25.02.2019 Views

Revista Joga na Rede Edição número 2

Revista Joga na Rede Edição número 2

Revista Joga na Rede Edição número 2

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

1


GERENTE

Rita de Cassia Holanda

PROJETOS

Adriana Ruriko Shimabukuro

Ana Paula Bueno Guelfi

Janaina Torres Manzoli Soares

Tiago Pereira Ramos

Mateus de Carvalh

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Josiane Leonarda Bonome da Silva Casarotti

Mateus de Carvalho

Silvana Braghin Mascoloti Sprea

Joicy Priscila da Costa Maia

EQUIPE RESPONSÁVEL

Andreia Paula Ferracioli Marques

Claudia Venerio Garcia Dias

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Helga Moncao Shirane Korch

Viviane Shinohara Muchiutti

PROJETO GRÁFICO

Anderson Rodrigues

2


Sumário

Por um mundo mais feliz ..............................................................................................4

Solta o Verbo: Diversidade e Tolerância ......................................................................6

Transformar espaços com GENTILEZA .......................................................................8

Alunos sensibilizam quanto a importância

do MESA BRASIL SESC em Presidente Prudente................................................... 11

Praticando a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes ...................... 13

Absenteísmo e Motivação ........................................................................................ 15

Expo Desenhos e Maquetes ...................................................................................... 18

Quer um bom atendimento? Venha para Forty-One! .............................................. 19

Manhã de Autógrafos - Lançamento de “As aventuras de John” ........................ 21

A arte de ser protagonista juvenil ........................................................................... 23

3


Docentes:

Adriana Ruriko Shimabukuro

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Josiane Bonome

Por um mundo mais feliz

Alunos do Programa Aprendizagem turma 44

Os programas de voluntariado estão ligados a responsabilidade social das

empresas, e o envolvimento em ações voluntárias externas podem gerar uma

maior motivação dos funcionários, além, do sentimento individual e coletivo

fazerem parte, realmente integrante de uma equipe de trabalho.

Para desenvolver o Projeto Integrador, os alunos da turma 44 do Programa

Aprendizagem em Serviços Administrativos, Vendas e Supermercados

resolveram criar como desafio proporcionar um dia feliz para crianças e

adolescentes com deficiência da Lumen Et Fides de Presidente Prudente – SP.

Para a realização da ação dois alunos fizeram uma visita à Instituição,

a fim de identificar as necessidades e propor uma data para o evento em

comemoração ao dia das crianças.

Após, a confirmação da data, e refletirem um pouco como seria o evento,

os alunos procuraram uma funcionária do Senac que atua com pessoas com

deficiências, para saberem quais atividades ou apresentações, seriam mais

adequadas para as crianças e adolescentes portadoras de autismo e deficiências

físicas (paralisias cerebrais, síndromes, escleroses, entre outras).

Realizaram também, pesquisas para saber sobre os tipos de deficiências,

4


definições e características principais, com o intuito de proporcionarem uma

dinâmica que contagiasse os participantes.

Com todas as informações em mão, projetaram, construíram e realizaram:

uma dramatização com o envolvimento das crianças, danças, máscaras e um

grande lanche coletivo.

Para o lanche, meses antes da ação, os alunos envolveram suas empresas,

pais, alunos de outros cursos e funcionários do Senac, para aquisição de

alimentos que pudessem ser servidos aos alunos da instituição, já que o

objetivo era servir coisas que crianças e adolescentes gostam.

O cardápio teve: refrigerante, picolé, cachorro quente, pipoca, doces,

bolos, dentre outros.

Contaram ainda, com o apoio de uma fotógrafa profissional voluntária

que registou todos os momentos.

No dia reservado à apresentação dos resultados aos gestores das empresas

parceiras, a Assistente Social da Lumen participou do evento.

Depoimentos

“ A ação na Lumen foi uma experiência

de aprendizagem inesquecível, contamos com

as empresas para colaborarem com o projeto, e

mobilizamos todo o Senac para que fosse possível,

foi tudo feito com muito amor e recebemos muita

gratidão, realizar esse projeto significou para mim:

ter amor ao próximo” – aluna Kathleen Diniz.

“Queridos alunos... A solidariedade começa

quando não se espera nada em troca... Obrigada

pelo carinho com os nossos atendidos” – Lucimar

Navarro Inoue – Assistente Social da Lumen Et

Fides.

