Empreenda Revista - Ed. 18 - Novembro

elaineempreenda

04

SUMÁRIO

08 A Importância do

empreendedorismo

feminino

24 A tecnologia a favor do

seu negócio

33 Dica Empreenda de

leitura

10 Os desafios

25 Múltiplos sistemas de

atemporais do

gestão? Retrabalho?

16 Transformações empreendedorismo

Resolva com APIs

11 Consórcio facilita a

aquisição de bens e

educação financeira

26 Bring Your Own Device

(B.Y.O.D)

12 Endomarketing de 27 Web Summit 2018

impacto

14 Funil de Vendas 28 O mundo perde uma

das maiores mentes

das histórias em quadrinhos.

30 Contribuintes que fizeram

18 Fiori de Luce pagamentos com

retenção de imposto de

renda têm de apresentar

a declaração até 28 de

fevereiro

32 Olhar nos olhos

34 Seu dia a dia no trabalho

não está

rendendo?

36 Alan Lucci

empreendedor do

entretenimento

37

38

Novembro Azul

Projeto meu mediador

com cegos.

Cake Fest Mauá

20 Cristiana

Arcangeli


07 05

EDITORIAL

EMPREENDA REVISTA

Querido leitor, no mês de novembro, mais precisamente

no dia 19, é comemorado o dia Mundial do Empreendedorismo

Feminino e para homenagear todas as

mulheres empreendedoras trouxemos na capa dessa

edição a empresária, palestrante, e Shark Tank Cristiana

Arcangeli. Ela que é uma investidora e apoiadora do empreendedorismo

feminino, nos contou como faz para

conciliar tantos projetos e deu dicas de como podemos

crescer em nossos negócios.

Estamos em fase de expansão e a partir dessa edição

você, leitor, poderá assinar a Empreenda Revista. Estaremos

enviando a revista para todo território nacional,

é a Empreenda cumprindo seu papel de fomentar o empreendedorismo.

Nosso portal está preparado para que

você possa fazer sua assinatura que pode ser por período,

trimestral, semestral e anual.

Entregar um conteúdo enriquecedor e de fácil aplicação

é nosso propósito, queremos que todas as pessoas

tenham acesso aos melhores conteúdos, aos melhores

colunistas e que acima de tudo possam encontrar parceiros

de negócios através da rede de contatos formada

pelos leitores da Empreenda Revista. Nosso slogan

– Criando Envolvimento, Gerando Resultados – é aplicado

diariamente aqui na redação para que possamos

produzir o melhor para você.

Lançamos mais um canal de conteúdo, agora você pode

acessar o Blog da Empreenda Revista, www.blog.empreendarevista.com.br

faça seu cadastro e fique por dentro

de todas as atualizações.

Participe da coluna do leitor, mande seu feedback pelas

redes sociais ou escreva para nós. Teremos o maior

prazer em publicar seu comentário na próxima edição.

Todo o conteúdo da revista, está disponível em nosso

portal www.empreendarevista.com.br. Queremos estar

próximos de você, por isso sugestões de pautas, eventos,

palestras, podem ser enviadas para o nosso e-mail

contato@empreendarevista.com.br

Nos acompanhe pelas redes sociais.

@empreendaRevista

/empreendaRevista

@empreendaRev

/empreenda-revista

Desejo a todos

uma boa leitura

e até a próxima!

ELAINE JULIÃO

Diretora da

Empreenda Revista

EXPEDIENTE

EMPREENDA REVISTA

ANO II | EDIÇÃO 18 | NOVEMBRO 2018

www.empreendarevista.com.br

contato@empreendarevista.com.br

DIRETORA RESPONSÁVEL

Elaine Julião

elaine@empreendarevista.com.br

Produção de conteúdo e desenvolvimento

Grupo Empreenda - Rua Cedral, 91 - Mauá

CNPJ: 10.378.146/0001-29

DESIGNER

William Gomes

CAPA

Carlos Celice

DEPARTAMENTO COMERCIAL

comercial@empreendarevista.com.br

(11) 4548-6795

IMPRESSÃO

Gráfica Expressão

www.graficaexpressao.com.br

A EMPREENDA REVISTA é uma publicação

mensal e gratuita. A revista não se

responsabiliza por conceitos e opiniões

emitidas em colunas assinas e materiais

divulgados em anúncios publicitários.


06

COLUNA DO LEITOR

EDIÇÃO DE OUTUBRO DA EMPREENDA

É SUCESSO NAS REDES SOCIAIS


08

GESTÃO E NEGÓCIOS

A IMPORTÂNCIA DO

EMPREENDEDORISMO FEMININO

Hoje, quase metade das empresas brasileiras são comandadas

por mulheres que enfrentam os desafios do mercado.

Lançado pela ONU, em 2014, o Dia Mundial do Empreendedorismo

Feminino, celebrado no dia 19 de novembro,

propõe um debate sobre os avanços e conquistas das

mulheres no mundo dos negócios. O Anuário dos Trabalhadores

das MPE (Micros e Pequenas Empresas), publicado

pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro

e Pequenas Empresas), é um incentivo para mulheres

que sonham estar à frente do próprio empreendimento.

Os dados apontam que, entre 2005 e 2015, o número

de mulheres empreendedoras no Brasil cresceu 15,4%

- saltando de 6,9 milhões para 8 milhões. Em contrapartida,

são os homens que detém a maior parcela do

mercado nacional. Eles são donos 17,3 milhões de empresas.

Os índices revelam também que, em dez anos, a

participação das mulheres no total de empreendedores

passou de 30,7%, em 2005, para 31,6%, em 2015, em

todo o território nacional.

No mercado de e-commerce e seguindo a tendência do

empoderamento feminino, mulheres passam a frente e

já gerenciam quase 60% das lojas online. Segmento de

moda possui o maior volume de líderes mulheres (64%),

seguido de saúde e beleza (58%), casa e decoração (45%)

e eletrônicos (23%).

A última pesquisa realizada pelo Fórum Empreendedoras

com 1300 mulheres no Brasil revela que 85% já são

empreendedoras, enquanto 15% pensam em empreender.

Também a Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor

(GEM) 2016 em parceria com o Sebrae revelou que

a taxa de sucesso do empreendedorismo feminino de

empresas com até três anos e meio de existência ficou

em 15,4% frente aos 12,6% entre os homens. O relatório

apontou ainda que as mulheres foram responsáveis por

51,5% dos novos negócios criados no Brasil em 2016.

A persistência feminina se confirma com o estudo realizado

pelo The Boston Consulting Group, que revelou

que startups fundadas por mulheres faturam mais do

que as empresas fundadas por homens. Para cada dólar

de financiamento, as startups com mulheres fundadoras

geraram 78 centavos, enquanto as fundadas por homens

renderam menos da metade disso (31 centavos).

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), revela

que mais de 40% dos lares brasileiros são chefiados

por mulheres e que elas possuem escolaridade média

maior que a dos homens. Essa mesma pesquisa aponta

também que são essas as mulheres que administram

suas empresas, e ainda realizam as tarefas domésticas,

cuidam dos filhos e ainda estudam. Múltipla jornada

que exige delas carga física e psicológicas extras, para

que tantas funções sejam executadas com qualidade e

eficácia.

É fato que a presença das mulheres no empreendedorismo

trouxe uma nova visão para os negócios e tem

influenciado acima de tudo outras mulheres a empreenderem,

é um ciclo virtuoso que se auto alimenta.

Mais do que apenas ter o próprio negócio e lucrar insanamente

com ele, o empreendedorismo feminino empodera,

dá mais espaço e visibilidade para tratar sobre questões

de gênero, impacta positivamente as comunidades e oferece

uma nova perspectiva de vida para quem realmente

precisa.


10

GESTÃO E NEGÓCIOS

OS DESAFIOS ATEMPORAIS DO

EMPREENDEDORISMO

Altos e baixos do mercado alinhando a falta de preparo, são

uma problemática ao empreendedor.

Os altos e baixos do mercado sempre promoveram uma

influência direta no sucesso das empresas de pequeno

e médio porte. O mercado, quando aquecido, por um

ou mais setores, as pessoas se sentem mais seguras de

que terão dinheiro no futuro para honrar seus compromissos,

para superar momentos difíceis, algumas acreditam

que tais momentos sequer existirão. Essa falsa

ideia faz com que o dinheiro circule, trocando de mãos,

e as pessoas satisfazem suas necessidades e desejos.

Quem está no mercado oferecendo produtos e serviços

tem a chance de auferir renda e acumular riqueza. Do

contrário, as pessoas se retraem e o mercado consequentemente

se encolhe ainda mais num ciclo vicioso.

Independente desses fatores sazonais, existe um outro

dado de maior relevância e que aniquila com o empresariado

jovem: a falta de preparo. Poucos são os empreendedores

que, antes de arriscar, fazem um curso

preparatório para se inteirar de todos os aspectos que

orbitam a vida empresarial, com todas as obrigações tributárias,

trabalhistas, concorrenciais, de plano de negócio,

entre outros.

Por isso, é que a cada dia são surpreendidos com uma

nova problemática não planejada, mas que era absolutamente

previsível. Por incrível que possa parecer, o otimismo

inerente ao empreendedor novato não lhe permite

antever obstáculos básicos, e que contribui para

um desanimo ao longo da jornada, quando deveria ter

dispensado mais tempo planejando para não sofrer o

indesejado ou pelo menos deixado na manga duas ou

três alternativas de solução para aquele problema. Um

número inacreditável de empresas nasce todos os dias

e um número assustador delas morre antes de completarem

o segundo ano de existência.

