GAZETA DIARIO 759

gazetadiario

Destaque

Confira nesta

edição o

Suplemento Especial

de fim de ano

Página E1 a E48

Marca histórica

Itaipu recebe o

milionésimo visitante

de 2018 com festa

Argentino casado com uma brasileira, Silvio Mentucci

e a família foram recepcionados, nessa sexta (21),

por diretores da Itaipu e do PTI Página 5

Foto: Adenésio Zanella/Itaipu

Foz do Iguaçu, de 22 a 26 de dezembro de 2018 — Ano 2 — Edição 759 — R$ 2,00

Novas pontes irão fortalecer o

processo de integração regional

Presidentes do Brasil e do Paraguai autorizaram construção de duas

pontes, uma entre Foz e Porto Franco e outra no Mato Grosso

Reconhecimento

Médico Pedro Peres de

Lavra Pinto é o mais novo

Cidadão Honorário de Foz

Honraria foi concedida pela vereadora

Rosane, em reconhecimento aos 48 anos

de exercício da medicina em prol da

população Página E46

Política

Ratinho Jr. escolhe mais

um representante de Foz

para o governo do Paraná

Foto: Nilton Rolin/Itaipu

Dia histórico

A construção de duas pontes ligando o Brasil e o Paraguai vai fortalecer o processo

de integração regional, melhorar a infraestrutura para o escoamento da produção agrícola

e industrial, intensificar o comércio exterior e contribuir para o combate ao crime organizado.

A afirmação foi feita pelo presidente Michel Temer, que assinou, nessa sexta-feira (21), ao

lado do presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, uma declaração presidencial conjunta

autorizando as obras com recursos da Itaipu Binacional. Página 3

Geração de empregos

Além do empresário Phelipe Mansur, foi

confirmado Daniel Vilas Bôas Rocha como

chefe de Gabinete Página 4

Mudança

Paulo Sérgio Bini

assume comando da

Alfândega da RF em Foz

Caged mostra que a economia de

Foz está em franco crescimento

Em novembro, a cidade registrou saldo positivo de 548 empregos formais e ficou à frente de municípios como Cascavel e Londrina

Página 9

Ele substitui o também auditor fiscal Rafael

Dolzan, que esteve no comando do órgão por

oito anos Página 8


Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.

02 Opinião Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Índice

Página 1 até 40

EDITORIAL E COLUNA 2

CIDADE 3

GERAL 4

CIDADE 5

BICO DO CORVO 6

CIDADE 7

CAMPANA/CIDADE 8

CIDADE 9

CIDADE 10

GERAL 11

CIDADE 12

GERAL 13

PANORAMA HOME CENTER 14

NACIONAL 15

EDITAL 16

COTIDIANO 17 A 25

IMOBILIÁRIO 26 A 35

CLASSIFICADOS 36

POLÍCIA 37

ESPORTE 38 E 39

CELLSHOP 40

Fone Provisório: (45) 3028-2700

Editorial

Depois de 53 anos, outra ponte

Está assinado. Brasil e Paraguai vão construir duas pontes. Os presidentes Michel Temer e

Mario Abdo assinaram o acordo que autoriza a Itaipu bancar as duas novas estruturas entre

Brasil e Paraguai. "Depois de 53 anos, podemos anunciar a construção de não só uma, mas

duas pontes", celebrou Abdo.

O presidente Temer destacou em seu discurso que as duas pontes nasceram na hora em

que, logo após ser eleito, Mario Abdo esteve no Brasil, o primeiro país visitado por ele. Para

Temer, as pontes nasceram ali. "Eu percebi, embora estivéssemos nos conhecendo naquele

momento, que estabeleceu-se entre nós uma empatia, uma simpatia extraordinária. Estabeleceu-se,

na verdade, uma ponte entre nós naquele momento", disse o brasileiro, logo na abertura

de seu discurso, e continuou: "E tendo se estabelecido uma ponte, o presidente Marito me

falou da ponte, e eu disse: ‘Já que temos ponte entre nós, vamos construir duas pontes entre o

Paraguai e o Brasil’".

Temer afirmou ainda que o ato que aconteceu na Itaipu ontem "entrará para a história do

Brasil e para a história do Paraguai". Segundo o presidente brasileiro, os dois países são fraternos.

"Nós já nos fraternizamos muito, os brasileiros e os paraguaios, até pela troca de produção, pela

troca até de brasileiros e paraguaios, ora alguns no Brasil, ora brasileiros no Paraguai", lembrou.

Em seu discurso, o presidente paraguaio concordou: "Hoje é um dia de festa para ambos os

povos, um dia de celebração. Me sinto emocionado e comprometido por esta façanha histórica

que me cabe viver como presidente da República do Paraguai".

Depois de esperar mais de meio século por uma segunda ponte entre os dois países, 21 de

dezembro de 2018 entra na lista das grandes datas paraguaio-brasileiras à altura daquelas que

levaram à construção da Ponte da Amizade e da própria Itaipu Binacional.

Eu leio o Gazeta Diário

Foto: Agenário L. dos Santos

O professor de

Educação

Física Mateus

Felipe Benitez

é leitor do

Gazeta Diário

extrapau

pauta

Governadora

sanciona lei

que institui

Teste do

Bracinho na

rede pública

As crianças a partir de

3 anos atendidas na rede

pública de saúde do Paraná

terão a pressão arterial

aferida durante a consulta

médica. A medida foi regulamentada

por meio de lei

estadual sancionada pela

governadora Cida Borghetti

nessa quinta-feira (20). O

objetivo é rastrear, diagnosticar

e prevenir a ocorrência

da hipertensão arterial

infantil, doenças cardíacas,

doenças renais e na

retina nas crianças.

"O cuidado com as nossas

crianças deve ser prioridade.

A instituição do

Teste do Bracinho vai garantir

o diagnóstico e o encaminhamento

para tratamento

adequado, uma forma

de prevenir a evolução

de doenças e assegurar a

saúde de nossas crianças",

disse a governadora

De acordo com a lei, o

chamado Teste do Bracinho

passa ser prática instituída

nas consultas de

puericultura feitas dentro

da rede de saúde pública,

devendo ser realizado por

médicos ou enfermeiros

devidamente registrados

em sua respectiva entidade

de classe. Ao ser verificada

alguma alteração, a

criança será encaminhada

para atendimento especializado

para realizar exames

complementares. O

procedimento de aferição

será feito usando os equipamentos

e profissionais já

existentes dentro do SUS.

A lei de autoria dos deputados

estaduais Pedro

Lupion e Ney Leprevost prevê

ainda a promoção, por

parte do Poder Executivo, de

campanhas de conscientização

sobre os problemas decorrentes

da hipertensão,

em conjunto com as demais

campanhas informativas

relativas à saúde da criança.

A lei entra em vigor a

partir de sua publicação no

Diário Oficial.


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Cidade

03

EVENTO HISTÓRICO

Novas pontes entre Brasil e Paraguai

vão fortalecer a integração, diz Temer

Presidente assinou, nessa sexta (21), declaração conjunta com o colega Mario Abdo autorizando as obras com recursos de Itaipu

Da redação com DI Itaipu

Reportagem

Fotos: Nilton Rolin e Kiko Sierich

Marito e Temer assinaram acordo para a construção de duas

pontes ligando o Brasil e o Paraguai

A construção de duas

pontes ligando o Brasil

e o Paraguai vai fortalecer

o processo de integração

regional, melhorar a

infraestrutura para o escoamento

da produção

agrícola e industrial, intensificar

o comércio exterior

e contribuir para o

combate ao crime organizado.

A afirmação foi

feita pelo presidente Michel

Temer, que assinou,

nessa sexta-feira (21),

ao lado do presidente paraguaio,

Mario Abdo Benítez,

uma declaração

presidencial conjunta

autorizando as obras

com recursos da Itaipu

Binacional.

"Eu tenho certeza de

que as novas pontes terão

um enorme impacto no

nosso comércio e vão facilitar

o escoamento da

produção do Brasil para o

Paraguai e, de igual maneira,

do Paraguai para o

Brasil", disse o presidente,

que destacou ainda a

participação de Itaipu

para viabilizar as obras.

"Eu devo dizer que

este gesto que estamos

praticando aqui não seria

possível sem a participação

de Itaipu", salientou.

"Estamos unidos

mais do que por uma extensa

fronteira. Estamos

unidos por vínculos humanos

sólidos, por um

rico intercâmbio econômico

que vai aumentar

muito mais."

Ainda de acordo com

Temer, a cooperação entre

o Brasil e o Paraguai

vai além do comércio e

da produção de energia,

incluindo também as "várias

ações no combate ao

crime organizado, que é

uma coisa importante na

fronteira entre o Brasil e

os países vizinhos".

Mario Abdo observou

que, com exceção da fronteira

seca, uma única

ponte liga os dois países

atualmente, a Ponte Internacional

da Amizade,

que hoje está com capacidade

no limite. Por dia,

passam pela estrutura,

inaugurada em 1965,

aproximadamente 1.600

caminhões. "Nosso úni-

co caminho é a integração,

para podermos desenvolver

a nossa produção

e conseguirmos ser

competitivos na região e

no mundo", afirmou.

Para o diretor-geral

brasileiro de Itaipu, Marcos

Stamm, trata-se de

obras estruturantes que

vão beneficiar não apenas

a região, mas os dois países

e todo o continente.

"Vai facilitar o comércio

e a segurança na região

de fronteira", reforçou.

Licitação

A ponte que vai ligar

Foz a Presidente Franco

já foi licitada, e a obra

contratada pelo Departamento

Nacional de

Infraestrutura de Transportes

(DNIT), em

2014, mas o projeto não

teve continuidade. Agora,

será retomado com recursos

de Itaipu.

A obra tem custo previsto

de R$ 302,5 milhões

(considerando obras da

estrutura e desapropriações),

além de R$ 104

milhões para a construção

de uma perimetral no

lado brasileiro.

A ponte será do tipo

estaiada, com duas torres

de sustentação de 120

metros de altura. O projeto

prevê pista simples,

com 3m70 de largura, com

acostamento de três metros

e calçada de 1m70. A

extensão é de 760 metros,

com vão livre de 470 metros.

A estimativa é que

as obras sejam concluídas

em até três anos.

"Fortalecendo os laços de

amizade entre dois povos"

O deputado federal eleito Vermelho participou da

solenidade junto com Fernando Giacobo, Rodrigo

Maia e outros deputados. Vermelho disse que

essas obras "fortalecerão ainda mais os laços de

amizade com os irmãos paraguaios".

Para ele, "Temer e Marito deram um passo

importante e decisivo, assinando esse acordo que

vem ao encontro dos anseios da população da

Tríplice Fronteira, que há décadas aguarda por

essa obra".

Ainda segundo o deputado, "é um passo muito

importante não apenas para Foz do Iguaçu, mas

para o Paraná e também para o Brasil, porque a

nossa cidade é internacional, é o portal que recebe

turistas do mundo inteiro".

E acrescentou: "Fiquei muito feliz em participar

dessa solenidade. Conversamos com o presidente

da Câmara, Rodrigo Maia, e temos certeza que não

haverá retrocesso, porque o futuro presidente, Jair

Bolsonaro, já sinalizou positivamente com a

continuidade das obras. Dessa forma, Itaipu

resgata parte da dívida social que tem com Foz do

Iguaçu", finalizou Vermelho.

Vermelho com o presidente da Câmara, Rodrigo

Maia, após a assinatura do convênio

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


04 Geral Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.

Chico de Alencar

chicoalencarfoz@hotmail.com

Presentaço de Natal

O pioneiro iguaçuense Sergio Lobato Machado comemorou junto

comigo o presentaço de Natal, que ganhamos neste ano. O presente: a

confirmação da construção da segunda ponte com o Paraguai, luta em

que eu o acompanhei desde o ano de 1996 com dezenas de viagens

para Curitiba, São Paulo, Brasília e Assunção. Diz o Sergião: "Se

Deus quiser, quero atravessar a pé esta ponte e quanto antes possível".

Se Deus quiser, estarei junto com você, amigo!

Bola cheia

Nossos cumprimentos a toda a equipe, técnicos e diretoria do nosso

Foz Cataratas, pelo Campeonato Paranaense de Futsal. Ficamos todos

os iguaçuenses de peito estufado.

Duplo recorde

No ano em que a nossa Itaipu bateu recorde na produção de energia,

bateu recorde também na visitação turística. Duplo tintim.

Boa notícia

Boa não, ótima: o funcionamento da nossa prainha de Três Lagoas.

Ulalah!

Prêmio Nobel

O Prêmio Nobel da Justiça deste ano vai para o ministro do STF

Marco Aurélio Mello, que pretendeu a soltura dos milhares de presos

mesmo com a condenação em segunda instância. Entre eles, é claro, o

ex-presidente Lula. Felizmente o presidente do STF, Dias Tofolli,

"cassou" a tentativa do seu colega.

Adote uma Praça

Boa iniciativa da nossa prefeitura, que lançou, na última quarta-feira, o

programa Adote uma Praça, com o objetivo de promover a

urbanização, reforma, manutenção e conservação dos espaços

públicos. A apresentação do programa aconteceu na sede do Conselho

Municipal de Turismo (Comtur), para representantes do trade turístico.

Segundo informações da prefeitura, 43 praças e parques, dez canteiros

e a rotatória da Avenida Costa e Silva, esquina com a Jules Rimet,

estão na relação apresentada. Uma nova apresentação para

empresários deve acontecer em fevereiro.

Mansur no governo

Embora não eleito a deputado estadual, o empresário iguaçuense

Phelipe Mansur vai representar nossa cidade no governo de Ratinho

Junior. Uma boa notícia para nossa comunidade.

Monstrengo abandonado

Parece que finalmente teremos um destino digno para o nosso "elefante

branco" Centro de Convenções, com o edital para concessão dele.

Vamos rezar para que apareçam interessados.

Tintim, Dr. Fuchs!

A comunidade iguaçuense comemora com orgulho a indicação do Dr.

Mozart Person Fuchs para chefia da nossa Delegacia da Polícia

Federal. Um iguaçuense nato a serviço da sua e nossa cidade.

Papo de boteco

Na roda de papo no Bar do Juca, surge a pergunta: "Qual o pior e mais

chato programa da Rede Globo"? Resposta unânime: o Mais Você, da

Ana Maria Braga, que só continua em exibição graças ao Louro José.

Parque Nacional

De hoje até o dia 27 de janeiro, o Parque Nacional abre das 8h às 17h.

POLÍTICA

Foz terá dois representantes no

futuro governo de Ratinho Junior

Cidade contará com cinco representantes nas esferas políticas:

dois no Executivo e três no Legislativo estadual e federal

Ronildo Pimentel

Reportagem

O alto escalão do futuro

governo Ratinho

Junior, que começará em

1º de janeiro de 2019,

terá a participação de

pelo menos dois representantes

de Foz do Iguaçu.

Além do empresário Phelipe

Mansur, que será

superintendente de Governança

da Casa Civil,

o governador eleito confirmou,

na quinta-feira

(20), o nome de Daniel

Vilas Bôas Rocha como

seu chefe de Gabinete.

Até o final deste ano,

a Chefia de Gabinete

mantém o status de secretaria.

Com a redução do

número de pastas, Ratinho

Junior terá 15 secretarias

— 13 a menos que

as 28 atuais. Assim, a

pasta a ser ocupada pelo

iguaçuense passará a ser

uma assessoria de Gabinete

do futuro governador.

Daniel Vilas Bôas

Rocha é bacharel em Teologia

pela Universidade

Metodista de São Paulo

e pós-graduando em Direito

Público com ênfase

em Administração

Pública pelo Instituto

Damásio. Ele participou

da primeira campanha

de Ratinho Junior para

deputado estadual e foi

escolhido por "ter como

principal característica a

diplomacia e a capacidade

de articulação", afirmou

o governador eleito.

O futuro chefe de Gabinete

vai atuar em Curitiba,

ao lado da sala de

Ratinho Junior, no terceiro

andar do Palácio Iguaçu.

Ele é pastor e teólogo

da Associação da Igreja

Metodista em Foz do

Iguaçu e traz em seu currículo

uma extensa lista

de atividades focadas em

trabalhos de ação social

em vários países.

A relação de países

onde Daniel Rocha já

atuou inclui trabalhos no

Reino Unido, em Manchester

e Guersney; Paris,

na França; Cidade do Panamá;

Nyahururu, no

Quênia; Zurique e Solothurn,

na Suíça; além de

Havana, em Cuba; e Dubai,

nos Emirados Árabes.

Daniel Vilas Bôas Rocha será chefe de

Gabinete do governador Ratinho Junior

Representação

Junto com o pastor e

teólogo da Igreja Metodista,

o empresário Phelipe

Mansur vai representar

Foz do Iguaçu no futuro

governo, como antecipou

o Gazeta Diário em

sua edição de sexta-feira

(21). Mansur já disputou

a prefeitura e concorreu

a uma cadeira na Assembleia

Legislativa nas eleições

deste ano.

Na Superintendência

de Governança, o empresário

iguaçuense terá

como missão coordenar

projetos estruturantes e

aproximar as ações do

Governo do Estado com

a sociedade civil organizada.

Mansur, que já ocupou

a Coordenação Regional

do Oeste dos Órgãos

Estaduais, vai integrar

a equipe da Casa

Civil, que terá como secretário

o deputado estadual

Guto Silva, além

do deputado estadual

Alexandre Guimarães

como subchefe e como

conselheiros o advogado

e deputado federal constituinte

Nilso Sguarezi

e o ex-secretário de estado

do Desenvolvimento

Urbano Renato Adur.

As nomeações de Daniel

e Phelipe garantem

a Foz do Iguaçu cinco lideranças

nas diferentes

esferas políticas. Nas

eleições de outubro passado,

os votos da cidade

foram fundamentais para

a eleição do Soldado Fruet

deputado estadual e

garantir a eleição dos deputados

federais Vermelho

e Giacobo.


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

UM MILHÃO

Milionésimo visitante é recebido

com festa na Itaipu Binacional

Cidade

05

Foto: Adenésio Zanella

Um milhão de visitantes é um recorde para a binacional;

é a primeira vez, em 41 anos, que Itaipu supera essa marca no turismo

DI Itaipu

Reportagem

Argentino casado

com uma brasileira, o

milionésimo visitante

do Complexo Turístico

Itaipu em 2018, Silvio

Mentucci, é um retrato

perfeito da binacionalidade

que simboliza a

usina brasileiro-paraguaia.

Ele e a família

foram recepcionados

com festa, às 10h35 dessa

sexta-feira (21), por

diretores da Itaipu e do

Parque Tecnológico Itaipu,

responsável pela

gestão do turismo na

usina.

Ao lado da mulher,

Daniela de Oliveira, e do

filho Leandro Mentucci,

o empresário Silvio, radicado

em Jundiaí (SP),

contou que fez uma visita

à Itaipu há pouco tempo,

mas o filho, Leandro,

estudante de Engenharia,

ficou curioso para

visitar a parte interna

da usina. "Não esperávamos

uma recepção tão

especial. Jamais esqueceremos",

disse Silvio.

Um milhão de visitantes

é um recorde para

a usina. É a primeira

vez, em 41 anos, que

Itaipu supera essa marca

no turismo. Durante

a cerimônia comemorativa,

o diretor-geral da Itaipu,

Marcos Stamm, disse

que a empresa vivia

mais um momento histórico,

consolidando-se

como promotora de desenvolvimento

regional e

geradora de riquezas.

Segundo o diretor,

o turismo de Itaipu tem

metas audaciosas para

os próximos cinco

anos. "Em 2023, queremos

que dois milhões de

pessoas cruzem a Barreira

de Controle da

Itaipu", revelou. Para

atingir a meta dos dois

milhões, o diretor do

PTI, Jorge Callado,

anunciou que, em breve,

o Laboratório de

Turismo apresentará

novas atrações. As últimas

foram: Itaipu

Kids, Itaipu Tecnologia

e as Iluminações Temáticas

da Barragem.

A solenidade contou

também com as presenças

dos diretores Newton Kaminski

(Coordenação),

Cezar Ziliotto (Jurídico),

João Pereira (Administrativo)

e Mario Antonio Cecato

(Financeiro Executivo).

O secretário de Turismo

de Foz do Iguaçu, Gilmar

Piolla, também participou

do evento.

Tradição

Após a recepção festiva,

a família Mentucci

seguiu de veículo elétrico

para a Visita Especial,

para realizar o

sonho de Leandro e conhecer

o interior da

maior geradora de energia

elétrica do planeta.

Em seguida, almoçaram

no restaurante do Porto

Kattamaram. Para registrar

a data, os Mentuccis

ainda receberam uma

lembrança do projeto

Ñandeva.

De acordo com a superintendente

de Comunicação

Social da Itaipu,

Patrícia Iunovich, "o

fato de o milionésimo

visitante ser da Argentina

confirma uma tradição

na usina. Depois dos

brasileiros, os argentinos

são os que mais visitam

a hidrelétrica", afirmou.

Turismo em Itaipu

A Itaipu abriu as

portas para visitação em

Ocasião foi comemorada por funcionários e

diretores da Itaipu Binacional

1977. Desde então, tem

sido o segundo atrativo

turístico mais procurado

da região. Perde apenas

para o Parque Nacional

do Iguaçu, que abriga o

maior conjunto de quedas

d'água do planeta.

No total, a usina recebeu

até hoje mais de 23

milhões de turistas. Hoje,

o Complexo Turístico

Itaipu conta com pelo

menos 13 opções de passeios.

Entre eles estão:

Visita Especial, Panorâmica,

Itaipu Kids, Itaipu

Tecnologia, Ecomuseu,

Refúgio Bela Vista e Iluminação

da Barragem.

Como Itaipu é uma

geradora de energia e não

visa a lucro com o turismo,

toda a receita líquida

arrecadada na venda

dos ingressos é investida

num fundo tecnológico e

convertida em ações de

educação, ciência e tecnologia.


Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.

06 Opinião Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Chegamos ao Natal!

Calma, o festejo natalino acontecerá

só na semana que vem, mas

o Corvo só voltará no dia 27. Aliás,

o jornal Gazeta Diário voltará a circular

no mesmo dia, afinal de contas

também somos filhos de Deus

e merecemos essa pequena folga.

O Corvo abre a coluna desejando

um feliz Natal para todos; que não

falte uma carne assada em cima da

mesa, um regalo para os filhotes,

uma cervejinha gelada ou uma taça

de vinho de garrafão, se for o caso.

O que vale é manter o espírito e

dar graças pela esperança contida,

pelo acreditar nos dias que virão,

pela alegria dos que amamos, desejando-lhes

saúde e fé!

Alô, alô políticos!

Este Corvo é paciente, complacente

com esse meio repleto de espécimes

do peito estufado, cujo

ego é bem maior que a reputação.

Contaremos nos dedos os políticos

conscientes e que de fato estão

bem preparados para o exercício

da coisa pública. Chega o final de

ano e se acham, pedem tudo durante

o ano todo e no fim não são

capazes de enviar uma saudação

natalina! Acreditam que são estrelas

de cinema, de novela, acima de

todos! Na verdade não são nada;

não passam de servidores vigiados

e com validade. Um aviso: no ano

que vem, muita coisa vai mudar. O

jornal agora possui um Conselho

Editorial exigente: a população.

Sem desespero

Avisos assim causam certo

desconforto, sabemos disso,

mas é a única linguagem

que conhecem, a começar

pelas "ratazanas" de plantão

que apenas sabem sugar e tirar

proveito em benefício

próprio. Isso há de acabar em

nossa política. É esta a mensagem

de Natal que devolvemos

a certas pessoas.

Revoltado

O Corvo não está revoltado,

apenas caiu na real. Foz

só caminhará quando houver

a troca de mentalidade no

setor público, por meio de

mentes mais arejadas e bem

situadas no campo da "realidade".

Muita gente ainda navega

na maionese, acreditando

que o cidadão é idiota. Finais

de ano são momentos

ideais para a prospecção de

certas mensagens. Tá dado o

recado.

Carreata

Foi bonito de ver a passagem

do elenco campeão

paranaense de futsal pelas

ruas da cidade. A cerimônia foi

bem simples e de certa forma

improvisada, mas bem recebida

pelos torcedores. Foi, na

realidade, um jeito de devolver

o carinho ao nosso querido

Foz Cataratas.

Michels

De fato, Michel Temer e Michel

Teló foram o centro de todas as atenções

fronteiriças. Não deu para ir ao

show do cantor, mas deu para ver o

intenso trânsito de food trucks nas

imediações do Gramadão. Havia

comida para todos os gostos, das

gourmets às vegetarianas. Foz, no

Gramadão, é sempre uma festa.

Concorrido

Se alguém pensa que foi moleza

apertar a mão do outro Michel, o

Temer, engana-se. Apesar da baixa

popularidade, a fila de bênção era

enorme na Itaipu. Muito mais concorrido

que o Temer era o Mario

Abdo. O presidente paraguaio anda

mais querido que astro de guarânia.

Muvuca

O trânsito em Foz estava um tanto

maluco em razão das comitivas

presidenciais. A Polícia Rodoviária

Federal fez ginástica, com chuva e

tudo mais.

Seu Phelipe

Pensa um "cabra" articulado?

Não faz muito tempo, Phelipe estava

no 45, agora subiu dez degraus e

foi para o 55. Bom, pelo visto ele ainda

continua tucano, mas será sim o

superintendente de Governança.

Ratinho trabalha a congregação

partidária pelo Paraná. Está unindo

esforços entre as siglas.

Gospel

Sarrinho especial do Corvo para

curtirem o feriado de Natal: o vereador

Marcelinho Moura quer música

gospel na Fartal. O presidente da

Fundação Cultural, Juca Rodrigues,

para atender ao pedido, está tentando

encontrar um ritmo que agrade

não só ao vereador, que é chegado

num pagode; Marcelinho é um

pagodeiro gospel. É bem a cara dele

mesmo.

Primeiro incêndio

Dizem que a eleição da nova

mesa da Câmara tem um dedinho

de articulação do Tenente-Coronel

Jahnke. Só um bombeiro mesmo

para inventar um incêndio assim.

Tomara que consiga controlá-lo. O

resultado pelo menos foi favorável,

no campo da política, à prefeitura.

Pontinho para o Jahnke.

Fantástico

Contaram para o Corvo que a notícia da escolha

da nova mesa chegaria ao noticiário dominical

da Globo. Será? Nem tanto. O Corvo deu um

jeitinho de telefonar para um amigo que trabalha

a pauta no Rio de Janeiro. Até ontem não havia

nada.

Centro de Convenções

Quem será que se habilitará para cuidar do elefante

branco? Dizem que um grupo indiano está

de olho no empreendimento. Eles são ligados ao

grupo que passará a controlar o Hotel das Cataratas.

Bom, indiano é chegado em elefante, pelo

menos.

Réveillon!

A hotelaria está comemorando. Segundo

Neuso Rafagnin, do Sindhotéis, será uma das festas

mais concorridas da década. As lojas de fogos

de artifício estão felizes. De acordo com um empresário,

os estoques estão baixos. O sucesso do

réveillon em Foz se deve ao fato de as pessoas acreditarem

que tomar banho nas cataratas é algo

mágico.

