Jornal PDR Edição 38

daniel.mendes

Ano 2, Junho de 2019 - Edição 38 - distribuição gratuita

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019 1

Tradição que

vence o tempo

MENU & CIA Corpo e Mente Comunidade Aventura Meio Ambiente

La Roti: uma verdadeira

festa para o paladar

Tudo o que você precisa

saber sobre meningite

Trânsito de veículos é

proibido no Ouvidor

Três sugestões de trilhas

para curtir do feriado

As ações de limpeza

de praias pela região

Foto: Fabrício Photos

A família Gonçalves, da Ibiraquera, mantém

viva a tradição da farinhada

Comunidade, pág. 05


2

Glaucia Rosa Damazio

Jornalista e editora do jornal PDR

Já olhou

para o céu hoje?

Vivemos em um paraíso, lembras? Conseguimos

ver o céu, com suas estrelas e cores, e

admirar a majestosidade da Lua em todas

as suas fases. Conseguimos ver a amplitude no horizonte

ao longe; o nascer do sol e o crepúsculo do entardecer

apenas olhando para fora, ou a dez minutos de

onde nos localizamos. Temos montanhas, que fazem

brotar rios límpidos e correntes. Temos a imensidão do

oceano e podemos ouvir seu som em muitas partes da

cidade. Um oceano vivo de ondas que não param um

segundo sequer, peixes e muitas fontes de alimento.

Podemos sentir o calor do sol na pele, a brisa do vento,

perceber a sua direção. Parece óbvio, mas só a vida

mais próxima à natureza nos permite reconhecer se o

vento sopra do norte ou do sul.

Esse texto é só para nos lembrar – incluindo eu – que

estamos rodeados por Deus, pela natureza, que é fonte infinita

de bondade e amor. E que podemos contemplá-la,

pois somos privilegiados. Nosso ar é limpo, nossa vista

é bela. A natureza se manifesta em cada um dos nossos

sentidos, todos os dias. E precisamos ser conscientes de

preservá-la como partes integrantes de tudo isso.

Temos o verde por todos os lados. Verde das árvores

que dão frutos. Verde que nasce de uma terra que

tudo dá. Só precisa plantar.

Que nunca deixemos de nos impressionar com o

milagre de cada dia e agradecer por estarmos onde

escolhemos estar. E por esse lugar ser um pedaço do

céu na terra. Céu que se manifesta todo o tempo. Basta

olhar para cima.

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019

Menu & Cia

La Roti: verdadeira festa para o paladar

Uma viagem pela culinária argentina para todos os gostos

Ah, a gastronomia argentina!

Rica em sabor, aroma, pratos

típicos e cheios de história!

Para a nossa felicidade, moradores

da Praia do Rosa, o La Roti chegou em

dezembro do ano passado, com os argentinos

Lucas Berlingeri, Juan Ignácio

Rodriguez e Ruben Pompa. Lá, nossos

hermanos proporcionam uma experiência

gastronômica desde carnes até as

pizzas, de massas a sobremesas, e mostram

a linda união entre Brasil e Argentina

que acontece na cozinha. Uma

visita de dar água na boca, literalmente.

Sabores diferenciados e singulares. A

proposta do La Roti é de que ao visitá-

-lo, os clientes conheçam um pouco sobre

a culinária portenha e comam bem,

gastando pouco. E acreditem: é bem

isso mesmo!

Nós provamos:

- Tortilla de Batata - clássica (R$ 17):

Semelhante a nossa batata suíça, recheada

com cebola. Ótima opção para

acompanhamento ou prato principal.

Independentemente do objetivo, experimente,

pois vale a pena!

- Milanesa Fugazzeta - frango (R$ 32):

A Milanesa é um bife fininho, empanado

em ovo e farinha de pão e frita. A

Fugazzeta é um clássico na Argentina,

composta por mussarela e cebola. Uma

combinação aromática de sabor extremamente

agradável. Porção generosa

para uma pessoa e ótima para duas.

Por: Gabriela Gazzana

Fotos: Fabrício Photos

- Milanesa Napolitana - carne (R$ 35):

A Napolitana já é nossa conhecida, preparada

com mussarela + molho de tomate

+ tomate natural + presunto. Todas

as opções de milanesas vêm com acompanhamento

e nós optamos pela batata

rústica.

- Burguer Gringa (R$ 20): Tem burguer

lá também? Meu amigo, lá a variedade é

encantadora! Experimentamos o Gringa:

180gr carne bovina + bacon + cebola

caramelizada + ovo + molho barbecue.

Bacon crocante, hambúrguer temperadinho,

boa quantidade de batata.

- Pizza Fugazzeta e Mussarela (R$ 30):

Um pouco diferente da pizza brasileira:

bastante mussarela e uma massa mais

grossa e alta. Com 10 fatias, é um pedido

que não tem erro. Sabores tradicionais da

Argentina, recheio, alegria! Vale muito e

já sinto saudades!

La Roti

- Sanduíche de Milanesa Portenha

- carne (R$ 25): Pão no estilo sírio, de

massa bem fininha, recheado com alface

+ tomate + cebola + milanesa). É tudo

uma delícia! Um prato um pouco mais

leve e que satisfaz!

- Flan com doce de leite (R$ 10): Lembra

bastante o nosso pudim, mas seu preparo

é diferente. É óbvio que o doce de leite

não poderia ficar de fora desse menu, e

cá está ele! Excelente sobremesa por um

valor muito acessível.

laroti.pdr

larotipdr

Estrada Geral Rosa/Ibiraquera, ao lado da Padaria & Café Sereias - com estacionamento no local

Abre de quinta a domingo, das 19h às 23h. Fone: (48) 99645.5223 e (48) 99849-9456 - opção de tele-entrega.

Para os loucos por futebol: Todos os jogos de times argentinos são transmitidos no La Roti.

