GAZETA DIARIO 877

gazetadiario

Capacitação

Começa hoje o treinamento

regional para Rede de Assistência

às Vítimas de Tráfico de Pessoas

O curso é financiado pelo Escritório de Monitoramento e Combate

ao Tráfico de Pessoas do Departamento de Estado dos Estados

Unidos e será ministrado na Delegacia da Polícia Federal Página 13

Otimização de recursos

Concessão de patrocínio

da Itaipu passa a

ser mais rigorosa

Medida de respeito ao dinheiro público implantada

pelo diretor-geral, general Joaquim Silva e Luna,

entra em vigor nesta semana Página 7

Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019 — Ano 3 — Edição 877 — R$ 2,00

Foto: Roger Meireles

Foz do Iguaçu terá sua

primeira loja franca

Empresa Duty Free Americas deverá instalar a free shop na região

central da cidade e já anunciou a abertura de 46 vagas de trabalho

Página 5

Manifestação

Educadores municipais

vão aderir à greve nacional

em 14 de junho

Decisão foi tomada, na noite de

segunda-feira (20), em Assembleia Geral;

escolas municipais e CMEIs ficarão

fechados Página 10

Susto

Assaltantes levam

mais de R$ 20 mil

de turistas gaúchos

Oportunidade

Sucesso no turismo

A experiência da gestão integrada em Foz do Iguaçu, um dos principais destinos

de estrangeiros no Brasil, tem servido de inspiração para estimular o turismo em

todo o Paraná. A parceria entre governo e iniciativa privada tem feito a diferença,

garantindo resultados positivos ao segmento nos últimos anos. O tema ganhou

destaque da imprensa estadual nesta semana. Página 4

Consórcio responsável pela construção da

Vítimas estavam a caminho do Paraguai quando

foram rendidas e levadas até um

matagal; um dos envolvidos foi preso Página 12

Investigação

GDE prende dupla com

37 kg de crack e um fuzil

em casa no centro de Foz

segunda ponte começa a receber currículos

Obra da nova ligação entre Brasil e Paraguai deve gerar 400 empregos diretos; Itaipu vai

investir R$ 462.995.564,22 para executar a nova estrutura e a Perimetral Leste Página 3

Armas e droga foram localizadas após a

apuração de denúncias anônimas recebidas

pelos investigadores Página 28


Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.

02 Opinião Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Índice

Página 1 até 32

EDITORIAL E COLUNA 2

CIDADE 3

CIDADE 4

CIDADE 5

BICO DO CORVO 6

CIDADE 7

GERAL 8

CIDADE 9

CIDADE 10

CIDADE 11

CIDADE 12

CIDADE 13

NACIONAL 14

NACIONAL 15

PORTOBELLO SHOP 16

COTIDIANO 17 A 25

CLASSIFICADOS 26

EDITAL 27

POLÍCIA 28

ESPORTE 29 A 32

Editorial

Turistas, uma van e um assalto

Mais um roubo a turistas tendo como "condimento" principal o fato de terem embarcado

em uma van errada voltou a ser registrado na fronteira. As informações pontuais sobre

o caso podem ser conferidas nesta edição do Gazeta Diário.

É necessário pensar em maneiras de fazer os turistas entenderem que eles não podem

embarcar em qualquer carro que ofereça o transporte em troca de pagamento. Os três lados

da fronteira possuem regras quanto aos veículos que podem transportar passageiros.

No caso do Brasil, eles necessitam ter placa vermelha com letras brancas, ser táxis ou

veículos de agências de turismo. No último caso, uma agência de turismo levará até uma

lista de passageiros.

Há regras e elas são complicadas. É necessário ter muito cuidado. Os turistas em questão

vieram de Porto Alegre, uma cidade grande com seus problemas graves, entre eles o

transporte clandestino. Não é raro observar vans com placas paraguaias pegando grupos

de turistas em pontos de ônibus ao longo da Avenida JK, especialmente entre o ponto do

TTU e o acesso ao Paraguai.

Com sorte, pode ser um pai de família que tenha decidido "piranhar turistas" para levar

comida para casa. Mas há muita possibilidade de que a van seja parte de uma grande

encenação e que uma vez a bordo todos sejam assaltados. Se for totalmente no lado brasileiro,

a van desviará para áreas afastadas no "mato". Se chegar à ponte, o assalto poderá

acontecer ainda em cima dela, com os passageiros sendo convidados a um passeio pelos

arrabaldes de Ciudad del Este até serem desovados (vivos, claro) em lugares afastados e

sem dinheiro para voltar para Foz nem para comer um lanche ou comprar uma garrafa de

água, porque nesses casos a "limpa" é radical.

Eu leio o Gazeta Diário

Foto: Agenário L. dos Santos

Vanderlei de

Almeida,

apresentador do

programa A hora

do passa a cuia,

e Nerson,

proprietário do

Grupo Mundial de

Comunicação, são

leitores do

Gazeta Diário

extrapau

pauta

Circuito Ciclístico

Itaipu completa um

ano com edição

marcada para

este domingo

Neste domingo (26), às 8h,

os ciclistas da região terão um

encontro marcado na Itaipu Binacional

para mais um Circuito

Ciclístico. A edição deste mês

será ainda mais especial, pois

o passeio estará completando

um ano — o primeiro evento

foi em 27 de maio de 2018. Durante

11 edições, cerca de 2.400

pessoas pedalaram pela usina

e puderam conhecer melhor as

dependências da hidrelétrica.

A partir das 8h deste domingo,

as vias da binacional

irão receber os ciclistas para

comemorar a data. As inscrições

podem ser feitas por meio

deste link: https://goo.gl/forms/DQPAq26epZ2xNp9V2,

até

sexta-feira (24). O passeio é

gratuito e possui um limite de

200 vagas.

O ponto de partida do percurso,

com cerca de 20 km e

nível intermediário de dificuldade

(com subidas e descidas),

será na Barreira de Controle da

Itaipu. Ao longo do trajeto, os

participantes irão passar pelos

principais pontos turísticos da

margem brasileira, como o

Mirante Central, vertedouro e

o Porto Kattamaram.

Para participar, é preciso

apresentar um documento de

identificação com foto. O uso

de capacete é obrigatório durante

todo o passeio. A idade

mínima é de 10 anos completos,

desde que o ciclista mirim

esteja acompanhado dos pais

ou responsável legal.

Histórico do passeio

Quando foi criado o circuito,

a ideia inicial era liberá-lo

apenas para os empregado(as)

de Itaipu. Mas após reuniões

de planejamento, decidiu-se

abrir o espaço para os ciclistas

da comunidade. Segundo a

Assessoria de Turismo, esse

detalhe fez toda a diferença

para o sucesso da ação, que

também recebeu participantes

do Paraguai e da Argentina.

De acordo com a Assessoria

de Turismo, Itaipu recebia

constantemente pedidos para

que os passeios de bicicleta fossem

liberados dentro da usina.

Só que isso demandava o planejamento

prévio para toda

essa atividade. No começo de

2018, o pessoal da Assessoria

de Turismo e da Segurança

Empresarial se reuniu para

montar um circuito e estabelecer

as regras, divulgadas pela

Comunicação Social. Com tudo

pronto, a ideia passou a ser executada

em maio do ano passado.

(DI Itaipu)


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cidade

03

PAGA PELA ITAIPU

Obra da segunda ponte entre Brasil e

Paraguai deve gerar 400 empregos diretos

O consórcio responsável pela construção já está recebendo currículos para seleção de pessoal;

ao todo, Itaipu vai investir R$ 462.995.564,22 para construir a nova ponte e a Perimetral Leste

DI Itaipu

Reportagem

Em breve, o bairro Porto

Meira, em Foz do Iguaçu,

onde será erguida a

ponte, bancada por Itaipu,

deverá tornar-se um grande

canteiro de obras. O

Consórcio Construbase-

Cidade-Paulitec, responsável

pela construção da segunda

estrutura, está trabalhando

no planejamento,

montando escritório de

apoio e recebendo currículos

para seleção de pessoal.

Serão criados inicialmente

cerca de 400 empregos,

em várias frentes.

Alguns trabalhos preparatórios

— como levantamentos

topográficos, revisão

de projetos e locação de

terreno para a construção

do canteiro, considerados

normais nesta etapa inicial

— estão sendo feitos para

dar início às atividades. O

gerente de contrato do consórcio

vencedor, engenheiro

Osman Bove, encaminhou

toda a documentação

necessária para viabilizar a

licença ambiental e o canteiro

de obras.

O engenheiro também

iniciou contato com a Receita

Federal e órgãos do

Paraguai para facilitar o

transporte de materiais,

tanto por via terrestre como

por via fluvial, uma vez que

haverá a necessidade de

Itaipu vai investir R$ 462.995.564,22 para construir a nova

ligação entre Brasil e Paraguai e a Perimetral Leste em Foz

transporte de balsa a serviço

exclusivo da ponte.

Além de brasileiros,

também serão contratados

paraguaios. Bove quer garantir

que os futuros colaboradores

paraguaios tenham

direitos trabalhistas

idênticos aos dos trabalhadores

moradores de Foz.

Hub logístico

A pedra fundamental da

ponte foi lançada pelos presidentes

do Brasil, Jair Messias

Bolsonaro, e do Paraguai,

Mario Abdo Benítez,

no último dia 10 de maio.

Segundo o diretor-geral

brasileiro de Itaipu, general

Joaquim Silva e Luna,

o lançamento é propriamente

o início da construção,

porque dá início ao processo.

A obra tornará a região

o maior hub logístico

da América do Sul.

O nome da ponte tem

vários simbolismos, porque

aproxima cada vez mais Brasil

e Paraguai. Ela ligará Foz

a Presidente Franco, vizinha

a Ciudad del Este, e representará

um marco na integração

entre os dois países

e também com a Argentina,

que será beneficiada

pela construção. No futuro,

a segunda ponte poderá ter

uma conexão com o Chile e

a Bolívia.

Todos os recursos previstos

(R$ 462.995.564,22) para

construir a ponte e a perimetral

em Foz do Iguaçu serão

provenientes da Itaipu. Para

isso, a binacional está fazendo

um remanejamento do dinheiro

aplicado em convênios

e patrocínios que não tinham

aderência à missão da

empresa. A previsão é que a

obra seja concluída em três

anos, sem alteração da sua

tarifa de energia, para não

prejudicar o consumidor brasileiro.

Gargalo

Na região, a estrutura

também será fundamental

para aliviar o congestionamento

na Ponte Internacional

da Amizade e evitar o

trânsito de veículos pesados

pelo centro de Foz do

Iguaçu. A Ponte da Amizade

será utilizada apenas

pelo tráfego local entre Foz

e Ciudad del Este e, ainda,

para uso turístico, especialmente

o de compras, uma

das vocações da cidade paraguaia.

Currículos

Das 400 vagas inicialmente

previstas, 80 são para

trabalho indireto na obra,

para cargos como técnicos

administrativos, auxiliares

de serviços gerais, almoxarifes

e engenheiros, entre

outros. As demais são reservadas

para os operários —

serventes, carpinteiros e armadores,

por exemplo.

Um site está em desenvolvimento

e em breve deve

concentrar todas as informações

a respeito da construção

e da sua administração,

mas, provisoriamente, os

candidatos podem enviar

seus currículos para o e-mail

osman@consorciopontefoz.com.br.

ACIFI lança nova

marca para ampliar

integração regional

A ACIFI acaba de apresentar a sua nova

marca. O lançamento simboliza o início de

uma série de ações da entidade, cujo

marco será o Centro Integrado de

Desenvolvimento, o complexo onde

funcionará a sede da Associação

Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu

em conjunto com várias instituições e

entidades da sociedade civil organizada.

A nova logo está à altura desse novo ciclo

da ACIFI, uma associação de quase sete

décadas de história e contribuição para o

desenvolvimento comercial e empresarial.

Uma entidade que tem no seu DNA a

união, o associativismo, o crescimento, o

desenvolvimento, o comprometimento e o

movimento.

E esse movimento traz uma nova marca,

concebida conjuntamente pela Diretoria,

Conselho Superior, colaboradores e Dona

Jurema, a agência de marketing e

propaganda da ACIFI. Quer saber mais?

Então assista ao vídeo especial de

apresentação da nova marca divulgado no

site e redes sociais da entidade.

Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.


Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.

04 Cidade

EXEMPLO

Modelo de gestão integrada do turismo de Foz

deve ser levado para outros destinos do Paraná

Padrão implantado em 2007 deu resultados positivos e serve de base para aproveitamento turístico no estado

Ronildo Pimentel

Reportagem

A experiência da

gestão integrada em

Foz do Iguaçu, um dos

principais destinos de

estrangeiros no Brasil,

tem servido de inspiração

para estimular o

turismo em todo o Paraná.

A parceria entre

governo e iniciativa privada

tem feito a diferença,

garantindo resultados

positivos ao segmento

nos últimos

anos. O tema ganhou

destaque da imprensa

estadual no início da

semana.

Nos últimos anos, a

cidade investiu em gestão

integrada do turismo,

em parcerias entre

governo, iniciativa privada

e cidades da região,

inclusive no Paraguai

e Argentina, para

ampliar a permanência

e o gasto médio do visitante.

"Para isso, foi preciso

estabelecer uma visão

a longo prazo, fazer

a capacitação de agentes

de turismo e outros

profissionais", anotou a

Gazeta do Povo.

O plano incluiu ainda

investimentos em

experiências e opções

que vão além do portfólio

padrão das Cataratas

do Iguaçu, principal

termômetro do turismo

da Tríplice Fronteira.

"A Gestão Integrada do

Turismo teve início em

2007, portanto é experiência

exitosa de mais

uma década", recorda o

secretário de Turismo,

Indústria, Comércio e

Projetos Estratégicos,

Gilmar Piolla.

Ele lembra que neste

ano o destino realiza

a Conferência Municipal

do Turismo para traçar

um plano com visão

para 2030. "Ou seja,

pensando dez anos

para a frente. Todas as

nossas conquistas são

resultado de muito planejamento.

Foi assim

com a criação do Fundo

Iguaçu e a eleição

das Cataratas do Iguaçu

como uma das Novas

7 Maravilhas da

Natureza", afirma.

De acordo com Piolla,

o primeiro desafio

foi instituir uma governança

entre setor público

e iniciativa privada,

que fosse respeitada por

todos. O segundo foi a

reconstrução da imagem

do destino, com

uma agenda positiva.

Depois veio a profissionalização

das ações de

divulgação, promoção,

captação de eventos e

novos voos.

Fotos: Marcos Labanca/Comtur

"E, por fim, os projetos

de melhoria da infraestrutura,

que ampliam

as nossas possibilidades

de crescer e atrair

novos investimentos",

destaca Piolla. E completa:

"Isso não quer

dizer que somos perfeitos.

Ainda podemos

evoluir muito".

Novas

experiências

O diretor-executivo

do Visit Iguassu, Basileu

Tavares, lembra em

entrevista ao jornal de

Curitiba que o turista

busca experiências.

"Ele não quer ficar restrito

ao que é turístico",

afirma. "É isso que ou-

Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Reunião do Comtur organizada para discutir pautas de interesse do turismo de Foz do Iguaçu

tros destinos podem

aproveitar: se engajar

com a cultura local",

completa.

Foz do Iguaçu, de

acordo com Carlos Silva,

presidente do Conselho

Municipal de Turismo

(Comtur), colhe

os resultados da união

entre empresários, sociedade

civil organizada

e poder público. Todos

os avanços vieram

após a "opção pelo trabalho

conjunto por

meio da Gestão Integrada

do Turismo", disse

ao Gazeta Diário.

Com essa pactuação,

foi possível planejar o

desenvolvimento do

Destino Iguaçu, definir

metas e prioridades,

cita Carlos Silva. "Com

efeito, conseguimos

praticamente dobrar o

número de turistas na

cidade, que hoje é de

quase dois milhões por

ano, aumentar o tempo

de permanência desses

visitantes e atrair novos

investimentos",

conclui.