Isso se deve sobretudo à falta de planejamento, que só

é possível com estudo reiterado de um bom plano de

negócio. O SEBRAE tem sido uma instituição fundamental

nesse processo de construção de novos empresários,

amparando-os do início até a desejada vida longa de

uma empresa de sucesso, inclusive com projetos para

aumento de performance em diversas partes da empresa.

O empresário isolado, de maneira geral, não reúne todos

os predicados necessários para conduzir uma empresa,

pois precisa se dividir em administrador, comercial

e “chão de fábrica”, o fazedor. Infelizmente, a criação

da modalidade da empresa unipessoal (atual EIRELI) demonstra

que a união de pessoas com o mesmo propósito,

sociedades com chamada “affecto societatis”, está

cada vez mais em desuso.

E isso não é um bom sinal. Isso apenas demonstra, infelizmente,

que as pessoas não confiam mais nas outras e

estamos sofrendo um processo de isolamento e afastamento,

próprio de uma triste fase de desconfiança e inversão

de valores, onde as pessoas são capazes de fazer

trocas ruins: de importantes e inestimáveis relações por

alguns centavos de real.

Empreendedor precisa ser um eterno e incansável estudante

de como fazer mais e melhor para os outros,

seja o cliente, seus parceiros e funcionários. Esses desafios

são silenciosos e vão tomando corpo sem chamar

atenção, por isso é preciso estar fortemente preparado

para não se abater e, somente assim, suplantá-los com

naturalidade e sem se desesperar.

Gustavo Lima

Sócio Diretor na

M. Lima Sociedade de

Advogados


11 07

CONSÓRCIO FACILITA A AQUISIÇÃO DE

BENS E EDUCAÇÃO FINANCEIRA

GESTÃO E NEGÓCIOS

Quando você quer adquirir um bem ou realizar algum

serviço de alto custo sem ter condições de efetuar o pagamento

à vista é comum recorrer aos financiamentos,

ou fazer compras no cartão de crédito. Mas na hora da

busca pelo crédito, é muito importante avaliar quais são

as melhores modalidades, pois há muitas opções no

mercado. E sem dúvidas, uma das mais vantajosas é o

consórcio, que ano após ano cresce no Brasil.

A ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de

Consórcios) revelou no primeiro trimestre deste ano

uma pesquisa apontando crescimento de mais de 8%

em vendas de novas cotas de consórcio no Brasil em

comparação ao mesmo período de 2017.

Isso significa que as pessoas estão agindo menos no impulso

e planejando as compras como carros, imóveis ou

mesmo serviços como viagens e reformas. Na ponta do

lápis, o consórcio como forma de se adquirir bens perde

apenas para os pagamentos à vista.

Veículos

No caso de quem busca adquirir um veículo, por exemplo,

a taxa de juros varia de 1,47% a 2% por mês. E essas

taxas só se mantém baixas se o comprador dispuser de

uma boa quantia para oferecer como entrada. No consórcio

não há entrada nem taxa de juros, mas sim uma

taxa administrativa que não chega a 1% ao mês.

Imóveis

Para quem busca a aquisição de um imóvel, a diferença

é grande também. As taxas de juros variam de 8 a 12%

ao ano, além de entrada, e as parcelas intermediárias

que se fazem presentes na maioria dos modelos. Pela

linha do consórcio, a compra do seu imóvel pode ter taxas

administrativas de 0,12% a 0,40% ao mês.

Viagens e serviços

O consórcio é uma ótima opção para quem quer programar

uma viagem ou investir em procedimentos estéticos

ou festas, por exemplo. Deve-se considerar um

pagamento antecipado por estes serviços ao invés de

correr os riscos de cair nos juros exorbitantes do cartão

de crédito, que beiram 400%, ou mesmo o cheque especial,

com 328% ao ano.

Educação financeira e investimentos

Outro bom motivo para aderir à modalidade é garantir

um bom destino a parte de seu orçamento. Muitos brasileiros

têm dificuldade em poupar, por isso enxergam

no consórcio uma boa maneira de começar a se educar

financeiramente e fazer investimentos.

As pessoas já entenderam isso. Segundo a pesquisa da

ABAC, para 70% dos entrevistados, a principal razão da

compra de uma cota é o parcelamento, junto ao sentimento

de poupar. Os outros 30% citaram investimento

e compra programada.

O GRUPO BLINKS INVESTIMENTOS está localizado

na Rua Almirante Brasil, 685 - CJ 814 - Mooca/SP - CEP

03162-010 - (11) 2307-2484

SITE: www.grupoblinksinvestimentos.com.br

E-MAIL: contato@grupoblinksinvestimentos.com.br

Igor Kalil

Diretor Comercial da

Blink’s Investimentos


12

GESTÃO E NEGÓCIOS

ENDOMARKETING DE IMPACTO

Como gerar mais resultados no seu negócio

Se você é empresário ou empreendedor, com certeza já

ouviu falar das vantagens de se ter uma boa estratégia

de Endomarketing e também, já deve ter se perguntado:

Porque minha empresa deveria investir nestas ações?

Com o objetivo de alcançar mais resultados, esse conjunto

de ferramentas surgiu a partir do marketing tradicional,

mas ao invés de direcionar os esforços de

comunicação aos clientes eles são direcionados aos

colaboradores, à quem também podemos chamar de

“clientes internos”.

Para as empresas, o Endomarketing é um braço do RH,

uma estratégia importante, já que ele pode projetar e

influenciar diretamente no cliente externo. Sugestões

de mudanças em produtos, por exemplo, podem vir

através dos próprios colaboradores, uma vez que eles

estão em contato direto com o cliente final e conseguem

coletar suas percepções. Além disso, um colaborador,

independente de sua área, pode se tornar o melhor vendedor

do seu produto, afinal, nós só vendemos o que

acreditamos!

ser sempre clara, uma vez que abrange um público diverso,

desde um atendente, vendedor até um diretor,

parceiro, etc. Assim como em toda comunicação, a dificuldade

está na complexidade que é falar com as pessoas,

todas tem suas opiniões diferentes e individuais.

A clareza, neste caso, será fundamental em todos os

canais de comunicação, que podem ser: intranet, e-mail

marketing, mural no escritório, rádio corporativa, eventos,

dentre outros.

Como especialista na área há 17 anos, posso dizer que

o evento é uma das formas mais sensoriais e marcantes

para se trabalhar a comunicação interna. Aqui, os

pontos de contato com o seu público interno, se transformam

em grandes experiências, fazendo com que o

orgulho em pertencer à um negócio só aumente.

E Como implantar?

• Descubra o perfil dos seus colaboradores, use testes

de perfil comportamental para identificar oportunidades

de abordagens mais assertivas.

E como fazer com que o seu colaborador acredite em

sua missão e seja mais produtivo?

• Missão, Visão e Valores

Mais do que criar esses conceitos é necessário disseminá-los

na cultura da empresa. Muitas empresas optam

pelo “Manifesto”, já que o intuito não é decorar e sim

absorver, de fato, a essência do negócio.

• Conscientize sobre o papel de cada um

Faça com o que o funcionário tenha conhecimento da

sua importância e o seu papel na empresa, assim ele se

sentirá parte de algo maior. No backstage dos famosos

Parques da Disney podemos encontrar grandes inspirações

para uma boa cultura interna. As pessoas que

trabalham nos parques, por exemplo, não são considerados

funcionários, eles são os chamados “roles”, que

representam um papel importante para que toda a magia

aconteça.

Uma pesquisa realizada em 2016 por uma empresa de

Softwares revelou que apenas 39% do expediente de

trabalho é produtivo. O motivo para isso ocorrer pode

ser a falta de desafios em suas funções, insatisfação

com suas carreiras. Por isso, é importante prever um

plano de carreira para cada profissional e trabalhar

para que eles sintam-se parte importante do propósito

da empresa.

A comunicação para o público interno também é um

pouco diferente da que vemos como clientes. Ela deve

• Estabeleça um objetivo específico e em comum à todos.

Qual será o objetivo inicial para o seu plano: Mais

engajamento? Mais sinergia entre as equipes?

• Trace uma estratégia! Comece pensando em quais

ações você vai implantar. Liste quais meios irá utilizar,

que campanhas irá criar, etc.

• Acompanhe os resultados de cada ação. Aposte em

indicadores de desempenho, afinal a satisfação do seu

cliente interno também é importante, escute-os.

• Reconheça os melhores, premie, valorize-os. Assim

você só irá estimular para que eles desempenhem cada

vez melhor o seu papel

Gostou das dicas? Fizeram sentido para o seu negócio?

Continue acompanhando mais conteúdo nas redes sociais:

Instagram e Facebook @tatyaneluncah

Saiba mais sobre o Grupo Projeto

www.grupoprojeto.com

Tatyane Luncah

Fundadora e CEO da

Agência Grupo Projeto.


14

VENDAS

FUNIL DE VENDAS

Saiba definitivamente o que é Funil de Vendas, quais os benefícios

e o que esta metodologia pode fazer por suas vendas.

Se você atua com vendas, seja como vendedor ou gestor

de uma equipe, provavelmente tem ouvido muito falar

em Funil de Vendas. Mas você sabe o que é e como te

ajuda na prática?

zação do processo comercial. É possível ter clareza do

momento em que o vendedor realiza a prospecção até

a oportunidade percorrer todas as etapas e chegar ao

fechamento da venda.

O que é Funil de Vendas?