Expediente

Direção

André Damazio

Comercial

Fernando Diament

Redação e Edição

Glaucia Rosa Damazio

Direção Administrativa

Gilberto Passos

Diagramação

Daniel P. Mendes

Colaboração

Ana Carla Heisler

Fabricio Sporleder

Gabriela Gazzana

Nabile Oriqueis

Fernando Diament

PARA FALAR COM O JORNAL

jornalpraiadorosa@gmail.com

ASSINATURAS E ANÚNCIOS

Telefone: (48) 3255.2938

WhatsApp: (48) 98871.9090

REDAÇÃO

WhatsApp: (48) 99110.0690

glauciadamazio@gmail.com

jornal_pdr

jornalpdr

Onde encontrar o PDR

Praia do Rosa

Agro Rosa

Mercado Ana Paula

Café Sereias

Cheiro Verde

Mercado Martins

P&G Supermercados

Mercado Meia Praia

Mercado 24 Horas

Ibiraquera

Papelaria Versos do Mar

Mercado Carvalho

Vando Lavagem

Campo D’una

Supermercado Silveira

Vídeo 7

Posto Amizade

Mercado Vavá

Mercado Corbari

Empório Natural

Clínica Dra.Fernanda

Tiragem: 2.000 exemplares - Endereço: Estrada Geral da Ibiraquera, s n. Imbituba, Santa Catarina - CEP 88.780-973

Garopaba Centro

Mercado Silveirão

Prefeitura de Garopaba

Café Seres e Grafias

Imbituba Centro

Padaria Delícias do Trigo

Prefeitura de Imbituba

Alto Arroio

Capricho Lanches

Araçatuba

Estação Rodoviária


Menu & Cia

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019 3

Sabores do Rosa

Além de um lugar paradisíaco, a Praia do Rosa é famosa por sua

gastronomia rica e diversa. Muitas opções, para diferentes vontades e

paladares. Escolha a sua e desfrute da culinária da região!

Demarchi: a pizza

mais tradicional do Rosa

Já são 16 anos e o título

de pizzaria mais

antiga da região é

da Demarchi! Tradição, sabor

e qualidade nas pizzas de

massa fina, assadas no forno

a lenha, e mais de 60 sabores

para escolher, incluindo variedade

de vegetarianas, doces

e adaptações veganas. No

salão, o espaço é amplo, ideal

para famílias, grupos e eventos

comemorativos. “Sempre

conseguimos condições especiais

para quem vem celebrar

conosco”, confessa a Tamires

Gomes. Focada na qualidade

de seus produtos, a Demarchi

apresenta novos sabores,

Pizzaria Demarchi

Centrinho do Rosa (Próximo ao Tigre Asiático)

Aberta de quarta a domingo no inverno e todos os dias no verão, das 19h à meia noite.

Fones: 3355.7007 / (48) 99191.0098

pizzademarchi

como o Do Chef – mussarela,

tomate picado, manjericão e

alho - e a Levíssima Camarão

– camarão, brócolis, champignon

e Catupiry - ao lado de

pizzariademarchi

Xis Gaúcho raiz

é na Rosa Mel!

Foto: Arquivo pessoal

queridinhas como a Troiana

– lombo, Catupiry, bacon e

parmesão. Se não quiser sair

de casa, a tele-entrega abrange

toda a região e não tem custo!

Manga Rosa

Mercearia Colaborativa

Que tal encontrar

num só lugar

produtos locais

e artesanais e ainda aqueles

ingredientes que garantem o

sucesso da noite? O Manga

Rosa voltou com essa proposta:

fortalecer a galera do rolê,

disponibilizando de tudo um

pouco: bebidas variadas, itens

de tabacaria, produtos naturais,

salgados (incluindo vegetarianos

e veganos), doces,

temperos, chás e muito mais!

A loja fica aberta até as 2h,

mas o melhor ainda está por

vir: qualquer item da mercearia

chega na sua casa pelo

Delivery, até às 5h da manhã!

É só ligar! O atendimento é

totalmente personalizado,

pelo Instagram, Whats app

Manga Rosa cômes e bébes

Av. Porto Novo, s/ nº (em frente ao Bukit, ao lado do Aloha)

Aberto das 16h às 2h. Tele-entrega das 19h às 5h pelos fones:

(48) 99167.5655 / (48) 99923.6703

(após as 2h, o melhor é ligar)

mangarosapdr

Avariedade é grande

e promete

atender a todos os

públicos que passarem pela

Praia do Rosa! Se estiver calor,

tem açaí e sorvete. Se estiver

frio, tem café com bolo e

chocolate quente. Mas se tem

uma coisa que a Rosa Mel está

se especializando nesse inverno

é o Xis Gaúcho, um peda-

ou fazendo a chamada. Também

tem uma lojinha online,

com o cardápio completo de

produtos e promoções todos

os dias. Basta acessar o link:

hubt.com.br/manga-rosa-

-comes-e-bebes-.

ço saboroso do Rio Grande do

Sul no centrinho do Rosa. São

nove opções para escolher,

incluindo vegetarianos, com

maionese especial caseira e

muito carinho. Mais detalhes?

Só provando mesmo. O ambiente

é gostoso, e possibilita

ver o movimento do centrinho,

sempre com uma boa trilha

sonora e um atendimento

de se sentir em casa. Cervejas,

sucos naturais, vitaminas

e outros lanches estão no cardápio.

Tudo para que o cliente

saia feliz e bem alimentado,

com a porção generosa lá do

sul e o toque praiano da Praia

do Rosa.