Novas ações

As autoridades lembram que, mesmo com a

fama internacional, Foz não pode parar de

investir. Em breve a cidade vai ganhar o Mercado

Municipal, onde serão ofertadas opções de

gastronomia típicas da região. Também se

apostará no crescimento de produtos de

turismo de experiência, como visitas a aldeias

indígenas da região.

A presença em feiras nacionais de turismo e um

calendário de eventos sazonais bem trabalhado

também são recomendações aos municípios que

queiram atrair visitantes, dizem. As ações em

favor do turismo são apresentadas e aprovadas

em reuniões com representantes do trade

turístico.

Basileu Tavares: "O turista busca experiências, ele

não quer ficar restrito ao que é turístico"

Piolla: "Mais de dez anos de uma

experiência exitosa"

Carlos Silva: "Com efeito, conseguimos praticamente

dobrar o número de turistas na cidade"


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

ECONOMIA

Cidade

05

Começam preparativos de abertura da

primeira loja franca em Foz do Iguaçu

Empresa deverá instalar a free shop na região central da

cidade e já anunciou a geração de 46 vagas de trabalho

Ronildo Pimentel

Reportagem

Quase dez meses após o

prefeito Chico Brasileiro assinar

o decreto regulamentando

a atividade, começam

os preparativos para a instalação

da primeira loja franca

em Foz do Iguaçu. A estrutura,

que está sendo montada

pela Duty Free Americas,

grupo que possui 180 free

shops em aeroportos e áreas

de fronteira, anunciou ontem

(21) a abertura de 46 vagas

de emprego na cidade.

O funcionamento das lojas

francas em cidades gêmeas

de fronteira terrestre no

Brasil está regulamentado na

Instrução Normativa (IN) da

RF de 19 de março de 2018.

Em Foz do Iguaçu, o tema

ganhou destaque em seminários

e audiências públicas no

ano passado. A estrutura,

segundo apurou o Gazeta

Diário, estará localizada na

Rua Marechal Floriano Peixoto.

As oportunidades de emprego

para a primeira loja

franca em Foz do Iguaçu estão

disponíveis no site

O grupo que deverá abrir a primeira loja franca de Foz do Iguaçu tem 180 unidades em

diversos países e oito estados do Brasil

www.vagas.com, que faz a

mediação de trabalho em

todo o país. No Brasil desde

2016, a Duty Free Americas

opera no Paraná, Rio Grande

do Sul, São Paulo, Rio de

Janeiro, Bahia, Alagoas,

Amazonas e Minas Gerais,

segundo o site do grupo:

www.dutyfreeamericas.com.

De acordo com o

vagas.com, os postos de trabalho

abertos em Foz do

Iguaçu são para as funções

de supervisor de loja e atendente

de loja, operador de

caixa, auxiliar administrativo

e estoquista. Ainda conforme

o portal, além da remuneração,

a empresa oferece

assistência médica e

odontológica, vale-refeição e

vale-transporte.

Linha de atuação

A Duty Free Americas

foi fundada na década de

1980, tem sua sede em Hollywood

(Flórida, Estados

Unidos) e opera uma rede

de lojas de varejo nos Estados

Unidos, México e outros

países da América Latina.

No Brasil, como informa

o site, as lojas estão presentes

nos aeroportos das

capitais de oito estados.

O Duty Free da Argentina

é uma das filiais. Os estabelecimentos

comercializam fragrâncias,

cosméticos, vinhos,

bebidas alcoólicas, tabaco,

acessórios, comestíveis, artigos

de couro de luxo, relógios,

joias, óculos de sol, artigos

de viagem e outros produtos

para turistas e viajantes

de negócios.

Exigências

para as vagas

De acordo com o

vagas.com, para ser

contratado, o candidato

ao cargo de supervisor

de loja precisa ter

experiência em gestão de

equipes, controle de

escala de trabalho e

vivência na área varejista.

Para atendente de loja, é

necessário ter

experiência no

atendimento a clientes e

venda de produtos. Os

candidatos a operador

de caixa precisam

comprovar experiência

com atendimento a

clientes e finalização de

vendas no caixa

(recebimento e

fechamento de caixa).

Para auxiliar

administrativo, os

interessados têm de

comprovar

conhecimento na área

administrativa e apoio da

área de pessoal

(admissão, demissão e

controle de ponto).

Quem quiser trabalhar

como estoquista na loja

franca deverá comprovar

experiência em estoque/

logística, recebimento de

produtos, organização

de estoque,

abastecimento de loja,

carga e descarga.


Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.

06 Opinião Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Alexandre Garcia

O Corvo recebeu um texto do jornalista

(As tetas secaram), publicado na última segunda-feira.

Esta empresa de comunicação,

inclusive, procurou um contato com o autor

para publicar suas colunas no novo formato

do GDia, que deverá estrear no próximo dia

8 de junho, em comemoração aos 105 anos

de Foz do Iguaçu. Tê-lo aqui não é uma ideia

nova. A todo momento, atendemos leitores

e colaboradores permeando a necessidade

ou não de uma reforma na Previdência, o

que gera discussões acaloradas. Alexandre

explica a necessidade da reforma, de uma

maneira muito simples e fácil de ser compreendida.

Uma explicação, diga-se,

convencedora e por isso pedimos permissão

para publicá-la em nossa coluna.

As tetas secaram

Estive na minha cidade-natal, Cachoeira

do Sul, e visitei um olival que tem 66 oliveiras

com 126 anos. Quando elas foram encontradas,

na fronteira com o Uruguai, já não produziam

olivas, porque a terra se esgotara.

Foram transplantadas para solo com acidez

corrigida e nutrientes, e eu pude trazer para

Brasília uma amostra do azeite retirado das

azeitonas que as centenárias voltaram a produzir

com exuberância. Oliveiras do passado

se tornaram árvores do presente e do futuro,

com o manejo correto.

O estado brasileiro está na fase do esgotamento.

A Constituição de 1988 previa uma

quantidade de frutos muito além do que poderia

ser produzido, e foi se esgotando. A

"Constituição Cidadã" está cheia de direitos

- inclusive para os fora-da-lei - e benesses,

mas com deveres insuficientes para equilibrar

dos dois pratos da balança. Ao longo

desses 31 anos os débitos foram consumindo

os créditos. Os governos foram gastando

- Collor, Itamar, FHC, Lula, Dilma, Temer…

agora chegou Bolsonaro e não tem mais dinheiro.

Como não tem mais dinheiro, se pagamos

uma terrível carga fiscal? Trabalhamos

cinco meses por ano só para pagar impostos.

E o estado gasta quase tudo consigo

mesmo. Inchado, ineficiente, lento. Atrapalha

quem quer investir, crescer, empregar. É

que o estado foi aparelhado pelos que queriam

se manter no poder.

Agradar com o dinheiro dos impostos. Fazer

caridade com o dinheiro dos que trabalham

e suam. No total, o estado sustenta hoje

93 milhões de pessoas, entre bolsas, salários

e aposentadorias privilegiadas. O estado

gastou mais com bolsas e outras benesses

do que com o ensino e a capacitação profissional.

Cuidou do passado e não do futuro.

Como as tetas secaram, é preciso reformar

a principal fonte de déficit, que é a Previdência,

mas também reformar o estado, que

precisa de músculo para prestar serviço, e

não da gordura sedentária que quer lagosta

no cardápio. Mas é preciso secar também a

burocracia pesada, que atrapalha.

E reformar os tributos, para torná-los

mais simples e pagáveis. Estado não cria riqueza,

mas pode gerar pobreza, causando

inflação, que tira de todos, em especial os

mais pobres. Queremos que o Brasil seja o

país do futuro e não nos livramos de estruturas

e métodos do passado.

Alexandre Garcia

Pendurados nas tetas

E com tudo isso, num Estado

assim sedentário, há quem fique

de porta em porta tentando agarrar-se

em cargo público, sem qualificação,

sem conhecimento, sem

prestar serviço algum à comunidade,

mas ao "bel-prazer" de

"chupar" o dinheiro do contribuinte,

na base da cobrança do

apoio político. Isso precisa acabar.

Não elegemos representantes

para empregar chupins e sanguessugas;

queremos que eles

ajudem a resolver os problemas

do município em que moramos,

do estado e do país onde vivemos.

Dario e a delação

Como ilustrou a chamada de

capa, na edição de ontem, um

acordo de delação premiada com

Dario Messer poderá causar um

strike. E será que já não está causando?

Pelo menos uma fonte garante

que isso já está em curso e

que a deflagração de uma recente

operação em casas de câmbio

de Foz seja fruto de um acordo.

Dario teria passado algumas informações

antecipadamente.

Mas isso pode ser apenas uma

especulação.

Sintomas

A notícia da possível delação

causou alvoroço, e não seria diferente;

dizem que oito entre dez

negócios de câmbio estão ligados

ao doleiro. Um homem que movimenta

US$ 1,6 bilhão deve possuir

uma rede bem grandinha e

articulada de colaboradores. Se

for assim, teremos poucas casas

de câmbio operando em Foz, depois

que o homem abrir a boca. E

vai faltar espaço nas carceragens,

cadeias e presídios. Como a solução

é o monitoramento, faltarão

tornozeleiras. O Corvo está seriamente

pensando em começar a

fabricar o produto.

Chip

Com o alto custo das

tornozeleiras, mesmo desembolsadas

pelos usuários, volta

a ser discutido o "implante de

rastreamento humano", um

chip que é injetado no corpo, não

aparece nem dói muito para ser

retirado, porque se necessita

de uma cirurgia. O custo de implantação

seria bem mais caro

que a tornozeleira, porém o instrumento

é mais barato e oferece

mais eficiência no

monitoramento. No fim fica elas

por elas. Apenado que não quiser

um trubisco preso na canela

poderá optar pelo chip. Acontece

que em 2017 a Comissão

de Segurança Pública e Combate

ao Crime Organizado da

Câmara dos Deputados aprovou

proposta que proíbe a implantação

de chip assim, "ressalvados

os casos em que haja

determinação judicial e autorização

da própria pessoa ou de

seu representante legal".

Identificação

A proposta inicial "do chip"

era para a identificação humana,

porém "a proibição abrange

qualquer dispositivo eletrônico

ou eletromagnético que

permita rastreamento via satélite

ou GPS, telefonia, rádio ou

antenas". Isso pode ser implantado

em animais, mas em seres

humanos não. Segundo

este colunista apurou, o assunto

voltou a ser discutido entre

os deputados e senadores. É

um tema vital para a segurança

pública e pode ser uma ajuda

decisiva na aplicação de políticas

de prevenção e de repressão

ao crime. O caso é que

a medida facilita o

rastreamento dos cidadãos e

permite que eles sejam alvo de

perseguição ou atentado por

parte de criminosos.

Centro Cívico

Afloram as discussões por um local onde

se instale a prefeitura e todas as suas secretarias,

bem como a Câmara. A área é localizada

pelas bandas da Avenida Paraná, onde já está

o Fórum, Justiça Federal, INSS, hospital, sedes

estaduais e federais de vários órgãos, como é

o caso do Detran, que também precisa ser

revitalizado e até mudar de local, se for o caso.

O último prefeito a mexer nisso, num paço

municipal unificado, foi o Paulo Mac Donald,

que conseguiu inclusive o terreno e realizou

um anteprojeto, mas depois entrou o Reni e,

como em quase tudo, o Centro Cívico foi parar

no "Lost". Reni mandou tudo para lá, menos

ele, que peregrina pela Justiça a todo o momento.

E há necessidade?

Sim, há. Hoje o cidadão fica gastando sola

de sapato entre secretarias e autarquias, espalhadas

por toda a cidade. Um dos benefícios

do Centro Cívico é exatamente este, economizar

o dinheiro do povo e não apenas dar

conforto aos ocupantes, membros dos poderes

Executivo, Legislativo e Judiciário.

E os outros prédios?

As atuais estruturas podem abrigar mais

cultura, arte, entidades e associações. A Fundação

Cultural, por exemplo, ocupa um edifício

da Justiça do Paraná; o Palácio Cataratas

poderá ser convertido em museu; enfim, tudo

acaba acomodando-se.

A Câmara

O edifício onde está a Câmara foi construído

para outra finalidade. Lá funcionava um banco.

O Legislativo se mudou para o local como

medida provisória, o que gerou grande discussão

na época, porque com o dinheiro da compra

do imóvel e reforma seria possível fazer

algo bem melhor. O problema é que não havia

um projeto de Centro Cívico, e o Legislativo

não cabia mais no prédio da Praça Getúlio

Vargas, onde atualmente está a Procuradoria

do Município.

Início da obra

Beni Rodrigues confirmou que pretende iniciar

a construção da Câmara neste ano. Mas

ele sabe que antes disso há uma série de prerrogativas

a cumprir, como é o caso do terreno,

de um projeto que contemple todo o complexo

de poderes, e não dá para tocar uma obra dessas

no atropelo. Em seis meses é difícil iniciar

algo assim; tomara que ele consiga. A cidade

precisa desenrolar esse novelo de vez. Se o

Chico possuir um projeto, ou vai utilizar o que

há, do governo Paulo, em que ele era vice, saberemos

em breve.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cidade

07

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS

Itaipu tem nova norma para

concessão de patrocínios

Medida entra em vigor nesta semana; apenas ações e projetos

que deixem legado para a população serão patrocinados

DI Itaipu

Reportagem

A Itaipu Binacional

conta agora com uma

norma de concessão de

patrocínio mais rigorosa.

A principal mudança

é para fortalecer os

apoios financeiros para

eventos de geração de

energia elétrica e segurança

hídrica, ligados

diretamente à atividade-fim

da usina. Até

2020 o processo deverá

também incluir o

lançamento de edital de

seleção pública.

A determinação do

diretor-geral brasileiro

de Itaipu, general Joaquim

Silva e Luna, prevê

a otimização de recursos

públicos para

ações que deixem legado

para a população

sem que haja aumento

de tarifa da energia elétrica.

Pelo contrário,

todas as medidas têm

como proposta reduzir

o valor do custo da eletricidade

de Itaipu para

os clientes.

Ela também atende

às diretrizes da política

Foto: Nilton Rolin/Itaipu Binacional

Silva e Luna: "Além de moralizar o uso de recursos

para patrocínios aderentes à missão da empresa, a

Itaipu está remanejando o orçamento para investir

em obras estruturantes"

de austeridade do governo

federal, respeitando

os princípios de

legalidade, publicidade,

eficiência, moralidade e

impessoalidade contidos

no artigo 37 da

Constituição Federal

de 1988.

"Além de moralizar

o uso de recursos para

patrocínios aderentes à

missão da empresa, a

Itaipu está remanejando

o orçamento para

investir em obras estruturantes,

como é o caso

da Ponte da Integração

Brasil-Paraguai e a ampliação

e modernização

do Hospital Ministro

Costa Cavalcanti, entre

outras", diz o general

Joaquim Silva e Luna.

Ele acrescenta ainda

outra prioridade de

Itaipu para os próximos

anos: "A atualização

tecnológica da usina,

que será fundamental

para garantir que continue

gerando o máximo

de energia possível,

atendendo com eficiência

os mercados do Brasil

e do Paraguai".

Exigências

Com a nova norma,

apenas serão permitidos

patrocínios relacionados

a temas que

contemplem o desenvolvimento

social, econômico,

turístico, tecnológico

e sustentável

da região de atuação da

Itaipu, por meio de

ações socioambientais,

educativas, esportivas,

culturais e tecnológicas.

Entre outras mudanças,

os patrocínios

atenderão somente entidades

sem fins lucrativos.

Serão vedados

patrocínios para pessoas

físicas, assim como

para rodeios e para entidades

que tiveram

suas contas integralmente

reprovadas em

repasses anteriores.

Também está vedado o

patrocínio a fundações

de Itaipu, ao futebol

profissional e para shows

artísticos.