Reflexão

Corvo, eu estava meio derrubado. Perdi o emprego

no dia 20 de dezembro. O patrão chamou

os funcionários, explicou as dificuldades e demitiu

a metade. Saí meio desnorteado, sem saber

como daria a notícia em casa, pois na véspera do

Natal não é algo muito bom de acontecer. Mas

veja, virando a esquina, deparei-me com uma cena

que jamais esquecerei: vi um homem rasgando

um saco de lixo de um restaurante e comendo as

sobras, como fosse um animal faminto. E a gente

acredita que as coisas estão feias... Deus me perdoe,

mas aquilo até ajudou a melhorar o meu estado

de espírito. Acho que você entende, não é

Corvo?

José Theodoro Pinheiro

O Corvo responde: prezado, este escriba entende

perfeitamente o que você quis expressar. Mas

devemos ter compaixão. Há sim muitas pessoas

fuçando o lixo para encontrar alimentos. É triste saber

que ficou sem o emprego num período assim,

mas não desista, tenha fé e persista, porque tudo vai

dar certo. Vamos vencer a crise e dar a volta na situação!

Um bom Natal!

Suplemento

O Gazeta Diário apresenta um suplemento

especial de final de ano. O jornal está bem

pesadinho, de um jeito que nem o Papai Noel consegue

carregar. É uma boa leitura de final de semana

prolongado, já que sabemos que muita gente

vai emendar. Bom Natal!


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

ADMINISTRAÇÃO

Cidade

07

Prefeitura estabelece critérios para o

serviço de poda de árvores no município

As empresas especializadas interessadas na prestação dos serviços de corte de

árvores deverão comprovar o preenchimento de uma série de requisitos

Da redação

Reportagem

Os munícipes interessados

em executar os serviços

de corte de árvores

existentes nos passeios e

logradouros, nos limites

de sua propriedade, poderão

contratar empresa especializada

para a execução

do trabalho após liberação

de laudo técnico pela

Secretaria Municipal de

Meio Ambiente. A possibilidade

foi regulamentada

por meio de decreto

publicado, na tarde de

quinta-feira (20), no Diário

Oficial do Município.

"A Administração Pública

Municipal disporá

do prazo de 60 dias, contados

da data do protocolo

do requerimento do pedido

de execução dos serviços

de corte, no órgão

municipal competente,

para vistoria, emissão de

laudo técnico e despacho

pela Secretaria Municipal

de Meio Ambiente", consta

no documento.

Se os serviços de supressão

de árvores forem

realizados pelo município,

terão prioridade na

execução os casos em que

o fator risco à vida e/ou

ao patrimônio sejam

constatados, seguindo a

execução dos demais pedidos

de corte, por ordem

Novo decreto determina que, havendo remoção de

árvore do passeio público, o replantio ou a

compensação será obrigatório

de solicitação, no prazo de

180 dias contados da

emissão da licença.

O prazo inicial previsto

poderá ser prorrogado

por igual período nas situações

em que não for

apresentada pelo proprietário

requerente a devida

compensação ambiental

em tempo hábil ou em

caso que impeça o atendimento

no prazo legal.

No artigo 2 do decreto,

a prefeitura estipula que, decorrido

o prazo previsto, o

interessado, proprietário do

imóvel, poderá aguardar a

realização do serviço pela

administração municipal ou

retirar a licença ambiental e

contratar, às suas expensas,

empresa especializada para

a execução do serviço de supressão

de árvores.

As empresas especializadas

interessadas na

prestação dos serviços de

corte de árvores deverão

comprovar o preenchimento

de uma série de

condições, entre elas: ter

sede administrativa ou

filial estabelecida no

município; dispor de

equipamentos adequados

para a execução dos

serviços; possuir profissionais

técnicos capacitados

para a execução

dos serviços; e obedecer

às normas técnicas de

segurança do trabalho,

sendo responsáveis por

qualquer eventualidade.

O decreto prevê ainda

que as empresas interessadas

em prestar os serviços

de supressão de árvores

serão credenciadas

pelo município por meio

de seleção que dar-se-á

mediante processo de chamamento

público, sem limitação

de concorrência.

"As empresas contratadas

pelos munícipes deverão

firmar termo de responsabilidade

civil com o município

de Foz do Iguaçu, por

quaisquer danos causados

durante a execução dos

serviços, assumindo, exclusiva

e integralmente, a

obrigação por indenizações

e reparos que se fizerem

necessários, para sanar todos

os vícios e defeitos decorrentes

do serviço prestado,

nos termos e condições

determinados pela legislação

em vigência."

Após a conclusão dos

serviços, a empresa fornecerá

nota fiscal da execução

do serviço ao munícipe,

que a encaminhará à

administração municipal

para o encerramento e arquivamento

do processo.

A empresa contratada

pelo munícipe para executar

os serviços deverá encaminhar

mensalmente à

Secretaria Municipal de

Meio Ambiente relação de

todas as supressões de

árvores executadas, bem

como comprovar a destinação

adequada dada a

todos os resíduos vegetais.

A destinação dos resíduos

vegetais oriundos

do corte de árvores será

definida pela Secretaria

Municipal de Meio Ambiente,

no processo de licen-

ciamento, e constará em

contrato firmado entre a

empresa e o requerente.

Quando os serviços de supressão

de árvores forem

realizados pelo município,

a destinação dos resíduos

vegetais decorrentes

será definida a critério que

melhor atenda ao interesse

público.

Havendo remoção de

árvore do passeio público,

o replantio ou a compensação

será obrigatório,

e a espécie da árvore

a ser plantada ou compensada

será indicada

pela Secretaria Municipal

de Meio Ambiente,

conforme legislação vigente.


08 Cidade Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

MUDANÇA

Alfândega da Receita Federal em

Foz do Iguaçu tem novo delegado

Paulo Bini assumiu o comando da unidade, substituindo o auditor fiscal Rafael Dolzan, que esteve à frente do órgão por oito anos

Da redação com assessoria

Reportagem

O auditor fiscal Paulo

Sérgio Bini é o novo

delegado da Alfândega da

Receita Federal em Foz

do Iguaçu. Ele tomou

posse, na manhã de sexta-feira

(21), durante

uma cerimônia realizada

na sede da RF, na Avenida

Paraná, que contou

com a presença do superintendente

da 9ª Região

Fiscal, auditor fiscal

Luiz Bernardi, do prefeito

Chico Brasileiro e de

diversas outras autoridades

do estado e da região.

Bini substituiu o também

auditor fiscal Rafael

Rodrigues Dolzan, que

esteve à frente da alfândega

nos últimos oito

anos. Em seu pronunciamento,

ele reconheceu a

colaboração de todas as

instituições parceiras da

Receita Federal e ressaltou

a importância do trabalho

desenvolvido na

cidade, citando como

exemplo os balanços de

apreensões de mercadorias

nos últimos 15 anos,

que alcançam a marca de

US$ 1,4 bilhão.

Na oportunidade,

Dolzan também agradeceu

aos colegas servidores

e terceirizados da alfândega

de Foz e desejou

boa sorte ao novo delegado,

ressaltando que o servidor

é experiente e conhece

bem a realidade da

região. Finalizou dizendo

que tem certeza de que o

novo delegado realizará

Rafael Dolzan entregou o comando da ARF/Foz a

Paulo Bini em solenidade na manhã de sexta-feira

um excelente trabalho.

Durante a solenidade

de troca de comando, o

prefeito Chico Brasileiro

e o presidente da Câmara

Municipal de Vereadores,

Rogério Quadros,

agradeceram os serviços

prestados pela Receita

Federal na região e elogiaram

o trabalho realizado

pelo ex-delegado. Ambos

deram boas-vindas ao

novo chefe, Paulo Bini, e

manifestaram a importância

da continuidade

dos trabalhos que são desenvolvidos

na fronteira.

Por sua vez, o novo

delegado agradeceu pela

receptividade dos presentes

e frisou que trabalhará

para que as atividades

desenvolvidas pela RF

sigam o mesmo ritmo.

Afirmou ainda que as

portas da unidade estarão

sempre abertas às instituições

parceiras.

Ao fim da cerimônia,

o superintendente da Receita,

Luiz Bernardi, entregou

uma Portaria de

Cerimônia contou com a presença de

autoridades de Foz e região

Elogio ao ex-delegado Rafael

Dolzan, que constará

em seus assentamentos

funcionais. Em um

breve discurso, ele apontou

como uma das grandes

contribuições do servidor

a crescente evolução

da integração entre

as forças de segurança

pública atuantes na região

da Tríplice Fronteira,

com a finalidade de

enfrentar os delitos

transfronteiriços.

Currículo resumido

de Paulo Bini

Graduado em Administração

pela Universidade

Federal do Paraná

(UFPR) e pós-graduado

em Administração Pública

pela Unicesumar, Pau-

lo Sérgio Cordeiro Bini

tomou posse como auditor

fiscal da Receita Federal

do Brasil em 29 de

junho de 2006.

Iniciou sua carreira

na unidade de Foz do

Iguaçu, onde exerceu a

chefia da Equipe de Repressão

ao Contrabando

e Descaminho de janeiro

a maio de 2007. Posteriormente

ocupou a chefia

da Ponte Internacional

da Amizade até novembro

de 2008.

Bini foi ainda inspetor-chefe

na cidade de

Guaíra (PR), de novembro

de 2008 a maio de

2011, e delegado da unidade

da Receita Federal

de Cascavel, de maio de

2011 a novembro de 2018.

Em cerimônia, padre Jean Bosco pede

proteção para o Gazeta Diário

O padre Jean Bosco, da

Paróquia São João Batista,

esteve na sede do Gazeta

Diário ontem (21)

para dirigir uma cerimônia

de benzimento das instalações

do jornal. Durante

a curta cerimônia, o religioso

abençoou e pediu

proteção para a equipe,

para as instalações e para

o trabalho de informação

realizado no local. "Pedimos

a proteção contra todos

os males, o que inclui

incêndio, ladrão, acidentes

e que 2019 traga paz e

prosperidade para todos",

disse.

O padre Jean Bosco é

parte da Congregação do

Verbo Divino, fundadora

da Paróquia São João Batista.

Natural do Congo,

Fotos: divulgação

Parte da equipe do jornal com o padre Jean Bosco

após a bênção das instalações

África, o padre está em Foz

do Iguaçu há quase dois

anos. Antes de Foz, ele

passou por Guarapuava e

São José dos Pinhais, na

região metropolitana de

Curitiba. A cerimônia foi

uma sugestão do coordenador

do Movimento Terço

dos Homens, da Paróquia

São João Batista, Sergio

Caimi. Logo após o encerramento,

Caimi convidou

os homens interessados

em participar na reza do

terço que acontece às segundas-feiras

às 20h na

Igreja Matriz.


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

EMPREGOS EM ALTA

Cidade

Foz do Iguaçu é a quarta em

geração de empregos no Paraná

Em novembro, com saldo positivo de 548 empregos formais, a cidade está na frente de Cascavel e Londrina, por exemplo

AMN

Reportagem

Foz do Iguaçu termina

mais um mês com saldo

positivo na geração de

empregos formais em

2018. A cidade é a quarta

na abertura de vagas

com carteira assinada no

Paraná. É o que apontam

os dados da pesquisa

mensal do Caged (Cadastro

Geral de Empregados

e Desempregados), do

Ministério do Trabalho.

Em novembro, foram

contratadas 2.578 pessoas

e ocorreram 2.030 desligamentos,

resultando

num saldo positivo de 548

empregos. Com esse desempenho,

a cidade foi a

que mais contratou na

Região Oeste e Sudoeste.

A capital Curitiba lidera

na geração de emprego

em novembro com saldo

positivo de 2.287, em seguida

aparece Maringá (589)

e Ponta Grossa (566).

"Podemos afirmar, pelos

dados do Caged, que a economia

iguaçuense está em

franco crescimento, o que

demonstra a retomada da

confiança dos empresários

e novos investidores na cidade",

avaliou o prefeito

Chico Brasileiro.

Chico Brasileiro:

"Podemos afirmar, pelos

dados do Caged, que a

economia iguaçuense está

em franco crescimento"

"A expectativa é que

haja um boom na construção

civil com as obras

municipais e dos governos

estadual e federal no

próximo ano, além da instação

de novas empresas

no Distrito Industrial",

acrescentou Brasileiro.

Acumulado

Já no acumulado dos

últimos 12 meses, Foz do

Iguaçu teve um saldo

positivo de 2.624 empregos

com carteira assinada.

No período, foram

contratadas 28.281 mil

pessoas e ocorreram

25.657 desligamentos.

O município superou

outras grandes cidades

como Cascavel, Londrina

e Ponta Grossa. Curitiba

se mantém na primeira

posição com 13.758 postos

de trabalho gerados no

acumulado dos 12 meses.

São José dos Pinhais, polo

industrial do Paraná, vem

logo atrás com 3.410, e na

terceira posição aparece

Maringá, com saldo positivo

de 2.878 vagas.

"Fechar o ano na frente

de cidades maiores,

como Londrina, Ponta

Grossa e Cascavel, é uma

demonstração do potencial

de crescimento da economia

de Foz do Iguaçu.

Indica que a nossa agenda

de desenvolvimento

pode gerar resultados ainda

melhores nos próximos

anos. Estamos confiantes!",

ressaltou o secretário

de Turismo, Indústria,

Comércio e Projetos Estratégicos,

Gilmar Piolla.

Turismo

Em novembro, de

acordo com o Caged, o

setor de serviços, liderado

pelo turismo, foi responsável

por 59% do saldo

positivo de contratações,

com 325 postos de

trabalho. Os setores do

comércio, com saldo positivo

de 161 vagas, da

indústria, com 40, e da

construção civil, com 16,

vêm a seguir.

No acumulado de 12

meses, o setor de serviços

admitiu 15.245 trabalhadores

e desligou 13.444

profissionais, gerando

um saldo positivo de

1.801 vagas.

"O Caged mostra uma

evolução positiva do setor

de serviços, impulsionado

pelo turismo, que

responde por 70% dos

empregos gerados no acumulado

em 12 meses",

avaliou Piolla.

Em novembro, foram contratadas 2.578 pessoas e

ocorreram 2.030 desligamentos, resultando num

saldo positivo de 548 empregos

09

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


10 Cidade Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Idgar Dias Junior

Olá! Bom dia, leitor!

'Carpe diem!'

- Hoje, sábado, dia 22 de dezembro, é celebrado o 'Dia da

Consciência Ecológica': em 22 de dezembro de 1988 - há 30

anos, portanto - o líder dos seringueiros Chico Mendes foi

assassinado em Xapuri, apesar das denúncias e dos pedidos

de proteção por parte de entidades ambientalistas. Ele foi

assassinado no quintal de sua casa com um tiro de escopeta;

- Nesta data, em 2003, foi publicada no Brasil a lei no. 10.826,

mais conhecida como Estatuto do Desarmamento.

Pacto Global de Migração

Pelo Twitter, o futuro chanceler Ernesto Araújo avisou que o

Brasil deixará o Pacto Global de Migração a partir de 2019.

Araújo diz que a imigração 'é bem-vinda, mas não dever ser

indiscriminada. Tem de haver critérios para garantir a

segurança tanto dos migrantes quanto dos cidadãos no país

de destino'.

Ainda segundo o futuro ministro das Relações Exteriores, o

pacto é 'instrumento inadequado para lidar com o problema',

que não deve ser tratado como questão global, mas 'de

acordo com a realidade e soberania de cada país' (UOL).

Pacto Global de Migração (2)

Vamos combinar que todos os governos existentes no Brasil -

municipais, estaduais e federal - mal e porcamente

conseguem atender básica e elementarmente seus próprios

cidadãos. Araújo está certo!

Fala que eu te escuto

"O Brasil se encontra diante de um verdadeiro motim judicial,

com um claro viés político-partidário. Temos hoje dois

sistemas judiciais: um que existe para garantir os direitos - e

até para se omitir - diante de corruptos, corruptores e amigos

do poder, e outro que existe para negar os direitos de Lula,

atuando como verdadeiros carrascos do maior líder político e

popular do país".

Trecho de nota do Partido dos Trabalhadores em seu site.

Comentário: noves fora a fofura que é ler algo escrito por

dirigentes do PT a respeito de 'corruptos, corruptores e

amigos do poder', é engraçadíssimo vê-los atacando o Poder

Judiciário - que dia desses mandou soltar José Dirceu,

condenado a mais de 40 anos de prisão. À época da soltura

do 'guerreiro' que nunca lutou guerra alguma, não houve

nota alguma a denunciar o 'verdadeiro motim judicial', né?

Puxadinho

Pela segunda vez o juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª. Vara

Cível Federal de São Paulo concedeu liminar para suspensão

do acordo entre a Embraer e a Boeing. E pela segunda vez a

Advocacia Geral da União vai recorrer e, pela segunda vez, vai

derrubar a liminar.

Da primeira vez o nobre juiz atendeu pedido de deputados do

PT; agora de sindicatos de metalúrgicos. E enquanto isso a

caravana passa...

Contato: idgar_dias@hotmail.com

Veja A Gazeta na internet: www.gdia.com.br

Bom fim de semana, leitor! E Feliz Natal..!

Sorte e saúde sempre!

VEREADORES APROVARAM

Foz do Iguaçu resolve ampliar

incentivos para os investidores

Projetos aprovados na Câmara Municipal também

desburocratizam a instalação de empresas na cidade

Da assessoria CMFI

Reportagem

Na última sessão extraordinária

do ano, realizada

nessa quinta-feira (20), os

vereadores debateram e votaram

vários projetos. Entre

os assuntos, eles aprovaram

a contratação de empréstimo

com a Agência

Francesa de Desenvolvimento,

visando a financiamento

parcial do Programa

de Restauração de Corpos

Hídricos e Biodiversidade.

Com a reestruturação urbana

sustentável de Foz do

Iguaçu, será viabilizado o

Programa Reinventando

Foz. O plano foi apresentado

pelo prefeito e equipe

aos vereadores antes de o

projeto iniciar a tramitação

no Legislativo.

Os vereadores aprovaram

também o Projeto de

Lei Complementar 24/

2018, que trata da concessão

de incentivo fiscal para

empreendimentos no município

de Foz do Iguaçu para

fins de exploração das atividades

de parques aquáticos

e/ou termais e aquários

para visitação, relativamente

ao Imposto Sobre Serviços

de Qualquer Natureza

(ISSQN).

"Em um primeiro momento

há uma redução, mas

isso não afeta as metas fiscais

do município", disse Elizeu

Liberato (PR). O líder do

Executivo, Jeferson Brayner

Na última sessão, os vereadores conseguiram zerar a pauta após trabalho em

esforço concentrado nas comissões e da equipe técnica da Câmara

(PRB), afirmou: "Vejo esse

projeto de tamanha importância

porque Foz tem os privilégios

da natureza que atrai

milhões de pessoas para nossa

cidade".

Conforme o projeto, o

incentivo fiscal de ISSQN

será de 2% para os primeiros

dez anos, a partir da outorga

da licença para localização

e funcionamento, e

alíquota de 5% a partir do

11º exercício de atividade

no município.

Para ter direito ao benefício

fiscal da lei, os empreendimentos

instalados

ou que forem instalar-se no

município devem empregar

no mínimo 75 pessoas até o

fim dos cinco primeiros

anos de atividade e no mínimo

cem pessoas até o décimo

exercício de atividade.

Para os estabelecimentos

que já atuam no município,

o benefício começará

a contar a partir da vigência

desta lei.

Mudanças na Lei de

Zoneamento

Uma alteração na Lei de

Zoneamento, PLC 23/

2018, foi aprovada em primeira

e segunda discussões

na sessão dessa sexta-feira.

Uma das principais alterações

do projeto é com relação

a se definir alguns parâmetros

por decreto municipal.

Com a vigência da nova

lei, qualquer alteração referente

à Classificação Nacional

de Atividades Econômicas

(CNAEs) das empresas

passará a ser via decreto

do Executivo, não passando

pela Câmara. O projeto

de lei complementar foi

aprovado com nove votos

favoráveis, duas ausências

(Rogério Quadros e Marcio

Rosa) e quatro votos contrários

(vereadores Elizeu

Liberato, Celino Fertrin,

Inês Weizemann e Adenildo

Kako).


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

ECONOMIA

Mercosul aprova possibilidade de

lojas francas em faixa de fronteira

Governo do Paraguai levou tema à cúpula no Uruguai

por pressão de comerciantes de Ciudad del Este

Ronildo Pimentel

Reportagem

Os países-membros do

Mercado Comum do Sul

(Mercosul) aprovaram, durante

a reunião de cúpula no

Uruguai nesta semana, uma

resolução que abre a possibilidade

de os Estados-partes

autorizarem lojas livres

de impostos nas faixas comuns

de fronteira. O tema

foi levado ao encontro pelo

governo do Paraguai ante a

pressão feita pelos comerciantes

de Ciudad del Este,

preocupados com as lojas

francas que serão abertas em

Foz do Iguaçu e outras 31

cidades do Brasil.

A intenção é unificar critérios

e dar oportunidades

similares aos países do bloco,

com a habilitação dos

chamados duty free shops,

destacou reportagem do Ultima

Hora. Em Ciudad del

Este, empresários e comerciantes

vêm insistindo com

o governo para que tome

medidas para garantir competitividade

nas vendas, frente

à abertura das chamadas

lojas francas em Foz do Iguaçu,

já autorizadas pela Receita

Federal e com uma legislação

municipal específica.

O Ministério da Fazenda

paraguaio confirmou,

durante a reunião da cúpula,

que existe uma "inquietude

generalizada" devido

às lojas que devem ser abertas

no lado brasileiro, nas

cidades gêmeas de fronteira

terrestre. A Resolução

GMC nº 64/2018, aprovada

no Uruguai, também permite

aos Estados-membros

regulamentar espaços similares

nas cidades de fronteira

terrestre.

A medida, segundo avaliação

do Ministério da Fazenda

do Paraguai, vai permitir

o desenvolvimento

igualitário destas regiões, a

partir do estabelecimento

de princípios comuns entre

os países, "a fim de evitar que

gerem efeitos distorcidos

nas economias". Precisa

agora, conforme o órgão,

que a medida permita "realizar

as reduções fiscais com

exonerações tributárias à

venda de produtos aos viajantes

(turistas), para venda

em quantidades que não

permitam sua utilização

com fins comerciais".

A intenção é que, com o

novo instrumento legal do

Mercosul, mantenha-se "um

controle recíproco entre os

Estados-partes e a possibilidade

de aplicar controles

particulares, de maneira a

precaver a economia e proporcionar

o desenvolvimento

das zonas fronteiriças

dos países que integram

o bloco", afirma o Ministério

da Fazenda paraguaio.

Avanço

A comerciante Natalia

Ramírez Chan, do Conselho

de Desenvolvimento de Ciudad

del Este (Codeleste),

disse acreditar que esta disposição

do Mercosul vai

pressionar e exigir do governo

as medidas necessárias

para manter a competitividade

na fronteira. Ela recordou

que tanto o governo

anterior como o atual mantêm

as mesmas propostas

para proteger os interesses

comerciais de Ciudad del

Este, "porém até agora não

nos fizeram caso".

Natalia Chan lamentou

que sempre as autoridades

dizem que vão ver e agilizar

essas regulamentações,

que acabam não acontecendo.

Enquanto isso, nos últimos

tempos, o comércio

fronteiriço, em que está

Ciudad del Este, viu o movimento

recuar, uma vez

que depende muito da economia

brasileira.

"Como comerciante e

parte do conselho, com esta

resolução que saiu do Mercosul,

vejo que teremos

Geral

Empresários e comerciantes de Ciudad del Este

querem garantir competitividade frente às lojas

francas de Foz do Iguaçu

11

mais força para exigir do

nosso governo que nos dê

atenção com o que propomos",

afirmou ela. "No caso

do controle, de fato já está

vigente um controle do que

se vende, a fim de que seja

apenas para uso pessoal",

enfatizou.

A comerciante também

indicou que, por exemplo,

se tem de ver a forma de

equilibrar as coisas, "já sabendo

que no Brasil se aplicarão

apenas 6% de impostos

sobre as mercadorias

das lojas francas". Natalia

Chan apontou que não espera

que se chegue baixar

os impostos ao mesmo nível

em Ciudad del Este, contudo

que exista alguma

compensação para manter

a competitividade.

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


12 Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Cidade

PROMOÇÃO

Mídia internacional

A presença dos presidentes Michel Temer (Brasil) e Mario Abdo

Benítez (Paraguai) garantiu mídia internacional a Foz do Iguaçu ontem

(21). Temer e Abdo Benítez se encontraram na usina de Itaipu para

assinar um acordo bilateral para a construção de duas pontes unindo os

países — uma entre Foz do Iguaçu (Brasil) e Presidente Franco

(Paraguai) e outra sobre o Rio Paraguai, no Mato Grosso do Sul. As

estruturas serão construídas com recursos da Itaipu. No início da

semana, a Advocacia-Geral da União (AGU) deu parecer favorável às

obras. A governadora Cida Borghetti, que acompanhou as articulações

desde o início, também participou do ato.

"Consciência tranquila"

Em conversa com jornalistas, Temer falou que deixa a Presidência da

República dia 31 com a consciência "absolutamente tranquila" por ter

produzido "muito" pelo Brasil. "Eu saio, como alguém disse aqui ou lá

enquanto conversávamos, com a consciência absolutamente tranquila,

calma, leve, com um sentimento de que produzimos muito pelos

nossos países", afirmou.

"Mágoa"

Na quinta (20), ao participar de cerimônia em Brasília com servidores

da presidência, Temer disse que leva uma "mágoa" do governo por ter

sofrido "ataques de natureza moral". Em dois anos e sete meses de

governo, foi denunciado três vezes pela PGR ao STF, tendo de

responder a partir de janeiro do ano que vem.

Agradecer pela atenção

O deputado Fernando Giacobo, primeiro-secretário da Câmara Federal,

prestigiou o ato entre os dois presidentes na tarde de ontem. À coluna,

afirmou que foi até a Itaipu, em Foz do Iguaçu, em reconhecimento a

Temer, que sempre atendeu a suas demandas. Em meio à solenidade,

o presidente identificou Giacobo, um dos poucos que ele fez questão de

cumprimentar.

Perimetral Leste

"O Temer me agradeceu o apoio que a bancada do PR sempre lhe deu no

Congresso e especialmente o meu empenho e disposição em ir atrás,

conversar com a Itaipu, para agilizar obras e ações para o bem da

população de Foz do Iguaçu e da região", comentou. O deputado destacou,

entre as ações, a viabilização de recursos para a Perimetral Leste, via que

vai tirar o tráfego de caminhões com cargas do centro da cidade.