Foto:Glaucia Rosa Damazio

Lancheria e Sorveteria Rosa Mel

Av. Porto Novo, s/ nº (em frente ao Mercado Meia Praia)

Aberto de quinta a domingo, das 13h a 00h. Tele-entrega nas

redondezas do centrinho pelo fone: (48) 98805.5613.

sorveteriarosamel

sorveteriarosamel1

Confira outras opções da região:

Castanhas - farinhas integrais

granolas - produtos orgânicos

tofu fresco - combucha

(13) 97411.0019

(48) 3354.0813

Mudamos de endereço:

Estrada Geral do Ouvidor, 484

Em frente ao mercado Vavá - Campo D’una

Estrada Geral do Ouvidor

Campo D'Una - Garopaba / SC

ao lado do Mercado Corbari

Iko Porã

Alimentação Natural

EXCELÊNCIA EM ORGÂNICOS

FEIRA LIVRE

SEXTAS E SÁBADOS DAS 8h ÀS 13h

PREÇOS ESPECIAIS

PARA RESTAURANTES E POUSADAS

“Porque ser orgânico é ser livre”

BANCA 7

MERCADO DO PRODUTOR GAROPABA


4

Corpo e Mente

Rinite alérgica: uma

super defesa do corpo

O principal desconforto da mudança de estação nada mais é do que um

mecanismo de defesa do próprio corpo

“A Rinite alérgica é a doença

crônica da mucosa do nariz

que mais afeta crianças e adultos,

diminuindo a qualidade de

vida e o desempenho escolar e

social”, aponta o médico Pediatra

Rômulo Warken.

No Brasil, cerca de 25% da

população sofre com os sintomas

da rinite, que incluem espirros

seguidos ou em crises,

coriza aquosa, obstrução nasal

e coceira após a exposição aos

alérgenos, como poeira, ácaros,

baratas, fungos, caspas de animais

- cão e gato -, polens e os

poluentes ambientais, como a

fumaça de cigarro.

O nariz é o primeiro local

por onde o ar passa até alcançar

os pulmões. Dentre outras atribuições,

ele é responsável pela

Atenção aos sinais do corpo

O fator genético é marcante

na rinite alérgica, que

pode iniciar em qualquer idade

da vida, embora seja mais

comum na infância e na adolescência,

e atinge igualmente

meninos e meninas. “O tratamento

é feito com medicações

que controlam a inflamação

da mucosa nasal. Deve-se também

cuidar do ambiente, afastando

os alérgenos e poluentes.

Medicações como antialérgicos

limpeza, umidificação e aquecimento

do ar inspirado. E para

exercer essa função corretamente,

o nariz possui um complexo

mecanismo de defesa.

Por isso, ao entrar em contato

com alguma substância tóxica,

desencadeia uma resposta para

impedir que essa substância

chegue aos pulmões. A reação,

e corticoides tópicos nasais são

úteis no controle da doença,

assim como a imunoterapia

(vacinas para alergia), em casos

que não se tem o controle

com medicações e o controle

ambiental é difícil. Mas qualquer

medida deve ser sempre

tomada com acompanhamento

médico”, pontua Rômulo.

“Se o seu filho apresenta

obstrução nasal frequente ou

persistente, respira pela boca,

Proteja-se!

Confira algumas dicas para evitar a rinite na sua casa:

- Manter a casa arejada e ensolarada, evitar umidade e vazamentos e não abusar dos umidificadores

de ar.

- Evitar carpetes, tapetes ou forrações, especialmente nos quartos.

- Evitar móveis estofados ou objetos que acumulem pó.

- Manter bichos de pelúcia ensacados.

- Retirar o pó com pano úmido, evitando vassoura ou espanadores.

- Aspirar colchões semanalmente.

- Usar capas impermeáveis no colchão e travesseiro e limpá-las com pano úmido toda semana.

- Lavar roupas de cama semanalmente com água quente.

- Evitar cobertores de lã, preferindo edredons.

- Evitar cortinas longas ou com muitas camadas de pano, preferindo persianas verticais de

PVC. – que devem ser limpas com pano úmido semanalmente.

- Manter animais de pelos preferencialmente fora do quarto ou da casa.

“É importante salientar que o cigarro, a poluição, os odores fortes e os produtos químicos

funcionam como irritantes primários, agredindo a mucosa respiratória, independentemente

de componentes alérgicos e devem ser evitados. O cigarro está claramente associado a uma

série de doenças respiratórias na infância, pois os filhos de pai ou mãe fumante serão sempre

fumantes passivos”, salienta o pediatra.

Fontes: Sociedade Brasileira de Pediatria; drauziovarella.uol

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019

Foto: vse-pro-detey.ru

que é normal e todas as pessoas,

se torna uma alergia não por

falta de defesa do organismo,

mas pelo seu excesso. O sistema

imunológico das pessoas

alérgicas, por características genéticas,

interpreta que determinada

substância é tóxica, e que

precisa proteger o organismo

contra sua entrada.

tem roncos noturnos, coça o

nariz e os olhos, tem crises de

espirros ou o nariz escorre o

tempo todo, além de lacrimejamento

ocular, olhos vermelhos

e inchados, tosse persistente

ou em crises, dores de

cabeça ou resfriados que demoram

a melhorar, pode ser

que seja rinite alérgica não

diagnosticada”, alerta o médico

Rômulo.

Tudo o que você precisa

saber sobre a Meningite

O que é?

Rômulo Bonassina Warken

Médico Pediatra

(CREMESC 23644 RQE 14395)

A meningite é a inflamação das meninges - membranas que revestem o cérebro.

É causada por bactérias, vírus, parasitas e fungos, entre outros. As crianças são as

principais vítimas, pois ainda não dispõem de um sistema imunologicamente formado.

Entre os tipos de meningites bacterianas, citamos o meningococo podendo

ser do subtipo A,B,C,W,Y , o pneumococo e o haemophilus.

Quais os sintomas?

Em crianças menores e bebês, se observam recusa alimentar, gemidos ao mamar,

irritabilidade, hipotonia –redução no tônus muscular -, vômitos, diarreia e

febre alta. Em crianças maiores, pode ocorrer rigidez de nuca (impossibilidade de

flexionar o pescoço sobre o tronco), febre alta, vômitos, dor de cabeça intensa, sonolência

e até convulsões.

