edição de 27 de maio de 2019

boccatto

agêNcias

deres de criação dão mentoria a

jovens talentos no Portfólio Night

Evento do The One Club For Creativity foi realizado na sede da

AlmapBBDO, em São Paulo; profissional da BETC/Havas foi o All Star

Danúbia Paraizo

Para estimular o desenvolvimento

de jovens talentos

criativos e sua inserção no mercado

de publicidade, o The One

Club For Creativity, entidade

global sem fins lucrativos que

promove a criatividade, organiza

em diversas cidades mundo

afora o Portfólio Night. A ideia

é reunir líderes de criação das

principais agências de cada país

para avaliar os trabalhos de

jovens em início de carreira.

Neste ano, o evento no Brasil

foi realizado na sede da Almap-

BBDO, em São Paulo, na semana

passada. Para o evento, 60

jovens participaram de um programa

de mentoria com 20 líderes

criativos, que se revezaram

por 45 minutos para atender

a cada profissional. Segundo

Luiz Sanches, sócio e chairman

da agência, o Portfólio Night

é uma forma de o mercado se

retroalimentar, uma vez que

identifica potenciais talentos.

“É um evento do mercado, e

estamos precisando disso, de se

retroalimentar. Isso é uma coisa

que poucas indústrias fazem:

organizar seus principais executivos

para avaliar quais são

os novos talentos da área. Não

há essa reunião olho no olho. E

nosso negócio é feito para e por

pessoas. Poder se reunir e olhar

esses talentos de perto é uma

forma de sentir o potencial das

pessoas. É um avanço pela própria

valorização do mercado”,

afirma Sanches.

André Gola, diretor de criação da AlmapBBDO, e outros líderes das principais agências orientaram profissionais no início de carreira

coLetivo

O executivo lembrou que,

apesar de a AlmapBBDO estar

sediando a programação, é preciso

reconhecer o empenho

dos 20 profissionais de outras

agências que disponibilizaram

seu tempo e expertise para dar

consultoria aos jovens. É o caso

de Andrea Siqueira, diretora-

-executiva de criação da BETC/

Havas. Em 2018 ela esteve no

evento, que se tornou oportunidade

de encontrar bons profissionais.

“Participei do Portfólio

Night no ano passado, realizado

na CP+B. E acabei contratando

um garoto que conheci lá. O

Vinicius Theodoro é um designer

muito bom, que está com a

gente até hoje. Então, o evento

é uma ótima oportunidade de

encontrar bons profissionais.

Até o momento, avaliei trabalhos

de duas meninas e um rapaz,

o que é raro. Uma, inclusive,

é portuguesa, para você ver

o alcance do evento. O nível dos

trabalhos tem sido muito bom”,

diz Andrea.

A diretora de arte Inês M.

Mota, de 28 anos, é a portuguesa

citada por Andrea. Vinda de

Lisboa em janeiro deste ano, a

profissional trabalha atualmente

na agência Z+, e esteve no

Portfólio Night para ter bons

insights de como poderia conduzir

seu trabalho. “O mercado

de publicidade brasileiro é muito

bom e mais aberto do que em

“Poder se reunir

e olhar esses

talentos de Perto

é uma forma de

sentir o Potencial

das Pessoas”

Divulgação

Portugal. Para crescer enquanto

criativa é muito positivo conhecer

outro país, outras culturas,

outros olhares. Já estive no

Portfólio Review em Portugal,

e acabei ganhando por lá. Mas

aqui o nível é mais elevado, os

portfólios são muito bons e já

estou feliz com a experiência e

a oportunidade de ter meu trabalho

avaliado aqui”.

Ao final das rodadas de mentoria,

os líderes criativos elegeram

o All Star da noite, ou seja,

o jovem talento com melhor

trabalho. O prêmio ficou com

o diretor de arte Victor Piva, da

BETC/Havas, que ganhará uma

viagem para Nova York no segundo

semestre. A ideia é que

ele atue em um projeto de uma

grande marca ainda a ser definida

pelo The One Club. “De

verdade? Não estava com tanta

esperança da conquista, mas foi

muito divertido esse momento.

Estou meio sem acreditar até

agora”, confessou Piva.

10 27 de maio de 2019 - jornal propmark

More magazines by this user
Similar magazines