“A ação na Lumen foi muito especial. Uma

experiência de deixar o seu mundo para viver

apenas a alegria e a paz do tempo presente, na troca

com seu par” – Silvana Quintino – funcionária da

biblioteca do Senac Presidente Prudente.

5


Solta o Verbo:

Diversidade e

Tolerância

Alunos do Programa Aprendizagem – Turma 46.

Docentes :

Adriana Ruriko Shimabukuro

Fabiana Neme Nogueira Ramos

O que podemos aprender com as diferenças?

Uma riqueza de informações, muitas experiências,

é o que podemos aprender com as diferenças ao invés de

criticá-las.

“Deveríamos valorizá-las e aprender com elas: é o que

todos deveriam saber sobre o que a diversidade nos traz. ”

Ser tolerante é ter respeito às ideias, crenças e práticas dos outros mesmo

que sejam contrárias às suas, ou seja, é uma qualidade pessoal aceitar e

admitir a diferença ou a diversidade.

Isso, foi o que os alunos aprenderam praticando:

Refletir sobre diversidade e tolerância foi o foco da turma 46 do Programa

Aprendizagem Comercial Profissional em Serviços Administrativos, Vendas

e Supermercados.

Durante a formação cidadã no tema Diversidade e Tolerância os alunos

se desafiaram a criar um vídeo com imagens e uma música de acordo com o

tema escolhido por eles. Para a realização da atividade pesquisaram em livros,

internet, com profissionais, ou seja, onde entendessem ser importante para

atingir o objetivo.

Com criatividade e autonomia construíram o Programa Solta o Verbo onde

os protagonistas da ação montaram um programa de auditório para dialogar

sobre redes sociais, protagonismo juvenil, maus tratos, atitudes saudáveis,

6


deficiências, inclusão e políticas públicas.

A ideia da atividade teve por objetivo

desenvolver as habilidades emocionais, de cultura

de paz, trabalho em equipe que são competências

necessárias para o mundo do trabalho. E também,

a empatia, respeito as opiniões de todos, já entre

as principais riquezas da humanidade está a

diversidade entre os povos.

O mundo é interessante e cheio de

aprendizagem pois temos diferenças de cultura,

raça e crença.

A apresentação ocorreu no dia 12/12/2017

e o apresentador do programa interagiu com

os convidados para que dialogassem com os

temas, fizessem sugestões e refletissem sobre

as características de cada assunto.

Em relação às competências desenvolvidas

na formação cidadã com o tema diversidade

e tolerância, foi possível perceber na avaliação coletiva, que os alunos

reconheceram os seus potenciais relacionados a capacidade de superação de

dificuldades, melhoraram a escuta uns com os outros, encontram-se mais

unidos e optaram por saírem da zona de conforto em busca do amadurecimento

profissional e pessoal.

7


Transformar espaços com

GENTILEZA

Alunos do Programa Aprendizagem – Turma 45.

Docentes :

Adriana Ruriko Shimabukuro

Silvana Braghin Mascoloti Spréa

Praticar a gentileza exercitar a cidadania, solidariedade, transformar

pessoas e espaços em harmonia foi o objetivo do projeto integrador da turma

45 no Ambulatório Regional da Saúde Mental de Presidente Prudente.

Na fase problematização os alunos conheceram as necessidades do espaço

com a colaboração da docente do Senac Andréia Ferraccioli social.

Ficaram sensibilizados com as demandas do local e consideraram que o

espaço precisava de ações de gentilezas.

Mediados pelas docentes Adriana Shimabukuro e Silvana Spréa e

com acompanhamentos das assistentes sociais do ambulatório, na fase

desenvolvimento, dividiram-se por afinidades e desmembraram o projeto

macro em subprojetos. Intitularam:

Plantar para Transformar - neste projeto, plantaram flores e plantas;

identificaram o muro com o nome do ambulatório; pintaram escada, chão,

corrimão em uma das áreas de acesso ao ambulatório.

No projeto Brechó, organizaram um novo layout distribuindo as araras no

espaço, aproveitaram os cabides pendurando as roupas e retiraram algumas

estantes deixando um visual aconchegante como uma loja;

Já, no projeto Sala de Descanso reorganizaram todo o ambiente para que

os funcionários relaxassem e recarregassem as energias.

No projeto, a Arte e Vida prepararam e substituíram 40 placas coloridas

de identificação na recepção, portas e banheiros.

