Revista Setcepar Setembro - web 1

maria.eduarda.cavichiolo

Business

A Revista do Setor de Transporte

de Cargas e Logística do Paraná

OUTUBRO ROSA

NOVEMBRO AZUL

Edição 104 - Outubro - Novembro 2018

JAIR BOLSONARO

É ELEITO O NOVO

PRESIDENTE DA

REPÚBLICA

CARLOS MASSA RATINHO JR.

É ELEITO O NOVO

GOVERNADOR DO

ESTADO PARANÁ

Eleições

Candidatos participam

do Ciclo de Palestras no

SETCEPAR

Pág. 07

Entidades

As ações das principais

entidades do setor

Pág. 22

Recursos Humanos

Benchmark retrata a

gestão de pessoas no

transporte paranaense

Pág. 28

ComJovem

A importância dos

Indicadores de

Desempenho

Pág. 32

Fazemos mais para

o seu negócio.


2 Setcepar Business


Palavra do Presidente

O terceiro bimestre de 2018 está chegando ao fim e sem dúvida um

dos assuntos mais recorrentes em todas as rodas de conversa foram as

eleições para governador, presidente, senadores e deputados – federais

e estaduais – que marcam este mês.

O Setcepar, exercendo a sua função na sociedade e um anseio

de muitos dos seus associados, promoveu nos meses de agosto e

setembro o Ciclo de Palestras com os dois candidatos ao Governo do

Paraná que estavam mais bem posicionados nas pesquisas de opinião.

Nos encontros, os participantes conheceram um pouco do Plano de

Governo dos candidatos Ratinho Junior e Cida Borghetti, em especial,

as propostas para o setor do Transporte Rodoviário de Cargas. E como

não podíamos perder a oportunidade de aproximação com o próximo

governador (a) do Paraná, juntamente com a Fetranspar, solicitamos

aos associados as principais demandas do TRC para entregarmos em

mãos o documento e receber o compromisso do candidato (a) de

analisar cada proposta com atenção e coloca-las em prática já no início

do governo.

Nossa matéria de capa fala sobre esses encontros e mostra algumas

propostas que foram entregues. Precisamos acreditar que nos

próximos quatro anos teremos mais investimentos em infraestrutura

e segurança. Além disso, a revista traz informações sobre o novo

curso EAD em Qualificação do Transporte e Logística e as principais

mobilizações das entidades.

Boa leitura!

Marcos Egídio Battistella

Presidente

Setcepar Business

3


GESTÃO 2017 - 2019

Presidente

Marcos Egídio Battistella

Diretoria

1º VICE-PRESIDENTE Aldo Fernando Klein Nunes

2º VICE-PRESIDENTE Silvio Kasnodzei

1ª DIRETORA FINANCEIRA Rosana Machiavelli

2º DIRETOR FINANCEIRO Leonir Melnik

DIRETOR EFETIVO Altair Vailati

DIRETOR EFETIVO Cecílio Gonçalves

DIRETOR EFETIVO Geraldo Fernandes Junior

DIRETOR EFETIVO Osvaldo H. Brehm

DIRETOR EFETIVO Orlando Zem

DIRETOR SUPLENTE Gerson Medeiros

DIRETOR SUPLENTE Affonso Dotti

MEMBRO EFETIVO DO CONSELHO FISCAL Amadeu Clóvis Greca

MEMBRO EFETIVO DO CONSELHO FISCAL Gilberto Antonio Cantú

MEMBRO EFETIVO DO CONSELHO FISCAL Francisco Bezerra de Vasconcelos Neto

MEMBRO SUPLENTE DO CONSELHO FISCAL Flórido Antônio Kowalski

MEMBRO SUPLENTE DO CONSELHO FISCAL Edilson Carraro

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO AO AGRONEGÓCIO Perícles Machado

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO ÀS ENTIDADES SINDICAIS Nestor Ferens

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO AO SINTRAMOTOS Pedro Luiz Capilé

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO AOS ÓRGÃOS DE TRÂNSITO Glênio Marcelo Cogo

DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO AOS PRODUTOS QUÍMICOS E PERIGOSOS Alexandre Ferreira

RESPONSABILIDADE SOCIAL, QUALIDADE E MEIO AMBIENTE Deborah Christine C. Correa

SUPERINTENDENTE Antônio da Rocha

COMISSÃO TÉCNICA DE CARGA FRACIONADA

Paulo Brunel

COORDENADOR

COMISSÃO DE JOVENS EMPRESÁRIOS E EXECUTIVOS DO PARANÁ - COMJOVEM

Caio Cantu (Transportes Diamante)

COORDENADOR

Luiz Gustavo Nery (Rodonery Transportes)

VICE COORDENADOR

COMISSÃO TÉCNICA DE CONTAINERS

Osvaldo Brehm (Kraft Logística)

COORDENADOR

COMISSÃO TÉCNICA DE RH

Deborah Cardoso (Trans - Iguaçu)

COORDENADORA

Lucimar Stanziola (Setcepar)

VICE-COORDENADORA

COMISSÃO TÉCNICA DE FINANÇAS

Rosana Machiavelli

COORDENADORA

4 Setcepar Business


07

13

16

19

21

22

26

28

32

35

37

38

41

42

Índice

Matéria de Capa

Carlos Massa Ratinho Jr. é o novo Governador do Paraná

Planilha de Referencial de Custos

Universidade Livre do Transporte

Novo Curso de Qualificação no TRC supera as metas de matrículas

Mundo Jurídico

TRT da 15ª Região reforma decisão sobre horas extras

Clube de Benefícios

Setcepar firma parceria com a SIMED para cursos de reciclagem online

Entidades

As ações das principais entidades do setor

Regionais

A força do interior

Recursos Humanos

Benchmark retrata a gestão de pessoas no transporte paranaense

ComJovem

A importância dos Indicadores

Comemoração

GVM Solutions Brasil completa 15 anos de história

Aconteceu no Setcepar

Registro dos principais eventos

Novos Associados

Marco Regulátorio finalmente aprovado na Câmara Federal

Cultura

Livros

Gastronomia

Marcos Canan da Bull Prime

A revista Setcepar Business é uma publicação

do Sindicato das Empresas de Transportes de

Cargas no Estado Paraná.

Coordenador de Comunicação e Marketing:

Luiz Teixeira Oliveira Jr

Tx Comunicação

Jornalista responsável:

Sarah Corazza - DRT 05035 PR

Projeto Gráfico:

Bruno Pantaleão da Silva

Fotografias:

Eneas Gomez | Arquivo Setcepar | Freepik

Tiragem:

1.500 exemplares

Distribuição dirigida

Setcepar - Rua Almirante Gonçalves, 1966

Bairro Rebouças - Curtiba - PR

Tel. 41 3014-5151 | setcepar@setcepar.com.br

16

19

32

Os artigos assinados não representam necessariamente

a opinião do Setcepar.

Setcepar Business

5


Sócios Mantenedores

Estas empresas parceiras

fazem mais para o seu negócio

6 Setcepar Business


Eleições

Bolsonaro é o eleito

Presidente do Brasil

Com seus bordões de tolerância

zero à corrupção, críticas fortes à

esquerda e ao PT, defesa à família e

o fim do desarmamento, Jair Messias

Bolsonaro foi eleito Presidente

do Brasil com 55,1% dos votos válidos,

no segundo turno das eleições

de 2018. Fernando Haddad foi

derrotado com 44,8% dos votos. A

diferença entre os dois foi de pouco

mais de 10 milhões de votos.

No Paraná, ele foi o escolhido de

68,4% dos eleitores. Bolsonaro venceu

em 307 das 399 cidades paranaenses.

Desemprego, Reformas, Segurança

e Infraestrutura são alguns dos

grandes desafios de Bolsonaro.

Para o setor de Infraestrutura, o

plano de governo prevê o pacote

de concessões para deslanchar

projetos de infraestrutura deve

incluir a possibilidade de renovar

antecipadamente contratos em

curso e relicitar aqueles que apresentam

problemas. Seu plano de

governo também prevê a expansão

de ferrovias, rodovias e aeroportos,

com recursos privados.

O Setcepar deseja sucesso ao novo

presidente e sua equipe! Vamos

continuar fazendo a nossa parte

para a retomada do desenvolvimento

econômico do Brasil.

Setcepar Business

7


Capa

Carlos Massa Ratinho Jr.

recebe no Setcepar, demandas do TRC

Carlos Massa Ratinho Jr. o futuro governador do Paraná, eleito em 1º turno.

Ratinho Junior, do PSD, foi eleito

Governador do Paraná, no

dia 7 de outubro. Recebeu 60%

dos votos (2.945.878 votos). No

fim de agosto, antes da eleição,

Ratinho participou do Ciclo de

Palestras promovido pelo Setcepar,

recebeu as principais demandas

do transporte rodoviário

de cargas para o estado e se

comprometeu em olhar atentamente

para o TRC.

"Sobre as propostas entregues,

o então candidato, garantiu

que já estavam previstas em

seu Plano de Governo e garantiu

que o seu gabinete estará

de portas abertas para receber

as entidades".

Ciclo de Palestras:

O Setcepar (Sindicato dos Empresários

do Transporte Rodoviário

de Cargas do Estado do

Paraná) realizou, nos meses

de agosto e setembro, o Ciclo

de Palestras com os principais

candidatos ao Governo do Paraná

nas eleições de 2018. Nos encontros,

os associados tiveram a

oportunidade de conhecer um

pouco do Plano de Governo do

governador eleito Ratinho Junior

(PSD) e Cida Borghetti (PP).

Presidente em exercício da Fetranspar Carlos Antonio da Silva Vieira e o presidente do Setcepar, Marcos Egídio

Battistella entregam ao então candidato ao governo do Estado do Paraná Carlos Massa Ratinho Jr. a pauta de

reivindicações do setor de transporte e logística, em evento realizado 21/08 no Setcepar.

Para o Ciclo de Palestras, o Setcepar

juntamente com a Fetranspar

(Federação das Empresas

do Transporte de Cargas no

Estado do Paraná) colheu junto

aos seus associados as principais

reivindicações e anseios

do setor para o próximo governo.

Tudo foi compilado em um

documento que listou os principais

gargalos que travam o

desenvolvimento do setor e foi

entregue para os candidatos. A

expectativa das duas entidades

é de que o próximo Governador

8 Setcepar Business


(a) do Paraná trabalhe para que

o transporte rodoviário no Estado

receba a atenção adequada.

Capa

O documento traz mais de 60

propostas divididas em categorias

como Paraná Competitivo,

Infraestrutura e Logística e Segurança

Pública.

“Os encontros foram importantes

para nos aproximarmos

dos candidatos e mostrarmos

o quanto o setor de transporte

rodoviário de cargas é importante

para a economia do Paraná”,

afirma Marcos Battistella,

presidente do Setcepar. “Temos

muita urgência em investimentos

na infraestrutura das rodovias

e na ampliação do limite de

créditos do ICMS, que não conseguimos

resgatar”, ressalta.

Para o presidente em exercício

da Fetranspar, Carlos Antônio

da Silva Vieira, conhecer um

pouco mais as propostas dos

candidatos voltadas para setor

foi um momento marcante.

“Tanto o Ratinho quanto a Cida

demonstraram grande interesse

em participar desde momento,

reconheceram a importância

do nosso trabalho para o

desenvolvimento do Estado e

principalmente, demonstraram

vontade de desenvolver políticas

– de curto, médio e longo

prazo – para sanar os gargalos

que enfrentamos”.

Governador eleito Carlos Massa Ratinho Jr., o vice Darci Piana, presidente do Setcepar Marcos Battistella, presidente

em exercício da Fetranspar Carlos Antonio da Silva Vieira, senador eleito professor Oriovisto Guimarães e os

ex-presidentes do Setcepar Rui Chichella, Aldo Fernando Klein Nunes e Gilberto Cantú.

juntamente com uma licitação

internacional para a concessão

de algumas rodovias estaduais

como as PRs 323, 092 e 280 e

uma nova licitação quando acabar

o contrato de pedágio atual.