O Funil de Vendas é a principal metodologia de vendas

existente, pois ela garante de forma simples a padroni-

Ou seja, com ele você consegue estruturar o processo

de vendas da sua empresa e ter um controle muito

maior sobre o departamento comercial, dando direção

à toda equipe para cumprir a meta.

Vantagens em usar um Funil de Vendas

Equipe de vendas e gestores têm vantagens diárias

com o uso de um Funil de Vendas bem estruturado.

Se antes você tomava ações com “achismos”, com o

Funil de Vendas você as tomará pautado em informações

ricas, que te darão poder de ação sobre os resultados

e que certamente irá acelerar suas vendas.

A visualização de todo processo de vendas é muito

mais assertiva, as etapas estruturadas são reais e

não “tentativas” e se tem um controle muito maior

de tudo que está acontecendo na área comercial.

Se estão faltando contatos no topo do funil, é preciso

trabalhar mais com ações de atração. Se o problema

está no fechamento, é preciso rever como está sendo

trabalhado o relacionamento, preço, propostas, etc.

Algumas perguntas que o Funil de Vendas te responderá

1. Quantas oportunidades temos que dar de follow-up

para avançar?

2. Quantas oportunidades perdemos no último mês

e por que?

3. Como está́ a performance do meu time de vendas?

4. Investimos em marketing e geramos muitos leads,

porém qual é o melhor canal e quantos estamos fechando?

5. Quantas oportunidades devemos prospectar para

bater a meta?


15

Processo de Vendas (Funil de Vendas)

Oportunidades

Todo possível negócio que esteja minimamente quente para

entrar no processo de vendas e ser atendido por um consultor.

Após a busca entra em ação o vendedor para realizar a

primeira abordagem, podendo ser via telefone, e-mail, etc.

VENDAS

Em Contato

Visita

Proposta

Caso o vendedor consiga estabelecer contato com o decisor,

mas ele pede para retornar em uma outra hora, esta é

uma etapa para separar as oportunidades que ainda necessitam

ser contatadas, das que já estão sendo trabalhadas.

Momento em que o vendedor levanta as dores, cria o cenário

e apresenta o produto ou o serviço ao futuro cliente.

Se a oportunidade permitiu que chegasse até aqui, é muito

provável que avance para o macroprocesso de fechamento.

Após sair da visita de apresentação são comuns as

perguntas: Tá, mas quanto custa? Ou, pode me passar

uma proposta? Este é o momento de retornar

para a base e desenhar uma proposta de acordo com

as dores apresentadas e enviar ao possível cliente.

Após o envio da proposta é extremamente importante o follow-up para saber se o decisor entendeu

os valores apresentados, se tem mais alguma dúvida e o mais importante: Se dará um próximo

passo e fechar negócio.

Sobre a Empresa Funil de Vendas - Uma história real que

poucos conhecem

Thiago Pirinelli e Percival Oliveira são sócios da Funil

de Vendas e contam como fundaram a empresa de

CRM em janeiro de 2012.

Após um rápido período de descanso da virada de 2011

para 2012, no dia 6 de janeiro, sexta-feira em um final

de tarde no escritório de São Bernardo do Campo, São

Paulo, o extraordinário e abençoado insight veio!

Decidiram tirar as ideias da cabeça e passar para o papel,

entre tantos rabiscos e pesquisas de softwares que

seriam algumas de suas referências, chegaram em um

primeiro esboço da tela inicial do CRM.

Só estava faltando o principal, o nome! Tinham diversos

nomes bacanas, mas Thiago questionou ao Percival qual

termo sempre usavam nos workshops para nos referir

ao processo de vendas?

Rapidamente Percival respondeu: funil de vendas. Apesar

de parecer estranho, em um primeiro momento,

este nome, e após entrar no Google para uma rápida

pesquisa e surpreendentemente não encontrar nenhum

resultado.

O impressionante foi que o Google não reconheceu o

termo e não sugeriu nenhuma outra pesquisa do gênero.

Outra grande surpresa foi realizar a pesquisa no site

registro.br e também verificar a disponibilidade do

www.funildevendas.com.br, sim, também estava livre,

ambos decidiram fazer a compra do domínio, nascia

ali uma marca que mudaria a história de suas vidas.

“Não somos inventores deste termo, muito

menos sabemos quando ou quem citou pela

primeira vez, mas somos os grandes responsáveis

pela propagação. Fato é que usávamos

o termo desde 2010 para representar a

metodologia pipeline sales e “abrasileirar” o

conceito e entendimento” Thiago Pirinelli

Conheça um pouco mais da empresa Funil de Vendas,

acessando www.funildevendas.com.br


16

DESIGN THINKING

TRANSFORMAÇÕES

A evolução do design thinking

A abordagem do design, antes restrita a estética (forma

e função) e utilizada principalmente no desenho de produtos,

agora desperta nas organizações a curiosidade e

interesse de entender como o design pode proporcionar

inovação na cultura organizacional por meio do design

thinking, uma nova abordagem aos problemas complexos

da mudança de era e das rápidas transformações,

uma estratégia essencial para produzir inovação e revolução

na educação executiva e empreendedora e principalmente

na mudança do mindset, onde as perguntas

são mais importantes que as respostas.

No Brasil a evolução do design começou a ficar aparente

e evidente após grandes empresas, marcas e mídias

especializadas em negócios declararem que o pensamento

em design estava por trás da cultura, estratégia e

sucesso das marcas, produtos e serviços que eram percebidos

e relevantes para seus usuários e que dirigiam

experiências de uso e relacionamento que proporcionavam

diferenciação e valor agregado.

E assim diversas organizações começaram a empregar

a cultura do design cada vez mais em setores e contextos

diversos. O progresso da inteligência no design se

deu pela maturidade atingida do Design Thinking e sua

maneira própria de lidar e se adaptar com problemas

diversos. Podemos listar uma infinidade de situações

complexas vividas pelas organizações, mas um problema

em evidência e comum entre elas é dar sentido e

valor aos seus produtos e serviços.

Especificamente em solucionar dores e atender as necessidades

dos usuários e seus elementos de valor

(funcionais, emocionais, mudança de vida e de impacto

social). Quanto mais elementos são fornecidos, maior a

lealdade dos clientes e maior o crescimento sustentado

da receita da empresa. Outro ponto importante na

inserção do design thinking nas organizações é o de conectar

pessoas aos negócios. Uma empresa com a cultura

centrada no design vai muito além de uma função,

pois trata-se de um instrumento essencial para ajudar a

simplificar e humanizar processos.

A cultura do design aplicada aos negócios, fornence diretrizes

importantes para a formatação de um modelo

de negócio que a apartir do entendimento em profundidade

dos desejos, anseios e dores extraídas dos usuários,

identifica evidências simbolizadas por códigos (racionais

e emocionais), essa interpretação mais assertiva

proporciona propostas de valores mais autenticas que

assim estabelecem as promessas racionais e emocionais

de utilidades e afetivas.

Os pilares do Design Thinking são: empatia, colaboração

e prototipação. Pautados por um processo de Imersão,

analise e interpretação, ideation, desenvolvimento, teste

e experimentação.

“Precisamos reavaliar nossas crenças e

metodologias utilizadas, afim de desafiar a

lógica dominante de fazer as coisas certas

para fazer coisas melhores”


17

DESIGN THINKING

Sempre utilizando o usuário no centro do desafio para

a solução de problemas e seguido dos seguintes princípios:

FOCAR NAS EXPERIÊNCIAS DOS USUÁRIOS, principalmente

nas emocionais. Para uma ação bem sucedida

do processo de empatia (a arte de conhecer as pessoas)

com os clientes, devemos mobilizar e capacitar nossos

colaboradores a identificar os códigos emocionais

(comportamentos e palavras relacionadas com desejos,

aspirações, compromisso e experiências) vivenciando e

observando comportamentos sobre o que as pessoas

precisam, querem e desejam para que possamos descrever

os produtos e serviços.

Uma proposta de valor tradicional se utiliza de promessas

de utilidade e uma proposta de valor emocional é

uma promessa afetiva. CRIAR MAPAS MENTAIS PARA

ANALISAR OS PROBLEMAS. Para a construção de uma

compreensão mais profunda sobre a relação usuário

com o produto/serviço, é fundamental uma ação colaborativa

e complementar na utilização de ferramentas

de aprendizagem visual e de transmissão ordenada de

dados e informações para gerar conhecimento do tema

abordado, pois permite pensar de forma criativa e favorece

a sistematização e a visualização das conexões

e inter-relações entre ideias e conceito (a arte de criar

coletivamente).

Esses mapas/modelos podem substituir planilhas, especificações

e outros documentos que costumam compor

o ambiente organizacional tradicional. Os mapas mentais

(diagrama de afinidades, jornada do usuário, mapa

de empatia, etc...) ajudam a desenvolver uma habilidosa

forma alternativa de pensar e olhar para um problema.

Construir protótipos para explorar soluções relevantes.

Enquanto os mapas mentais centrado na jornada do

usuário exploram o âmbito do problema e auxiliam na

ideação, a prototipação se dedica as soluções. Prototipação

em design thinking é uma ferramenta rápida de

observar os erros e proporcionar acertos antes do seu

lançamento e pode ser em forma digital, físico ou mesmo

diagramático, e em todos os casos são formas de

comunicar e expressar ideias.