Alcance foi ampliado

A última mudança da norma de patrocínio ocorreu

em novembro do ano passado. A ideia é que a nova

norma seja cada vez mais aperfeiçoada, atendendo

aos mais rigorosos parâmetros de compliance, que é

a obediência a todas as leis, regras e regulamentos

aplicáveis a cada patrocínio.

Os patrocínios, pela nova norma, poderão

contemplar projetos dos 55 municípios da área de

influência da usina, que teve sua missão ampliada

de 16 cidades lindeiras para todo o Oeste do Paraná

e dois municípios de fora da região. São eles: Anahy,

Assis Chateaubriand, Boa Vista da Aparecida,

Braganey, Brasilândia do Sul, Cafelândia, Campo

Bonito, Capitão Leônidas Marques, Cascavel,

Catanduvas, Céu Azul, Corbélia, Diamante do Sul,

Diamante D'Oeste, Entre Rios do Oeste, Formosa do

Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Guaraniaçu, Ibema,

Iguatu, Iracema do Oeste, Itaipulândia, Jesuítas,

Lindoeste, Marechal Cândido Rondon, Maripá,

Matelândia, Medianeira, Mercedes, Missal, Nova

Aurora, Nova Santa Rosa, Ouro Verde do Oeste,

Palotina, Pato Bragado, Quatro Pontes e Ramilândia.

A região atendida inclui ainda Santa Helena, Santa

Lúcia, Santa Tereza do Oeste, Santa Terezinha de

Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do

Iguaçu, São Pedro do Iguaçu, Serranópolis do

Iguaçu, Terra Roxa, Toledo, Três Barras do Paraná,

Tupãssi, Ubiratã, Vera Cruz do Oeste.

São 52 da Região Oeste do Paraná, mais Altônia e

Francisco Alves, ambos no Noroeste do estado, e

Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, que faz parte

dos 16 municípios lindeiros beneficiados pelo

repasse de royalties de Itaipu.


08 Geral Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Fábio Campana

PIB travado

A tensão marcada pela insegurança política e pelo temor de

mais um desastre na economia, com estagnação na

indústria, investidores assustados e desemprego elevado

até o fim do ano. O país vive suspenso à espera da votação

da reforma da previdência e vendo crescer as manifestações

pró e contra Bolsonaro. O dólar voltou a subir, passando de

novo de R$ 4,10, e a semana se abriu com novas previsões

sombrias sobre o crescimento econômico, agora estimado

em apenas 1,24%, e sobre o desempenho da indústria.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a intenção de enviar

ao Congresso, logo depois de aprovada a reforma da

Previdência, uma proposta de revisão do sistema tributário.

Mas o dólar só recuou quando ele negou haver briga entre

Poderes. Se Câmara e Senado têm uma "proposta melhor"

para a Previdência, concedeu, "ponham em votação".

Conflitos com o Congresso já foram negados em outros

momentos, mas a ação real do governo está refletida na

incerteza quanto a ajustes e reformas, no baixo nível de

atividade e na piora das expectativas.

A mediana das projeções do mercado para este ano aponta

crescimento de apenas 1,24% para o Produto Interno Bruto

(PIB). É pouco mais que a taxa de crescimento - 1,1% -

contabilizada em cada um dos dois anos anteriores. Não se

descarta, nesta altura, o risco de nova recessão. Na mesma

pesquisa, a mediana das estimativas para a produção

industrial acaba de recuar de 1,70% para 1,47%. Os números

são da Focus, a consulta semanal do Banco Central a cerca

de cem entidades financeiras e consultorias.

Pediu suspeição

O ex-governador Beto Richa quer sair da jurisdição do juiz

Fernando Bardelli Fischer, da 13.ª Vara Criminal de Curitiba.

Ele alega suspeição do juiz, que teria vazado informações

sigilosas para a imprensa do processo em que Richa é um

dos réus e diz respeito às investigações da Operação Rádio

Patrulha.

Bolsonaro não vai

O presidente Jair Bolsonaro decidiu não participar das

manifestações marcadas para o domingo 26 em defesa do

governo e orientou seus ministros a também não

comparecerem, afirmou nesta terça-feira, 21, o porta-voz da

Presidência, general Otávio Rêgo Barros. O presidente

inicialmente chegou a considerar comparecer ao ato, que foi

chamado por apoiadores para se contrapor às

manifestações do último dia 15 contra bloqueio nos

recursos para a Educação.

Pegou pesado

O deputado Romanelli (PSB) afirmou que o acordo de

leniência assinado entre o Ministério Público Federal e a

concessionária Rodonorte precisa ser revisto para incluir a

duplicação integral da rodovia do Café (BR-376) e da PR-151,

trecho entre Piraí do Sul e Jaguariaíva. "O nosso pedido é

que o próprio Ministério Público Federal possa fazer uma

revisão desse acordo de leniência para incluir as obras de

duplicação das rodovias. São obras necessárias e

estruturantes para o estado do Paraná", afirmou o deputado

durante audiência pública na Assembleia Legislativa.

Acabou a farra

A Itaipu Binacional conta agora com uma norma de

concessão de patrocínio mais rigorosa. A principal mudança

é para fortalecer os apoios financeiros para eventos de

geração de energia elétrica e segurança hídrica, ligados

diretamente à atividade fim da usina. Até 2020 o processo

deverá também incluir o lançamento de edital de seleção

pública. A determinação do diretor-geral brasileiro de Itaipu,

general Joaquim Silva e Luna, prevê a otimização de

recursos públicos para ações que deixem legado para a

população sem que haja aumento de tarifa da energia

elétrica. Pelo contrário, todas as medidas têm como

proposta reduzir o valor do custo da eletricidade de Itaipu

para os clientes.

Cadê o Luiz Abi?

O Ministério Público Federal (MPFPR) pediu autorização à

Justiça Federal para enviar um pedido ao Líbano para

localizar Luiz Abi Antoun, réu na Operação Integração.

Segundo informações de familiares, o primo do exgovernador

Beto Richa, está no Líbano desde setembro de

2018. O pedido de expedição de carta rogatória foi feito em

13 de maio. A Justiça acatou a denúncia contra Abi por

organização criminosa e corrupção passiva no âmbito da

Integração em março desde ano e desde então não foi

localizado por um oficial de Justiça.

Londrina, Líbano...

De acordo com o pedido do Ministério Público, o oficial de

Justiça já foi a dois endereços no centro de Londrina, que

constam no processo, mas recebeu a informação, da própria

mulher de Luiz Abi Antoun, de que ele está no Líbano, em

tratamento de saúde e não tem previsão de retorno.

Segundo o MPF, a mulher não soube informar endereço ou

telefone do marido.

MELHORANDO

Alunos de baixa renda são

maioria nas universidades

federais brasileiras

É o que revela pesquisa sobre perfil socioeconômico

e cultural de estudantes de graduação

Da redação com assessorias

Reportagem

A maioria — 70,2% —

dos estudantes das universidades

federais brasileiras

tem renda mensal

familiar per capita de até

um salário mínimo, sendo

a renda média de R$

640. Em contraste, os

alunos com renda superior

a cinco salários mínimos

per capita são apenas

4,6%.

A maior parte —

64,7% — estudou o ensino

médio integralmente,

ou durante mais tempo,

em escolas públicas. Os

dados constam da 5ª Pesquisa

Nacional de Perfil

Socioeconômico e Cultural

dos Graduandos das

Instituições Federais de

Ensino Superior, divulgada

nesta semana.

O levantamento é realizado

desde 1996 pelo

Fórum Nacional de Pró-

Reitores de Assuntos Estudantis

(Fonaprace),

vinculado à Associação

Nacional de Dirigentes

das Instituições Federais

de Ensino Superior (Andifes).

Os dados foram

coletados em 63 universidades

e dois Centros

Federais de Educação Tecnológica

(Cefet).

Pela primeira vez, dentro

do tempo em que a

pesquisa é realizada, o

percentual de negros aumentou,

alcançando a

maioria absoluta do universo

pesquisado: 51,2%.

Em 15 anos, as ações

afirmativas elevaram o

número de estudantes

pretos e pardos de

160.527 para 613.826,

uma variação de 282%.

A participação de estudantes

que ingressaram

por cotas (renda; preto,

parto e indígena; e

Em 15 anos, as ações afirmativas elevaram o número de

estudantes pretos e pardos em 282%

pessoa com deficiência)

vem crescendo desde a

implementação das políticas

afirmativas, em

2005. Dez anos depois,

esse índice chegou a

42,5% e, de 2016 a 2018,

segue entre 48% e 49%.

A pesquisa mostra

que há um crescimento

contínuo no ingresso de

mulheres no ensino superior

das universidades federais

— em 2018, o índice

de mulheres matriculadas

era de 54,6%.

Esse percentual cresce

entre estudantes com até

24 anos. Na faixa etária

de 17 anos ou menos, o

índice é de 59%; e de 18 a

24 anos, 56,5%. Ainda de

acordo com o levantamento,

os pais da maioria

absoluta dos universitários

estudaram somente

até o ensino médio.

Segundo o documento

de análise dos resultados

da pesquisa, "a democratização

do acesso ao

ensino superior, resultante

da ampliação do número

de Instituições Federais

de Ensino Superior

(IFES), cursos e vagas,

da interiorização dos

campi das mesmas instituições,

da maior mobilidade

territorial via

ENEM/Sisu e da reserva

de vagas para estudantes

com origem em escolas

públicas, por meio de cotas

(renda; pretos, pardos

e indígenas; e pessoas

com deficiência), modificou

radicalmente o perfil

da recente geração de discentes

dos cursos de graduação

das universidades

federais e dos Cefet MG

e RJ".

Para a Andifes, a pesquisa

aponta que a "universidade

brasileira hoje

é expressão dos esforços

para sua real democratização"

e que este é um

passo importante "para o

cumprimento do papel

social do ensino superior

público". O levantamento

mostra também que

"se permitiu o direito ao

ensino superior a um

número cada vez maior

de pessoas que tradicionalmente

eram excluídas

da vida universitária".

Ainda segundo análise da

Andifes, o "país, vendo

multiplicar as oportunidades

acadêmicas a um

número maior e mais diverso

de pessoas, poderá

colher os frutos da ampliação

em seu desenvolvimento".

Entre os desafios

apontados pela pesquisa,

de acordo com análise da

Andifes, estão a necessidade

de "ampliar ainda

mais a democratização do

acesso, para que o percentual

de jovens matriculados

no ensino superior

atinja as metas do

Plano Nacional de Educação;

e garantir que todos

os estudantes tenham,

dentro das IFES,

iguais condições de permanência",

atendendo ao

previsto na Constituição

e na Lei de Diretrizes e

Bases da Educação.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Projeto social oferece

aulas motivacionais para

reduzir evasão escolar

Colégio Barão do Rio Branco participa em campanha

da Junior Achievement Brasil com apoio da Multilog

Da redação com assessoria

Reportagem

Nesta quinta-feira (23)

e sexta-feira (24), alunos do

Colégio Barão do Rio Branco

participarão de uma programação

especial para evitar

a evasão escolar. Dados

divulgados pelo Instituto

Brasileiro de Geografia e Estatística

(IBGE) apontam

que 55% dos estudantes brasileiros

abandonam o estudo

ainda no ensino fundamental

e 36,5% dos jovens

não concluíram o ensino médio

em 2018.

As atividades são parte

do projeto "As Vantagens

de Permanecer na Escola",

desenvolvido para estimular

os alunos em sala de

aula. Nele, colaboradores

se tornam voluntários e

são treinados para dar uma

aula de motivação aos estudantes

e estimular a formação

entre eles e a importância

do desenvolvimento

de um currículo profissional

completo.

O projeto será realizado

até segunda-feira (27)

em seis escolas das cidades

de Uruguaiana (RS), Itajaí

(SC), Santos (SP),

Campinas (SP), Curitiba

(PR) e Foz do Iguaçu (PR).

A iniciativa é uma parceria

entre a Multilog, um

dos maiores players logísticos

do Brasil, e a organização

social Junior Achivement

Brasil. As empresas

e ONG uniram forças na

formação de profissionais

qualificados e capacitados

para atuar em prol do desenvolvimento

do país.

Projeto

O programa "As Vantagens

de Permanecer na Escola"

realiza uma série de

atividades e dinâmicas

para ajudar os estudantes

a entenderem a importância

de continuarem na escola

e prosseguirem seus

estudos de maneira consciente.

A prática é composta

por um jogo de tabuleiro,

análise de gráficos, elaboração

de um orçamento,

planejamento de carreira e

um debate. A ideia é apresentar

aos alunos os benefícios

dos estudos por meio

de cinco momentos.

O primeiro momento é

Escola de Curitiba participa do programa da

Junior Achievement Brasil

sobre êxitos pessoais,

quando ocorre o Jogo das

Grandes Decisões, formado

por um tabuleiro com

dados, fichas e demais elementos.

Nesse jogo, algumas

decisões podem ser

tomadas pelos alunos,

como largar os estudos

quando aparece uma oportunidade

de trabalho ou

manter-se estudando.

O segundo momento se

chama "Por que Permanecer

na Escola", abrangendo

os custos e vantagens

de prosseguir os estudos.

No terceiro momento o aluno

desenvolve um orçamento

próprio que conta

com todas as suas expectativas

de vida feliz. O

quarto momento se chama

"Projetando-se para o Futuro

Lista de Profissões e

Ocupações". No quinto e

último momento o estudante

terá de se comunicar

com um amigo que pensa

em abandonar os estudos.

Cidade

09

Multilog é responsável

pelo Porto Seco de Foz

A Multilog é a empresa que em Foz do

Iguaçu é responsável pelo Porto Seco

Aduaneiro, a antiga Eadi. A empresa

possui estrutura e inteligência para

desenvolver soluções completas e

diversificadas para operações

alfandegadas, centros de distribuição e

transportes, além de possuir grande

expertise nos segmentos químico, de

saúde, automotivo e industrial.

Atualmente, conta com mais de 20

unidades de negócio, em quatro

diferentes estados (São Paulo, Paraná, Rio

Grande do Sul e Santa Catarina), e 1,5

milhão de metros quadrados de área

alfandegada. A empresa possui mais de

1,5 mil colaboradores e premiações como

Top of Mind, Prêmio Inbrasc — Melhor

Operador Logístico, finalista do Prêmio

Sindusfarma de Qualidade, ISO 9001:2015,

Certificação OEA, Great Place to Work

(Melhores empresas para trabalhar),

entre outros.

Colégio Carmelita

Dias é interditado

A Defesa Civil de Foz do Iguaçu interditou,

na tarde de segunda-feira (20), o Colégio

Estadual Professora Carmelita Souza Dias,

no bairro Porto Belo. Parte do prédio já

havia sido interditada, no início de maio,

por problemas na fiação elétrica.

A diretora da escola, professora Dulce

Pereira, disse que já havia comunicado o

problema. "Estamos há algum tempo com

fragilidade na rede elétrica da nossa

escola. No dia de ontem houve um

princípio, um cheiro muito forte de

queimado na rede. Então, por medida de

segurança de nossos alunos, professores

e todos que circulavam pela escola, foi

interditada pela defesa Civil", afirmou.

Dulce informou ainda que existe um

protocolo de melhoria da rede elétrica em

aberto desde 2014. O colégio atende 600

alunos do ensino fundamental e médio. A

direção espera uma resposta do Núcleo

Regional de Educação, junto ao Governo

do Estado, sobre o retorno dos alunos às

aulas. (Rádio Cultura)

Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.


10 Cidade Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Carpe diem

Idgar Dias Junior

Olá! Bom dia, leitor!

- Hoje, quarta-feira, dia 22 de maio, é celebrado o 'Dia do

Apicultor';

- Também hoje se comemora o 'Dia Internacional da

Diversidade Biológica'; e

- A data também é de comemoração do 'Dia da Aviação de

Patrulha'.