Quanto ao projeto Express Art trabalharam arduamente para limpar o

local retirando os materiais que não estavam sendo utilizados para preparar

o espaço para receber pintura no chão, paredes, muros e armários.

8


E, finalmente Tocando o Amor que juntamente com os pacientes no dia

23/04/2018 cantaram a música Gentileza da Marisa Monte.

Para efetuar as ações acima citadas realizaram o planejamento, criaram

os cronogramas, buscaram parcerias voluntárias e arregaçaram as mangas

iniciando as intervenções no local.

Os parceiros envolvidos foram comerciantes da cidade, pais, docentes,

amigos, alunos de outras turmas, Senac e funcionários do Ambulatório

Regional da Saúde Mental de Presidente Prudente.

Inovação, empreendedorismo, trabalho em equipe, gestão de tempo,

resolução de conflitos, gratidão, negociação e argumentação, empatia,

criatividade, tolerância, trabalhar frustações e gentileza foram competências

que os aprendizes desenvolveram, gerando um movimento de bem-estar,

alegrando o ambiente pois os funcionários e pacientes envolveram-se e

também praticaram a gentileza através da manutenção dos espaços e pinturas

nas mesas de trabalho. Alguns depoimentos de reconhecimento da alegria

proporcionada nas ações foram: Um dos pacientes em sua terapia ocupacional

cantou a música do Roberto Carlos “Eu quero ter um milhão de amigos...”

como forma de gratidão pelo trabalho realizado;

9


A Sra. Geisebel Rissi Nascimento Silva disse: “... Acreditamos que a

essência do programa está em contribuir na formação pessoal, social e ética

deste adolescentes, preparando-os não só para o mercado de trabalho, mas

para a vida com seus desafios, frustações, conquistas, solidariedade, empatia,

persistência entre tantos outros , sendo assim parabenizamos cada aluno por

esta experiência tão importante que vivenciaram e que fará a diferença em

suas vidas”

E para a aprendiz Ana Beatriz Faria da Silva: “Para mim fazer o trabalho

gentileza foi uma experiência incrível, tivemos muitos obstáculos como a falta

de materiais em alguns momentos, a correria para a entrega do trabalho.

Mas ao fim o mais importante foi ver os sorrisos e o carinho retribuídos pelos

funcionários e os pacientes. “

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser

gentil”.

Preceitos do Sr. Browne

10


Alunos sensibilizam quanto

a importância do MESA

BRASIL SESC em Presidente

Docentes :

Prudente.

Adriana Ruriko Shimabukuro

Alunos do Programa Aprendizagem – Turma 42.

Silvana Braghin Mascoloti Spréa

Sensibilizar para Transformar foi o

tema do projeto integrador da turma 42

do Programa Aprendizagem Comercial

Profissional em Serviços Administrativos,

Vendas e Supermercados.

A ideia surgiu por meio de uma visita

técnica à um grande supermercado, onde os

alunos conheceram a questão do descarte dos

produtos que não estão conforme o desejado

para a comercialização e ficaram indignados

pelo destino dado e estes materiais.

Você sabia que no Brasil, anualmente, são desperdiçadas 41 mil toneladas

de alimentos segundo o site Agência Brasil, em matéria publicada em junho

de 2016?

Durante a visita a analista de Recursos Humanos apresentando os

processos da empresa mencionou o MESA BRASIL – SESC, que é um Programa

de Segurança Alimentar e Nutricional do Serviço Social do Comércio que

direciona e redireciona doações para famílias carentes, instituições e etc.

Os alunos ficaram encantados e pensaram na possibilidade de implantálo

em Presidente Prudente.

Partiram para construir o projeto integrador, porém descobriram que não

seria possível a implantação neste momento, ficaram frustrados e repensaram

11


como poderiam trabalhar a questão.

Foi então, que decidiram sensibilizar as pessoas para a questão da doação

de produtos para ajudar ao próximo ao invés de simplesmente descartá-los no

meio ambiente.

Foram à campo para pesquisas, criaram convites, pensaram no modo de

apresentação, tabularam dados, construíram como documento final a revista

Sensibilizar para Transformar com o sonho de que o MESA BRASIL SESC um

dia se tornasse real em Presidente Prudente.

Apresentaram todas as competências desenvolvidas ao longo do programa

aos gestores no dia 26/09/2017 .

