Jornal O Consumidor News

val.reis

Edição 334 - Agosto de 2019

Ano XVI • Edição Nº. 334 • Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019 •www.oconsumidornews.com.br

Farra

Empresas emprestam

milhões do BNDES

para comprar jatinhos

Duas empresas sul-mato-grossenses,

proprietária de fazenda na região de

Porto Murtinho, figuram na lista dos 134

agraciados com financiamentos. Página 16

Picaretagem

Câmara

Municipal de

Campo Grande

homenageia

farsa do ET Bilu

>> Página 7

Cidade de

encontros e

encantos!

>> Páginas 12 e 13

Alerta Iniciativa Consequência

Álcool e direção:

falta muita

conscientização

no trânsito de

Campo Grande

>> Pág. 9

Zé Teixeira conduz projeto

para transmitir TV AL em

canal aberto no Estado

Em breve, toda população poderá

assistir à transmissão da TV Assembleia

porque a programação completa será

Trabalhador

será ainda

mais prejudicado

com a Reforma

da Previdência

por canal aberto. >> Página 8

>> Página 17


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto 2019

www.consumidornews.com.br

Opinião

Bancos vão criar

o ‘Não Me Ligue’

Boas notícias para

quem está cansado de

receber ligações de cobranças

ou até mesmo

ofertas de créditos consignados,

pacotes e serviços

de bancos. A lista do “Não

Perturbe”, medida desenvolvida

pela Agência

Nacional de Telecomunicações

(Anatel) para

combater o incômodo das

chamadas de telemarketing,

irá se estender para

o ramo financeiro.

A Secretaria Nacional

do Consumidor (Senacon),

ligada ao Ministério da

Justiça, junto com as instituições

representadas

pela Federação Brasileira

dos Bancos (Febraban) e

a Associação Brasileira

de Bancos (ABBC), deu

início a uma articulação

para a elaboração de uma

plataforma similar a do

“Nâo Perturbe”.

“A ideia é que bancos

associados a Febraban e

ABBC façam a adesão

voluntariamente ao não

perturbe em seu código de

auto-regulação, de modo

que respeite aqueles

consumidores pré-cadastrados

que não querem

ser importunados. Pretende-se

uma plataforma

única que contemple todos

os setores econômicos,

evitando que cada setor

tenha sua plataforma não

me perturbe”, informou a

Senacon.

A Febraban comunicou

que “não comentará o assunto”.

Já a ABBC não

respondeu até o fechamento

dessa edição sobre

a lista. O único banco que

já oferece esse sistema

de “não me ligue” é o

Pan. No site https://www.

bancopan.com.br/nao-me-

-ligue/, basta o cliente preencher

o formulário com

nome completo ,e-mail,

telefone (fixo ou móvel)

e CPF. O prazo para que

o bloqueio de cada linha

registrada seja efetivo é

de até 30 dias a partir da

solicitação. Caso continue

a receber as ofertas via

ligações mesmo após o

pedido, na própria página

tem um botão que redireciona

o usuário para

registrar a denúncia.

Em caso de unificação

da lista “Não me ligue”

para as instituições financeiras,

o Pan explicou

que “a tendência é que o

Banco Pan faça a adesão

ao Não Perturbe. Quando

isso acontecer, a base de

telefones registrada no

Pan será migrada para a

solução única.”

Segundo a instituição,

o público-alvo é o beneficiário

do Instituto Nacional

do Seguro Social (INSS).

“O crédito consignado é

um produto excepcional,

com taxas baixas em relação

às demais linhas,

mas só deve ser oferecido

a quem realmente

tem interesse”, afirmou

o diretor Comercial e de

Produtos do Banco Pan,

Alex Sander Moreira Gonçalves.

Por Larissa Esposito

Inovação

Marquinhos Trad quer reformar

hotel para abrigar mil pessoas

Marquinhos Trad

quer transformar

o Hotel Campo

Grande em

moradia popular

Inovador, como sempre,

o prefeito de Campo

Grande Marquinhos Trad

(PSD) quer transformar o

Hotel Campo Grande em

moradia popular. A ideia

não apenas ajudará 117

famílias – cerca de mil

pessoas – que precisam de

um lar para morar, como

também dará uma função

social ao prédio esquecido

há 20 anos.

Marquinhos

Trad esteve em

Brasília e o principal

assunto

abordado com o

ministro do Desenvolvimento

Regional,

Gustavo Canuto, foi a

aprovação do projeto que

visa a total transformação

do hotel, localizado na

Rua 13 de Maio, no centro

da Capital.

Em Brasília, o prefeito

buscou a liberação de R$

38 milhões do Programa

Pró-Moradia, sendo que

esses recursos serão investidos

na execução de

projetos apresentados

pela administração municipal

em 2018, incluindo a

transformação do hotel.

“Nós temos dois projetos:

um para desapropriação

do Hotel Campo

Grande, com pedido de

mais de R$ 13 milhões para

esta finalidade, e o outro foi

o Retrofit (programa de reforma)

mais de

R$ 23 milhões”,

explicou o diretor-

-presidente da Empresa

Municipal de Habitação

(EMHA), Enéas Netto.

O objetivo do gestor

municipal é desapropriar

o hotel, que foi inaugurado

em 1971 e está fechado

há 20 anos. O prédio será

transformado em um condomínio

de apartamentos.

“Para dar mais vida ao

nosso centro, nada melhor

do que unidades habitacionais.

Um dos principais

papéis do Poder Público é

dar ao cidadão uma vida

digna e essa vida muitas

vezes começa com a chave

de uma casa própria.

Todos nós sonhamos em

ter algo que é nosso”, justificou

Marquinhos Trad.

Apesar das críticas,

o prefeito defende com

afinco o projeto e já

adiantou: “vou até as últimas

consequências”. Ele

também chamou de “pobres

de espírito” aqueles

que desaprovam o projeto

e dizem que a prefeitura

quer jogar famílias pobres

no centro da cidade.

“Sabe qual é a minha

perplexidade? Os comentários

que deixam nos

sites dizendo que eu vou

levar pobres para o centro.

Isso é mensurar o ser humano

pelo que ele ganha e

não pelo que ele é. Fiquei

muito chateado. Pobres de

espírito são as pessoas

que fizeram aqueles comentários”,

desabafou o

prefeito de Campo Grande.

Marquinhos Trad ressaltou

ainda que se o Hotel

Campo Grande não for

Divulgação

ocupado por essas famílias,

em breve, acabará

sendo demolido porque

dificilmente investidores

despertarão interesse e

comprarão o prédio, tendo

em vista que precisarão

desembolsar cerca de R$

25 milhões para reformar

o local.

Conforme o projeto,

os 84 aposentos do hotel

serão transformados em

117 moradias, medindo

entre 27 e 30 metros. O

condomínio terá o nome

de Menino do Mato e, no

térreo, funcionará uma

unidade de atendimento

da prefeitura e uma base

da Guarda Municipal.

A expectativa é que de

pelo menos mil pessoas

ocupem o prédio e movimentem

a economia da

região central.

E

x

p

e

d

i

e

n

t

e

DIRETOR EXECUTIVO

Waldson Godoi - DRT: 1642/MS

Cel (67) 99982-9080

DIRETORES ADMINISTRATIVOS

Tainara Rayssa

DEPTO JURÍDICO

Giselle Marques - OAB/MS 4966 - OAB/RJ 175297

DIAGRAMAÇÃO

Visual&Artes

Consumidor News - Revista e Site

CNPJ 16.670.942/0001-17 - I.M. 00173441002

Rua Camilo Gal, 401 - CEP 79091-000

Campo Grande - Mato Grosso do Sul

E-mail: godoims@hotmail.com

redacao@oconsumidornews.com.br

O Consumidor News (67) 3028-5060

www.consumidornews.com.br


Inflação menor

Economistas do mercado

elevaram previsão do PIB

Analistas do mercado

financeiro consultados

pelo Banco Central elevaram

em 0,02 ponto

percentual a projeção de

crescimento do Produto

Interno Bruto (PIB), que

mede o desenvolvimento

da economia brasileira.

Segundo dados do Boletim

Focus, divulgado, o

PIB deve crescer 0,83%

neste ano.

Caso se mantenha

neste patamar, o PIB

será menor que

nos dois anos anteriores,

quando

a taxas de crescimento

da economia

foi de 1,1%. Os economistas

começaram o ano

otimistas com o desenvolvimento

de investimentos

e o setor produtivo, chegando

a prever o PIB a

2,57%. Mas, sem a retomada

esperada, a previsão

virou de ‘pibinho’

depois de cinco meses

de reajuste para baixo

da taxa. O PIB é soma de

todos os bens e serviços

produzidos no país.

Os economistas ouvidos

pelo Focus também

diminuíram a previsão

da inflação: de 3,76% na

Mais da metade das

deduções de gastos com

saúde do Imposto de

Renda da Pessoa Física

(IRPF) é concedida a

contribuintes que ganham

acima de dez salários

mínimos ao mês.

Levantamento feito pelo

Estadão/Broadcast a

partir de dados da Receita

Federal mostra

que os 19,7% mais ricos

entre os declarantes

abateram R$ 44,4 bilhões

em despesas com saúde

na declaração de 2018,

que considera os rendimentos

obtidos no ano

anterior. O valor é 56%

do total da isenção. Na

educação, esse também

Caso se

mantenha neste

patamar, o PIB

será menor que

nos dois anos

anteriores

semana anterior

para 3,71%

agora. Com a redução,

o Índice de Preços

ao Consumidor (IPCA)

continua abaixo do centro

da meta da inflação deste

ano, definido em 4,25%

pelo governo. A taxa, no

entanto, está dentro da

margem de erro, que é

de 1,5 ponto percentual

para baixo ou para cima

(2,75% a 5,75%).

No relatório, os economistas

preveem a

taxa básica de juros da

economia, a Selic, a 5%,

mesma estimativa da

semana passada. Atualmente,

a Selic está em

6%, menor patamar da

história, e o Banco Central

já indicou que deve

continuar a cortar a taxa

para estimular a economia.

A próxima reunião

do Conselho de Política

Monetária (Copom),

responsável pela taxa de

juros, será no dia 18 de

setembro.

Câmbio

Os analistas consultados

pelo Banco Central

alteraram a previsão

para o dólar comercial

ao fim do ano. A estimativa

do mercado é que a

moeda termine 2019 vendida

a 3,78 reais e na semana

anterior a estimativa

era de 3,75 reais. Os

patamares ainda estão

abaixo da cotação atual.

Na sexta-feira, o dólar

fechou vendido a 4 reais,

quinta semana consecutiva

de alta.

Para tentar conter

a variação cambial, o

Banco Central irá vender

550 milhões de dólares

por dia entre 21 e 29 de

agosto. A moeda disparou

após o acirramento da

guerra comercial entre

Estados Unidos e China e

o temor de uma desaceleração

econômica global.

Imposto de Renda 2018

Mais ricos ficam com 56%

das deduções com saúde do IR

A lei hoje não estabelece nenhum

teto para deduções médicas

é o grupo mais contemplado

pelo benefício.

A lei hoje não estabelece

nenhum teto

para deduções de despesas

médicas da base

de cálculo do Imposto

de Renda. Como geralmente

é a população de

maior renda que tem

mais acesso a serviços

médicos particulares, ela

é a maior contemplada,

ao conseguir abater a

totalidade dos gastos. Na

prática, no entanto, o benefício

tributário acaba

sendo usado irregularmente

até mesmo para

procedimentos estéticos,

como aplicação de botox.

O secretário especial

da Receita Federal,

Marcos Cintra, admitiu

neste mês que o governo

estuda fixar um teto para

as deduções médicas,

mas não adiantou valores.

O limite para a dedução

existe no caso dos

gastos com educação.

Divulgação

Divulgação

Uma das mudanças

anunciadas no Fundo de

Garantia do Tempo de

Serviço (FGTS), a distribuição

de 100% dos resultados

do ano passado foi

ratificada pelo Conselho

Curador. A Medida Provisória

(MP) 889 aumentou

a rentabilidade do fundo,

determinando a transferência

de todo o lucro

do exercício anterior aos

cotistas.

O FGTS rendia 3% ao

ano mais a Taxa Referencial

(TR), atualmente zerada.

Desde 2017, o fundo

repassava 50% dos lucros

do ano anterior ao cotista.

Com a mudança, o fundo

renderá 6,18% em 2019 ,

Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Medida provisória

Bolsonaro conclui

mudança do Coaf

para o Banco Central

O presidente Jair Bolsonaro

assinou a medida

provisória que transfere

o Conselho de Controle

de Atividade Financeira

(Coaf) do Ministério da

Economia para o Banco

Central.

O órgão passará a

se chamar Unidade de

Inteligência Financeira.

“O novo ente será vinculado

ao Banco Central

do Brasil e responderá à

Diretoria Colegiada do

Banco Central, mas não

será, exatamente, parte

integrante da estrutura

do Banco Central do

Brasil e terá autonomia

técnica e operacional”,

diz o governo em nota.

Segundo o comunicado,

“prestarão apoio administrativo”

ao órgão num

período de transição.

A transferência havia

sido anunciada por Bolsonaro

no começo do mês

como saída para retirar o

órgão “do jogo político”.

O presidente do Supremo

Tribunal Federal, Dias

Toffoli, havia suspendido

o compartilhamento de

dados do órgão feito sem

autorização judicial. O

presidente do Coaf, Roberto

Leonel, criticou a

ultrapassando inclusive

a taxa Selic (juros básicos

da economia), recentemente

reduzida para 6%.

Até 31 de agosto, serão

repassados R$ 12,2 bilhões

do lucro de 2018,

distribuídos proporcionalmente

conforme o saldo

de cada conta. O Conselho

Curador também aprovou

os Relatórios de Gestão

do FGTS e do Fundo de

Investimento FI-FGTS.