A prototipação é provavelmente o comportamento mais

pragmático que uma empresa inovadora deve ter.Devemos

valorizar mais a exploração e experimentação em

detrimento do cumprimento de regras. CONVIVER COM

AS FALHAS. A inserção da cultura do design nos processos

da empresa, não é incentivar os erros, mas reconhecer

que raramente as coisas acontecem da maneira que

gostaríamos, e esses equívocos fazem parte do desenvolvimento

de qualquer ideia em produto ou serviço.

O importante é remover atributos que não são relevantes

e percebidos, e evidenciar características que oferecem

experiências emocionais e compartilham sentimentos.

Não há mais distinção entre estratégias de negócios

e experiência do usuário, e nessa mudança de era, talvez

a mais impactante da nossa história são muitos os

desafios e obstáculos.

Colocar as pessoas no centro das decisões, as organizações

se posicionam a de fato ter o propósito de impactar

vidas. Proporcionar conceitos e ferramentas de como o

design interage e se posiciona frente ao mundo cheio de

dilemas, complexo, volátil, incerto e ambíguo.

“Absorvemos muitas informações mas precisamos

apresentar uma história autêntica, inspiradora e coesa

para as pessoas.”

O design mudou a forma de criar negócios!

MARCOS BATISTA

Design & Inovação


18

SUSTENTABILIDADE

FIORI DE LUCE

Uma reserva ambiental sustentável encravada na mata atlântica

Com 40.000 m² em Ribeirão Pires, um espaço no

ABC PAULISTA de expansão do conhecimento, identificando

as necessidades e desejos das organizações

em relação a momentos de aprendizagem.

A arquitetura antiga envolve a contemporânea, criando

uma atmosfera rústica e aconchegante em meio à natureza.

Os materiais utilizados, como tijolos de demolição,

pedras, concreto, ferro fundido e vidros integram-se à

paisagem única, encantando os olhos de quem observa.

O casal de empresários Zezé e Reinaldo Augusto Zago,

são idealizadores do empreendimento FIORI DE LUCE,

um espaço voltado a sustentabilidade com a missão

de oferecer um serviço diferenciado, visando reencontrar

o homem com a natureza, em atividades vivenciais,

proporcionando a expansão do conhecimento.

O empreendimento é ideal para eventos corporativos,

atendendo os executivos comprometidos

em preparar pessoas para a vida e pela vida, preocupados

com ações voltadas para o futuro da organização,

buscando um lugar inspirador para

criar, inovar e aliado a uma alimentação saudável.

A vivência é uma grande oportunidade para amadurecer

as competências de liderança, planejamento, gestão

de riscos, trabalho em equipe e fortalecer o grupo

para superar limites e atingir melhores resultados.

O FIORI DE LUCE está estruturado para receber

até 120 pessoas com auditório, banheiros, área

de alimentação e espaços aconchegantes, decorados

em harmonia com a floresta e que utilizam

alternativas socioambientais em seus detalhes.

O local conta também com trilhas sinalizadas,

e o uso de perneiras cedidas pelo espaço,

deixa a atividade leve e permite que o visitante

interaja com o ambiente natural de forma

segura. Os percursos duram de 20 minutos até 1 hora.

O FIORI DE LUCE oferece o “Banho de Floresta”

uma atividade comprovada no Japão, em 1982,

que traz a pessoa para um estado mais sensível

ao ambiente e a si, em contato com o silêncio

e a sinfonia produzida pela natureza, a harmonia

e a sensação de bem-estar é gradual e inevitável.

Há diversas atividades oferecidas para que as empresas

possam deixar seus eventos ainda mais sensoriais,

são eles: dança circular, relaxamento induzido,

arte viva, land art, ervas aromáticas, temperos

orgânicos, vivência na cozinha, microssustentabilidade,

corrida e orientação e piquenique sustentável

são algumas das atividades no FIORI DE LUCE.

A preparação, organização e a logística do FIORI DE LUCE

para receber seus clientes é um grande ritual, minuciosamente

trabalhado. Os jardins e as trilhas são preparados

para apreciação. A gastronomia é uma mistura de tecnologia

e alquimia resgatando valores culturais e os produtos

fabricados artesanalmente. Os eventos são montados

em cima das necessidades e desejos do cliente.

Hoje cada vez mais as empresas buscam fornecedores

que adotem práticas socioambientais responsáveis,

com sustentabilidade e a responsabilidade social

e a FIORI DE LUCE é mais do que um espaço no campo

para treinamentos ou capacitações, é um local que

de conceito destinado à expansão do conhecimento.

Pesquisas mostram, que para criar e inovar é necessário um cenário que traga um desligamento da rotina, onde

corpo e mente estão literalmente imersos em um novo contexto, onde não há pressão que gera ansiedade.


19

UM POUCO MAIS SOBRE O

FIORI DE LUCE

Zezé Zago é a chef de cozinha da

FIORI DE LUCE e também idealizadora

do projeto. Além da sua formação

e vasto conhecimento em

gastronomia, possui formação em

biomedicina e ampla experiência

na área de segurança de alimentos.

É empreendedora inquieta, seguindo

toda a sua vida em constante

aprimoramento através de cursos

de especialização tanto na área de

gastronomia como em empreendedorismo,

além de sempre estar à frente de diversos

projetos e negócios.

Apesar da constante busca por aperfeiçoamento, leva

consigo o valor da simplicidade, como também um grande

ensinamento que carrega desde pequena: o respeito

à natureza e a utilização sustentável do que ela dispõe.

SUSTENTABILIDADE

Hoje, no FIORI DE LUCE, é possível encontrar uma gastronomia

que nada se perde, com a lógica de se comer

de tudo, o equilíbrio tanto falado por Zezé Zago, ela consegue

entregar aos seus clientes alimentos sem conservantes

O espaço tem LIXO ZERO, todo o lixo é consumido, a sobra da gastronomia vai para a galinha; da galinha vai

pra compostagem; da compostagem vai para o minhocário e do minhocário volta para a horta, o empresário

Reinaldo Zago, marido de Zezé, criou esse sistema em seu empreendimento.

Coleta seletiva e coleta de água de chuva para irrigação

também são utilizadas no espaço FIORI DE LUCE.

Quando chegaram no local, antes de iniciar o empreendimento,

Zezé nos contou que se depararam com uma

área degradada, sem arvores nativas, poucos pássaros,

sem flores, sem frutos e terra de qualidade ruim, era

hora de arregaçar as mangas e assim o fizeram.

Seu esposo, Reinaldo Zago, foi estudar quais seriam as

frutas da mata atlântica que poderiam trazer a fauna

de volta ao local, vinte anos depois, eles comemoram e

hoje são privilegiados, o Centro de Observação de Pássaros

de São Paulo identificou 47 espécies de pássaros

no local.

Faça seu evento no FIORI DE LUCE e viva a mais completa experiência sustentável

contato@fiorideluce.com.br

www.fiorideluce.com.br

(11) 4822 -2203 | (11) 99909 -8567


20

MATÉRIA DE CAPA

Cristiana Arcangeli atua no ramo de cosméticos desde

1986. Exemplo de iniciativa e sucesso, a empresária

é uma das mulheres que mais influenciaram e contribuíram

para o desenvolvimento do mercado de beleza e

bem-estar no Brasil.

Sua primeira empresa foi a Phytoervas de produtos naturais

para cabelos, que depois foi vendida para a multinacional

Bristol Myers Squibb. Foi também distribuidora

exclusiva no Brasil de 28 marcas internacionais, incluindo

Clinique, Carolina Herrera, Chanel e Bulgari.

Ela abriu a primeira rede de perfumaria de produtos internacionais,

chamada Phyta.

Lançou a empresa de cosméticos Eh!, com produtos de

cabelo com tecnologia verde, que mais tarde foi vendida

para Hypermarcas.

Também é apresentadora de TV, apresentou programas

como: O Aprendiz e Extreme Makeover, atualmente faz

parte do programa Shark Tank, sendo uma dos “tubarões”.

Escreve para colunas de revistas, dá palestras, já

lançou dois livros e ganhou mais de 20 prêmios por empreendedorismo

e inovação.

E agora inova mais uma vez, com sua quinta empresa,

a beauty’in, lançando uma nova categoria de produtos

de beleza. Os “Alimeticos” - o melhor de três mundos:

alimentos, vitaminas e cosméticos.

Cris Arcageli é uma visionária e gosta de antecipar tendências,

atualmente está modificando os canais de venda

dos seus produtos, sua marca de produtos beauty´in

passará a ser vendida no e-commerce.

Além de ser uma empreendedora serial, Cris

Arcangeli é uma incentivadora

de mulheres empreendedoras,

afirma que as mulheres

abrem muitas empresas,

porém o índice de fechamento é alto.

Para ela, algumas mulheres ainda estão com um mindset

errado, a mulher tem uma responsabilidade que

não pode ser transferida a outros, o que não quer dizer

que elas têm que ser submissas.

A empresária tem por missão de alguma forma

ajudar as mulheres através de conhecimento

técnico a decolarem suas carreiras.

Mulher, mãe e empreendedora, Arcengeli

nos contou que quando precisa assumir um

novo projeto, ela conversa com sua família

e combina sua ausência, com isso inibe algum

tipo de cobrança e não se sente culpada.

Isso é uma boa alternativa para que

muitas mulheres possam se organizar,

evitando assim, de se sentirem culpadas,

tendo tranquilidade para focar

em seu projeto.

Atualmente, Cris Arcangeli

é uma das integrantes

“tubarões” do programa

Shark Tank Brasil no

canal Sony.


21

MATÉRIA DE CAPA

“Prestar atenção no comportamento

do consumidor e prever

o que ele ainda não sabe o que

precisa é fundamental para se

destacar em seus negócios.