Os alunos foram presenteados, com a fala o Sr. Sebastião Estevam dos

Santos - Auditor Fiscal do Trabalho:

“Na verdade não é pergunta não, gostaria de fazer um depoimento de

como estou emocionado de ver o brilhantismo deste trabalho. A gente é

convidado para vir em formaturas e às vezes a gente imagina que vai ficar

lá em cima, fazer aquele monte de discurso e todo mundo fala, menos os

protagonistas, menos as pessoas que realmente devem falar. Eu não estou

fazendo discurso não, só quero evidenciar o quanto é inovador esta forma de

fazer , de fazer as pessoas que realmente estão ali trabalhando, os aprendizes

serem protagonistas da sua história...”.

12


Praticando a SIPAT – Semana

Interna de Prevenção de

Acidentes

Alunos do Técnico em Segurança do Trabalho – Turma 32

Docente: Mateus de Carvalho

O trabalho por projetos contribui para o desenvolvimento de competências

e busca um aprendizado com maior autonomia, por meio de situações reais do

dia a dia da profissão e proporciona a resolução dos problemas levantados,

conforme a expansão das descobertas pelos alunos.

Com foco nesse desenvolvimento os alunos de TST realizaram um projeto

de implantação e implementação de uma SIPAT para as diversas turmas da

unidade do Senac Presidente Prudente.

Cada dia foi realizada uma intervenção, abordando diversos temas,

como: Malefícios do uso do celular, utilização da faixa de pedestre, tabagismo,

stress no trabalho e separação de resíduos.

Além disso, prepararam uma palestra

com temas de segurança e saúde no trabalho e

abordaram esses assuntos dentro da sala de aula,

focando a área profissional de cada turma.

O projeto contribuiu para os indicadores

das competências

dos alunos, além

de sensibilizar as

turmas de outras

áreas com relação

a prevenção de

doenças e acidentes.

13


Depoimento:

Depoimentos: aluna Ayla Lucchetti Rocha da turma de TST – “Foi muito bom, foi um

aprendizado, a gente passou um pouco do que sabemos para os alunos e também no meu ponto

de vista eu aprendi bastante coisa também, a desenvolver e a me preparar para o mercado de

trabalho e estou me familiarizando já com isso, muito bom.”

O envolvimento dos alunos foi de grande importância para a realização deste projeto,

no qual identificamos o comprometimento da turma e a importância do papel do docente na

mediação deste processo.

14


Absenteísmo e Motivação

Alunos do Programa Aprendizagem turma 44

Docentes:

Adriana Ruriko Shimabukuro

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Josiane Bonome

Os alunos da

turma 44 do Programa

Aprendizagem

em

Serviços

Administrativos,

Vendas

e

Supermercados

escolheram como tema

para realizar o Projeto integrador

que expressasse necessidade para as empresas em que atuam.

No inicio, fizeram entrevistas com os gestores de Recursos Humanos

das empresas em que estão inseridos, onde realizaram uma pesquisa sobre o

índice de absenteísmo e quais os motivos das faltas dos colaboradores.

Para surpresa, as empresas relataram não terem muitos casos de

ausências dos funcionários, mas que o maior problema que enfrentavam era

o absenteísmo do tipo 2, ou seja, aquele onde o colaborador está ausente de

“alma”.

Com este cenário, os alunos realizaram pesquisas para saber como as

empresas poderiam diminuir estes índices.

Dividiram-se então em três grupos de trabalho: Voluntariado,

Inspiração e Ergonomia.

O Voluntariado está ligado a responsabilidade social das empresas, e

o envolvimento em ações voluntárias externas pode gerar maior motivação

dos funcionários, além de sentir-se realmente como integrante da equipe de

trabalho.

15


O grupo, contou com a ajuda dos demais alunos para realizarem

três ações voluntárias: uma em um lar de idosos do município de Alvares

Machado, que foi um bate papo com os idosos, outra foi uma ação de doação de

sangue contribuído para fortalecer a Campanha do Voluntariado Corporativo

do Senac, e, uma ação no dia das crianças na Lumen Et Fides, instituição que

atende pessoas com deficiência.

Todas estas ações, gestão muitas pesquisas, estudos e reflexões:

Sabemos que para um profissional de sucesso, é necessário haver motivação

interna.

O ato de construir meios de inspirar-se, gera no homem o potencial

de se adaptar com maior facilidade a diversas circunstâncias.

Para a empresa, é fundamental conhecer o perfil do colaborador,

para desenvolver estratégias que propiciem melhor desempenho.