O conselho instituiu

ainda um grupo de trabalho,

com participação

de três representantes do

FGTS e três do Comitê

de Investimento do FI-

-FGTS, para acompanhar

e propor mudanças nas

Presidente Jair Bolsonaro

Gabriela Bilo/Estadão

decisão. Leonel, que deixará

o cargo, havia sido

indicado pelo ministro

da Justiça, Sérgio Moro,

a quem o órgão era subordinado

no início do

governo.

A medida provisória

estabelece que o órgão

será responsável por

“produzir e gerir informações

de inteligência

financeira” e para a

“prevenção e o combate

à lavagem de dinheiro”.

O órgão ainda atuará

contra o financiamento

do terrorismo e da proliferação

de armas de

destruição em massa e

promoverá a “interlocução

institucional com

órgãos e entidades nacionais,

estrangeiros e

internacionais”, segundo

a norma.

Conselho do FGTS aprova

distribuição de 100% do lucro

Antes da MP, o FGTS rendia 3% ao

ano mais a Taxa Referencial (TR)

aplicações do fundo. O

grupo também acompanhará

a execução das recomendações

dos órgãos

de controle em parceria

com o Grupo de Apoio

Permanente, formado por

consultores técnicos vinculados

às 12 entidades.

Marcelo Camargo/Agência Brasil


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Cilada

Divulgação

Repasse

Bolsa Família

começa a

pagar R$ 2,6

bilhões para

beneficiários

A Agência Municipal de

Habitação (Emha) informou

que a venda de unidades

populares é irregular

Apesar de irregular, venda

de casas populares é comum

Um morador, cuja a

identidade foi preservada,

denunciou a venda

de unidades populares

em Campo Grande. Segundo

ele, a prática é

comum e as ofertas são

diversas em sites de

compra e venda.

“A gente dá uma procurada

em sites de venda

na internet e não difícil

achar, é fácil, pessoas

que não necessitam

daquilo e pegam para

vender. Eu até liguei

para um que pediu R$ 26

mil e falou que não havia

problema, e que até o

final do ano sairia carta

de quitação”, explicou o

homem.

Um desses

vendedores

e comprovou

a gama de

ofertas. Em

uma das conversas

uma

mulher explica

como

seria o negócio:

“Sim, é no

jardim Carioca.

Eu sou

a segunda

dona, eu

tenho toda a

documentação, tudo certinho.

Falta 60 parcelas

de R$ 90 e já foram pagas

60, e é 120 meses. É casa

da Caixa da Emha, você

Nós chamamos a atenção das vítimas

para tomarem muito cuidado, porque

qualquer grande vantagem você tem

que comparecer na polícia ou na

própria Ehma para esclarecer o golpe

Enilton Zalla, delegado

vai assumir continuar

pagando”.

A Agência Municipal

de Habitação (Emha)

informou que a venda

de unidades

populares

é irregular.

“Todas as

denuncias

que chegam

até a gente

nos delegados

uma

equipe que

vai até a

unidade habitacional,

quando são

da agência

nos adotados

as

medidas de notificação

de acordo com a lei para

proceder a reintegração

de posse” disse Eneas

Netto, diretor da Emha.

A denúncias também

podem ser feitas diretamente

à polícia. “ Nós

chamamos a atenção

das vítimas para tomarem

muito cuidado,

porque qualquer grande

vantagem você tem que

comparecer na polícia

ou na própria Ehma

para esclarecer o golpe,

e se caracterizar um,

a polícia entra [...] se

a pessoa fazer contrato

de gaveta a pessoa está

cometendo estelionato,

a pessoa que comprar

vai cair numa cilada e

vai ter que devolver a

residência” comentou o

delegado, Enilton Zalla.

(Com G1MS)

Mais de 13,8 milhões

famílias começam a receber

o benefício do Bolsa

Família relativo ao mês de

agosto.

De acordo com informações

do Ministério da

Cidadania, no total, mais

de R$ 2,6 milhões estão

sendo transferidos para

as famílias pobres. O pagamento

segue até o dia

30.

Estão aptas a receber

o benefício famílias inscritas

no Cadastro Único

com uma renda mensal,

por pessoa, de até oitenta

e nove reais; ou de até

cento e setenta e oito

reais, no caso de núcleos

familiares com crianças

ou adolescentes de até

dezessete anos.

Para receber o valor

as famílias são obrigadas

a manter as crianças na

escola e a cumprir com o

calendário de vacinação.

O valor médio pago é de

R$ 188 reais e 63 centavos.

O repasse é realizado

de acordo com o Número

de Inscrição Social, o

NIS, impresso no cartão.

Aqueles que terminam

com final 1 podem sacar

no primeiro dia do pagamento.

Os com final 2, no

segundo dia e assim por

diante. Os recursos ficam

disponíveis para saque

por três meses.

Seca

Número de queimadas no Brasil aumenta

Foram 71.497 focos neste ano, contra 39.194 no ano passado

Dados do Programa de

Queimadas do Instituto

Nacional de Pesquisas indicam

que as queimadas

no Brasil aumentaram

em 82% em relação a

2018, se comparadas com

o mesmo período – janeiro

a agosto – do ano

passado.

Foram 71.497 focos

neste ano, contra 39.194

no ano passado. É a

maior alta e o maior número

registrado em sete

anos.

Os estados que apresentaram

os maiores aumentos

no número de

queimadas em comparação

com 2018 foram

Mato Grosso do Sul, com

Divulgação

uma alta de 260%, Rondônia,

com um aumento

de 198%; Pará, com 188%;

Acre, com 176%; e Rio

de Janeiro, com 173%.

O Mato Grosso é líder

no número de focos de

queimadas, com 13.641

pontos, 19% do total do

Brasil.

O estado de Rondônia

vem sofrendo com uma

sucessão de queimadas

nas últimas duas semanas.

No Pará, fazendeiros

no sudoeste do estado

anunciaram o “Dia

do Fogo” no último dia 10,

a desde então o Inpe registrou

uma grande alta

nos focos de incêndio na

região.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Segundo trimestre

Desemprego cai 11% em MS

No segundo trimestre

do ano, o desemprego

caiu 11,1% em Mato

Grosso do Sul em comparação

com o acumulado

dos primeiros três

meses de 2019. Segundo

a Pesquisa Nacional por

Amostra de Domicílios

Contínua (PNAD Contínua),

o Instituto Brasileiro

de Geografia e Estatística

(IBGE) de janeiro

a março, o estado tinha

135 mil pessoas desempregadas,

enquanto que

entre abril e junho esse

número caiu para 120 mil.

Em contra partida o

número de pessoas empregadas

cresceu 3,4%

na mesma comparação de

1,291 milhão para 1,335

milhão. Dos trabalhadores

empregados houve

um incremento de 4,2%

nas contratações do setor

privado e de 9,4% no setor

público. Por outro lado,

caiu a quantidade de pessoas

que empreendem em

6%, de 285 mil para 279

mil.

Em Mato Grosso do

Sul, a taxa de desocupação

no 2º trimestre

de 2019 foi de 8,3%, o

que representa 120 mil

pessoas desocupadas.

Referente ao trimestre

anterior, houve queda de

1,2%, o que representa a

4ª menor taxa de desocupação

do país, atrás

de Santa Catarina

(6,0%), Rondônia

(6,7%) e Rio

Grande do Sul

(8,2%).

A pesquisa

ainda apontou que

o nível de ocupação

em MS foi de 62,2%, aumento

de 2,1% em relação

ao trimestre anterior, e

manteve estabilidade

H1N1

Mato Grosso do Sul

tem 58 mortes por gripe

Em Mato Grosso do

Sul, 58 pessoas morreram

por gripe em

2019, de acordo com

boletim epidemiológico

da Secretaria Estadual

de Saúde, divulgado. A

maioria das mortes foi

registrada em Campo

Grande, com 21. Em seguida,

aparecem Três

Lagoas, com 6; Corumbá,

4; e Aquidauana, com 4.

São 1.268 notificações

registradas no estado

em 2019 e as fatalidades

por gripe no ano ultrapassam

as de 2018, com

33 e as de 2017, com 6.

As mortes são em decorrência

da Síndrome Respiratória

Aguda Grave

por Influenza, a maioria,

pelo vírus H1N1.

O vírus Influenza é dividido

em tipos, subtipos

e linhagens. Todas essas

variações correspondem

a diferenças encontradas

no material genético

do vírus. O influenza

também sofre mutações

muito frequentemente;

por isso, a vacina é atualizada

todos os anos com

novos vírus.

A Secretaria de

Saúde alerta para os

sintomas da gripe: febre,

tosse, dor de garganta,

na cabeça e nas articulações.

A orientação é, ao

apresentar esses sinais,

procurar atendimento

em ate quarenta e oito

horas para início de tratamento

adequado, principalmente

pessoas que

já tem alguma doença

crônica. (Com G1MS)

A maioria das mortes foi registrada em Campo Grande, com 21

Divulgação

Desemprego caiu

11,1% em MS

em comparação

com o acumulado

dos primeiros três

meses de 2019

em relação ao

mesmo trimestre

de 2018 com a diferença

de 1,1%.

Conforme os dados, o

setor privado do estado,

Estratégia

são 633 mil trabalhadores,

sendo que deste

total, 476 mil (75,2%)

dos empregados tinham

carteira de trabalho

assinada e 156 mil não

Em uma estratégia

conjunta, os poderes Judiciário

e Executivo planejam

implementar iniciativas

que resultem na

redução das demandas

judiciais contra o Instituto

Nacional do Seguro

Social (INSS), que supera

a casa dos 5 milhões de

processos, o equivalente

a 48% de todas as ações

em tramitação na Justiça

Federal.

Todos os dias, são

abertas novas 7 mil demandas

na Justiça, segundo

dados apresentados

por Renato Vieira,

presidente do INSS. A demanda

vem de cidadãos

em busca de reverter

decisões do órgão que

lhe negaram concessão

ou revisão de benefício

previdenciário.

Foram assinados dois

acordos entre INSS, Ministério

da Economia e

Conselho Nacional de

Justiça (CNJ): um para

o compartilhamento da

base de dados dos três

órgãos e outro para a

criação de um comitê

executivo de desjudicialização,

que contará com

representantes também

da Defensoria Pública da

União (DPU) e da Advocacia-Geral

da União

(AGU).

Uma das frentes de

atuação, de acordo com

Renato Vieira é “internalizar

na esfera administrativa

o entendimento

de decisões judiciais já

consolidadas”. Ou seja,

decisões judiciais recorrentes

devem passar a

nortear os pedidos de

benefícios, de modo a

evitar a necessidade de

se acionar a Justiça. “Em

última instância, [vamos]

parar de brigar com o

cidadão”, afirmou o presidente

do INSS.

possuia carteira assinada

(24,6%). Estes percentuais

se mantiveram

estáveis em relação ao

trimestre anterior e ao

mesmo trimestre de 2018.

Judiciário e governo buscam reduzir

milhões de ações contra o INSS

São abertas cerca de 7 mil novas demandas diariamente contra o órgão

G1 MS

José Cruz/Agência Brasil

“Quando você tem

direito, nós queremos

ser os primeiros a reconhecer

o seu direito”,

disse o advogado-geral da

União, André Mendonça.

Em outra frente, se

buscará agilizar a resolução

de conflitos com

o compartilhamento de

informações. Para isso,

uma das possibilidades,

por exemplo, será compartilhar

documentos de

modo a reduzir o número

de perícias necessárias

para aferir uma doença.

Hoje, cerca de R$ 220 milhões

por ano são gastos

somente com perícias

em processos judiciais

ligados a benefícios previdenciários.

qq

Agehab publica

lançamento

de licitação

para obras

O Governo do Estado,

por meio da Agência

de Habitação Popular

de Mato Grosso do Sul

(Agehab), lançou três

avisos de licitações para

obras no interior do Estado

e Campo Grande.

O aviso foi publicado no

Diário Oficial do Estado

(DOE).

A Agehab abriu licitação

em Tacuru para a

construção de bases do

Projeto Lote Urbanizado.

Cada base terá 42,46 m

e serão construídas no

Loteamento Hilda Durê.

O processo está marcado

para o dia 5 de setembro

deste ano, às 9h, na sede

da Agência.

Em Amambai será executada

a obra de construção

de muro de arrimo

para dez lotes no

Conjunto Habitacional

Caiuás – Etapa II. O processo

acontecerá no dia

4 de setembro, às 9h, na

sede da Agehab.

Também foi lançada

licitação para prestação

de serviços sociais especializados

no Projeto de

Trabalho Social da Aldeia

Água Bonita, em Campo

Grande. No local estão

sendo construídas 79 unidades

habitacionais por

meio do Programa Nacional

de Habitação Rural

(PNHR). O processo de

licitação acontece no dia

3 de setembro, às 9h, na

sede da Agência de Habitação.

Chico Ribeiro

Uma das licitações é para projeto

desenvolvido na Aldeia Urbana

Água Bonita


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Disponível

Caixa e BB iniciam pagamento do PIS/Pasep

Iniciou o calendário

de disponibilização dos

recursos Programa de Integração

Social (PIS) e do

Programa de Formação

do Patrimônio do Servidor

Público (Pasep). Neste

primeiro dia, os cotistas

que possuem contas na

Caixa Econômica Federal

e no Banco do Brasil terão

dinheiro depositado em

conta corrente ou em poupança.

Os demais cotistas

poderão fazer os resgates

conforme calendário divulgado

pela Caixa e

Banco do Brasil.

Essa liberação das

cotas do PIS/Pasep foi feita

por meio da Medida Provisória

889/2019, anunciada

pelo governo no início do

mês. Pela MP, também

houve liberação de saques

do Fundo de Garantia do

Tempo de Serviço (FGTS).

A liberação das cotas é

diferente do pagamento

anual do abono salarial.

Esse pagamento do calendário

2019/2020 começou

no final de julho.

No caso das cotas do

PIS/Pasep, os recursos

ficarão disponíveis para

todos os cotistas, sem limite

de idade. Diferentemente

dos saques anteriores,

agora não há prazo

final para a retirada do

dinheiro, lembrou o Ministério

da Economia.