“É importante dizer que essas

licitações serão internacionais,

dificultando os conchavos entre

as empresas e, com uma

cláusula, especificando que as

obras de duplicação e infraestrutura

deverão ser realizadas já

no início do contrato”, ressaltou.

“Vamos analisar as propostas

com calma, junto com o setor

do TRC e ver como podemos

proceder. Meu gabinete estará

sempre aberto para receber as

entidades e trabalharmos para

fazermos uma ruptura com o

atual modelo estadual de gestão”

Já Cida Borghetti participou

do Ciclo de Palestras realizado

no dia 19 de setembro. Durante

o encontro, a candidata do PP

falou sobre as ações que já estão

sendo realizadas no Estado

para desburocratizar os serviços

públicos e garantiu que irá ampliar

os serviços online disponi-

Candidatos:

Ratinho Junior participou do Ciclo

de Palestras promovido no

dia 21 de agosto e afirmou que

para ele a aproximação com o

setor, ouvir suas demandas e

já apresentar algumas propostas

desenvolvidas em seu Plano

de Governo para beneficiar o

transporte rodoviário de cargas

é muito importante.

De acordo com o candidato,

a construção de um Plano Diretor

de Infraestrutura, para

prever ações importantes a

curto, médio e longo prazo seria

uma das primeiras ações,

Setcepar Business

9


ilizados no Governo Digital e

que uma das medidas será a inclusão

de todas as obras públicas

em andamento no site, com

fotos e monitoramento online.

“Lançamos a poucos meses o

maior programa de conservação

de estradas da história do

Estado, com R$ 1,5 bilhão de

investimento para a recuperação

de 12 mil quilômetros de

rodovias estaduais. Também já

notifiquei as concessionárias de

pedágio sobre o fim dos contratos

para que concluam as obras

previstas até 2021”, ressaltou

Cida. “O crescimento do Paraná

nunca foi planejado e quem

não sabe onde vai, não chegará

a lugar nenhum. Além disso,

vou analisar com muita atenção

todas as propostas recebidas e

estudar a viabilidade das implantações”

Veja algumas das propostas

encaminhadas:

Paraná Competitivo:

- Ampliar o limite de utilização

de crédito acumulado do ICMS

no programa e agilizar o processo

de análise e liberação dos créditos

para investimentos;

- Eliminação da Planilha do ICMS,

que da maneira como é exigida

hoje, é impossível de ser confeccionada

e tem gerado multas

nas fiscalizações, já que os outros

modelos não são aceitos;

- Criação de um plano de incentivo

para compras de insumos no

estado;

- Parceira entre Governo e ANTT

no Projeto Canal Verde – Para

ajudar na arrecadação do ICMS e

combater a concorrência desleal

entre as transportadoras além de

garantir o combate à sonegação;

- Fornecer inscrição estadual online

com alvará de funcionamento

automático;

- Lei que determine no máximo

Capa

Governandora do Paraná e candidata a re-eleição Cida Borghetti e o vice Coronel Malucelli

30 dias para o IAP fornecer alvará

de licenciamento ambiental.

Infraestrutura e Logística:

- Criação de um Plano Diretor

para Fluxo Logístico e entregas

urbanas para as cidades que projetam

ter população superior a

100 mil habitantes nos próximos

10 anos;

- Construção de marginais no

anel viário da RMC;

- Construção de uma rodovia

que conecte os estados de Santa

Catarina e São Paulo desviando

o fluxo que hoje precisa passar

pela RMC;

- Integração com ferrovias, duplicação

de rodovias e manutenção

da malha viária;

- Inclusão nos editais dos pedágios

novos trechos como:

Mauá/Londrina; Jaguaraíva/

Jacarezinho, Paranavaí/Nova

Londrina;

- Trabalhar junto ao Governo Federal

para a duplicação e manutenção

de rodovias federais que

cortam o Paraná;

- Manutenção das rodovias estaduais;

- Revitalização e duplicação de

rodovias estaduais;

- Criar novo modelo para concessão

das rodovias estaduais;

- Programa permanente de dragagem

dos Portos;

- Estruturar um berço no Porto

de Paranaguá para embarque

de produtos para navios de cabotagem;

- Apoiar a construção dos Portos

do Imbocuí e do Pontal.

Segurança Pública:

- Fazer uma coalização entre

o poder público, empresários,

Polícias Militar e Civil, universidades,

de forma regional e

estadual, para debater estratégias

de combate ao crime

organizado;

- Investir na infraestrutura e

pessoal da Delegacia de Furtos

e Roubos de Cargas;

- Ampliar o programa de combate

ao contrabando de mercadorias

e tráfico de armas e

drogas, unificando o trabalho

das polícias.

10 Setcepar Business


Capa

Presidente em exercício da Fetranspar Carlos Antonio da Silva Vieira e o presidente do Setcepar, Marcos Egídio Battistella entregam à governadora e candidata a re-eleição

Cida Borghetti e a seu vice, Coronel Malucelli, a pauta de reivindicações do setor de transporte e logística, em evento realizado no dia 19/09 no Setcepar.

Setcepar Business

11


12


Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope | NTC

Multiplicador

PERCURSO

Custo-

Peso

Planilha de Referencial de Custos

AGOSTO|18 CUSTO PESO

3,50 2,30 1,75 1,40 1,25 1,12 1,05 1,00

Truck

de 1 a de 11 a de 21 a de 31 a de 51 a de 71 a de 101 a de 151 a acima de

10 kg 20 kg 30 kg 50 kg 70 kg 100 kg 150 kg 200 kg 200 kg

De (km) Até (km) R$/t 10 20 30 50 70 100 150 200 R$por kg (%)

1 50 565,45 19,79 26,01 29,69 39,58 49,48 63,33 89,06 113,09 0,5655 0,30

51 100 583,53 20,42 26,84 30,64 40,85 51,06 65,36 91,91 116,71 0,5835 0,30

101 150 601,61 21,06 27,67 31,58 42,11 52,64 67,38 94,75 120,32 0,6016 0,30

151 200 619,68 21,69 28,51 32,53 43,38 54,22 69,40 97,60 123,94 0,6197 0,30

201 250 637,76 22,32 29,34 33,48 44,64 55,80 71,43 100,45 127,55 0,6378 0,30

251 300 655,84 22,95 30,17 34,43 45,91 57,39 73,45 103,29 131,17 0,6558 0,40

301 350 673,91 23,59 31,00 35,38 47,17 58,97 75,48 106,14 134,78 0,6739 0,40

351 400 691,99 24,22 31,83 36,33 48,44 60,55 77,50 108,99 138,40 0,6920 0,40

401 450 710,07 24,85 32,66 37,28 49,70 62,13 79,53 111,84 142,01 0,7101 0,40

451 500 728,14 25,48 33,49 38,23 50,97 63,71 81,55 114,68 145,63 0,7281 0,40

501 550 860,11 30,10 39,56 45,16 60,21 75,26 96,33 135,47 172,02 0,8601 0,60

551 600 878,18 30,74 40,40 46,10 61,47 76,84 98,36 138,31 175,64 0,8782 0,60

601 650 896,26 31,37 41,23 47,05 62,74 78,42 100,38 141,16 179,25 0,8963 0,60

651 700 914,34 32,00 42,06 48,00 64,00 80,00 102,41 144,01 182,87 0,9143 0,60

701 750 932,41 32,63 42,89 48,95 65,27 81,59 104,43 146,85 186,48 0,9324 0,60

751 800 950,49 33,27 43,72 49,90 66,53 83,17 106,45 149,70 190,10 0,9505 0,60

801 850 968,56 33,90 44,55 50,85 67,80 84,75 108,48 152,55 193,71 0,9686 0,60

851 900 986,64 34,53 45,39 51,80 69,06 86,33 110,50 155,40 197,33 0,9866 0,60

901 950 1.004,72 35,17 46,22 52,75 70,33 87,91 112,53 158,24 200,94 1,0047 0,60

951 1.000 1.022,79 35,80 47,05 53,70 71,60 89,49 114,55 161,09 204,56 1,0228 0,60

1.001 1.100 1.172,83 41,05 53,95 61,57 82,10 102,62 131,36 184,72 234,57 1,1728 0,70

1.101 1.200 1.208,99 42,31 55,61 63,47 84,63 105,79 135,41 190,42 241,80 1,2090 0,70

1.201 1.300 1.245,14 43,58 57,28 65,37 87,16 108,95 139,46 196,11 249,03 1,2451 0,70

1.301 1.400 1.281,29 44,85 58,94 67,27 89,69 112,11 143,50 201,80 256,26 1,2813 0,70

1.401 1.500 1.317,45 46,11 60,60 69,17 92,22 115,28 147,55 207,50 263,49 1,3174 0,70

1.501 1.600 1.467,49 51,36 67,50 77,04 102,72 128,41 164,36 231,13 293,50 1,4675 0,80

1.601 1.700 1.503,64 52,63 69,17 78,94 105,25 131,57 168,41 236,82 300,73 1,5036 0,80

1.701 1.800 1.539,79 53,89 70,83 80,84 107,79 134,73 172,46 242,52 307,96 1,5398 0,80

1.801 1.900 1.575,94 55,16 72,49 82,74 110,32 137,90 176,51 248,21 315,19 1,5759 0,80

1.901 2.000 1.612,10 56,42 74,16 84,64 112,85 141,06 180,55 253,91 322,42 1,6121 0,80

2.001 2.200 1.798,29 62,94 82,72 94,41 125,88 157,35 201,41 283,23 359,66 1,7983 0,90

2.201 2.400 1.870,60 65,47 86,05 98,21 130,94 163,68 209,51 294,62 374,12 1,8706 0,90

2.401 2.600 1.942,90 68,00 89,37 102,00 136,00 170,00 217,61 306,01 388,58 1,9429 0,90

2.601 2.800 2.129,10 74,52 97,94 111,78 149,04 186,30 238,46 335,33 425,82 2,1291 1,00

2.801 3.000 2.201,40 77,05 101,26 115,57 154,10 192,62 246,56 346,72 440,28 2,2014 1,00

3.001 3.200 2.387,59 83,57 109,83 125,35 167,13 208,91 267,41 376,05 477,52 2,3876 1,10

3.201 3.400 2.459,90 86,10 113,16 129,14 172,19 215,24 275,51 387,43 491,98 2,4599 1,10

3.401 3.600 2.532,21 88,63 116,48 132,94 177,25 221,57 283,61 398,82 506,44 2,5322 1,20

3.601 3.800 2.604,51 91,16 119,81 136,74 182,32 227,89 291,71 410,21 520,90 2,6045 1,20

3.801 4.000 2.676,82 93,69 123,13 140,53 187,38 234,22 299,80 421,60 535,36 2,6768 1,20

4.001 4.200 2.749,12 96,22 126,46 144,33 192,44 240,55 307,90 432,99 549,82 2,7491 1,20

4.201 4.400 2.821,43 98,75 129,79 148,13 197,50 246,88 316,00 444,38 564,29 2,8214 1,20

4.401 4.600 2.893,74 101,28 133,11 151,92 202,56 253,20 324,10 455,76 578,75 2,8937 1,20

4.601 4.800 2.966,04 103,81 136,44 155,72 207,62 259,53 332,20 467,15 593,21 2,9660 1,20

4.801 5.000 3.038,35 106,34 139,76 159,51 212,68 265,86 340,29 478,54 607,67 3,0383 1,20

5.001 5.200 3.110,65 108,87 143,09 163,31 217,75 272,18 348,39 489,93 622,13 3,1107 1,20

5.201 5.400 3.182,96 111,40 146,42 167,11 222,81 278,51 356,49 501,32 636,59 3,1830 1,20

5.401 5.600 3.255,27 113,93 149,74 170,90 227,87 284,84 364,59 512,70 651,05 3,2553 1,20

5.601 5.800 3.327,57 116,46 153,07 174,70 232,93 291,16 372,69 524,09 665,51 3,3276 1,20

5.801 6.000 3.399,88 119,00 156,39 178,49 237,99 297,49 380,79 535,48 679,98 3,3999 1,20

Frete Valor Mínimo

Para todas as Faixas até valor de mercadoria de R$ 2.335,01 cobrar

R$ 7,01 por conhecimento

Gerenciamento de Risco e Segurança - GRIS

Para todas as Faixas

0,30%

sobre o valor da mercadoria

Até valor de mercadoria de R$ 2.335,01 cobrar

R$ 7,01

por conhecimento

Para as regiões cujo índice de roubo de carga esteja fora do normal a taxa de GRIS deve ser de 0,50% sobre o valor da mercadoria.