Como prevenir?

drromulopediatra

A transmissão se dá por gotículas de secreções de nariz e garganta ao falar, espirrar

ou tossir. Ou seja, com um contato íntimo e prolongado. Hábitos como lavar

as mãos frequentemente com água e sabão e usar produtos de limpeza de mãos

à base de álcool gel podem ajudar a interromper a cadeia de transmissão. Evitar

aglomerações, manter os ambientes ventilados e a higiene ambiental são dicas importantes.

Entre as medidas de prevenção à meningite meningocócica, podemos citar a

quimioprofilaxia e as vacinas. Na quimioprofilaxia, usa-se antibiótico específico em

dois casos de alto risco:

1- No domicílio de uma pessoa infectada, nas pessoas que tiveram contato

com secreções orais através de beijos, escovas de dente ou utensílios de cozinha,

cinco a sete dias antes de apresentar os sintomas.

2- Em escola, creche ou recinto fechado em que uma pessoa infectada permaneceu

por mais de quatro horas em contato com outras pessoas ou que tiveram

acesso aos mesmos utensílios de cozinha, como talheres, por cinco a sete

dias consecutivos.

Nos casos de baixo risco em que não se teve o contato direto com as secreções

orais da pessoa com meningite na escola ou trabalho, não se indica qualquer medida.

E as vacinas?

A meningo C, disponibilizada no SUS, é feita com 3 meses, 5 meses e uma dose

de reforço com 1 ano de idade. Após um ano, é feita em dose única. Convém reforçar

a imunização com idade de 5 a 6 anos e na adolescência, entre 11 e13 anos,

devido a perda sua eficácia após os cinco anos.

A meningo B e a Meningo ACWY, dependendo da faixa etária, são disponibilizadas

na rede privada.

A pneumocócica-10, que protege contra todos os subtipos do pneumococo é realizada

aos 2 meses, 4 meses e reforçada com 1 ano de idade, e é disponibilizada no

SUS.

A vacina Hib, disponível no SUS, conforme o calendário vacinal juntamente

com a pentavalente, é realizada aos 2 meses, 4 meses, 6 meses e 15 meses e previne

contra outra bactéria, o haemophilus influenzae.

Desde 2009 decorando

com arte a Praia do Rosa!

Medicina Chinesa

Liz

Luminárias, aromas, pedras preciosas, tabacaria, acessórios,

lembranças e muito mais você encontra aqui

DR RÔMULO WARKEN

Pediatra - CRM 23644

3255.3074

Imbituba

3354.0601

Campo D'una

Acupuntura

Moxabustão

Massagem

Elizabeth Hoffmann

lizsaudeintegral@gmail.com

48 99941.5124

48 3354.0601

Urgências 48 99992.3858

• Cirurgiã-dentista

• Médico geral

• Médico pediatra

• Nutricionista

• Psicóloga

• Quiropraxista

• Massoterapeuta

• Esteticista

• Fonoaudióloga

Rua Vereador Laudelino Antônio Teixeira, 46

Campo D'una - Garopaba


Comunidade

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019 5

Da farinha fez-se a tradição

É

em memória dos pais Santina e Francisco

Irineu Gonçalves que Everaldo

e os nove irmãos mantêm viva a tradição

da farinhada no engenho da família, em

Ibiraquera. Ali, todos cresceram ajudando os

pais na lida de plantar e colher a mandioca.

“Naquele tempo difícil, quando tudo era feito

à mão, o pai fazia 600 sacos de farinha, durante

quase meio ano. Dormia às 5h da tarde

e às 10h já estava de pé para trabalhar a noite

toda no engenho e de manhã ir para a roça de

novo”, conta Everaldo, o filho mais moço, que

se emociona com a herança de conhecimento

deixada pelo pai. “Se formos pros nossos filhos

50% do que o pai foi pra nós, já vai ser bom

demais. Meu pai não teve o estudo, tinha só a

4ª série, mas ele era iluminado! Conhecia tudo

e trabalhava por dois homens”, completa.

Com a ajuda dos amigos, eles ainda sentam

em roda e descascam a mandioca na faca,

Enquanto o vento sul não vem...

Os pescadores do rancho

do seu Domingos da

Silveira, na Praia Vermelha,

seguem na expectativa pela

chegada das tainhas, com um olho

no mar e o outro no jogo de canastra.

Um remenda a rede e a tarrafa,

outros ficam na vigia. E a cada duas

noites, uma é passada no rancho.

Assim, a turma segue à espreita do

lanço que vai trazer o sustento da

temporada. “Faz muitos anos que

não vejo uma safra assim quente.

Enquanto não esfriar, o peixe não

vem”, observa seu Domingos. Aproveitando

a oportunidade, o Presidente

da Associação dos Pescadores

da Comunidade de Ibiraquera (AS-

PECI), Lédio da Silveira, comunica

que no dia 3 de julho, às 14h, a Comarca

de Imbituba realiza a audiência

para julgar um processo contra

Informe publicitário

três barcos de pesca industrial que

invadiram a costa da Praia Vermelha

em 2014 levando todas as redes da

família. Mais uma boa notícia: após

a elaboração do Plano de Manejo da

Apa da Baleia Franca, que prevê o

Cerpalo investe

no sistema Linha Viva

A

administração

da Cerpalo vem

imbuída do respeito

e da responsabilidade

na prestação de serviços ao

associado. Por isso, implantou

o sistema Linha Viva,

que traz mais agilidade,

eficiência e destreza nos reparos.

O investimento da

Cooperativa foi de aproximadamente

R$531 mil na

compra do caminhão e dos

equipamentos necessários,

além da capacitação para

os eletricistas que compõe a

equipe.