Segundo a pasta,

as novas regras

previstas pela MP

facilitam ainda o

saque para herdeiros,

que passarão

a ter acesso

simplificado aos recursos,

sendo necessário apresentar

declaração de

consenso entre as partes

Essa liberação

das cotas do

PIS/Pasep

foi feita por

meio da Medida

Provisória

e a declaração

de que não há

outros herdeiros

conhecidos.

Têm direito ao saque

todos os cotistas da iniciativa

privada cadastrados

no PIS e servidores públicos

cadastrados no

Pasep até 4 de outubro

de 1988.

O PIS e Pasep constituem

um fundo único, cujo

saldo pode ser sacado pelo

Divulgação

trabalhador cadastrado

entre 1971 e 4 de outubro

de 1988 e que ainda não

tenha retirado o valor total

das cotas na conta individual

de participação.

Para atender aos trabalhadores

com direito a

cotas do PIS, a Caixa disponibilizou

o site http://www.

caixa.gov.br/cotaspis,

onde é possível consultar

o direito às cotas, além

de valores, cronograma e

locais mais convenientes

para o saque.

Para o participante

saber se tem direito às

cotas, basta acessar o

portal http://www.bb.com.

br/pasep. As soluções

de consulta e saque da

cota para envio de TED

também estão disponíveis

nos terminais de autoatendimento

do BB. O

cotista ainda pode obter

informações por meio da

Central de Atendimento

BB pelos telefones 4004

0001 (capitais e regiões

metropolitanas) ou

0800 729 0001 (demais

localidades).

Pesquisa

Brasil tem 45 mi de brasileiros

que não movimentam a conta

Pesquisa realizada

pelo Instituto Locomotiva

revela a existência

no Brasil de 45 mi de

desbancarizados, ou seja,

brasileiros que não movimentam

a conta bancária

há mais de seis meses

ou que optaram por não

ter conta em banco. Isso

significa que de cada

três brasileiros, um não

possui conta bancária. De

acordo com a sondagem,

esse grupo movimenta

anualmente no país mais

de R$ 800 bi.

Na avaliação do presidente

do Instituto Locomotiva,

Renato Meirelles,

a conclusão evidente do

levantamento é que o

Brasil sairia mais rápido

da crise econômica se a

bancarização crescesse.

“É muito ruim para a economia

brasileira. Ficou

definido na pesquisa que

os bancos que operam

no país ainda não falam

com uma parcela significativa

da população e que

muitas dessas pessoas

que não têm conta em

banco são empreendedores,

entre os quais ambulantes

e trabalhadores

Do total de desbancarizados, 62% moram no interior

autônomos, que precisariam

estar mais inseridos

na economia formal.

Meirelles explicou que

como essas pessoas não

têm acesso ao crédito,

precisam esperar até três

anos para juntar dinheiro

suficiente para comprar

uma geladeira, um aparelho

celular ou trocar

de televisão, por exemplo.

Se tivessem acesso ao

crédito, poderiam parcelar

essas compras de

modo a ter hoje esse

bem. Segundo ele, isso

faz a economia girar. Com

essa parcela gigantesca

de desbancarizados,

Meirelles estimou que a

economia brasileira vai

demorar ainda um tempo

para reaquecer.

Divulgação

Em geral, essas pessoas

são de baixa renda

e realizam trabalhos esporádicos,

pelos quais

preferem receber em dinheiro

vivo.

Do total de desbancarizados,

62% moram

no interior, sendo que

quase quatro em cada

dez moram no Nordeste

(39%). Meirelles explicou

que embora o Sudeste

seja a maior região do

país em nível populacional,

não reúne a maior

parcela da população

desbancarizada. “Quanto

mais no interior e mais

no Nordeste, maior é a

presença da caderneta

de fiado, ou caderneta de

crédito que teve origem

no varejo”.

Falta de pagamento

Radares são desligados

em cidades do Estado

Os radares do Parque

dos Poderes, em Campo

Grande, foram desligados.

Essa é a segunda

vez em menos de um mês

que os equipamentos

deixam de operar. E

a justificativa da empresa

que administra os

12 aparelhos do local

e de mais 17 cidades

do interior do estado,

a Perkons, é que não

recebeu o pagamento do

governo do estado.

Em Campo Grande, a

empresa diz que não tem

mais nenhuma lombada

funcionando e no interior

do estado foi criado

até um cronograma que

começou e vai até o dia

2 de setembro para os

desligamentos. No total

são 144 equipamentos.

A empresa diz que

pediu um cronograma

ao governo do estado

para saber quando os

valores seriam quitados,

mas como não recebeu

resposta começou a desligar

os equipamentos.

Essa é o segundo desligamento.

O primeiro foi

no dia 25 de julho. Naquela

época durou pouco

tempo. No dia 26 de julho

Marcos Vinicius/TV Morena

Radares do Parque dos Poderes,

na Capital estão desligados

o Departamento Estadual

de Trânsito (Detran-MS)

pagou parte da

dívida, R$ 1,4 milhão.

A Perkons afirma que

tem R$ 10,4 milhões em

atraso. Essa empresa é

a mesma que opera o

contrato com a prefeitura

de Campo Grande,

mas esse contrato está

normal. A reportagem

entrou em contato com

o Detran-MS, que informou

que a situação

está sendo analisada

pelo setor financeiro e

pelo diretor-presidente

do órgão.

Educação

Consulta

pública do

Future-se tem

mais de 55 mil

cadastrados

A consulta pública

do Future-se registrou

55.764 pessoas cadastradas,

segundo dados

divulgados pelo Mec. O

programa foi lançado no

dia 17 de julho. A consulta

pública terminaria

no dia 15 de agosto e foi

prorrogada até o dia 29

de agosto.

Segundo o secretário

de Educação Superior

do Mec, Arnaldo Lima, o

prazo foi estendido por

mais duas semanas para

que mais pessoas possam

participar. De acordo com

o Mec, o Future-se quer

promover maior autonomia

financeira em universidades

e institutos

federais, com incentivo à

captação de recursos próprios

e ao empreendedorismo.

Conforme o Ministério,

a consulta pública

serve para especialistas

e população opinarem

sobre o projeto e as contribuições

serão utilizadas

na elaboração do projeto

final que será enviado ao

Congresso Nacional.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Picaretagem

Câmara de Campo Grande

homenageia farsa do ET Bilu

Parece piada, mas infelizmente

não é! Vereadores

de Campo Grande,

na mais recente demonstração

de despreparo e

insanidade, homenagearam

Urandir Fernandes

de Oliveira, concedendo

a ele o título de cidadão

campo-grandense. O homenageado

estava na

lista do parlamentar Antônio

Cruz, do PSDB.

Nos bastidores, rola

solta a informação de que

alguém recebeu grana

alta para assegurar essa

indicação. Porém, ainda

não se sabe quem é o

beneficiário e quanto ele

teria recebido pelo serviço.

Urandir, que os políticos

do Estado insistem

em chamar de empresário,

é um lunático que

ganhou vergonhosa fama

em 2010, ao apresentar a

farsa do ET Bilu em rede

nacional.

Na ocasião, o extraterrestre

concedeu entrevista

à jornalista da TV

Record escondido atrás

de uma moita. Posteriormente,

foi descoberto

que o estranho ser era

o próprio Urandir, que

estava agachado e disfarçando

a voz.

O curioso é que essa

não é a primeira vez que

essa figura descompensada,

que não se cansa de

passar recibo de golpista,

é agraciado com homenagem

política. Tanto é

verdade que, em outubro

do ano passado, ele recebeu

título de cidadão

sul-mato-grossense em

solenidade na Assembleia

Legislativa.

O título foi concedido

pelos deputados Junior

Mochi e Paulo Siufi,

ambos do MDB e, à época,

a homenagem causou bastante

polêmica e foi muito

criticada. Ainda assim, os

vereadores resolveram insistir

no erro e reproduzir

a besteira.

O pesquisador Ademar

José Gevaerd, que é referência

internacional em

ufologia, chegou a enviar

uma nota endereçada ao

vereador Antônio Cruz e

a toda imprensa de Mato

Grosso do Sul.

Na carta, o pesquisador

Gevaerd faz duras críticas

à atitude do parlamentar,

além de demonstrar total

insatisfação e indignação

a essa homenagem. Ele

relembrou ainda que,

após concederem o título,

Junior Mochi e Paulo Siufi

admitiram que sequer

tinham conhecimento

de quem realmente era

Urandir.

Com relação ao assunto,

o ufólogo alertou

o vereador Antônio Cruz.

“Bem, o senhor não terá

direito a este mesmo tipo

de afirmação, ou desculpa,

posterior quando

a imprensa e a população

de Campo Grande, além

da Comunidade Ufológica

Brasileira, lhe fizerem a

mesma justa cobrança.

Porque o senhor teve o

exemplo a ser seguido,

de cautela e precaução,

e se continuar em frente

com seu plano arruinará a

imagem do político probo

que sempre levantou e da

cidade que há tantos anos

o mantém em seu posto”.

Pressionado a dar explicações,

Antônio Cruz

justificou que apenas

cedeu uma de suas três

vagas para o colega parlamentar

Wilson Sami

(MDB) que, por sua vez,

disse que atendeu ao pedido

de um amigo e que

não vê problema algum

em homenagear Urandir.

É um tanto quanto estranho

um parlamentar

não considerar inapropriado

conceder homenagem

a uma pessoa que

já teve diversos problemas

com a polícia em razão

da suspeita de prática

de curandeirismo, charlatanismo,

estelionato e

falsidade ideológica. Pela

lógica, em breve a Câmara

homenageará também

traficantes, assaltantes,

assassinos e estupradores.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Consequência

Trabalhador será ainda

mais prejudicado com a

Reforma da Previdência

Um dos assuntos mais

debatidos no cenário político

nacional, sem dúvida,

é a Reforma da Previdência

Social. Várias são

as sugestões de mudança,

mas as principais delas

são bem preocupantes,

quais, sejam: o aumento

no tempo de contribuição

e o aumento da idade mínima

para concessão da

aposentadoria.

O resultado disso é

bem previsível e preocupante,

já que aumentará

ainda mais o número de

pessoas que continuarão

no trabalho, mesmo sem

condições para isso, simplesmente

porque precisam

alcançar o tempo

de contribuição e a idade

mínima para então conseguirem

a tão esperada,

merecida e sonhada aposentadoria.

Também não há dúvidasde

que aumentará

o número de pedidos de

afastamento do trabalho

por incapacidade.

É óbvio que, sem perspectiva

de se aposentar,

muitos trabalhadores

não irão querer passar

o resto de suas vidas se

sacrificando no trabalho,

até mesmo porque não

terão mais condições físicas

e nem psicológicas

para isso.

A opção dessas pessoas

será comprovar a

incapacidade e requerer

a concessão de benefício.

Pode-se dizer até que essa

alternativa será muito utilizada

como espécie de

antecipação forçada da

aposentadoria.

É possível garantir,

com toda a certeza, de que

incontáveis serão os pedidos

de auxílio-doença,

aposentadoria por invalidez

e auxílio-acidente.

A consequência disso é

que as perícias realizadas

no Instituto Nacional do

Seguro Social (INSS), por

exemplo, ficarão cada vez

mais rígidas e criteriosas,

já que o intuito será conceder

o menor número de

pedidos possível.

Tudo indica que o texto

final da Reforma da Previdência

não demora para

ser aprovado. O grande

problema é que, se não

for alterada, a proposta

simplesmente prejudicará

todas as classes de contribuintes.

Ocorre que o novo sistema

previdenciário brasileiro

irá tirar privilégios

concedidos a quem se beneficia

de maneira gloriosa,

uma vez que já são

pessoas abastadas e não

precisam de tais regalias.

Por outro lado, o

mesmo sistema previdenciário

dificultará ainda

mais a vida de quem realmente

precisa do bene-

fício da aposentadoria. O

novo texto não favorece

em absolutamente nada

os trabalhadores mais

carentes de recursos financeiros.

A bem da verdade, a

proposta tem como finalidade

beneficiar apenas

o próprio poder público

porque o trabalhador terá

que enfrentar muitos obstáculos

para quem sabe,

conseguir se aposentar.

Nota-se que estamos

diante de um retrocesso,

aliás, um retrocesso com

grande poder de prejuízo.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www. consumidornews.com.br

Alerta

Álcool e direção:

ainda falta

conscientização

Equipes do Batalhão

da Polícia Militar de

Trânsito (BPTran) têm

intensificado o trabalho

de fiscalização nas ruas

de Campo Grande para

coibir infrações, retirar

de circulação os veículos

em situação irregular,

mas, principalmente, flagrar

condutores que estejam

dirigindo sob efeito

de álcool.

No último final de semana,

por exemplo, os

policiais fizeram blitz na

Rua Brilhante, ocasião

em que flagraram 35 motoristas

embriagados. A

operação começou na

noite de 16 de agosto e

terminou na madrugada

de sábado, 17, e contou

com apoio de agentes

do Departamento Estadual

de Trânsito de Mato

Grosso do Sul (Detran/

MS).

Segundo informações

do tenente-coronel

Franco Alan, foram aplicados

135 testes de bafômetro

e 68 autos de

infração de trânsito por

irregularidades diversas.

Ao todo, 22 motoristas se

recusaram a fazer o teste

e, das 100 abordagens,

nove condutores não tinham

Carteira Nacional

de Habilitação (CNH) e

29 habilitações foram

recolhidas. As equipes

registraram ainda 11 veículos

com licenciamento

vencido.

Em continuidade no

trabalho voltado a garantia

da aplicação da

Lei Seca, policiais militares

prenderam outros

dois condutores embriagados.

Os dois casos

aconteceram na Rua Euclides

da Cunha, região

central da Capital.

No primeiro deles, policiais

flagraram o motorista

de um veículo Fox

passando em cruzamento

com o sinal vermelho. No

segundo caso, condutor,

sem habilitação, e passageiro

bebiam no interior

de um veículo Saveiro.

Ousada, a dupla não quis

sequer se identificar e

até ofendeu a equipe de

plantão.

