28.11.2018 Views

Revista Luna

Revista elabora nas disciplinas de Produção Editorial para Revistas e Planejamento e Produção Gráfica do curso de Comunicação Social - Produção Editorial pelas acadêmicas Fernanda Redin, Flavia Monteiro, Isabela Escandiel, Maria Tereza Dias Tassinari e Mariana Weege.

Revista elabora nas disciplinas de Produção Editorial para Revistas e Planejamento e Produção Gráfica do curso de Comunicação Social - Produção Editorial pelas acadêmicas Fernanda Redin, Flavia Monteiro, Isabela Escandiel, Maria Tereza Dias Tassinari e Mariana Weege.

SHOW MORE
SHOW LESS

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

MENSTRUAÇÃO SEM LIXO<br />

Ciência para os dias sangrentos<br />

por Isabela Escandiel<br />

As calcinhas menstruais Herself surgiram durante um curso de capacitação em negócios socioambientais,<br />

onde as estudantes de Engenharia Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Raíssa<br />

Kist, Francieli Bittencourt e Nicole Zagonel decidiram produzí-las pela dificuldade, relatada por algumas<br />

mulheres, na adaptação de outros produtos reutilizáveis, como os coletores menstruais. “Entramos em<br />

contato com algumas mulheres para entender incômodos e como elas vivem a menstruação no dia a dia, e<br />

percebemos que havia uma busca por novas soluções nessa área. As mulheres não estavam satisfeitas com<br />

os absorventes, mas por comodismo e falta de opções, acabavam recorrendo a eles”, contou Raíssa em entrevista<br />

à BBC Brasil.<br />

Além de transformarem a maneira com que vivemos nossos ciclos, tratando isso com muita naturalidade,<br />

a ideia das meninas ainda nos permite reduzir o impacto ambiental que os absorventes descartáveis<br />

provocam. Para ter uma ideia, uma mulher tem cerca de 450 ciclos menstruais durante a vida,<br />

imagina-se que ela gasta 10.000 absorventes durante toda a vida fértil. Isso gera um lixo de cerca de 160kg<br />

por pessoa, e uma despesa de 7000 reais em descartáveis. Imagine só o bem que as calcinhas reutilizáveis<br />

fazem para o seu bolso e para o planeta!<br />

Além disso, a Herself prioriza a utilização de tecnologia, conhecimento, matéria-prima e mão de<br />

obra 100% nacional, “a cadeia produtiva e logística tem tudo super pertinho - a fim de que tenhamos o<br />

maior controle sobre nossos processos e possamos garantir o menor impacto ambiental possível.”, sendo ela<br />

a primeira calcinha menstrual inteiramente brasileira.<br />

Composta por camadas de tecidos tecnológicos, é fininha e parecida com a calcinha que você já está<br />

acostumada, e ainda te permite usar somente ela por até 12 horas (dependendo do seu fluxo). E o melhor:<br />

SEM ODORES, te deixando ainda mais confiante e confortável. Para melhor se adaptar às diversas silhuetas<br />

da mulher brasileira, as meninas criaram 3 modelos:<br />

Ceci Frida Zuzu<br />

Ciência<br />

Fluxo fraco/moderado Fluxo intenso Fluxo intenso<br />

Equivale a 1 absorventes Equivale a 3 absorventes Equivale a 3 absorventes<br />

TECNOLOGIA<br />

A primeira camada é de algodão e possui toque seco, para evitar a sensação<br />

de umidade. A do meio consiste em um tecido tecnológico ultra<br />

absorvente, com ação antimicrobiana e antifúngica, e é ele que retém a menstruação.<br />

A camada externa é impermeável, para evitar que ocorra vazamentos.<br />

LAVAGEM<br />

Pode ser feita à mão, usando sabão neutro e deixando a calcinha de molho em água morna por aproximadamente<br />

5 minutos, ou na máquina (dentro de um saquinho) cuidando para não usar amaciantes e<br />

alvejantes. A secagem pode ser feita na sombra, no sol e até na secadora, sem influenciar na durabilidade<br />

e qualidade da calcinha. São, no mínimo, 48 lavagens sem diminuir seu poder de absorção.<br />

<strong>Luna</strong> 7

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!