Com a conquista, a Cerpalo

passa a trabalhar com a

Rede Energizada, que permite

realizar reparos e serviços

como a troca de cabos e

Foto: Fabrício Photos

acordo entre pescadores e surfistas

na Safra da Tainha, nenhum conflito

aconteceu na Vermelha. Vitória

para o respeito, o entendimento e

para toda a comunidade!

Foto: Divulgação

postes sem desligar a energia

dos consumidores. “Essa é

mais uma grande conquista

para a Cerpalo, era um desejo

antigo oferecer o serviço

de operar com a Linha Viva

para nossos associados. Foram

feitos muitos estudos e

investimentos, alguns sacrifícios

para viabilizar o projeto,

comprar o equipamento

e capacitar nosso pessoal e

estamos felizes em proporcionar

uma solução que traz

mais qualidade de vida para

o consumidor”, salienta o

Presidente da Cooperativa,

Nilso Pedro Pereira.

ao som das conversas e das risadas. Maria, a

irmã mais velha, é a forneira oficial da família.

Desde quando muito pequena usava meio “arque”,

uma espécie de balaio, para alcançar no

forno e fazer o vai-e-vem da farinha, que hoje

é por um motor elétrico. “Agora, não dá tanto

trabalho. Só que não se tem tempo pra isso e

nem terra pra plantar”, lamenta Everaldo.

Nesse ano, foram 38 sacos de 45 quilos

cada. Mais uma missão cumprida. A farinha

Foto: Glaucia Rosa Damazio

Casal de

fofuras procura um lar

Benji e Benjamina são

esses dois filhotes de

cerca de 6 meses que

estão aos cuidados dos Protetores

PDR à espera de um lar.

Espoletas e amorosos, os dois

serão de porte médio, já estão

vacinados e a fêmea castrada.

Interessados em um melhor

amigo podem fazer contato

pelo fone: (48) 99621.2954.

Para conseguir custear os alimentos

dos diversos animais

abandonados que o grupo

mantém, está rolando uma

Rifa de produtos de beleza, no

valor R$5. Qualquer doação

também é bem-vinda!

está pronta e é dividida entre os dez irmãos:

Maria, Manoel, Ubelina, Paulino, Alcides, Romualdo,

Onércia, Orlando, Adriana e Everaldo,

e todos aqueles que ajudaram no processo.

E tem mandioca plantada para garantir a farinhada

do ano que vem, que o caçula da família

teima em produzir. “Enquanto estiver vivo, eu

vou continuar. Pra manter a tradição e a palavra

dada para o pai antes de falecer.”

Foto: Glaucia Rosa Damazio

Trânsito de veículos é

bloqueado na Praia do Ouvidor

Em cumprimento à

determinação do

Ministério Público

de Santa Catarina (MPSC),

a Prefeitura de Garopaba

realizou, no dia 17 de junho,

o fechamento da Praia

do Ouvidor para veículos. A

demanda já havia sido solicitada

pelo MPSC no início

Foto: Fabrício Photos

Foto: Glaucia Rosa Damazio

deste ano, quando o Prefeito

Sérgio Cunha conseguiu

um acordo de fechamento

de apenas metade da praia.

A medida agora é retomada,

em cumprimento da Lei

Federal 7.661, que proíbe

o trânsito de veículos nas

praias em todo o país. A

Diretora de Trânsito de Garopaba,

Alessandra Diniz

pediu compreensão aos moradores.

Os veículos podem

ser estacionados ao longo

da estrada Geral do Ouvidor,

que está sendo alargada

e pavimentada. Carros

na orla da praia podem ser

notificados com infração de

trânsito e multa.

Foto: Divulgação


6

Aventura

Turismo ecocultural

Praia Vermelha

#Ficaadica

Saindo do Ouvidor,

pelo portão da Gerdau,

logo na entrada, são

cerca de 30 minutos.

Do Rosa Norte, em torno

de 40min até a Praia

Vermelha, que só tem

acesso a pé. A trilha é

bem sinalizada e considerada

ideal para todo

o tipo de aventureiro.

Pelo caminho, os mil

tons de verde e azul da

natureza.

• Use calçados fechados e apropriados para trilhas

• Proteção contra o sol é fundamental

• Nunca deixe qualquer tipo de resíduo na trilha

• Lembre-se de levar água!

Especial Celebração

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019

Esfinge

Amar nunca sai de moda

Recompensa no dia a dia

Já são quase 63 anos desde

aquela noite inesquecível,

quando a dona Minervina

juntou sua malinha e fugiu com

seu Jair João Ribeiro. Naquele

tempo era assim. Ou casava,

ou fugia. E na ocasião, a união

aconteceu no caminho a pé entre

a Araçatuba e a Garopaba.

Ela aos 16, ele aos 19, começaram

juntos a vida da qual se

orgulham nos dias de hoje. “Era

difícil, sacrificado. Mas era bom”,

lembra dona Minerva. “Carne

era só quando tinha um doente.

Arroz também não tinha. Era o

peixe, a farinha de mandioca,

as galinhas criadas no terreiro,

banana, amendoim”, conta ela,

que se dividia entre cuidar dos

cinco filhos e depois mais três

netos que também criou – no

total são 12 -, cuidar da casa,

ajudar o marido na pesca. “As

crianças brincavam, comiam o

que tinha. Não era perigoso pra

nada”, completa.

Seu Jair sempre foi um

homem do mar. Pescou de

Foto: Glaucia Rosa Damazio

rede, tarrafa, espinhel, linha e

garateia. Foi durante 30 anos

Presidente da Colônia de Pescadores

Z12, de Garopaba. Se

diverte ao recordar as histórias

da mocidade. “Namorar era

muito difícil. Pra tirar um beijo

era um trabalho. E se tirasse, o

pai mandava casar”, confessa.

“Passava carros e carretas”, brinca.

Mas ao ser questionado se a

vida a dois compensa, ele nem

pestaneja. “Ah, mas é claro! Hoje

ela trata de mim e eu trato dela.”