"É a lama, é a lama"!

"O relatório do senador Tasso Jereissati para a MP 868 foi

aprovado na Comissão Especial. É um assunto urgente. No

Brasil, quase 35 milhões de pessoas não têm acesso à água

tratada e quase metade da população não tem serviço de

coleta de esgoto. Espero que esse quadro vergonhoso

sensibilize os nossos parlamentares, porque a votação nas

duas Casas tem de ocorrer até dia 3 de junho para que a

medida provisória não caduque.

É espantoso como um projeto de lei de tamanha importância

possa enfrentar dificuldades para sua aprovação. A

resistência maior vem dos ditos "partidos progressistas". A

ampliação do acesso ao saneamento básico é uma questão

de justiça social. Vivendo no esgoto não há igualdade de

oportunidades possível. Hoje ainda convivemos com dois

Brasis: no Sudeste, o índice de abastecimento de água é

91,2% e o de coleta de esgoto 78%; no Norte é 55,4% e 10,5%.

Numa ponta, o Amapá tem a pior estatística do País, com

investimento per capita de R$ 30, na outra, São Paulo com

dez vezes mais.(...)

Em meados dos anos 90, vários governadores venderam

ativos, na grande maioria, empresas distribuidoras de

energia, porque necessitavam de recursos para novos

investimentos. Com exceção de poucas distribuidoras que

permaneceram estatais, os indicadores de qualidade

melhoraram significativamente no setor elétrico. Lucraram os

contribuintes e usuários desse serviço que, a exemplo da

telefonia, é hoje universal.

Duas décadas depois, o quadro se repete: restrição fiscal e

ativos estatais que necessitam de vultosos investimentos.

Novamente, a privatização das empresas estaduais é parte

da solução. O mesmo choque de qualidade pode acontecer

com saneamento.

Não dá para deixar essa oportunidade passar quando em

pleno 2019 quase metade dos brasileiros vive na lama".

Artigo da economista Elena Landau em 'O Estado de S.Paulo'.

Fala que eu te escuto

"Quero saber quem são os parlamentares que garantiram a

governabilidade do nosso presidente na época da campanha.

Onyx chegou a fazer uma lista com os que garantiram esse

apoio. Mas ele nunca abriu essa lista. Por quê? Cadê a lista?

Ele pode até dizer que nem todos foram reeleitos, mas

muitos foram. Não falta governabilidade, falta é caráter

daqueles que se comprometeram ou se beneficiaram de

alguma forma com o nosso presidente. O DEM tem três

ministros e o presidente das duas Casas [Câmara e Senado],

tudo isso com o apoio incondicional do PSL. Agora eles estão

jogando contra? Isso é inconcebível, isso me revolta".

Da senadora Soraya Thronicke, em entrevista ao site O

Antagonista, cobrando o ministro da Casa Civil, Onyx

Lorenzoni que, 'no ano passado, disse que, se eleito, Jair

Bolsonaro teria uma base de mais de 300 parlamentares no

Congresso'.

Contato: idgar_dias@hotmail.com

WhatsApp: [45] 9.9950-3808

Veja A Gazeta na internet: www.gdia.com.br

Sorte e saúde sempre!

MANIFESTAÇÃO

Profissionais da educação

municipal de Foz vão aderir à

greve nacional em 14 de junho

Decisão foi tomada na noite de segunda-feira (20), em

Assembleia Geral; escolas municipais e CMEIs ficarão fechados

Da assessoria

Reportagem e foto

Segundo o presidente do Conselho de Aconselhamento e Controle Social do

Fundeb local, Sílvio Benitez, Foz vai perder mais de R$ 2 milhões com cortes

Professores e profissionais

da educação pública municipal

de Foz do Iguaçu aprovaram

participação da categoria na

Greve Geral convocada para o

dia 14 de junho pelas centrais

sindicais em todo o Brasil. A decisão

foi tomada na noite de segunda-feira

(20), em Assembleia

Geral na Escola Municipal Elenice

Milhorança, no Jardim

América.

A presidente do sindicato que

representa os profissionais da

educação do município (Sinprefi)

ponderou: "Essa decisão da

base indica que CMEIs e escolas

municipais ficarão fechados

no dia 14 de junho, uma sextafeira.

Por isso pedimos a compreensão

e o engajamento dos

pais dos nossos alunos também".

Os profissionais da educação

municipal também aprovaram

participação em protesto

previsto para o dia 30 de maio,

em Foz, contra os cortes na

educação.

Além de protestarem contra

os cortes anunciados para institutos

federais e universidades

públicas, a paralisação da categoria

municipal está relacionada

com cortes no Fundo de Manutenção

e Desenvolvimento da

Educação Básica e de Valorização

dos Profissionais da Educação

(Fundeb). Em vigor desde

2007 e com previsão de expirar

em 2020, o Fundeb financia

a educação básica, da creche

ao Ensino Médio, sendo o

principal aporte de recursos

para pagamento de salário de

professores.

"A estimativa é que haja um

corte de mais de R$ 2 milhões

por mês no repasse feito ao

município de Foz do Iguaçu",

anunciou, durante a assembleia,

o presidente do Conselho

de Aconselhamento e Controle

Social do Fundeb local,

Sílvio Benitez — que também é

diretor de Assuntos Sociais e

Saúde do Sinprefi.

Data-base

Na assembleia convocada

pelo Sinprefi, a categoria também

debateu proposta de reposição

salarial apresentada

pelo Executivo municipal na

negociação da data-base que

ocorre no mês de maio. Seriam

4% de reajuste com efeitos a

partir de 1º de maio de 2019 e

uma ressalva: "O município reconhece

a diferença de 1,07%

para o cumprimento integral das

perdas inflacionárias no período

acumulado no percentual de

5,07%, medido pelo INPC [Índice

Nacional de Preços ao

Consumidor], tornando essa diferença

devida a todos os servidores

públicos, que será implementada

na folha de pagamento

tão logo haja disponibilidade

de receitas na arrecadação

do município".

A maioria dos presentes

votou contra a proposta assinada

pelo prefeito Chico Brasileiro.

"A base definiu que temos

direito de receber, pelo

menos, o mínimo que é a reposição

da inflação. A contraproposta

que vamos apresentar é

que seja feito o pagamento dos

5,07% de uma só vez", explicou

a presidente do Sinprefi,

Marli M de Queiroz.

Nova reunião entre líderes

do Sinprefi e o prefeito Chico

Brasileiro está marcada para a

próxima quinta-feira, dia 23, em

que serão cobrados posicionamentos

em relação à Pauta de

Reivindicações do Sinprefi

2019 — protocolada em fevereiro

— e pelo menos mais 3%

de ganho real.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cidade

11

NOS BAIRROS

Foz ComUnidade chega ao Morumbi neste sábado

Ação desenvolvida pela prefeitura ofertará mais de 50 serviços à população; encontro será ao lado do CMEI Zilda Arns, das 8h às 14h

Da redação com AMN

Reportagem

Será a segunda vez que o Morumbi receberá o

Foz ComUnidade

A região do Morumbi

receberá, neste sábado

(25), mais uma edição do

Foz ComUnidade, o programa

desenvolvido pelo

governo do município de

Foz do Iguaçu por meio da

Secretaria Extraordinária

de Direitos Humanos e Relações

com a Comunidade.

O evento acontecerá das 8h

às 14h, na Rua Barão de

Serra Negra, 2.691, ao

lado do CMEI Zilda Arns.

A exemplo das edições

anteriores, o Foz ComUnidade

levará todos os serviços

da prefeitura até o cidadão.

"São mais de 50 serviços

em diversas áreas oferecidos

gratuitamente ao

morador. A ideia do projeto,

além de facilitar a vida

das pessoas, é aproximar a

prefeitura dos bairros. É

uma forma de conhecermos

melhor a comunidade, entender

seus anseios e trabalhar

para resolver as demandas",

explica a secretaria

de Direitos Humanos,

Rosa Maria Jerônymo.

Durante o evento, os

moradores do bairro poderão

agendar a confecção do

RG; atualizar dados para

consultas e cirurgias; fazer

cadastro de idoso ou pessoa

com deficiência; fazer

cadastro para vagas em

CMEIs; inscrever-se em

cursos profissionalizantes;

atualizar o cadastro no Fozhabita;

inscrever-se em

programas habitacionais;

imprimir guias do IPTU;

atualizar dados do Cadastro

Único; dar entrada no

processo de regularização

fundiária; obter alvará de

construção e funcionamento

e de numeração predial

de imóveis.

O Foz ComUnidade,

por meio da Secretaria de

Saúde, também ofertará

vacinação (para adultos

e crianças), testes de glicemia

e aferição da pressão

arterial. O CCZ vacinará

cães e gatos contra

a raiva.

Uma roda de conversa

com o prefeito também está

marcada para as 11 horas.

Os moradores estão convidados

a participar para fazer

sugestões sobre os serviços

da prefeitura.

Balanço

Essa será a segunda vez

que a ação governamental

chegará ao Morumbi e deverá

repetir o sucesso de

público do ano passado,

quando participaram mais

de três mil pessoas. Com a

realização do programa no

bairro, o governo municipal

completa a oitava edição

do Foz ComUnidade.

Os eventos já mobilizaram

milhares de pessoas das

regiões do Jardim São Paulo,

Três Lagoas, Morumbi,

Cidade Nova, Lagoa Dourada

e Porto Meira.

Câmara de Foz do Iguaçu

apoia ações de combate

ao trabalho infantil

Com o propósito de combater a exploração

do trabalho infantil e garantir e preservar os

direitos de crianças e adolescentes, os

vereadores receberam na sala de reuniões a

desembargadora do Tribunal Regional do

Trabalho (TRT) Rosemarie Diedrichs. Na

oportunidade, os membros da Casa de Leis se

comprometeram em apoiar ações e formular

políticas públicas com o objetivo de evitar a

exploração de crianças e adolescentes no

mercado de trabalho, garantindo uma melhor

qualidade de vida a esses jovens. Na

sequência, a presidente da Comissão de

Educação, vereadora Rosane Bonho, e o

vereador Marcio Rosa estiveram em reunião

com a desembargadora e a secretária

municipal de Educação, Maria Justina.

Definiu-se que a primeira ação proposta será

um concurso de desenho, voltado aos alunos

do 4° ano das escolas municipais de Foz do

Iguaçu. Serão aproximadamente 3.400

crianças concorrendo a tablets e a outros

prêmios que ainda serão definidos. (CMFI)

Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.


12 Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cidade

SUSTO

Fuzil para civis

Não, não é brincadeira. Quem garantiu esta

possibilidade é a fabricante de armas brasileira

Taurus. De acordo com a empresa, o decreto

sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, que

facilitou o acesso de civis a armamentos, também

inclui a possibilidade de a população comprar um

fuzil — o T4 semiautomático de calibre 5,56.

Armas

À TV Globo, a empresa disse ontem (21) aguardar

a entrada em vigor da regulamentação para

"imediatamente atender os clientes". "Temos uma

fila de dois mil clientes", informou a Taurus, que

tem sede no Rio Grande do Sul. "Estamos preparados

para atender em até três dias às demandas."

Armas II

A reportagem contatou a fabricante, mas não

obteve resposta sobre o assunto. A Casa Civil,

ligada ao Palácio do Planalto, disse que o decreto

não enquadra o fuzil T4 como arma de uso permitido.

Segundo o órgão, a arma "é de uso restrito e,

por isso, o cidadão comum não consegue adquirila".

"A informação não procede", declarou.

Armas III

Em 2017, quando Bolsonaro já se apresentava

como candidato à Presidência, esteve em um

estande da Taurus durante uma feira de produtos

de segurança e disse que o T4 seria liberado para

alguns grupos.

Oportunidades

As obras da segunda ponte entre Brasil e Paraguai

e a abertura da primeira loja franca vão movimentar

a economia de Foz do Iguaçu nos próximos

anos. Bancada pela Itaipu Binacional, a estrutura

que vai unir o bairro Porto Meira à paraguaia

Presidente Franco abrirá 400 empregos diretos. Já

a primeira loja franca vai gerar 46 empregos

diretos. Veja no cabezanews.com como enviar o

currículo e as exigências que precisam ser atendidas.

Nota Paraná

O programa, lançado pelo Governo do Estado,

completou quatro anos com recorde de valores

devolvidos — perto de R$ 1,5 bilhão em dinheiro

aos participantes. O sucesso do Nota Paraná foi

celebrado segunda (20) em sessão solene realizada

na Assembleia Legislativa, proposta pelo

deputado Romanelli (PSB).

De mal

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo

Maia, tomou a palavra ao final da reunião entre

líderes partidários ontem e disse ter rompido

relações pessoais com o líder do governo na Casa,

Major Vitor Hugo (PSL-GO). Ele se sentiu atacado

com mensagens de Vitor Hugo no WhatsApp que

relacionavam a articulação política a negociações

espúrias.

Tô fora

Por falar em Bolsonaro, o presidente disse que não

irá participar domingo (26) das manifestações de

rua em defesa de seu governo. Ele também

orientou os ministros a não irem aos atos.

Mais de política no www.cabezanews.com.

Criminosos assaltam

turistas do RS e fogem

com mais de R$ 20 mil

Vítimas estavam a caminho do Paraguai quando foram rendidas pelos

suspeitos e levadas até um matagal; um dos envolvidos foi preso

Da redação

Reportagem

Cinco turistas do Rio

Grande do Sul foram vítimas

de um assalto à

mão armada, na manhã

de ontem (21), em Foz do

Iguaçu. Segundo informações,

o grupo estava

em uma van, que seguia

para Ciudad del Este, no

Paraguai, quando foi surpreendido

pelos bandidos.

Conforme o relato das

vítimas, os quatro suspeitos

estavam armados e

usaram um carro de cor

branca para dar voz de

assalto. Posteriormente a

Polícia Civil confirmou

que o veículo foi encontrado

pelos investigadores

do Grupo de Diligências

Especiais (GDE)

após uma breve investigação.

Ainda segundo as vítimas,

elas vieram a Foz

com o objetivo de fazer

compras no país vizinho.

O dono de um estacionamento

na região do bairro

Jardim Jupira foi quem

teria indicado a van de

transporte para levá-los

ao Paraguai, afirmando

ser um método seguro.

Carro usado pelos

assaltantes foi

encontrado em estado

de abandono no

Jardim Jupira

Confiando na palavra

do homem, o grupo contratou

o serviço e embarcou.

Pouco tempo após

deixar o hotel onde estavam

hospedados, os turistas

foram rendidos pelos

criminosos, que supostamente

obrigaram o

motorista da van a dirigir

até um matagal.

No local as vítimas

tiveram celulares, documentos

e dinheiro recolhidos

pela quadrilha. O

prejuízo deixado ultrapassa

R$ 20 mil. Assim que

os criminosos fugiram, o

grupo saiu em busca de

ajuda. Eles foram encaminhados

à Delegacia da

Polícia Civil para registrar

Boletim de Ocorrência.

"Nós estávamos andando

na rodovia [BR-

277] em direção à ponte

quando a gente percebeu

um carro vindo de ré.

Logo em seguida desceu

um grupo armado e entrou

na van. Eles ameaçavam

muito, botavam a

arma na cara da gente,

mas não chegaram a bater.

Foi um momento de

muita pressão", contou

uma das vítimas em entrevista

à imprensa.

Enquanto faziam o

registro do caso, os investigadores

desconfiaram

do motorista da van e foram

em busca dele. O

homem foi levado à delegacia

e prestou depoimento.

Na sequência

uma equipe do GDE saiu

às ruas em busca dos

outros suspeitos.

Vectra branco

Após diligências os

investigadores do GDE

conseguiram localizar o

veículo usado pelos assaltantes.

