012 - O FATO MARINGÁ -DEZEMBRO 2018 - NÚMERO 12 (MGÁ 05)

ofatomandacaru

Ano 1 • Edição 12 • Dezembro de 2018 • DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

ARNALDO ANTUNES

E O SEU RSTUVXZ

BRILHAM NA FLIM

Ligiane Ciola

MARINGÁ • Começou a

cantar pontualmente às 21

horas e foi difícil conseguir

descer do palco montado

na via ao lado do Mercadão

Municipal. RSTUVXZ é um

espetáculo completamente

diferente daquele que os

fãs do ex Titã estão habituados

a ver.

Para dizer a verdade,

não recorda nada que

Arnaldo tenha feito anteriormente,

nem com os Tribalistas

e muito menos em sua

carreira solo. Unir o rock

com o samba não é para

qualquer um e quem tentou

fazer isso no passado não obteve

êxito positivo.

Antunes conseguiu imobilizar

a plateia, que aos poucos

foi entrando no jogo e

percebendo que o que era

samba virou rock, e que o

que era rock, virou samba, tudo

sem perder a ternura ou

cometer sacrilégios.

Que tal um rock de Noel

Rosa? No show do Arnaldo

tem, e faz com que “A razão

dá-se a quem tem”, ressurja

como nunca ouvida antes.

Desavisados ficam a esperar

O PULSO, enquanto ele,

eclético e à vontade diante

de um mundaréu de gente vidrada,

passa a um samba inusitado,

que vê o Exagerado

de Cazuza ressuscitar cheio

de beleza e harmonia.

É o cantor que dita o ritmo

e impede a galera de reconduzir

o exagero da calma

à originalidade do rock, e tudo

isso é muito mágico.

A lua cheia estava lá e a

temperatura da noite era perfeita.

A Mosca na sopa de Raul

todo mundo canta, porque

todo mundo sabe, mas a batida

do samba deixaria alegremente

perplexo até o homem

do disco voador.

De repente, ele se senta

na beira do palco e o povão

vai a loucura, começam a escrever

recados, pedidos e tentam

toca-lo.

Um garoto dos seus 8

anos sobe nas costas do pai e

entrega um bilhete.

Arnaldo recolhe, lê e sorri.

A escrita é grande e se vê

claramente que diz “eu te

amo”. Arnaldo sorri, encerra

o número, vai até o fundo do

palco, toma um pouco de

água e retorna com uma canção

de ninar.

É incrível, foram 3 minutos

de calmaria em que o público

meio distraído dedicou

para conversas com os amigos

que estão ao lado.

Antes de tentar encerrar

o show pela primeira

vez, Arnaldo elogiou a

FLIM, e disse que a feira reúne

tudo aquilo que ele mais

ama; a poesia e a música.

“Desliguem a TV, ouçam

uma boa música e leiam livros”,

disse o cantor.

Foto: da Redação

Arnaldo Antunes na FLIM 2018

Arnaldo teve que voltar

ao palco 3 vezes e só foi embora

depois de cantar antigos

sucessos dos tempos

dos Titãs. Televisão tirou a

moçada do chão. A saideira

porém foi Envelhecer, do álbum

“Ao Vivo Lá Em Casa”.

O refrão que diz “Não

quero morrer pois quero

ver como será que deve ser

envelhecer. Eu quero é viver

pra ver qual é, e dizer venha

pra o que vai acontecer”

é uma mensagem clara

para quem se preocupa com

as aparências, enquanto o fôlego

e a beleza da vida que está

dentro escapa pelas mãos.

Arnaldo convida todos

a fazerem o que gostam se

deliciando com os dias que

modificam o corpo mas

que não podem mudar a natureza

de quem sabe ser jovem

e não espera a felicidade,

a vive.

A FLIM é um momento

único de nossa cidade e

sua quinta edição é sem

dúvida o coroamento de

um momento cultural que

Maringá está vivendo na

administração de Ulisses,

que também estava lá, mas

como cidadão, sem buscar

protagonismo.

O incansável secretário

de Cultura Miguel Fernando

e sua valorosa equipe coordena

neste momento 4

grandes eventos. O natal da

Maringá Encantada, o Festival

Hip Hop, a Semana

Afro e a FLIM, tudo gratuito.

Tudo isso com um grupo de

80 colaboradores.

Nunca essa cidade teve

tanta oferta de cultura gratuita

como hoje. Quem passou

pela Feira Literária

Internacional do Livro e participou

do show de Antunes,

pode não ter percebido, mas

tudo isso é feito para que nós

que somos cidade, aglomeração

de pessoas e não de coisas

possamos estar juntos.

Mesmo depois de uma

hora e meia de show, se

Arnaldo não decidisse que

era hora de parar, estaríamos

todos lá até agora. A

música boa como a de

Antunes, faz milagres.◆

MARINGÁ ESTÁ AINDA MAIS

ENCANTADA COM NATAL

DE LUZ E EMOÇÃO

Diretoria de Comunicação • P.M.M.