Taxa de Despacho

Para todas as Faixas R$ 61,98

por conhecimento

Os valores que constam desta planilha não incluem impostos (PIS, Confins e ICMS), frete valor, pedágio, lucro, taxas por generalidades e serviços 'adicionais, que

deverão ser cobrados a parte.

(1) Calculado sobre o valor da mercadoria.

PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTOS

CARGA SECA FRACIONADA (LTL)

Carga Seca Fracionada (LTL)

Mês de referência:

Planilha Referencial de Custos do

Transporte Carga Lotação

Os valores abaixo não contemplam impostos (PIS/COFINS, ICMS), pedágio, margem de

lucro e mão de obra para carga e descarga.

PERCURSO (KM)

Carreta 3 Eixos

CUSTO VALOR GRIS

De Até R$/t R$/t (%) (%)

1 50 60,52 51,55 Custo 0,30 0,30

51 100 72,37 60,65 0,30 0,30

101 150 84,21 69,75 Valor (%)¹ 0,30 0,30

151 200 96,05 78,84 0,30 0,30

201 250 107,89 87,94 0,30 0,30

251 300 119,73 97,03 0,40 0,30

301 350 131,58 106,13 0,40 0,30

351 400 143,42 115,23 0,40 0,30

401 450 155,26 124,32 0,40 0,30

451 500 167,10 133,42 0,40 0,30

501 550 178,95 142,52 0,60 0,30

551 600 190,79 151,61 0,60 0,30

601 650 202,63 160,71 0,60 0,30

651 700 214,47 169,80 0,60 0,30

701 750 226,31 178,90 0,60 0,30

751 800 238,16 188,00 0,60 0,30

801 850 250,00 197,09 0,60 0,30

851 900 261,84 206,19 0,60 0,30

901 950 273,68 215,28 0,60 0,30

951 1.000 285,52 224,38 0,60 0,30

1.001 1.100 309,21 242,57 0,70 0,30

1.101 1.200 332,89 260,76 0,70 0,30

1.201 1.300 356,58 278,96 0,70 0,30

1.301 1.400 380,26 297,15 0,70 0,30

1.401 1.500 403,94 315,34 0,70 0,30

1.501 1.600 427,63 333,53 0,80 0,30

1.601 1.700 451,31 351,73 0,80 0,30

1.701 1.800 475,00 369,92 0,80 0,30

1.801 1.900 498,68 388,11 0,80 0,30

1.901 2.000 522,36 406,30 0,80 0,30

2.001 2.200 569,73 442,69 0,90 0,30

2.201 2.400 617,10 479,07 0,90 0,30

2.401 2.600 664,47 515,46 0,90 0,30

2.601 2.800 711,84 551,84 1,00 0,30

2.801 3.000 759,21 588,22 1,00 0,30

3.001 3.200 806,57 624,61 1,10 0,30

3.201 3.400 853,94 660,99 1,10 0,30

3.401 3.600 901,31 697,38 1,20 0,30

3.601 3.800 948,68 733,76 1,20 0,30

3.801 4.000 996,05 770,15 1,20 0,30

4.001 4.200 1.043,41 806,53 1,20 0,30

4.201 4.400 1.090,78 842,91 1,20 0,30

4.401 4.600 1.138,15 879,30 1,20 0,30

4.601 4.800 1.185,52 915,68 1,20 0,30

4.801 5.000 1.232,89 952,07 1,20 0,30

5.001 5.200 1.280,26 988,45 1,20 0,30

5.201 5.400 1.327,62 1.024,84 1,20 0,30

5.401 5.600 1.374,99 1.061,22 1,20 0,30

5.601 5.800 1.422,36 1.097,60 1,20 0,30

5.801 6.000 1.469,73 1.133,99 1,20 0,30

Obs: Os percentuais de Custo Valor e GRIS são aplicados sobre o Valor da Mercadoria Transportada.

Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope |NTC

Mês de referência

AGOSTO|18

Obs: A planilha acima é atualizada mensalmente pelo INCTF da NTC

1

Setcepar Business

13


Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope | NTC

Planilha de Referencial de Custos

Planilha Referencial de Custos do

PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTOS Transporte Carga Lotação

Os valores abaixo não contemplam impostos (PIS/COFINS, ICMS), pedágio, margem de

GENERALIDADES - CARGA FRACIONADA

Generalidades - Carga Fracionada

Mês de referência:

Tipo de Cobrança Forma de Cobrança Sugestão

1. Taxa de Permanência da Carga por ton/dia ou fração R$ 26,48

- seguro da carga durante a permanência sobre o valor da mercadoria 0,20%

2. Cubagem 300 kg/m3 300 kg/m3

3. Devolução sobre o frete original 100%

4. Reentrega sobre o frete original 50%

- até o valor do frete de R$ 98,81 cobrar Por conhecimento R$ 49,40

Toco (3/4) R$ 770,71

5. Truck R$ 830,00

Estadia de veículos por tipo de veículo

Conjunto (Cav.+Carreta) R$ 1.412,34

Carreta (3 eixos) R$ 316,19

6. Pedágio 100 kg ou fração R$ 6,44

7. TAS - Taxa de Adm. SEFAZ por conhecimento R$ 3,75

8. TDE - Taxa de Dificuldade Entrega sobre o frete original 40%

- até o valor do frete de R$ 314,65 cobrar por conhecimento R$ 125,86

9. TRT - Taxa de Restrição ao Trânsito

- Para as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro sobre o frete original 20%

- até o valor do frete de R$ 266,36 cobrar Por conhecimento R$ 53,27

- Para as demais cidades sobre o frete original 15%

- até o valor do frete de R$ 183,27 cobrar Por conhecimento R$ 27,49

10. TFD - Taxa de Fiel Depositário sobre o valor da mercadoria/DIA 0,50%

- até o valor da mercadoria de R$ 15116,97 cobrar por DIA R$ 75,58

11. Taxa de Escolta Armada valor por veículo/hora R$ 278,66

- Franquia de serviço (cobrança apartir da) horas 2,0

12. EMEX - Taxa de Emergência Excepcional para situações de beligerância 100 kg ou fração R$ 10,00

- Regiões onde vigora atualmente: região metropolitana do Rio de Janeiro sobre o valor da mercadoria de 0,3% a 1,0%

Generalidades para empresas que atuam na região do Amazonas

13. Seguro Fluvial com origem/destino AM sobre o valor da mercadoria 0,12%

- até o valor da mercadoria de R$ 81528,79 cobrar sobre o valor da mercadoria R$ 97,83

14. TRF - Taxa Redespacho Fluvial sobre o valor da mercadoria 7,0%

- até o valor da mercadoria de R$ 1733,27 cobrar por Redespacho Fluvial R$ 121,33

15. Taxa de Administração de Suframa por conhecimento R$ 46,64

PRINCIPAIS SERVIÇOS ADICIONAIS

lucro e mão de obra para carga e descarga.

CUSTO PESO

PERCURSO (KM) CUSTO VALOR GRIS

Truck Carreta 3 Eixos

De Até R$/t

AGOSTO|18

R$/t (%) (%)

1 50 60,52 51,55 0,30 0,30

51 100 72,37 60,65 0,30 0,30

101 150 84,21 69,75 0,30 0,30

151 200 96,05 78,84 0,30 0,30

201 250 107,89 87,94 0,30 0,30

251 300 119,73 97,03 0,40 0,30

301 350 131,58 106,13 0,40 0,30

351 400 143,42 115,23 0,40 0,30

401 450 155,26 124,32 0,40 0,30

451 500 167,10 133,42 0,40 0,30

501 550 178,95 142,52 0,60 0,30

551 600 190,79 151,61 0,60 0,30

601 650 202,63 160,71 0,60 0,30

651 700 214,47 169,80 0,60 0,30

701 750 226,31 178,90 0,60 0,30

751 800 238,16 188,00 0,60 0,30

801 850 250,00 197,09 0,60 0,30

851 900 261,84 206,19 0,60 0,30

901 950 273,68 215,28 0,60 0,30

951 1.000 285,52 224,38 0,60 0,30

1.001 1.100 309,21 242,57 0,70 0,30

1.101 1.200 332,89 260,76 0,70 0,30

1.201 1.300 356,58 278,96 0,70 0,30

1.301 1.400 380,26 297,15 0,70 0,30

1.401 1.500 403,94 315,34 0,70 0,30

1.501 1.600 427,63 333,53 0,80 0,30

1.601 1.700 451,31 351,73 0,80 0,30

1.701 1.800 475,00 369,92 0,80 0,30

1.801 1.900 498,68 388,11 0,80 0,30

1.901 2.000 522,36 406,30 0,80 0,30

2.001 2.200 569,73 442,69 0,90 0,30

2.201 2.400 617,10 479,07 0,90 0,30

2.401 2.600 664,47 515,46 0,90 0,30

2.601 2.800 711,84 551,84 1,00 0,30

2.801 3.000 759,21 588,22 1,00 0,30

3.001 3.200 806,57 624,61 1,10 0,30

3.201 3.400 853,94 660,99 1,10 0,30

3.401 3.600 901,31 697,38 1,20 0,30

3.601 3.800 948,68 733,76 1,20 0,30

3.801 4.000 996,05 770,15 1,20 0,30

4.001 4.200 1.043,41 806,53 1,20 0,30

4.201 4.400 1.090,78 842,91 1,20 0,30

4.401 4.600 1.138,15 879,30 1,20 0,30

4.601 4.800 1.185,52 915,68 1,20 0,30

4.801 5.000 1.232,89 952,07 1,20 0,30

5.001 5.200 1.280,26 988,45 1,20 0,30

5.201 5.400 1.327,62 1.024,84 1,20 0,30

5.401 5.600 1.374,99 1.061,22 1,20 0,30

5.601 5.800 1.422,36 1.097,60 1,20 0,30

5.801 6.000 1.469,73 1.133,99 1,20 0,30

Obs: Os percentuais de Custo Valor e GRIS são aplicados sobre o Valor da Mercadoria Transportada.

16. Paletização por palete padrão PBR R$ 65,59

17. Taxa de Agendamento s/ o valor do frete 20%

- até o valor do frete de R$ 133,39 cobrar por conhecimento R$ 26,68

18. Devolução de canhoto de Nota Fiscal por documento ou canhoto R$ 2,21

19. Entrega com veículo dedicado por entrega R$ 770,71

20. Coletas sábados,domingos e feriados sobre o frete original 30%

- até o valor do frete de R$ 2569,05 cobrar p/ coleta R$ 770,71

Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope |NTC

Mês de referência

AGOSTO|18

OBS: Todos os valores citados nesta tabela são médias dos valores praticados no mercado.

portanto já estão com impostos e margem de lucro.

Os valores da tabela acima, com exceção do pedágio, são corrigidos mensalmente pelo INCTF .