Em um mundo ideal, o

correto seria que as pessoas

já tivessem a plena

consciência de não associar

bebida alcoólica e

Os condutores precisam se

conscientizar e tomar a atitude de

sair de carona, transporte público

ou pago sempre que souber que irá

ingerir bebida alcoólica

direção de veículos, seja

carro ou moto, o que é

ainda mais perigoso.

Infelizmente, estamos

muito distantes deste

mundo ideal. E, sendo

assim, é extremamente

importante que o poder

público faça não apenas o

trabalho educativo e preventivo,

mas o repressivo

também.

Os condutores precisam

se conscientizar

e tomar a atitude de sair

de carona, transporte público

ou pago sempre que

souber que irá ingerir bebida

alcoólica. A questão

é séria e não coloca em

risco apenas a vida de

quem dirige bêbado, mas

também a de quem compartilha

o mesmo espaço

no trânsito e ocupa o

passeio público nas calçadas.

É triste, mas enquanto

os condutores não mudarem

o comportamento

no trânsito e pararem de

unir bebida e direção, o

poder público terá que

intensificar as ações de

repressão.

Inclusive, a expectativa

é de que cada condutor

flagrado alcoolizado

não repita mais a

cena reprovável, já que as

consequências danosas

de ir preso, pagar fiança

e multa lhe servirão de

ensinamento. Amargo,

mas ainda assim, um

grande ensinamento.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Trânsito

Bolsonaro manda suspender uso

de radares nas rodovias federais

O presidente da República,

Jair Bolsonaro

(PSL), determinou a

suspensão do uso de radares

estáticos, móveis

e portáteis nas rodovias

federais até que o Ministério

da Infraestrutura

“conclua a reavaliação

da regulamentação dos

procedimentos de fiscalização

eletrônica de velocidade

em vias públicas”.

A medida não atinge os

radares fixos.

A decisão foi publicada

no Diário Oficial da

União. De acordo com o

texto, a medida tem como

objetivo “evitar o desvirtuamento

do caráter

pedagógico e a utilização

meramente arrecadatória

dos instrumentos e

equipamentos medidores

de velocidade”.

No texto, o presidente

determina que o Ministério

da Infraestrutura

faça a reavaliação da regulamentação

dos procedimentos

de fiscalização

Saúde

O projeto de lei que responsabiliza

o agressor de

violência doméstica ressarcir

o Sistema Único

de Saúde (SUS) pelos

custos médicos e hospitalares

de atendimento à

vítima foi aprovado pelo

plenário da Câmara dos

Deputados.

O texto sofreu alterações

durante a votação

no Senado. Por isso, teve

que voltar para nova

apreciação dos deputados,

que rejeitaram as

mudanças feitas pelos

senadores.

Umas das emendas

rejeitadas previa que o

ressarcimento ao SUS

só ocorreria após o

processo trânsitar em

julgado na instância

criminal. A relatora, deputada

Rose Modesto

(PSDB-MS), entendeu

eletrônica de velocidade

em vias públicas, especialmente

com relação

ao uso de equipamentos

estáticos, móveis e portáteis.

Em seguida, em outro

despacho, o presidente

determinou que o Ministério

da Justiça e Segurança

Pública faça a

revisão de atos normativos

internos que dispõem

sobre a atividade

de fiscalização eletrônica

de velocidade em rodovias

e estradas

federais pela Polícia

Rodoviária

Federal.

Radar fixo

Bolsonaro

afirmou que não

determinou o fim dos

radares fixos porque

os equipamentos fazem

parte de contratos em

vigor com empresas.

“O radar fixo não está

nessa relação, o fixo não

está porque tem contrato.

Não posso mexer, não

Projeto que obriga

agressor a ressarcir SUS

é aprovado na Câmara

Deputada Rose Modesto

que isso causaria uma

demora grande entre o

fato e o ressarcimento.

Nos casos como os de

uso do abrigo pelas vítimas

e de dispositivos

de monitoramento, os

custos serão também ressarcidos

pelo agressor.

O texto prevê ainda que

os bens da vítima de

violência doméstica não

podem ser usados pelo

agressor para o pagamento

dos custos.

Bolsonaro

determinou a

suspensão do uso de

radares estáticos,

móveis e portáteis nas

rodovias federais

Divulgação

vamos alterar Projeto que “O obriga importante agressor a ressarcir é que

contrato”, SUS de-

é aprovado a pessoa, acho que uma

juíza que deu essa liminar,

dissesse onde

eu vou tirar R$ 1 bilhão

para instalar 8 mil pardais

no Brasil. Com R$ 1

bilhão na mão, o Tarcísio

(Freitas, ministro da Infraestrutura)

asfalta, vou

chutar, duplica 300 quilômetros

de rodovias.”

clarou.

O presidente criticou

uma decisão da Justiça

Federal em Brasília que

proibiu a retirada de radares

eletrônicos e determinou

a renovação dos

contratos com empresas

que fornecem os equipamentos.

A Caixa Econômica

Federal anunciou uma

nova modalidade de

crédito imobiliário que

usará o Índice de Preços

ao Consumidor Amplo

(IPCA), a inflação oficial

do país, como composição

para os juros. O

IPCA será acrescido de

taxas, dependendo do relacionamento

do cliente

com a instituição. Segundo

o presidente do

banco estatal, Pedro

Guimarães, será possível

baixar entre 30% e 50%

o valor inicial de uma

prestação imobiliária.

As mudanças valem

para o SFH (Sistema Financeiro

de Habitação),

para imóveis até 1,5

milhão de reais e que

permite o uso do FGTS

(Fundo de Garantia

do Tempo de Serviço),

e para o SFI (Sistema

Financeiro Imobiliário),

para aqueles acima

desse valor e sem a

possibilidade de usar o

Fundo.

O financiamento funcionará

de modo semelhante

do que acontece

atualmente: o saldo devedor

será atualizado

pelo IPCA, a exemplo

do que ocorre com a TR,

hoje zerada. O índice de

inflação dos últimos 12

meses está em 3,22%.

A expectativa do mercado

financeiro para o

indicador é de 3,71% ao

final deste ano, segundo

o Boletim Focus.

As taxas da nova linha

variam do IPCA mais

2,95% ao ano, oferecida

a clientes com bom relacionamento

com o banco,

enquanto a máxima ficará

em IPCA mais 4,95%

ao ano. Hoje, o banco

Daniel Teixeira/Estadão

Bolsonaro já tinha manifestado

sua intenção

de acabar com os radares

móveis no País que,

segundo ele, funcionam

como uma “pegadinha”,

“um caça-níquel”. Ele

já tinha antecipado que

iria suspender os radares

móveis até que haja o entendimento

melhor sobre

o que deve ser utilizado.

Imobiliário

Caixa lança linha de crédito com

juros de 2,95% mais inflação

Daniel Teixeira/AE/VEJA

Caixa oferecerá mais uma opção

de linha de crédito

cobra juros de 8,5% a

9,75% ao ano mais TR

nas principais linhas de

crédito. Os contratos poderão

ter prazo de até

360 meses e valor máximo

financiado de 80%.

O presidente Jair

Bolsonaro, celebrou a

medida e ressaltou o

possível barateamento

dos juros e ressaltou a

iniciativa da Caixa.

“Caixa-preta”

“Bolsa jatinho”

do BNDES

antecipa

a disputa

presidencial

O objetivo do presidente

Jair Bolsonaro ao

abrir a chamada “caixa-

-preta do BNDES” sempre

foi expor a relação de

governos petistas com

ditaduras estrangeiras e

empresários corruptos.

Mas a divulgação da

lista de beneficiários de

uma linha de crédito do

banco para compra de

aeronaves da Embraer – a

“bolsa jatinho” – parece

ter servido a outro propósito

que não foi a simples

transparência.

A lista do Banco Nacional

de Desenvolvimento

Econômico e Social

antecipou a corrida

presidencial ao trazer à

tona os nomes do governador

paulista João Doria

(PSDB) e do apresentador

de TV Luciano Huck – potenciais

adversários de

Bolsonaro no campo da

centro-direita em 2022. A

relação, divulgada, inclui

ainda celebridades como

os músicos Victor e Léo e

Cláudia Leitte, o empresário

Flávio Rocha e até

mesmo banqueiros. Todos

compraram jatinhos com

juros subsidiados pelo

BNDES, um banco público,

entre 2009 e 2014.

Pouco dias antes,

Bolsonaro já havia marcado

posição ao criticar

explicitamente Huck. O

presidente declarou que

o apresentador, por ter

se beneficiado do crédito

do BNDES, fez “parte do

caos”, numa referência a

uma declaração de Huck,

que disse considerar Bolsonaro

“o último capítulo

do caos” da política brasileira.

Agência Brasil

Objetivo de Bolsonaro ao abrir a

chamada “caixa-preta do BNDES”


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Menores de 1 ano

Saúde recomenda dose

extra contra o sarampo

O Ministério da Saúde

passou a recomendar a

vacinação contra o sarampo

em crianças com

idade entre 6 meses e

11 meses e 29 dias para

combater a disseminação

do vírus no país. Nessa

faixa etária, segundo a

pasta, será ofertada uma

dose complementar, chamada

de dose zero, como

já acontece em campanhas

como a de combate

à poliomielite.

A orientação foi

apresentada em

Brasília.

Entre 19 de

maio e 10 de agosto

deste ano, foram confirmados

1.680 casos de

sarampo no Brasil, além

de 7,5 mil casos em investigação.

No período, de

acordo com o ministério,

não houve mortes confirmadas

decorrentes da

enfermidade.

Após um surto envolvendo

estados da Região

Norte no início do ano,

um novo surto foi registrado

no estado de São

Paulo, que concentra, atualmente,

1.662 casos em

74 municípios – 98,5%

do total de casos. Em

seguida aparecem Rio de

Janeiro, com seis casos, e

Pernambuco, com quatro.

Obras

O governo federal poderá

usar o modelo de

parcerias público-privadas

(PPP) para destravar

a construção de

creches municipais. A

decisão pode ser tomada

na próxima reunião do

Conselho do Programa

de Parcerias de Investimentos

(PPI), do qual

fazem parte o presidente

da República, sete ministros

de Estados e três

presidentes de bancos federais.

A possibilidade de

apoio federal à construção

de creches foi

tratada pela secretária

Na faixa etária

de menores de

um ano, será

ofertada uma dose

complementar

Com um caso

estão Goiás, Paraná,

Maranhão, Rio

Grande do Norte, Espírito

Santo, Bahia, Sergipe e

Piauí.

A recomendação da

vacinação adicional de

crianças com idade entre

6 meses e 11 meses e 29

dias se deve ao fato deste

ser o público com maior

potencial de contágio. O

coeficiente de incidência

em bebês de até 1 ano é

de 38,28 casos para cada

grupo de 100 mil, enquanto

a média de todas

as faixas etárias ficou

em 4,12. Normalmente, a

imunização acontece por

meio de duas doses, aos

12 meses e aos 15 meses

especial do PPI, Martha

Seillier.

“O grande motivo para

fazer isso é que temos

no governo federal um

grande passivo de obras

inacabadas, ainda do PAC

[Programa de Aceleração

do Crescimento], para

creches”, explicou Seillier

durante o programa.

Segundo ela, “são milhares

de creches que

iniciaram obras e não

concluíram, e hoje o governo

federal tem pouquíssimas

chances de terminar

todas essas obras.

Mesmo que terminasse,

os municípios têm baixa

de vida.

“Temos observado uma

incidência elevada em menores

de 1 ano. É fundamental

estabelecermos

estratégia diferenciada

para essa faixa etária,

olhar para as crianças

menores de 1 ano com especial

atenção”, declarou

o secretário de vigilância

em Saúde, Wanderson de

Oliveira.

Jovens adultos

Além dos bebês, outro

público que preocupa o

ministério é o de jovens

adultos. A pasta destacou

a necessidade de pessoas

de 20 a 29 anos regularizarem

a vacinação contra

o sarampo – o grupo tem

coeficiente de incidência

capacidade de trazer professores

e equipar esses

empreendimentos”.

“A gente está vislumbrando

a possibilidade de

fazer a PPP das creches

para que um parceiro privado

finalize essas obras e

equipe as creches para entrarem

em funcionamento.

E parte dessas vagas venham

a ser compradas

pelo governo com voucher

ou vale-creche, que seria

a contraprestação pelos

investimentos feitos pela

iniciativa privada”, detalhou

a secretária sobre

como poderiam funcionar

as parcerias.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

de 9 casos para cada

grupo de 100 mil, mais

que o dobro da média nacional.

A orientação vale

especialmente para São

Paulo, estado com muitos

casos e alta densidade

populacional.

De acordo com o ministério,

pela rotina de

imunização estabelecida,

pessoas com até 29 anos

devem já ter recebido

duas doses contra o sarampo.

Já quem tem entre

30 e 49 anos deve ter

tomado pelo menos uma

dose. O secretário ponderou,

contudo, que não

há necessidade de corrida

aos postos de saúde e que

a regularização pode ser

feita tranquilamente.

PPP podem destravar construção de creches

Valter Campanato/Agência Brasil

Secretária do PPI, Martha Seillier

Contato

Donald Trump e Maduro

confirmam conversações

entre os dois países

O presidente da Venezuela,

Nicolás Maduro,

admitiu a existência de

contatos entre membros

de seu governo e altos

funcionários de Washington,

confirmando

declarações dadas antes

pelo presidente norte-

-americano, Donald

Trump.

Trump havia dito

ontem a repórteres que

seu governo mantém

contato com “vários representantes

da Venezuela”,

mas se recusou

a confirmar se a Casa

Branca estaria conversando

com Diosdado

Cabello, o presidente

da Assembleia Nacional

Constituinte venezuelana,

considerado o

segundo político mais

poderoso do país depois

de Maduro.