Seu Jair aconselha com sabedoria

àqueles que buscam um relacionamento

duradouro. “Numa

briga, um enche a boca d’água

e o outro sai pra dar uma volta.

Cada um cede um pouco.” Que

ecoe a voz da experiência!

Saindo do canto norte da Praia da Silveira ou indo pela

Vigia, em Garopaba, é possível chegar ao Sítio Arqueológico

Ponta do Galeão. Um local rico em história e mistérios,

que revela um grande rosto nas pedras, caracterizado

como fenômeno de pareidolia - quando reconhecemos

figuras humanas ou de animais em objetos, sombras ou

outros estímulos visuais. A trilha é de alto risco e deve ser

realizada com equipamento e acompanhamento de um

condutor ambiental.

Amor e arte

Foi lá por 2005

que a Ana

Paula de Oliveira e

o Marcos Diesel se

conheceram, aqui

na Praia do Rosa,

vendendo seus artesanatos

pela praia.

A vida ainda deu

algumas voltas, mas

trouxe os dois para

se encontrarem

exatamente aqui e

começarem uma história de

amor e arte. Apaixonados

e cheios de energia, o casal

uniu os negócios e deu forma

à loja Efeito Manual, que

no princípio vendia apenas as

suas produções. “Passávamos

o inverno produzindo para

vender no verão. Pegávamos

bambus da Lagoa do Peri e

ficávamos, às vezes por duas

horas, cortando eles no meio

da rua sem que passasse uma

só pessoa”, conta o Marcos. Os

negócios e o amor foram crescendo

e a efeito Manual pas-

É inverno, é verão; é sol ou chuva, frio ou calor. As trilhas da nossa região são

sempre uma ótima pedida! Confira algumas sugestões aproveite a vista!

Pedra Branca

No Quilômetro 08 da Rodovia SC 434 - que liga a BR 101 ao

centro de Garopaba - está a pequena placa que indica o caminho

da Pedra Branca. São 1.200 metros desde o estacionamento

até o topo, que leva em torno de 50 min. Subidas íngremes, trechos

escorregadios e muita natureza pelo caminho.Lá no alto,

uma vista recompensadora.

Trilhe com um Condutor:

Taiá Terra Condução Ambiental Local: (48)99926.3674

Coletivo Tob Terra: (48) 99133.9857

Pode ser clichê. Mas tem coisa melhor do que celebrar o amor? Não dá pra perder essa oportunidade.

Por isso, o Jornal PDR separou algumas histórias inspiradoras de namorados das

mais variadas.

sou a vender também peças

de outros artesãos para suprir

a demanda. E já são dez anos,

muita arte, amor e paciência

para vencer os invernos do

Rosa. “Tivemos baixas temporadas

em que passavam-se 15,

20 dias sem que entrasse na

loja um cliente. Mas tivemos

paciência, dividimos as tarefas

e nunca paramos de produzir

e de sonhar. E o amor nos ajudou

a vencer”, conta a Ana.

“O Rosa nos abraçou. Aqui é

nossa casa, onde acontecem

as melhores coisas”, encerra

Marcos.

COOPERATIVA DE ELETRICIDADE DE PAULO LOPES

ISO 9001

GESTAO DE QUALIDA(INDICADORES)

ISO 10002

TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES

www.cerpalo.com.br

Foto: Arquivo pessoal

As escolhas certas

Quem conhece o casal

Eliza Souza da Rosa

e Renato Soares certamente

tem em seu inconsciente

uma imagem sorridente. O

bom humor e a alegria são

marcas registradas dos pombinhos,

que completam 21

anos da fuga que acabou em

cerimônia de casamento junto

com as bodas de Ouro dos

pais da Eliza -dona Luzia e

seu Guiomar Tobias da Rosa

(em memória). O namoro, na

época, durou pouquíssimo,

coisa de dois meses. “Nós tínhamos

28 anos, dois adultos.

Apostamos que iria dar certo”,

conta o Renato. No começo

tudo foi difícil e muito simples.

Os familiares ajudaram

a estruturar o lar e os dois lapidaram

a relação a dois. “Em

um relacionamento é preciso

tolerância. Que um sempre

se coloque no lugar do outro,

que às vezes abra mão de algo

por um bem maior. Afinal, são

duas pessoas diferentes, dois

Fotos: Glaucia Rosa Damazio

Foto: Glaucia Rosa Damazio

costumes, dois gostos, duas

culturas”, pontua Eliza. “Casal

que não discute não conversa.

Discutir é natural. Mas o casal

não pode ficar sem se falar. É

preciso admitir que errou, pedir

desculpas, dar o braço a

torcer. E nunca abandonar o

lado espiritual. Seja qual for a

igreja, ela é muito importante

para manter o bem da pessoa

sozinha e do casal”, completa

Renato. Dando risada com espírito

eterno de adolescentes,

o casal se espanta ao perceber

que tantos anos se passaram

e celebram a aposta que fizeram

naquele fevereiro: “Parece

que deu certo”, se divertem

os dois.

48 3253.0141 / 3253.0233 / 3253.0196 / 3355.6231 / 0800 645 10 15

Rua João De Souza, 355 - Centro - Paulo Lopes - SC atendimento@cerpalo.com.br


Flashes Sociais

Foto: Glaucia Damazio

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019 7

Página por Nabile Oriqueis

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Apresentação “E se eu fosse um camarão?" do

grupo Teatro do Canto no IFSC Garopaba no

dia 06 de junho

Especial Arraiais

Foto: Divulgação

"A Nova Previdência será boa para você?",

dia 17 de junho, na Câmara de Vereadores de

Garopaba

Fotos: Divulgação

Produtores do ebook "Histórias de quem faz

notícia" da Unisul. O Jornal PDR é um dos

cases da publicação

A 19ª Festa da Tainha da Aldeia, que teve muita

alegria, cultura e tradição

No dia 8, O Bukit Steak’s Beer reuniu a família e

fez uma festa linda para a criançada

Fotos: Glaucia Damazio

Fotos: Vitoria Sefton

Click do Leitor

Nesses últimos dias descobrimos um tesouro:

as fotos da Camila Holz Konflanz.