MARINGÁ • Com a abertura

do Natal no Parque do Japão,

dia 4 de dezembro com

chegada do Papai Noel, banda,

iluminação natalina e show pirotécnico,

o projeto 'Maringá

Encantada - Um Natal de Luz e

Emoção, se apresenta em sua

forma mais completa.

Ou seja, a cidade está toda

decorada para as festividades

natalinas, iniciadas no dia 15

de novembro com show do

cantor Renato Teixeira e seguindo

até 6 de janeiro.

Aliás, vale lembrar que a

abertura do Natal, na Praça

da Catedral, reuniu mais de

60 mil pessoas, que saudaram

Papai Noel. Show pirotécnico

com duração de 12 minutos

causou deslumbramento, assim

como as muitas atrações

iluminadas espalhadas pela

praça, entre elas o túnel de

luz, este ano mais extenso,

mais alto e mais iluminado.

“Importante destacar

que os investimentos no projeto

natalino alavancam a

economia, gerando emprego

e renda”, destaca o prefeito

Ulisses Maia, referindo-se ao

aumento das ofertas de vagas

em diversos setores, especialmente

no comércio, que já

prevê aumento significativo

das vendas em função do

grande número de pessoas da

região atraídas pela decoração

natalina.

Além de uma extensa programação

de espetáculos, o

Natal em Maringá é embalado

por uma infinidade de atrativos,

como túnel de luz, imensas

estruturas metálicas em

forma de presentes, árvore de

natal, trenzinho para passeios

e jardineira para tours e inacreditável

roda gigante com

32 metros de altura cravada na

frente na Catedral.

Como diz o secretário de

Cultura, Miguel Fernando,

um dos coordenadores do projeto,

“o Natal em Maringá é

encantado pelas pessoas que

usufruem da decoração e de

um ambiente festivo, coerente

com um período de alegria

e confraternização”.

É o sentimento que permeia

os visitantes, como a

bancária Roseli Duarte, que,

acompanhado dos filhos, Elenice

e Marcos, ensaia fotos no

túnel de luz.

“É muito bonito. Não temo

como guardar uma recordação”,

diz, traindo contida

emoção.

O roteiro do passeio inclui

uma volta na roda gigante, em

torno da qual, centenas de pessoas

se aglomeram. Fila?

“Quanto a gente sai para

se divertir, todo esforço vale

a pena”, resume, caprichando

nas fotos para eternizar o

momento inesquecível.

Outro grande atrativo da

“Maringá Encantada”, que se

propaga também pelos distritos

de Iguatemi e Floriano,

onde Papai Noel já esteve e

foi recepcionado com banda e

show pirotécnico, são as Paradas

de Natal, com sete carros

alegóricos.

Até 21 de dezembro, às segundas,

quartas e sextas, desfile

no entorno da catedral (via

interna) os carros desfilam, cada

um caracterizado com um tema:

amor, fé, esperança, alegria

afeto e paixão - o sétimo, com

Papai Noel a bordo, traduz o espírito

natalino expresso em sua

maior referência.

“Com certeza é um espetáculo

inesquecível, um momento

único de celebração”,

afirma Miguel Fernando. A parada

já esteve presente no Natal

de 2017, mas este ano o visual

está ainda mais caprichado.

O clima de festa se acentua

com a abertura do comércio

à noite.

A expectativa é de um aumento

no número de pessoas

circulando pelas áreas onde

se concentram a decoração

natalina, o que inclui a Praça

da Catedral, Praça da Prefeitura

e Praça Napoleão Moreira

da Silva, onde está a estação

do trenzinho.

Para garantir a tranquilidade

das pessoas, um forte esquema

de segurança foi montado

pela Guarda Municipal e

Polícia Militar, além do apoio

de agentes privados.

“Nossa estratégia é proporcionar

às pessoas um ambiente

tranquilo e a sensação

efetiva de segurança, para

Jornal Comunitário Metropolitano de Maringá • 5

que todos se divirtam dentro

da mais absoluta normalidade”,

afirma o secretário municipal

de Segurança, coronel

Antonio dos Anjos Padilha.

“Os investimentos na decoração

natalina consolidam

projeto que posiciona Maringá

entre as cidades que fazem

do Natal uma referência importante

para valorizar a economia

e a geração de emprego,

sempre tendo em perspectiva

a celebração da alegria e

da confraternização”, afirma

o prefeito Ulisses Maia.

Fotos: da Redação

O projeto “Maringá Encantada”

segue com atrações

até 6 de janeiro, recepcionando

o ano novo com uma grande

queima de fogos, que também

vão se reproduzir nos distritos

de Iguatemi e Floriano.

“Os maringaenses merecem

e vamos continuar a investir

de forma a sempre ter

um Natal inesquecível, principalmente

de paz e esperança”,

acrescenta o prefeito.◆

SAIBA MAIS

Programação completa:

maringaencatada.com.br

More magazines by this user
Similar magazines