O presidente se negou

a citar nomes, mas disse

que as conversações

ocorrem “em nível muito

alto”. Oficialmente, os

EUA não reconhecem o

governo de Maduro, alvo

Economia

O ministro da Economia,

Paulo Guedes,

disse que o governo deverá

anunciar, 17 empresas

públicas que

serão incluídas na lista

de privatização até o

final do ano. Guedes não

adiantou o nome das empresas,

mas disse que

o governo vai acelerar

ainda mais as privatizações

“As coisas estão acontecendo

devagarzinho,

vai uma BR Distribuidora

aqui, daqui a pouco

vem uma Eletrobras,

uma Telebras, daqui a

pouco vem também os

Correios, está tudo na

lista. Vai ser anunciado

umas 17 empresas só

para completar o ano.

Ano que vem tem mais”,

disse o ministro em um

evento do jornal Valor

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Presidente Nicolás Maduro

de pesadas sanções econômicas

impostas por

Washington, e apoiam o

autoproclamado presidente

interino e líder da

oposição, Juan Guaidó.

“Confirmo que há

meses existem contatos

de altos funcionários do

governo dos EUA, de

Donald Trump, e do governo

bolivariano que

presido, sob minha autorização

expressa, direta,

vários contatos, vários

meios, para tentar

regular esse conflito”,

disse Maduro em discurso

em rede nacional.

Paulo Guedes: governo

vai acelerar privatizações

até final deste ano

Ministro Paulo Guedes

Divulgação

Econômico, na capital

paulista.

Guedes disse que

o governo atingiu, em

agosto, a meta de arrecadação

de recursos

com privatizações, de

R$ 80 bilhões, estipulada

para todo o ano de

2019. “Na privatização

nós vamos acelerar. E

nós achamos que vamos

surpreender”, disse.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

120 anos

Campo Grande: cidade d

Eduardo Costa reconheceu o bom trabalho feito pela gestão pública em Campo Grande e diss

sobre a limpeza da cidade, sobre a educação dos motoristas que não jogam lixo

A administração do prefeito

Marquinhos Tradé a grande

responsável pela transformação

de Campo Grande. Tanto

é verdade que o progresso, a

beleza e o encantamento da capital

sul-mato-grossense foram

publicamente reconhecidos por

um ilustre visitante: o cantor

sertanejo Eduardo Costa, que

falou aos seus fãs sobre sua

admiração pela Cidade Morena.

Recentemente, o cantor esteve

em Campo Grande para

a realização de um show e,

enquanto passeava ao longo

daAvenida Afonso Pena, aproveitou

que estava de carona e

gravou um vídeo falando sobre

a cidade.

Eduardo Costa reconheceu o

bom trabalho feito pela gestão

pública em Campo Grande e

disse que as prefeituras de

outras capitais brasileiras deveriam

seguir o exemplo.

Que educação desse povo.

Não tem nem lixo na rua. Nem

parece que estamos no Brasil.

Essa cidade é um exemplo

para todo País. Para o País

não, para todo o mundo

Eduardo Costa, cantor

O cantor falou sobre a limpeza

da cidade, sobre a educação

dos motoristas que não

jogam lixo pela janela do carro

e que dão seta para sinalizar

suas manobras no trânsito.

“Que educação desse povo.

Não tem nem lixo na rua. Nem

parece que estamos no Brasil.

Essa cidade é um exemplo para

todo País. Para o País não, para

todo o mundo”, garantiu Eduardo

Costa durante a gravação

do vídeo publicado em suas

redes sociais.

O artista destacou a beleza

de Campo Grande: “estou impressionado

e todas as vezes

que eu venho eu me impressiono

mais com a beleza dessa

cidade, com o cuidado, o tanto

que a cidade é cuidadosa e com

o cuidado da população com a

cidade. Que coisa impressionante!”

Em outro trecho do vídeo,

Eduardo Costa compara as capitais

brasileiras. ”a gente vai

pra tudo quanto é lado, várias

capitais do Brasil e com todo

respeito às outras capitais, mas

não existe capital bonita e bem

cuidada como Campo Grande.

Que maravilha! Parabéns ao

povo sul-mato-grossense”.

“Campo Grande é uma referência.

Com todo respeito às

outras capitais, não existe uma

capital mais organizada, mais

arrumadinha, mais top, mais

limpa, mais ajeitada do que

Campo Grande”, mencionou.

O artista falou observou até

mesmo na estrutura dos pontos

de ônibus: “os pontos de ônibus

todos arrumadinhos. Tem cidade

que o cara vai lá e picha o

ponto do ônibus, quebra e própria

família do cara vai ter que

estar ali e o cara não dá valor.

Aqui você não vê uma pichação.

Os muros são todos branquinho,

não tem uma pichação, não tem

um grafite”.

Eduardo Costa finalizou o

vídeo falando da educação e do

prazer do campo-grandense em

receber as pessoas e que na sua

opinião, hoje, Campo Grande é

uma cidade modelo.

O vídeo foi publicado nas

redes sociais do cantor e foi

visualizado e comentado por

boa parte da legião de fãs do

artista.

O que o cantor Eduardo

Costa descreve no vídeo não

é nada mais do que a pura realidade

e atualidade. De fato,

Campo Grande hoje pode ser


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.jornaloconsumidor.com.br

e encontros e encantos!

e que as prefeituras de outras capitais brasileiras deveriam seguir o exemplo. O cantor falou

pela janela do carro e que dão seta para sinalizar suas manobras no trânsito.

considerada uma cidade modelo

para todo o Brasil, todavia,

ela nem sempre foi assim tão

encantadora.

Quando assumiu o cargo

de prefeito, Marquinhos Trad

se deparou com uma cidade

abandonada, jogada à traças

e completamente malcuidada.

À época, o gestor público

encontrouuma prefeitura sem

poder de administração, sem

controle e sem qualquer domínio

sobre o que acontecia nas

próprias secretarias.

Foi somente depois de muita

luta, muito trabalho e organização

que o prefeito conseguiu

colocar a casa em ordem e,

finalmente, teve condições de

administrar a Capital e colocá-

-la no eixo.

Depois de escolher a dedo

o seu secretariado e alinhar a

administração ao seu perfil de

bom gestor, Marquinhos Trad

então teve perfeitas condições

de investir na infraestrutura da

cidade. E, foi através desse investimento

que Campo Grande

se transformou e se transforma

a cada dia que passa.

Se não só o cantor Eduardo

Costa como todos os turistas

que passam pela Cidade Morena

e os próprios moradores

podem desfrutar de um lugar

limpo, arborizado, aconchegante,

simpático, bonito e acolhedor

é porque Marquinhos

Trad e sua equipe trabalharam

duro para proporcionar uma

bela cidade à população.

Os 120 de Campo Grande

hoje podem bem comemorados

porque, de fato, o povo tem

motivos de sobra para festejar

e celebrar. O abandono e o

esquecimento são coisas do

passado e o tempo agora é de

progresso, de avanço e de desenvolvimento.

Afinal de contas, a população

conta com o imenso prazer de

viver na cidade que é modelo

para todo o Brasil, na cidade

que canta e encanta àqueles

que passam por aqui, na cidade

que atrai novos investidores,

novos moradores e grandes admiradores,

dentre eles: o sertanejo

Eduardo Costa.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Chiquinho Telles

Curso gratuito de Saboaria Artesanal supera

expectativas no Nova Jerusalém e José Maksoud

Depois do curso de

picles, realizado com

grande sucesso no Nova

Jerusalém, o curso gratuito

de saboaria artesanal

também superou

expectativas com a participação

de 40 alunos. As

ações sociais são frutos

do projeto social do líder

do prefeito na Câmara

Municipal, vereador Chiquinho

Telles (PSD), voltado

à qualificação profissional

principalmente das

pessoas de baixo poder

aquisitivo, empoderando-

-as para a geração de

renda.

O presidente da Associação

de Amigos do Nova

Jerusalém, Neto Almeida,

declarou-se feliz com o interesse

que a comunidade

tem demonstrado pelos

cursos que o Parlamentar

oferece ao bairro. “Chiquinho

Telles é um grande

parceiro. Nosso bairro

além de ser beneficiado

com cursos profissionalizantes,

recebe também

importantes melhorias, o

que tem garantido mais

qualidade de vida aos moradores”,

disse.

A aluna Mara Marília

informou que já fazia

sabão caseiro, e procurou

o curso de saboaria artesanal

com objetivo de

aprender as técnicas

corretas para fabricar os

produtos com objetivo de

vender. Ela comentou que

“estou muito feliz, pois

aprendi mais, melhorei

meus conhecimentos.

Eu já faço artesanato,

e agora, vou aumentar

minha renda com os produtos

que aprendi fazer

com esse curso”.

Mara ficou

alegre também

com economia

que vai fazer em

sua casa, pois os

produtos de limpeza

e higiene pessoal

são muito caros. “Essa

iniciativa do vereador é

muito importante para a

comunidade, ajudando em

especial as mães que não

podem deixar seus filhos

sozinhos para trabalhar

fora. Elas agora vão poder

trabalhar em casa e garantir

uma renda extra”,

observou.

Rosimeire Fernandes

Brito, por sua vez, contou

que está desempregada

e viu no curso a chance

de começar um negócio

As ações sociais

são frutos do

projeto social

do vereador

Chiquinho Telles

próprio. “Os

produtos que

aprendemos a fazer

aqui são muito caros se

comprados em supermercados.

Eu agradeço ao

Vereador por se lembrar

da gente, porque nosso

bairro é carente de oportunidades

como essa”.

José Maksoud, outro

bairro beneficiado

Por meio da parceria

com o Clube de Mães

Amiga de Sempre, o bairro

José Maksoud já recebeu

os cursos de picles e saboaria

artesanal, ambos

oferecidos gratuitamente

pelo projeto social do vereador

Chiquinho Telles.

A presidente da entidade,

Luci Freitas, reconheceu

que o apoio do

Fotos: Assessoria

Parlamentar tem sido

fundamental para a realização

de ações a favor

da comunidade, além de

benfeitorias que já mudaram

o visual do bairro

Informe publicitário

para melhor, com limpeza

de área pública e pintura

de meio-fio. “Agradecemos

muito a parceria

com Chiquinho Telles, que

tem atendido nossas reivindicações

com rapidez”,

afirmou.

A vice-presidente do

Clube de Mães, Claudia

Bezerra, enalteceu que

o trabalho social desenvolvimento

pelo vereador

“é maravilhoso. Só temos

a agradecer essa chance

que Chiquinho Telles está

nos dando. José Maksoud

precisava desse sorriso”.

As ações promovidas

no José Maksoud foram

bastante procuradas

pelos moradores, com

uma média de 40 alunos

por curso.

Para Chiquinho Telles,

tem sido gratificante

ver os resultados que os

cursos de qualificação

profissional têm alcançado,

pois “realmente

fazem a diferença na vida

de muitos homens e mulheres,

que só estavam

precisando de uma porta

aberta, saindo muitas

vezes da condição de desempregados,

para se tornarem

empreendedores”.

Pela segunda vez

População elege Coronel David como o deputado mais atuante

Mais um Instituto de

Pesquisa confirmou que a

população de Mato Grosso

do Sul está cada vez mais

satisfeita e confiante no

trabalho desenvolvido

pelo deputado estadual

Coronel David (PSL), na

Assembleia Legislativa de

Mato Grosso do Sul.

Segundo dados da

pesquisa estimulada do

Instituto (Ranking Comunicação

& Pesquisa), sobre

a avaliação política entre

os 10 deputados estaduais

mais atuantes da Assembleia

Legislativa de MS,

Coronel David aparece em

1º (primeiro lugar) com

9,08%. Em julho, o Instituto

IBP (Instituto Brasileiro

de Pesquisa) também

Coronel David aparece em 1º em avaliação popular com 9,08%

realizou uma pesquisa

estimulada sobre a avaliação

política entre os deputados

estaduais da Casa

de Leis, com 1.500 entrevistados

em 15 municípios

de MS, onde Coronel David

conquistou o 1º (primeiro

lugar) com 15,13%, diante

dos demais parlamentares

como o deputado mais atuante

da Assembleia Legislativa

de MS.

“Só agradeço à nossa

população por mais esse

voto de confiança em meu

trabalho. Esses dados representam

o resultado

de um trabalho sério e

comprometido com o Estado.

Vamos continuar

buscando investimentos

para garantir mais segurança

pública, saúde,

educação e outras melhorias

ao nosso Mato Grosso

do Sul”, frisou Coronel

David.

Assessoria

Voz do povo

A pesquisa do Instituto

Ranking foi realizada

entre os dias 11 e 21 de

agosto de 2019, em 20 municípios

do MS com 2.400

entrevistados na faixa

etária de 16 anos ou mais,

nas cidades de Campo

Grande, Dourados, Três

Lagoas, Corumbá, Ponta

Porã, Naviraí, Nova Andradina,

Aquidauana, Sidrolândia,

Paranaíba, Maracaju,

Coxim, Amambai,

Rio Brilhante, Caarapó,

Costa Rica, São Gabriel do

Oeste, Miranda, Ivinhema

e Aparecida do Tabuado.

Deputado atuante

Deputado estadual

pelo partido do Presidente

da República, Jair

Bolsonaro (PSL), Coronel

David foi eleito em 2018

com 45.903 votos. Além

de atuar na fiscalização

dos atos do Executivo

Estadual, criar leis relevantes

à sociedade, o

parlamentar desempenha

diversas funções importantes,

entre elas a de

Presidente da Comissão

de Segurança Pública

e Defesa Social, Vice-

-presidente da Comissão

de Defesa dos Direitos

da Mulher e Combate à

Violência Doméstica e

Familiar, Membro da Comissão

de Educação, Cultura,

Desporto, Ciência e

Tecnologia, Coordenador

da Frente Parlamentar

de Segurança Pública de

Fronteira e Sistema Penitenciário

(FPSPFP) e

Membro da Frente Parlamentar

em Defesa dos

Direitos da Pessoa Idosa.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Cautela

Senado resiste a nome de Eduardo

Bolsonaro para embaixada dos EUA

Levantamento feito explica

a cautela com que o

presidente Jair Bolsonaro

tem tratado a indicação

do filho Eduardo para a

embaixada do Brasil em

Washington. Hoje, ele não

teria o mínimo de 41 votos

no plenário do Senado

para ser aprovado para o

comando da representação

diplomática

mais importante

do País no exterior.