Com o intuito de demonstrar o processo de inspiração pessoal, os

alunos desse grupo desenvolveram uma dramatização e apresentaram para os

gestores no dia do encerramento.

Outra sugestão que pode gerar maior comprometimento dos colaboradores

é a preocupação com a ergonomia que está relacionada a saúde física e mental,

proporcionando a prevenção de estresse no trabalho ou doenças como LER/

DORT. A realização da ginástica laboral é uma das ferramentas que possibilita

essa prevenção.

Os alunos apresentaram a síntese do Projeto Integrador em 15/03/2018

na ágora e no auditório do Senac aos gestores das empresas. Convidaram

uma educadora física para a realização de ginástica laboral, apresentaram

conceitos relacionados a ergonomia, uma dramatização da inspiração, vídeos

com os resultados das ações voluntárias.

Foi um dia muito alegre e de muita reflexão com os gestores, demais

alunos convidados e profissionais do Senac que assistiram.

A turma teve como marca principal, o carisma, a iniciativa, a próatividade,

comprometimento e a disposição em sempre se dispor aos desafios.

16


Depoimento:

“O tema do projeto foi um desafio, pensar o que poderia ser abordado nessa escolha, etc.

Porém as realizações feitas foram incríveis, a nossa inspiração foi a união da turma, em ver

que se dando ao máximo tudo daria certo.” aluna Kathleen Diniz

“Esse trabalho do voluntariado mudou minha visão em relação ao mundo, percebi que

uma ação voluntária faz muita diferença, ou seja, o que é pouco para alguns é muito para

outros. Seja um voluntário e veja o mundo de outra forma” – aluno Paulo Juraseki.

17


Expo Desenhos e Maquetes

Alunos cursos de Noções à Informática, Noções Básicas de Eventos, Rotinas

Básicas de Marketing e Preparo de Pizza do 2º Ciclo da Fundação Casa.

Docentes :

Ana Paula Bueno Guelfi

Janaina Torres Manzoli Soares

Tiago Pereira Ramos

Joicy Priscila da Costa Maia

Os alunos do curso de Noções Básicas de Eventos, organizaram durante o

curso e realizaram conjuntamente, uma exposição dos trabalhos desenvolvidos

nas turmas de Noções à Informática, que durante os curso, criaram e

apresentaram desenhos gráficos por meio da ferramenta Paint, e também,

letras de músicas e textos criados utilizando o Microsoft Word. Os alunos da

turma de Rotinas Básicas de Marketing criaram e apresentaram maquetes

para simular e demonstrar pontos de vendas e suas estratégias.

A exposição foi planejada e executada pensando nos recursos, nos

convidados e espaço físico, trazendo uma série de desafios, onde os alunos

tiveram que refletir e colocar em prática toda a aprendizagem de etiqueta e

organização de eventos.

Durante o evento, houve um coquetel onde os alunos do curso de Preparo

de Pizza serviram a todos os participantes do evento, pizza para degustação

acompanhada de refrigerantes.

Depoimentos:

Esta integração dos alunos no último dia foi um combustível durante as aulas para

motivar os alunos a se entregarem mais as atividades no decorrer do curso, porque sabiam que

teriam que apresentar o que aprenderam para outras pessoas. Foi interessante ver como eles

absorveram mais o conteúdo por meio da maquete e como eles passaram este conhecimento

para frente.

Professora Ana Paula

18


Quer um bom atendimento?

Venha para

Forty-One!

Alunos do Programa Aprendizagem –

Turma 41.

Docentes :

Adriana Ruriko Shimabukuro

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Em um mundo globalizado as mudanças

acontecem em uma velocidade muito grande e

no passado, as pessoas escolhiam as empresas

por proximidade, conveniência, qualidade e

valor dos produtos. Atualmente elas buscam a experiência

completa. Com isso, o atendimento ao cliente é um fator muito importante desta experiência

para sentirem-se satisfeitos e seguros para buscarem novamente os serviços oferecidos.

O sucesso das organizações depende da sua capacidade de ler e interpretar a realidade

externa, assim como, o atendimento direcionado da empresa para o cliente.

E, pensando sobre este ângulo o atendimento ao cliente foi o tema do projeto integrador

da turma 41 do Programa Aprendizagem Comercial Profissional em Serviços Administrativos,

Vendas e Supermercados.