O Vectra de

Polícia prendeu um dos suspeitos, que foi autuado

por roubo e associação criminosa

Criminosos adulteraram placa do automóvel na

tentativa de enganar a polícia

cor branca foi encontrado

em estado de abandono

na região do bairro

Jardim Jupira e, segundo

a polícia, possui um registro

de furto. O crime

ocorreu no domingo (19),

na região da Vila Portes.

Os criminosos chegaram

a adulterar as placas

do carro com fita isolante

para tentar enganar a

polícia, mas a estratégia

não funcionou. Os agentes

conseguiram ainda

identificar dois dos suspeitos

envolvidos no assalto.

Um deles, de 33

anos, foi localizado e reconhecido

pelas vítimas.

"Esse cidadão foi autuado

pelo crime de roubo

e associação criminosa.

Nós também localizamos

a foto de um segundo

elemento, que também

foi reconhecido pelas

vítimas. Nós pedimos

agora o auxílio da população

a fim de encontrálo",

contou o delegado

Francisco Sampaio.

Os outros dois envolvidos

também já foram

identificados, entretanto

a polícia optou por não

divulgar os nomes para

não atrapalhar as investigações,

que seguem com

o objetivo de saber ainda

se a van que os compristas

pegaram era ou não

usada como fachada para

a prática de assaltos.

A população pode colaborar

com informações

de forma anônima por

meio do número 197 —

Disque-Denúncia da Polícia

Civil.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019 Cidade 13

CAPACITAÇÃO

Delegacia da PF sediará treinamento

regional para Rede de Assistência às

Vítimas de Tráfico de Pessoas

O curso é financiado pelo Escritório de Monitoramento e Combate ao

Tráfico de Pessoas do Departamento de Estado dos Estados Unidos

Da assessoria

Reportagem

A prefeitura e o Senac

realizaram, nessa segunda-feira

(20), a aula inaugural

dos novos cursos

profissionalizantes ofertados

a 360 jovens do município.

Em uma parceria envolvendo

as duas instituições,

a ação vai capacitar

os aprendizes por meio dos

cursos de Hambúrguer

Gourmet, Recreação e Recepcionista.

O primeiro dia de aula

foi marcado por muita

emoção e expectativa.

Além dos professores, estudantes

e representantes

da prefeitura e do Senac,

os familiares dos alunos

acompanharam a aula

inaugural. "Foi um momento

muito especial, ao

darmos as boas-vindas,

uma mãe veio demonstrar

a alegria e a gratidão

pela oferta dos cursos profissionalizantes

gratuitos",

expressou a secretária

municipal de Juventude,

Adriana Luiz.

De acordo com ela, a

escolha dos três cursos

atendem a uma demanda

crescente na cidade. "Os

cursos são voltados para

áreas com enorme demanda

no município,

principalmente da rede

hoteleira, uma das principais

empregadoras. A

expectativa é que eles saiam

capacitados para as

vagas de emprego."

O Centro Internacional

para o Desenvolvimento

de Políticas Migratórias

(ICMPD) realizará

em Foz do Iguaçu, nesta

quarta e quinta-feira

(22 e 23), a partir das 8h,

a 4ª Capacitação em Proteção

e Assistência a Vítimas

de Tráfico de Pessoas

no Contexto do

Novo Quadro Jurídico

para Migração e Tráfico,

no auditório da Polícia

Federal.

Financiado pelo Escritório

de Monitoramento e

Combate ao Tráfico de Pessoas

do Departamento de

Estado dos Estados Unidos,

o curso busca fortalecer

a capacidade de organizações

governamentais

e não governamentais

no Paraná de identificar,

proteger e referenciar

vítimas de tráfico.

A capacitação que

contará com mais de 90

agentes da rede de atendimento

e assistência às

vítimas de tráfico de pessoas,

faz parte do projeto

"Atenção Brasil - Fortalecendo

a Capacidade do

governo brasileiro no enfrentamento

ao tráfico de

pessoas".

Fortaleza/CE, Belém/

PA e Boa Vista/RR já receberam

a mesma capacitação.

São Paulo e Rio

de Janeiro receberão o re-

ferido treinamento no segundo

semestre de 2019.

Os eventos incluem temas

como identificação e

assistência às vítimas de

tráfico de pessoas, e referenciamento

de vítimas

de tráfico para assistência

adequada, com foco

na promoção e defesa de

seus direitos de acordo

com a Lei 13.344/16.

São parceiros do ICM-

PD na implementação do

projeto: o Ministério Público

Federal (MPF), a Polícia

Federal, a Secretaria

Nacional de Justiça do

Ministério da Justiça e Segurança

Pública e o Instituto

Migrações e Direitos

Humanos (IMDH). O público-alvo

do projeto é formado

por integrantes de

instituições governamentais

em nível federal, estadual

e municipal; MPF;

forças policiais; Defensorias

públicas; Judiciário; organizações

não-governamentais

e sociedade civil.

Os resultados e impactos

esperados são:

grupos-alvo melhor treinados

para aplicação

mais rápida e eficiente da

nova legislação de enfrentamento

ao tráfico

de pessoas, considerando

uma abordagem centrada

na vítima; aprimoramento

das capacidades

das instituições federais

envolvidas na formulação

e implementação

da política de enfrentamento

ao tráfico, em

particular em esforços

relativos às investigações,

acusações e condenações

do crime; e melhor

identificação e referenciamento

das vítimas

Começam as aulas dos cursos profissionalizantes ofertados entre Senac e prefeitura

A medida também atende

às diretrizes do ECA

(Estatuto da Criança e do

Adolescente) e garante os

direitos de acesso ao conhecimento

e ao incentivo ao

primeiro emprego. A próxima

oportunidade deverá

ser o curso de Libras. "A

inclusão social é um dos

principais enfoques da política

de juventude e é fundamental

para garantirmos

oportunidades para todos

e todas", explicou Adriana.

Este já é o segundo convênio

de cursos profissionalizantes

firmados pela

prefeitura. Por meio de

parceria envolvendo a Secretaria

Municipal de Assistência

Social (SMAS)

e o Senai (Serviço Nacional

de Aprendizagem Industrial),

a primeira ação

de capacitação certificou

mais de 50 alunos em várias

áreas. (AMN)

e possíveis vítimas de

tráfico, quaisquer que

sejam as modalidades,

entre elas exploração laboral,

exploração sexual,

adoção ilegal e tráfico de

órgãos.

Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.


14

Nacional Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

MOBILIZAÇÃO

Campanha contra trabalho

infantil começa hoje com tuitaço

Os organizadores pretendem sensibilizar e motivar uma reflexão da

sociedade sobre as consequências do trabalho infantil

O Diário Oficial da

União publicou ontem (21)

a nomeação do secretário de

Ecoturismo do Ministério do

Meio Ambiente, Gilson Machado

Guimarães Neto, para

a presidência do Instituto

Brasileiro de Turismo (Embratur).

Vinculada ao Ministério

do Turismo, a autarquia

é responsável por promover,

no exterior, o Brasil como

destino turístico.

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Campanha tem como tema neste ano "Criança não deve

trabalhar, infância é para sonhar"

Pedro Peduzzi

Repórter da Agência Brasil

Começa nesta quartafeira

(22), com um tuitaço,

a campanha do Dia

Mundial contra o Trabalho

Infantil, celebrado em 12

de junho. Este ano, tem

como lema "Criança não

deve trabalhar, infância é

para sonhar". A iniciativa

é organizada pelo Fórum

Nacional de Prevenção e

Erradicação do Trabalho

Infantil (FNPETI) e tem

como realizadora a Rede

Nacional de Combate ao

Trabalho Infantil.

Por meio do hashtag

#infanciasemtrabalho,

os organizadores pretendem,

a partir das 10h de

hoje, sensibilizar e motivar

uma reflexão da sociedade

sobre as consequências

do trabalho infantil

e a importância de

garantir para crianças e

adolescentes o direito de

brincar, estudar e sonhar

- vivências que, segundo

a entidade, são próprias

da infância e que contribuem

para o seu desenvolvimento.

"Todos os anos a gente

segue uma campanha

que é global, que acontece

no dia 12 de junho. E

em cada campanha a

gente traz um slogan

para distingui-la das demais.

Este ano, buscamos,

com este lema, reafirmar

o direito da criança

ao brincar e do adolescente

ao lazer", disse

à Agência Brasil Isa Oliveira,

secretária-executiva

do FNPETI.

"Dessa forma, pretendemos

mostrar que esse tipo

de exploração é uma violação

aos direitos fundamentais

que impede a vivência

plena da infância", acrescentou.

Segundo ela, a

campanha lançada hoje

culminará em uma grande

mobilização dia 12 de junho,

no Museu do Amanhã,

no Rio de Janeiro.

A Constituição Federal

só permite trabalho a

partir dos 16 anos, desde

que não seja em condições

insalubres, perigosas

ou no período noturno. A

partir dos 14 anos só é permitido

trabalho na condição

de aprendiz, por

meio de contrato especial,

desde que com o propósito

de oferecer ao jovem

formação profissional

compatível com a vida

escolar.

Dados

De acordo com o Fórum

Nacional de Prevenção

e Erradicação do Trabalho

Infantil, 2,4 milhões

de crianças e adolescentes

entre 5 e 17

anos trabalham no Brasil

em atividades como

agricultura, pecuária,

comércio, domicílios,

construção civil e até

mesmo nas ruas.

Segundo dados do Instituto

Brasileiro de Geografia

e Estatística, relativos

a 2016, as regiões

que registram as maiores

taxas de ocupação com

trabalhos infantis são o

Nordeste (33%) e a Sudeste

(28,8%). São Paulo

é o estado que, em termos

absolutos, mais faz

uso de trabalho infantil,

com 314 mil registros,

seguido de Minas Gerais

(298 mil) e Bahia (252

mil). Também têm destaque

nesse tipo de exploração

o Pará (193 mil),

Maranhão (147 mil), Paraná

(144 mil) e Rio

Grande do Sul (151 mil).

Tendo por base dados

do Sistema de Informação

de Agravos de Notificação

(Sinan), do Ministério da

Saúde, o fórum aponta

que, entre 2007 e 2018, o

Brasil registrou 43.777

acidentes de trabalho com

crianças e adolescentes

entre 5 e 17 anos. No mesmo

período, houve 261

mortes de meninas e meninos

durante o trabalho.

A erradicação de todas

as formas de trabalho infantil

até 2025 está entre

as metas dos Objetivos

de Desenvolvimento Sustentável

da Organização

das Nações Unidas -

ONU -, acordo que tem o

Brasil como signatário.

Como denunciar

Há vários canais por

meio dos quais é possível

denunciar casos de exploração

de trabalho infantil.

Um deles é o Conselho

Tutelar.

"Também é possível fazer

denúncias por meio do

Disque 100 e pelo aplicativo

Proteja Brasil, bem

como pelo Ministério Público

do Trabalho; pela

Superintendência Regional

do Trabalho e por unidades

de assistência social

como Cras, no âmbito

municipal, e os Creas

(Centros de Referência)",

sugere Isa Oliveira.

Governo nomeia Guimarães Neto para presidência da Embratur

Ex-empresário do setor

turístico, Guimarães Neto

substituirá o atual presidente

interino do instituto, Leônidas

José de Oliveira. Expresidente

da Empresa Municipal

de Turismo de Belo

Horizonte (Belotur) de

2016 a 2017, Oliveira ingressou

na Embratur como

diretor de Gestão Interna

no começo de fevereiro.

Menos de um mês depois,

foi escolhido para substituir

temporariamente a então

presidente, Teté Bezerra,

que pediu demissão do

cargo.

No último dia 10, havia

sido publicada a nomeação

do ex-presidente da

Companhia de Turismo do

Estado do Rio de Janeiro

(TurisRio) Paulo Roberto

de Oliveira Senise para assumir

a presidência no lugar

de Oliveira. Além da

nomeação de Guimarães

Neto para o cargo, os decretos

presidenciais publicados

no Diário Oficial da

União de ontem tornam

sem efeito a nomeação de

Senise. O Ministério do

Turismo deve se pronunciar

sobre as mudanças na

pasta.

(Alex Rodrigues — repórter

da Agência Brasil)


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

POLÍTICA

Reformas devem enxugar

Constituição, defende Toffoli

Ministro disse que para diminuir a litigiosidade é

necessário reduzir o texto da carta magna

Felipe Pontes

Repórter da Agência Brasil

O presidente do Supremo

Tribunal Federal

(STF), ministro Dias Toffoli,

disse ontem (21), ter

defendido junto à cúpula

dos poderes Executivo e

Legislativo que os textos

das reformas da Previdência

e tributária, ambas em

tramitação no Congresso,

quando aprovados, resultem

na redução de dispositivos

na Constituição.

Toffoli avalia que reduzindo

dispositivos constitucionais

nas reformas, deverá

cair o número de processos

que chegam por

ano ao STF tendo como

base violações desses dispositivos.

Ele citou como

exemplo o passivo de R$

1 trilhão em litígios tributários

ao aguardo de uma

solução na Corte.

"Nós temos que diminuir

o texto da Constituição.

Para diminuir a litigiosidade,

é necessário diminuir

o texto", ressaltou

em um fórum da Associação

Brasileira da Infraestrutura

e Indústrias de

Base (ABDIB), em Brasília.

"Se não há parâmetro

para contestar constitucional,

o sistema vai fluir de

maneira mais eficaz, mais

rápida, e sem litigiosidade",

acrescentou.

Ele se posicionou contra

o que seria uma noção

comum no Brasil, de se

aumentar o nível de detalhamento

da Constituição

via reformas. "Se se aumenta

o número de dispositivos

na Constituição, e

qualquer norma infraconstitucional

poder ser impugnada

por se dizer contrária

à Constituição, você

está ampliando a possibilidade

de judicialização da

questão".

Toffoli disse manter diálogos

constantes com o

presidente Jair Bolsonaro

e os ministros Paulo Guedes

(Economia) e Onyx

Lorenzoni (Casa Civil),

bem como com os presidentes

da Câmara, Rodrigo

Maia (DEM-RJ), e do

Senado, Davi Alcolumbre

(DEM-AP), e outras lideranças

parlamentares. O

objetivo é que as reformas

da Previdência e tributária

resultem no enxugamento

do texto constitucional.

"É claro que você não

vai tirar da Constituição

os direitos e garantias fundamentais,

os direitos e

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O presidente do STF, Dias Toffoli, defende que textos das

reformas reduzam dispositivos constitucionais

garantias individuais, de

liberdade, mas temos que

refletir sobre isso, essa alta

litigiosidade", ponderou.

Crise

Em uma fala de quase

30 minutos, Toffoli aproveitou

também para negar,

mais uma vez, a existência

de uma crise entre os

Poderes da República.

Para ele, obstáculos eventuais

no cotidiano democrático

não podem ser

confundidos com crises

institucionais.

"As dificuldades no

momento, conjunturais,

não podem ser vistas como

empecilhos que levem à

ideia de que há numa crise,

ou algum tipo de disputa

entre poderes. Eu

não vejo assim", disse.

"Penso que dificuldades

momentâneas são próprias

da democracia. Isso

é viver o estado democrático

de direito. Democracia

é assim", acrescentou.

O problema, segundo

Toffoli, é quando, além do

Judiciário, Legislativo e

Executivo "começa a surgir

quarto poder, quinto

poder", embora não tenha

especificado quais seriam

tais poderes, não previstos

na Constituição.

Nacional

15

Comissão derruba

portaria que limita

acesso à

mamografia no SUS

A Comissão de Assuntos Econômicos

do Senado (CAE) decidiu nesta terçafeira

(21) derrubar a Portaria 61/2015

do Ministério da Saúde (MS) que

limitou o acesso de mulheres de 40 a

49 anos aos exames de mamografia

para detecção precoce de câncer de

mama no Sistema Único de Saúde

(SUS). Pela portaria do MS, somente

mulheres de 50 a 69 anos de idade

podem fazer o rastreamento

mamográfico na rede pública. De

autoria do senador Lasier Martins

(Pode-RS), o projeto de decreto

legislativo, PDS 377/2015, que

possibilitou a decisão, segue para o

plenário da Casa em com urgência

para análise.