Dos 81 senadores,

30 responderam

que pretendem

votar contra

o nome do “filho 03” do

presidente, ante 15 que

disseram ser a favor.

Outros 35 não quiseram

responder (28) ou se colocaram

como indecisos (7).

Sem votos certos, Bolsonaro

afirmou na semana

passada que só irá oficializar

a escolha quando

Eduardo “sentir” que tem

o apoio majoritário dos

senadores.

Pelas regras em vigor,

primeiro Eduardo terá de

Eduardo

Bolsonaro

tem visitado os

gabinetes de

senadores atrás

de apoio

ser sabatinado

na Comissão de

Relações Exteriores

da Casa. Depois, seu nome

precisa passar por uma

votação secreta no colegiado,

seguida de outra

votação, também secreta,

no plenário do Senado. O

presidente da Casa, Davi

Alcolumbre (DEM-AP) –

que tem trabalhado pela

aprovação do deputado –

não vota.

Maior bancada do Senado,

com 13 parlamentares,

o MDB engrossa a

rejeição à indicação de

Eduardo. Seis senadores

disseram ser contrários

à iniciativa do presidente.

Entre os críticos da medida,

estão caciques do

partido como Renan Calheiros

(AL) e Jarbas Vasconcelos

(PE). “Sou contra

o nepotismo. Sempre fui

contra esse tipo de prática

na minha vida inteira. Não

vou mudar agora”, disse

Vasconcelos. A rejeição

dos emedebistas é igual,

em número de votos, à do

PT. Toda a bancada petista

diz que vai votar contra a

indicação.

Dida Sampaio/Estadão

Para tentar quebrar resistências,

Eduardo – que

é presidente da Comissão

de Relações Exteriores da

Câmara – iniciou um périplo

pelos gabinetes atrás

de apoio dos senadores. O

deputado afirmou estar

“esperançoso”, enquanto

Bolsonaro tem dado declarações

frequentes em

defesa do filho. “Pretendo

beneficiar filho meu, sim.

Se eu puder dar um filé

mignon ‘pro’ meu filho,

eu dou”, disse ele, no mês

passado, em transmissão

em rede social.

Proposta

Redução da maioridade

penal está prestes a avançar

Relator da proposta

de emenda à Constituição

(PEC) que reduz

a maioridade penal, o

senador Marcelo Castro

(MDB-PI) deve manter

o texto aprovado em

2015 pela Câmara dos

Deputados. De acordo

com a proposta, adolescentes

entre 16 e 18

anos responderão pelos

crimes de homicídio doloso

(com intenção de

matar), lesão corporal

seguida de morte e pelos

delitos considerados hediondos,

como estupro e

latrocínio.

Castro está finalizando

o parecer da PEC

115/2015, que aguarda

votação na Comissão de

Constituição e Justiça

(CCJ) do Senado. Se

aprovada no colegiado,

a proposta segue para

o plenário, onde precisa

de 49 senadores, em dois

turnos.

Se for mantido o texto

aprovado pelos deputados,

a tramitação é

mais rápida. “Estou levando

em consideração

que se nós aprovarmos

como veio da Câmara,

essa PEC já poderá

ser promulgada e entrar

em vigor. Isso pesa

na hora da decisão”,

afirmou Castro ao Huff-

Post Brasil. “Não quero

adiantar meu voto, mas

está muito forte essa

tendência”, completou.

O senador era deputado

quando a redução

da maioridade penal foi

aprovada na Câmara,

então sob comando de

Eduardo Cunha (MDB-

-RJ). Na época, em julho

de 2015, o presidente da

Casa usou uma manobra

regimental para aprovar

a PEC, que havia sido

rejeitada pelo plenário

no dia anterior. O texto

ficou engavetado no Senado

desde então.

No Senado, não há

pressa para avançar

no tema por enquanto.

Castro disse que não

conversou com Alcolumbre

sobre a PEC. Na

CCJ, a prioridade é de

outras matérias, como a

reforma da Previdência.

Dica

‘Tenha a capacidade de dialogar’,

diz João Doria a Bolsonaro

O governador de São

Paulo, João Doria (PSDB),

fez críticas ao presidente

Jair Bolsonaro em entrevista

publicada ao portal

Uol nesta 4ª feira (21.

ago.2019). O tucano comentou

a política ambiental

do governo, disse

que não nomearia seu

filho embaixador e falou

que o diálogo “precisa

melhorar”.

“Eu diria ao presidente

Jair Bolsonaro: dialogue,

tenha a capacidade de

dialogar, compreender,

de entender e fazer deste

diálogo uma bandeira importante

do seu governo”,

disse. Para Doria, o diálogo

é necessário para

resolver as questões ambientais

e assuntos controversos,

como a transferência

do Coaf (Conselho

de Controle de Atividades

Financeiras) para o Banco

Central.

João Doria, é 1 possível adversário de Bolsonaro nas eleições de 2022

“Medidas dessa natureza

devem ser precedidas

de diálogo, de

entendimento. Às vezes

precipitações, ainda

que com boas intenções,

levam a consequências

ruins”, avaliou.

Outro assunto da entrevista

foram as políticas

do governo na área

ambiental. Para Doria,

as últimas falas e medidas

de Bolsonaro, que

levaram ao corte de repasses

financeiros da

Sérgio Lima

Alemanha e da Noruega

para a preservação da

Amazônia, podem prejudicar

o agronegócio brasileiro

diante dos países

europeus.

Doria afirmou que

o acordo Mercosul-UE

pode estar em risco “se

não houver mudança de

discurso e de posicionamento”

do governo. O

bloqueio de recursos da

Alemanha e da Noruega

são decorrentes, dentre

outras coisas.

Amazônia

Governo estuda enviar Exército

para combater queimadas

O presidente Jair Bolsonaro

disse que estuda

enviar o Exército para

combater as queimadas

na Amazônia por meio

de uma operação de Garantia

da Lei e da Ordem

(GLO). Segundo ele, a decisão

será tomada ainda

nesta manhã. “É uma tendência

[determinar uma

GLO. A tendência é essa,

a gente fecha agora de

manhã”, disse, ao deixar

o Palácio da Alvorada.

De acordo com Bolsonaro,

houve uma reunião

para tratar do assunto. “O

que tiver ao nosso alcance

nós faremos. O problema

é recurso”, ressaltou.

Em despacho publicado

ontem em edição extra do

Diário Oficial da União, o

presidente determina que

todos os ministérios, de

acordo com suas competências,

adotem “medidas

necessárias ao levanta-

Bolsonaro disse que estuda enviar o Exército para combater as queimadas

mento e combate a focos

de incêndio na região da

Amazônia Legal para a

preservação e a defesa

da Floresta Amazônica,

patrimônio nacional”.

Realizadas exclusivamente

por ordem expressa

da Presidência da

República, as missões de

GLO ocorrem nos casos

Antonio Cruz/ Agência Brasil

em que há o esgotamento

das forças tradicionais

de segurança pública.

Nessas ações, as Forças

Armadas agem por tempo

limitado, com o objetivo

de preservar a ordem pública,

a integridade da

população e garantir o

funcionamento regular

das instituições.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Farra

Empresas de MS emprestam milhões

do BNDES para comprar jatinhos

Três empresas, sendo

duas delas sul-mato-

-grossenses e uma de

São Paulo, mas proprietária

de fazenda na região

de Porto Murtinho,

figuram na lista dos 134

agraciados com financiamentos

do Banco Nacional

do Desenvolvimento Econômico

(BNDES) para a

aquisição de jatinhos da

Embraer. Os recursos liberados

para essas três

empresas passam dos R$

24 milhões.

A liberação dos valores

para as compras luxuosas

e milionárias foram no

período de 2009 e 2014.O

melhor de tudo é que os

juros foram subsidiados,

com percentual entre

2,5% e 8,7%. Que facilidade,

não?! Enquanto

isso, quem realmente precisa

do financiamento não

consegue superar a burocracia

exigida pelo banco.

Consta na lista divulgada

pelo site O Antagonista,

que a empresa Mil

Tec Tecnologia da Informação

financiou R$ 5,3

milhões para comprar um

jato. Já a Taurus Distribuidora

de Combustível

fez operação semelhante

para adquirir um jatinho

no valor de R$ 4 milhões.

Apesar de ser sediada

em São Paulo, a Mahil

Agropecuária tem filial

em Mato Grosso do Sul

e foi a responsável por

financiar R$ 15 milhões

para a mesma finalidade

das demais, ou seja, comprar

jato.

Para que o leitor do

Jornal O Consumidor

possa entender melhor a

história e chegar a sua

própria conclusão, é importante

relembrar que

a Mil Tec não é qualquer

empresa. Aliás, ela construiu

toda uma história

em Mato Grosso do Sul.

Convenhamos que a história

não é das mais honestas,

mas ainda assim,

esse passado não deixa

de existir.

A Mil Tec é a empresa

responsável por herdar

os contratos milionários

firmados entre o Governo

do Estado e a Itel Informática.

Isso mesmo, a Itel,

empresa do João Baird,

que figura entre os alvos

mais visados da Operação

Lama Asfáltica – que desvendou

impressionante

rombo aos cofres públicos.

Coincidentemente, o

principal sócio da Mil Tec,

o empresário Ricardo Fernandes

Araújo, é ex-funcionário

de João Baird,

conforme apontado por

investigação da polícia.

A Taurus Distribuidora,

por sua vez, é do

empresário douradense

Jorge Luiz Zenatti. A empresa

também tem antigo

contrato com o Governo

de Mato Grosso do Sul

– desde a administração

de Zeca do PT – e fornece

combustível para os veículos

oficiais.

Como não podia deixar

de ser, a distribuidora não

só é alvo de investigação

do Ministério Público

Estadual (MPE) como

também é ré em ação judicial

ingres- sada

por associação

do setor de revenda

de combustíveis,

que

acusa a Taurus

de praticar preço

abaixo do mercado

para desbancar a concorrência,

o que é ilegal.

Impressionante é que o

ciclo é sempre o mesmo:

primeiro a empresa firma

contratos suspeitos e de

valores altíssimos com

o poder público. Em seguida,

o empresário passa

a ostentar vida luxuosa e

regalias – reservadas a

poucos “sortudos”, como

é o exemplo do financiamento

simples, fácil, rápido

e desburocratizado

do BNDES – e, por fim,

acabam no alvo da polícia

e do Ministério Público.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Iniciativa

Deputado Zé Teixeira conduz

projeto para transmitir TV

Assembleia em canal aberto

Em breve, toda população

sul-mato-grossense

poderá assistir à transmissão

da TV Assembleia

porque a programação

completa será disponibilizada

por meio de canal

aberto. A execução deste

importante projeto está

sendo viabilizada pelo

1º secretário da Assembleia

Legislativa de Mato

Grosso do Sul, deputado

Zé Teixeira, do DEM.

Preocupado em tornar

a programação da TV Assembleia

ainda mais acessível,

o parlamentar conversou

com o responsável

pela Superintendência

de Gestão da Informação

(SGI), Alessandro Menezes,

para agendar uma

visita da equipe técnica

da Casa de Leis.

O principal objetivo de

todo esse entrosamento

técnico é para firmar

parceria de utilização do

sistema de fibra ótica do

Estado. Com isso, será

possível transmitir o sinal

da TV Assembleia junto

com sinal da TVE Cultura.

Em seguida, os técnicos

deram continuidade

ao trabalho de visitação,

mas, desta vez, na sede

da TVE Cultura. No local,

a equipe analisou todos

os itens que serão necessários

para concluir

o projeto de inserção da

TV Aberta no Poder Legislativo.

“Pedi aos especialistas

aqui da Assembleia Legislativa,

que fossem à

SGI e à TVE Cultura para

a finalização do projeto

de implantação da TV

aberta. Esta será uma importante

conquista para

os sul-mato-grossenses

porque a Assembleia

Legislativa ficará ainda

mais transparente. Com

o canal aberto, todo o Estado

poderá acompanhar

as ações dos deputados”,

afirmou o 1º secretário,

Zé Teixeira.

A equipe técnica escolhida

para executar o

trabalho é formada pelo

gerente de Tecnologia

da Informação (T.I.) da

Assembleia Legislativa,

Paulo Zandoná,pela engenheira

Renata Macedo,

pelo arquiteto Néder

Schabib e pelo consultor

jurídico do 1º secretário

do Poder Legislativo, Osni

Moreira de Souza.

Atualmente, só é

possível acompanhar

as transmissões da TV

Assembleia por meio de

canal no You tube, pela

rede social Facebook e

nos canais fechados – e

pagos – da NET.

No entanto, ao final

da implementação do projeto,

que conta com parceria

imprescindível do

Governo do Estado, a população

de Mato Grosso

do Sul terá acesso gratuito,

por meio de canal

aberto, às transmissões

não apenas da TV Assembleia,

mas também da TV

Senado e da TV Câmara.

Importante ressaltar

TV

Assembleia

que o trabalho está sendo

viabilizado e coordenado

através de todo esforço

e dedicação dispensados

pelo deputado Zé Teixeira.

O parlamentar

tomou a frente da situação

e está conduzindo

de forma acelerada todos

os procedimentos necessários

para quea população

possa assistir à TV

Assembleia de maneira

gratuita.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Parabéns à delegada Medina!

desistiram da absurda proposta de proibir o povo de

usar a tribuna na Assembleia Legislativa. Ainda bem!

Marun e o emprego dos sonhos

A queridíssima amiga Ana Cláudia Medina completou

mais um ano de vida. A delegada esbanja

saúde, disposição, profissionalismo e conta com todo

carinho e respeito da equipe do Jornal O Consumidor.

Parabéns e felicidades mil!

Sábia desistência

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul não

resistiram à dura pressão da sociedade, recuaram e

TCE sob proteção!