A ideia surgiu visando buscar melhoria continua nas empresas colocando o cliente

como foco/alvo estando sempre sujeito a realizar de todas as formas um atendimento simples,

porém de qualidade.

Para tanto, criaram a Forty-One, a número 1 em atendimento ao cliente, uma empresa

que preza o relacionamento cliente x empresa com excelência.

Dividiram-se em grupos, buscaram locais para realizarem a filmagem da empresa que

seria a Forty-One. Caracterizaram-se no estilo de época pois a criação partiu do pressuposto

de dois irmãos que estavam insatisfeitos com os atendimentos realizados.

Elaboraram perguntas para realizarem uma pesquisa de campo para coletar informações

de empresas e clientes em praças, lojas, centros comerciais e shopping, para levantarem as

opiniões sobre a satisfação e insatisfação do cliente em relação ao atendimento, e, que tipo de

vendedor o entrevistado seria, e, o que pode ser melhorado em um atendimento.

Após, a tabulação e análise dos dados da pergunta sobre insatisfação do cliente, mostrou

que 45% dos entrevistados apontam o atendimento como sendo a maior dificuldade enfrentada,

19


seguida por 24% preços, 22% organização, 19% ar condicionado, 11% variedades de produtos

e 9% estacionamento, reforçando o objetivo da importância na busca por excelência no

atendimento.

Os protagonistas da ação no dia 29/09/2017 como forma de divulgar os resultados da

pesquisa realizada apresentaram aos gestores a Forty-One em forma de teatro e também a

revista Forty One com dicas de um bom atendimento para reforçar a necessidade do foco no

cliente para a sustentabilidade do seu negócio.

20


Manhã de Autógrafos

- Lançamento de “As

aventuras de John”

Alunos dos cursos de Noções à Informática, Roteirização

de Histórias em Quadrinhos, Rotinas Básicas de Estoque e

Preparo de Sucos e Lanches, do 3º Ciclo de 2018 da Fundação

Casa de Irapuru.

Docentes:

Ana Paula Bueno Guelfi

Janaina Torres Manzoli Soares

Tiago Pereira Ramos

O Senac Presidente Prudente e seus docentes em parceria

com a Fundação Casa buscam sempre levar um ambiente

integrado aos alunos, se esforçando ao máximo em trazer a

realidade do jeito Senac de Educar para dentro de um local

com medidas sócio-educativas.

O objetivo é que estes jovens e adolescentes deixem para trás a

vulnerabilidade urbana, como drogas, vícios, prostituição, sedentarismo, etc,

para ocuparem suas mentes e tempo livre, com um universo que para muitos

deles é desconhecido, como cultura, trabalho em equipe, uso da música para

liberar idéias e talentos.

Nessa linha de raciocínio construímos durante o processo e elaboramos

com os alunos para o último dia de aula, um evento onde todos eles puderam

colocar em prática todo o conhecimento adquirido no decorrer do ciclo de aulas.

Os alunos do curso de Roteirização de Histórias em Quadrinhos e os

de Noções à Informática se uniram com o proposito de desenvolverem uma

história em quadrinhos e organizarem um evento de lançamento do mesmo,

denominado: “Manhã de Autógrafos”.

Os alunos do curso de Quadrinhos criaram a história baseada em fatos

reais, porém com personagens fictícios, colocando em prática todas a técnicas:

21


como uso adequado da linguagem, balões, técnicas de desenho e sombreamento,

além de claro muita criatividade.

Os alunos de Informática por sua vez prestaram apoio, auxiliando na

criação do roteiro da história, todo digitado na ferramenta Microsoft Word e

na criação dos personagens e simulação dos quadrinhos usando a ferramenta

Paint, além disto criaram a lista de convidados para o evento de Lançamento

por meio do Microsoft Excel, enriquecendo assim, o processo de criação do

“Gibi” e de aprendizado das duas turmas.

Durante o evento de lançamento, os alunos tiveram a oportunidade de

apresentar todo o processo de criação do projeto e tiveram a experiência de

serem autores e darem autógrafos por um dia.

O evento ficou completo com a participação da turma de Rotinas Básicas

em Estoque, que apresentaram brilhantemente as maquetes sobre Modais de

Transportes, construídas no decorrer do curso e explicaram a todos os tipos

de modais e quais os mais usados em cada lugar, e também, da turma de

Preparo de Sucos e Lanches que serviram a todos os presentes, lanches para

degustação e refrigerantes.