A relatora da proposta na comissão,

senadora Leila Barros (PSB-DF),

avaliou que a portaria do Ministério da

Saúde é ilegal e afronta a Lei 11.664/

2008, que assegura a mamografia a

todas as mulheres a partir dos 40 anos

de idade. Ainda em defesa da

derrubada da portaria do Ministério da

Saúde, a senadora argumentou que o

câncer de mama é uma doença grave,

sendo a primeira causa de morte por

câncer entre as brasileiras, em 2019,

segundo estimativa do Instituto

Nacional de Câncer (Inca), 59,7 mil

novos casos devem surgir no país.

Impacto financeiro

Sem falar no impacto financeiro da

medida no relatório, Leila Barros

explicou que está afastada a hipótese de

criação de nova despesa, tendo em vista

que os custos dos exames já deveriam

estar provisionados e previstos na

legislação orçamentária federal, por se

tratar de uma norma de 2008.

Mesmo depois de representantes do

governo sinalizarem a intenção de

alterar o decreto para assegurar o

rastreamento mamográfico a

mulheres com menos de 50 anos, os

senadores consideraram importante

que o Senado dê andamento ao

projeto que busca sustar a norma hoje

em vigor. (Karine Melo — repórter da

Agência Brasil)

Saia de Fiat 0km e só comece a pagar após o Carnaval. Para mais informações, ligue para Autofoz: (45)3520-1212.


16 Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019


PDS-Foz faz resgate histórico das

Marias de Jesus à Maria da Penha

Temática escolhida busca

fazer do evento um momento

de reflexão acerca da

equidade de gênero

Derliz Moreno/PDS-Foz

Reportagem

Albert Dezetter/Pixabay

Fotografia

JR

Da mesma maneira como em março, o mês

de maio agora também chama a atenção para

as mulheres. Neste contexto, a Pastoral da Diversidade

Sexual do Iguaçu (PDS-Foz), um serviço

social da Paróquia Anglicana Santo Agostinho

de Cantuária, promoverá um diálogo

aberto sobre o tema Cristianismo e Feminismo:

Das Marias de Jesus à Maria da Penha. Marcado

para este sábado (25), o primeiro encontro do

ano vai começar a partir das 20h, e terá como

convidada a reverenda Selma Almeida Rosa,

que é membro da Rede Municipal de Enfrentamento

à Violência Doméstica e Sexual contra a

Mulher, da Prefeitura de Londrina.

O evento se propõe a ser um momento de

reflexão acerca dos esforços empregados para

a conquista da equidade de gêneros na sociedade.

Finalizado o diálogo, haverá uma confraternização

com a contribuição dos participantes,

os quais podem levar um prato doce ou salgado,

destinado à mesa solidária.

Para abrir a ocasião, a reverenda Selma,

que é mestre em Educação e graduada em Letras

e em Teologia, vai proferir uma palestra

relacionada à temática da vez como ponto de

partida. As Marias que acompanharam Jesus

Cristo, de acordo com o reverendo Elias Mayer

Vergara, percorreram "um caminho de profunda

libertação do machismo e do patriarcalismo

de seu tempo, e, até chegar à recente história

do movimento de libertação promovida por

Maria da Penha, há muito a ser relatado. Bastante

sofrimento e morte, mas também muitas

vitórias e muitos avanços civilizatórios".

Este mês, segundo Édina Mayer Vergara,

professora visitante da Universidade Federal

da Integração Latino-Americana (UNILA), carrega

um forte apelo de ressignificação das mulheres

na atual conjuntura. "Saímos do tempo

em que maio era apenas lembrado pelas noivas

para celebrar o casamento ou pelos filhos, que,

somente no segundo domingo do mês, presenteavam suas

mães com o firme propósito de recompensá-las por todo

seu trabalho, carinho, cuidado e amor. Lembramos de

sua luta histórica e de suas demandas contemporâneas.

O mês ainda é cor de rosa, porém, cada vez mais, as demandas

celebrativas, contestatórias e memoriais são

multicolores," observa Édina.

Jesus Cristo, conforme relembra o reverendo Elias,

se insurge contra a igreja institucional que "marginalizava

o sexo feminino desde a época de Eva, quando a

mulher foi colocada à margem da história e culpabilizada

pela origem do pecado. No processo da salvação,

Jesus entra na história pelo ventre de uma mulher que

ainda não era casada. Uma gravidez marginal. E assim

segue o caminho dele, sempre contemplando várias

mulheres que a cultura religiosa desprezava e criminalizava.

Apóstolas, discípulas, companheiras até o escárnio

da cruz e mulheres testemunhas da ressurreição

de Cristo".

Como ressalta a professora Édina, a igreja institucionalizada

nas tradições católicas e protestantes

não seguiram o ensinamento de Jesus a

respeito da equidade de gênero, marginalizaram

e culpabilizaram as mulheres, e afastaram-nas

dos cargos de soberania. No entanto,

"foi possível perceber, nas últimas décadas, diálogos

de evangélicos e de algumas correntes

do protestantismo histórico com o movimento

feminista. Houve uma série de mudanças

na conduta dessas instituições, que colocaram

as mulheres em todos os espaços de serviço e

de governança. Surgiram, então, pastoras, reverendas,

bispas, doutoras em Teologia e mulheres

no cargo de presidente nas igrejas".

A Paróquia Anglicana Santo Agostinho de

Cantuária está localizada na Rua Maurício

Resende Rodrigues, nº 143, no bairro Jardim

Polo Centro, próximo à RPCTV. Informações

pelo telefone (45) 99820-8181 (reverendo Elias

Mayer Vergara).


18 Cotidiano Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

douglasdias_foz@globo.com

É Portobello

Visite e conheça as

novidades e

tendências que só a

Portobello Shop Foz

do Iguaçu tem! A

loja, na Rua Marechal

Deodoro, 1.180, espera por

você de segunda à sexta-feira,

das 8h30 às 18h30 e aos

sábados das 8h30 às 12h30.

(Assessoria)

Visita especial da

arquiteta MANAL Hamed

à Portobello Shop

Foz do Iguaçu

Espaço Comunidade

Apartir desta

quarta-feira (22),

o Cataratas JL

Shopping recebe

acadêmicos e

professores de diversos

cursos da UniAmérica Centro

Universitário no Espaço

Comunidade. Até o próximo

domingo (26) diversos

serviços e atividades estarão

disponíveis ao público

gratuitamente. A cada dia

haverá uma programação

diferente para crianças,

jovens e adultos, sempre das

14 às 21 horas. O Espaço

Comunidade fica no piso L3,

próximo à praça de

alimentação. (Assessoria)

JR


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cotidiano

19

CARINE

Cavalcanti,

EDINEI Oliveira

e DÉBORA

Bertoldi

participaram do

Malbec Day,

evento que

movimentou o

Wish Resort

Atrações da

43ª Fartal

Artistas de renome da música brasileira vão

integrar a programação da 43ª Fartal (Feira de

Artesanato e Alimentos de Foz do Iguaçu), que

acontece de 6 a 10 de junho no Parque de

Exposições Charrua. Marília Mendonça (06/06),

Matheus e Kauan (07/06), Iza (08/06),

Fernando e Sorocaba (09/06), Dani Russo e DJ

Chris Leão (10/06) foram as atrações anunciadas

na manhã da última segunda-feira, 20, durante o

lançamento oficial do evento, na Fundação

Cultural. (Assessoria)

De olho

nos alemães

De olho no sólido crescimento do Destino Iguassu

no mercado alemão, o Visit Iguassu, a rede de

hotéis Belmond e a Latam convidaram

profissionais das principais agências e operadoras

de Frankfurt, Colônia, Dusseldorf, Regensburg e

Wiesbaden para conhecer os principais atrativos e

experiências gastronômicas da região. A

programação contou com atrações como o

Macuco Safari, Cataratas do Iguaçu, no lado

argentino, e um privilegiado passeio na Trilha das

Cataratas no fim da tarde, num horário que é

exclusivo aos hóspedes do Belmond Cataratas.

Com a ação, o Visit Iguassu busca dar

continuidade ao ritmo de crescimento do número

de visitantes alemães, que até o momento

apresenta uma taxa de aumento de 10,5%, se

comparado ao mesmo período do

ano passado. (Assessoria)

A arquiteta ELISA Porto prestigiou a

inauguração da Tidelli Foz

JR


20 Cotidiano Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

douglasdias_foz@globo.com

COLEÇÃO INVERNO

AREZZO 2019

A coleção traz grandes apostas para a nova

estação. O animal print está mais vivo do

que nunca, atualiza sandálias, sapatilhas,

mules e bolsas, em uma combinação de

poder e sofisticação. Um visual moderno e

ao mesmo tempo clássico.

Supertendência!

*Imagens meramente ilustrativas

JR


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cotidiano

21

Fotos: divulgação

Bobstore

na SPFW

N46

A marca fez sua estreia

em grande estilo na

passarela da mais

importante semana de

moda do Brasil

Ainspiração para a coleção Outono Inverno 2019

da Bobstore foi o universo artístico da pintora

americana Georgia O'Keefee, principalmente as

obras do período em que ela viveu no Novo

México, o que refletiu uma nova referência western

nos looks.

Os diretores de estilo André Boffano e Samuel Santos

trabalharam a elegância da marca, proporcionando um olhar

contemporâneo para peças voltadas para uma mulher que

busca sofisticação e versatilidade.

O tricô é o grande destaque e aparece em camadas,

sobreposições e franjas, que se juntam ao couro e à camurça

explorando diferentes texturas no mood boho.

As estampas foram pensadas através de elementos da

paisagem e da obra da pintora, o que resultou em leopardos,

cavalos e flores. E a paleta de cores segue a atmosfera de

cerrado e flora rasa da região, onde vemos tons terrosos,

como vinho e chocolate. (Com assessoria)

JR


22 Cotidiano Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

“Deus é fiel”

Bianca Portela em Miami Estados Unidos, com o Look das Lojas Doidão!

Musculação na terceira idade

Com o avanço na idade, individuos mais velhos passam por

várias mudanças em seus corpos, incluindo mudanças

hormonais, perda de

massa muscular e

redução da densidade

óssea. E uma das

consequências dessas

mudanças é a falta de

exercício físico que

também causam perda

da função e

indepêndencia das

atividades diárias nessa

população.

A musculação atenua

essas reduções, ajuda a

melhorar o

funcionamento e

intensificar as

capacidades físicas. A

saúde dos músculos e

articulações melhora

somente quando são utilizadas, outras partes do nosso

organismo também se beneficiam da musculação e uma

delas é o sistema cardiorrespirtatório.

Um treino de musculação individualizado, é capaz de

melhorar a saúde, as capacidades funcionais (capacidade de

realizar atividades simples do dia-a-dia) e levar uma

qualidade de vida melhor. Esse tipo de treinamento é uma

das formas mais eficientes e baratas para a preservação de

uma vida independente.

Thais Marzurkiewicz

Atuando há dez anos em Foz e região, a

arquiteta e urbanista, tem um extenso

currículo: pós-graduação master em

arquitetura e lighting, professora de pósgraduação

em design de interiores,

apresentadora de um quadro com dicas de

arquitetura e decoração na TV interativa de

Medianeira, membro do conselho diretor do

IAB/ PR (Instituto dos arquitetos do Brasil) e

agente de câmara técnica do CAU/PR

(conselho de arquitetura e urbanismo).


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cotidiano

23

A gerente da Divisão de Relações

Pública da Itaipu Binacional, Rebecca

Montanheiro, radiante, trabalhando

nos bastidores do evento.

35 anos de operação

da Itaipu

A Itaipu Binacional comemorou 35 anos do início

da operação da usina. A empresa começou a

gerar energia no dia 5 de maio de 1984, quando

entrou em operação a primeira unidade

geradora. Durante a cerimônia foi descerrada

uma placa comemorativa no hall do Edifício da

Produção, com presenças dos diretores-gerais do

Brasil, Joaquim Silva e Luna, e do Paraguai, José

Alberto Alderete, além de diretores, engenheiros

e técnicos da usina. A cerimônia dos 35 anos de

produção abriu uma temporada de datas

importantes para Itaipu.

Os ex-empregados que participaram do início da operação,

no dia 5 de maio de 1984. Hoje aposentados, os

profissionais pioneiros de Itaipu foram os responsáveis por

sincronizar o primeiro giro de uma unidade geradora com

o sistema de transmissão.


24 Cotidiano Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Quem completou nova idade dia 10 deste mês foi nosso

assinante e leitor diário da Gazeta, Aleksander do

Nascimento. Ao lado da bela esposa Tatiane, das filhas

Antonella e Isadora e o pequeno aleksander do Nascimento

Filho. Ele tem razões de sobra para comemorar com esta

linda família. Parabéns, felicidades!

ACIFI lança nova marca para

ampliar integração regional

A ACIFI acaba de apresentar a sua nova marca. O

lançamento simboliza o início de uma série de ações

da entidade, cujo marco será o Centro Integrado de

Desenvolvimento, o complexo onde funcionará a

sede da Associação Comercial e Empresarial de Foz

do Iguaçu em conjunto com várias instituições e

entidades da sociedade civil organizada.

A nova logo está à altura desse novo ciclo da ACIFI,

uma associação de quase sete décadas de história e

contribuição para o desenvolvimento comercial e

empresarial. Uma entidade que tem no seu DNA a

união, o associativismo, o crescimento, o desenvolvimento,

o comprometimento e o movimento.

E esse movimento traz uma nova marca, concebida

conjuntamente pela Diretoria, Conselho Superior,

colaboradores e Dona Jurema, a agência de

marketing e propaganda da ACIFI. Quer saber mais?

Então assista ao vídeo especial de apresentação da

nova marca divulgado no site e redes sociais da

entidade, ACIFI - Nova Marca

Fotos: Mario Luna

As Novidades começaram a chegar na Modulinea.

Tudo escolhido a dedo com muito carinho

pela Arquiteta Vanessa Limberguer.

As mais belas peças apresentadas nas últimas feiras renomadas de

Decoração, com inspiração em Milão já estão aqui!

Visite nosso Showroom e encante-se com os Lançamentos.

Amutur celebrou o Dia das Mães na Churrascaria Rafain,

com jantar e um show único.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

EVENTO CULTURAL

Rappers de Foz "batalham"

por vaga em evento nacional

Cotidiano

Horóscopo

25

Áries

Você está frustrado com alguma linha de pensamento,

e isso pode incluir o caminho religioso,

filosófico e experiências em outra cidade. Busque

entender os aspectos que o levaram a pensar

diferente. Mudar é saudável.

Touro

O seu exercício, neste momento, é desapegar de

ideias e situações que não estão sob o seu controle.

A atuação em grupo lhe causa frustração e

dificuldades para entender o que deve ser deixado

para trás.

Gêmeos

Você está sentindo dificuldades para interagir com

o cônjuge. Existem fatores emocionais que evocam

mágoas e ressentimentos do passado. A experiência

pede que ambos estejam abertos para

curar e seguir a jornada em outra frequência.

Câncer

O trabalho e a rotina passam por reformulações. É

preciso dar atenção à forma como você vem depositando

as suas expectativas no trabalho. As

ideias estão carregadas de valores que não agregam

crescimento, mas desperdícios.

Modalidades principais são a

batalha de conhecimento e a

batalha de sangue

Até novembro deste ano, integrantes do movimento

Hip Hop de todo o Brasil participam de uma

verdadeira maratona por vagas na maior batalha

de MCs do Brasil: o Duelo Nacional 2019, em Belo

Horizonte. Foz do Iguaçu é uma das cidades que

recebem as etapas qualificatórias.

As batalhas de MCs, também conhecidas como

duelos de freestyle, são encontros de Hip Hop em

que mestres de cerimônias (MCs) disputam entre si

com rimas improvisadas. As duas modalidades

principais são a batalha de conhecimento, em que

os temas são preestabelecidos, e a batalha de sangue,

o qual possui conteúdo livre.