Sua arte, cheia de talento e sensibilidade, retrata

a grandiosidade da nossa natureza ressignificando

a simplicidade. Se alguém ficou

com gostinho de quero mais, pode conferir o

trabalho dela no Instagram:

camilaholzkonflanz

Quer participar também? Enviei sua

foto para: jornalpraiadorosa@gmail.com

Para arrecadar fundos para o 2° Festival de Maracatus, que acontece no final do ano, o grupo independente de maracatu Baque Encantado

promoveu uma linda festa no dia 15 de junho, na Geral da Limpa

Caipirada bonita demais da

conta no Arraiá do Aloha

que rolou no dia 15, no

Espaço Margheritta

Também no dia 15, teve

muito quentão, cor e alegria

no 1° Arraiá da Viela Maya,

na Ibiraquera

Agendão

Quarta-feira (19/06)

Começa a Quermesse de Garopaba, que segue até o dia

23 de junho. Cultura, gastronomia e shows nacionais com

Raça Negra, Marcos e Belutti e RPM. Entrada franca.

Sexta-feira (21/06)

Acústico Vivi Fields no Bukit Steak’s Beer,

no centrinho do Rosa.

Sábado (22/06)

• Festa Junina a partir das 16h no Hostel Família Cisinha - na

Rua do Quintal Butiá

• Banda Congah + Marley Concert no Beleza Pura.

Informações (48) 99164-8787.

• Zaka Kappel Jam Session no Bukit Steak’s Beer, no

centrinho do Rosa

Sábado (22/06)

Matuê + DJ Ladies Funk, Dj Sarmento e DJ Mariba no Espaço

Margheritta, anexo ao Tantra.

Ingressos minhaentrada.com.br.

Sexta-feira (28/06)

O Bukit Steak’s Beer realiza 2ª edição do Bukit Stand Up

Comedy, com o comediante Donsondo

Fique Ligado!

• O Grupo de Maracatu Baque Encantado ensaia todas às

sextas-feiras, a partir das 18h no IFSC de Garopaba.

Informações: (48) 99164-8574

• Durante todo mês de junho tem sessões de cinema

gratuita para crianças no IFSC Garopaba.

Reservas para escolas no e-mail luana.gusmao@ifsc.edu.br.

• Nas segundas-feiras rola Oficina de Capoeira no IFSC

Garopaba. Informações no fone (48) 99111-8613.

• O Pico da Tribo está com programação para o mês de

julho. Confira nas redes sociais da casa.

• Dia 06/07 tem Festa de São João no Nativos Camping, na

Ibiraquera, a partir das 11h. Informações (48) 99932-3731.

• Programa de Kundalini Yoga para Iniciantes do

@suryamovimentoeconsciencia e Curso de Reiki Usui, nível

I a partir de 27/06.

Previsão do tempo e do mar

Wather.com/ Wind Guru

Quinta (20/06)

Ensolarado

Sexta (21/06)

Ensolarado

Sábado (22/06)

Ensolarado

Domingo (23/06)

Ensolarado

Segunda (24/06)

Ensolarado

Min. 14

Máx. 21

Vento SO de 15 Km/h

Ondulação 1,4

Picos da maré alta: 03:36 / 16:25

Picos maré baixa: 09:34 / 22:30

Min. 16

Máx. 22

Vento NE de 21 km/h

Ondulação 1,4

Picos da maré alta: 04:11 / 17:08

Picos maré baixa: 10:39 / 23:39

Min. 17

Máx 25

Vento N de 15 Km/h

Ondulação 1,2

Picos da maré alta: 04:53 / 18:03

Picos da maré baixa: 11:47

Min. 18

Máx 25

Vento N de 9 km/h

Ondulação 0,8

Picos da maré alta: 05:54 / 18:56

Picos da maré baixa: 00:25 / 12:32

Min. 18

Máx 25

Vento N de 9 km/h

Ondulação 0,5

Picos da maré alta: 06:62 / 19:39

Picos da maré baixa: 01:05 / 13:15


8

Meio Ambiente

Fórum da Agenda 21 apresenta

proposta de IPTU verde para Imbituba

Jornal Praia do Rosa, Junho de 2019

Dia do Meio Ambiente fomenta

ações de limpeza nas praias

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Divulgação IMMC

A

plenária do Fórum

da Agenda

21 de Ibiraquera,

realizada no dia 8 de junho,

teve conquistas significativas

no rumo da sustentabilidade

na região. Mais de 70 pessoas

se reuniram no salão paroquial

da Igreja Católica de Ibiraquera

para pensar alternativas

de preservação da Lagoa

de Ibiraquera. No encontro,

os representantes da Prefeitura

de Imbituba se comprometeram

a firmar um convênio

com o IFSC Garopaba para

manter o monitoramento das

águas da lagoa, que estava

ameaçado por falta de incentivo

financeiro; também foi

apresentada a proposta para

Moradores se unem e

constroem lixeira comunitária

Antes

Os moradores da

Rua 5, próxima

à Praia do Ouvidor,

resolveram solucionar

sozinhos um problema de

disposição de lixo espalhado

pela rua. E com a contribuição

da vizinhança, construíram

uma lixeira comunitária

com tampa e adesivos luminosos

para evitar acidentes

Encantos da Terra

Foto: Arquivo pessoal Fotos: Arquivo pessoal

Depois

à noite. “Resolvi criar um

grupo no Whats App com

os moradores e decidimos

fazer uma vaquinha. Quem

não pode contribuir financeiramente,

ajudou na mão

de obra da construção da lixeira.