Nova direção

O vereador Sabino Picolo (DEM) será o novo presidente da Câmara

de Curitiba, no biênio 2019-2020. Ele foi eleito ontem com 29 votos

favoráveis e oito abstenções. Os demais integrantes da nova mesa

são: Tito Zeglin (PDT): primeiro-vice-presidente; Walmir Aguiar (PSC),

segundo-vice-presidente; Colpani (PSB), primeiro-secretário; Professor

Euller (PSD), segundo-secretário; Noemia Rocha (MDB), terceirasecretária;

Maria Letícia, quarta-secretária; Mauro Ignácio (PSB),

corregedor; e Maria Manfron (PP), vice-corregedora.

Em Israel?

O vice-presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Pedro de

Camargo Neto, lamentou que o futuro chanceler Ernesto Araújo não

tenha incluído em sua sequência de tuítes publicados ontem a pauta da

transferência da Embaixada de Israel para Jerusalém. "Ele não

respondeu sobre a questão da embaixada em Jerusalém, que é o que

o setor quer saber", disse ele, segundo o BR18.

Em Israel? II

O mercado árabe, grande consumidor de açúcar e carne, ameaça retaliar

caso o Brasil de fato faça a mudança. Neto reconhece também que a

falta de acordos bilaterais impede um comércio maior, mas acredita que

eles não existam "mais por culpa do setor do que do Itamaraty".

Mais de política no www.cabezanews.com.

Panorama entrega

carros sorteados

Três Fiats Mobi foram sorteados na campanha de 25 anos

Da assessoria

Reportagem

Em comemoração aos

25 anos de fundação, a

Panorama Home Center

realizou o sorteio de três

carros modelo Fiat Mobi,

zero-quilômetro, no dia

19/12. Feito por meio da

Loteria Federal, ele contemplou

três moradores

de Foz do Iguaçu que efetuaram

suas compras na

rede.

A primeira sorteada

foi Marcela Fróes. Ela, o

esposo e os dois filhos

moram na cidade há aproximadamente

um ano. O

número da sorte de Marcela

foi resultado da compra

de uma porta na filial

da Panorama que fica

na Avenida Juscelino

Kubitschek. "Sempre fui

muito bem atendida aqui

na Panorama, e esse carro

com certeza foi um presente

de Deus. Estou

muito feliz."

O segundo contemplado

foi Carlos Thiago

Montey Amaral. Ele é pintor

e cliente da Panorama

há vários anos.

"Quando me ligaram,

achei até que era brincadeira,

pois não estava

esperando por essa premiação."

Três unidades de Fiat Mobi zero-quilômetro

foram sorteadas

O último sortudo ganhador

do Fiat Mobi foi

o morador do Jardim Porto

Belo, em Foz do Iguaçu,

Olmir Boita. Ele fez

suas compras na Panorama

e teve seu cadastro no

site da campanha feito

por sua filha. "Vou passar

um Natal muito melhor

depois dessa premiação."

Paulo Pulcinelli Filho,

sócio-proprietário da

Panorama Home Center,

reiterou sua satisfação

em poder premiar os clientes

em comemoração

aos 25 anos de história e

progresso da empresa.

"Esta campanha foi a

maior que a Panorama já

promoveu na história.

Por isso, a transparência

e legalidade de todos os

procedimentos foram priorizados,

para que cada

cliente estivesse seguro

da sua participação.

Além disso, ficamos muito

satisfeitos com o perfil

dos três ganhadores. A

Marcela, o Thiago e o

Olmir representam muito

bem o perfil dos clientes

da Rede Panorama;

gente que luta todos os

dias para realizar seus sonhos

e crescer."

Empresa sólida

A Panorama Home

Center conta hoje com

dez unidades. Em Foz do

Iguaçu, estão espalhadas

por todas as regiões da cidade.

A matriz administrativa

fica na Avenida

Juscelino Kubitschek,

3.312. Além dela, há lojas

nos bairros Vila A,

Vila Yolanda, Porto Meira,

Jardim Panorama,

Morumbi II e a Central

de Atendimento Panorama

que fica no centro de

distribuição da rede.

Além destas, há filiais

em Santa Terezinha de

Itaipu, Medianeira e Toledo.

Lotados nas dez filiais

estão mais de 700 colaboradores

diretamente

empregados.


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018 Geral 13

INTERNACIONAL

Interventora propõe formalizar denúncias

contra prefeita e servidores de Ciudad del Este

Trabalho deve durar mais 60 dias; denúncias confirmadas serão relatadas ao Executivo e encaminhadas ao MP

Ronildo Pimentel

Reportagem

A interventora da prefeitura

de Ciudad del Este,

a ex-juíza Carolina Llanes,

vem recebendo uma enxurrada

de denúncias contra

a prefeita afastada Sandra

McLeod de Zacarías e

servidores públicos municipais.

As supostas irregularidades

são comunicadas

por telefone ou mensagens

diretas via redes sociais.

Muitos casos, de acordo

com ela, são concretos,

mas para ter efeito legal

precisa ser feita de maneira

formal, com a identificação

do autor.

A intervenção nas contas

de Sandra McLeod atende

a um pedido da Câmara

de Vereadores aprovado em

outubro e confirmado em

novembro pela Câmara dos

Deputados. Indicada pelo

presidente Mario Abdo Benítez,

a ex-juíza iniciou os

trabalhos no dia 5 de dezembro,

quando foi recebida

por manifestantes contrários

e defensores da prefeita

e integrantes de sua família,

incluindo o senador

Javier Zacarías Irún.

"Eu tenho recebido diariamente

denúncias concretas

de feitos puníveis, que

se tem que denunciar de

maneira formal", reclamou

Carolina Llanes, em entrevista

ao diário La Clave.

"De nada serve uma conversa

por WhatsApp. Existem

leis sobre como formular a

denúncia", destacou a interventora.

Ela adiantou que terá

um prazo de 60 dias para

concluir os trabalhos e enviar

um informe ao Poder

Executivo. "Estou em uma

gestão administrativa. Eu

não sou fiscal nem juiz,

as denúncias devo remeter

ao Ministério Público",

ressaltou Llanes.

Dificuldades

A interventora de

Ciudad del Este revelou,

em entrevista à imprensa,

que está tendo uma

série de dificuldades. Ela

reclamou especificamente

da questão envolvendo

os servidores do

município, inclusive denúncia

contra eles. Não

existem dados precisos sobre

quantos são, onde estão

lotados, qual a carga horária

de cada um e o salário a

que têm direito.

De acordo com ela, no

momento está sendo realizada

a digitalização para

compor um banco de informações

do setor de Recursos

Humanos. Nas planilhas

são digitados dados

A ex-juíza Carolina Llanes tem 60

dias para concluir a auditoria na

prefeitura de Ciudad del Este

contendo os locais de atuação

e carga horária dos servidores.

Só assim, disse ela,

será possível fazer o cruzamento

com o que se tem

disponível hoje.

Carolina Llanes adiantou

que só ao final da intervenção

será possível conhecer

a quantidade de funcionários

e outros detalhes.

"Até esta data, a equipe de

Recursos Humanos está

procedendo a

carga do sistema,

de 583 servidores.

Esses

dados permanecerão

como

uma base", afirmou.

Conforme a

interventora,

além de investigar

os 15 pontos

que levaram

a Câmara

de Vereadores

a pedir a intervenção, ela é

obrigada a produzir um informe

sobre as irregularidades

e desmandos encontrados

durante o processo.

A ex-juíza acrescentou ainda

que dará recomendações

para melhorar a administração

e enfatizou que

os sistemas de controle são

arcaicos e que as regras da

gestão pública não são respeitadas.

Mais denúncias

Llanes informou que,

além das denúncias

informais, durante os

trabalhos encontrou

novos indícios de

irregularidades que

devem ser verificados.

Assim que for possível

confirmar estes novos

"elementos que estariam

estabelecendo novas

descobertas", ela e a

equipe "verificarão,

consolidarão e

informarão o público",

disse.

Na entrevista, ela

lembrou que, ao assumir

como interventora,

constatou que não havia

sequer recursos para o

pagamento de salários e

as gratificações dos

servidores. Llanes

assegurou que finalmente

conseguiu dinheiro, após

um forte lobby junto à

população e aos

empresários para

anteciparem o

pagamento dos impostos.

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


14 Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

ECONOMIA

Confiança do Consumidor atinge

maior nível em quatro anos, diz FGV

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, a alta foi determinada pela

melhora das avaliações dos consumidores sobre o momento presente

Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil

O Índice de Confiança

do Consumidor (ICC),

medido pela Fundação

Getúlio Vargas (FGV)

avançou 0,6 ponto de novembro

para dezembro deste

ano. Com a alta, o indicador

atingiu 93,8 pontos,

em uma escala de zero a

200 pontos. Esse é o maior

nível desde abril de 2014

(96 pontos). Nos últimos

três meses, o índice acumulou

alta de 11,7 pontos,

fechando o ano 5,7 pontos

acima do mesmo período

do ano anterior.

A alta foi determinada

pela melhora das avaliações

dos consumidores

sobre o momento presente.

O Índice de Situação

O Índice de Confiança do Consumidor atingiu 93,8

pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos

Atual subiu 2,4 pontos,

para 77 pontos, maior nível

desde maio deste ano

(77,2 pontos). A satisfação

com a situação atual

da economia foi o componente

que mais contribuiu

para a alta, com crescimento

de 2,8 pontos.

Já o Índice de Expectativas,

após atingir o máximo

histórico no mês anterior,

teve uma queda de 0,8

ponto, passando para

105,6 pontos. O principal

motivo para a queda foi o

recuo de 2,8 pontos no otimismo

em relação à situação

financeira da família

nos meses seguintes.

De acordo com a pesquisadora

da FGV Viviane

Seda Bittencourt, o ano

de 2018 foi difícil para os

consumidores, mas fecha

com uma sequência de resultados

positivos que sinalizam

uma recuperação

da confiança. Segundo

ela, o consumidor percebe

a queda da inflação, as

taxas de juros estáveis,

um acesso maior ao crédito

e uma maior oferta de

emprego.

Apesar disso, como o

endividamento das famílias

mantém-se elevado, as

expectativas tiveram uma

queda.

Nacional

15

Integração reduziu em

12,4% o número de

mortes violentas no país

O ministro de Segurança Pública, Raul

Jungmann, comemorou ontem (21) a queda de

12,4% no número de mortes violentas durante

os nove primeiros meses do ano em

comparação com o mesmo período do ano

passado. Segundo ele, houve redução em

quase todos os estados, exceto em Tocantins e

Roraima.

"Os números são motivo de extrema alegria e

representam uma tendência. Houve queda em

quase todos os estados e no Distrito Federal, à

exceção de Tocantins e de Roraima", afirmou o

ministro. "É o maior prêmio que podíamos ter",

afirmou Jungmann, alegando estar encerrando

seu trabalho à frente da pasta nos próximos

dias. "É a nossa última coletiva."

O ministro disse que os resultados são fruto de

um trabalho de integração entre órgãos do

governos federal e estaduais. "Isto se deve a

um trabalho cujo grande eixo é a integração. A

coordenação proporcionada pelo ministério, a

criação do Susp [Sistema Único de Segurança

Pública] e os esforços dos estados."

De acordo com o ministro, os dados levantados

pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e

pelo Núcleo de Estudos da Violência (NEV), da

Universidade de São Paulo (USP), a pedido

portal do G1, demonstram que o número de

homicídios caiu mês a mês durante os nove

primeiros meses de 2018.

De acordo com Jungmann, em 2017, foram

registradas 44 mil mortes violentas ebntre

janeiro e setembro. O total durante o ano

superou 63 mil. "Este ano, tivemos, no período,

aproximadamente, 39 mil ocorrências." (Alex

Rodrigues — repórter da Agência Brasil)

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


16 Edital

Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


MinC apoia internacionalização

das artes cênicas brasileiras

JR

Teatro nacional é

responsável por 28,9%

de toda a captação de

recursos via Lei Rouanet

Assessoria de Comunicação

Reportagem

Divulgação

Fotografia

O teatro, o circo e dança do Brasil querem ser

vistos fora do País. Para tanto, representantes de

companhias e festivais brasileiros se reuniram na

tarde da última segunda-feira (17) para debater a

internacionalização das artes cênicas brasileiras.

Mapeamento de festivais e oportunidades, planejamento

de ações conjuntas e coordenadas e capacitação

para os agentes do setor são algumas das

ações que o grupo traçou como estratégicas para

atingir o objetivo.

Os números do setor são positivos. De acordo

com apresentação do Núcleo de Festivais Internacionais

de Artes Cênicas do Brasil, o teatro nacional

tem crescido. O setor é responsável por 28,9% de

toda a captação de recursos via Lei Rouanet. Além

disso, o sucesso de algumas companhias no exterior, como a

Cia dos Atores e a Lume Teatro, de diretores como Marcio

Abreu e Christiane Jatahy, e até mesmo de nomes da dança,

como Lia Rodrigues e Marcelo Evelin, demonstram que

há apetite internacional pela produção brasileira.

Durante o encontro, o diretor de Assuntos Internacionais

do Ministério da Cultura (MinC), Adam Jayme Muniz,

explicou aos presentes as ações da pasta para a internacionalização

das artes cênicas, incluindo publicações, instrumentos

de cooperação internacional, apoio à participação

em festivais internacionais e ações de suporte à vinda de

programadores estrangeiros ao Brasil.

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos

(Apex-Brasil) foi representada pelo coordenador

de Exportação de Serviços, Christiano Braga, que relatou

que a agência vem sendo muito procurada por representantes

do setor das artes cênicas. Destacou que o trabalho de

promoção desenvolvido pela agência é apenas a ponta final

de um longo processo, e que só logrará êxito caso as etapas

anteriores tenham sido cumpridas. Ressaltou que, quanto

mais organizado for o setor, em geral, mais sucesso terá na

promoção internacional, tamanha a importância do diálogo

e do trabalho conjunto.

Braga também explicou que a internacionalização de setores

como jogos eletrônicos, cinema e música já está mais

adiantada e ressaltou a importância em se atingir esse mesmo

avanço com respeito à internacionalização das artes cênicas.

Um dos pontos destacados durante a reunião foi a necessidade

de revitalizar os editais de intercâmbio realizados por

meio do Fundo Nacional da Cultura, que teve seus

valores contingenciados nos últimos anos. De acordo

com o coordenador-geral de Admissibilidade e Aprovação

do MinC, Vicente Finageiv, houve captação de

R$ 14 milhões via Rouanet para a internacionalização

de peças teatrais. Ele ressaltou que, nesse caso, o

mecanismo de mecenato da lei não é tão efetivo, pois,

a não ser que se encontre uma empresa que busque

divulgar sua imagem no exterior ou que seja grande o

suficiente para investir nesse tipo de proposta, é menos

provável conseguir patrocínio.

Bastante articulado e coeso em suas proposições,

o grupo decidiu propor o estabelecimento de

um grupo de trabalho permanente sobre o tema

no âmbito do Ministério da Cultura. Participaram

da reunião representantes da Fundação Nacional

de Artes (Funarte), do Festival Cena Contemporânea,

do Conselho Brasileiro de Entidades Culturais,

do Serviço Social da Indústria (SESI), do Festival

Internacional de Artes Cênicas da Bahia, do

Porto Alegre em Cena - Festival Internacional de

Artes Cênicas, do Festival Internacional de Teatro

de São José do Rio Preto, do Festival Internacional

de Teatro de Londrina, da Plataforma de Internacionalização

de Espetáculos do Teatro Mineiro (PLA-

TÔ), do Tempo - Festival Internacional de Artes

Cênicas do Rio de Janeiro, da Universidade Livre

do Circo (Unicirco), do Festival Internacional de

Teatro de Pernambuco e da Mostra Internacional

de Teatro de São Paulo.


18 Cotidiano Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

douglasdias_foz@globo.com

Bazar

Capoani

Que tal adquirir roupas e acessórios das

melhores marcas do mercado por valores

especiais? De 10 de dezembro a 5 de

janeiro de 2019, a Capoani Foz promove

um bazar com peças a partir de R$ 9,90.

Visite a loja e aproveite! Grandes marcas como Carmim,

Animale, Bobstore e Twenty Four Seven estarão na

promoção. Confira essas e outras ofertas acessando o

instagram.com/capoani_foz ou contate o WhatsApp +55

45 99141-8011 para conversar com uma das consultoras

de moda. (Assessoria: Olé Comunicação)

A arquiteta

ISADORA

Figueiredo

prestigiou o

animado evento de

confraternização

realizado pela

Sierra Móveis

JR


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Cotidiano

19

Natal no

Cataratas JL

Além de garantir os presentes de

Natal, você também pode aproveitar

para levar a família e os amigos para

fazer a foto com o Papai Noel. O

bom velhinho mandou avisar que fica

no Cataratas JL até domingo, das 14 às 20

horas. Ah, você pode levar seus pets para tirar

foto com Noel no shopping. (Assessoria)

Foto: Olé Comunicação

Foz receberá mais 200 voos extras

da Azul para alta temporada

Um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil e da América do Sul, Foz do Iguaçu

deverá receber mais de 200 voos extras da Azul Linhas Aéreas no período da alta

temporada, de 20 de dezembro de 2018 a 3 de fevereiro de 2019. Os destaques ficam

por conta dos novos destinos conectados. Campo Grande e Florianópolis passarão a ter

voos diários para Foz do Iguaçu. Belo Horizonte terá duas frequências semanais e

Navegantes três vezes por semana. Além de ampliar o número de voos diários entre Foz

do Iguaçu e Curitiba, de três para quatro, a companhia vai aumentar também o número

de voos diários entre Foz do Iguaçu e Campinas, que passará de um para dois. (Assessoria)

LIS Eckert esteve na Capoani para conferir as

novidades da coleção Alto Verão'19

Trabalho

intenso

Ao longo deste ano, o Destino Iguassu

recebeu mais de 160 profissionais de

eventos como promotores,

organizadores e representantes de

entidades de classe. A convite do Visit

Iguassu, eles fizeram visitas técnicas de

inspeções e viagens de familiarizações

para conhecer in loco a estrutura para

realização de congressos, feiras e

simpósios. Em outra frente, o instituto

esteve presente em 21 cidades de 11

diferentes países apresentando e

defendendo o Destino Iguassu na

participação em feiras e eventos

nacionais e internacionais.

(Assessoria)

JR


20 Cotidiano Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Maserati e Zegna

lançam coleção cápsula

douglasdias_foz@globo.com

Barba

bem

cuidada

Fotos: Reprodução

Um dos hits do verão passado, a

moda de deixar a barba cheia

continua com tudo este ano. A

facilidade de abandonar o

barbeador é um dos motivos

pelos quais a cada dia mais e

mais homens se rendem à

tendência. Para quem já aderiu

ou vai aderir ao "estilo", a dica é

um produto assinado por Tom

Ford que promete deixar a barba

com um aspecto muito mais

bonito. O Neroli Portofino

Conditioning Beard Oil suaviza e

nutri a barba com uma mistura

leve de óleos de amêndoas,

jojoba, uva e vitamina E.

A Maserati se uniu a Ermenegildo Zegna para o lançamento de uma coleção

cápsula de vestuário e acessórios, que incluirá malas, carteiras, lenços, polos e

jaquetas. Além da linha "para vestir", a parceria ainda oferecerá aos clientes da

montadora a possibilidade de comprar carros personalizados pela marca

masculina. O serviço, que contará com cockpit e assentos grifados pela Zegna,

estará disponível para os modelos Ghibli e Quattroporte comprados na Europa.

Cosméticos em

formato de vinho

Engana-se quem pensa que já viu de tudo no mercado

da beleza. A Labiotte, uma empresa sul-coreana,

acaba de lançar uma linha de cosméticos em forma de

vinho. Isso mesmo! Com um design um tanto quanto

exótico, a linha é composta por batons, rímel e lip

balms em formatos de garrafas de vinho. Com preços

que começam em 35 reais, a marca conta com o uso

de ingredientes naturais e que causam pouco impacto

ambiental. Para as amantes da bebida e da beleza!

JR


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Cotidiano

21

Louis Vuitton

Race Bags

A Louis Vuitton lançou uma coleção que promete agradar as mulheres amantes de velocidade.

Inspirada em dois campeonatos, a Nascar e a Fórmula 1, a coleção traz modelos famosos como

Neverfull, Alma bb e Speedy, com cores fortes e estampas quadriculadas que remetem ao mesmo

padrão geométrico usados nas bandeiras das corridas.

Fotos: reprodução

Carteira Mighty

Power Wallet

À primeira vista, ela pode ser apenas parecida com

uma carteira masculina comum, mas não é! A

"Mighty Power Wallet" traz em seu corpo um

carregador portátil para você nunca mais ficar sem

bateria. Feita em couro italiano, o acessório -

chamado pelo fabricante como "super slim", traz

adaptadores para conectar o seu iPhone ou iPad.


22 Cotidiano Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

BOLSA ADA CATENA 0K - 10x S JUROS R$ 86,50 (VISA OU MASTER)

BOLSA KAIA

BACKPACK

0K - 10x

S JUROS

R$ 193,50

(VISA OU

MASTER)

“Deus é fiel”

BOLSA KAIA

BACKPACK

0K COURO -

10x

S JUROS

R$ 241,80

(VISA OU

MASTER)

''Seu presente

de Natal é na

Bambina!"

Que mulher não gostaria de

ganhar uma bolsa VICTOR HUGO

de presente?! Aproveite o Natal

para presentear a quem você

ama, a Bambina ajuda você com

isso. Condições facilitadas,

descontos especiais de fim de

ano e uma grande variedade de

opções na linha VICTOR HUGO,

assim como em toda linha de

roupas femininas e no setor

masculino da loja.

A Bambina tem 3 lojas para

melhor atender você, sendo uma

na Almirante Barroso e que está

com horário especial até as

22hrs. No Shopping Catuaí

Palladium com horário especial

até as 23hrs e no Shopping JL

com a loja exclusiva VICTOR

HUGO, até as 23hrs.

BOLSA MINI GRACE K - 10x S JUROS

R$ 199,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA JACKIE SLIM 1K - 10x S JUROS

R$ 134,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA KAIA OXFORD 0K - 10x S JUROS

R$114,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA KAIA OXFORD 0K -10x S JUROS

R$114,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA MINI KYLIE K - 10x S JUROS

R$ 148,50 (VISA OU MASTER)


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Cotidiano

23

BOLSA NEW VOLPA COOLY 1K - 10x

S JUROS R$ 167,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA NEW VOLPA COOLY COURO - 10x

S JUROS R$ 329,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA TYLER OXFORD 50K - 10x S

JUROS R$ 241,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA VOLPA BACKPACK 1BK - 10x

S JUROS R$ 159,80 (VISA OU MASTER)

BOLSA VOLPA TOTE MEDIUM K - 10x

S JUROS R$ 198,50 (VISA OU MASTER)

BOLSA VOLPA TOTE SMALL COURO - 10x

S JUROS R$ 268,80 (VISA OU MASTER)


24 Cotidiano Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Confraternização Auto Escola Cantu

ONDE PASSAR O NATAL E

O ANO NOVO EM FOZ?

Vocês já se programaram para passar o natal e o

ano novo? Aqui, separamos alguns lugares

tradicionais da cidade, que oferecerão este serviço.

Confira algumas opções em Foz do Iguaçu:

O hotel Rafain Centro é uma opção para a Ceia de

Natal. O local terá música ao vivo e um cardápio

refinado. No valor de R$ 180,00 por pessoa, bebidas

como água, suco, refrigerante e cerveja estão

inclusas.

Para quem gosta de comida oriental, o Taj fará o

Christimas Party.

Já no hotel Bella Italia, por exemplo, terá almoço de

natal e brunch de ano novo. As reservas podem ser

feitas no próprio hotel, pelo telefone (45) 3521 5000.

O Rafain Palace este ano, traz os Enigmas do Egito

como tema da festa. O local também oferecerá ceia

de Natal. Para conferir outras informações de ambas

as festas confira o site do hotel.

O hotel Continental Inn oferece para o natal terá

cardápio especial e a presença do papai Noel. Para o

ano novo, haverá música ao vivo, cardápio especial

em sistema de buffet e bebidas inclusas.

O restaurante Le Jardin também fará ceia de natal e

ano novo. Moradores de Foz terão desconto especial.

Haverá também ceia de ano novo.

Outra opção é a churrascaria Búfalo Branco. O local

terá ceia especial para a comemoração do ano novo.

Confira o cardápio e outras informações no site.

O bar Rafain Chopp promoverá uma noite de

réveillon. Livre para consumir durante a noite, mesa,

queima de fogos, taça comemorativa e música ao

vivo.

O espaço de festas Quinta das Marias, oferecerá ao

público uma festa de ano novo. Terá open bar de

Whisky 12 anos, espumante nacional, vodka, cerveja,

vinho tinto, refrigerante, suco e água. A noite será

animada com banda. (ClickFoz)

Amizade se conquista,

amigos de verdade se

confraternizam!

Nazi e Susi Omairi

agradecem a todos os

colaboradores pela

presença.

Festa animada

aconteceu na casa do

Hambúrguer, do Chef

Rogerio Salvino.

Deus abençoe a todos!

Boas festas.


Especial de Natal


26 Cotidiano Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

BONS EXEMPLOS

Último episódio da Anima

Mundi foi exibido ontem

Para quem perdeu, vai ter

reapresentação hoje às

16h, amanhã às 12h e na

segunda às 12h30

Ao longo das últimas seis edições do Rede

Escola, o programa viajou com o mundo da

animação, mostrou como esta prática auxilia

o dia a dia dos professores em sala de aula e

transforma a arte de aprender, estimulando

estudantes de todas as idades. Nesta sexta-feira

(21), às 19h, foi ao ar, no programa da TV Escola,

o último episódio da série Anima Mundi/

Anima Escola.

O programa é exibido toda sexta, às 19h,

com reapresentação aos sábados, às 16h, domingos

às 12h e segundas às 12h30. Episódios anteriores

disponíveis no novo portal da TV Escola

e no canal da emissora no YouTube.

Durante o episódio de ontem, entre outros

assuntos, descobriu-se como a animação ajudou

o professor Vitor Nunes Caetano no ofício

de ensinar. E conheceu também a estudante

Maria Eduarda, 12 anos, que ainda não sabe se

será animadora, mas que está adorando aprender

a técnica. Fechando a série, o diretor do

Anima Mundi, Marcos Magalhães fez uma rápida

avaliação sobre a posição da animação

brasileira no mercado mundial e sua capacidade

de crescimento.

Qual o maior temor de alunos e pais com a

chegada do fim do ano? A repetência. Esse foi

outro tema tratado nessa edição do Rede Escola.

Para alguns, trata-se de um monstro que

Novelas

Assessoria de Comunicação

Reportagem

(Fonte: www.globo.com.br)

Divulgação

Fotografia

não deve nem ter seu nome pronunciado. Para

lidar com uma questão tão delicada, o colégio

Pedro II, no Rio de Janeiro, criou o Classe de

Adequação Idade-Série (CAIS). O projeto lança

mão de aulas mais interativas e interdisciplinares,

o que já conquistou os alunos. Confira

na matéria da repórter Emy Lobo.