INCTF/DECOPE/NTC - FATOR DE CORREÇÃO: AGOSTO|18 0,1399

14 Setcepar Business


Planilha de Referencial de Custos

Planilha Referencial de Custos do

Transporte Carga Lotação

Transporte Carga Lotação

Os valores abaixo não contemplam impostos (PIS/COFINS, ICMS), pedágio, margem de

lucro e mão de obra para carga e descarga.

PERCURSO (KM)

CUSTO PESO

Truck Carreta 3 Eixos

CUSTO VALOR GRIS

De Até R$/t R$/t (%) (%)

1 50 60,52 51,55 0,30 0,30

51 100 72,37 60,65 0,30 0,30

101 150 84,21 69,75 0,30 0,30

151 200 96,05 78,84 0,30 0,30

201 250 107,89 87,94 0,30 0,30

251 300 119,73 97,03 0,40 0,30

301 350 131,58 106,13 0,40 0,30

351 400 143,42 115,23 0,40 0,30

401 450 155,26 124,32 0,40 0,30

451 500 167,10 133,42 0,40 0,30

501 550 178,95 142,52 0,60 0,30

551 600 190,79 151,61 0,60 0,30

601 650 202,63 160,71 0,60 0,30

651 700 214,47 169,80 0,60 0,30

701 750 226,31 178,90 0,60 0,30

751 800 238,16 188,00 0,60 0,30

801 850 250,00 197,09 0,60 0,30

851 900 261,84 206,19 0,60 0,30

901 950 273,68 215,28 0,60 0,30

951 1.000 285,52 224,38 0,60 0,30

1.001 1.100 309,21 242,57 0,70 0,30

1.101 1.200 332,89 260,76 0,70 0,30

1.201 1.300 356,58 278,96 0,70 0,30

1.301 1.400 380,26 297,15 0,70 0,30

1.401 1.500 403,94 315,34 0,70 0,30

1.501 1.600 427,63 333,53 0,80 0,30

1.601 1.700 451,31 351,73 0,80 0,30

1.701 1.800 475,00 369,92 0,80 0,30

1.801 1.900 498,68 388,11 0,80 0,30

1.901 2.000 522,36 406,30 0,80 0,30

2.001 2.200 569,73 442,69 0,90 0,30

2.201 2.400 617,10 479,07 0,90 0,30

2.401 2.600 664,47 515,46 0,90 0,30

2.601 2.800 711,84 551,84 1,00 0,30

2.801 3.000 759,21 588,22 1,00 0,30

3.001 3.200 806,57 624,61 1,10 0,30

3.201 3.400 853,94 660,99 1,10 0,30

3.401 3.600 901,31 697,38 1,20 0,30

3.601 3.800 948,68 733,76 1,20 0,30

3.801 4.000 996,05 770,15 1,20 0,30

4.001 4.200 1.043,41 806,53 1,20 0,30

4.201 4.400 1.090,78 842,91 1,20 0,30

4.401 4.600 1.138,15 879,30 1,20 0,30

4.601 4.800 1.185,52 915,68 1,20 0,30

4.801 5.000 1.232,89 952,07 1,20 0,30

5.001 5.200 1.280,26 988,45 1,20 0,30

5.201 5.400 1.327,62 1.024,84 1,20 0,30

5.401 5.600 1.374,99 1.061,22 1,20 0,30

5.601 5.800 1.422,36 1.097,60 1,20 0,30

5.801 6.000 1.469,73 1.133,99 1,20 0,30

Obs: Os percentuais de Custo Valor e GRIS são aplicados sobre o Valor da Mercadoria Transportada.

Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope |NTC

Mês de referência

Planilha Referencial de Custos do

Transporte Carga Lotação

Os valores abaixo não contemplam impostos (PIS/COFINS, ICMS), pedágio, margem de

lucro e mão de obra para carga e descarga.

CUSTO PESO

PERCURSO (KM)

Truck Carreta 3 Eixos

CUSTO VALOR GRIS

De Até R$/t R$/t (%) (%)

1 50 60,52 51,55 0,30 0,30

51 100 72,37 60,65 0,30 0,30

101 150 84,21 69,75 0,30 0,30

151 200 96,05 78,84 0,30 0,30

201 250 107,89 87,94 0,30 0,30

AGOSTO|18

251 300 119,73 97,03 0,40 0,30

301 350 131,58 106,13 0,40 0,30

351 400 143,42 115,23 0,40 0,30

401 450 155,26 124,32 0,40 0,30

451 500 167,10 133,42 0,40 0,30

501 550 178,95 142,52 0,60 0,30

551 600 190,79 151,61 0,60 0,30

601 650 202,63 160,71 0,60 0,30

651 700 214,47 169,80 0,60 0,30

701 750 226,31 178,90 0,60 0,30

751 800 238,16 188,00 0,60 0,30

801 850 250,00 197,09 0,60 0,30

851 900 261,84 206,19 0,60 0,30

901 950 273,68 215,28 0,60 0,30

951 1.000 285,52 224,38 0,60 0,30

1.001 1.100 309,21 242,57 0,70 0,30

1.101 1.200 332,89 260,76 0,70 0,30

1.201 1.300 356,58 278,96 0,70 0,30

1.301 1.400 380,26 297,15 0,70 0,30

1.401 1.500 403,94 315,34 0,70 0,30

1.501 1.600 427,63 333,53 0,80 0,30

1.601 1.700 451,31 351,73 0,80 0,30

1.701 1.800 475,00 369,92 0,80 0,30

1.801 1.900 498,68 388,11 0,80 0,30

1.901 2.000 522,36 406,30 0,80 0,30

2.001 2.200 569,73 442,69 0,90 0,30

2.201 2.400 617,10 479,07 0,90 0,30

2.401 2.600 664,47 515,46 0,90 0,30

2.601 2.800 711,84 551,84 1,00 0,30

2.801 3.000 759,21 588,22 1,00 0,30

3.001 3.200 806,57 624,61 1,10 0,30

3.201 3.400 853,94 660,99 1,10 0,30

3.401 3.600 901,31 697,38 1,20 0,30

3.601 3.800 948,68 733,76 1,20 0,30

3.801 4.000 996,05 770,15 1,20 0,30

4.001 4.200 1.043,41 806,53 1,20 0,30

4.201 4.400 1.090,78 842,91 1,20 0,30

4.401 4.600 1.138,15 879,30 1,20 0,30

4.601 4.800 1.185,52 915,68 1,20 0,30

4.801 5.000 1.232,89 952,07 1,20 0,30

5.001 5.200 1.280,26 988,45 1,20 0,30

5.201 5.400 1.327,62 1.024,84 1,20 0,30

5.401 5.600 1.374,99 1.061,22 1,20 0,30

5.601 5.800 1.422,36 1.097,60 1,20 0,30

5.801 6.000 1.469,73 1.133,99 1,20 0,30

Obs: Os percentuais de Custo Valor e GRIS são aplicados sobre o Valor da Mercadoria Transportada.

Fonte: Departamento de Custos Operacionais e Pesquisas Econômicas - Decope |NTC

Mês de referência

AGOSTO|18

1

Setcepar Business

15


Universidade Livre do Transporte

Novo curso EAD

de Qualificação em

Transporte e Logística

Matriculas

Abertas

com a UniOpet. A grade do curso

é similar ao MBA, mas o curso de

Qualificação em TRC e Logística

é de nível técnico e totalmente

desenvolvido na plataforma EAD

(Ensino a Distância). Dividido em

dez módulos, o aluno pode escolher

se irá cursar o curso completo

ou módulos separados.

O setor do transporte está cada

vez mais tecnológico e competitivo.

Os caminhões ganham novas

versões, que garantem mais

economia e segurança no trânsito.

Novas plataformas digitais

são incorporadas no dia a dia das

empresas de transporte melhorando

a logística. Em contrapartida,

cada vez mais, as empresas

buscam e precisam de profissionais

qualificados em todas as

áreas. Desde o motorista até o

mais alto diretor.

Em busca de sanar o déficit de

profissionais capacitados e qualificados,

o Sindicato das Empresas

Juliana Saito da UniOpet

de Transporte de Cargas do Estado

do Paraná – Setcepar – aposta

cada vez mais em cursos para todos

os níveis.

No ano passado, desenvolveu

junto a UniOpet o MBA de Gestão

Estratégica de Empresas de

Transporte Rodoviário de Cargas,

o primeiro curso voltado para este

setor fundamental para a economia

do país.

Agora, o mais novo investimento

da entidade é o curso de Qualificação

em Transporte Rodoviário

de Cargas e Logística, lançado

no mês de setembro em parceria

Renan Machiavelli da Domínio Transportes

“Entendemos que é com a qualificação

e a capacitação dos profissionais

que as empresas de

transporte irão se tornar cada vez

mais competitivas e sustentáveis.

E isso vai desde a maneira como

o motorista dirige o caminhão,

passando pelos profissionais da

manutenção, recursos humanos

e alto diretores”, afirma Marcos

Egídio Battistella, presidente do

Setcepar. “Por isso investimos

e incentivamos as empresas a

capacitarem seus profissionais,

com a participação nos cursos

gratuitos que oferecemos e nas

especializações que lançamos

junto a UniOpet”, ressalta.

“Quando o Setcepar nos apresentou

a proposta de parceria para

desenvolvermos o MBA, vimos

que era uma grande oportunidade,

já que não existia nada no Brasil

neste sentido e o transporte de

cargas é um setor fundamental

para o desenvolvimento do nosso

país”, conta Juliana Saito, Gestora

de Pós-Graduação e Extensão

EAD da UniOpet.

Juliana conta que profissionais

de todo Brasil se matricularam

no curso de MBA e que todos são

participativos e interessados. “O

contato deles com os professores

é constante. Os alunos são bem

ativos e participativos. Nossa expectativa

é que o curso de Qualificação

siga esta mesma lógica”.

As empresas também consideram

a capacitação dos profissio-

16 Setcepar Business


Universidade Livre do Transporte

nais importante, tanto no momento

da contratação como das

promoções. Renan Machiavelli,

sócio administrador da Domínio

Transportes, diz que a transportadora

incentiva seus colaboradores

a participarem dos cursos

ofertados pelo Setcepar. “Sou da

opinião que empresas boas, são

feitas por pessoas boas e nesse

sentido o estudo e aprimoramento

é fundamental. Sempre

que o Setcepar nos encaminha

sua agenda de cursos, o RH da

empresa repassa para os funcionários.

Essa qualificação externa

ajuda na melhoria de salário e no

crescimento dentro da empresa”.

Qualificação EAD:

O conteúdo de cada módulo

do curso de Qualificação em

Transporte e Logística foi desenvolvido

por profissionais

renomados do setor e conhecidos

nacionalmente, como

Lauro Valdívia da Associação

Nacional do Transporte de Cargas

e Logística (NTC), Rubem

Penteado de Mello, do Conselho

Nacional de Trânsito, o gerente

de engenharia da Volvo,

Álvaro Menoncin, o doutor em

Controladoria Sérgio Cardoso

e Marcos Gomes, considerado

um dos maiores especialistas

brasileiros em gestão de produtos

químicos.

“Sabemos que uma das principais

dificuldades do profissional

do transporte rodoviário de

cargas é conciliar disponibilidade

de tempo e local acessível

para ampliar seu conhecimento.

Por isso, pensamos neste curso

de Qualificação à distância,

assim o profissional pode fazer

os módulos de qualquer lugar

e a qualquer hora, basta estar

conectado na internet”, explica

Wilson Rebello, diretor do Instituto

Setcepar de Educação no

Transporte (ISET).