22

MATÉRIA DE CAPA

DNA DOS NEGÓCIOS

Cris Arcangeli tem como filosofia de vida, bem-estar,

qualidade de vida natural e natureza, esses fatores compõem

o DNA que está presente em todos os negócios já

comandados por ela.

Convidada a fazer um infoproduto, a empresária inova

mais uma vez, criando um infoprouto sobre boa forma.

Em seu instagram chamado @SharkemForma traz dicas

de como manter uma boa forma com legendas que

contém pílulas empreendedoras transmitindo mensagem

de autoconfiança, disciplina, resiliência, trabalho

em equipe, foco, concentração, treino, características

empreendedoras que fazem você produzir muito mais

tanto na vida pessoal como em seu trabalho.

DESAFIOS

Qual o momento de vender uma empresa? Cris acredita

que esse ciclo e feito por fases, segundo ela, nós

compramos um estilo de vida e consumimos uma marca

que nos represente, muitas vezes precisamos abrir mão

para o crescimento do negócio.

“Você não vende para se desfazer,

você vende para fazer a empresa crescer”

O Brasil cresce muito com a bandeira do empreendedorismo,

Cris afirma que o futuro do Brasil e do mundo é

empreendedorismo, é o jeito que será gerado os empregos

e que vai fazer girar a economia do país.

O Brasil é um país muito empreendedor, temos alguns

desafios internos burocrático e mesmo assim conseguimos

fazer muita coisa, Cris Arcangeli está confiante

que o novo governo irá pensar mais no Brasil e menos

em Brasília.

“Empreender no Brasil é aprender a conviver na

guerra, isso faz com que sejamos muito

capacitados a enfrentar os desafios que aparecem”


23

BELEZA AGORA TEM SABOR!

Criada em 2010, a beauty’in reinventou o mercado de

alimentos funcionais e beleza, introduzindo um novo

conceito de produto no Brasil:

Os Aliméticos – alimentos com propriedades cosméticas

que unem sabor e benefício para a beleza de

um jeito prático e delicioso.

MATÉRIA DE CAPA

Todos os produtos da linha são práticos e podem

ser consumidos a qualquer hora e qualquer

momento; no trabalho, em casa ou na academia.

Beauty’in combina vitaminas,

minerais, extrato de

frutas organicas, enriquecido

com colágeno hidrolizado

(proteína responsável

pela firmeza e elasticidade

da pele), sem açucar,

gordura ou preservantes.

BATALHA NA JUSTIÇA

Toda essa inovação e competência da marca beauty´in

está atraindo olhares de outras empresas, a mais recente

foi uma publicação de uma empresa norte-americana

que atua no Brasil, isso fez com que a empresária Cris

Arcangeli travasse uma batalha na justiça contra a indústria

de cosméticos Jeunesse Global Brasil, pelo uso

não autorizado de uma de suas marcas mais famosas,

a beauty drink.

O termo vinha sendo impresso em rótulos dos produtos

Naära, linha de alimentos com colágeno da empresa

norte-americana. “Fui a criadora da categoria ‘aliméticos’

ao desenvolver alimentos com colágeno e comprovar sua

eficácia em testes internacionais. O uso da matéria-prima

é livre, mas o do termo ‘beauty drink’ não, já que possuo o

registro da marca desde a fundação da minha empresa, a

beauty’in, em 2010”, explica Arcangeli.

Outro impasse da empresária com a Jeunesse Global

diz respeito ao uso não autorizado de sua imagem para

fins publicitários. Um trecho de uma entrevista que ela

concedeu três anos atrás a um programa de televisão

foi recentemente compartilhado no Instagram por mais

de 80 perfis de revendedores da Naära, além do perfil

oficial da Jeunesse Brasil.

No vídeo, a empresária é questionada sobre a bebida

com colágeno e comenta que é comprovado cientificamente

que com 60 dias de consumo as rugas diminuem

em até 20%. “Compartilharam minha fala fora de contexto

e a utilizaram em benefício da Naära. As publicações aconteceram

por 12 dias seguidos”, conta Cristiana Arcangeli.

No dia 25 de outubro de 2018, obteve uma liminar proibindo

o uso de sua imagem por parte da multinacional

Jeunesse.

A empresária conta que o pioneirismo e sucesso da beauty’in

têm inspirado muitas fabricantes nacionais e internacionais

a desenvolverem produtos similares, mas

também estimulam as cópias e o uso indevido de suas

marcas.

“A concorrência é saudável para o mercado, desde que seja

leal”, finaliza Arcangeli. Além da beauty drink, a beauty’in

engloba as marcas beauty juice, beauty popcorn, beauty

workout, choco beauty e beauty candy, que trazem

a junção de alimentos e colágeno, e a beautyLAB, linha

de esmaltes com colágeno hidrolisado em sua fórmula.

O primeiro produto lançado pela beauty’in foi beauty

drink. Uma bebida totalmente inovadora. Desde a tampa,

embalagem, fórmula, até a forma de ser consumida.

“A nossa “tampa dosadora”, lacrada hermeticamente,

considerada uma revolução no segmento de bebidas e que

rendeu prêmios de inovação, também foi patenteada”, comemora.

“Lembrando que os produtos da beauty’in são os

únicos do mercado que têm testes internacionais de eficácia,

comprovados pela Faciderm e pela Univesitá Di Paiva

na Itália”, completa Cris.


24

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

A TECNOLOGIA A FAVOR DO SEU

NEGÓCIO

A cada dia estamos vendo a tecnologia invadir nossas

vidas e sabemos que esse é um caminho sem volta. Mas

como podemos usar essa poderosa ferramenta para

trazer benefícios para nossa vida em nossas empresas?

Segundo estudos da consultoria Deloitte em parceria

com a revista Exame, as micro e pequenas empresas

que investem em inovação e tecnologia são as que mais

crescem no Brasil. Veja então aqui alguns motivos que

podem fazer você Empresário/Empreendedor pensar

na modernização de sua empresa não importa o seu

tamanho.Aumento de produtividade - Através de softwares

é possível identificar gargalos que onde podem

ocorrer acumulo de tarefas e com isso atrasar prazos

de entrega.

dificuldades que os colaboradores estejam enfrentando.

Valorização do tempo - A grande maioria dos softwares

são via web, ou seja, o empresário pode consultar essas

informações a qualquer momento e onde estiver. Isso

otimiza seu tempo e agiliza a tomada de decisões.

Entendemos que muitas vezes o empresário é responsável

por TUDO em sua empresa, e todos os sistemas e

métodos existentes no mercado tem o objetivo de simplificar

a sua vida e sua rotina diária, garantindo melhor

performance e eficiência em todas as decisões de diferentes

setores que ele precisa tomar. Então agora, veja

qual a melhor solução atende as suas necessidades e

traga o mundo digital para a realidade da sua empresa.

Com a detecção desses gargalos é possível tomar atitudes

corretivas e com isso melhorar e aumentar sua

produtividade. Gestão da equipe e resultados - Existem

ferramentas incríveis no mercado que proporcionam

ao empresário uma visão completa da produção do seu

pessoal, prazos, vendas e faturamento. Isso facilita a comunicação

com a equipe e o entendimento de eventuais

Káthia Alves

CEO VCOM Soluções


25

MÚLTIPLOS SISTEMAS DE GESTÃO?

RETRABALHO? RESOLVA COM API

É senso comum que a gestão, cada vez mais,

depende de dados e indicadores para tomadas

de decisões precisas ou mais próxima disso.

Para prover a celeridade e acuracidade referente às

informações, dependemos cada vez mais de sistemas

integrados e ágeis. Porém os sistemas das pequenas

e médias empresas, em sua grande maioria,

não são ERPs planejados que perfazem todos

os setores, departamentos e suas interconexões.

Empresas optam por sistemas web que baseiam-se em

um modelo comercial de assinatura com enfoque setorial,

onde inicia-se com um sistema para gestão financeira, outro

de gestão de ordem de serviços/produção, outro para

comercial e assim por diante conforme o crescimento.

Investimento

O custo de integrar sistemas com API, é bem menor

do que sistema sem tal propriedade. Em alguns casos

a solução de integração chega ser intuitiva ao ponto

do usuário poder realizar sem maiores problemas.

Segurança

A estrutura de comunicação se dá apenas entre os servidores

de cada solução, criptografadas e validadas via

tokens.

Melhorias e customizações

Caso precise criar algo inovador para a sua gestão, como

por exemplo um aplicativo de celular, se o sistema que

você usa conta com API, a possibilidade do app acessar

as conexões pré-estabelecidas, reduz consideravelmente

o tempo e investimento do projeto.

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Os problemas

Ao passo que múltiplos sistemas

vão entrando na empresa,

a alimentação demanda retrabalho,

diminuição na velocidade

de dados integrados, fragmentação

de informação que

resulta em imprecisão e acaba

majorando custos e riscos.

APIs: O que são e com podem

ser úteis?

Na pratica os APIs são conexões

que os sistemas disponibilizam

para interagir com outros sistemas

e compartilhar funcionalidades.

Como exemplo, um site que tem mapa de localização e

possibilidade de traçar rota, utiliza da API do Google Maps.

Outro exemplo, seria um sistema de gestão financeira, que

oferece a geração de boletos, usando o recurso de outro

sistema, integrados via API, tudo acontece em único sistema

e não demanda um trabalho extra para a execução.

O que muda para o empresário?

