIVA

Jantar de congraçamento da ACIAM reuniu grande

número de associados na A.A. Industrial. Na ocasião, o

presidente Harry Walendy Filho fez o lançamento da

Campanha de Vendas de Natal da entidade e pregou

otimismo, devido a leve melhoria nos índices da economia,

que deverá lançar reflexos no final do ano. A Campanha

de Vendas de Natal da ACIAM prevê sorteio de

um automóvel 0 km e TV de 50 polegadas.

“Queremos a volta desta boa tradição que tínhamos,

de lançar com uma grande confraternização entre

os associados à nossa Campanha de Natal.

Creio que uma das conquistas da gestão desta diretoria

foi trazer o associado da ACIAM para mais

perto e tomarmos ações contra a informalidade

ilegal de ambulantes na cidade” , disse Harry.

More magazines by this user
Similar magazines