No município, há quatro fases, sendo que a primeira

foi realizada no Teatro Barracão, no último dia

05, e teve como vencedor o MC Sika. A segunda etapa

Novelas

Coletivo Banca 16

Reportagem

(Fonte: www.globo.com.br)

Luciano da Luz

Fotografia

aconteceu na segunda-feira (20) à noite, na Pista Pública

de Skate. Já as demais serão neste domingo (26)

e no próximo dia 09 de junho, no Teatro Barracão e

no Hostel Green House, respectivamente.

Os vencedores das disputas em Foz do Iguaçu

vão competir na etapa regional, no dia 13 de julho,

em Cascavel. Depois, acontecerá a seletiva entre

todos os paranaenses para eleger os representantes

do estado na grande final do Duelo de MCs

Nacional.

De acordo com Alexandre Bogler, do Coletivo

Banca 16, grupo que organiza no município e qualificatória

para o duelo nacional, o evento integra o

Hip Hop brasileiro. "Em um processo horizontal de

participação, a qualificatória mobiliza os MCs em

cada cidade, fortalece a cena e reúne movimento

em um grande evento na capital mineira," frisa.

Os MCs inscritos no processo seletivo nas cidades

competem em batalhas com rounds de 45 segundos

de duração. A votação começa pela plateia,

sob a mediação do apresentador. Em seguida, três

jurados emitem suas notas para indicar os vencedores,

que recebem premiação simbólica.

Como forma de dar transparência e comprovar

as seletivas junto ao evento nacional, todas as batalhas

são filmadas e publicadas em canais de vídeo

na internet. Competidoras têm, no mínimo, duas

vagas asseguradas nos confrontos.

Órfãos da Terra - 18h

Laila desconfia da forma como Jamil olha para Dalila/Basma. Helena afirma a Letícia que lutará para ficar com Elias. Sara pede que

Abner não deixe de ser seu amigo. Mamede decide ajudar Latifa a conquistar Ali. Dalila/Basma se oferece para ser voluntária no centro de

refugiados. Jamil divide com Laila sua desconfiança com a empresária síria. Teresa se decepciona com Norberto.

Verão 90 - 19h

Jofre conta a João que Manu está na casa de Jerônimo à procura de provas. Vanessa flagra Manu na casa de Jerônimo. Diego avisa a

Larissa que não será fácil libertar Candé da prisão. Herculano descobre que foi enganado sobre o patrocínio do seu filme. Mercedes comemora

o clima ruim entre Quinzinho e Dandara. Diana sugere que Herculano faça uma consulta com Madá. Herculano promete se vingar de Jerônimo.

Vera conta a Manu que Jerônimo será sócio da PopTV. Dandara encontra uma fita com uma gravação de Nicole ameaçando Quinzinho.

A Dona do Pedaço - 21h

Vicente decide deixar Fabiana em um convento. Eusébio finge ser o líder da ocupação de um grupo de moradores de rua para dar

entrevista. Dorotéia se preocupa com os filhos e exige uma atitude do marido. Eusébio encontra uma casa abandonada e leva a família para

o local. Maria chega à casa de Marlene em São Paulo. Evelina vai à casa dos Matheus para descobrir o paradeiro de sua neta Fabiana.

Leão

Atenção com a ideia que você deposita na troca

afetiva e também com os limites para lidar com o

lazer e com o entretenimento. A autoestima deve

ser desenvolvida com equilíbrio. É imprescindível

encarar os limites para não sucumbir a padrões

emocionais do passado.

Virgem

As relações familiares evocam sentimentos do

passado e podem trazer dificuldades para perceber

o relacionamento da forma ideal. É imprescindível

filtrar os sentimentos e analisar a sua visão

sobre o que é ser uma família.

Libra

Você nutre sentimentos do passado que não são

sadios para os estudos e para a sua parte intelectual.

O céu pede que você analise os seus pensamentos

e reflita sobre o quanto eles estão prejudicando

o seu trabalho e a sua rotina. Mude essa

vibração. A interação com algumas pessoas pode

ser nociva.

Escorpião

Você está carregado de expectativas que são nocivas

para o seu desenvolvimento financeiro. O

desejo de reconhecimento pode cegá-lo. É importante

entender profundamente as experiências financeiras

que envolvem os filhos e a forma de

lidar com a autoestima.

Sagitário

Você está sendo levado a olhar para o seu emocional

de todas as formas. Por mais que tente encontrar

outras rotas para mudar o foco da direção,

você será conduzido para o mesmo lugar: as

mágoas do passado. Elabore o passado de uma

forma mais construtiva, porque somente assim

será possível encontrar a porta certa.

Capricórnio

O silêncio é a melhor resposta para entender os

aspectos emocionais que o cercam. A convivência

com parentes e com pessoas próximas é geradora

de mágoas e ressentimentos. É imprescindível

filtrar os sentimentos e a forma como você

vem encarando a situação.

Aquário

Os projetos e a relação com os amigos pedem de

você elaboração. Você está nutrindo expectativas

que devem ser encaradas de outra forma. Tudo o

que envolve investimentos pede atenção. Reflita

sobre as experiências do passado e sobre o que

mudou no momento presente.

Peixes

Você está muito sensível e sentindo dificuldades

para interagir com sentimentos do passado. O afeto

e a autoestima devem ser reformulados para que

seja possível seguir mais pleno e de acordo com as

suas convicções. Atenção com o julgamento e com

a forma como você percebe a experiência.


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Tratar (45) 99933-4433.

VENDE-SE TERRENO CON-

DOMINIO ECCO BELA VISTA:

área de 630m² Tratar (45) 99134-

7095 - CRECI 27766

VENDO APARTAMENTO -ED.

GENOVA (COM 152,17M²) DE-

CORADO E MOBILIADO

(PRONTO P/ MORAR) COM: 01

SUÍTE, 01 QUARTO, 01 CLO-

SET, 01 BWCSOCIAL, SALA E

COZINHA INTEGRADAS, LA-

VANDERIA, SACADA COM

CHURRASQUEIRA E UMA

VAGA DUPLA DE GARAGEM.

VALOR: R$450.000,00 COND:

R$300,00. CRECI 1563-J - FONE

3523.9000 | 45 99975-1010

ALUGA-SE LOCAL COMERCI-

AL, IDEAL PARA CENTRAL DE

VENDAS OU DE ENTREGAS.

TRATAR 45 9.9975-5838

APTO NO CENTRO 145m² - Av.

Brasil, 3 qtos sendo 1 suíte, closet,

sala p/ 2 ambientes, cozinha

mobiliada, garagem p/ 2 carros

em linha, em frente ao colégio

São José. Tel.: 99901-2000.

APTO PRÓX. POLÍCIA FEDE-

RAL - 2 quartos, garagem, elevador.

Tel.: 99901-2000

MASSAGEM SÓ PARA ELES:

Atendo das 10 as 20 hrs de segunda

a sábado - 999377519 C/Natália

AUTO VIDROS CASCAVEL

PRECISA DE: MECÂNICO DE

AUTO CENTER COM EXPE-

RIÊNCIA EM ALINHAMENTO

E BALANCEAMENTO. ELE-

TRICISTA AUTOMÓVEIS,

COM EXPERIÊNCIA EM IN-

TALAÇÃO ALARMES. MON-

TADOR DE PARABRISAS, FA-

RÓIS E ESPELHOS AUTO-

MOTIVOS. INTERESSADOS

ENVIAR CURRICULUM PARA

Anderson.dybas@avconline.com.br

VENDE-SE TERRENO COM

PONTO COMERCIAL, 1 KITI-

NETE E 1 CASA - localizado no

bairro Porto Meira, próximo à entrada

do Marco 3 fronteiras. Tratas

99973-7873

VENDE-SE CASA DE ALVENA-

RIA, 2 QUARTOS, SALA, CO-

ZINHA, LAVANDERIA E GARA-

GEM - BAIRRO PORTO MEI-

RA, NA ENTRADA DO MAR-

CO DAS 3 FRONTEIRAS R$

87.000,00 45 99985-7453.

VENDE-SE APTO NO ED. PA-

RANÁ: 03 quartos, sala, ampla cozinha,

lavanderia, brinquedoteca,

área de lazer, churrasqueira, garagem,

localizado na av. general meira.

R$185.000,00. TRATAR (45)

99931-7167.

VENDE-SE TERRENO NO JAR-

DIM DOM PEDRO I: localizado na

Rua Candido Ferreira Filho, área de

370,23 m² - R$ 180 Mil - Tratar ( 45)

99938-4491

VENDO TERRENO NO COND.

TERRAS ALPHAVILLE 1, ÁREA

300 M2, em frente praça central.

VENDO APARTAMENTOS -

ED. MILANO RESIDENCE,

APARTAMENTOS DE 1 QUAR-

TO LIVRE OU ATÉ JÁ ALUGA-

DOS COM O MELHOR CUS-

TO – BENEFÍCIO, OBRA:

RUA PATRULHEIRO VENAN-

TI OTREMBA, 330, CENTRO.

VALOR: À PARTIR DE R$

261.000,00. 30% ENTRADA +

PARCELAS ATÉ 48 VEZES.

CRECI 1563-J - FONE

3523.9000 | 45 99975-1010

VENDO APARTAMENTOS NA

PLANTA - ED. DI NAPOLI, EM

CONSTRUÇÃO, APARTAMEN-

TOS DE 2 QUARTOS COM O

MELHOR CUSTO – BENEFÍ-

CIO, OBRA: TRAVESSA CEA-

RÁ, 327, CENTRO VALOR: À

PARTIR DE R$ 327.600,00. 20%

ENTRADA + PARCELAS ATÉ

30X DE ACORDO COM INDICE

INCC + 1% AO MÊS INICIO

DE OBRA: JULHO/2018 EN-

TREGA: JULHO/2020. CRECI

1563-J - FONE 3523.9000 | 45

99975-1010

VENDO SALA COMERCIAL ED.

FIRENZE, RUA BARTOLOMEU

DE GUSMÃO 1509, CENTRO

(COM 70 M²) TENDO UM BA-

NHEIRO (PCD) E 01 VAGA DE

GARAGEM COBERTA. VA-

LOR: R$305.000,00 CONDOMI-

NIO APROX: R$250,00. CRECI

1563-J - FONE 3523.9000 | 45

99975-1010

ALUGA-SE IMÓVEL COMER-

CIAL: com escritório, depósito e

rampa de carga e descarga, com

aproximadamente 750m² na Av José

Maria de Brito x Di Cavalcante, Jd

das Nações, no valor de R$

5.000,00, tratar nos celulares: 43

99106-4167 (vivo) 99141-4986(Tim).


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Edital

27


28 Polícia

Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

INVESTIGAÇÃO

Dupla é presa com 37 kg

de crack e um fuzil em

Operação Muralha

retém dois veículos e

mais de 500 pacotes

de cigarros em SMI

casa no centro de Foz

Armas e droga foram localizadas após a apuração de denúncias anônimas

recebidas pelo GDE; um dos suspeitos já tem passagem por tráfico

Da redação

Reportagem

Dois homens foram

presos, no final da manhã

de terça-feira (21), pelos

crimes de tráfico de drogas

e porte ilegal de armas

de fogo. O flagrante foi

feito pelo Grupo de Diligências

Especiais (GDE)

da Polícia Civil, em uma

residência na região central

de Foz do Iguaçu.

No local os agentes

encontraram 37,4 quilos

de crack divididos em tabletes,

um fuzil de calibre

223, um revólver de

calibre 38 e várias munições.

Os entorpecentes e

as armas foram localizados

em duas ações após

a apuração de diversas

denúncias anônimas.

"Já fazia um tempo que

nós estávamos de campana

em relação a esse local

suspeito, que fica próximo

Apreensão foi entregue na Delegacia da Polícia Civil; suspeitos responderão

por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal

a um centro universitário.

A princípio o meu pessoal

apreendeu oito quilos

de crack, mas na sequência

recebemos outra informação

dizendo que na

casa haveria mais drogas.

O pessoal voltou até lá e

constatou o fato", disse o

delegado do GDE, Francisco

Sampaio.

Os dois suspeitos, de

22 e 65 anos, foram autuados

em flagrante e

conduzidos à 6ª Subdivisão

Policial. Eles responderão

por tráfico de drogas,

associação ao tráfico,

além de porte ilegal de

arma de uso restrito e de

uso permitido. Um deles

já possui passagem por

tráfico de drogas. Segundo

a autoridade policial,

a dupla se reservou o direito

de falar apenas em

juízo. (Foto: Polícia Civil)

A apreensão foi encaminhada à Receita Federal

em Foz; valor total pode ultrapassar R$ 2,5 mil

Mais de 500 pacotes de cigarros contrabandeados

do Paraguai foram apreendidos, na tarde de

segunda-feira (20), durante uma ação da Receita

Federal em conjunto com o Batalhão de Polícia

Militar de Fronteira (BPFron) e Exército Brasileiro,

em São Miguel do Iguaçu.

O produto estava escondido em dois veículos, que

foram abordados em uma fiscalização das equipes

pela Operação Muralha na BR-277. Os motoristas,

o cigarro e os carros foram encaminhados à

Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu. A

estimativa é a de que o valor total da apreensão

ultrapasse R$ 2,5 mil. (Foto: BPFron)

Motociclista é

atendido pelo SIATE

após colisão na

Vila Adriana II

Polícia apreende mais de 400 kg

de maconha na ilha Acaray

Uma ação integrada

entre agentes da Polícia

Federal e Força Nacional

resultou na apreensão de

mais de 400 quilos de

maconha, na noite de segunda-feira

(20), em Foz

do Iguaçu. A droga estava

em uma embarcação

clandestina movida a remos,

que foi flagrada na

ilha Acaray.

Segundo informações

repassadas pela PF, as

equipes faziam um patrulhamento

ostensivo embarcado

pelo Rio Paraná,

na altura da região conhecida

como "Favela do

Jupira", quando avistaram

o barco.

Os suspeitos que conduziam

a embarcação

também notaram a presença

dos policiais e tentaram

fugir, mas foram

alcançados. Eles chegaram

a atirar contra os

agentes, que revidaram e

apreenderam dois adolescentes

de nacionalidade

paraguaia.

A dupla, o barco e a

droga (que totalizou 451,8

quilos após ser pesada)

foram encaminhados à

Delegacia da Polícia Civil.

(Foto: Polícia Federal)

Droga era transportada em um barco,

que foi flagrado no Rio Paraná; dois

adolescentes foram detidos

Vítima, de 32 anos, foi conduzida ao

pronto-socorro do Hospital Municipal

Socorristas do SIATE atenderam mais uma vítima

de acidente de trânsito, na noite de segunda-feira

(20), em Foz do Iguaçu. A ocorrência foi registrada

por volta das 19h15, no cruzamento da Avenida

Javier Koelbel com Rua Carlos Kapfenberg, na

região do bairro Vila Adriana II.

No local a equipe constatou que havia ocorrido

uma colisão entre uma motocicleta Honda CG

Titan e um automóvel Fiat Brava, ambos os

veículos com placas de Foz. O piloto da moto, de 32

anos, ficou gravemente ferido e foi encaminhado

ao pronto-socorro do Hospital Municipal. Não

foram repassadas informações sobre qual veículo

desrespeitou a sinalização. (Foto: Enrique Alliana)


KICKBOXING

Atletas de Foz se destacam em

seletiva para representar o Brasil

Integrantes da equipe Higa Team protagonizaram grandes momentos no evento e garantiram classificação para Brasileiro

Ford Ka Sedan 1.5 AT a partir de R$55.990. Reserve o seu! Ligue para Autoeste: (45)3520-9900

DM Esportes

Reportagem

Divulgação

Fotografias

A equipe iguaçuense

Higa Team, do professor

Gilsomar Higa, participou

do 29º Campeonato

Paranaense de Kickboxing,

promovido pela

Confederação Brasileira

(CBKB) em Maringá. O

evento, de caráter classificatório,

é realizado anualmente

com o objetivo

de selecionar os melhores

atletas de cada modalidade,

peso e idade para compor

a seleção que irá representar

o Paraná em

nível nacional no Campeonato

Brasileiro.