Na coluna Caminhos da Educação, o jornalista

Antônio Gois fala sobre a vontade da maioria

dos jovens brasileiros de cursar o ensino

superior após o término do ensino médio. A

informação integra a recém-divulgada pesquisa

do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

(IPEA). O levantamento também constatou

que eles apresentam alta agilidade na utilização

de tecnologias digitais, fator positivo na

hora de entrar no mundo do trabalho.

Espelho da Vida - 18h

André aconselha Alain sobre Priscila, mas o diretor se irrita. Margot conversa com Vicente, sem perceber que ele está a seu lado. Ana

se surpreende com o comportamento de Américo frente ao Padre Léo. Alain revela a Bola que é pai de Priscila. Mariane e Marcelo

assumem seu romance diante dos repórteres. Lenita se insinua para Jorge. Alain afirma a Isabel que deseja se aproximar de Priscila.

Priscila surpreende Alain com Isabel.

O Tempo Não Para - 19h

Livaldo afirma a Samuca que é o dono da patente do adubo. Lúcio avisa a Cesária que as joias foram roubadas do museu e promete fazer

de tudo para recuperá-las. Carmen fica horrorizada quando Dom Sabino diz que voltará a morar com Agustina. Carmen confessa a Padre Luís

que sabe que ele está acobertando a falsa gravidez de Agustina. Carmen comenta com Samuca que Livaldo pode acabar com sua família.

O Sétimo Guardião - 21h

Eurico desconfia do interesse de Fabim por Marilda. Mirtes decide subir ao palanque de Júnior. Afrodite exige que Nicolau assine

o contrato de caratê de Diana. Ondina se revolta contra Mirtes, e Milu e Feliciano a contêm. Mirtes passa mal, e Aranha decide levar a

mãe de volta ao hospital. Júnior anuncia a desapropriação do casarão de Egídio. Júnior ameaça Luz e Gabriel. Eurico anuncia a

chegada da telefonia celular a Serro Azul. Feliciano conta a Milu e a Ondina o motivo de Eurico estar ao lado de Valentina. Patrício se

oferece para ser o advogado de Gabriel.

Horóscopo

Áries

É um dia para se comunicar utilizando informações

que vêm sendo guardadas. O céu lhe permite

se libertar de situações e seguir os planos

traçados. Escute antes de falar e reflita.

Touro

Existem fatores importantes que são acionados e

que interferem em seus resultados financeiros.

Esses fatores podem se relacionar com documentos

e informações que não circulam como

deveriam. Existem outros fatores que o liberam

emocionalmente.

Gêmeos

Você está em destaque e suas posturas são evidenciadas.

Existe a necessidade de se comunicar

com uma pessoa importante que lhe traz notícias.

Os projetos são impulsionados e trazem

novas possibilidades.

Câncer

Você está à espera de notícias que se relacionam

com o seu trabalho. É um dia importante para

analisar os sentimentos e as expectativas envolvidas.

Conduz os planos com autenticidade e

inovação.

Leão

Você está em busca de novas oportunidades para

manifestar o que pensa em grupo ou com amigos.

O namoro e o lazer devem ser promovidos

com maior entendimento e sabedoria. Haverá

condições de inovar as suas ideias e a interação

com todos.

Virgem

É um dia para pensar sobre as responsabilidades

que você deve assumir neste momento. Uma

conversa em família ou com pessoas de sua

confiança é necessária. O céu lhe dá novos

movimentos e inovações no formato familiar ou

com a casa.

Libra

É um dia importante para divulgar notícias que

mobilizam pessoas do seu convívio ou parentes.

A informação deve ser encaminhada com entendimento

e sabedoria. Atenção com fofocas e comentários

desnecessários. Há abertura para uma

nova fase no relacionamento.

Escorpião

Existem informações importantes que movimentam

notícias financeiras ou mobilizam resultados

profissionais. É importante articular as ideias com

sabedoria; documentos podem ser envolvidos.

Há novas oportunidades profissionais e novas

fontes de renda.

Sagitário

Você sente dificuldades para interagir com o cônjuge

ou com uma pessoa importante para a experiência.

A pessoa deseja se comunicar, mas adota

uma postura neutra. Apesar dos desafios, você

encontra um meio de se libertar de situações com

autenticidade.

Capricórnio

Existem aflições e preocupações que rondam o

seu trabalho e as relações com as pessoas. É

importante refletir sobre expectativas, tarefas e

saúde. Apesar das tensões, existem situações

que o levam a se libertar de medos e padrões.

Aquário

É um dia importante para examinar suas posturas

no setor afetivo. Existe a necessidade de

expressar o que pensa, mas você encontra dificuldades

para estabelecer contato. Haverá a possibilidade

de mudar o seu ponto de vista e conquistar

uma autonomia saudável.

Peixes

É importante prestar atenção à forma como você

vem lidando com questões pessoais e familiares.

Situações internas afetam os seus objetivos.

Existe a necessidade de articular informações.

Apesar dos conflitos, haverá aberturas para inovar

o setor profissional.


FACILITANDO A VIDA

Usos do bicarbonato de sódio na limpeza

Pág. 29

Imobiliário

Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

GAZETA DIARIO

Granito é sinônimo

de versatilidade e requinte

Material possui diferentes variações de cor e texturas em sua superfície

Pág. 35

Fotografia: Divulgação


28 Imobiliário Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

FACILITANDO A VIDA

Bicarbonato é uma maravilha

na limpeza doméstica

Ele funciona como um verdadeiro curinga para muitas situações

Imobiliário

29

Além de ser um poderoso

agente desengordurante,

desinfetante,

removedor de sujeira e

odores, o bicarbonato

tem a vantagem de ser

ecologicamente correto,

dispensando o excesso

de substâncias químicas

que os produtos de limpeza

têm. O produto,

que é barato e fácil de

encontrar, pode ser muito

útil na hora da limpeza

doméstica.

Limpar louças

Para retirar restos de

comida grudada nos talheres,

xícaras e pratos,

por exemplo, basta adicionar

duas colheres de

sopa de bicarbonato de

sódio em um recipiente

com água e colocar as peças

de molho. Depois de

um tempo, retire-as e

lave-as normalmente,

com esponja e detergente

de sua preferência. A sujeira

e a gordura sairão

com facilidade.

Retirar o mofo

Mofo nas paredes e tecidos

é um problema em

períodos chuvosos, quando

o ar fica mais úmido e

a casa fechada por mais

tempo. O bicarbonato

pode remover esses vilões

atuando de três formas

formas ao mesmo tempo:

matando o agente causador,

eliminado a mancha

e, também, o odor causado

com a presença do

mofo.

Não deixar

a pia entupir

A mesma receita

com o vinagre também

pode ser usada para evitar

o entupimento da

pia da cozinha. Basta

adicionar água para

aumentar a força e o

volume do fluxo, e despejar

no ralo da pia. A

solução ajuda a remover

gordura e restos de

alimento que acumulam

nos canos.

Para quem tem

animal doméstico

Colocar uma fina camada

de bicarbonato no

fundo da caixa de areia

onde o animal faz suas

necessidades e cobrir com

uma camada de seis ou

sete centímetros de areia

pode reduzir o odor proveniente.

(Blog da Precon)

Da assessoria

Reportagem


30 Imobiliário Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Imobiliário

31


32 Imobiliário Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

J


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

Imobiliário

33


34 Imobiliário Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

LAR, DOCE LAR

Descubra diferentes

formas de utilizar o granito

Imobiliário

35

Pedra pode ser utilizada como piso, revestimento de paredes, soleiras, pingadeiras, entre outros

O granito é a pedra

mais utilizada para revestimentos

de cozinhas

e banheiros. Em

partes, esse sucesso

vem do custo relativamente

menor do granito

quando comparado

ao mármore ou a pedras

artificiais, como a

Silestone, por exemplo.

Mas a popularidade

do granito não se limita

ao preço. A durabilidade,

resistência e beleza

da pedra também

a ajudam a ocupar a

primeira posição quando

o assunto é revestimento

de bancadas e

balcões.

No entanto, você sabia

que o granito pode

ser usado de muitas outras

maneiras? Sim. A

pedra pode ser utilizada

como piso, revestimento

de paredes, soleiras,

pingadeiras, escadas,

para criar detalhes

na arquitetura e

até como tampos de

mesa.

E, assim como a pedra

esbanja versatilidade

no uso, ela ainda é

capaz de atender os

mais diversos gostos.

Isso porque o granito

possui diferentes variações

de cor e texturas

em sua superfície, indo

desde as tonalidades

mais claras como o

branco e amarelo até a

sofisticação do preto e

marrom.

Qual a diferença

entre granito e

mármore?

Em uma primeira

impressão, as pedras

podem até serem muito

parecidas, mas basta

um olhar mais atento

para começar a reparar

as nítidas diferenças

entre elas.

O granito possui

grãos e pontinhos em

sua superfície, enquanto

o mármore é marcado

por veios e possui

uma coloração mais

uniforme, essa talvez

seja a principal e a mais

visível diferença entre

os dois tipos de pedra.

Outra característica

importante que distingue

o mármore do

granito é o grau de

dureza. O granito é

muito mais resistente

e durável do que o

mármore. Na escala de

Mohs, uma referência

que mede a dureza dos

elementos terrestres,

o granito fica entre 6

e 7, numa escala que

vai de 1 a 10. Já o mármore

possui um grau

de dureza 3.

Para tirar a prova se

uma pedra é mármore

ou granito tente riscar

a superfície. O mármore

risca facilmente, enquanto

o granito não

risca. O mármore também

é mais poroso, o

que significa que absorve

água e outros líquidos

com mais facilidade

e, consequentemente,

acaba manchando

mais facilmente do que

o granito.

E, por fim, está o

preço. O mármore é

muito mais caro do que

o granito e um dos principais

fatores para isso

é o fato de que o mármore

é importado, enquanto

grande parte da

produção de granito é

nacional.

Os preços do granito

variam bastante, especialmente

em razão

da cor e uniformidade

da pedra. De modo

geral, os granitos mais

uniformes são mais caros

do que aqueles

todo pontilhado na superfície.

Já os granitos

brancos e pretos tendem

a ser mais caros,

enquanto o granito cinza

é o mais barato, justamente

por ser mais

comum.

Amarelos

Os granitos amarelos

possuem personalidade

marcante, por isso

é recomendado utilizálos

em ambientes de

bases neutras para não

causar uma verdadeira

poluição visual. Os granitos

amarelos geralmente

possuem superfície

bem heterogênea

mesclando fundo amarelo

com pontilhados

marrons, pretos, cremes

e rosados.

Azuis

Os granitos azuis

são encantadores. A

cor brilhante e viva se

destaca em qualquer

projeto, garantindo um

efeito moderno e refinado

onde estiver. O

granito azul é especialmente

bem vindo em

projetos de banheiros,

pois além de bonito, a

cor também induz ao

relaxamento.

Brancos

Os granitos brancos

são, juntamente com os

pretos, um dos mais

procurados. Um detalhe

importante que deve

ser observado em relação

aos granitos brancos

é que eles mancham

com muito mais facilidade

do que as outras

cores. Apesar de ser

menos poroso do que o

mármore, o granito

branco pode manchar

se ficar exposto a substâncias

com corantes,

como suco de uva, café

e molho de tomate, por

exemplo. A dica nesse

caso é: sujou, limpou.

Na hora da limpeza utilize

apenas sabão neutro

com esponja macia.

Cinzas

Os granitos cinzas

são os mais abundantes

na natureza e, por essa

razão também, são os

mais comum e utilizados.

Consequentemente

acabam sendo os

mais baratos também.

A vantagem dos granitos

cinzas, além do preço,

é a neutralidade, já

que o tom combina praticamente

com todos os

tipos de cores e decorações.

Verdes

Os granitos verdes

são um extra para a decoração.

Eles preenchem

o ambiente com

um tom diferenciado,

brilhante e cheio de

personalidade. O mais

comum e utilizado deles

é o Ubatuba, inclusive,

esse também é um

dos mais baratos.

Marrons

Os granitos marrons

também fazem sucesso

e são outra opção recorrente

dos que estão

construindo e reformando.

Esse tipo especial

de granito marca o

ambiente de sobriedade,

elegância e refinamento.

Pretos

Os granitos pretos

imprimem sofisticação

e elegância em qualquer

ambiente que forem colocados.

Uma grande

vantagem dos granitos

pretos é que são mais

resistentes a manchas,

graças a coloração escura

que possuem.

Vermelhos

Os granitos vermelhos

não são tão procurados

quanto os anteriores,

mas podem se revelar

uma ótima escolha

quando incorporados

de maneira adequada

ao projeto. Os granitos

vermelhos são

marcantes, e o preço é

relativamente mais barato

do que os pretos e

os brancos, por exemplo.

(Reportagem: Decor Fácil)


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

VENDE-SE: ótimo terreno,

próximo a Rede Massa - R$

850 Mil - aceita-se imóvel ou

carro no negócio - Tratar (45)

99155-0063

VENDE-SE CAFETERIA

BEM LOCALIZADA EM FOZ

DO IGUAÇU, com equipamentos

de última geração. Interessados

ligar número:

99139-6269

VENDE-SE UMA AREA DE

TERRA C/ 3000M2, DOCU-

MENTADO, FUNDOS PARA

RIO IGUAÇU OTIMO PARA

LAZER COM TIROLEZA,

COM MINA DE AGUA, TEM

LUZ, AGUA E CALÇAMENTE,

PROX. LOT BUENO AIRES NA

VILA CARIMÃ. RUA BECO LO-

RENA R$ 63 POR M2 VALOR

R$ 189.000,00 fone 99825-

9329 99834-2911

SALA COMERCIAL SHOP-

PING MERCOSUL: Sala comercial

no centro da cidade, podendo

ser utilizada para escritório ou

comercio, ótima referência, grande

oportunidade de investimento

pois será construída 2 torres

em cada extremidade do imóvel

aumentando ainda mais a circulação

de pessoas. Praça de Alimentação

com várias opções,

segurança e estacionamento para

clientes e proprietários. Baixo condomínio

e um ambiente agradável

e bonito com corredores em

mármore, 3 banheiros, academia

. Preço: R$ 98.000. Tratar peloe

fone: 99144-6680

VENDE-SE CASA DE ALVE-

NARIA, 2 QUARTOS, SALA,

COZINHA, LAVANDERIA E GA-

RAGEM - BAIRRO PORTO

MEIRA, NA ENTRADA DO

MARCO DAS 3 FRONTEIRAS

R$ 87.000,00 45 99985-7453.

VENDE-SE APTO NO ED.

PARANÁ: 03 quartos, sala,

ampla cozinha, lavanderia,

brinquedoteca, área de lazer,

churrasqueira, garagem,

localizado na av. general

meira. R$185.000,00. TRA-

TAR (45) 99931-7167.

VENDE-SE TERRENO NO JAR-

DIM DOM PEDRO I: localizado na

Rua Candido Ferreira Filho, área

de 370,23 m² - R$ 180 Mil - Tratar

( 45) 99938-4491

VENDE-SE TERRENO CON-

DOMINIO ECCO BELA VISTA:

área de 630m² Tratar (45)

99134-7095 - CRECI 27766

ÁREA COM 2.550,00M2 ME-

DINDO 34,00M X 75,00M, com

Barracão estrutura pré moldado,

cobertura estrutura metálica,

cobertura Eternit Av. General

Maira 2997 R$ 1.250.000,00

45. 3574-5495 45. 99102-

2008 Creci J2358

ÁREA MEDINDO 45,000M X

101,00M, 4.562,76m², localizado

Rua Arapuã Vila Carimã R$

700.000,00 45. 3574-5495

45. 99102-2008 Creci J2358

BARRACÃO 487,00M², com

banheiro escritório terreno

641,00m2, Rua Casemiro de

Abreu 62 Jd. Jupira próximo

ao Viaduto R$ 680.000,00 45.

3574-5495 45. 99102-

2008 Creci J2358

CASA ALVENARIA,

240,00M2, 1 suíte, 2 quartos,

sala, copa, cozinha, lavabo,

jardim de inverno, garagem

para 2 carros coberta, edícula

com 2 quartos, banheiro, área

de churrasqueira piscina. Condomínio

fechado, portaria 24

horas. R$ 650.000,00 45.

3574-5495 45. 99102-

2008 Creci J2358

ALUGA-SE IMÓVEL COMER-

CIAL: com escritório, depósito

e rampa de carga e descarga,

com aproximadamente 750m²

na Av José Maria de Brito x Di

Cavalcante, Jd das Nações, no

valor de R$ 5.000,00, tratar nos

celulares: 43 99106-4167 (vivo)

99141-4986(Tim).

SALA COMERCIAL, ALUGO

COM 35M2 PERTO DO SHO-

PPING JL, NÃO TEM TAXA

DE CONDOMINIO – 45 98421-

3940

ALUGA-SE APTO NA PRAIA

DE CAIOBÁ PR, por dia, a 50m

da praia, com vista para o mar.

Tratar 3523-9755 / 98421-

5330.

ALUGA-SE LOCAL COMER-

CIAL, IDEAL PARA CENTRAL

DE VENDAS OU DE ENTRE-

GAS. TRATAR 45 9.9975-5838

APTO NO CENTRO 145m² - Av.

Brasil, 3 qtos sendo 1 suíte, closet,

sala p/ 2 ambientes, cozinha

mobiliada, garagem p/ 2

carros em linha, em frente ao

colégio São José. Tel.: 99901-

2000.

APTO PRÓX. POLÍCIA FEDE-

RAL - 2 quartos, garagem, elevador.

Tel.: 99901-2000

MASSAGEM RELAXANTE:

Para dores musculares e dores

lombares c/ novo endereço no

Centro - Tratar (45) 99118 -

1565 (TIM) c/ Simone.

MASSAGEM RELAXANTE -

muscular, completa, tensão, estress,

tântrica, Com localTel.

99928-0305

MASSAGEM TÂNTRICA! Muda

a maneira de você perceber e se

relacionar com seu próprio corpo.

Ela desperta nossa consciência

encadeando todos nossos

agrupamentos musculares de

maneira a espalhar à sensação

orgástica por todo o corpo. A massagem

tântrica estimula a produção

de hormônios ligados à satisfação

e à felicidade. As massagens

ajudam à tonificar os músculos

do aparelho sexual. ENCA-

RE O DESCONHECIDO: A melhor

coisa para encarar uma massagem

tântrica é vivenciá-la sem

expectativas. O que não esperar

de uma massagem terapêutica:

sexo. Não pense que você irá transar

em uma massagem ou tocar à

massagista, pois sairá frustrado.

VAMOS EXPERIMENTAR? Na

correria do dia-a-dia deixamos de

nos presentear, de cuidar de nós.

Massagem tântrica é um prazer que

você merece! Marque seu horário

66 99699 6008. Massagem para

homens! Aplicada por mulher.

Atendimento para agendar apenas

via WhatsApp.

ARGUS CONTABILIDADE

CONTRATA: Motoboy com experiência

em esc. de contabilidade,

enviar e-mail:

contato@arguscontabilidadefoz.com.br


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

OPERAÇÃO RODOVIDA

PRF apreende três caminhões

durante fiscalização na

aduana Brasil/Argentina

Veículos foram retidos por apresentarem problemas no sistema

de freio; operação contou com o apoio da PM, GM, PC e Foztrans

Da redação

Reportagem

PRF

Fotografia

A Polícia Rodoviária

Federal (PRF) realizou,

na manhã de quinta-feira

(20), uma ação de fiscalização,

na aduana da

Ponte Tancredo Neves

(Brasil/Argentina), com

o objetivo de vistoriar pessoas

e veículos que entram

diariamente no

país, especialmente carretas

e caminhões, em busca

de irregularidades.

O trabalho contou

com o apoio da Guarda

Municipal, Polícia Militar,

Polícia Civil e Foztrans.

A ação faz parte da Operação

Rodovida e aconteceu

durante toda a manhã.

Três caminhões foram

apreendidos por apresentarem

problemas no

sistema de freio. Novas

ações semelhantes devem

ser desencadeadas.

"Na operação foi empregado

um mecânico profissional,

contratado e cedido

pelo Foztrans, que

realizou a inspeção técni-

Durante a ação foram verificadas irregularidades em veículos de

carga que entram diariamente no país

ca nos veículos de carga,

avaliando as condições

mecânicas e indicando aos

PRFs os problemas/defeitos

que comprometiam a

segurança caso esses veículos

continuassem em

trânsito", informou a PRF.

Criada em 2011, a

Operação Integrada Rodovida

é uma ação do

governo federal, capitaneada

pelo Ministério da

Justiça e Segurança Pública,

por meio da PRF,

em integração com os

ministérios das Cidades,

da Saúde e dos Transportes,

Portos e Aviação Civil.

A principal finalidade

é o combate e a prevenção

da violência no

trânsito.

Mulher se nega a pagar dívida

e acaba sendo esfaqueada

Uma mulher foi esfaqueada,

na tarde de quinta-feira

(20), no Condomínio

Mega Vila, localizado

na Rua Osvaldo

Goch, região do Loteamento

Lindoia, em Foz

do Iguaçu. Equipes da

Polícia Militar e SIATE

foram acionadas para

atender a vítima.

Segundo informações,

a mulher, de 50 anos, foi

ferida durante uma discussão

com outra moradora

do condomínio. Testemunhas

informaram aos policiais

que a agressora seria

uma mulher chamada

Terezinha. Ele teria ido

cobrar uma dívida de aproximadamente

R$ 2 mil da

vítima, que se negou a

pagar e foi atingida por

um golpe de faca em uma

das mãos. A suspeita fugiu

após a agressão e não

foi mais localizada. A vítima

foi levada ao Hospital

Municipal.

Vítima, de 50 anos, foi levada ao Hospital Municipal

com um ferimento em uma das mãos

(Foto: Tribuna Popular)

Polícia

37

Homem é

flagrado tentando

furtar peça de

picanha em

supermercado

GM apreendeu uma

peça de picanha com

quase dois quilos, no

valor de R$ 67,92

A Guarda Municipal

prendeu um homem,

de 37 anos, suspeito

de furtar um

supermercado em Foz

do Iguaçu. A ação foi

cumprida após a

equipe receber uma

ligação informando

que os funcionários do

estabelecimento,

localizado no Jardim

Petrópolis, haviam

flagrado o rapaz

subtraindo

mercadorias sem efetuar o pagamento.

Os servidores foram até o local e identificaram o

suspeito, que já havia sido detido pelos

colaboradores. Câmeras de segurança do mercado

gravaram a ação do criminoso. Com ele foi

encontrada uma peça de picanha com quase dois

quilos, no valor de R$ 67,92.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado à

Delegacia da Polícia Civil. No local foi constatado

que ele já havia cometido outro furto no mesmo

estabelecimento há poucos dias. Na oportunidade,

uma bicicleta foi levada do estacionamento do

local. (Foto: GM)

Passageira é

presa em SP com

anabolizantes

em ônibus que

saiu de Foz

Produtos foram comprados

no Paraguai e têm

importação proibida

Uma mulher, de

39 anos, foi

presa após ser

flagrada com

anabolizantes e

diversos

estimulantes

sexuais de

importação

proibida, na

manhã de sexta-

-feira (21), na

Rodovia Castelo

Branco, em

Avaré (SP). Segundo a Polícia Militar Rodoviária, ela

estava em um ônibus que saiu de Foz do Iguaçu

com destino a Campinas. Os produtos, importados

ilegalmente do Paraguai, estavam escondidos na

mochila dela.

Questionada, a passageira disse que uma mulher

solicitou que ela levasse a mochila e a entregasse

para uma pessoa. A passageira foi encaminhada

até a delegacia, onde permaneceu à disposição da

Justiça. (Foto: Polícia Rodoviária)


BADMINTON

Foz do Iguaçu sedia última

etapa do circuito por equipes

Cada equipe foi formada por até 40 atletas divididos em cinco categorias; ao todo participaram 150 jogadores na liga de 2018

DM Esportes

Reportagem

Divulgação

Fotografia

Aconteceu nesta semana

a terceira e última

etapa da Badminton Foz

do Iguaçu Internacional

League, o circuito por

equipes open internacional,

com jogos no ginásio

do Gresfi.

Ao final da competição,

as cinco melhores

equipes participantes foram

unânimes em parabenizar

os organizadores. No

evento, a Liga de Badminton

de Foz foi elogiada e

recebeu apoio da Secretaria

Municipal de Esporte

e Lazer (SMEL), Shopping

Paris (do Paraguai),

Comunidade Chinesa,

Auto Serviço Glória, Py

Toys e Confederação Brasileira

e Federação Paranaense

de Badminton.

Foram três etapas,

uma na cidade de Colombo

e duas em Foz do

Iguaçu, com a participação

de 40 atletas em cada

edição. Estiveram presentes

equipes da Associação

de Badminton Cataratas

Foz do Iguaçu; Santa

Mônica Clube de Campo,

de Colombo; Ação Social

São Vicente de Paula, de

Toledo; Club de Badminton

de Alto de Paraná, de

Ciudad del Este; e Badminton

Schoenstatt, de

San Lorenzo, no Paraguai.

Cada equipe foi formada

por até 40 atletas

divididos em cinco categorias;

e ao todo participaram

150 jogadores na

liga de 2018.

Foram distribuídos

Todas as equipes participantes da competição

US$ 8 mil em premiação,

e as disputas de grande

nível técnico duraram

quase seis meses. Um dos

objetivos foi garantir aos

atletas uma experiência

maior em torneios.

O time de Foz foi formado

por 40 atletas, desde

a categoria Sub-15 até

a Sênior, e colheu resultados

considerados expressivos,

até mesmo

Resultados

1º) Santa Mônica, de Colombo: 1.600 pontos

2º) Ação Social Vicente de Paula, de Toledo: 1.300

3º) Associação de Badminton Cataratas Foz: 800

4º) Clube Alto Paraná, de Ciudad del Este: 400

5º) Schoenstatt, de San Lorenzo, Paraguai: 100

pela grandeza dos adversários.

"Nosso muito

obrigado a todos que nos

apoiaram", disse o coordenador

Márcio Castellar.

Foi premiada como

atleta de destaque a iguaçuense

Pâmela Jhasmily

de Souza Beluque, de 12

anos de idade. Desde

2015, vem sendo o principal

nome do time de badminton

de Foz do Iguaçu

em termos de resultados.

Ela é atleta bolsista

de Foz do Iguaçu e do Top

2020 do governo estadual.

Já disputou o Campeonato

Sul-Americano de

Badminton 2018 em

Lima, no Peru. A atleta

conquistou a vaga ao terminar

o ano entre as oito

mais bem ranqueadas do

Brasil na categoria Sub-

13, com boa participação

na competição.

A modalidade teve início

com o projeto de escolinhas

esportivas da

Prefeitura de Foz do Iguaçu,

por meio da Secretaria

Municipal de Esportes

e Lazer.

Pâmela, principal destaque da equipe de Foz, com o secretário de Esporte,

Antonio Sapia, e com professores do projeto


Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018

VETERANOS

Esporte

Equipe do Anita Garibaldi/Assibel

é campeã da Chave Prata

Na final, o time da região do Porto Belo superou uma representação do Porto Meira nas cobranças de penalidades

Projeto esportivo

promove festa

neste sábado no

Porto Meira

39

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.