Infelizmente, o Tribunal de Contas do Estado tem

proteção do Judiciário, que determinou o fim da ação

civil pública que pedia a abertura da caixa preta do

TCE. Por conta da decisão, a população continuará sem

saber como os conselheiros torram R$ 282,6 milhões

por ano.

Apelo contra queimada

Diante da triste realidade que coloca MS entre os

líderes nacionais em queimadas, o governador Reinaldo

Azambuja anunciou parceria com o Ibama para

combater os focos e fez um apelo para que a população

não use fogo na limpeza de terrenos.

Construção x Preservação

Até a decisão de mérito, liminar concedida a pedido

do MPE garante que nenhum tijolo será colocado na

construção da nova sede de Secretaria Estadual de

Fazenda (Sefaz). É que para levantar a construção

será necessário desmatar 3,1 hectares no Parque dos

Poderes.

O ex-ministro Carlos Marun pode retornar ao

cargo de conselheiro da Itaipu Binacional, que lhe

garante gordo salário de R$ 27 mil para ir a uma

reunião a cada 2 meses. A volta ao emprego dos sonhos

depende do julgamento de recurso que tramita

no TRF 4ª Região.


Notícias da Assembleia

Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Ordem do Dia

ALMS derruba veto e projeto que

beneficia mesários vai à promulgação

Na Ordem do Dia

desta quarta-feira (21),

a Assembleia Legislativa

derrubou o veto total ao

Projeto de Lei 5/2019,

de autoria do deputado

Zé Teixeira (DEM), que

dispõe sobre a isenção

do pagamento de valores

a título de inscrição em

concursos públicos, no

âmbito do Estado de Mato

Grosso do Sul, para os

eleitores convocados e

nomeados, que tenham

prestado serviço eleitoral.

A proposição será promulgada

pelo presidente

Paulo Corrêa (PSDB).

A proposta isenta o pagamento

dos valores das

inscrições nos concursos

públicos realizados pela

administração pública

direta e indireta, autarquias,

fundações públicas

e entidades mantidas pelo

Poder Público Estadual

a todos que foram designados

para o trabalho

eleitoral, inclusive os

responsáveis pela preparação

e montagem dos

locais de votação, no período

que compreende a

véspera e o dia do pleito,

em cada turno, se houver.

Já o veto total ao Projeto

de Lei 155/2018, do

então deputado Maurício

Picarelli (PSDB), que pretendia

incluir biomassa

de banana verde no preparo

da merenda escolar

da rede pública de ensino,

foi mantido. Portanto, a

proposta foi arquivada.

Duas matérias foram

aprovadas em redação

final. O Projeto de Lei

20/2019, do deputado

João Henrique

(PL), institui o Cadastro

Estadual de

Pessoas com Deficiência,

denominado

Cadastro-Inclusão, que

consiste em um registro

público eletrônico com

a finalidade de coletar,

processar, sistematizar e

disseminar informações

georreferenciadas que

permitam a identificação

e a caracterização socioeconômica

da pessoa com

deficiência, bem como das

barreiras que impedem

a realização de seus direitos.

E o Projeto de Lei

139/2019, do Poder Executivo,

propõe alterações

nas leis 2.363/2001

Sessões

ordinárias

ocorrem no

Plenário

Deputado Júlio

Maia

e 5.305/2018 – a

primeira criou

Agência Estadual

de Regulação de Serviços

Públicos de Mato

Grosso do Sul (Agepan)

e o Conselho Estadual

de Serviços Públicos; e

a segunda dispõe sobre

o redimensionamento, as

nomenclaturas, as funções,

os vencimentos e o

quantitativo dos cargos

em comissão do Poder

Executivo Estadual.

Em discussão única,

foi aprovado Projeto de

Lei 172/2019, do deputado

Barbosinha (DEM), que

denomina Ney Azambuja

Popó agradeceu a honraria e discursou em plenário

o trecho de 120 Km da Rodovia

MS-270, que inicia

no Distrito de Itaum e vai

até a MS-060.

O Projeto de Lei

15/2019, do deputado

Fotos: Luciana Nassar

Evander Vendramini (PP),

que proíbe as instituições

financeiras de ofertar ou

celebrar qualquer tipo

de contrato de operação

de crédito com aposentados

e pensionistas por

meio de comunicação telefônica,

foi aprovado em

segunda votação. E o Projeto

de Lei 145/2019, de

João Henrique, que trata

da transmissão das sessões

do Poder Legislativo

Estadual de Mato Grosso

do Sul, segue para sanção

do governador.

Moção de Congratulação

Tetracampeão mundial

de Boxe, o atleta Acelino

Popó de Freitas esteve

na Assembleia Legislativa

para receber Moção

de Congratulação em comemoração

aos 20 anos

da conquista do seu 1º

Título Mundial de Boxe. A

homenagem é de autoria

do deputado Herculano

Borges (Solidariedade).

O atleta possui em seu

currículo 43 lutas, com 41

vitórias, sendo 34 por nocaute.

“Fico muito agradecido

pelo reconhecimento

desta Casa de Leis. Foi um

longo caminho percorrido

até chegar onde estou.

As minhas conquistas são

referência no ringue, para

as famílias e entre os jovens”,

afirmou Popó.

Descredenciamento Assembleia Legislativa

Coronel David pede informações

ao presidente da Cassems

Em sessão o deputado

estadual Coronel David

(PSL) encaminhou um requerimento

ao Presidente

da Caixa de Assistência

dos Servidores de MS,

solicitando algumas informações

para saber o que

levou a Cassems a pedir

o descredenciamento dos

Otorrinolaringologistas

do Estado.

“Sou extremamente

preocupado com a situação

dos serviços pretados

na saúde aqui em

nosso Estado. Esse caso

é muito importante, pois

o que o paciente mais precisa

ter na relação com o

médico é a confiança no

trabalho realizado. Por

isso gostaria de saber o

que levou o presidente

da Cassems a tomar essa

providência”, concluiu

David.

Há mais de 15 anos a

cooperativa presta serviços

de atendimento na

rede, e a preocupação do

parlamentar é a de como

ficará a situação dos pacientes

que já estavam em

Márcio Padilha

Deputado Coronel David (PSL)

tratamento com os mesmo

profissionais desligados.

Lei prevê licença-paternidade

de 20 dias para servidores

Foi publicada a Lei nº

5.374/19 que concede a licença-paternidade

de 20

dias consecutivos para

os servidores do Poder

Legislativo, nos casos de

nascimento, adoção ou

guarda judicial para fins

de adoção. A matéria altera

a redação do artigo

108, da Lei nº 4.091, de

28 de setembro de 2011.

A proposta é de iniciativa

do deputado

estadual Zé Teixeira

(DEM), 1º secretário da

Assembleia Legislativa.

A proposta é de iniciativa do deputado estadual Zé Teixeira

Divulgação

“Apresentei o Projeto de

Lei porque vi que outros

órgãos públicos já foram

sensíveis ao tema e adequaram

as normas legais

aos seus servidores”.

Por questões regimentais,

(art. 168 do Regimento

Interno) o projeto

de Zé Teixeira que dispõe

sobre o funcionalismo da

Casa de Leis recebeu

a Emenda Supressiva

Integral, transferindo a

autoria para a Mesa Diretora.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Encontro

Reunião dos ministros de agricultura do Brics

vai mostrar a produção sustentável do país

O presidente Jair Bolsonaro

disse que o aumento

de queimadas registrado

nos últimos dias

na Amazônia pode ser

resultado de ação criminosa.

Para o presidente,

as ações podem ser uma

reação à suspensão de

repasses do governo

para organizações não

governamentais (ONGs)

O secretário Jaime

Verruck, da Semagro

(Secretaria de Meio Ambiente,

Desenvolvimento

Econômico, Produção

e Agricultura Familiar)

participou na Fiems (Federação

das Indústrias

de Mato Grosso do Sul),

da primeira reunião de

alinhamento para a realização

da 9ª reunião de Ministros

de Agricultura do

Brics, grupo de países integrado

pelo Brasil, Índia,

China, Rússia e África

do Sul. O encontro está

programado para os dias

25 e 26 de setembro no

município de Bonito, no

EcoSesi – Observatório

Socioambiental.

De acordo com o titular

da Semagro, a escolha

de Bonito como sede do

encontro dos ministros de

Agricultura do Brics veio

da ministra de Agricultura,

Pecuária e Abastecimento,

Tereza Cristina

Corrêa da Costa Dias, por

entender que a cidade é

a ideal para mostrar ao

mundo a produção sustentável

brasileira.

“Nesse sentido, o

EcoSesi Bonito carrega

toda essa lógica de sustentabilidade,

é sede do

programa de sustentabilidade

da Fiems, tem

energia sustentável e

toda uma questão

de reserva legal.

O conceito do

EcoSesi é exatamente

o conceito

que nós

queremos mostrar

do Brasil lá

fora, que possuímos uma

capacidade de produzir

de maneira sustentável,

integrada e harmônica

entre todos os atores do

setor produtivo”, afirmou

Jaime Verruck.

“O EcoSesi Bonito é

e a também de verbas de

países para o Fundo Amazônia,

projeto de cooperação

internacional para

preservação da floresta.

Os principais países doadores

do fundo, Alemanha

e Noruega, anunciaram

a suspensão de seus repasses

após a divulgação

das taxas de desmatamento

na região.

Secretário Jaime

Verruck, participou

da primeira reunião

de alinhamento para a

realização da 9ª reunião

de Ministros

de Agricultura

do Brics

um observatório

socioambiental

e foi

concebido para ser

um centro de informação

e documentação da indústria

de Mato Grosso

do Sul no que diz respeito

às boas práticas

de gestão ambiental. Ou

seja, o ambiente propício

“O crime existe e temos

que fazer com que esse

crime não aumente. Mas

nós tiramos dinheiro de

ONGs, repasses de fora,

dos quais 40% iam para

ONGs, não tem mais, acabamos

com repasses de

órgão públicos para ONGs,

de modo que esse pessoal

está sentindo a falta do dinheiro.

Então, pode estar

havendo ação criminosa

desse ‘ongueiros’ para

chamar atenção contra

a minha pessoa, contra o

governo do Brasil. Essa

é a guerra que estamos

enfrentando”, disse, ao

deixar o Palácio da Alvorada,

na manhã de hoje.

“Não estou afirmando,

mas no meu entender, há

interesse dessas ONGs

para mostrar ao mundo

as práticas sustentáveis

adotadas pela indústria

do nosso Estado e do

Brasil”, afirmou o superintendente

do Sesi, Bergson

Amarilla.

De acordo com o secretário

de Comércio e

Relações Internacionais

do Ministério da Agricultura,

Pecuária e Abastecimento

(SCRI/Mapa), embaixador

Orlando Leite

Ribeiro, o EcoSesi Bonito

está alinhado com o tema

da reunião deste ano, que

é “Promoção da Inovação

e Ações para o Desenvolvimento

de Novas Soluções

para Sistemas de

Produção de Alimentos”.

Amazônia

Bolsonaro: aumento de queimadas pode ser ação criminosa

Divulgação

que representam interesse

de fora do Brasil”,

ressaltou.

Para Bolsonaro, as

doações ao Fundo Amazônia,

assim como o incentivo

à demarcação de

terras indígenas e ao aumento

de áreas de reserva

ambiental, são formas de

“comprar à prestação a

nossa soberania”.

Boa notícia

Safra recorde

de milho pode

ser ainda

maior em MS

O campo continua

rendendo boas notícias

para Mato Grosso do

Sul. A safra recorde de

milho deste ano – que

nas previsões iniciais

deveria superar 10 milhões

de toneladas –

pode ser ainda maior.

Dados divulgados pelo

Projeto SIGA/MS mostram

média de 88 sacas

por hectare, o que deve

resultar numa colheita

de 11.475 milhões de

toneladas de milho. O

volume é 46,4% maior

do que o colhido na

safra passada com a

mesma cultura: 7,838

milhões de toneladas.

O SIGA/MS é o Sistema

de Informação

Geográfica do Agronegócio

criado pela

Secretaria de Meio

Ambiente, Desenvolvimento

Econômico, Produção

e Agricultura

Familiar (Semagro) e

mantido em parceria

com a Aprosoja/MS.

Há 5 anos, o Sistema

monitora lavouras com

informações precisas,

atualizadas e regionais

colhidas por técnicos

que visitam os produtores

rurais. Os dados

são transformados em

boletins semanais que

ajudam o agricultor

na tomada de decisões

sobre a melhor área,

hora de plantio e colheita.

O fator que deve

resultar na elevação

do volume colhido de

milho é devido o ajuste

na área plantada. A

soma das lavouras totalizava

1.918 milhões

de hectares.

Divulgação

O campo continua rendendo

boas notícias para MS


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Drenagem e pavimentação

Prefeito entrega obra que atende quatro

bairros na região do Jardim Botafogo

Em solenidade realizada

o prefeito Marquinhos

Trad entregou obras

de drenagem e pavimentação

que beneficiam

moradores dos bairros

Jardim Morenão, Botafogo,

Roselândia e Residencial

Anapólis, núcleos

urbanos vizinhos que há

mais de 25 anos esperavam

pela infraestrutura.

“Conseguimos entregar

mais uma obra que se

arrastava há mais de seis

anos e foi preciso muitas

idas a Brasília para não

perdemos o recursos obtidos

em 2010”, destacou

o prefeito.

Marquinhos assumiu

o compromisso, diante

da população presente na

cerimônia, de buscar recursos

para lançar novas

frentes de asfalto na região.

Segundo o secretário de

Infraestrutura e Serviços

Públicos, Rudi Fiorese, o

projeto do Jardim Botafogo

teve de ser reformulado,

as planilhas recalculadas e

uma nova licitação foi feita

já que a primeira empreiteira,

pediu rescisão de

contrato.

Foram investidos R$

1.322.560,82, na execução

de 2,2 quilômetros de

asfalto e 746 metros de

drenagem, incluindo um

colchão drenante de 40

metros, na Rua Pompeo

Ferreira da Silva,

para garantir o

escoamento das

águas pluviais

numa região de

lençol freático

muito elevado.