Os classificados

(ouro e prata) garantiram

vaga para compor a

Seleção Paranaense e participar

do 29º Brasileiro

de Kickboxing, a se realizar

em Sorocaba (SP) no

período de 20 a 23 de junho.

Atletas do Oeste do

Paraná obtiveram destaque,

formando grande

parte da seleção.

A equipe Higa, representando

Foz do Iguaçu,

contou com seis atletas,

inscritos em quatro das

seis modalidades oferecidas

pela CBKB: Point Fight,

Kick Light, Light

Contato e K1, entre adultos

e cadetes.

Todos os atletas alcançaram

classificação, garantindo

o total de dez

vagas para representar a

seleção, sendo em alguns

casos que o mesmo atleta

representará o estado

em duas modalidades.

Um exemplo é a adolescente

Isabelly Galvão,

que obteve ouro nas modalidades

de Point Fight

e Kick Light.

Entre os atletas classificados,

Foz contará com

quatro meninas: Isabelly,

Liciane, Márcia e Wanusa;

e dois meninos: João

Matheus e Johnatan.

Os atletas têm participado

de vários campeonatos

como forma de preparação,

buscando desafios

constantes a fim de

alcançar o melhor nível

de preparação e trazer

grandes resultados para

seu estado e cidade.

Os treinamentos são

constantes, incluindo,

além do preparo para

luta, o preparo físico, manutenção

ou baixa de

peso, e acima de tudo o

acompanhamento da

equipe para manter o foco

e energia.

Segundo Higa, o Campeonato

Brasileiro é um

passo crucial para os atletas

que buscam seguir

carreira dentro das artes

marciais, principalmente

Equipe Higa mostrou todo o seu poderio na seletiva

na área de competição,

pois é por meio dele que

o atleta se classifica para

competições internacionais

como Pan-Americanos

e Mundiais.

O integrante da equipe

Higa Team Johnatan

Vieira Moura, de 27 anos,

após vencer o Campeonato

Brasileiro em 2018,

participou do 10º Campeonato

Pan-Americano de

Kickboxing em Cancun,

promovido pela Wako, e

sagrou-se campeão em

duas modalidades. Agora

ele se prepara para o

Mundial, a se realizar na

Bósnia ainda neste ano.

Gilsomar Higa (saltando) tem conceito de

dirigente internacional


30 Esporte

Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

CARATÊ

Associação de Foz conquista 21

medalhas no certame estadual

Foram 9 medalhas de ouro, 5 de prata e 7 de bronze; competições aconteceram no Ginásio Costa Cavalcanti

Resultados da equipe no estadual

! Medalhas de ouro

Alexander Kaeji Nishioka - cadete - 14/15 anos

Carlos Vinícius Silva de Oliveira - sub-21 - 18/20 anos

Carlos Vinícius Silva de Oliveira - 18 anos

Deuzilandia Kelly Oliveira - kumite - sub-21 - 18/20 anos

Felipe Alexandre Bender - cadete - 14/15 anos

Júlia Isabelle Pereira Padoane Meira - sub14

Luan Silva Quaresma - júnior - 16/17 anos

Marcos Eduardo Kraemer Barbosa - cadete - 14/15 anos

Mateus Henrique Bender de Souza - sênior - 18 anos acima

! Medalhas de prata

Alexandre Nishioka - kumite - cadete - 14/15 anos

Christiano Kraemer Barbosa - kumite - 12/13 anos

José Luiz da Silva Acosta - kumite - sênior - 18 anos acima

Pamela Friedrich Hart - cadete - 14/15 anos

Victor de Paiva Ramos - kumite - sênior - 18 anos acima

Evento contou com os destaques do caratê paranaense

DM Esportes

Reportagem

Divulgação

Fotografias

Atletas da Associação

de Caratê de Foz do Iguaçu

conquistaram nove

medalhas de ouro, cinco

de prata e sete de bronze

no 47º Campeonato Paranaense

de Karatê, realizado

no fim de semana

no Ginásio de Esportes

Costa Cavalcanti. Cerca

de 600 caratecas de todos

os municípios do Paraná

(com idade entre 5 e 60

anos) participaram das

competições. O evento

teve o apoio da Secretaria

de Esporte e Lazer.

Segundo o técnico da

associação, Eduardo

Zaro, os resultados foram

excelentes. "A equipe está

melhorando cada dia

mais, e estamos buscando

as correções técnicas

necessárias para terem

êxitos também nas próximas

competições."

Por outro lado, o atleta

Carlos Vinicius Silva

de Oliveira embarcou

ontem (21) para Recife

(PE), onde disputará a

próxima etapa do Campeonato

Brasileiro de Caratê,

e no dia 16 de junho

já está prevista a segunda

fase do Internúcleos,

que ocorrerá nas dependências

do Centro de

Convivência Leonel de

Moura Brizola.

! Medalhas de bronze

Carlos Vinícius Silva de Oliveira - kumite - sênior - 18 acima

Eduardo Márcio Zaro - kumite - sênior - 18 anos acima

Gustavo Kenzo Nishioka - kata - cadete - 14/15 anos

Kauan Furlin Ferreira - kumite - 14/15 anos

Marcos Eduardo Kraemer Barbosa - kata - cadete - 14/15 anos

Matheus Kraemer Barbosa - kumite - 18/20 anos

Pamela Friedrich Hart - kumite - cadete - 14/15 anos

Meia Maratona das Cataratas

comemora 80 anos do PNI

A 12ª edição da Meia

Maratona das Cataratas,

uma das corridas mais

fascinantes do mundo,

será realizada no dia 2 de

junho de 2019. A prova

contará com um percurso

integralmente dentro

do Parque Nacional do

Iguaçu (PNI), valorizando

ainda mais a experiência

de esporte e natureza,

com uma dupla passagem

em frente às Cataratas

do Iguaçu, Maravilha

Mundial da Natureza.

A prova, promovida

pelo Parque Nacional do

Iguaçu (ICMBio) e Cataratas

do Iguaçu S/A, integra

a programação oficial

da unidade de conservação

à Semana Mundial

do Meio Ambiente e à

grade de atividades comemorativas

ao aniversário

de 80 anos do parque.

Todos os inscritos na

corrida receberão um kit

contendo camiseta, numeração,

chip de cronometragem

e medalha de

participação ao final da

corrida. A entrega ocorrerá

no Marco das 3 Fronteiras,

nos dias 31 de

maio (sexta-feira) e 1º de

junho (sábado), das 14h

às 22h. Será preciso apresentar

comprovante de

pagamento de inscrição e

documento com foto.

Os corredores de Foz

do Iguaçu e dos 14 municípios

vizinhos do Parque

Nacional do Iguaçu

têm benefício especial ao

realizar as inscrições presencialmente

no Marco

das 3 Fronteiras.

Meia Maratona das Cataratas recebe atletas de vários

estados brasileiros e do exterior

Foto: Nilton Rolin


Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

Esporte

31

FUTSAL

Foz Cataratas se prepara para

as disputas da Taça Brasil Sub-20

Competição será realizada em Belo Horizonte (MG) a partir de 26 de maio; evento contará com dez equipes divididas em dois grupos

DM Esportes

Reportagem

Nilton Rolin

Fotografia

Como atual campeão

paranaense Sub-20, o Foz

Cataratas Futsal vai disputar

a 36ª Taça Brasil da

categoria (Divisão Especial).

O evento será realizado

na Arena Minas

Tênis, em Belo Horizonte

(MG), no período de

26 de maio a 1º de junho.

O time iguaçuense

integra o Grupo B, ao

lado de Sport (PE), Fênix

Futsal (SE), AABB/Patos

(PB) e Praia Clube

Jogos do Cataratas na Taça Brasil

! 26 de maio (domingo) — 1ª rodada

19h15 - Foz Cataratas x Fênix Futsal (SE)

! 27 de maio (segunda-feira) — 2ª rodada

Folga do Foz Cataratas

! 28 de maio (terça-feira) — 3ª rodada

19h15 - Foz Cataratas x Sport (PE)

! 29 de maio (quarta-feira) - 4ª rodada

14h - Foz Cataratas x Praia Clube (MG)

! 30 de maio (quinta-feira) - 5ª rodada

19h15 - Foz Cataratas x AABB/Patos (PB)

As semifinais serão disputadas no dia 31; e a grande

final, em 1º de junho.

Uberlândia (MG). O

Grupo A é formado por

Minas Tênis Clube

(MG), Tuna Luso de

Manaus (AM), Associação

Desportiva Brasil Futuro

(SP), Madureira

(RJ) e Constelação (RR).

Conforme prevê o regulamento,

todos os times

participantes se enfrentam

em turno único

em cada chave, e os dois

primeiros colocados de

cada grupo avançam para

a semifinal.

A decisão do torneio

está marcada para o dia

1º de junho (sábado) às

12 horas.

Nos últimos anos, o

Foz Cataratas foi soberano

conquistando o estadual

com os atletas Evandro

Rafagnin (Peixe),

Vitor Manoel Almeida de

Oliveira, Pedro Augusto

Feitosa Beraldo, Allex

Roberth da Silva, Luís

Fernando Silva Barbosa

Futsal feminino de Foz se

despede do Paranaense Sub-20

Time que conquistou o Paranaense em 2018

(Fernandinho), Pedro

Henrique Donatti Fardin,

Brayan Verdeiros Pacagnan,

Guilherme Lobo

dos Santos Silva, Bruno

José Ortega, Matheus

Fabian Paiva Adorno

(Paragua), Gabriel Pina

do Nascimento (Pelé),

Vinícius Correia Martins

(Vini) e Eduardo Castelli

(Dudu).

Antecipe seu Fiat Zero. Toda Linha Fiat com Taxa Zero. Ligue p/ Autofoz: (45)3520-1212.

Mayara Amaral segue vivendo emoções

com o futsal feminino de Foz

Mesmo não conseguindo

uma melhor posição

na segunda fase do

Campeonato Paranaense

Sub-20, a equipe feminina

de futsal de Foz marcou

presença no certame

em Toledo.

O time comandado

pela técnica Mayara

Amaral fez cinco jogos

em três dias e, segundo

ela, melhorou a campanha

em relação à primeira

etapa. Ao final da competição,

as meninas ficaram

em sexto lugar depois

de somar 80 pontos,

superando pelo menos

seis adversários.

Vão para a final em

novembro os quatro melhores:

Unopar, de Londrina;

Afeto, de Toledo;

Fateb, de Telêmaco Borba;

e Colombo Futsal.

O time contou com as

atletas Nathalia, Paola,

Letícia, Laís, Bruna, Brenda,

Maria Eduarda, Kauane,

Daiane, Viviane e

Maria Fernanda. Foi o primeiro

ano que a equipe de

Foz participou do certame

nesta categoria, até por

isso a equipe deve receber

o incentivo dos dirigentes

e seguir em frente.

Para o fortalecimento

será necessário assiduidade

das atletas, que já

demonstraram que podem

melhorar e buscar

melhores resultados nos

próximos desafios.


32 Esporte Foz do Iguaçu, quarta-feira, 22 de maio de 2019

COPA DO MUNDO

Foz Cataratas perde na estreia e

volta a jogar nesta quarta-feira

Competicão está sendo disputada no Ginásio Costa Cavalcanti; segunda rodada terá início hoje às 16 horas

DM Esportes

Reportagem

Christian Rizzi

Fotografia

Teve início ontem (21), no

ginásio poliesportivo Costa

Cavalcanti, a primeira Copa

do Mundo de Futsal Sub-20,

competição que seguirá até o

dia 25 de maio. O evento conta

com a participação do Futebol

Clube Barcelona, da Espanha;

Boca Juniors e River

Plate, da Argentina; Cerro

Porteño, do Paraguai; Peñarol,

do Uruguai; e dos brasileiros

SC Corinthians Paulista, Carlos

Barbosa Futsal e Foz Cataratas

Futsal.

A copa oferece workshops

gratuitos para treinadores e

profissionais nacionais e internacionais

ligados ao futsal.

As palestras ocorrem no Shopping

Catuaí Palladium, em

Foz do Iguaçu, a partir das 9

horas.

A entrada é gratuita,

mas os torcedores devem levar

dois quilos de alimentos

não perecíveis. As doações

estão sendo recolhidas na

entrada do ginásio por uma

equipe da Assistência Social

do município e posteriormente

serão repassadas a

entidades beneficentes do

município.

Primeiros jogos

A bola começou a rolar na

tarde de ontem. Foram quatro

partidas, mas até o fechamento

desta edição o jogo

entre Barcelona e Carlos Barbosa

ainda estava em andamento.

Na primeira partida, a

equipe do River Plate, da

Argentina, venceu os uruguaios

do Peñarol pelo placar

de 6 a 2. Os gols dos argentinos

foram marcados

por Ramirez (2), Gianluca,

Gonzalo, Ramiro e Franco.

Nicolas e Valentin descontaram

para o Peñarol. O destaque

do jogo foi o camisa 7

do River, Ezequiel Ramirez.

Corinthians e Boca fizeram

a segunda partida. Foi

um jogo digno dessas duas

grandes camisas do futsal

internacional. No final acabou

prevalecendo o maior

entrosamento da equipe corintiana,

que venceu os argentinos

pelo placar de 4 a

0. Os gols da partida foram

marcados por Daniel (2),

Vini e Sergio. Daniel ainda

foi eleito o melhor jogador

em quadra.

Já o Foz Cataratas foi batido

pelo Cerro por 2 a 1 em

Foz Cataratas perdeu na estreia do Mundial para o Cerro

partida em que o equilíbrio

foi o ponto alto e com chances

criadas pelos dois times.

Blanco e Da Luz marcaram

para os visitantes.

Guilherme descontou. Agora

o time de Foz terá de jogar

mais para buscar os três

pontos. O adversário desta

quarta-feira será o Peñarol.

Resultados de ontem — 21 — 1ª rodada

Peñarol 2 x 6 River Plate

Corinthians 4 x 0 Boca Junior

Foz Cataratas 1 x 2 Cerro Porteño

Jogos desta quarta-feira — 2ª rodada

16h: Cerro Porteño x River Plate

17h30: Barcelona x Boca Júnior

19h: Foz Cataratas x Peñarol

20h30: Carlos Barbosa x Corinthians

Dirigentes

confirmam eventos

oficiais para Foz

O superintendente de Esportes Hélio

Wirbiski já apresentou ao

governador Carlos Massa Ratinho

Junior o calendário oficial dos jogos

esportivos no Paraná. Ele envolve

disputas oficiais, escolares,

universitárias e de aventura e

natureza (inéditas no estado). Além

disso, o governador recebeu a

confirmação de Foz do Iguaçu como

sede do Campeonato Mundial de

Voleibol Escolar 2020, primeira vez

que o evento ocorrerá na América do

Sul. Ratinho Junior confirmou o

calendário e parabenizou os

dirigentes pelo trabalho em nível

estadual.

O calendário começou neste mês de

maio e se encerrará apenas em

novembro, com expectativa de reunir

200 mil crianças nos Jogos Escolares,

que já ocorreram em sua fase

municipal, e mais 30 mil nos Jogos de

Aventura e Natureza, que serão

distribuídos em três datas e sedes

(litoral, em junho; Foz do Iguaçu e

lindeiros, em setembro; e Angra

Doce, no Norte Pioneiro, em

novembro). Já os Jogos Escolares

contam com 32 etapas regionais e

duas finais, entre crianças com 12 a

17 anos. (Foto: Wander Roberto)

More magazines by this user
Similar magazines