Equipe Assibel/Porto Belo, campeã veterana na categoria 35 anos

DM Esportes

Reportagem

Roger Meireles

Fotografia

O time do Anita Garibaldi

continua comemorando a

conquista do certame de veteranos

de Foz do Iguaçu. Na

final, a equipe do Porto Belo

mostrou toda sua força e se

consagrou. O jogo foi disputado

no campo do Copacabana

no último fim de semana.

A equipe do Anita começou

ganhando, mas, no final

da primeira etapa, o time SM

Porto Meira empatou. No intervalo,

o técnico Palinha

chamou a atenção do elenco,

alertou sobre a falha que estava

acontecendo nas laterais,

o que acarretou a jogada

da representação portomeirense

que acabou virando

a partida.

Após a paralisação para

água no segundo tempo, o

técnico Palinha abriu o time

em busca do empate, que

ocorreu aos 40 minutos do

segundo tempo numa linda

jogada de Valdeir pela lateral

direita, cruzando na marca do

pênalti, onde Morcego chegou

batendo firme para empatar

em 2 a 2 e levando o jogo para

as penalidades máximas.

Nas cobranças de pênalti,

o time SM Porto Meira acabou

perdendo o primeiro, enquanto

os outros jogadores

todos converteram. Com

isso, a equipe do "gazeteiro

Osmildo Hanel e Cia." anotou

todas as cobranças e venceu

por 5 a 4, em final cheia

de emoção.

Jogadores, dirigentes e integrantes

da comissão técnica

seguem em busca de vitórias

e acreditam que, a partir

desta conquista, o Porto Belo

vai continuar buscando novas

marcas. Segundo Osmildo,

a união entre todos os

componentes é ponto certo

para novas conquistas.

Osmar Martins, coordenador do

Projeto de Futsal Quero Viver

O Projeto Esportivo de Futsal

Infantil Quero Viver, do Porto

Meira, coordenado pelo treinador

Osmar Martins, promove neste

sábado (22), a partir das 20h30, a

festa de final de ano das crianças

integrantes dele.

Na oportunidade serão

homenageados os atletas do Foz

Cataratas Futsal Vinícius Zico, Léo

Evangelista, goleiro Evandro

Rafagnin, entre outros. O evento

acontecerá na quadra de treinos

do Zezinho, localizada na Rua dos

Cravos, 376, no Jardim das Flores

(logo após o laguinho da Avenida

Morenitas). Osmar Martins

comemora o bom ano e promete

continuar o trabalho, lembrando

que o sucesso se deve à bênção

que recebe diariamente de Deus

e do apoio dos responsáveis

pelos seus atletas.


40 Foz do Iguaçu, edição de 22 a 26 de dezembro de 2018


Suplemento

Especial

Foz do Iguaçu, Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Um ano de conquistas


E2 Caderno Especial de Natal e Ano Novo Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

AGRADECIMENTOS:

Trazer ao público iguaçuense uma edição especial de Natal

e Ano Novo nos dá muito orgulho. Com isso pensamos

estar seguindo os passos de nossos antepassados que

produziram e nos legaram registros que, chegando até

nós hoje, nos permite melhor entender e amar a nossa

cidade e região. Com esta edição, queremos estar, imitando-os, deixando

um material que no futuro possa ser referência.

Por isso, nossos agradecimentos a todos que colaboraram direta

ou indiretamente com a produção deste Caderno Especial. Aos fotógrafos,

repórteres-fotográficos, jornalistas que ajudaram e ajudam

a contar a história desta amada Foz do Iguaçu, o nosso reconhecimento.

Também não poderíamos deixar de lembrar aos anunciantes

e leitores que enviaram fotos, deram sugestões de temas e ajudaram

a dar este presente a esta cidade que recebe pessoas de todos

os povos com tanto carinho.

As assessorias de imprensa da Prefeitura Municipal de Foz do

Iguaçu, Câmara Municipal de Vereadores, Secretaria de Estado da

Comunicação, Parque Nacional do Iguaçu; Divisão de Imprensa da

Itaipu Binacional; Parque Tecnológico de Itaipu; Cataratas S/A.;

Fundo Iguaçu; COMTUR; Portal H2Foz; ClickFoz; Jornal Primeira

Linha, Revista 100 Fronteira; Jornal Tribuna Popular; Rádio Cultura

Foz; Radio CBN; ICMBio; Iguassu Convention & Visitors Bureau

(ICVB). Portal: fozdoiguacudestinodomundo.com.br/. Ao

Sindicado dos Jornalistas do Paraná/Subseção Foz do Iguaçu; ACIFI;

SINDILOJAS e demais sindicatos.

A Harry Shinke (em memória) que é considerado o primeiro

repórter fotográfico de Foz do Iguaçu. Aos repórteres fotográficos

e fotógrafos os merecidos créditos: Adenésio Zanella; Roger Meireles;

Kiko Sierich; Robson Meireles; Nilton Rolin; Caio Coronel,

Valtemir de Souza (Billy); Juca Pozo, Silvio Vera; Henrique Aliana;

Christian Rizzi; Alexandre Marchetti; Rubens Fraulini; Joel Rocha;

Marcos Labanca;Jean Carlos; Jean Pavan Adilson Borges; Toni

Ricardo; Aurea Cunha; Ney de Souza (em memória); Adilson Borges;

Apolônio Rodrigues; Bento Viana; Mendonça Jr; Nathan Anderson;

Rodger Savaris; Samir Buzanelo; Suelen Bicicgo; Thonny

Cantaleano (em memória); Gerson Cardoso; Vilmar Machado; Wilson

Machado; Zig Koch; Saulo Marques, Roberto Lemos; Vilmar

Hermann; Cristiane Chaurais; Guiarone Macedo e a todos os demais

profissionais da imagem que ajudam a eternizar os momentos

de Foz do Iguaçu.

Nossa sincera homenagem aos pioneiros que plantaram a semente

do progresso que agora colhemos. E a todos os moradores

de Foz do Iguaçu que labutam dia a dia para construir uma cidade

melhor para nós e para as gerações vindouras.

Fone Provisório: (45) 3028-2700

Este suplemento integra a

edição do Jornal Gazeta

Diário e não pode ser

vendido separadamente.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

INFRAESTRUTURA

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E3

Estado investe R$ 15,8 milhões na

construção de viaduto da Costa e Silva

Aguardada há mais de 20 anos, a intervenção vai resolver o gargalo viário em direção à fronteira com o Paraguai

DaRedação

Reportagem

O Governo do Estado

está investindo R$

15,8 milhões na construção

do viaduto da Avenida

Costa e Silva, que

totaliza um quilômetro

de extensão. A empresa

vencedora da licitação

realizada pelo Departamento

de Estradas de

Rodagem do Paraná

(DER-PR) está com as

obras à todo vapor.

Aguardada há mais

de 20 anos, a intervenção

vai resolver o gargalo

viário em direção à

fronteira com o Paraguai,

principalmente nos

horários de pico, e facili-

A governadora Cida Borhgetti fez uma

vistoria às obras

tar o acesso tanto à região

central quanto aos

bairros da região Norte

do município. Os trabalhos

têm duração prevista

de 18 meses.

"Essa é uma obra

aguardada há mais de 20

anos que vai impactar

na vida da população

que vive aqui e dos que

utilizam a rodovia para

chegar ao Paraguai e à

Argentina", disse a governadora

ao fazer uma

vistoria na obra.

Obra resolve gargalo na entrada da cidade e deveficar pronta em 18 meses


E4 Caderno Especial de Natal e Ano Novo Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

EDUCAÇÃO

Bartolomeu Mitre será Colégio Militar

Nova escola segue o planejamento estratégico de interiorização do ensino dos colégios militares

Redação

Reportagem

O mais antigo colégio

estadual de Foz do

Iguaçu - o Bartolomeu

Mitre - será o primeiro

colégio militar da cidade.

O anúncio foi feito

pela governadora Cida

Borghetti no início de

dezembro.

O decreto foi assinado

no dia 7. A nova escola

segue o planejamento

estratégico de

interiorização do ensino

dos colégios militares,

que já conta com

um em Londrina, e

para o próximo ano haverá

unidades em Maringá

e Cornélio Procópio.

"Uma ação importante

que promove educação

de qualidade e

possibilita às nossas crianças

sonhar e desenhar

um futuro melhor.

Espero em um curto

espaço de tempo assinar

outros atos como

esse para atender tantas

outras cidades que

estão pedindo e se habilitando

para receber

uma escola da Polícia

Militar", afirmou a governadora,

que ainda

destacou os avanços significativos

dos colégios

em atuação.

"Aqui em Curitiba a

maior nota do Ideb é da

escola da Policia Militar

do Paraná e, em

Londrina, depois da

implantação, tivemos

mudanças no comportamento

das crianças, a

valorização do professor

e também da instituição",

disse.

A governadora Cida Borhgetti, a chefe do Núcleo Ivone Muller com os

comandantes militares

De acordo com a governadora,

a implantação

da unidade em Foz

também buscará diminuir

e prevenir o envolvimento

muito cedo das

crianças com drogas e

o crime organizado.

"As crianças se tornam

vulneráveis ao

mundo das drogas em

municípios turísticos e

de fronteira como Foz

do Iguaçu, e essa é uma

das razões para trazer

esse atendimento educacional

especializado",

afirmou a governadora.

Sistema de ensino

A nova proposta pedagógica

será implantada

no Colégio Bartolomeu

Mitre, o mais antigo

de Foz do Iguaçu

(1927). A direção da

escola será feita pela

Polícia Militar e a gestão

pedagógica administrada

pela Secretaria

de Estado da Educação.

Os estudantes já matriculados

passarão a ter

o sistema de ensino da

PM e podem optar por

continuar ou não na

unidade.

A comandante-geral

da Polícia Militar, coronel

Audilene da Rocha,

garante que a unidade

vai dar oportunidade

aos alunos para uma

educação de qualidade,

com os valores instituídos

pela corporação no

Paraná. "Além do que é

ensinado em um colégio

tradicional, buscamos a

disciplina, o respeito às

autoridades e a si próprio.

Não apenas conhecimento,

mas uma

formação para ser cidadão",

afirmou.

A secretária estadual

da Educação, Lúcia

Cortez, disse que as escolas

são revitalizadas e

ganham vida com a interiorização

do ensino

da Polícia Militar, que

é mais uma modalidade

de ensino para oferecer

à comunidade. "Uma

educação e organização

que tem agradado a sociedade.

Os pais disputam

e preparam seus filhos

para que eles entrem

nesses colégios e

a nossa intenção é atender

bem a comunidade".

Equipe

Os professores, equipe

pedagógica e agentes

de apoio (Agentes

Educacionais I e II),

além da merenda e

recursos do Fundo

Rotativo, serão cedidos

pela Secretaria da

Educação. Os diretoresgerais,

diretores

auxiliares e secretários

serão cedidos pela

Polícia Militar.

No próximo ano letivo,

a direção da escola já

será compartilhada,

com a participação da

Polícia Militar. A

previsão é lançar em

maio de 2019 o edital

para o processo

seletivo de 2020. Em,

paralelo, alunos já

matriculados passarão

a conhecer

gradualmente o

sistema de ensino da

PM e poderão optar por

continuar ou não na

unidade

Para a Chefe do Núcleo

Regional de Educação

de Foz do Iguaçu, Ivone

Aparecida Perez Müller,

o colégio tem excelente

reputação e

diariamente a

comunidade busca

informações para o

procedimento de

ingresso na nova

instituição. "O Colégio

da Polícia Militar vai ser

uma mola propulsora e

passa a ser um

exemplo, dentro de Foz

do Iguaçu, a ser

seguido por todos os

outros", afirmou.

O Colégio Bartolomeu Mitre é a mais antiga instituição estadual de ensino de Foz


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E5


E6 Caderno Especial de Natal e Ano Novo Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

TURISMO E LAZER

Marco das Três Fronteiras:

uma experiência imperdível em Foz

Uma viagem do tempo com a Vila Cenográfica das Missões Jesuíticas e o obelisco brasileiro: parada obrigatória para quem visita a cidade

DaRedação

Reportagem

FOTOS: MARCOS LABANCA

Uma viagem do tempo com a Vila Cenográfica das Missões Jesuíticas

O Marco das 3 Fronteiras

proporciona momentos

únicos na vida das pessoas

que visitam o local, na

cidade de Foz do Iguaçu,

fronteira entre Brasil, Paraguai

e Argentina. Do encontro

dos rios Iguaçu e

Paraná, que dá origem ao

nome da cidade de Foz do

Iguaçu, quem visita o Marco

contempla um dos cenários

mais belos de fronteiras

do mundo!

No Marco os visitantes

assistem ao espetacular pôr

do sol entre os três países

em um ambiente de praças

que permitem uma viagem

do tempo com a Vila Cenográfica

das Missões Jesuíticas,

com o obelisco brasileiro,

fixado há mais de cem

anos, delimitando a fronteira

brasileira.

Durante o dia, o visitante

tem a tranquilidade

de admirar as fronteiras e

viver experiências marcantes

pelas praças do Marco

das 3 Fronteiras. Na programação

da noite, quem

visita tem a oportunidade

de viver o show de luzes e

águas em volta do obelisco,

que transforma esta referência

histórica em uma

atração ainda mais viva,

pulsante e envolvente.

Com um parque infantil

totalmente integrado a natureza

e a geografia do local,

o Marco também é perfeito

para passear com as

crianças, o espaço permite

uma marcante experiência

de brincadeira nas 3 Fronteiras

e sentir toda a singularidade

do atrativo.

O passeio fica mais

completo com aquela parada

no Restaurante Cabeza

de Vaca, que oferece o melhor

da gastronomia regional.

Do estabelecimento, o

visitante tem uma vista singular

das fronteiras, enquanto

aguça o paladar.

Visitar o Marco das 3

Fronteiras é viver momentos

inesquecíveis na cidade

de Foz do Iguaçu. O atrativo

se tornou uma parada

obrigatória para quem visita

a cidade e é recomendado

para todas as idades,

com uma infraestrutura totalmente

acessível e encantadora.

Os moradores de Foz do

Iguaçu são isentos da cobrança

de ingresso, mediante

a apresentação de um

comprovante de residência

(em seu nome), e documento

com foto.

Show de luzes e águas em volta do marco transforma esta referência

histórica em uma atração ainda mais viva, pulsante e envolvente.

Parque de Diversões estilizado e a alegria da garotada


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E7


E8 Caderno Especial de Natal e Ano Novo Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

ESPETÁCULO

Pôr do sol nas 3 Fronteiras é um

dos destinos de Foz do Iguaçu

Turistas e moradores da cidade curtem diariamente o pôr do sol mais bonito da região

Por Paulo Bogler H2 Foz

Reportagem

Inspiração para a arte:

em Foz do Iguaçu o pôr do

sol é um atrativo para turistas

e moradores da cidade.

O entardecer no Marco

das Três Fronteiras é um espetáculo

cênico promovido

pela explosão de cores no

céu, em harmonia com a

paisagem das florestas e os

rios Iguaçu e Paraná.

O marco é frequentado

diariamente. No horário

marcado, quando o Sol

faz sua última performance

antes de recolher-se, os

visitantes aproveitam para

fazer fotografias e selfies,

preferencialmente em grupos

de amigos, famílias e

casais. No horário de verão,

o pôr do sol acontece

entre 19h30 e 20h.

Moradores de Ubatuba

(SP), Juliana Cabral

e Thiago Naji - ela jornalista,

ele ourives - incluíram

o pôr do sol do Marco

das Três Fronteiras no

passeio em Foz do Iguaçu.

Eles descobriram as

belezas naturais do espaço

pela internet e decidiram

conhecê-las.

A boas gastronomia está garantida no

Restaurante Cabeza

"É inesquecível, uma

paisagem linda e cheia de

cores modelada pelos encontros

dos dois rios",

descreveu Juliana. "Essa

região tem um dos pores

do sol mais bonitos que

já vimos, e aqui a vista é

linda", disse Thiago,

apreciando o espetáculo

solar do mirante do Marco

das Três Fronteiras.

Enfermeiros em Foz do

Iguaçu, Vinicius Caferro

e Patrícia Ribeiro contemplaram

o pôr do sol no

Restaurante Cabeza, que

fica no Marco das Três

Fronteiras. "É um lugar

muito bonito, que vale a

pena ser visitado sempre",

enfatizou Patrícia.

Fotos: Marcos Labanca

Pôr do sol no Marco das Três Fronteira: momento incrível de contemplação

Conjunto perfeito

Encantada com as belezas

naturais do atrativo,

a universitária sergipana

Vilka Thays dos

Santos, de São Domingos

(SE), disse não ser possível

destacar uma beleza

apenas. Já a indicação do

pôr do sol foi feita por um

taxista. "É tudo perfeito.

A natureza tão próxima,

tão bonita", revelou.

Moradores do Porto

Meira, os amigos Gustavo

Silva, Naira Cristina

e Fernanda Werlang visitaram

o Marco das Três

Fronteiras para comemorar

o término do curso de

ensino médio em uma escola

pública do bairro. A

pequena Valentina Werlang

também acompanhou

o grupo.

Sempre que podem,

contam, visitam o atrativo

que é gratuito para

os moradores de Foz do

Iguaçu. "O pôr do sol é

uma das vistas mais bonitas

da fronteira. Além

de ser um lugar diferenciado,

pois a cada vinda

nossa parece que estamos

visitando o local pela primeira

vez", contou Naira.

Cultura, história e sabores da região

O passeio no Marco das Três Fronteiras ainda

contempla uma imersão na cultura e na história da

região. Um museu conta parte da trajetória das

reduções jesuíticas na América do Sul. Grafites de

artistas da região formam um labirinto que expressa

a diversidade cultural e natural trinacional.

Todos os dias, os visitantes do Marco das Três

Fronteiras podem apreciar espetáculos gratuitos de

dança que são referências culturais do Brasil

Paraguai e Argentina. O Restaurante Cabeza oferece

bebidas, drinques, petiscos e pratos com os sabores

da cultura regional.

Espetáculo de dança e música revelam parte da

nossa cultura

Horário ampliado

De 22 de dezembro a 27 de janeiro de 2019, o

Marco das Três Fronteiras terá horário ampliado,

permanecendo aberto ao público das 10h às 22h.

O período estendido é para que o visitante tenha

mais tempo de vivenciar todas as opções do

atrativo.

Horários

Visitação turística: das 14h às 23h

Funcionamento da bilheteria: das 14h às 22h

Restaurante Cabeza de Vaca: das 16h às 23h

Facebook: www.facebook.com/

Marco3Fronteiras.Brasil

Instagram: www.instagram.com/

marco3fronteiras

Site: www.marcodastresfronteiras.com.br


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

TURISMO

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E9

Parque das Aves vai trazer muitas

novidades para seus visitantes em 2019

Lançamento da venda de ingressos online, processo que já está em fase de testes

Redação

Reportagem

O Parque das Aves, o segundo

atrativo mais visitado de

Foz do Iguaçu, recebendo mais

de 820 mil visitantes por ano,

vai trazer muitas novidades

para seus visitantes em 2019,

incluindo o lançamento de dois

novos viveiros de imersão,

uma nova entrada, venda de

ingressos online, entre outras

novidades.

As primeiras mudanças no

atrativo já foram notadas pelos

visitantes no mês de novembro,

um pouco antes de entrar

a alta temporada, com a nova

bilheteria provisória e letreiro

gigante. "Apesar de ser provisória,

e ser utilizada apenas

enquanto a frente do Parque é

reformada, ela foi executada

pensando em todos os detalhes

para funcionar como um espaço

definitivo", comenta Jurema

Fernandes.

Site de venda de

ingressos online

A próxima novidade será o

lançamento da venda de ingressos

online, processo que já está

em fase de testes e pronto para

ser lançado. "As três opções de

ingressos podem ser adquiridas

no e-commerce do Parque

das Aves (passeio tradicional,

Backstage e Forest), permitindo

que o visitante se programe

bem antes da visita ao atrativo,

seguindo as tendências do

turismo mundial", comenta

Felipe Sclengmann, analista de

marketing responsável pelo

projeto.

Novos viveiros

de imersão

A bilheteria e o letreiro fazem

parte da área de recepção

provisória, criada enquanto

uma nova área de bilheteria e

recepção de visitantes é desenvolvida.

A reforma faz parte de

um projeto de expansão que

vai movimentar o Parque das

Aves em 2019. "Além da reforma

da área de recepção de

visitantes, neste próximo ano

vamos lançar os dois novos viveiros

de imersão, com meio

hectare de extensão. Em um

deles, os visitantes poderão alimentar

periquitos de resgate,

e no outro se encantar com

tucanos", comenta Carmel-

Croukamp, diretora geral do

Parque das Aves.

Os dois novos viveiros contam

com uma equipe multidisciplinar

do Parque das Aves

que trabalha há meses em pesquisa

e desenvolvimento da

mensagem e dos elementos utilizados

no engajamento com o

visitante. Além disso, em paralelo,

a equipe de construção

do Parque das Aves trabalha

na execução da obra, que não

utiliza grandes maquinários e

preserva a mata. Quem passar

pelo atrativo já pode observar

uma porção de colunas levantadas,

e o teto do primeiro aviário

já instalado, com tela que

fica praticamente invisível com

o fundo da mata.

Novo cardápio

do restaurante

E tem novidade gastronômica

também. No final de novembro,

o chefe Massimiliano-

Casu veio fazer parte da equipe

Parque das Aves e planeja

muitas adições no cardápio,

com ingredientes locais e, preferencialmente,

da Mata Atlântica.


E10 Caderno Especial de Natal e Ano Novo Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E11


E12 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Um ano de desafios

e conquistas

Ações conjuntas

pelo crescimento

de Foz do Iguaçu

Mario Camargo é presidente do Codefoz (Conselho de

Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iugaçu)

Mario Camargo

O ano chega ao fim.

É a hora do balanço. Desafiador,

transformador e

repleto de conquistas.

Assim olhamos para 2018

em seus últimos dias,

desfazendo previsões, superando

resultados e,

principalmente, sinalizando

um período ainda

mais generoso.

Para o Codefoz, é tempo

de comemorar a superação

de alguns entraves.

Definimos o marco legal,

no âmbito do município,

para a implantação das

tão sonhadas lojas francas

de fronteira, um salto

para a economia e a

atração de novos turistas

para a nossa cidade.

Com diálogo e ampla

participação de todos os

segmentos diretamente

envolvidos no comércio e

turismo, criamos regras

para que Foz do Iguaçu

aproveite esse novo modelo

de negócios com salvaguardas

para preservar

as empresas já constituídas

e geradoras de emprego

e renda.

Avançamos em estudos,

debates e encaminhamentos

com o poder

público e a iniciativa privada

para o aproveitamento

do potencial hidroviário

da região. O projeto

é utilizar os rios, a

partir do Porto Meira,

para o transporte de cargas

leves, retirando parte

do fluxo de veículos da

Ponte Internacional da

Amizade e barateando o

custo dessa logística.

Fomos ouvidos pelo

Ministério da Agricultura,

Pecuária e Abastecimento,

e hoje os produtos

agropecuários com

origem do Paraguai obedecem

a regras facilitadas

para o ingresso no

Brasil por Foz do Iguaçu.

Com a desburocratização,

foi dispensada a

exigência do Certificado

Fitossanitário para importações

nas chamadas

Áreas de Controle Integrado

(ACI).

Dois pleitos antigos

do Codefoz na área de

infraestrutura e logística

estão tornando-se realidade:

o viaduto da

Avenida Costa e Silva

com a BR-277 e as obras

de revitalização, modernização

e ampliação do

Aeroporto Internacional

de Foz do Iguaçu Cataratas.

São vitórias de

todos nós.

A construção da segunda

ponte internacional

ligando o Brasil ao

Paraguai, nas cidades de

Foz do Iguaçu e Puerto

Franco, recebeu autorização

dos dois presidentes

para ser financiada

pela Itaipu Binacional.

Com isso, a Avenida Perimetral

Leste também

sairá do papel. Essas reivindicações

foram encampadas

pelo Codefoz

desde a sua criação.

No plano político institucional,

chamamos os

candidatos aos governos

do Paraná e do Brasil à

mesa de diálogo e colhemos

deles o compromisso

assinado com as pautas

prioritárias para desenvolvimento

de Foz do

Iguaçu e da região. O trabalho

agora é monitorar

a execução das metas.

Nas eleições, Foz do

Iguaçu emplacou dois

novos representantes.

Eleitos respectivamente

deputados federal e estadual,

Vermelho e Soldado

Fruet se somarão ao

reeleito Giacobo (federal)

para lutar por recursos e

projetos para a nossa cidade

e a nossa gente. E

mais: serão a nossa voz

junto aos governos.

Um novo governo assumirá

a gestão do país

a partir do dia 1º de janeiro.

Ele é credor da esperança

do povo brasileiro

por dias melhores. Esperamos

do presidente e

de sua equipe o combate

implacável à corrupção, a

modernização do país e

as reformas tão necessárias

para promover o crescimento

econômico e a

justiça social no Brasil.

Faisal Mahmoud Ismail

É chegado o fim do

ano, momento de fazer

um balanço das conquistas

de 2018 e projetar desafios

para 2019 em relação

ao desenvolvimento

socioeconômico de Foz do

Iguaçu e ao fortalecimento

do associativismo na

cidade. Aproveitamos

esta hora para uma reflexão

em especial das pautas

envolvendo a entidade,

que tem quase sete

décadas de atuação.

Um dos principais fatos

que marcaram este ano

é a agenda positiva firmada

entre a ACIFI, Prefeitura

de Foz do Iguaçu e Câmara

Municipal. Realizamos

uma série de reuniões

com o prefeito Chico Brasileiro,

secretários e vereadores

para debater políticas

públicas para o setor produtivo

do município.

Um dos resultados

desse diálogo é o retorno

da cobrança do ISS Fixo

para os profissionais liberais.

Essa reivindicação

de várias entidades de

classe, com forte da atuação

da ACIFI, começou

ainda em 2017 (quando

a prefeitura mudou a lei)

e foi atendida em 2018,

quando a prefeitura retornou

a cobrança dentro

Faisal Mahmoud Ismail é presidente da ACIFI

dos parâmetros legais.

Em 2018, ao lado do

Codefoz, a ACIFI debateu

a instalação de lojas francas

na cidade e apoiou a

elaboração de um estudo

técnico e a realização de

seminário com toda a comunidade.

Promovemos

ainda uma assembleia

geral extraordinária para,

em conjunto com os associados,

discutir os impactos

desse regime aduaneiro

especial na região.

Enaltecemos também

os esforços redobrados

para acelerar a conclusão

da nova sede da ACIFI e

do Residencial Omoiru.

Após uma forte campanha

de vendas das últimas

cotas da SPE, vamos

inaugurar a obra em fevereiro,

iniciando assim

uma nova etapa do associativismo

no município.