Setcepar Business

17


Universidade Livre do Transporte

Programa de Qualificação Profissional em Transporte e Logística

Módulos:

• Apuração de Custos, Produtividade e Preços do TRC;

• Especificação de Caminhões, Dimensionamento e Planejamento de Frotas;

• Estratégias de Concorrências: Estudos e Estruturação de BIDs;

• Estratégias de Gestão para Manutenção de Frotas;

• Finanças Empresariais e Controladoria;

• Gestão de Projetos;

• Gestão Empresarial Estratégica;

• Legislação para o Transporte Rodoviário de Cargas;

• Liderança e Desenvolvimento de Equipes;

• Transporte de Produtos Perigosos;

Matrículas e mais informações no site da Uniopet (www.opet.com.br) ou pelo telefone (41) 3021 4859.

"Só há uma coisa pior

que FORMAR colaboradores

e eles partirem...

...é nao os FORMAR e

eles permanecerem"

Henry ford

(Fundador da Ford)

"FORMA bem os teus

colaboradores, para que

possam partir. Trata-os

bem para que não o

queiram fazer."

Richard Branson

(Virgin)

"Se acreditas que a

FORMAÇÃO é cara..

...experimenta a

ignorância."

Derek Bok

(ex-reitor da Universidade

de Havard)

18 Setcepar Business


Você por dentro

da legislação

Mundo Jurídico

TRT DA 15ª REGIÃO (CAMPINAS)REFORMA DECISÃO DE SENTEN-

ÇA PARA JULGAR IMPROCEDENTE AS HORAS EXTRAS PLEITEADAS

PELO AUTOR DIANTE DE TESTEMUNHA QUE FALTOU COM A VER-

DADE EM PROCESSO.

A Assessoria Jurídica do Setcepar,

obteve mais uma decisão favorável

que reconheceu a penalidade

imposta pela Sentença, pelo

fato de a testemunha do autor

do processo, faltar com a verdade

durante o seu depoimento, determinando

a expedição de Ofício

ao Ministério Público Federal

para que tome as medidas cabíveis

em relação à testemunha.

Além disso, o juiz desconsiderou

totalmente o seu depoimento,

tornando-o inválido,julgando improcedente

o pedido de pagamento

de horas extras.

A turma também reformou parcialmente

a sentença para excluir

da condenação os intervalos intrajornadas

(1 hora para descanso

e alimentação) e do intervalo

interjornada (11 horas entre uma

jornada e outra) diante do falso

testemunho.

Veja o trecho da decisão:

“a única testemunha ouvida, a

convite do autor, faltou com a verdade

em juízo, destoando do relato

do reclamante em vários aspectos,

consoante declarado pela

r. sentença, de modo que seu

depoimento não é válido como

meio de prova.

Da mesma forma, no que tange

aos intervalos intrajornada e

interjornadas, esta Relatoria entende

que o reclamante não se

desvencilhou do encargo de demonstrar

que não usufruiu dos

referidos interregnos, durante o

pacto laboral(...)”.

Setcepar Business

19


Clube de Benefícios

Assessoria de Segurança

Suporte a

Transportadora

(Roubo de Cargas)

41 99642-1313 José Carlos

A Assessoria de Segurança do Setcepar,

é um serviço gratuito que

o sindicato oferece aos associados

com o objetivo de auxiliar as empresas

a se protegerem de práticas

criminosas nas estradas. Traballhando

em conjunto com as autoridades

competentes, a entidade

luta para que as demandas na área

sejam tratadas de forma rápida e

eficiente.

Para isso, a assistência às empresas

associadas quando acabam

sendo vítimas de roubos e furtos

de cargas e veículos-carga, agiliza

o encaminhamento desses delitos

aos órgãos policiais para que as

medidas cabíveis sejam tomadas,

assim como as providências decorrentes

do crime. Esse acompanhamento

realizado pelo Setcepar se

estende a roubos e furtos de cargas

que ocorrem no Paraná e no Brasil.

Espaço do Associado

O Setcepar disponibiliza um espaço

na sua revista para divulgar

premiações , certificações e

outras importantes conquistas

dos seus associados.

Encaminhe as informações diretamente

para:

franciele.pereira@setcepar.com.br

20 Setcepar Business


Clube de Benefícios

Setcepar Business

21


Entidades

CNT divulga o

Anuário do Transporte 2018

A série histórica com os principais

dados disponíveis do setor

de transporte chega à terceira

edição e pode ser consultada no

Anuário CNT do Transporte 2018,

lançado pela Confederação Nacional

do Transporte (CNT).

O documento contém mais de

800 tabelas que mostram a evolução

de todos os modais do setor

(rodoviário, ferroviário, aquaviário

e aéreo), tanto na área de cargas

como na de passageiros.

22 Setcepar Business

Consolidado junto ao segmento

de transporte como uma rica

base de dados, o trabalho apresenta

informações não somente

aos transportadores, mas, também,

ao poder público, à iniciativa

privada, ao meio acadêmico

e à sociedade em geral. "Os dados

revelam a dimensão do setor,

a diversidade da atuação dos

transportadores e os gargalos

que ainda precisam ser solucionados

na infraestrutura nacional.

Nesse sentido, o trabalho da

CNT é essencial na medida em

que pode balizar a elaboração de

projetos e de políticas públicas

relacionadas ao setor de transporte",

afirma o presidente da

CNT, Clésio Andrade.

Nesta edição, o anuário permite

observar alguns apontamentos

no transporte rodoviário: enquanto

a frota de veículos continua

crescendo rapidamente

(aumento de 63,6% entre 2009 e

2017), a malha rodoviária brasileira

ainda padece de deficiências

estruturais, que contribuem, por

exemplo, para um índice crescente

de mortes por acidentes

de trânsito. Entre 2009 e 2017,

a malha pavimentada cresceu

somente 0,5%. Apenas no ano

passado, foram registrados 6.243

óbitos em acidentes de trânsito

nas rodovias federais brasileiras.

Verifica-se, ainda, uma baixa

qualidade da infraestrutura disponível,

onde 61,8% da extensão

avaliada pela Confederação tem

algum tipo de problema, seja no

pavimento, na sinalização ou na

geometria da via.

Informações sobre os setores ferroviário,

aquaviário e aéreo também

fazem parte do Anuário lançado

pela CNT. Estes segmentos

vêm registrando sucessivas altas

na movimentação de cargas no

país nos últimos anos. Em 2017,

foram transportadas 538,8 milhões

de toneladas úteis no sistema

ferroviário brasileiro, 6,9% a

mais do que no ano de 2016. Já

a movimentação total nas instalações

portuárias em 2017 (1,1 bilhão

de toneladas) teve aumento

de 8,5% em relação ao ano anterior,

assim como a quantidade

de carga transportada pelo setor

aéreo em 2017 (1,24 milhão de toneladas),

que foi 8,9% maior do

que em 2016.


Entidades

ANTT abre brecha para que

frete de retorno não precise ser pago

O mês de setembro foi de anúncios

para o transporte rodoviário

de cargas. Na última semana do

mês, de acordo com o jornal Valor

Econômico, a Agência Nacional

de Transporte Terrestres (ANTT)

abriu uma brecha para o não pagamento

do frete de retorno aos

caminhoneiros que voltarem à

sua origem sem carga depois de

feita uma entrega.

A ANTT encaminhou um ofício

para a Associação Brasileira

das Indústrias de Óleos Vegetais

(ABIOVE) que afirma em seu último

parágrafo: “Se ajustadas entre

as partes, contratante e contratado,

condições de contratação sobre

eixo vazio, obrigatoriamente,

a avença deverá constar expressamente

em documento fiscal”.

Essa decisão pode aumentar

muito os custos do transporte.

Segundo especialistas do setor,

pagar pela volta de caminhão vazio

pode mais que dobrar os custos

do transporte rodoviário de

grãos, acabaria com a vantagem

competitiva de fluxos logísticos

recentes.

Assinado pela superintendente

Rosimeire Lima de Freitas, a carta

é uma resposta a um questionamento

da ABIOVE, mas ainda

não é uma posição oficial da entidade.

Cálculo do frete

A metodologia de cálculo do

frete está inserida no Anexo I

da resolução da ANTT, em linha

com a Lei 13.703, que oficializou

o preço mínimo para o transporte

rodoviário após a paralisação

de caminhoneiros, que ocorreu

no fim de maio e travou o Brasil.

É nesse anexo que se formou

a confusão atual envolvendo os

pagamentos por retornos não

desejados. Uma nova versão do

anexo está prevista para janeiro

de 2019.

O não seguimento da tabela implicaria

multa às empresas. O

questionamento de esclarecimento

à ANTT pela ABIOVE, no

entanto, seria uma tentativa de

proteção para evitar multas futuras

e ajudar também na precificação

da soja.

Cálculos realizados pela ABIOVE,

mostram que a imposição de

uma tarifa dupla para o frete-retorno

teria impactos significativos

em todas as rotas. O trecho

Sinop-Miritituba pularia de R$ 215

para R$ 338 por tonelada movimentada.

Entre Sapezal (MT) e

Porto Velho (RO), passaria de R$

148 para R$ 338 por tonelada. E

entre Sinop e Santos, considerando

o escoamento integral por estradas,

subiria de R$ 300 para R$

721,80. Apenas uma parte pequena

do volume que chega a Santos

(SP) pagaria esses valores - 70%

dos grãos são antes transbordados

para a ferrovia em Rondonópolis

(MT).

Setcepar Business

23


Entidades

Cai o número de acidentes

em Rodovias Federais

O Atlas da Acidentalidade 2018,

desenvolvido pelo Programa Volvo

de Segurança no Trânsito, traz um

panorama geral dos acidentes de

trânsito nas rodovias federais do

País e revela que em 2017 o total

dos acidentes envolvendo todos

os tipos de veículos foi de 89.396.

Desses, em 27,45% (24.547) teve o

envolvimento de caminhões. Em

relação ao número de feridos graves

no mesmo período, houve uma

redução de 12,4%, totalizando 4.371,

se comparado com 2016, quando

registrou 4.990.

No Paraná, a Polícia Rodoviária Federal

registrou 613 mortes nas rodovias

federais. As principais causas

dos acidentes fatais foram falta de

atenção do condutor (22,8%), velocidade

incompatível (18,6%); desatenção

do pedestre (13,2%); desobediência

à sinalização (8,5%);

ultrapassagens indevidas (6,8%);

ingestão de álcool (5,4%); e sono

(4,6%).

“Muitas dessas mortes, com certeza

absoluta, poderiam ter sido evitadas

se as pessoas respeitassem

as normas de trânsito. Afinal, todas

as principais causas estão ligadas

à conduta humana”, afirma o superintendente

da Polícia Federal,

Adriano Furtado.

Adriano Furtado, superintendente da Polícia Rodoviária Federal.

Desde 2011, observa-se uma tendência

de queda no número médio

de mortos por dia, em acidentes

envolvendo caminhões. Essa

24 Setcepar Business


Entidades

tendência tem permanecido estável

nos últimos 3 anos, com 7 mortes/dia.

O portal mostra, ainda, os

cinco trechos de rodovias federais

que em 2017 apresentaram maior

índice de periculosidade em acidentes

com caminhões, indicando

o número de veículos envolvidos, o

número de vítimas e as principais

causas. Nessas localidades foram

registrados 264 acidentes no total,

envolvendo 773 pessoas, que resultaram

em 56 mortes.

O Paraná tem terceiro pior trecho

de rodovias apontado pelo estudo.

No km 0 ao 9, na BR-277, em Paranaguá,

foram registrados 63 acidentes,

envolvendo 74 caminhões,

148 pessoas, ocasionando 5 óbitos.

A principal causa foi a falta de atenção.

Furtado ressalta que a PRF faz um

intenso trabalho de fiscalização e

orientação com os motoristas. Ao

longo de 2017, a PRF flagrou, apenas

no Paraná, 3.958 motoristas dirigindo

sob efeito de bebidas alcoólicas;

24,7 mil manobras irregulares de

ultrapassagem; e 273,6 mil veículos

acima da velocidade máxima permitida.