Devido as particularidades de cada negócio, segmentação

e dimensão, listo abaixo alguns pontos.

Menor custo com integração

O norte do desenvolvimento da API de qualquer sistema,

é facilitar o processo e viabilizar a inserção de

recursos de outros sistemas e receber recursos de

outros, reduzindo ou eliminando o custo técnico.

Escalabilidade

Há facilidade de agregar soluções conforme a demanda

de crescimento e maturidade de cada fase implantada.

Possibilidades com API

São inúmeras, que vão desde ligar

para um cliente diretamente

de um sistema e gravar o áudio e

tempo de ligação, emitir propostas

comerciais customizadas e

enviar via e-mail juntamente com

a opção de pagamento online em

caso de aceite, assinaturas online

de documentos com valor legal

sem a necessidade de certificado

digital, registrar uma ligação realizada

ao cliente que aconteceu em

um celular em ambiente externo,

entre tantas outras.

Meu sistema tem API?

Para descobrir se seu sistema tem API, existem 3 formas

mais comuns e qualquer uma delas lhe dará a resposta.

1º “Google it!”, pesquise ‘sistema x tem API?’

2º No próprio site do sistema (normalmente no rodapé)

constam os termos API ou “para desenvolvedores”.

3ª Sites que listam os sistemas que tem API e as possíveis

integrações. Um deles é o zapier.com, existem mais

de 1.000 integrações e descritivos de funcionalidades.

Em suma, a solução pode ser mais simples do que parece!

Sugestão, inclua no seu processo decisório sobre qual

sistema escolher, se ele tem API e quais são as integrações

disponíveis.

Antonio Davanzo

Diretor da

Tmontec Soluções


26

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

BRING YOUR OWN DEVICE (B.Y.O.D)

Seu Dispositivo Pessoal nas Empresas

A Convergência entre Tecnologia da Informação e Telecomunicações,

hoje, é uma realidade dentro das empresas

e conforme ela avança, empresários precisam

investir em smartphones, notebooks, entre outros dispositivos,

cada vez mais caros no ambiente corporativo.

Faz-se necessário manter o padrão de velocidade na

conclusão de tarefas e, também, manter a disponibilidade

de sistemas. Uma das soluções encontradas para

amenizar os altos investimentos em insumos tecnológicos

é adotar o conceito B.Y.O.D. - Bring Your Own

Device, onde o colaborador traz seu dispositivo para o

ambiente corporativo e executa tarefas com ele.

Em pesquisa realizada pelo IDC, 38% das empresas brasileiras

já utilizam essa política junto a seus colaboradores,

uma vez que, em alguns casos, o colaborador possui

um ou mais dispositivos que são tecnicamente mais eficientes

comparados aos cedidos pelas empresas, vantajosamente

perceptível, mobilidade e flexibilidade, integram

agendas web, contas de email corporativas entre

outras ferramentas.

Em pesquisa realizada pela CISCO IBSG (2012), mostra

que empresa chegam a salvar cerca de US$350,00 por

colaborador/ano que traz seu próprio dispositivo para o

ambiente de trabalho.

Não podemos apenas pensar na eventual redução de

investimentos. A área de TI juntamente com telecomunicações

e RH das corporações, passam a ter um papel importantíssimo

na monitoração e controle dos mesmos,

a fim de evitar o vazamento e informações importantes

da corporação.

Em resumo, a prática da estratégia B.Y.O.D leva à um

aumento de produtividade, redução de custos, comodidade

e satisfação do colaborador que realiza tarefas

dentro e fora do ambiente de trabalho conforme a sua

conveniência.

Douglas Barreto

Especialista em projetos para

Controle de Expensas em TI,

Telecomunicações, Cloud,

Computing e Mobilida para

Empresas.

Kátia Alves

CEO VCOM Soluçõe


27

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

WEB SUMMIT 2018

Maior evento de tecnologia e inovação do mundo aconteceu em

Lisboa, Portugal.

Imagine reunir 70 mil pessoas de 159 países do mundo

em um só lugar! Então imagine a energia de uma

galera que compartilha do mesmo propósito de

transformar o mundo pela inovação e empreendedorismo.

Esse foi o Web Summit 2018, considerado

o maior evento de tecnologia e inovação do mundo!

Realizado em Lisboa, Portugal, país que sediará este

evento por mais 10 anos, o Web Summit contabilizou

mais de 1.800 startups participantes, 1.500 investidores,

2.600 jornalistas, além de grandes empresas que

levaram soluções inovadoras. Estávamos em uma missão

com 15 pessoas do ABC Valley, promovida localmente

pela Prefeitura de Santo André, Itescs e Atlantic

Hub, junto com um grupo de 180 brasileiros. No

total, estiveram no evento mais de 1.200 brasileiros.

O evento foi dividido em 4 pavilhões com exposições,

palestras ministradas por mais de 1.200 oradores, entre

eles presidentes de empresas como Samsung e personalidades

como Tim Berners Lee, inventor do www – World

Wide Web. As apresentações foram feitas em 24 palcos

temáticos, Blockchain, IOT, Mobilidade entre outros, sendo

Altice Arena o palco principal, com capacidade para

20.000 pessoas. Houve muita interação e networking.

Fazendo uma análise geral do evento, trouxemos 10 insights:

1. Pense global e aja local. O Brasil é grande, mas

pode ser muito maior. As startups de fora já nascem

com esse pensamento e isso faz toda diferença.

4. Temos de pensar como ecossistema, como comunidade.

Crescemos muito nesse aspecto, mas precisamos

reforçar o pensamento coletivo para sermos reconhecidos

e integrarmos soluções complementares.

5. Percebemos que o Brasil desperta muito interesse em

startups e investidores estrangeiros pela extensão e potencial

de mercado, mas também temem pela complexidade.

Temos muitas oportunidades de conexões bilaterais

6. Ter ideias mirabolantes é ótimo, mas temos de colocar

mais em prática. O brasileiro é muito criativo,

mas o excesso muitas vezes faz perder o foco.

7. As barreiras entre startups e grandes empresas estão

se quebrando aos poucos. Ambos os lados têm buscado

aproximações, mas muitas vezes faltam ajustes

para não haver ruídos na conexão e serem entendidos.

8. Esse tipo de evento global mexe com todo o país. Temos

de colocar isso na rota de desenvolvimento do Brasil.

9. Participar de uma missão internacional muitas

vezes pode ser um caminho mais curto para fazer

negócios com outros brasileiros. Muitos negócios

aconteceram entre participantes da própria missão.

10. Para sentir de verdade essa energia você

tem de participar das próximas. É algo realmente

transformador em nossas vidas e que nos dá

muito mais entusiasmo para mudar o mundo.

2. Temos muitas soluções no Brasil já preparadas

para internacionalização e muitas vezes em patamar

superior às apresentadas fora. É hora de começarmos

a entender melhor como funcionam os mercados

externos e nos prepararmos para voos maiores.

3. Uma das grandes lições é que a inovação e tecnologia

têm como tema central pessoas. O impacto no

desenvolvimento econômico e social do mundo depende

de nós. Também depende de nós sabermos os

limites éticos e morais. O futuro está em nossas mãos.

Go, ABC Valley. Go, Brasil!

Felipe Carvalho – Diretor de Inovação da Pref. Santo André

Thiago Matsumoto – Vice-Presidente do ITESCS

Luiz Schimitd – Presidente do ITESCS


28

PERSONALIDADE

O MUNDO PERDE UMA DAS MAIORES

MENTES DAS HISTÓRIAS EM

QUADRINHOS.

Aos 95 anos, falece na Califórnia, Stan Lee

Stan Lee, nascido Stanley Martin Lieber em 28 de dezembro

de 1922, foi um escritor, editor e publisher. Começou

sua carreira atuando como assistente em 1939

na revista Timely Comics e na editora de revistas em

quadrinhos Martin Goodman, que em 1960, evoluiria

para a Marvel Comics.

Lee se tornou o principal líder criativo da Marvel Comics

por duas décadas, liderando sua expansão de uma

pequena divisão de uma editora para uma corporação

multimídia que domina a indústria de quadrinhos. Muito

premiado, Lee conquistou os seguintes prêmios em

sua carreira:

1974 Prêmio Inkpot

1994 O Hall da Fama do Prêmio Will Eisner

1995 Jack Kirby Corredor da Fama

2002 Prêmio Saturno

2008 Medalha Nacional de Artes

2009 Prêmios de grito

2011 Calçada da fama de Hollywood

2012 Prêmios da Visual Effects Society

2012 Guilda dos Produtores da América

2017 Academia Nacional de Revendedores de

Videogame

Com a colaboração de outros escritores da Marvel - especialmente

os co-roteiristas / artistas Jack Kirby e Steve

Ditko - ele co-criou numerosos personagens fictícios

populares, incluindo os super - heróis Homem-Aranha,

X-Men, Homem de Ferro, Thor, o Hulk, o Quarteto Fantástico,

Pantera Negra, Demolidor, Dr. Estranho e Homem-Formiga.

Com uma abordagem mais naturalista par escrever

quadrinhos, desafiou as restrições do código de quadrinhos,

causando mudanças em suas políticas. Nos anos

80, ele buscou o desenvolvimento de propriedades da

Marvel em outras mídias, com resultados mistos.

Após sua aposentadoria da Marvel na década de 1990,

ele permaneceu como uma figura pública para a empresa

e frequentemente aparecia em filmes baseados em

personagens da Marvel, nos quais recebia um crédito

honorário de “produtor executivo”.