Isso porque a nova sede

também abrigará outras

entidades irmãs.

A nova sede reforçará

o papel estratégico da

associação, que modernizou

o estatuto e implantou

a inovadora gestão

colegiada. Coordenado

pela Diretoria e pelo Conselho

Superior, esse modelo

dinâmico incorpora

representantes do comércio,

turismo, logística,

indústria, prestação de

serviços, educação, saúde,

entre outros setores.

Neste breve balanço é

preciso frisar o sucesso,

pelo segundo ano consecutivo,

da Natal Sonho

Dourado. A promoção

está aquecendo as vendas

das quase 200 empresas

participantes ao presentear

o consumidor com

mais de R$ 1 milhão em

prêmios -inclusive com

um Renault Kwid zeroquilômetro,

quatro iPhones,

seis televisores de 42

polegadas e vale-compras

exclusivos para quem

consumir no município.

Por fim, destacamos o

posicionamento firme da

entidade na campanha

eleitoral ao defender candidaturas

com viabilidade

e comprometidas com as

causas de Foz do Iguaçu

e região. Surtiu resultado,

afinal ampliamos nossa

representação política.

Agora vamos ampliar

o diálogo com os deputados

federais Vermelho e

Giacobo, além do deputado

estadual Soldado

Fruet. Em conjunto com

a sociedade civil organizada,

levaremos os nossos

projetos estratégicos

para o presidente Jair

Bolsonaro e para governador

Ratinho Junior.

Desejamos ótimas festas

e excelente 2019 para

todos!


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E13


E14 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

CULTURA

Uma cidade que está respirando

arte e cultura por toda parte

Projetos "Cê na Sexta" e "Eu, você e uma história" estão entre os destaques da nova política de desenvolvimento cultural

Da redação com assessoria

Reportagem

Uma cidade é feita por

pessoas, ela é o retrato de

sua gente, que se expressa

em todas as suas formas,

desde a paisagem

aos costumes. É com este

olhar sensível, onde o ser

humano está no centro

do desenvolvimento, que

Foz do Iguaçu ressurge e

se reconstrói a partir de

uma intensa vitalidade

cultural.

Tendo como traço

marcante a cooperação

e a gestão democrática,

o governo do município

de Foz do Iguaçu, atra-

"Ce na Sexta": espalhando arte e cultura pela cidade

vés da Fundação Cultural,

e com apoio de parceiros

importantes como

a Unila, a Itaipu, o PTI e

a Unioeste, está escrevendo

um novo capítulo

na história da cidade.

Além de se transformar

em palco para espetáculos

de renome mundial,

a exemplo da Cia de

Dança Débora Colker,

Cia de Ballet do Teatro

Guaíra e Teatro de Comédia

do Paraná, a Fundação

Cultural com seus

parceiros construíram

ineditamente projetos

culturais que estão garantindo

o acesso à arte

e promovendo uma ponte

para o encontro da

arte, do artista local e da

comunidade.

É o caso dos projetos

"Cê na Sexta" e "Eu,

Fotos: divulgação

você e uma história -

encontros comunitários

com a literatura".

Há mais de um ano, o

"Cê na Sexta" virou ponto

de encontro da comunidade

das sextasfeiras

à noite na Fundação

Cultural. A parceria

entre a instituição do

município e a Unila oferece

apresentações e

debates nas áreas de teatro,

música, dança e literatura.

"Eu e Você, uma História", desperta a arte entre as crianças

"Eu e você..."

O "Eu, você e uma história - encontros comunitários com a literatura" está

levando para várias comunidades oficinas de contação de história, circo,

dança e teatro, tudo girando em torno de despertar nas crianças o prazer

pela leitura.

Todas as ações com entrada franca estão mobilizando milhares de pessoas e

são articuladas com políticas públicas de formação, produção, geração de

emprego e renda que refletem a valorização ao artista local e à cidadania

cultural. Em pouco mais de um ano e meio de gestão, o município

demonstra o compromisso em reorganizar a casa, mas principalmente em

devolver a capacidade de sonhar e de se expressar aos seus cidadãos. A arte

está desbravando os caminhos para uma nova cidade, para uma

transformação verdadeira e humana. É a muitas mãos e sonhos que se sustenta

uma Foz do Iguaçu mais humana, justa, plural, e repleta de vida.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E15


E16 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

EM ALTA

Mais um ano de recordes no turismo

No Parque Nacional do Iguaçu, expectativa é atingir 1,9 milhão de visitantes; crescimento superior a 10% no aeroporto

Da redação com assessoria

Reportagem

O ano de 2018 será marcado por novos

recordes no turismo, setor que vem

impulsionando a economia de Foz do

Iguaçu. Em alta na preferência de brasileiros

de todas as regiões do País, e

de estrangeiros de todas as nacionalidades,

a cidade deve bater um novo recorde

de visitação nos atrativos, meios

de hospedagem e nos embarques e desembarques

do Aeroporto Internacional

das Cataratas.

No Parque Nacional do Iguaçu, expectativa

é atingir 1,9 milhão de visitantes,

um crescimento de mais de 5% em relação

aos números do ano passado.

Pelo segundo ano consecutivo, o Aeroporto

Internacional deve se destacar

como o terminal que mais cresce no Brasil

dentre os administrados pela Infraero.

Espera-se um crescimento superior a 10%

número de embarques e desembarques,

que chegarão perto de 2,5 milhões. A hotelaria,

por sua vez, deve registrar a maior

ocupação média dos últimos anos.

Fotos: divulgação

Cataratas deve superar os 1.9 milhão de visitantes neste ano

Nova legislação impulsiona

captação de eventos em Foz

Para tornar Foz do

Iguaçu ainda mais competitiva

na captação de

eventos, o prefeito Chico

Brasileiro assinou um

novo decreto simplificando

os procedimentos

para a realização de

eventos no município. A

nova legislação foi resultado

de um trabalho coordenado

pela Secretaria

de Turismo, Indústria,

Comércio e Projetos Estratégicos

em parceria

com a Secretaria Municipal

da Fazenda, o Conselho

Municipal de Turismo

- Comtur, Sindhoteis

e Visit Iguassu.

A mudança mais significativa

foi a isenção do

alvará para todos os

eventos, de todos os portes,

realizados nos espaços

licenciados pela Fazenda

Municipal e que

possuírem código CNAE

para atividades de eventos.

Os eventos de pequeno

porte, até 400 pessoas,

independente do local

de realização, estão dispensados

também da

apresentação de documentação

e isentos da

taxa de alvará, mediante

dispensa da vistoria do

Código de Posturas.

Após estudos e debates com o setor, Foz facilita a captação de eventos


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E17


E18 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

AÇÃO INÉDITA

CCZ faz censo da população de

cães de rua em Foz do Iguaçu

Equipes trabalham simultaneamente nas cinco regiões da cidade;

Animais são identificados e recebem vacina contra a raiva

Da redação com AMN

Reportagem

O Centro de Controle

de Zoonoses deu

início em outubro de

2018 ao levantamento

populacional de cães de

rua no município. O

projeto inédito, denominado

"Estimativa populacional

de cães de

rua e seu impacto em

zoonoses e saúde pública

no município de Foz

do Iguaçu" acontece simultaneamente

nas cinco

regiões da cidade e

envolve também acadêmicos

do curso de medicina

veterinária.

De acordo com o

chefe do CCZ, Carlos

Eduardo Santi, durante

os procedimentos são

coletadas amostras de

sangue, fezes e carrapatos.

Os animais são também

vacinados contra a

raiva e vermifugados, e

imediatamente soltos

após o procedimento.

"Este projeto está

sendo planejado desde

março deste ano pelo

CCZ e diversos parceiros.

Nosso objetivo é

fazer uma estimativa do

número de cães de rua

em Foz do Iguaçu, mas

além disso, levantar dados

científicos, como a

incidência e prevalência

de doenças, como a

Leishmaniose Visceral

Canina e outras zoonoses,

para a elaboração

futura de políticas públicas

voltadas à preservação

da saúde humana

e ao bem-estar

animal", explicou o veterinário.

O trabalho em campo

terá a duração de 12

meses (outubro de

2018 a outubro de

2019) e consistirá no

levantamento do número

de animais, a apuração

do crescimento vegetativo,

ou seja, quantos

animais são repostos

ao longo do tempo,

e o diagnóstico de zoonoses

e doenças próprias

dos cães.

Identificação

A colocação de coleiras

brancas com um

pingente azul numerado

tem por objetivo facilitar

a identificação

dos animais nas próximas

etapas de captura,

que serão realizadas em

2019. Além da coleira,

os animais são fotografados

e têm registradas

suas características

próprias, como a cor e

o tipo de pelagem e

eventuais marcas pelo

corpo.

Em 2014, o CCZ

realizou um censo populacional

de cães e

gatos domiciliados com

base no número de animais

vacinados contra

a raiva, um total de

54.980. Um levantamento

com animais de

rua, segundo Carlos

Santi, é uma ação inédita

no município.

Parcerias

O projeto de pesquisa

é uma iniciativa do

CCZ em parceria com

a Secretaria Municipal

de Meio Ambiente,

UDC, UFPR, UNILA,

UNESP e o Centro de

Medicina Tropical da

Tríplice Fronteira

(CMT), ligado ao Hospital

Ministro Costa

Cavalcanti.

Em ação inédita, CCZ fez o recenseamento de cães de rua

Vacinação de cães e gatos garante a saúde dos animais


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E19


E20 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

EDUCAÇÃO

Prefeitura investe mais de

R$ 22 milhões em escolas e CMEIs

Dez instituições de ensino, entre escolas e CMEIs, recebem as melhorias e poderão ampliar o

número de atendimentos; Outros quatro centros de educação infantil estão sendo construídos

AMN

Reportagem

A Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio da

Secretaria Municipal de Educação (SMED), está

investindo mais de R$ 22 milhões em construções,

reformas e ampliações de instituições de

ensino, entre escolas e CMEIs (Centro Municipal

de Educação Infantil).

Os recursos serão empregados para ampliar

o atendimento e melhorar ainda mais a qualidade

do ensino, avaliado com a nota 7.2 no

IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação

Básica), uma das melhores do país.

As unidades que recebem as reformas

são: CMEIs Claudio Lourenço, Victorio Basso,

Moraci Favassa e Flor de Acássia, e as

escolas municipais Augusto Werner, Eloi Lohmann,

Olavo Bilac, João XXIII, Jardim Naipi

e Escola Jorge Amado. O investimento

nas melhorias é de aproximadamente R$ 12

milhões.

A Prefeitura também licitou a construção

de quatro CMEIS nos bairros Jardim Paraná,

Profilurb 2, Jardim Almada e Jardim

Buenos Aires, totalizando R$ 10.397 milhões

em investimentos.

Prefeito Chico Brasileiro visita escola e conversa com estudantes

As novas unidades

possibilitarão atender

mais de 800 crianças de

0 a 3 anos em período

integral. As quatro obras

foram licitadas no final

de novembro e já começaram.

"Estamos promovendo

uma revolução nas

condições físicas, estruturais

e materiais de nossas

unidades de ensino.

Assumimos a gestão

com o compromisso de

fortalecimento de ações

em três áreas fundamentais:

estrutura física, quadro

de pessoal e recursos

pedagógicos modernos",

disse o secretário

de educação Fernando

Lima. "Queremos continuar

administrando os

recursos de maneira criteriosa,

responsável e inteligente,

para que possamos

alcançar resultados

ainda melhores",

completou.

Centro de Educação Infantil Claudio

Lourenço: em reforma


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E21


E22 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

INVESTIMENTOS

Linha de crédito de R$ 12 milhões

para fomentar empreendedorismo

Prefeitura avaliza e bancos emprestam com juros baixos; Foz do Iguaçu

conquistou o terceiro melhor saldo positivo na geração de empregos

Da redação com AMN

Reportagem

Com aval da Prefeitura

Municipal, o Banco

do Empreendedor e

as agências do Sistema

de Cooperativas de

Crédito do Brasil - Sicoob

Três Fronteiras

passaram a oferecer

crédito a juros baixos

para microeempreendedores

individuais,

agricultores familiares,

micro e pequenas empresas.

Pelo convênio assinado,

a Prefeitura se

compromete a injetar

R$ 1,2 milhão de aval

para alavancar o crédito

e microcrédito. A

cada um real de garantia

do Município, é possível

impulsionar oito

vezes este valor em operações

através da Garantioeste.

Além disso,

o Sicoob também assegurou

outros R$ 2 milhões

em linhas de financiamento.

Com isso

chegou-se ao montante

de R$ 12 milhões que

será disponibilizado

para capital de giro e

investimentos por parte

das empresas interessadas.

Distrito Industrial

Os recursos dados

pela Prefeitura no aval

voltarão para os cofres

públicos e se converterão

em novas operações

de crédito, gerando

efeito multiplicador

na economia local. As

taxas de juros variam

de 1% a 1,5% ao mês,

com prazo de até 36

meses para pagamento.

Geração de

empregos

Segundos dados da

pesquisa mensal do Cadastro

Geral de Empregados

e Desempregados

(Caged), do Ministério

do Trabalho e

Emprego (MTE), Foz

do Iguaçu conquistou

o terceiro melhor saldo

positivo na geração

de empregos no acumulado

dos últimos 12

meses dentre todos os

municípios paranaenses.

Com um saldo positivo

de cerca de 2.500

vagas, fica atrás somente

dos municípios

de São José dos Pinhais

e Curitiba e à

frente de Cascavel,

Londrina, Maringá e

Ponta Grossa.

A cidade se consolida

como uma das principais

forças econômicas

do Estado do Paraná.

Ou seja: voltou a ser

um ambiente seguro

para atração de investimentos

e resgatou a

credibilidade com os

fornecedores.

Melhorias no distrito

empresarial e industrial

Uma das medidas que integram a agenda de desenvolvimento

foi a alteração na Lei 3.702, do Distrito Industrial, que permitirá

a instalação atividades de centros de distribuição de produtos

industrializados e prestadores de serviços no distrito, além das

indústrias.

Isso possibilitou que 11 empresas vencessem o processo de

licitação de novas áreas. A expectativa é que esses empresas

gerem mais de R$ 100 milhões em investimentos no próximo

ano, e mais 300 empregos diretos.

Para dotar o distrito de condições adequadas, a Prefeitura vai

investir R$ 3 milhões na instalação de galerias pluviais. A

Sanepar assumiu o compromisso de instalar rede e estação de

tratamento de esgoto. Até o final do próximo ano, todas as ruas

do distrito receberão pavimentação asfáltica. A Copel ficou

responsável de fortalecer a rede de energia elétrica e instalação

de fibra ótica.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

INVESTIMENTO

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E23

Mais de R$ 3 milhões no reaparelhamento

da segurança pública no município

Novas viaturas, câmeras de segurança, simulador de tiro, entre outros equipamentos foram adquiridos pela atual gestão

AMN

Reportagem

O Governo Municipal

de Foz do Iguaçu está investindo

no reaparelhamento

da segurança pública

da cidade. Somente

em 2018, foram aplicados

mais de R$ 3 milhões

na aquisição de

novas viaturas, câmeras

de segurança, uniformes,

armamentos, computadores

entre outros equipamentos.

"As aquisições desses

novos equipamentos integra

o compromisso de manter

uma secretaria de segurança

pública moderna e

eficiente. Os guardas municipais

e agentes patrimo-

niais de Foz do Iguaçu

prestam valorosos serviços

à população, e para dar melhores

condições de trabalho,

estamos investindo no

reaparelhamento da secretaria

como um todo", comentou

o prefeito Chico

Brasileiro.

As viaturas destinadas

ao patrulhamento ostensivo

- caminhonetes - são

mais robustas e fazem toda

a diferença para que o atendimento

à população seja

efetuado com a maior agilidade

e segurança possível.

Os agentes patrimoniais

também receberam veículos

novos para a vigilância

dos prédios públicos. Ao

todo, o Governo Municipal

adquiriu 18 veículos.

Novas viaturas reforçadas para

melhorar a segurança pública

Maria da Penha

Além aumentar as equipes

de patrulhamento preventivo,

o Governo Municipal

também está expandindo

para toda a cidade,

os atendimentos da Patrulha

Marinha da Penha. Na

semana passada foram repassadas

mais duas novas

viaturas para o setor que

somente em 2018, já atendeu

cerca de 500 mulheres

e realizou quase 4.471 fiscalizações

de medidas protetivas.

A Patrulha também

efetuou 10 prisões em

flagrante, por descumprimento

de medida protetiva.

Através do celular da Patrulha

é feito, também, o

monitoramento eletrônico

de 17 representados por

descumprimento da medida

protetiva.

Simulador

Recentemente a Secretaria

de Segurança Pública

adquiriu um simulador de

tiro virtual para treinamento

dos guardas municipais.

O equipamento conta com

duas pistas, ou estande, de

tiro fixo e, 20 cenários simulando

situações reais de

confronto armado.

Cada atirador terá seu

histórico de tiro, para estabelecer

um padrão de

qualidade, permitindo ao

agente saber qual a qualidade

do desempenho do

seu disparo e consequentemente,

melhorar com os

treinamentos. Todo ano é

exigido pela Polícia Federal,

80 horas de curso de

tiro do agente público.

Com o simulador, a Secretaria

terá uma economia

expressiva para as aulas

práticas de tiro, economizando

munições e deslocamentos.

O reaparelhamento

da secretaria acontece

com recursos próprios

do municipio e emendas

impositivas dos vereadores.


E24 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E25


E26 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

AGILIDADE

Novo sistema de abertura de empresas

traz maior transparência, avalia Brasileiro

Empresários poderão abrir empreendimento de baixo risco em até

48 horas e já receberão autorização para emitir notas fiscais

AMN

Reportagem

Entrou em funcionamento

no dia 3 de dezembro

o novo sistema eletrônico

para abertura de empresas

em Foz do Iguaçu.

Durante a solenidade, o

prefeito Chico Brasileirou

destacou que a medida faz

parte de uma série de ações

do atual governo para tornar

mais transparente e

com menos burocracia os

serviços aos cidadãos.

"Estamos criando um

novo conceito em Foz do

Iguaçu destravando serviços

essenciais e tornando os

serviços mais transparentes.

Adotamos ações, em conjunto

com os setores envolvidos,

e uma delas é o novo

sistema eletrônico de abertura

de empresas, o que vai

tornar o processo mais rápido

para os profissionais

do setor e favorável para

futuros investimentos", avaliou

Brasileiro.

Agilidade

O novo sistema eletrônico,

que faz parte de uma

das ações do DESTRAVA-

FOZ, um dos projetos do

programa FOZDESEN-

VOLVE, vai permitir a

abertura de empresas de

baixo risco em até 48 horas.

Ao mesmo tempo, o empresário

também receberá autorização

para emitir notas

fiscais aos serviços prestados.

Anteriormente o pedido

para emissão de nota fiscal

era feito separadamente

em outro procedimento.

Com o processo totalmente

eletrônico, e uma entrada

única de dados, além

também de estar integrado

a REDESIM, a prefeitura

passa até acesso as informações

sobre abertura de empresas

no momento em que

o interessado iniciar a formalização

na Junta Comercial.

Ampla parceria foi decisiva para que o projeto chegasse a um bom termo

Os documentos

apresentados nesta

primeira etapa já estarão

disponíveis na base

de dados da prefeitura,

eliminando, por exemplo,

a necessidade de

novas cópias.

"A mudança era um

anseio das instituições

dentro do Comitê Gestor

de Desenvolvimento

Municipal (CGDM)

desde 2009. Em junho

deste ano, após estudos

e diálogo entre servidores

e profissionais

da área, o prefeito assumiu

o compromisso

para a entrega do novo

sistema em dezembro",

disse a secretária de

Administração e Gestão

de Pessoas, Salete

Horst.

O sistema entra em

operação em fase de

testes já nesta segunda,

03. Durante os primeiros

dias, a prefeitura

vai realizar o treinamento

de servidores e

tirar dúvidas de profissionais

contábeis. O

funcionamento definitivo

vai ocorrer a partir

do dia 10.

"Sistema eletrônico

de abertura de empresas

nasceu de um projeto

piloto que iniciamos

com microempreendedores

individuais

na Casa do Empreendedor.

Fizemos todos

os testes e mostramos

que era viável estender

para os demais empreendimentos",

comentou

o secretário de

Turismo, Indústria,

Comércio e Projetos

Estratégicos, Gilmar

Piolla.

Melhor ambiente de negócios

O secretário de Fazenda, Ney Patrício, destacou que mais

mudanças serão realizadas para melhorar o ambiente de

negócios em Foz. Ele disse que as ações são um

compromisso do Governo Chico Brasileiro com um

importante segmento que movimenta a economia local.

"A próxima etapa inclui alterações na legislação. Precisamos

aperfeiçoar nossas leis para criar um ambiente de negócios

favorável. O Governo Chico Brasileiro tem o compromisso de

incentivar novos empreendimentos na cidade, dentre eles as

micro e pequenas empresas, que hoje representam 80% dos

negócios de baixo risco no município", afirmou Ney Patrício.

O novo sistema teve a participação de servidores das

secretarias de Fazenda, Administração e Gestão de Pessoas,

Tecnologia da Informação, Saúde, Meio Ambiente, Turismo,

Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos e também

profissionais da área na Câmara Técnica de

Desburocratização, ligada ao Comitê Gestor de

Desenvolvimento Municipal (CGDM), além do SEBRAE.

"O sistema marca a entrega de um dos trabalhos do

programa DESTRAVAFOZ, que é pensado em melhorar o

ambiente de negócios, trazendo reais condições para que as

empresas para que possam expandir, gerar mais riquezas,

enfim, desenvolver o ciclo da economia possa funcionar da

melhor maneira", finalizou o consultor local do Sebrae, Luiz

Marcelo Padilha.

Seja qual for sua família, existe sempre um Ford Ka para você. Reserve o seu na Autoeste. Ligue: (45)3520-9900.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E27


E28 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

TRANSPORTE

Quase 900 mil pessoas já passaram pela

Rodoviária Internacional de Foz neste ano

O movimento mais intenso começa agora com as festividades de fim de ano e as férias

Da assessoria

Reportagem

Arquivo

Fotografia

As viagens para o Natal

e as festas de Ano novo, aliadas

às férias coletivas e escolares

e também ao pagamento

do 13º, prometem

deixar a Rodoviária Internacional

de Foz mais movimentada

nesta segunda

quinzena de dezembro, período

em que tradicionalmente

ocorrem mais chegadas

e partidas de passageiros.

Na véspera do Natal do

ano passado, 18.163 passageiros

embarcaram no terminal

rodoviário. Os dias

mais movimentados foram

22 e 23 de dezembro, quando

105 carros extras foram

colocados à disposição dos

passageiros.

Também em 2017, na

semana que antecedeu a virada

do ano, 11.631 pessoas

embaraçam aqui em Foz.

O dia mais movimentado foi

29 de dezembro.

De acordo com a direção

da empresa que administra

da Rodoviária Internacional

de Foz, os números

deverão ser parecidos

neste ano, com um aumento

aproximado de 2% em

relação ao mesmo período

do ano passado.

Partidas e chegadas

Em dezembro do ano

passado, 50.746 passageiros

partiram de Foz em

2.871 ônibus. Os principais

destinos foram Florianópolis,

Curitiba, São Paulo e Rio

de Janeiro.

Já a quantidade de pessoas

que desembarcou aqui

na cidade no mesmo período

foi um pouco menor, totalizando

50.230 passageiros

que vieram em 2.880 ônibus.

A maioria desses visitantes

veio de Curitiba, Porto

Alegre, Londrina, Campinas

e de Santa Catarina.

Carros extras

Na primeira quinzena

de dezembro de 2017, 19

carros extras foram colocados

à disposição dos passageiros.

Na segunda quinzena,

quando o movimento

sempre é maior, foram usados

317 carros extras.

Rodoviária Internacional de Foz contabiliza quase 900 mil

embarques e desembarques neste ano

Agora neste ano, 11 carros

extras circularam na primeira

quinzena do mês. A

segunda quinzena ainda

não foi fechada, mas entre

os dias 16 e 19 de dezembro,

15 carros extras entraram

em circulação.

Comparações

Para ter uma ideia da

movimentação nas proximidades

das festas, a administração

do Terminal Rodoviário

comparou um fim

de semana normal, com fins

de semana próximos ao

Natal e ao Ano Novo.

Em 02 de dezembro,

1.225 pessoas embarcaram

aqui em Foz. Já no dia 17,

mais próximo ao natal, foram

registrados 1.640 embarques.

Com relação às chegadas,

no dia 2 foi registrado

o desembarque de 720 passageiros.

Já no dia 17,

1.593 pessoas chegaram a

Foz. Gente que deve aproveitar

para passar o Natal

na Terra das Cataratas, perto

de amigos e familiares.

Papai Noel na

Rodoviária

Na próxima segundafeira,

véspera de Natal, os

passageiros que circularem

pela Rodoviária Internacional

de Foz, e os funcionários

das empresas de ônibus

e das lojas instaladas no terminal,

vão ter uma surpresa.

Papai Noel em pessoa

vai passar por lá. A visita

será das 8h30 às 10h. Além

de receber os passageiros

que estiverem chegando a

Foz e de se despedir de

quem estiver partindo, ele

vai distribuir doces para

todos. É a primeira vez que

a concessionária que administra

o Terminal convida o

Papai Noel para deixar a

véspera do Natal ainda mais

alegre.

Praias do Lago

Itaipu próprias

para banho

Todas as prainhas de água doce, localizadas na

orla brasileira do Lago Itaipu, estão próprias para

o banho neste início do verão 2019/2019. É o que

indica o primeiro boletim de balneabilidade da

temporada, emitido pelo Instituto Ambiental do

Paraná (IAP) nesta sexta-feira (21).

A qualidade da água é medida nas prainhas de

Foz do Iguaçu, Santa Terezinha, São Miguel do

Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre

Rios do Oeste e Marechal Cândido Rondon.

Como nos anos anteriores, o veranista pode se

orientar de acordo com as bandeiras que

indicam se o local é próprio ou impróprio para o

banho. O monitoramento é feito pelo IAP

durante toda a temporada de verão, que vai até

meados de março do ano que vem, logo após o

Carnaval 2019.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E29

É preciso fortalecer o turismo

Neuso Rafagnin

O turismo de Foz do

Iguaçu tem muito a comemorar

em 2018. Registramos

recordes de visitação

nos atrativos, novos empreendimentos,

além de

expansão de emprego e renda

no setor. Essas conquistas

renovam as energias

para reivindicar mais

melhorias no setor em prol

do desenvolvimento socioeconômico

iguaçuense.

Desde a posse da atual

diretoria, em fevereiro,

o Sindhotéis tem realizado

uma série de atividades

visando ao fortalecimento

do turismo. Isso sem deixar

de cumprir o seu papel

de defender os interesses da

hotelaria e da gastronomia

perante o poder público e

as instituições ligadas à indústria

do turismo.