“Nosso trabalho se concentra

exatamente nesses três tipos de

fiscalização: embriaguez ao volante,

ultrapassagens proibidas e excesso

de velocidade. Quanto maior

a percepção de que há fiscalização,

maior é a chance de os motoristas

respeitarem a legislação.

Além da fiscalização, também temos

equipes de educação para o

trânsito em todas as regiões do Paraná,

que durante todo o ano fazem

palestras nas rodovias, empresas e

escolas.Procuramos ainda fomentar

cada vez mais a integração de

todas as instituições públicas e privadas

ligadas ao trânsito”.

É preciso que a cadeia do Transporte

Rodoviário de Cargas continue

trabalhando fortemente para criar

uma cultura da segurança no trânsito,

com ações que efetivamente

contribuam para reduzir os riscos

de acidentes (treinamento comportamental

aos motoristas, jornadas

e manutenções adequadas,

por exemplo), diz Anaelse Oliveira,

coordenadora do Programa Volvo

de Segurança no Trânsito (PVST).

Mas o que é mesmo fundamental

é o comportamento dos usuários

das rodovias. “Mais do que trechos

críticos, o que existe, na verdade, são

uma série de condutas críticas, inadequadas,

que as pessoas seguem

praticando e que aumentam o risco

de acidentes graves”, frisa Furtado.

Setcepar Business

25


Regionais

A força do Interior

REGIONAIS

Comissão de RH – 14/08

A Comissão de RH de Londrina de agosto falou sobre o Levantamento

de Horas de Jornada do motorista em tempo real. O engenheiro

Maurício Camiloti, diretor da Tama Análise e Gerenciamento,

foi o palestrante convidado e falou sobre a importância do controle

de jornada dos motoristas em cumprimento as exigências do e-social.

No encontro também foi realizada uma discussão sobre os relatórios

que ajudam as empresas nas defesas de eventuais processos

jurídicos. Esses documentos ajudam a comprovar as jornadas dos

motoristas nas fiscalizações do Ministério Público do Trabalho Estadual.

Palestra de Atualização e Novas Regras da ANTT – 19,20 e 21/09

O Setcepar realizou no mês de setembro um encontro com o tema

“Atualização e Novas Regras da ANTT” ministrada pela assessora jurídica

do Sindicato, Dra. Lucimar Stanziola. As palestras ocorreram

nas cidades de Londrina, Paranavaí e Campo Mourão sucessivamente

e trouxeram esclarecimentos aos profissionais das transportadoras

sobre os principais pontos relacionados a ANTT que impactam

no Transporte Rodoviário de Cargas.

Setcepar e Programa Ambiental do Transporte

O Setcepar levou para as empresas associadas da cidades de Campo

Mourão e Região a ação de avaliação veicular ambiental. Além

da obrigatoriedade da aprovação no teste de fumaça preta, por norma

federal e requisição de conformidade por partes de algumas

empresas, quem realiza o teste de opacidade regularmente verifica

uma redução nos custos com combustível e manutenção, mantendo

sempre o melhor desempenho do seu veículo, poluindo menos

e melhorando a qualidade do ar.

26 Setcepar Business


Venha para a COMJOVEM Londrina

Regionais

O Setcepar convida todos os jovens empresários e jovens

executivos de empresas do setor de transporte

de carga e logística de Londrina e região a fazerem

parte da COMJOVEM.

Mais informações

43 3324-9077 ou 41 3014-5151

Recursos Humanos Londrina

Sua Empresa está em conformidade com a Lei do Aprendiz?

A Lei do Aprendiz, também conhecida como Menor

Aprendiz, Aprendiz Legal ou Jovem Aprendiz, é uma lei

do Brasil aprovada em 2000 e regulamentada em 2005.

Ela determina que toda empresa de grande ou médio

porte deve ter de 5% a 15% de aprendizes entre seus funcionários.

Os aprendizes são geralmente jovens de 14 a

24 anos que devem estar cursando ou ter terminado o

ensino médio ou fundamental em uma escola pública.

O Setcepar Londrina está efetuando o trabalho de recrutamento e seleção desses jovens para as empresas associadas

da Região Metropolitana de Londrina. Estes jovens serão treinados nos Cursos de capacitação conforme

parceria entre Setcepar e SestSenat. Empresário verifique se sua empresa está obrigada a cumprir esta lei.

Mais informações

43 3324 9077 ou recrutamento.londrina@setcepar.com.br

Os Melhores Profissionais do Transporte para sua Empresa

Vagas operacionais: 10% do valor do salário oferecido

Vagas administrativas e técnicas: 15% do valor do salário oferecido

Vagas de liderança (supervisores, encarregados, gerentes e etc.):

20% do valor do salário oferecido

(Valores para Empresas Associadas ao Setcepar)

Eventos

17/10 Reunião Comissão de RH

21/11 Reunião Comissão de RH

29/11 Reunião Clube dos Gerentes Londrina

Setcepar, sempre perto de você!

Londrina

43 3324-9077 / 99807-0027

Rua Cambará, 423

Centro

CEP: 86010-530

Paranavaí

44 3446-6180 / 98837-8358

Av. Militão Rodrigues de Carvalho, 536

Anexo ao Auto Posto Sumaré –

CEP 87720-010

Campo Mourão

44 3523-4425 / 98837-8697

Rua R. Cruzeiro do Oeste, 78

Centro

CEP: 87305-360

Paranaguá

41 3423-3607 / 98701-6029

Av. Gabriel de Lara, 925, Leblon

Anexo ao Posto Transcap

CEP 83203-550

Setcepar Business

27


Recursos Humanos

Benchmarking Retrata a

Gestão de Pessoas no Transporte Paranaense

O 10º Benchmarking Paranaense de RH, produzido pela Bachmann & Associados (B&A), em parceria com a

Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), retrata a gestão de pessoas na logística, transporte e armazenagem

Paranaense em 2017.

Objetivo: este relatório apresenta resultados de indicadores de recursos humanos que ajudam a identificar

áreas para melhoria e a estabelecer metas que contribuam para a otimização dos processos e dos resultados

das organizações.

Vejaos resultados gerais e do segmento.

Resumo dos resultados – 2017 - Nota: Médias anuais.

Indicador Geral Logística

Rotatividade, % 26,6 27,4

Rotatividade voluntária, % 7,3 5,6

Retenção 90 dias, % 89,1 90,0

Absenteísmo, % 2,0 1,9

Absenteísmo médico, % 1,2 1,0

Horas extras pagas, % 2,7 6,0

Grau de terceirização, % 9,9 7,4

Uso da Remuneração variável, % 37,7 12,6

Treinamento, % 1,3 0,6

Percentual de mulheres, % 43,0 16,3

Taxa de Frequência de Acidentes com Afastamento, acidentados por milhão de horas trabalhadas 6,88 14,61

Segue a análise de alguns dos indicadores.

Rotatividade

A rotatividade mede o fluxo de entradas

(admissões) e saídas (desligamentos)

de empregados em

um determinado período de tempo.

É útil para avaliar a renovação

da equipe. A rotatividade ótima

deve situar-se dentro de uma faixa,

pois valores elevados apontam

problemas como clima organizacional

inadequado ou política salarial

defasada, enquanto valores

muito baixos indicam pouca oxigenação

da equipe.

A Rotatividade média nas 156

organizações participantes do

levantamento foi de 26,6%, enquanto

no segmento de Logística,

Transporte e Armazenagem

foi de 27,4%. Mas, varia bastante

nas empresas (figura 1).

Horas extras pagas

A prática da hora extra está bastante

disseminada nas empresas paranaenses

e, em algumas, os volumes

foram significativos, indicando

a necessidade de ações corretivas.

No segmento de transporte, as horas

extras pagas corresponderam a 6,0%

do total das horas trabalhadas (figura

5). É importante lembrar que esses

valores correspondem a média anual;

portanto, em períodos específicos,

podem ter sidos bem maiores.

Escolaridade

A escolaridade formal da equipe

é uma medida da capacidade de

entender instruções e de inovar,

representando, para a maioria

dos negócios, um importante fator

de competitividade. O levantamento

mostrou uma grande

variação no perfil de escolaridade

entre os setores participantes.

Na média das 10empresas de

logística, transporte e armazenagem

avaliadas, os resultados

foram (percentual das equipes):

Ensino Fundamental incompleto 17,2%

Ensino Fundamental completo 23,5%

Ensino Médio completo 50,1%

Ensino Superior completo 8,5%

Pós-graduação completa 0,6%

Figura 1

Rotatividade nas empresas de logística em 2017, %

Figura 5

Horas Extras Pagas nas empresas de logística em 2017, %

Treinamento

O tempo despendido em treina-

28 Setcepar Business


Recursos Humanos

mento correspondeu, em média,

a 1,3% do tempo total trabalhado,

ou aproximadamente 35 horas

anuais por empregado. Nosegmentologístico

esse resultado foi

bemmenor, correspondendo a

apenas0,6% do tempo ou aproximado.

Figura 6

Treinamento nas empresas de logística em 2017, %

Percentual de mulheres

O Percentual de Mulheres é um

caso particular da avaliação mais

ampla que objetiva monitorar o

perfil das equipes em relação a

aspectos como gênero, etnia, idade,

etc., para que se possa avaliar

o efeito das políticas voltadas a

ampliar a diversidade nas organizações.

Isto se justifica porque há

evidências de que equipes que

apresentam maior diversidade são

mais flexíveis e inovadoras.

O levantamento mostrou que o setor

de serviços continua apresentando

o maior percentual de mulheres(53,7%).

Já no transporte,elas

eram apenas16,3% dos empregados

em 2017.

TFCA

A Taxa de Frequência de Acidentes

com Afastamento (TFCA) avalia o

número de acidentados com afastamento

em cada milhão de horas

trabalhadas. Portanto, valores

menores indicam resultados melhores.O

cálculo deste indicador

obedece às orientações da norma

brasileira NBR 14280 – Cadastro de

Acidentes de Trabalho. A métrica

mede apenas os “acidentes com

afastamento”, isto é, aqueles cuja

gravidade impede o acidentado

de voltar ao trabalho no dia seguinte

ao do acidente ou dos quais

resulte incapacidade permanente.

No levantamento foram considerados

só os empregados próprios,

ignorando os acidentes com pessoal

terceirizado.

Embora 44 organizações (30% da

amostra) não tenham reportado

qualquer acidente com afastamento,

a Taxa de Frequência

de Acidentes com Afastamento

(TFCA) média da amostra foi de

6,88 acidentados por milhão de

horas trabalhadas. Este valor é o

melhor de nossa série histórica e

deve ser comemorado como um

avanço importante, embora ainda

em um patamar inaceitável. No

segmento logístico esse resultado

foi bem maior (14,61 acidentados

em cada milhão de horas trabalhadas),

exigindo ações preventivas.

Conclusões

O 10º Benchmarking Paranaense

de Recursos Humanos mostrou

que o segmentode logística, transporte

e armazenagem ainda tembastante

espaço para melhoria

dos indicadores clássicos de RH.O

monitoramento mensal dos indicadores

pelas empresas, e a comparação

anual com referências

externas, como as oferecidas pelo

Benchmarking Paranaense, são

importantes para a melhoria na

gestão de pessoas nas empresas.

Serviço

O relatório completo do 10º Benchmarking Paranaense de RH pode ser baixado gratuitamente em

www.indicadoresrh.com.br.

É importante lembrar que as empresas que participaram do levantamento podem gerar relatórios atualizados

e com a identificação da empresa nos gráficos. Basta acessar o site do programa.