Enquanto isso, ele continuou trabalhando em seus empreendimentos

criativos independentes, até sua morte

no último dia 12 de novembro desse ano. Em uma

época em que todos os personagens eram perfeitos,

Lee deu aos seus super-heróis uma humanidade defeituosa,

uma mudança dos arquétipos ideais que eram

tipicamente escritos para pré-adolescentes, introduzindo

personagens complexos que poderiam ter maus

ânimos, ataques de melancolia e vaidade; eles brigavam

entre si, preocupados em pagar suas contas e impressionar

namoradas, ficavam entediados ou às vezes estavam

fisicamente doentes.

Nós da Empreenda Revista queremos

de uma forma singela homenagear

esse ícone da história em quadrinhos

que compartilhou com o mundo sua

genialidade deixando um legado de

criatividade e humanidade às gerações

futuras.


30

CONTABILIDADE

CONTRIBUINTES QUE FIZERAM PAGA-

MENTOS COM RETENÇÃO DE IMPOSTO

DE RENDA TÊM DE APRESENTAR A DE-

CLARAÇÃO ATÉ 28 DE FEVEREIRO

Com a publicação da Instrução Normativa nº 1.836/18,

dia 8, a Receita Federal definiu os critérios para apresentação

da Declaração do Imposto sobre a Renda Retido

na Fonte referente ao ano-calendário de 2018 (Dirf

2019).

Pessoas físicas e jurídicas que pagaram ou creditaram

rendimentos com retenção do imposto de renda na

fonte, ainda que em um único mês, estão obrigadas a

entregar a Dirf até 28 de fevereiro. No caso de empresas,

apenas as optantes pelo Simples Nacional estão dispensadas

de usarem certificado digital para entrega da

declaração.

Quem entregar a Dirf, ou entregá-la depois do prazo

estabelecido, fica sujeito à multa de 2% sobre o total

do imposto informado, até o limite de 20%, por mês

de atraso. O valor mínimo da multa para pessoas físi-

cas, empresas inativas e optantes pelo Simples é de R$

200,00 e, para as demais pessoas jurídicas, de R$ 500,00.

Por conter informações sobre retenções de imposto de

renda de salários e outros pagamentos efetuados, a Dirf

é uma das principais bases utilizadas pelo fisco para cruzamento

de dados.

Seu preenchimento requer atenção, pois incorreções ou

omissões de dados serão detectadas, comprometendo

a restituição de imposto do recebedor e gerando multa

para a fonte pagadora.

Sobre o Grupo Rede Consultoria e Contabilidade.

Com uma estrutura que reúne diversos serviços e produtos

em um só lugar, o Grupo Rede torna seu portfólio

completo. Composto tanto por serviços contábeis como

por serviços de correspondente bancário, seguro de

vida e empresarial, consórcio de automóvel e imobiliário,

investimentos e câmbio, previdência privada, planos

de saúde, certificado digital, consultoria organizacional

e coaching, entre outros.

O Grupo Rede fica localizado na Rua Capitão José Antônio

Lagareiro, 495 - Parque São Vicente - Mauá

(11) 4555-0990

João Carlos Rodrigues

de Lima

Diretor do Grupo Rede Consultoria

e Contabilidade


32

COMUNICAÇÃO

OLHAR NOS OLHOS

Comunicar sem dizer uma palavra

Olá leitor da Empreenda Revista, é um prazer poder

compartilhar conhecimento com quem empreende e

faz o Brasil crescer.

A partir dessa edição, irei trazer dicas de como se comunicar

melhor, e como controlar o medo de falar em

público. Sim, controlar, pois o medo faz parte da nossa

natureza e sempre fará, e a proposta é canalizar esse

medo e transformá-lo em motivação.

Sempre digo que o medo de falar em público é um efeito,

e não uma causa, e para resolver de vez qualquer

problema, não adianta atacar seu sintoma, mas sim o

que o provoca.

Conforme pesquisa realizada pela Universidade Federal

de Minas Gerais, a baixa autoestima, o medo de errar,

o medo de não saber para onde olhar ou medo de dar

branco durante uma oratória, atinge 59% da população,

superando até mesmo o medo de altura e da morte.

Então, para começarmos bem, darei algumas dicas sobre

um medo que costuma afligir muitas pessoas: Para

onde olhar durante uma apresentação?

Existem abordagens que orientam o orador a fixar o

olhar em um ponto qualquer do auditório, ou no fundo

da sala. Isso pode até gerar conforto para quem está

com medo de se apresentar, mas para quem assiste

não! Olhar para pontos perdidos na plateia não demonstra

naturalidade, conexão, envolvimento.

Quantas vezes em uma conversa a dois, nos deparamos

com alguém com o olhar perdido e ficamos incomoda-

dos? Olhar nos olhos e falar com segurança, dá credibilidade

e traz reflexão ao ouvinte. Então a primeira dica

é: Busque pessoas simpáticas ao seu assunto entre os

espectadores, sempre tem alguém sorrindo, concordando

ou prestando atenção na sua mensagem.

Busque três pessoas com esse perfil espalhadas pela

plateia e direcione o olhar à elas. Isso vai te gerar confiança

para se soltar e falar com mais propriedade, e é

nesse momento que a mágica acontece: Mais pessoas

ficam simpáticas ao seu conteúdo. Aquelas três viram

cinco, viram vinte, viram cem, viram mil!

E assim, você tem pleno domínio da sua audiência, levando

seu conhecimento a todos que dispuseram de

tempo e atenção para te ouvir. Acredite, olhar nos olhos

de alguém faz toda a diferença quando queremos ser

convincentes!

Portanto, comunique-se com seu olhar, e terá uma arma

poderosa para uma apresentação de sucesso. Encerro

com uma frase do escritor americano Nicholas Sparks:

“Os olhos sempre dizem a verdade”.

Excelentes negócios para todos nós!

William Borghetti

Torres

Coach de Comunicação Eficaz


33

DICA EMPREENDA DE LEITURA

Muitos Empresários e Empreendedores se perguntam

o tempo todo como fazer para conseguir investimento,

como apresentar seu projeto, onde encontrar investidores,

em que momento buscar investimento entre muitas

e muitas outras perguntas.

Para tentar ajudar com essas questões, João Kepler, premiado

pela Startup Awards como o melhor investidor

anjo do Brasil, resolveu abrir o jogo e contar o que acontece

nos bastidores, ensinar como o Empreendedor

deve se preparar e mostrar como tudo funciona para

conseguir captar dinheiro para seu negócio.

No seu novo livro [SMART MONEY] pela Editora GENTE,

ele aborda o tema captação de investimento de forma

muito clara, simples, direta e acessível até para quem

não entende nada do mundo da inovação e startups.

Portanto, este livro se destina a quem quer entender e

mergulhar nesse universo.

É ideal para empresas, empresários, empreendedores,

investidores, startups e também a quem deseja conhecer

e entrar nesse mercado, independentemente do estágio

em que seu negócio/projeto esteja.

Sobre o autor João Kepler: Empreendedor que

investe desde 2008; Reconhecido como um dos conferencistas

mais sintonizados com Inovação e Convergência

Digital do Brasil; Especialista em empreendedorismo,

startups, marketing e vendas; Participa em mais de 354

StartUps; Lead Partner da Bossa Nova Investimentos;

Premiado como melhor Investidor Anjo do Brasil pelo

Startup Awards; Colunista de diversos Portais no Brasil;

Palestrante internacional; Escritor e autor e coautor de

vários Livros, entre eles

o [O vendedor na Era

Digital], [Educando Filhos

para Empreender]

e [Smart Money]; Premiado

por anos consecutivos

como um dos

maiores Incentivadores

do Ecossistema Empreendedor

Brasileiro;

Espalhador de Ideias

Digitais e Melhores

Práticas em Negócios.

Capa comum: 192 páginas

Editora: Gente; Edição: 1ª

(25 de setembro de 2018)

Idioma: Português

Preço: R$ 39,90

DICA EMPREENDEDORA


34

SAÚDE

SEU DIA A DIA NO TRABALHO NÃO ESTÁ

RENDENDO?

ISSO PODE SER EXCESSO DE CO2.

Você parece cansado e sonolento durante

o expediente? Nem sempre aquela dose de

café trás o resultado esperado para melhorar

o sono e a disposição?

Fica preocupado com aquela reunião que

ocorre em sala totalmente isolada, porque

você sabe que vai ficar sonolento. Se você é

ou já foi vítima desta situação, pode ser que

a sua equipe também esteja sofrendo com

este sintoma.

Os ambientes climatizados podem estar resolvendo

o problema de desconforto em relação

à temperatura, porém, causando um

grande desconforto com relação aos altos

níveis de Dióxido de Carbono (CO2) gerados

pela respiração dos ocupantes do recinto.

Se a renovação de ar não é dimensionada

corretamente, de acordo com normas e portarias

vigentes, poderá afetar a concentração

e a capacidade cognitiva de sua equipe, diminuindo

assim o rendimento no trabalho.

A Resolução 09 da ANVISA (Agência Nacional

de Vigilância Sanitária), de janeiro de 2003,

limita a concentração de CO2 em ambientes

climatizados artificialmente de uso público e

coletivo, em no máximo 1.000 ppm (partes

por milhão), e recomenda que seja realizada

semestralmente uma análise da qualidade

do ar interior, para monitorar o nível de CO2,

dentre outros parâmetros.

Um Engenheiro especialista em ar condicionado

pode realizar um estudo da melhor

solução, para prevenir ou mesmo minimizar

as possíveis altas concentrações de CO2 em

ambientes fechados.