Além da defesa da categoria,

temos priorizado

ações para destravar a infraestrutura

de Foz. Afinal

precisamos urgentemente

resolver gargalos

nos acessos ao Destino

Iguaçu, como duplicação

da BR-277 e Rodovia das

Cataratas, construção da

Perimetral Leste, ampliação

do aeroporto, bem

como aperfeiçoar o fluxo

nas fronteiras com Paraguai

e Argentina.

Nesse sentido, saudamos

a assinatura da autorização

para a construção

de duas pontes com

recursos da Itaipu Binacional

pelo presidente do

Brasil, Michel Temer, e do

Paraguai, Mario Abdo Benítez;

bem como o início

da construção do viaduto

na Costa e Silva. É preciso,

entretanto, acompanhar

de perto o ritmo da

obra para que não haja

atrasos no cronograma.

Além disso, precisamos de

pelo menos mais dois viadutos

na rodovia (entrada

da cidade e Jardim Jupira).

Também se faz necessário

colocar em prática

os investimentos anunciados

pelo Ministério dos

Transportes e Itaipu Binacional

em infraestrutura.

Uma importante conquista

do turismo é a modernização

da lei dos eventos,

que simplificou os procedimentos

para obtenção

de alvará. O Sindhotéis

colaborou de forma decisiva

na redação do novo decreto,

ciente de que ainda

precisamos de mudanças

mais significativas para

tornar o destino ainda

mais competitivo.

Em 2018 também trabalhamos

muito na gestão

do Centro de Capacitação,

cuja coordenação é

feita inteiramente pelo sindicato

desde o começo do

ano. Nesse sentido ampliamos

a oferta de cursos

de curta e longa duração,

palestras, seminários,

workshops, entre outras

atividades de qualificação.

Neste breve balanço,

destacamos ainda a atuação

da entidade na cobrança

por mais rapidez na

emissão de licenças ambientais;

no pedido de formalização

de hotéis, pousadas

e hostels irregulares;

na criação de grupos

setoriais; bem como na

atualização de produtos e

serviços oferecidos aos associados.

Para efetivar todas essas

ações, a diretoria e

equipe técnica têm intensificado

a participação em

diferentes espaços municipais,

estaduais e nacionais

Neuso Rafagnin é presidente do Sindhotéis

(Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e

Similares de Foz do Iguaçu)

de representação do setor.

Com esse objetivo, integramos

a diretoria da Federação

Brasileira de Hospedagem

e Alimentação. É o

reconhecimento nacional

do Destino Iguaçu.

Em 2019 continuaremos

juntos, renovados de

esperança com o novo governo

federal e estadual,

bem como na ampliação da

nossa representatividade

política em Curitiba e Brasília

com os mandatos dos

deputados Giacobo, Vermelho

e Soldado Fruet.

Juntos, buscaremos conquistas

históricas para o

Destino Iguaçu.


E30 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

PLANEJAMENTO

Reorganização e ampliação do sistema de

saúde e compra de novos equipamentos

Investimentos, capacitação, qualificação e reequipamento de unidades

contribuíram para melhora na qualidade de vida dos iguaçuenses

AMN

Reportagem

Planejamento. Desta

forma, a Secretaria Municipal

de Saúde propôs a reorganização

de uma das

mais importantes pastas do

governo Chico Brasileiro.

Sob o comando da secretária

Katia YumiUchimura,

a saúde da cidade vem retomando

o crescimento na

melhora da qualidade de

vida dos iguaçuenses.

Dentro das principais

conquistas, ao longo de quase

dois anos de governo, a

Saúde realizou a reorganização

e ampliação do sistema

de atendimento, adquiriu

novos equipamentos, reativou

o contrato com o laboratório

de análises clínicas,

dentre outros.

A Atenção Básica, responsável

por todas as 28

Unidades de Saúde (UBS)

ocupa hoje o terceiro lugar

dentro do Paraná e o 17º

do país em maior volume

de produção em saúde.

"Esse ano fizemos a troca

do Sistema de Informação

da Atenção Básica para o

E-SUS AB ofertado pelo

Ministério da Saúde sem

A pedido do prefeito, a secretária Katia reorganizou o sistema

custo para o município e

responsável pelo registro

da produção junto com os

profissionais da área", explica

a secretária Kátia.

Consultas

Para a saúde no município,

a nova gestão ainda

apostou na busca pela contratação

de mais médicos

especialistas e deu andamento

a um gargalo histórico

de fila de espera. Em

No primeiro quadrimestre a alta nas consultas de especialidades e

procedimentos chegou a mais de 300%.

um ano, consultas nas especialidades

de neurocirurgia,

neuropediatria, ortopedia,

otorrino, dermatologia

e urologia, chegaram

a dobrar devido às novas

contratações.

Os novos credenciamentos

médicos ainda incluíram

a oferta de especialidades

como cirurgia vascular,

cirurgia torácica, de

aparelho digestivo, por

exemplo. Num comparativo

com 2017, no primeiro

quadrimestre a alta nas consultas

de especialidades e

procedimentos chegou a

mais de 300%.

Atuando desde a prevenção

até a reabilitação, a

Secretaria apostou na implantação

e reorganização

de serviços como a Câmara

Técnica de Vigilância do

Óbito Materno, o Centro de

Reabilitação para Pessoa

com Deficiência (CER IV)

para atendimento a 4 deficiências:

física, visual, intelectual

e auditiva; a Central

de Regulação de Consultas

e implantação da Central de

Regulação de Cirurgias.

Saúde em números

Na UPA Dr. Walter Cavalcanti

no Morumbi são realizados

cerca de 9 mil atendimentos/mês.

A UPA João

Samekrecebe cerca de 10

mil/mês. Hoje, o SAMU

conta com 2 UTI's móveis,

5 unidades de suporte básico

(USB) e 2 motos - frota

100% renovada. Além

disso, o governo destinou

outras 3 ao transporte social,

e chegará a 2019 com

total de 7 carros para atendimento

à comunidade.

Novas geladeiras

Outra conquista significativa

para a saúde do município foi à

aquisição de 38 geladeiras

apropriadas para o

armazenamento de vacinas.

Historicamente o

armazenamento das doses era

feito nas unidades de saúde, em

geladeiras adaptadas, e

requerendo cuidados constantes

dos agentes. Com os novas

geladeiras, o controle é feito pela

internet e telefone, permitindo

maior agilidade e precisão na

conservação das vacinas. A

compra feita via pregão, foi

possível graças a esforços da

Vigilância em Saúde e Atenção

Básica.

CER IV, uma

conquista

O Centro Especializado em

Reabilitação oferece tratamento

auditivo, físico, intelectual e visual

aos moradores de Foz do Iguaçu.

A unidade, inaugurada em junho

de 2018, já se tornou referência

para a atenção à saúde da pessoa

com deficiência. São mais de 2.600

atendimentos por mês com

serviços de diagnóstico, avaliação,

orientação, estimulação precoce e

atendimento especializado em

reabilitação, concessão,

adaptação e manutenção de

tecnologia assistiva e das órteses,

próteses e meios auxiliares de

locomoção.

Saúde na Escola

O programa atendeu até outubro

deste ano 6.152 crianças de

escolas municipais e CMEIS. Para

o próximo ano a ampliação deve

também atingir 2 escolas

estaduais, com ações voltadas

que integram as áreas da Saúde e

Educação no enfrentamento da

vulnerabilidade, além de ampliar

as ações de saúde para

estudantes da rede pública de

educação básica e apoiar o

processo formativo dos

profissionais de saúde e

educação de forma permanente e

continuada.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E31


E32 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

NOVO RECORDE

Itaipu atinge 2,6 bilhões de

MWh de energia acumulada

Essa energia poderia iluminar o planeta por 42 dias; os Estados Unidos por 7,5 meses; o Brasil por 5 anos e meio; o Paraguai por 167 anos

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

Esse volume em Itaipu é a maior produção acumulada já registrada por uma hidrelétrica.

A produção de Itaipu

no mês de novembro foi

de 9,28 milhões de megawatts-hora

(MWh) - a

maior para o mês no histórico

da usina. Foi, também,

a primeira vez que

a hidrelétrica conseguiu

contribuir com mais de 9

milhões de MWh num

mês corrido de 30 dias,

em 34 anos e meio, desde

o início de operação. O

mês também foi marcado

pelo alcance da marca de

2,6 bilhões de megawatts-hora

(MWh) de energia

acumulada desde o

início da operação, em

maio de 1984. É a maior

produção acumulada já

registrada por uma hidrelétrica.

Os 2,6 bilhões de

MWh poderiam iluminar o

planeta por 42 dias; os Estados

Unidos por 7,5 meses;

o Brasil por 5 anos e

meio; o Paraguai por 167

anos; o Estado de São Paulo

por 20 anos; ou a região

de Brasília por 420 anos.

Do início do ano até

o fim de novembro, Itaipu

havia produzido 88,47

milhões de MWh. A produtividade

e o desempenho

operacional registram

números surpreendentes.

O índice de disponibilidade

das unidades

geradoras chegou a

97,97%. Com esse desempenho,

2018 deve ficar

entre os quatro melhores

da história. Os números

finais do ano só serão

conhecidos em 1º de janeiro

de 2019.

100 milhões a cada

14 meses

Em média, Itaipu produz

100 milhões de MWh

a cada 12 a 14 meses. Os

2,5 bilhões, por exemplo,

foram alcançados no dia

21 de novembro de 2017.

Já em 2016, Itaipu bateu

o recorde mundial de geração

em um ano com 103

milhões de MWh. Hoje,

a Itaipu atende em média

15% do consumo do Brasil

e 85% do Paraguai.

Para o diretor-geral

brasileiro, Marcos

Stamm, a marca de 2,6

bilhões de MWh tem uma

importância estratégica e

simbólica. "A cada ano,

Itaipu reforça sua missão

gerando energia limpa e

renovável a serviço do

desenvolvimento do Brasil

e do Paraguai, com

práticas sustentáveis,

geração de renda, desenvolvimento

tecnológico e

inclusão social em benefício

das pessoas". Segundo

ele, Itaipu é referência

para empreedimentos hidrelétricos

no mundo inteiro.

"Uma usina que

orgulha brasileiros e paraguaios."

Para o diretor técnico

executivo, Mauro Corbellini,

essa marca mostra

que Itaipu está em pleno

vigor, atingindo altos índices

de eficiência para

levar energia com qualidade

até a casa das pessoas,

movimentar a economia

e desenvolver os

dois países-sócios do empreendimento.

Ele acrescenta que,

nos últimos sete anos,

Itaipu tem conseguido

colocar mais 100 milhões

de MWh nos sistemas interligados

brasileiro e paraguaio

a cada 380 dias.

Essa média já foi maior

que 400 dias no passado.

"A dedicação técnica de

nossas equipes e a experiência

acumulada têm

feito a diferença no melhor

aproveitamento possível

dos recursos hídricos

disponíveis."

Projeto de

modernização

Os 2,6 bilhões de MWh são atingidos

em meio ao início da implantação do

projeto de modernização da usina para

continuar gerando de forma

sustentável nas próximas décadas.

Para essa atualização, uma equipe

multidisciplinar, composta por

engenheiros brasileiros e paraguaios

da própria usina. vem coordenando

com as demais áreas da empresa

diversos estudos ao longo dos últimos

anos. Uma etapa inicial, realizada

entre os anos de 2003 e 2008,

promoveu a avaliação dos ativos da

hidrelétrica, ou seja, em que estado da

vida útil se encontram todos os

equipamentos.

O foco do projeto está nos sistemas de

controle, proteção, supervisão,

regulação, excitação e monitoramento

das unidades geradoras e

subestações, como placas de circuitos,

sensores e medidores, entre outros,

que estão espalhados por vários

quilômetros ao longo da casa de força,

barragem, subestações e vertedouro.

A previsão é atualizar os sistemas de

duas unidades geradoras por ano, fase

que deve durar dez anos. O projeto

todo deve ser concluído em 14 anos.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

MOBILIDADE ELÉTRICA

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E33

Sistema de baterias da Itaipu já ilumina

pelotão do Exército e comunidade indígena

Inédito no País, sistema que combina painéis fotovoltaicos, gerador e baterias de sódio será levado a comunidades remotas

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografias

Desde o final de novembro,

o Pelotão Especial

de Fronteira (PEF)

do Exército em Tunuí-

Cachoeira, no Amazonas,

substituiu os geradores a

diesel pela energia solar.

No dia 2 de dezembro, um

grupo de profissionais da

Itaipu voltou da região

após duas semanas fazendo

o comissionamento

de um sistema híbrido

de armazenamento de

energia, o primeiro deste

tipo no País. O projeto é

uma parceria entre a Itaipu

Binacional e o Exército

Brasileiro.

"Foi feito todo o co-

missionamento e o sistema

já está funcionando

perfeitamente. Ainda é

preciso que o pessoal de

lá ajuste a instalação elétrica

da comunidade,

para a energia produzida

chegar até eles. Mas o

nosso sistema está em

pleno funcionamento",

explicou o engenheiro

Bruno Giacchetta, da

Assessoria de Mobilidade

Elétrica de Itaipu, que liderou

a equipe de sete

pessoas - quatro da Itaipu

e três da empresa espanhola

Ingeteam - na

missão ao Amazonas.

O sistema que integra

gerador, painéis fotovoltaicos

e baterias de sódio

recicláveis foi desenvolvido

pela equipe do Programa

Veículo Elétrico

(VE), da Itaipu. Durante

o dia, parte da energia

produzida pelos painéis

alimenta a rede e o excedente

é armazenado nas

baterias. No período noturno,

quando não há luz

solar, as baterias abastecem

a rede. O gerador a

diesel vai funcionar apenas

como backup.

De acordo com o coordenador

brasileiro do

Projeto VE e chefe da

Assessoria de Mobilidade

Elétrica de Itaipu, Celso

Novais, o grande diferencial

do projeto esta no

software de gestão e nas

baterias de sódio 100%

recicláveis. "Elas são re-

Sistema de baterias de Itaipu vem atendendo o Exército em Tanuí-Cachoeira

sistentes às altas temperaturas

da região, não

perdendo vida útil nem

correndo o risco de explosão,

se comparadas com

outros tipos de baterias",

conta Novais. Segundo

ele, Itaipu trabalha, atualmente,

no desenvolvimento

de outra bateria de

sódio com características

planar, ainda mais moderna

e que deverá reduzir

em um terço o custo

de fabricação além de

outras vantagens.

Na Amazônia, o sistema

integrado vai abastecer

um pelotão com 60

pessoas, além da comunidade

de 200 indígenas das

etnias coripaco e baniwa,

que está localizada ao

lado do posto militar.


E34 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E35


E36 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

PARANÁ/PARAGUAI

União para o desenvolvimento de

grandes projetos pelos próximos anos

Itaipu, o governador eleito e o G7 encaminharam várias parcerias importantes durante reunião do Conselho do Sebrae-PR

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

Os diretores Marcos Stamm (Brasil) e José Alderete Rodriguez (Paraguai) selam

compromisso para fomentar o desenvolvimento

A Itaipu Binacional

será a principal interlocutora

entre o Estado do

Paraná e o Paraguai no

desenvolvimento de projetos

de infraestrutura

que, nos próximos anos,

devem transformar a logística

e aprofundar as

relações bilaterais entre

o Brasil e o país vizinho.

O anúncio foi feito pelo

governador eleito do Paraná,

Carlos Ratinho Júnior,

no dia 10 de dezembro,

durante reunião do

Conselho do Sebrae-PR,

em Curitiba, com a presença

de diretores da Itaipu

e de representantes do

G7 - grupo de entidades

empresariais paranaenses

que representam o

conjunto das forças econômicas

do Estado.

Para reforçar o apoio

do país vizinho aos projetos

idealizados pelos

paranaenses, o diretorgeral

paraguaio da Itaipu,

José Alberto Alderete

Rodríguez, participou

do encontro. Foi a primeira

vez que um mandatário

paraguaio de

Itaipu esteve em uma

reunião do G7. Ele referendou

os projetos que,

aos poucos, já estão sendo

tratados, como o

acordo de cooperação técnica

assinado ao fim da

reunião, entre a Fundação

Parque Tecnológico

Itaipu (FPTI) e o Sebrae-

PR, para levar adiante o

projeto "Políticas públicas

e fiscais para a melhoria

do ambiente político

e empresarial do Estado

do Paraná".

Pelo projeto, o Sebrae-

PR vai coordenar, juntamente

com a FPTI, o programa

de desenvolvimento

nos 24 territórios paranaenses,

com duração de quatro

anos - de 2019 a 2022.

Com a interlocução e

o apoio financeiro da

Itaipu, outros projetos já

estão a caminho e alguns,

de maior projeção

e impacto, sendo gestados.

A construção de

duas novas pontes entre

Brasil e Paraguai - financiadas

pela Itaipu e que

devem ser oficialmente

anunciadas ainda este

mês - faz parte do rol de

iniciativas que, amadurecidas

as parcerias, devem

se multiplicar e revolucionar

a integração

logística da região.

O comércio exterior

do Paraguai é altamente

integrado e complementar

ao dos países vizinhos,

em especial ao do

Brasil. O Brasil é, tradicionalmente,

o principal

mercado para os produtos

de exportação paraguaios

e está entre os

principais fornecedores

do Paraguai. Segundo o

Ministério de Relações

Exteriores do Brasil, entre

2002 e 2013 o fluxo

de comércio bilateral elevou-se

de US$ 942 milhões

para US$ 4 bilhões,

o que corresponde

a um aumento de cerca

de mais de 300%. No

mesmo período, as exportações

brasileiras

para o Paraguai cresceram

de US$ 559 milhões

em 2002 para US$ 2,9

bilhões em 2012.

Integração do Oceano Atlântico com o Pacífico

O futuro governador Ratinho Junior e seu vice, Darci Piana conversam com os diretores Stam e Rodriguez

No começo deste mês, Ratinho Júnior levou ao

presidente eleito, Jair Bolsonaro, a proposta de

retomada de um projeto de integração dos oceanos

Atlântico e Pacífico. A ligação ferroviária e rodoviária

entre os portos de Paranaguá (Paraná) e Antofagasta

(Norte do Chile) seria feita com recursos da binacional.

"Estaríamos criando 'um novo Canal do Panamá', o que

seria um ganho logístico maravilhoso para a América

Latina", ressaltou Ratinho. "E a Itaipu pode ser uma

ferramenta estratégica e até indutiva na elaboração

do projeto, para a gente poder trazer investidores do

mundo todo para colaborar com essa obra, que será

talvez a mais importante da América Latina", destacou

o governador eleito. "Nesse processo, Brasil e

Paraguai seriam líderes de uma nova logística de

integração para o continente."

Essa proposta da ligação é de absoluto interesse do

Paraguai porque necessariamente passaria pelo país

vizinho, que se tornaria um hub de importações e

importações dos mercados que utilizam os dois oceanos,

Pacífico e Atlântico, para suas transações internacionais.

O Paraguai, inclusive, já está se modernizando e criando

infraestrutura rodoviária para isso.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Caderno Especial de Natal e Ano Novo

E37

Participação na COP 24 coloca Itaipu na

vanguarda mundial da ação climática

A binacional promoveu dois eventos na Polônia para discutir a relação entre água, energia e conservação da biodiversidade

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

A presença da Itaipu

Binacional, única empresa

latino-americana que

expôs no pavilhão da

ONU Mudanças Climáticas

(UNFCCC), chamou

a atenção dos participantes

da Conferência do Clima

das Nações Unidas -

COP 24 para a centralidade

dos temas ligados à

água e energia na transição

global para uma economia

de baixo de carbono

(menos dependente de

combustíveis fósseis como

o carvão e o petróleo e, portanto,

com menos emissões).

O evento aconteceu

de 2 a 14 de dezembro, em

Katowice (Polônia).

Em 2017, segundo a

UNFCCC, a concentração

de gases de efeito estufa

atingiu sua maior concentração

nos últimos 800 mil

anos, proporcionando um

aumento de 1,1º C na temperatura

do planeta, o suficiente

para acarretar perdas

econômicas estimadas

em US$ 320 bilhões para a

economia global, decorrentes

de desastres climáticos.

A questão tem levado

a uma crescente mobilização

da comunidade internacional.

A COP 24 registra,

até o momento, uma

participação superior à

edição anterior, realizada

na Alemanha. São 22.771

inscritos, contra 19.115

na COP 23. E, em grande

parte, são as empresas e

organizações não governamentais

que responderam

por esse aumento:

são 1.120 no total, com

mais de 6 mil inscritos,

contra mil e 4.660, respectivamente,

na COP 23.

São organizações que

veem na ação climática

uma oportunidade. Conforme

informou a secretária

da UNFCCC, Patricia

Espinosa, em setembro

deste ano, a Comissão

Global sobre Economia e

Clima apresentou um estudo

apontando que a

ação climática pode injetar

US$ 26 trilhões na economia

global até 2030.

"Isso inclui a geração

de 65 milhões de empregos

em negócios de baixo

carbono, evitando 700 mil

Patricia Spinosa, secretária executiva da UNFCCC,

reforçou a conexão entre a ação climática e o

desenvolvimento sustentável

mortes prematuras relacionadas

à poluição do ar,

bem como um crescimento

de US$ 2,8 trilhões na

arrecadação de impostos",

afirmou Patricia, no lançamento

da plataforma da

parceria entre a Itaipu e

o Departamento de Assuntos

Econômicos e Sociais

da ONU (Undesa),

na COP 24. "Governos

sozinhos não conseguem

combater a mudança climática.

Estamos todos no

mesmo barco e precisamos

de todos para fazer diferença",

completou.

Além da parceria com

a Undesa, a binacional

promoveu dois eventos em

Katowice para discutir a

relação entre água, energia

e conservação da biodiversidade

com os demais Objetivos

de Desenvolvimento

Sustentável (ODS) que

compõem a Agenda 2030

da ONU. E expôs seus

projetos no pavilhão da

UNFCCC juntamente

com o Parque Tecnológico

Itaipu (PTI), que tem

atuado em várias frentes

para a promoção do desenvolvimento

sustentável

na região de fronteira entre

o Brasil e o Paraguai.


E38 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

PARCERIAS

Acordo de Gestão Integrada do

Turismo é renovado por cinco anos

Renovação do compromisso garante a continuidade de uma parceria que vem dando certo e beneficiando a cidade

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

Representantes da

Itaipu Binacional, da Prefeitura

de Foz do Iguaçu

e de entidades atuantes

no turismo de Foz do

Iguaçu assinaram, no dia

13 de dezembro, a renovação,

por mais cinco

anos, do acordo de cooperação

que institui a

Gestão Integrada do Turismo.

O documento, assinado

em 2013 para 36

meses e prorrogado por

mais 24 meses, venceu

em agosto de 2018.

A renovação do acordo

visa dar continuidade

a um trabalho que vem

dando certo, na visão do

diretor-geral brasileiro

da Itaipu Binacional,

Marcos Stamm. "Esse

acordo de cooperação é

o que dá condições de

cumprirmos nosso compromisso

de desenvolver

ações na região onde

Itaipu está inserida. O

turismo é fundamental

não só para a usina, mas

principalmente para a

cidade e a região, porque

é propulsor de riqueza e

desenvolvimento", completou

o diretor.

Gestão integrada consolida Foz como um grande destino turístico

O prefeito Chico Brasileiro

enfatizou a importância

da parceria. "Essa

assinatura vem consolidar

a gestão integrada e

esse processo de crescimento

do turismo de forma

ordenada, participativa,

com todas as instituições

realmente unidas",

Marcos Stamm assina o convênio ao lado do prefeito Chico Brasileiro e

dirigentes de entidades ligadas ao turismo

comentou.

Além de Stamm e do

prefeito, também participaram

da cerimônia de

assinatura o secretário de

Turismo, Indústria, Comércio

e Projetos Estratégicos

de Foz do Iguaçu,

Gilmar Piolla; Jaime Nelson

Nascimento, presidente

do Visit Iguassu; e

Ênio Eidt, secretário geral

do Fundo Iguaçu. Representantes

de diversas

outras entidades também

colaboraram como testemunhas.

Milionésimo

visitante

Além de desempenhar

seu papel como promotora

do turismo na região,

estabelecido pela missão

da empresa, a participação

de Itaipu na Gestão

Integrada tem papel relevante,

também, pela contribuição

positiva que ela

viabiliza por meio do

Complexo Turístico Itaipu.

Com o trabalho integrado

realizado pelas instituições,

o espaço acaba

tendo ganhos em escala.

"A Itaipu também é

uma geradora potencial

de turistas. Somos o segundo

polo de turismo na

região, e devemos completar

um milhão de visitantes

esse mês. Claro

que não ganhamos da

nossa maravilha da natureza,

as Cataratas do

Iguaçu, mas queremos

continuar crescendo", reforçou

Marcos Stamm.

O turismo é um dos

pilares da missão da Itaipu

Binacional. Além de

a usina ser um importante

atrativo turístico, a

empresa atua na promoção

da atividade turística

como forma de estimular

o desenvolvimento da

região de fronteira entre

Brasil, Paraguai e Argentina.

Líder mundial

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de

potência instalada, a Itaipu Binacional é líder

mundial na geração de energia limpa e

renovável, tendo produzido, desde 1984, mais

de 2,6 bilhões de MWh.

Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou

o recorde mundial anual de geração de energia,

com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2017, a

hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento

de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil

e de 86,4% do Paraguai.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo E39


E40 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

LICITAÇÃO

Avança o processo de atualização

tecnológica da maior hidrelétrica

Abertura da etapa de pré-qualificação das empresas e consórcios interessados em participar do trabalho marca nova etapa do processo

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

A Itaipu Binacional

obteve, em 2018, importantes

avanços no processo

de atualização tecnológica

da hidrelétrica,

com a abertura da etapa

de pré-qualificação das

empresas e consórcios interessados

em participar

do trabalho.

A pré-qualificação

consiste de apresentação

de documentações que

comprovem a habilitação

técnica, fiscal, jurídica e

financeira das empresas.

Somente as habilitadas

em cada lote poderão seguir

para a próxima fase.

No total, 140 empresas

adquiriram o caderno de

bases e condições - 100 brasileiras

e 40 paraguaias.

Destas, 21 efetivamente se

apresentaram, de forma isolada

ou em consórcio, e entregaram

a documentação

para a habilitação.

Em seguida, a documentação

foi submetida

à análise de uma comissão

binacional específica,

que definiu as empresas

habilitadas em dezembro.

As empresas apresentarão

as propostas comerciais

sob as regras do edital

da segunda fase, a de

execução, que deve ser

publicado entre fevereiro

e março de 2019.

O processo de licitação

foi dividido em três

lotes: o de número um,

voltado às empresas e

consórcios estabelecidos

no Brasil, e os de números

dois e três, para os

estabelecidos no Paraguai.

As vencedoras de

cada lote irão formar um

consórcio sob liderança

do vencedor do lote um.

O contrato será assinado

com o consórcio das

empresas vencedoras.