Sua empresa não participou? Ainda é possível fornecer os dados e fazer as comparações permitidas pelos

relatórios automáticos gerados pelo sistema informatizado. Acesse www.indicadoresrh.com.br

Setcepar Business

29


Recursos Humanos

Confira os cursos que foram

realizados e a nova programação

CURSO DE GESTÃO DE

PESSOAS 24/08

O workshop foi direcionado aos associados

e teve como facilitadora

a consultora na área de melhoramento

de processos, Ana Lucia da

Silva Luz, que tem mais de 20 anos

de experiência na área. O objetivo

do curso foi ajudar os participantes

a identificarem as principais

atividades inerentes à gestão de

pessoas e aplicar as melhores práticas

de condução desta função no

exercício de sua liderança.

COMISSÃO TÉCNICA DE RH 12/09

O pesquisador e educador na área de Gestão do Conhecimento e Gestão

da Ética, Altair Turbay Junior, foi o palestrante convidado para a reunião

mensal da Comissão Técnica de RH. O tema ‘Compliance na Esfera Trabalhista’,

foi escolhido em decorrência das práticas de profissionalização

e de governança corporativa serem cada vez mais um quesito importante

para garantir o potencial de segurança das empresas.

PALESTRA LINKEDIN – 05/09

A palestrante Jéssica Simões, que tem mais de 10 anos de vivência na

área comercial e 20 mil seguidores no Linkedin, foi a convidada para

apresentar tópicos importantes que a plataforma dispõe para o reposicionamento

das empresas de forma mais humanizada, tornando-a mais

competitivas e gerando mais negócios. O evento foi gratuito aos associados

que foram incentivados a doar 1 kg de alimento não perecível.

ACADEMIA DE LÍDERES 14/09

Na primeira quinzena de setembro, foi concluída a segunda edição do

curso Academia de Líderes. Dividido em quatro módulos, o curso teve

carga total de 32 horas e trabalhou para favorecer a aprendizagem e o

desenvolvimento das competências e atitudes pessoais e habilidades interpessoais

básicas e necessárias à gestão de pessoas e a otimização dos

processos de trabalho.

SEMINÁRIO CAMINHONEIRO PROATIVO 14/09

Com o objetivo de capacitar o colaborador com as qualificações necessárias

que uma empresa de transporte necessita, que envolvem desde

o relacionamento interpessoal, produtividade até as operações de transporte,

a Assessoria de RH realizou um seminário com 8 horas de carga

horária com motoristas contratados por empresas associadas na primeira

quinzena do mês. O Seminário acontece periodicamente e todos os

profissionais do TRC contratados através do RH do Sindicato são automaticamente

inscritos no curso.

30 Setcepar Business


EXCEL AVANÇADO

17/09 E 22/09

Em setembro foram iniciadas novas

turmas no curso de Excel – básico,

intermediário e avançado. Os

cursos são realizados sempre aos

sábados e cada módulo tem 8 horas

de carga horária. Com linguagem

prática e descomplicada, o

curso é voltado para as atividades

do TRC, facilitando o aprendizado

e assimilação das ferramentas do

Excel por parte dos participantes.

Recursos Humanos

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

24/09

A assessoria de Recursos Humanos

do Setcepar foi até a empresa

OTD Brasil Logística, em São José

dos Pinhais, para realizar a avaliação

psicológica de 19 motoristas.

Este serviço é oferecido a todas as

empresas associadas ao Sindicato

e pode ser realizado na sede do Setcepar

ou na própria empresa. Ele

é bastante requisitado para a contratação

de novos profissionais ou

para realizar a avaliação psicológica

dos colaboradores das empresas

que realizam avaliações periódicas

com seus profissionais.

OUTROS CURSOS

E REUNIÕES DE

COMISSÕES

REALIZADOS

EM OUTUBRO

10/10 E-Social – folha de pagamento

15/10 CFIM – Curso de Formação de Instrutor de Motorista

17/10 Comissão Técnica de RH – reunião mensal

19/10 Curso de Gerenciamento de Risco

20/10 Excel avançado

24/10 Comissão Técnica de Finanças – reunião mensal

Programação

Novembro

Cursos e Treinamentos

09 e 10 8h30 - 17h30 Formação em DISC

20 8h30 - 17h30 Gestão de Equipes

28 18h30 - 21h Fechamento das Comissões de RH e Finanças

Setcepar Business

31


A importância

dos indicadores

A Confederação Nacional do

Transporte (CNT) divulgou em janeiro

de 2018 um boletim que traz

o retrato da representatividade do

transporte rodoviário de cargas no

Brasil. Essa modalidade de transporte

representa 61,1% do volume

de cargas transportadas no país e

mesmo possuindo esse número

expressivo, presencia-se um baixo

investimento em infraestrutura logística.

Apenas 2,2% do nosso PIB

é investido, em contrapartida, os

países em desenvolvimento investem

em média 5,1% e a China 8,5%.

Como consequência ocupamos a

55º posição em pesquisa do Banco

Mundial, chamada LPI (Logistics

Performance Index) e estamos

muitos distantes dos países

que lideram o ranking: Alemanha,

Luxemburgo, Suécia, Holanda

e também atrás de países em

desenvolvimento como a Índia,

África do Sul e Chile.

O Transportador Rodoviário de Cargas

precisa se reinventar fazendo

com que suas empresas busquem

alternativas para auxiliar a gestão

estratégica e operacional. Uma medida

para alcançar esses objetivos é

a adoção de indicadores de desempenho

(ou KPIs – Key Performance

Indicator) pois eles auxiliam na tomada

de decisão.

ComJovem

“Não se gerencia

o que não se

mede, não se mede

o que não se define,

não se define o

que não se entende,

e não há sucesso

no que não se

gerencia” William

Edwards Deming

É importante que os esses indicadores

sejam específicos, mensuráveis,

atingíveis, realistas e que possuam

um período de comparação. Eles

também devem ser de fácil compreensão

e devem demonstrar os pontos

cruciais a serem priorizados pelos

gestores e os pontos de evolução de

cada atividade dentro da empresa,

devem identificar as oportunidades

de melhorias. As organizações

devem analisar indicadores que realmente

sejam relevantes para seu

negócio, por isso a importância desse

sistema ser personalizado.

Amanda Peres Nery

A adoção de indicadores pode trazer

inúmeros benefícios e é possível

destacar a melhoria contínua

no desempenho da organização, a

obtenção de números reais e mais

precisos, o auxílio na tomada de decisões,

a apresentação dos resultados

de forma mais clara, além de facilitarem

a transmissão da missão,

visão e valor da organização para

os colaboradores que não ocupam

cargos estratégicos, mas direcionam

seus esforços para objetivos

estratégicos da empresa.

Podemos destacar como importantes

indicadores para o TRC, indicadores

de custo (custo x km, custo

operacional total, etc), percentual de

entregas/coletas no prazo, percentual

de avarias no transporte, acuracidade

na emissão dos conhecimentos

eletrônicos de frete, inadimplência,

ociosidade da frota, dentre outros.

Levando em consideração as pesquisas

realizadas conclui-se que o

setor de Transporte Rodoviário de

Cargas ainda é muito carente de

gestão, principalmente pela maneira

em que as empresas foram

constituídas pois a grande maioria

são familiares que ainda se baseiam

no conhecimento tácito dos

seus fundadores e por isso é possível

enxergar a dificuldade e a falta

de conhecimento na gestão baseada

em indicadores.

32 Setcepar Business


Eventos

ComJovem

ENCONTRO REGIONAL

ComJovem

O Encontro Regional da ComJovem

Paraná foi realizado no dia 2

de setembro em Foz do Iguaçu,

durante as festividades alusivas ao

aniversário de 25 anos da Fetranspar

e reuniu integrantes dos núcleos

de Curitiba, Maringá, Londrina e

Cascavel. O evento foi aberto com

a palestra “O jovem empresário do

TRC que o Brasil precisa”, ministrada

pela coordenadora nacional da

ComJovem, Ana Carolina Ferreira

Jarrouge, em seguida, o vice-coordenador

nacional, André Martinez,

falou sobre a importância da inovação

tecnológica no transporte

rodoviário de cargas.

REUNIÃO DE SETEMBRO

No dia 12 de setembro foi realizada a reunião mensal da ComJovem Curitiba. O encontro contou com a apresentação

das empresas Longitudine e 2B Essential que falaram sobre os Indicadores de Perfomance. Além disso,

foi falado sobre o encontro Regional da ComJovem – PR realizado em Foz do Iguaçu e que reuniu os núcleos de

Maringá e Cascavel; o agendamento de uma visita técnica da fábrica da Ivo Recap; aumento de combustíveis e

implantação da tabela de frete; ação social de Natal e a importância da produção de artigos científicos na área

do TRC.

Setcepar Business

33


Visita Técnica

ITAIPU

ComJovem

No dia 30 de agosto o núcleo da

ComJovem Curitiba juntamente

com o núcleo de Maringá e

Cascavel, participaram da visita

técnica na Itaipu Binacional sede

em Foz do Iguaçu, pertencendo

ao Brasil e Paraguai. Construída

entre 1975 e 1982, durante a ditadura

militar brasileira, ela já quebrou

vários recordes mundiais

em produção de energia.

Itaipu é referência em tecnologia

e já recebeu mais de 16 milhões

de visitantes de diferentes países

do mundo, com o Parque Tecnológico

Itaipu (PTI) a usina se consagra

como um pólo produtor de

conhecimento científico e tecnológico,

com área de 50 mil metros

quadrados e conta com uma

equipe de mais de 2 mil pessoas,

entre funcionários, estagiários,

parceiros, empresários, pesquisadores,

professores e acadêmicos.

Foi realizada uma visita guiada,

realizando paradas com vista

para o vertedouro que se abre

poucas vezes durante o ano.

Logo em seguida, foram visitados

a galeria de geradores e um

dos eixos das 20 turbinas presentes

na usina. Após uma breve

explicação da guia, o grupo

foi apresentado ao coração da

usina: uma central de monitoramento

que funciona 24 horas

por dia alternando entre turnos

de brasileiros e paraguaios. Na

última etapa, foi visitada a barragem

principal, devido ao seu tipo

de construção, foi possível observar

o leito original do rio.

Está visita foi de grande valia, pois

participaram outros núcleos da

comjovem onde a integração foi

muito importante, relata o Coordenador

da Comjovem Curitiba,

Caio Cantú.

34 Setcepar Business


Comemoração

GVM Solutions Brasil

completa 15 anos de história

A GVM Solutions Brasil comemorou,

no mês de setembro, 15

anos de atuação no mercado

brasileiro. Fruto de um projeto

estruturado de Especialização

em Logística Integrada, pensado

por empreendedores experientes

na indústria e na prestação

de serviços, a empresa

reúne conhecimento técnico

e prático, permitindo soluções

customizadas e flexíveis no

mercado, revertendo em benefícios

financeiros e market-share

aos seus clientes.

“Comemoramos especialmente

esse ano de consolidação

e crescimento, com a certeza

que será necessário muito mais

energia, tecnologia, inovação e

capacitação profissional para

seguir encantando e surpreendendo

nossos clientes”, ressalta

Gerson Medeiros, diretor executivo

da GVM.

A GVM tem filiais no Paraná,

Santa Catarina, Rio Grande do

Sul, São Paulo e Minas Gerais,

para captar as Cargas Completas

Consolidadas e Fracionadas

para a Região Sul. Essa filiais

ofertam serviços de ponto a

ponto para todo o Brasil, além

dos serviços de armazenagem

(PR) e portuários.

A nova sede da GVM Solutions

Brasil instalada no ano passado

em Quatro Barras é um empreendimento

moderno. Conta

com Centro de Treinamento

para 35 pessoas, três salas de

reuniões – duas com sistema audiovisual

para teleconferências.

“Quando iniciamos as nossas

atividades não tínhamos clientes,

frota, estrutura, equipe.