Alguns exemplos de ações a serem tomadas

para a redução de CO2 são: instalação de

ventilação mecânica forçada, com filtros de

ar adequados; aquisição de um novo equipamento

de ar condicionado que possibilite a

adequada renovação de ar.

O CO2 é um inimigo silencioso e imperceptível

a olho nu do empreendedor, fique alerta!

Eng. Danilo Catelan

Especialista em HVAC

Diretor Comercial da Catelan

Engenharia e Consultoria Ltda


36

ENTRETENIMENTO

ALAN LUCCI EMPREENDEDOR DO

ENTRETENIMENTO

Programa de entrevistas estreia em dezembro

O Apresentador Alan Lucci desde cedo investiu em

sua carreira profissional junto de seus pais, resiliente,

Alan não teve o apoio da família paterna, mas o apresentador

nunca ligou para críticas e sempre teve o

apoio dos pais para seguir em frente com seu objetivo.

Alan iniciou no teatro aos 14 anos, ao se formar, entrou

para um grupo de teatro onde eram contratados para

apresentar peças em eventos fechados e empresas, o

apresentador ganhava cerca de R$ 1.000 reais por 3 dias

de peça. Alan foi chamado pra ser modelo em uma agência

em São Paulo, agência Vogue, onde ficou por pouco

tempo, cerca de quatro meses. Recebeu o convite para

ser apresentador em uma emissora de TV na cidade que

ele nasceu, Taubaté. Apresentou por 3 meses o programa

“Plugados com Alan Lucci”, obtendo uma grande repercussão.

A falta de patrocínio fez com que Alan resolvesse

mudar para a capital Paulista para tentar novos horizontes.

Alan lembra com gratidão do Sr. Jeferson, dono

da TV Cidade que acreditou e apoiou o apresentador

sos como Caito Maia, Andrea Nobrega, Lilian Gonçalves

foram alguns dos entrevistados por Alan.

Alan Lucci está voltando para o ar em duas emissoras,

ainda na Rede Record (Record News) e na Rede NGT, o

horário na Record News ainda não está definido para

a estreia, sabe-se que será duas vezes na semana.

Na Rede NGT o horário está definido e será todo domingo

às 22 horas a partir de dezembro de 2018.

O programa irá se chamar “15 Minutos com Lucci”,

e o formato é entrevista com famosos e personalidades

de uma forma divertida e informativa.

O apresentador também investe fora do meio artístico,

Alan está lançando sua marca de roupas no início

de 2019, a marca irá se chamar “Hollywood Clothing”.

Visionário, Alan investiu em pilotos, produções caras

para um programa em uma emissora em rede nacional,

esbarrou em várias objeções por parte da emissora,

nesse momento se viu sozinho, tendo que conquistar

tudo na nova cidade sem conhecer ninguém, mas ele

não desistiu e seguiu em frente. A cantora Roberta Miranda,

madrinha de Alan, foi sua maior incentivadora.

Como todo empreendedor passa por momentos de

desafios, com Alan Lucci não foi diferente, após ter

seu programa de TV e Série para o YouTube cancelados,

Alan precisou ser resiliente e dar a volta por cima.

Em março de 2017, o programa “Em Busca de Um

Milionário” estreou na Record News e teve uma

boa repercussão no Brasil e em Portugal, famo-


NOVEMBRO AZUL

#novembroazul

37

EMPREENDEDORISMO

SOCIAL

REDE VOLUNTÁRIA FEMININA DE COM-

BATE AO CÂNCER DE MAUÁ-REFEMA

Aos moldes do que acontece com o OUTUBRO ROSA, o

mês de novembro fica AZUL, para a conscientização da

saúde do homem, levando para a sociedade com destaque

a importância da prevenção do câncer de próstata.

Embora a ênfase da campanha esteja na prevenção do

câncer de próstata, porem esse mês compreende todas

as doenças que atingem os homens, tais como depressão,

o câncer nos de testículos, entre outros tipos de

câncer.

A campanha surgiu inspirada pelo Movember, um movimento

internacional criado para arrecadar fundos para

serem utilizados no financiamento de projetos que se

destinam à saúde do homem.

O Movember surgiu em 2003 na Austrália, quando um

grupo de amigos australianos, combinaram de deixar o

bigode crescer para demonstrar solidariedade quanto à

saúde masculina.

O termo Movember é uma junção de mustache, palavra

inglesa que significa bigode, e november, que significa

novembro. A escolha do mês de novembro vem pelo

fato que dia 17 de novembro comemora-se o Dia

Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

PROSTATICO ESPECIFICO), a combinação desses dois

procedimentos salvam a vida de muitos homens, detectando

precocemente o câncer de próstata.

O câncer não escolhe idade, sexo, raça, aparência ou

credo. Entretanto quanto mais rápido o tratamento se

iniciar, maiores as chances de cura, procurar sempre um

Urologista.

Hoje as cirurgias robóticas já são uma realidade no Brasil.

Mais ágil do que os métodos tradicionais, a tecnologia

vem auxiliando médicos na busca por resultados

cada vez melhores em cirurgias que antes ofereciam riscos

com sequelas aos pacientes que o acompanhavam

para a vida toda.

A cirurgia robótica ela é minimamente invasiva, usufruindo

de toda precisão e rapidez que o método proporciona

para um resultado excepcional.

Mulheres incentivem seus maridos, filhos, irmãos, a procurarem

sempre um médico, para a prevenção.

O que surgiu como apenas uma campanha, foi alargado

para todo o mês de novembro, cujo objetivo é conscientizar

e encorajar os homens para uma consulta médica,

para a realização de exames regulares, do auto-exame

e tratamento, especialmente do câncer de próstata, um

dos tipos de câncer que mais mata os homens.

O câncer de próstata diagnosticado precocemente, tem

grandes chances de ser curado sem deixar sequelas, em

estágio inicial, geralmente não provoca sintomas, tornando

o diagnóstico mais difícil, por isso os homens a

partir de 50 anos de idade, torna-se imprescindível ir ao

médico para realizar um exame físico, do toque retal,

para avaliar alterações na próstata, como a consistência,

o tamanho e se existem lesões palpáveis. O exame

de toque deve ser utilizado junto com o PSA (ANTIGENO

Maria Inez Sinelli Mendonça

Presidente da REFEMA

Empresaria da Wizard


38

EMPREENDEDORIMSO

SOCIAL

PROJETO MEU MEDIADOR COM CEGOS

A Câmara de Mediação e Arbitragem – MEU MEDIADOR

é pioneira, no Brasil, em oferecer o primeiro curso de

mediação extrajudicial para deficientes visuais. Com o

propósito de ajudar as partes na solução dos conflitos,

existem várias ferramentas utilizadas pelo mediador,

dentre elas: a escuta ativa, inversão de papéis, rapport,

teste de realidade. Em relação a escuta ativa, o deficiente

visual tem uma peculiaridade em função da sua sensibilidade,

facilitando dessa forma a construção de perguntas

reflexivas, para as partes em conflito.

Os idealizadores do projeto e sócios da Câmara de Mediação

e Arbitragem-MEU MEDIADOR, Sheila Rangel e

Osvaldo Argollo Jr., comemoram os resultados.

Para Osvaldo, “Construir um projeto, incluindo os deficientes

visuais como mediadores, é literalmente utilizar

a frase PEGA A VISÃO, quando incluímos outras pessoas

que estavam fora do mercado por aquilo que elas carregam

e fazendo um convite para um novo contexto profissional,

o resultado é muito além do que se vê.”

Vale ressaltar, que na mediação o mediador não pode

sugerir soluções para os conflitos, apenas auxiliar as

partes, para que as mesmas busquem a melhor alternativa.

Os deficientes visuais são importantíssimos nesse processo,

pois quando as partes são recebidas por eles, já

existe o primeiro impacto e uma reflexão automática:

“Será que de fato tenho problemas? Será que estou aumentando

o grau do meu problema?

Nesse sentido, a Câmara MEU MEDIADOR, adotou uma

metodologia de mediar os conflitos SEMPRE com um

mediador cadastrado pelo CNJ – Conselho Nacional de

Justiça e um mediador com deficiência visual.

“Inovar a justiça privada, com mediadores cegos que

possuem uma escuta ativa superior aos que tem visão

normal, essa é a nossa contribuição. A primeira turma

do Brasil de mediadores cegos já se formou e alguns

já estão empregados” Salienta Sheila. Você pode saber

mais sobre esse projeto acessando o site www.meumediador.com.br

Sheila

Rangel

Sócia Fundadora

Economista,

Mestre e Doutora

em Engenharia

de Produção pela

UFSC.

Osvaldo

Argollo

Sócio Fundador

Psicólogo, Coach,

Practitioner

em PNL.

CAKE FEST MAUÁ

Evento reuniu mais de mil visitantes em um único dia.

A Cake Fest Mauá edição novembro/2018 foi um sucesso.

O evento reuniu mais de mil pessoas em um único

dia no salão da Associação dos Aposentados de Mauá.

Mais de 50 expositores estavam à disposição do público,

era possível fazer compras de produtos para festas a

um valor promocional. O evento contou com a presença

da rainha das flores de Quirinópolis, Goiás, Amélia Lino.

O idealizador do Evento, Felipe Eduardo informou que

a próxima edição da Cake Fest Mauá será em maio do

próximo ano e serão dois dias de feira, para quem quiser

se inscrever e expor seus produtos, o telefone é (11)

97355-0189.

More magazines by this user
Similar magazines