O investimento estimado

é de US$ 660 milhões

para todo o processo,

que deve ser concluído

em aproximadamente

14 anos. "Entendemos

que a concorrência da

fase dois, a de execução,

permitirá que as empresas

apresentem propostas

com valores inferiores ao

limite estabelecido, o que

é normal em uma competição

desta natureza",

afirma o superintendente

adjunto de Engenharia

da Itaipu, Jorge Habib.

A Itaipu Binacional é a hidrelétrica que mais gera energia no planeta

Gigante renovada

A Itaipu Binacional é

a hidrelétrica que mais

gera energia no planeta,

com sucessivos recordes

mundiais de produção

anual. O atual é de 2016,

com 103.098.366 Megawatts/hora

(103,1 milhões

de MWh). Desde

1984, quando começou a

gerar energia, a usina

brasileira e paraguaia já

produziu 2,6 bilhões de

MWh - o suficiente para

abastecer o mundo todo

por 41 dias.

Eleita uma das maravilhas

da engenharia

moderna, Itaipu foi construída

com tecnologia de

ponta. Trata-se, porém, de

tecnologia eletromecânica

da década de 1970. No

início dos anos 2000, esses

equipamentos ganharam

uma "camada" mais

moderna, com o Sistema

Digital de Supervisão e

Controle (SCADA) e o

Sistema de gerenciamento

de energia (EMS), dando

início ao processo de

digitalização da usina.

As unidades U9A e

U18A, implantadas entre

2004 e 2006, também utilizam

tecnologia digital

de controle. Modernizações

parciais de equipamentos

e sistemas foram

sendo feitas ao longo dos

anos, mas sempre de forma

pontual. Agora, a binacional

quer dar um

passo além, com a substituição

completa de

equipamentos e sistemas

analógicos por equivalentes

digitais, que agreguem

novas informações

e funcionalidades.

Para essa atualização,

uma equipe multidisciplinar

composta por engenheiros

brasileiros e paraguaios

da própria usina

vem coordenando com

as demais áreas da empresa

diversos estudos ao

longo dos últimos anos.

Uma etapa inicial, realizada

entre os anos de

2003 e 2008, promoveu a

avaliação dos ativos da

hidrelétrica, ou seja, em

que estado da vida útil se

encontram todos os equipamentos.

Excelência do programa de manutenção

A excelência do programa de manutenção da

Itaipu permitiu que a vida útil estimada dos

equipamentos fosse estendida por um

período maior que o preconizado pelas

normas, mas muitos componentes não são

mais fabricados e hoje são mantidos ou

recuperados pelos laboratórios da binacional.

As unidades geradoras em si estão em

excelentes condições e não fazem parte do

escopo da atualização neste momento. O

foco do projeto está nos sistemas de controle,

proteção, supervisão, regulação, excitação e

monitoramento das unidades geradoras e

subestações, como placas de circuitos,

sensores e medidores, entre outros, que

estão espalhados por vários quilômetros ao

longo da casa de força, barragem,

subestações e vertedouro.

Mais do que simplesmente substituir, porém,

o plano é repensar funcionalidades e

processos, além de permitir uma leitura mais

detalhada das unidades geradoras. De uma

forma bem simplificada, é possível fazer uma

analogia com um carro: antigamente, o painel

do automóvel fornecia somente algumas

informações, como a quantidade de

combustível, temperatura do motor e óleo.

Hoje, indica uma série de dados, como

autonomia, consumo médio e diagnóstico de

partes importantes do motor, entre outros.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo E41

CÂMARA

Vereadores encerram o ano de 2018

com novo recorde de proposições

Foram 2.297 proposições apresentadas durante o ano. Números superam exercícios de 2016 e 2017

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

De acordo com o relatório

apresentado pelo Departamento

de Assuntos Legislativos,

os parlamentares

iguaçuenses encerraram as

atividades oficiais de 2018 totalizando

194 reuniões plenárias.

O número é superior a

2016, com 146 sessões, e 2017

quando os vereadores se reuniram

em 183 sessões no Plenário

da Casa de Leis. Foram

55 sessões ordinárias e 115

sessões extraordinárias sem

pagamento de jetom ou qualquer

vantagem. A quantidade

supera o índice do ano

passado quando ocorreram

99 reuniões extras.

As proposições apresentadas

também superam o exercício

do ano anterior e atingem

um novo recorde. Em 2017 foram

2.268 proposições apresentadas.

Em 2018, entre requerimentos,

indicações e moções,

o número final foi de 2.297.

Além disso, foram totalizados

186 projetos, bem acima de

2016 (último ano da legislatura

anterior) quando 100 projetos

foram apresentados.

Câmara Municipal de Foz do Iguaçu entra em recesso,

mas não terá férias coletivas

Redução de custos

Outro trabalho de destaque

do Legislativo iguaçuense

em 2017 e 2018 foram as

economias geradas com o

corte de gastos e redução de

benefícios. Em 2017 a Câmara

devolveu ao Executivo o

montante de R$ 3,4 milhões

e neste ano o valor foi maior:

R$ 4,7 milhões, valor que

será destinado às demandas

de melhorias na cidade, principalmente

nas áreas de maior

interesse social como saúde,

educação e segurança

pública. Nos dois anos de

gestão da atual mesa diretora

foram devolvidos à prefeitura

R$ 8,1 milhões.

Recesso

no Legislativo

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu

informa que estará em recesso a

partir do dia 24 de dezembro, em

razão das festividades de Natal e de

Fim de Ano, retornando as atividades

normais a partir do dia 07 de janeiro.

O recesso parlamentar no fim do ano

é uma determinação federal, prevista

na Constituição.

Como já adiantado, via decisão da

Mesa Diretora, em conjuntos com os

demais vereadores, a Câmara não

terá férias coletivas, permanecendo

assim com as portas abertas em

janeiro para que a população tenha

acesso aos serviços da Casa de Leis.

Apesar de não haver sessões, os

gabinetes dos vereadores estarão

abertos normalmente no mês de

janeiro.


E42 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

CARRO ELÉTRICO

Viagem inaugural marca início de

operação da maior eletrovia do País

Atualmente, existem mais de 200

destes pontos espalhados por toda

Itaipu e mais de 100 veículos elétricos

na frota corporativa da empresa

Fotos: Alexandre Marchetti

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografias

A Itaipu Binacional e

a Companhia Paranaense

de Energia (Copel)

inauguraram, em dezembro,

a maior eletrovia do

País. No total, foram instalados

11 eletropostos

ao longo dos 700 km da

BR-277, permitindo que

veículos elétricos viajem

de Foz do Iguaçu, no

Oeste do Paraná, até Paranaguá,

no litoral do

Estado. Profissionais da

Copel fizeram a viagem

inaugural percorrendo o

estado de Leste a Oeste

a bordo de cinco veículos

elétricos.

O projeto começou em

março deste ano com a

instalação do primeiro

eletroposto, em Curitiba.

Em agosto, Foz do Iguaçu

recebeu o seu posto de

recarga rápida, em frente

à usina de Itaipu. Os

outros eletropostos estão

em Paranaguá, Palmeira,

Fernandes Pinheiro, Prudentópolis,

Candói, Laranjeiras

do Sul, Ibema,

Cascavel e Matelândia.

"O objetivo é promover

uma infraestrutura de

recarga para que os futuros

proprietários de veículos

elétricos possam andar

pelo Estado e, assim, incentivar

a adoção da mobilidade

elétrica", explica

o engenheiro Márcio Massakiti,

da Assessoria de

Mobilidade Elétrica da

Itaipu (AM.GB).

Segundo Massakiti,

além de fomentar a mobilidade

elétrica, a rede de

eletropostos vai fornecer

dados para que os profissionais

do Projeto Veículo

Elétrico (VE), da Itaipu,

possam estudar o seu

desempenho. "Estas informações

vão auxiliar o

setor elétrico a dimensionar

o sistema de recargas

dos veículos elétricos

nas rodovias e dar certeza

para os futuros usuários

que vão encontrar

Paranaense tem garantia de abastecimento de Foz do Iguaçu ao litoral

infraestrutura", afirma.

Criado em 2006 para

promover a mobilidade

elétrica, o Projeto VE instalou

seus primeiros eletropostos

em 2008. Atualmente,

existem mais de

200 destes pontos espalhados

por toda Itaipu e

mais de 100 veículos elétricos

na frota corporativa

da empresa.

Pioneiro

De acordo com o diretor

da Copel Distribuição,

Antonio Guetter, o

projeto da eletrovia é pioneiro

no País, ao integrar,

pela primeira vez,

uma rodovia completa de

ponta a ponta. "Já existem

alguns trechos de

rodovia com eletropostos

no Brasil, mas não uma

rede que atendesse toda

uma rodovia", explica.

As estações são todas

de carga rápida. Cada eletroposto

tem 50 kilovoltampere

(kVA) de potência

- o equivalente a dez

chuveiros elétricos ligados

ao mesmo tempo - e

três tipos de conectores,

próprios para atender os

modelos de carros elétricos

ou híbridos disponíveis

no Brasil. Leva entre

meia e uma hora para

carregar 80% da bateria

da maioria dos carros elétricos.

"Por ser um projeto

de pesquisa e desenvolvimento,

os consumidores

não terão custo para

abastecer na eletrovia",

afirma Guetter.

Posto de abastecimento da eletrovia "inaugurado" pelo diretor Marcos Stamm


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

ASFALTO

Caderno Especial de Natal e Ano Novo E43

Prefeitura investe mais de

R$ 30 milhões em malha viária

Em 2018, mais de 150 vias de todas as regiões de Foz do Iguaçu receberam

os serviços de manutenção, recuperação e pavimentação asfáltica

AMN

Reportagem

O Governo Municipal

de Foz do Iguaçu tem

apostado no planejamento

estratégico e executado

importantes obras de

infraestrutura na cidade.

Somente em 2018, os investimentos

na manutenção,

recuperação da

malha viária e serviços

de drenagens ultrapassam

os R$ 30 milhões.

Nesse período, mais de

150 vias urbanas e áreas

rurais, entre ruas e

avenidas de todas as regiões

da cidade, foram

contempladas.

“Com recursos próprios

da prefeitura e através

de convênios, já conseguimos

realizar a manutenção

e a pavimentação

asfáltica em dezenas

de ruas que ficaram esquecidas

por muitos

anos. Sabemos que existe

muito ainda para ser

feito, e por isso, para o

próximo ano, vamos intensificar

os trabalhos”

adiantou o prefeito Chico

Brasileiro.

Com quase 10 frentes

de trabalhos, as

ações de pavimentação

asfáltica com Concreto

Betuminoso Usinado a

Obras de pavimentação asfáltica se espalham

em muitos bairros da cidade

Quente (CBUQ) e Pré-

Misturado a Frio (PMF)

envolvem mais de 80 trabalhadores

e acontece em

todas as regiões cidade,

inclusive na área rural.

Os trabalhos são realizados

pela Usina Municipal

de Asfalto e empresas licitadas

pela atual gestão.

Boa parte dos serviços

acontecem por meio de

convênios pactuados entre

Município, Estado e a

Itaipu Binacional.

Drenagens

Foz do Iguaçu é uma

cidade rica em recursos hídricos,

porém, por falta de

planejamento no passado,

algumas regiões da

cidade cresceram de forma

desordenada e sem infraestrutura,

o que acabou

ao longo dos anos, gerando

problemas para a população.

Buscando corrigir

os erros históricos, o

Município está executando

serviços de drenagens

em vários bairros, a exemplo

da avenida Andradina

e do Jd. São Luiz, que

há mais de 20 anos sofria

com alagamentos durante

os períodos de chuvas.

Os investimentos ultrapassam

mais de R$ 1 milhão.

Para 2019, já estão

programadas novas obras

para acabar com os pontos

de alagamentos na cidade.

Obras paradas retomadas

Importantes obras de infraestrutura

viária, integrantes do Programa de

Aceleração do Crescimento (PAC), do

Governo Federal, e que estavam

paralisadas desde 2016, decorrente de

irregularidades apontadas pela Operação

Pecúlio estão sendo executadas pelo

Município com a anuência do Ministério

Público Federal (MPF). Os serviços

acontecem nas avenidas Felipe Wandscheer,

Sergio Gasparetto e Olímpio Rafagnin.

Até obras paralisadas pela

Operação Pecúlio

foram reiniciadas

Chico Brasileiro vistoria obras de pavimentação asfáltica

realizadas em toda a cidade


E44 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

TRÂNSITO

Foztrans aposta no desenvolvimento

urbano e na sustentabilidade

Autarquia inicia 2019 com novos projetos, como a instalação de mais Abrigos Verdes, orientação através da educação com a Escolinha de Trânsito e ampliação da sinalização

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

Auxiliar no desenvolvimento

de uma cidade

moderna, com espaços

integrados para uma mobilidade

urbana eficiente

e sustentável. Dessa forma,

alguns projetos desenvolvidos

dentro do

Foztrans em 2018, deram

início a um novo jeito de

olhar a cidade.

O ano está quase acabando

e os investimentos

bateram recordes. R$ 2

milhões foram aplicados

em sinalização viária,

priorizando maiores avenidas,

creches, escolas e

unidades de saúde. Para

o próximo ano, os recursos

devem dobrar. Problemas

antigos de sinalização

em pelos menos seis

cruzamentos de grande

fluxo, receberão novos

semáforos já licitados,

promovendo uma verdadeira

reorganização no

trânsito.

Investimentos pontuais,

como a adoção dos

abrigos verdes, ofertando

mais espaço e conforto ao

usuário do transporte coletivo,

mostram uma iniciativa

fundamental para

integrar infraestrutura e

bem estar. O último lote

de 2018, incluiu a chegada

de 100 novos abrigos,

que estarão instalados

A cidade ficou muito mais bonita e o trânsito organizado com os investimentos do Foztrans

Foztrans adquiriu ao longo do ano, 350 novos abrigos,

125 deles, verdes e 225 amarelos

até 15 de janeiro nas

principais avenidas do

Corredor Turístico da cidade.

Cada novo abrigo

custou R$ 5.619. "A tendência

é de padronizar, e

oferecer mais conforto

aos usuários do transporte

coletivo", confirmou o

Diretor Superintendente

do Foztrans, Fernando

Maraninchi.

Além de mais amplos,

os novos abrigos também

terão espaço para comercialização

de publicidade.

"Ainda vamos abrir uma

licitação para que empresas

possam explorar esse

espaço, enquanto a outra

parte será destinada a

informações turísticas e

um mapa da cidade", informou.

No total foram adquiridos

ao longo do ano,

350 novos abrigos, 125

deles, verdes e 225 amarelos.

O Foztrans inovou

com a implantação do

projeto piloto de iluminação

e recarregador de celular

com energia solar,

já instalado em 3 abrigos.

No próximo ano,

uma licitação para publicizar

parte do espaço nos

abrigos verdes será lançada

pela autarquia.

Ainda apostando em

novos meios de desenvolvimento

urbano, apoiados

na tecnologia, o auto

atendimento do Foztrans

deve facilitar ainda mais

a vida dos motoristas

com sua implantação do

aplicativo no ESTARFI,

a partir do próximo ano.

A ideia, é que o usuário

adquira créditos e realize

pagamentos das irregularidades

via aplicativo.

Promovendo a conscientização

Com intuito de promover formação de

cidadãos conscientes, um dos projetos

mais atuantes do Foztrans ganha

continuidade e investimentos. A

Escolinha de Trânsito intensificou suas

ações em 2018, e ainda estendeu sua

atuação em participações itinerantes,

levando conhecimento e prevenção a

diversas regiões da cidade, atingindo

mais de 5.400 pessoas, em sua

maioria, crianças. As equipes de

educação no trânsito também

realizaram atividades itinerantes

atingindo cerca de 4 mil pessoas, 3.200

participaram das blitze educativas e

outras 1.200, integraram eventos

voltados à orientação. No total as

atividades envolvendo educação no

trânsito chegaram a mais de 10 mil

pessoas. A aposta para 2019, está na

parceria com o Parque Tecnológico de

Itaipu para promover as atividades na

Mini Cidade Sustentável, dobrando o

número de atendimento.

Para Maraninchi, a missão do Foztrans

vem sendo cumprida com bastante

cuidado e determinação. "Estamos

atentos às necessidades tanto da

comunidade como da cidade, por isso, o

investimento na prevenção e educação

são fundamentais, agora e nos

próximos anos".

Escolinha de Trânsito forma cidadãos conscientes


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo E45

Mais um ano de vitórias para

o turismo de Foz do Iguaçu

Carlos Silva é presidente do Conselho

Municipal de Turismo

Carlos Silva

O ano de 2018 termina

com saldo positivo para o

turismo em Foz do Iguaçu.

Mais uma vez, nossa cidade

recebeu milhões de turistas,

num ciclo que movimenta

grande parte da economia

local. Um dos sinais do crescimento

foi o fato de o Parque

Nacional do Iguaçu ter

batido seu recorde de visitação

novamente, com mais

de 1,7 milhão de turistas, e

duas semanas antes do fim

do ano. O Complexo Turístico

Itaipu também fechou

2018 com a marca histórica

de mais de um milhão de

visitas. E assim foi com uma

série de atrativos locais.

Esse crescimento é muito

importante, afinal o turismo

não alavanca apenas

economias, mas transforma

sociedades. Foz do Iguaçu

é exemplo disso. Cosmopolita,

internacional, a cidade

é o destino preferido de

brasileiros e estrangeiros

que buscam vivenciar atrativos

únicos, hospedar-se

bem, experimentar gastronomia

de qualidade, conhecer

povos e culturas.

Essa integração permanente

faz muito bem a todos.

Nossa cidade é reconhecida

e valorizada pelo

mundo. O turista que nos

visita se encanta. Volta para

suas cidades e países levando

experiências, recordações,

histórias... E fascinado

com as nossas belezas!

Os resultados econômicos

e sociais para Foz do

Iguaçu são visíveis. Emprego

e renda para a população, investimentos

públicos e privados

que em épocas pujantes

fazem a economia da cidade

crescer e sentir menos as dificuldades

que os tempos de

crise trazem. O turismo gera

demandas de infraestrutura e

serviços que beneficiam todos

os iguaçuenses.

Mas nada acontece por

acaso. A última década foi

de intenso trabalho, planejamento,

união e principalmente

ousadia. Sim, fomos

ousados ao apostar na completa

transformação do modelo

turístico de anos atrás,

bem como ao criar um espaço

de atuação institucional

inovador, chamando à

mesa de diálogo da Gestão

Integrada do Turismo todos

os protagonistas.

E nessa articulação, o

Conselho Municipal de Turismo

consolidou-se como

um espaço estratégico. Não

há discussão ou projeto

para o turismo que prospere

sem os estudos dos grupos

e da deliberação da plenária

do conselho. Qualificado

para o debate técnico,

o órgão é formado por uma

diversidade de instituições

privadas, órgãos públicos e

de classe, e universidades.

Os resultados vieram. E

com contundência. Em pouco

mais de dez anos, praticamente

dobrou o número de

visitantes no Parque Nacional

do Iguaçu. Ampliação, revitalização

e novos hotéis e

meios de hospedagem, projetos

para futuros empreendimentos,

diversificação dos

atrativos, termalismo, excelência

no atendimento, investimentos

em qualidade e inovação.

O momento para o turismo

de Foz do Iguaçu e região

é de franca expansão.

Por tudo isso, Foz do

Iguaçu tem motivos para

comemorar, mas também

deve planejar o futuro para

continuar crescendo e consolidar-se

como um dos

principais destinos turísticos

do Brasil e do mundo.


E46 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

RECONHECIMENTO

Médico Pedro Peres de Lavra Pinto é

o mais novo Cidadão Honorário de Foz

Honraria foi concedida pela vereadora Rosane em reconhecimento aos 48 anos de exercício da medicina em prol da população

Da assessoria

Reportagem

Divulgação

Fotografia

O médico Pedro Peres de Lavra Pinto recebeu o título de cidadão honorário de Foz do Iguaçu

O Legislativo Iguaçuense

congratulou na noite da última

quinta-feira, 20 de dezembro,

o médico Pedro Peres

de Lavra Pinto como o

mais novo cidadão honorário

de Foz do Iguaçu. A honraria

foi entregue das mãos da

proponente, vereadora Rosane

Bonho (PP) e do 1° Vice-

Presidente da Casa, vereador

Celino Fertrin (PDT).

A homenagem teve o intuito

de reconhecer os 48 anos

de serviços médicos prestados

no município. O médico continua

atendendo no prontoatendimento

do Hospital Ministro

Costa Cavalcanti. A proponente,

Rosane Bonho, enfatizou:

"O senhor me ensinou

que cuidar dos outros com

amor vale a pena. É uma pessoa

que merece muito mais

reconhecimento".

O ato solene contou com a

presença de autoridades,

amigos e familiares que prestigiaram

a cerimônia. Como

representante do prefeito,

Tenente-Coronel Jahnke comentou

sobre a atuação do

médico. "O senhor é um médico

que dedica sua vida em

prol do outro. Quantas horas

Dr. Pedro ficou longe da família,

se dedicando às pessoas.

Essa homenagem é muito

representativa. O senhor é

uma pessoa iluminada, que

trouxe as pessoas à vida e

mantém a vida", elogiou.

Trabalho e gratidão

O filho do novo cidadão

honorário, o também médico

Alexandre de Lavra Pinto, fez

uso da tribuna do Legislativo

para falar sobre a trajetória do

pai e demonstrar a gratidão.

"Nossa causa é muito nobre, a

de salvar vidas. Quantas noites

foram passadas no hospital,

em salas de cirurgia. Foz

tornou-se seu lar desde 1970

e aqui conquistou muitas coisas

e foi reconhecido pela dedicação",

disse.

Para Alexandre, "ser cidadão

honorário desta cidade é

reconhecimento por tudo que

prestou a ela, este lugar que

o acolheu tão bem. O senhor,

pai, é uma pessoa boa, correta,

um ótimo pai e que sempre

pensa em fazer o correto,

da melhor forma possível.

Que a nossa vida seja sempre

repleta de luz. A vida é

sobre o que você se torna

nesta caminhada".

Os vereadores presentes

na entrega da honraria também

fizeram uso da palavra

para externar a opinião sobre

o homenageado. O vereador

Beni Rodrigues (PSB) afirmou

que ficou emocionado

quando assinou o título. "Vi o

Dr Pedro Peres salvando muitas

vidas. Nestes 14 anos aqui

na Casa esse foi o melhor título

de cidadão honorário que

já assinei", observou.

Missão e humanidade

O vereador Marcelinho

Moura (Podemos) também

destacou "as mais lindas palavras

são ditas no silêncio

e vimos a emoção em quando

seu filho falou na tribuna

desta casa sobre sua trajetória".

O vereador Elizeu

Liberato (PR) também afirmou

que conhece o médico

há anos e "sempre o vi salvando

muitas vidas".

A vereadora Nanci Rafagnin

Andreola (PDT) também

pontuou que o médico muitas

vezes também teve de ficar

distante da família para

se doar, atendendo as pessoas,

na missão de tratar e salvar

vidas. O vereador Celino

Fertrin (PDT) ressaltou o

exercício da profissão. "Ser

médico é levar o dom da vida

aos que mais necessitam".

Após receber o Título,

Dr. Pedro Peres agradeceu:

"Tenho muito orgulho de receber

essa homenagem de

Foz do Iguaçu. Cheguei nessa

cidade com entusiasmo

para colocar em prática tudo

que aprendi na medicina.

Durante 30 anos trabalho na

saúde pública. Ofereço a homenagem

a todos os pacientes.

Agradeço a Deus pelo o

dom da vida, aos meus familiares

e amigos".

História

Dr. Pedro nasceu no município

de Caxias do Sul (RS)

em 1941. Começou a trabalhar

em Foz do Iguaçu no início

dos anos 70, atendendo

aos pacientes da antiga Santa

Casa de Foz, onde atuou

por mais de 30 anos, até o fechamento

da instituição. Em

1996 ingressou ao corpo clínico

Hospital Ministro Costa

Cavalcanti, onde permanece

até hoje.


Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

Caderno Especial de Natal e Ano Novo E47

SEGUNDA PONTE

A concretização de um sonho antigo

A partir do entendimento dos dois países, a Itaipu virou a protagonista desse grande projeto que unirá ainda mais Brasil e Paraguai

Da redação

Reportagem

Brasil e Paraguai estão

conectados pela história,

pelo povo, por um rio, por

uma usina. A Ponte Internacional

da Amizade

foi inaugurada em 1965.

A assinatura do Tratado

ocorreu em 1973. E a usina

de Itaipu passou a gerar

energia em 1984. De

lá para cá, passou a bater

sucessivos recordes. Em

novembro, a geração ultrapassou

os 9 milhões de

megawatts - o melhor mês

de toda a história da empresa.

No acumulado, a

produção soma 2,6 bilhões

de MWh em quase

35 anos de operação.

A construção da segunda

ponte entre os dois

países é um sonho de décadas

e que tem sido articulada

entre os dois governos

desde 1992. Hoje,

as filas na Ponte da Amizade

causam transtorno a

trabalhadores e turistas

que cruzam a fronteira de

carro, moto, caminhão,

ônibus ou até mesmo a pé.

São mais de 39 mil pessoas

por dia. Os caminhões

parados sobre a ponte e a

BR-277 é um gargalo ainda

para o comércio aduaneiro

entre os dois países.

A partir do entendimento

dos dois países, a

Itaipu virou a protagonista

desse grande projeto.

Isso porque empresa tem

Após décadas de espera a segunda ponte começa virar realidade

a missão de gerar energia

elétrica de qualidade, com

responsabilidade social e

ambiental, impulsionando

o desenvolvimento econômico,

turístico e tecnológico,

sustentável, no

Brasil e no Paraguai. E

uma das formas de uma

das formas de cumprir a

missão é investir em projetos

estruturantes.

Perimetral Leste

A também é uma reivindicação

antiga que

sairá do papel. Essa rodovia

terá 15 quilômetros

e vai ligar a BR-277

à aduana da Argentina

e à nova ponte. O valor

de R$ 104 milhões contempla

os custos do projeto,

desapropriações,

construção de quatro viadutos

e duas aduanas

(uma na cabeceira da

nova ponte e outra na

fronteira com a Argentina).

Essa obra já foi licitada

pelo Dnit, mas o resultado

ainda não foi homologado.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras

e 14 mil MW de

potência instalada, a Itaipu

Binacional é líder

mundial na geração de

energia limpa e renovável,

tendo produzido, desde

1984, mais de 2,6 bilhões

de MWh. Em 2016,

a usina brasileira e paraguaia

retomou o recorde

mundial anual de geração

de energia, com a

marca de 103.098.366

MWh. Em 2017, a hidrelétrica

foi responsável

pelo abastecimento de

15% de toda a energia

consumida pelo Brasil e

de 86,4% do Paraguai.

Fotos: Kiko Sierich e Nilton Rolim

Durante a gestão de Marcos Stamm o sonho virou realidade

Autoridades das três esferas de governo festejam a assinatura do convênio


E48 Caderno Especial de Natal e Ano Novo

Sábados, 22 e 29 de dezembro de 2018

More magazines by this user
Similar magazines