Com recursos particulares iniciamos

nossa empresa, com

estrutura física e administrativa

preparadas para um crescimento

que sabíamos que com

determinação e foco conseguiríamos

ter. Acredito que esse

ainda é o começo”, diz Vera Perine

Medeiros, vice-presidente

do Conselho de Administração.

Setcepar Business

35


Aconteceu no Setcepar

Registro dos

principais eventos

O aumento da produtividade no TRC foi assunto da Comissão Operacional do Transporte

O Instituto Setcepar de Educação no Trânsito (ISET) realizou, na quarta-feira (26), uma reunião da Comissão

Operacional de Transporte. Nesta edição do evento, foi convidado o engenheiro mecânico, especialista em

Especificação de Caminhões e Dimensionamento de Frotas, Álvaro Menoncin.

O objetivo do encontro foi chamar os associados do Setcepar a debaterem com especialistas quais as melhores

formas para aumentar a produtividade no transporte rodoviário de cargas, através de uma melhor

gestão de motoristas, distribuição de frota e como gerar controles e KPIs

ISET conclui mais uma edição do Curso de Formação de Instrutor

de Motoristas

O Instituto Setcepar de Educação no Transporte (ISET) finalizou, na

sexta-feira (21), mais uma edição do curso de Formação de Instrutor

de Motoristas.

Com o objetivo de dar suporte à gestão e operação de frotas, abordou

técnicas como direção econômica, liderança e legislação.

O treinamento realizado na sede do Setcepar em Curitiba ocorreu de

17 a 21 de setembro (de segunda a sexta-feira), totalizando 40 horas de

carga horária. A próxima edição será realizada entre os dias 15 e 19 de

outubro.

Transpocred inaugura escritório na sede do Setcepar

A Transpocred - Instituição Financeira Cooperativa, única cooperativa

brasileira segmentada para atender exclusivamente os profissionais

ligados ao setor de transportes, inaugurou na quarta-feira (12) seu escritório

na sede do Setcepar em Curitiba.

ISET apresenta programas de treinamentos digitais e presenciais

para Axon Transportes

O diretor do Instituto Setcepar de Educação no Trânsito (ISET), Wilson

Rebello e o instrutor João Paulo estiveram na segunda-feira (27) na

Axon Transportes, em São José dos Pinhais, para apresentar os programas

de treinamentos digitais e presenciais que o instituto oferece.

Entre os cursos ofertados para a empresa estavam o de instrutor de

motorista e as assessorias que o Setcepar oferece nas áreas de gestão

e programação de frota, manutenção e gestão de motoristas.

36 Setcepar Business


Aconteceu no Setcepar

ISET faz palestra para alunos do Curso Técnico de Logística do

Colégio Estadual Professor Júlio Mesquita

O instrutor do Instituto Setcepar de Educação no Transporte (ISET), João

Paulo, realizou uma palestra, na última quinta-feira (23) para os alunos do

curso Técnico em Logística do Colégio Estadual Professor Júlio Mesquita

em Curitiba.

No curso técnico, os alunos aprendem a organizar os processos de distribuição

das empresas, executar os sistemas de transporte, armazenamento,

distribuição e entrega de produtos. Além disso, o curso também

possibilita aos profissionais, gerenciar as pessoas para que o processo

produtivo funcione ainda melhor.

Na palestra, João Paulo apresentou como funciona o trabalho de logística

nas empresas de transporte rodoviário de cargas e qual sua importância

dentro da cadeia produtiva de trabalho.

Presidente do SETCEPAR visita Hospital Pequeno Príncipe para a

campanha NTC do Bem

Na sexta-feira (10), o presidente do SETCEPAR, Marcos Batistella, o vice-

-coordenador da COMJOVEM Nacional, Antonio Ruyz, e Camila Rangel,

também do sindicato, foram recebidos pela equipe do Hospital Pequeno

Príncipe para conhecer e validar a instituição como possível beneficiada

na ação NTC do Bem, que acontece no Encontro Nacional da

COMJOVEM, em novembro.

De acordo com Ruyz, o hospital possui uma estrutura de primeiro mundo.

“É bastante reconfortante saber que existe um hospital referência

que presta um atendimento tão eficiente aos seus necessitados. Ficamos

muito bem impressionados”.

Com 99 anos de atuação, o Hospital Pequeno Príncipe é focado no

atendimento a crianças, do nascimento aos 18 anos, e tem mais de 32

especialidades, com destaque para oncologia e cardiologia. “60% dos

atendimentos realizados são gratuitos e cerca de 850 crianças são atendidas

por dia. Em 2017 foram registrados 314 mil atendimentos”, ressalta

Ruyz.

Emocionado, Marcos Battistella diz que já participou de diversos eventos

do hospital, mas que nada se compara à experiência que passou no

local. “Não importa de onde o paciente vem, se particular ou público, o

atendimento é o mesmo para todos. Mesmo estando em um hospital,

você percebe a alegria e o orgulho dos profissionais em trabalhar lá”. E

faz uma sugestão: “aconselho a todos que ajudem de alguma forma,

seja no trabalho voluntário ou com doações. A COMJOVEM já está fazendo

sua parte e tenho certeza que foi uma ótima escolha”, finaliza.

“Eles estão precisando fazer a troca dos contêineres que armazenam os

materiais cirúrgicos, que são importados e possuem uma nova tecnologia

que, a médio prazo, promoverá uma redução de custo considerável

para o hospital. A ideia é ajudá-los com isso”, finaliza Ruyz.

Setcepar Business

37


Bem Vindos

Novos associados

Novos Associados

Fazemos mais para

o seu negócio.

38 Setcepar Business


Setcepar Business

39


Uma cooperativa do seu

jeito e feita para você.

Associado, a TRANSPOCRED traz muito mais

modernidade e facilidade nas suas

operações e serviços nanceiros.

Além do cooperado contar com unidades de atendimento com conceito

inovador e estrutura colaborativa disponível para uso, o cooperado ainda

tem benefícios especiais para o segmento. Confere só:

Aqui, o cooperado é dono do negócio

e participa da distribuição dos lucros.

Conta corrente sem taxa de manutenção.

Você pode realizar seu sonho de trocar

de caminhão ou renovar a sua frota,

com empréstimos e nanciamentos com

taxas a partir de 0,99% ao mês.

Faça o pagamento de funcionários através

da conta on-line e sistema próprio do

cooperado.

Emita boletos através do seu próprio

sistema ou pela internet com tarifas

super especiais.

- Apenas R$ 1,69 por boleto com

pagamento somente na liquidação

Evite multas, reduza custos e otimize suas

operações de frete com o cartão

PAMCARD:

- Cartão pré-pago para pedágios, combustível

e entre outros

Realize sonhos de forma planejada com

Consórcio de Pesados

Previna-se com o Seguro Frota, o Seguro

Carga (roubo e acidente) ou Seguro

Ambiental

Invista no seu futuro:

- Previdência com taxa de administração

de 0,6% ao ano e sem taxa de carregamento

Exames toxicológicos

Venha nos visitar!


Livros

Cultura

21 LIÇÕES PARA O SÉCULO 21

YuvalNoahHarari

Companhia das Letras

Neste livro, o autor explora o presente e conduz o

leitor a uma fascinante jornada pelos assuntos mais

presentes da atualizada. A obra fala sobre o desafio

de manter o foco coletivo e individual em face as

mudanças frequentes e desconcertantes da atualidade

e faz a pergunta “Seríamos ainda capazes de

entender o mundo que criamos?”

A META

Eliyahu M. Goldratt / Jeff Cox

Editora Nobel

MENTORIA ORGANIZACIONAL

Marcus Ronsoni

Primavera Editora

A Mentoria Organizacional Interna é uma metodologia de educação corporativa

que ganha cada vez mais espaço como política de desenvolvimento

de pessoas. Tendo suas primeiras iniciativas implantadas em

grandes corporações com o objetivo de gestão do conhecimento, essa

metodologia se disseminou por todo tipo e tamanho de instituição, atingindo

a maturaidade necessária para ampliar seu posicionamento como

orientador da cultura organizacional.

Este livro é fruto do trabalho de pessoas apaixonadas pelo o que fazem.

Este amor pela profissão permitiu a dedicação de quem deseja trazer novidades,

preencher as lacunas existentes na literatura que trata sobre esse

tema apresentando um mapa detalhado do caminho e esclarescendo as

dúvidas sobre a implantação do PMOIS ao mesmo tempo que oferece

uma leitura agradável, envolvente e instigante.

Best-seller consagrado, com mais de 2 milhões de exemplares vendidos

no mundo e traduzido em mais de 20 idiomas, o livro, adquirido

pelo grande público e homens de negócios, foi adotado por mais de

200 faculdades. Escrito em forma de romance, o autor trata dos princípios

de funcionamento de uma indústria, questionando o porquê

de ela funcionar de determinada forma e como seria possível solucionar

os problemas de empresas que estão com atrasos na produção

e baixa receita. Com resultados alcançados na prática, o processo de

melhoria contínua desenvolvido por Goldratt pode ser aplicado em

outras organizações, como bancos, hospitais, seguradoras, e até no

ambiente familiar. Nova edição revista e trazendo o texto Minha Saga,

a história da vida de Eliyahu M. Goldratt. Reunindo técnicas para aumentar

a produtividade, escrito em forma de romance.

Setcepar Business

41


Delícias

Para saborear

Entranha com legumes grelhados

Gastronomia

Chef Marcos Canan

Crédito fotos: Rodrigo Fonseca

MODO DE PREPARO

Tirar a carne da geladeira - nesta

receita utilizamos uma entranha

de boi - esperar 15 minutos para

que ela pegue a temperatura ambiente

(próxima da churrasqueira

- dica importante). Enquanto isso

a churrasqueira deve estar acesa,

com fogo forte. Em seguida selar

a carne, sem salgar, por três minutos

de cada lado. Depois tirar a

peça e deixar a carne em processo

de reidratação por 5 minutos,

para que fique bem irrigada. Retornar

à grelha.

Os legumes, como a abobrinha,

o brócolis, a cenoura e a batata

doce devem ser cortados conforme

a preferência do cozinheiro (o

chef Marcos Canan sugere cortar

em formato de canoa) e sem tirar

a casca. As pequenas porções

devem ser colocadas na grelha

até a formação de uma crosta.

Depois é só tirar os legumes e a

carne da grelha e finalizar com

flor de sal, azeite trufado e fazer a

montagem do prato.

Dica importante: cuidar para que

os legumes fiquem no ponto ideal,

sem murchar, nem esturricar.

“A entranha, ou diafragma, é um

corte muito saboroso extraído

da costela do boi. Ela tem uma

textura muito próxima da fraldinha,

com maciez e sabor único.

A gordura entremeada é muito

característica, com poucos músculos,

o que garante a maciez da

carne”, explica o chef.

O CHEF

O chef Marcos Canan da Bull

Prime é jornalista de formação

e trabalhou vários anos nessa

área. Depois, começou a estudar

e entender o mercado de

ovinos e, por conta disso, entrou

no ramo de carnes nobres.

Hoje,Canan é um dos sócios da

Rede Bull Prime Carnes Nobres,

com lojas no Batel, Ecoville e no

shopping Pátio Batel. Canan é

especialista no ramo de carnes

premium e dá cursos sobre cortes

bovinos e carnes dryaged.

42 Setcepar Business


Nova família Delivery

Uma nova geração no transporte urbano de cargas.

Venha conhecer na Servopa Caminhões.

Delivery Express

CNH categoria “B”

Servopa Caminhões

Curitiba

Rodovia BR 116, km 09, 21.130

(41) 3212-6000

Cambé

Rodovia Mello Peixoto, 1.200

(43) 3249-6000

Caminhões

Ônibus

Minha escolha faz a diferença no trânsito. Imagens gerais ilustrativas. Veículo em conformidade com o Proconve.

More magazines by this user
Similar magazines