Depoimentos:

“Gosto muito de aplicar esta maquete no curso de estoque, pois trazer este conteúdo

sobre todos os modais e suas especificidades na teoria apenas, se torna cansativo e exaustivo.

Quando eles usam a criatividade para elaborar cada transporte, despertam a curiosidade de

saber o que é cada um e como impacta em nosso país. Integrar eles com as outras turmas e

deixar que eles mostrem aos demais todo o aprendizado os anima a ter propriedade do que

dizem e aprender realmente aquilo para impressionar a todos.”

Docente: Ana Paula

“Foi uma experiência muito enriquecedora para nós docentes e pelas reações e

participação, creio que para os alunos também. Pois os de Informática que participaram

do princípio do processo, ficaram ansiosos pela chegada do dia do evento para poderem ver

o resultado final, o gibi e se mostraram extremante orgulhosos querendo a todo momento

mostrar e apontar a suas técnicas e referências em qual ponto haviam atuado.”

Docente: Tiago Pereira Ramos

“Percebemos que os alunos gostaram muito da integração dos cursos. Eles vivenciaram

a construção e criação de um projeto que se concretizou na criação do Gibi. O uso do e

participação e auxilio da turma de informática agregou valor ao projeto.”

22

Docente: Janaina Torres


A arte de ser protagonista

juvenil

Alunos do Programa Aprendizagem – Turma 43.

Docentes:

Fabiana Neme Nogueira Ramos

Adriana Shimabukuro

Uma das marcas formativas do SENAC é tornar o jovem protagonista

da sua própria história, assim a turma 43 do Programa Aprendizagem em

Serviços Administrativos, Supermercados e Vendas do Senac Presidente

Prudente escolheu o Protagonismo Juvenil como tema do projeto integrador

com o objetivo de sensibilizar os jovens sobre a importância da sua inserção

no mundo do trabalho como um aprendiz.

Por falta de conhecimento e pela própria realidade onde estão inseridos

os jovens muitas vezes não sonham, não saem da zona de conforto, são

mais acomodados e tem pouca perspectiva de futuro tanto pessoal quanto

profissional.

Na maioria dos casos iniciam sua vida profissional para contribuir com a

renda familiar e ficam frustrados com os resultados pois não tem experiência

e nem capacitação profissional.

Conhecendo e fazendo parte desta realidade os alunos da turma 43

decidiram sensibilizar os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental (período

vespertino) da EESG Monsenhor Sarrion em uma ação realizada no dia 17 de

agosto de 2017, às 14 horas.

Para realizar os ajustes necessários, antes da intervenção, realizaram uma

apresentação “piloto” no Senac de Presidente Prudente, onde participaram

alunos dos cursos Técnicos em Administração e Secretariado, a Diretora do

Senac - Rita de Cássia Holanda, técnicos e alguns docentes da Unidade.

No “piloto”, aplicaram uma avaliação com as pessoas que assistiram à

apresentação, o que proporcionou reflexões sobre melhorias a serem tratadas

para o dia do evento.

23


Todo o trabalho apresentado teve como referência, uma reflexão acerca

dos conceitos de protagonismo, suas formas, a inserção no mundo do trabalho,

ética e posturas profissionais.

Dentre os assuntos abordados estavam: carteira de trabalho, currículo,

entrevista de emprego, o CHA (conhecimentos, habilidades e atitudes), formas

de demostrar atitude, a resolução de conflitos, liderança, motivação (seja ela

externa ou interna) e comportamentos necessários para se manter no mundo

do trabalho.

Na apresentação aos gestores, foram apresentados os resultados desta

intervenção, por meio de vídeos com relatos de depoimentos de algumas

pessoas que assistiram tanto ao piloto quanto ao evento na escola.

Demonstraram também por meio de uma dramatização como foi o

processo para chegarem até o tema escolhido.

Os gestores, alunos de outras turmas e funcionários do Senac aprovaram

a iniciativa e apresentação dos “protagonistas”, em compartilharem suas

experiências com jovens na mesma faixa etária ampliando os olhares e m

relação ao acesso ao mundo do trabalho.

24


Senac Presidente Prudente

Av. Manoel Goulart, 2881 - Centro Educacional Presidente Prudente - SP CEP: 19060-000

18 3344-4400

presidenteprudente@sp.senac.br

www.sp.senac.br/presidenteprudente

25

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!