Colocamos uma placa

com dias e horários do recolhimento

de lixo e regras para

o bom uso. Todos ficaram

Conhecido como Coqueiro ou Jerivá,

o Syagrus romanzoffiana, da

família Arecaceae, embeleza a região

de Imbituba e Garopaba. “Está presente

em diversas formações florestais e, aqui, ele se

encontra no alto morro da Praia do Rosa e às

vezes até mais perto da faixa de areia. É uma

árvore nativa, que alimenta a fauna local desde

pequenos mamíferos – como o Marsupial

gambá – até as aves e também tem suas folhas

utilizadas em artesanatos”, explica o Biólogo

Roberto Luciano Lisboa Silva. O Jerivá floresce

em nos meses de janeiro e fevereiro e frua

implantação dos descontos

no IPTU para quem instalar

as fossas sépticas ecológicas

em suas residências ou comércios.

O projeto está em

fase de estudo técnico e, em

breve, deve ser apresentado

na Câmara de Vereadores.

Três importantes Grupos

de Trabalho formados pela

comunidade saíram do encontro.

O primeiro vai pensar

a Ibiraquera para o Futuro,

planejando ações que visem

à sustentabilidade e preservação

da natureza na região; o

segundo trabalha em soluções

para que o lixo seco e orgânico

tenha um tratamento mais

responsável por moradores e

poder público. O último realizará

o monitoramento do

criador de camarão que utiliza

água da lagoa na região,

em parceria com o Instituto

de Meio Ambiente de Santa

Catarina (IMA).

O Fórum da Agenda 21 é

uma iniciativa dirigida pelo

Conselho Comunitário de

Ibiraquera (CCI), a Associação

dos Pescadores da

Comunidade de Ibiraquera

(ASPECI) e pela Fundação

Gaia. As reuniões são abertas

para a população. No último

encontro, contou com participação

importante de entidades

como a ACIM, a UDESC

e diferentes setores da Prefeitura

de Imbituba.

motivados a cuidar do espaço”,

conta a Laura Macedo.

Na esperança de incentivar

o cuidado de outras comunidades

que têm o mesmo problema,

o grupo compartilhou

sua história com Jornal PDR.

“Afinal, manter o Rosa limpo

é dever de cada um de nós”,

finaliza Laura. O PDR apoia

esta ideia!

tifica em janeiro, abril, maio e outubro. Uma

espécie bela para o paisagismo, que mantém

viva a diversidade da flora local.

No Dia Mundial dos

Oceanos (08/06),

o Instituto Monitoramento

Mirim Costeiro

(IMMC) de Garopaba e instituições

parceiras fizeram

um mutirão de limpeza na

Praia do Centro Histórico da

cidade. O Trashtag Challenge

faz parte de um movimento

mundial para limpar praças,

rios, praias, parques, ações

que têm ajudado muito na

conscientização da comunidade

com relação aos cuida-

O mar

nossa

Beleza

Na Praia do Rosa, o Beleza Pura Cosmic Bar liderou uma

ação de limpeza que se uniu com o Jogue Limpo da ACIM,

o Rosamor e o Monitoramento Mirim Costeiro na retirada

de resíduos da orla.

Geladeiras contêiner arrecadam

tampinhas plásticas para a APAE

A

primeira Geladeira contêiner

criada pelo GEA - Grupo de Educação

Ambiental do IFSC em

parceria com a artista visual Carla Scheid e

a MM Serralheria já está instalada! Ela está

localizada em frente ao Mercado Bem Perto,

próximo ao centrinho da Praia do Rosa, e

recebe tampas plásticas de qualquer embalagem

(garrafas pet, potes de maionese, embalagens

de produtos de limpeza, entre outros),

esponjas de lavar louça (e suas embalagens)

e materiais de escrita (lápis, borracha, apontador,

canetas, lápis de cor, pincel atômico).

“A intenção é espalharmos várias geladeiras

pela região e criar na população o hábito por

levarem seus recicláveis nos pontos de entrega

voluntária, transformando os resíduos em

matéria prima, em vez de mandarem para o

aterro sanitário. Isso gera renda e protege o

meio ambiente”, explica a Maria de Fatima

Furlan, membro do GEA. Outras duas geladeiras

estão sendo produzidas para o Centro

de Garopaba e a entrada da Praia do Ouvidor.

As tampinhas são encaminhadas diretamente

para a APAE, que já possui processo

de venda e logística própria. As esponjas e

os materiais de escrita são enviados para a

Terracycle, empresa de logística reversa patrocinada

pelas marcas Scotch Brite e Faber

Castell. O valor arrecadado pela entrega des-

dos com o meio ambiente.

A ação de limpeza revelou

um indicador nada bom. Em

apenas 100 metros de praia,

62 voluntários coletaram 345

Kg de resíduos como pneus,

pedaços de redes de pescas,

artefatos de pesca, vidros,

embalagens plásticas e muitas

pontas de cigarro. Segundo

dados da Organização das

Nações Unidas (ONU), se

nada for feito para conter o

consumo do plástico de uso

único (canudos, copos,), em

Foto: Arquivo pessoal

2050, haverá mais plástico do

que peixes nos oceanos. Infelizmente,

todos os anos mais

de 8 toneladas destes materiais

são lançadas no mar. Integrantes

do CONTUR, Ecosurf,

Let’s Go Surfing Girls,

ONG Ferrugem Viva, Projeto

Cetáceos, Projeto Social Praia

Mais Limpa, Reiki Comunitário

e pessoas da comunidade

participaram da ação, que

culminou no abraço simbólico

para marcar o Dia Mundial

dos Oceanos.

te material será destinado pelo GEA para a

APAE de Garopaba. “Faça a sua doação e

ajude a APAE. Geladeira cheia = corações

cheios de amor e gratidão!” é o slogan do

projeto. Partiu?

Similar magazines