Espectador privilegiado

da solenidade, já

que mora na esquina da

Rua Mirai com a Centro

Oeste, onde o ato inaugural

aconteceu, o aposentado

Aurelindo Pedro

da Silva, 82 anos, desde

as 8 horas da manhã se

posicionou em frente da

casa para acompanhar a

movimentação. “Mudou

para o bairro há 25 anos,

Marquinhos Trad

entregou obras

de drenagem e

pavimentação que

beneficiam moradores

dos bairros

pra dizer a

verdade tinha

perdido às esperanças

de ver o

asfalto chegar. Em 2012,

colocaram algumas manilhas

na rua de baixo,

mas pouco tempo depois,

a empreiteira levantou

acampamento e não voltou

mais”, lembra.

O presidente da Associação

de Moradores do

Jardim Botafogo, Audinei

Silva, lembrou que ouviu

do prefeito Marquinhos

Trad numa reunião política

quando era deputado

estadual: se fosse eleito

prefeito, a obra seria uma

da suas prioridades. “O senhor

mostra compromisso

com a população e, principalmente,

é um homem

público de palavra”, destacou.

A entrega do asfalto

representa o fim de 26

anos de espera para 247

famílias do Residencial

Assessoria

Anapólis, um conjunto habitacional

construído nos

anos 90.“Recebi, em 1993,

da CDHU (antiga empresa

estadual de habitação), as

chaves da minha casa.

Mudei na semana seguinte

e, desde então, foram 26

anos sofrendo com poeira

e barro, assistindo

todos os bairros da região

sendo asfaltados. Há oito

anos, quando foi feito o

asfalto na Vila Pioneira e

na Rivalcir Albert (linha

de ônibus, a menos de 100

metros de casa), achei que

passaria aqui, mas, infelizmente,

não aconteceu

o que a gente esperava”,

conta dona Marta de Levy

Rosa.

Quem também está

muita feliz com a chegada

do asfalto é Suzana Carvalho,

que mudou em 2017

no bairro e menos de um

ano depois vai ficar livre

da poeira, do barro e já

vê seu imóvel se valorizar.

“Acho que a Prefeitura estava

esperando eu mudar

pra cá”, afirma, em tom de

brincadeira.

Para o comerciante

Marcio Araújo, dono de

uma mercearia na esquina

das ruas Iraque com Goiatuba

, a chegada do asfalto

representa melhor qualidade

de vida e valorização

dos imóveis. Já Celso da

Silva Ferreira, que mora

na Rua Mirai, pontua que

a obra representa o fim

de 15 anos de convivência

com a poeira e o barro.

Na véspera de seu aniversário,

Campo Grande arde em chamas

Mais um ano que se passa,

mais um ano sem você

Já não tenho a mesma

idade, envelheço na cidade

Essa vida é jogo rápido

para mim ou prá você

Mais um ano que se passa e

eu não sei o que fazer!

(Ira)

Meio século faz que eu te

amo Campo Grande. Suas

ruas eram vermelhas de

terra, sem asfalto. Os teus

córregos caudalosos e ameaçadores.

Chuvas constantes,

temperatura amena. Dormir

era sinônimo de cobertor e

sonhos vermelhos como a tua

tez. Fui criança na cidade,

saboreando temperos do

Mercadão Municipal, cujas

bancas minha avó Heloisa

percorria enchendo a sacola

de fios coloridos. Você

cresceu, se modernizou, em

um processo aparentemente

organizado.

Mas, por um tempo me

ausentei, fui viver na metrópole

carioca, de onde voltei

e te vi, assustada, já não tão

tranquila, com um trânsito

confuso, ritmo frenético, pessoas

e carros que vão e vêm

sem que se saiba de onde e

nem para que. Temi, por ti,

minha morena, e me enchi de

urgência de te avisar: já não

és mais a garota da minha

juventude.

Ás vésperas do teu aniversário

neste Agosto de

2019 tu ardes em chamas,

alinhando-se ao genocídio

ambiental cuja maior visibilidade

tem sido a Amazônia.

Imagens de animais fugindo

das chamas viralizaram nas

redes sociais e alcançaram

o mundo. Mas, em Campo

Grande as queimadas parecem

não ter visibilidade.

Na saída para São Paulo,

BR 163o dia 13 de Agosto

foi de desgosto, com um incêndio

de grandes proporções

na Fazenda Malibu.

No dia 04, dez viaturas do

corpo de bombeiros tiveram

dificuldades para conter as

chamas no prolongamento

da Ernesto Geisel no Bairro

Monte Castelo, e a umidade

relativa do ar ficou abaixo

de 30% segundo alerta da

Embrapa (de acordo com

a Organização Mundial de

Saúde, o ideal é que ela varie

entre 50% e 80%).No dia 16

de Agosto seis hectares de

mata nativa foram destruídos

pelo incêndio próximo

ao shopping Bosque dos Ipês

e (pasmem) perto da sede

do Projeto Florestinha, da

PMA (Polícia Militar Ambiental).

Moradores de um

condomínio de luxo na região

foram dormir em hotéis ou

em casas de parentes. Os

moradores dos bairros mais

pobres ficaram confinados

em casa com portas e janelas

trancadas, tentando

tampar os vãos com toalhas

molhadas, e correndo aos

postos de saúde com problemas

respeiratórios. Essa

é a Campo Grande do século

XXI: uma cidade ardendo em

chamas.

E a responsabilidade é

Giselle Marques

Pós-doutoranda em meio ambiente - OAB MS nº 4966 / OAB RJ nº 175297

E-mail: giselle_marques@hotmail.com. Site: www.gisellemarques.com.br

de quem? Minha, sua, do

poder público, de todos nós.

Falta fiscalização. Mas, falta

também conscientização individual

e coletiva. Segundo

o Instituto de Pesquisa Ambiental

da Amazônia – IPAM,

“as chamas costumam estar

diretamente ligadas à ação

humana”, sendo comum

incêndios provocados para

“expansão da fronteira

agrícola” e “manutenção

de áreas que já foram desmatadas”.

Os criminosos

muitas vezes são nossos

(insuspeitos) amigos, pessoas

de respeito e reputação

ilibada na sociedade. A hipocrisia

domina o ambiente

que arde em chamas.

Como reagir a isso? Participando

de manifestações

públicas pela proteção ambiental,

separando nosso lixo

buscando reaproveitar o que

for reciclável, coletando a

água usada da máquina de

lavar para reutilizá-la na

lavagem de panos de limpeza,

calçada, etc. Podemos

reduzir o consumo de carne

(o que, de quebra, melhora

nossa saúde), a utilização de

plástico, e, principalmente,

devemos dirigir nossos

votos para candidat@

scompromissad@s com a

causa ambiental. Elegemos

recentemente um presidente

da República que claramente

se coloca contra a legislação

e as políticas de proteção ambiental,

criticando a atuação

dos órgãos de fiscalização

do próprio Estado brasileiro,

como é o caso do IBAMA,

e até mesmo a atuação de

institutos que medem o desmatamento,

como é o caso

do INPE. E seremos nós as

vítimas desse processo de

destruição ambiental, pois

vivemos neste planeta que

hoje arde em chamas.

Campo Grande, minha

morena, nossa casa é você.

Não temos para onde fugir: é

aqui que vivemos. E devemos

cuidar dessa linda cidade, na

qual envelhecemos. Que este

aniversário seja momento de

reflexão e luz sobre os anos

que virão. Que possamos nos

unir para lembrar.

“Juventude se abraça, se

une pra esquecer

Um feliz aniversário para

mim ou prá você...

Feliz aniversário - envelheço

na cidade”


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Uma das informações

do painel

de esteiras

ergométricas

Eletrodoméstico

como a

frost free

Olfato

do cão

Senhor

(abrev.)

Projeto (?):

protege

tartarugas

marinhas

(?) aquisitivo:

é reduzido

pela

inflação

Ceda

gratuitamente

Tipo de

bactéria

Entidade

dos capacetes

azuis

Instrumento

do

surfista

Traço

Centro Técnico

Aeroespacial

"O (?) vem

a cavalo"

(dito)

Habitações

da taba

indígena

(bras.)

Antigo

(abrev.)

Revestido

de manteiga

Creme

de milhoverde

(cul.)

Remédio

para

disfunção

erétil

Rede de

Atenção à

Saúde

(sigla)

© Revistas COQUETEL

Parque nacional onde está localizada a nascente Posto de

histórica do rio São Intoxicar (?) senão trabalho sem salário

Francisco (MG) (alguém) quando: Divisões de piscinas

Pão de (?), bolo leve com droga de repente Metediço olímpicas

Expressar

um juízo

Beata

Musa, em

inglês

Conluio

ilícito

Trocar

ideias

com (outra

pessoa)

Saco feito

de pele para

transportar

líquido

"Sou (?)",

declaração

amorosa

feminina

(?) do Lago,

protetora

da Excalibur

(Lit.)

Gala

ou fuji

Certo

(abrev.)

Frase como "Quem

Adjetivo

sabe faz ao vivo", de

inicial de

Faustão (TV)

cartas

A + os

afetivas

BANCO 70

4/dama — muse. 5/curau. 6/bacilo — viagra. 7/castigo — intruso. 8/conchavo.

Solução

G O

A M A M U D R E

G R A

M A Ç Ã

S C

G E L A D E I R A

F A R O O P I N A R

S R C A S T I T R R A S

P O D E R S E

C A O C A S M

B A C I L O O L A A N T I M

O N U C U R A U

P R A N C H A L N

L I S T R A D O E

C T A V I A B O R D Ã O A O S C A R O

Horóscopo

Áries

A Lua entra em Touro, se une a Urano e

recebe um ótimo aspecto, indicando um dia de

boas novidades para suas finanças. O momento

envolve riscos calculados, portanto, é um bom

dia para novos investimentos. Um projeto pode

ser firmado e aprovado.

Touro

A Lua entra em seu signo, se une a Urano, indicando

um dia de movimento positivo, que podem

envolver a vida pessoal e profissional. O período

pode estar relacionado à aprovação de um projeto

criativo ou início de namoro.

Gêmeos

A Lua entra em Touro, indicando um dia de

interiorização, reflexão e necessidade de solitude.

Você vai preferir a intimidade a qualquer atividade

social. O momento é ótimo para o planejamento

de projetos criativos.

Câncer

A Lua entra em Touro, se une a Urano e recebe

um ótimo aspecto, indicando um dia de movimento

na vida social e aproximação de amigos. O momento

é ótimo para toda atividade em grupo. Um

bom contato comercial pode ser feito.

Leão

A Lua entra em Touro, indicando um dia de notícias

inesperadas em projetos profissionais e planos

de negócios. O momento pode estar relacionado

com o surgimento de um projeto inovador, que vai

envolvê-lo totalmente.

. .

Virgem

A Lua entra em Touro, se une a Urano e recebe

um ótimo aspecto de Marte e Vênus em Virgem,

indicando um dia de movimento mental criativo, de

contato com pessoas estrangeiras e do planejamento

de viagens, especialmente as internacionais.

Uma nova filosofia de vida começa a desenhar-se.

Culinária

Lasanha deliciosa de purê de batata

ingredientes:

1 kg de batata

500 g de carne moída

500 g de queijo mussarela

fatiada

100 g de presunto ralado

1 copo pequeno de azeitonas

verdes sem caroço

1 cebola média picada

1 lata de molho de tomate (tipo

pomarola)

1 colher (sobremesa) de tempero

completo

Salsa e cebolinha a gosto

1 colher de margarina

1 xícara (café) de leite

2 colheres de óleo

Libra

A Lua entra em Touro, indicando um dia de interiorização,

reflexão e aprofundamento emocional.

O momento pode também indicar a inovação de um

projeto já em andamento. Chegam boas notícias

sobre sua vida financeira.

Escorpião

A Lua entra em Touro, recebe um ótimo aspecto

de Marte e Vênus em Virgem, indicando um dia de

movimento nos relacionamentos, pessoais e profissionais.

A vida social ganha força e novas amizades

podem ser feitas. Uma sociedade comercial pode

começar a ser negociada.

Sagitário

A Lua entra em Touro, se une a Urano, indicando

um dia de boas negociações e acordos

relacionadas a seus projetos de trabalho. O

momento pode trazer uma notícia inesperada

sobre um novo projeto. Dia ótimo para começar

uma dieta.

.

Capricórnio

A Lua entra em Touro, se une a Urano e recebe

um ótimo aspecto um dia de movimento na vida

social e aproximação de pessoas interessantes.

Um romance inesperado pode começar a qualquer

momento. Dia ótimo para divertir-se com os filhos.

Aquário

A Lua entra em Touro, se une a Urano, indicando

um dia de interiorização e maior envolvimento

com a vida doméstica e familiar. O momento

pode estar relacionado com a negociação de

compra ou venda de um imóvel.

Peixes

A Lua entra em Touro, se une a Urano, indicando

um dia de movimento na vida social e melhora

na comunicação que se torna mais intensa.

O dia é ótimo para os estudos e viagens. Um novo

contrato pode começar a ser negociado.

Fotos: Divulgação

Modo de prepARO:

Cozinhe as batatas na panela de pressão

por cerca de 20 minutos.

Deixe esfriar, em seguida descasque e amasse com a margarina e o leite.

Reserve.

Frite a cebola picada no óleo, em seguida acrescente a carne moída e o tempero

completo, quando a carne estiver bem refogada, acrescente o molho de tomate e

as azeitonas.

Está pronto o molho.

Faça camadas do purê da batata e de molho e cubra com fatias de mussarela.

Repita o procedimento, até acabar o purê e o molho.

Por último, cubra com mussarela e presunto ralado.

Coloque no forno moderadamente aquecido, por 20 minutos.

Sirva com arroz branco.


Campo Grande/MS • 2ª Quinzena de Agosto/2019

www.consumidornews.com.br

Slimes

Projeto proíbe uso de substância tóxica

A brincadeira é das

mais inocentes, mas um

dos produtos utilizados

na produção de slimes –

espécie de geleca caseira

-, o bórax, é altamente

tóxico e pode gerar sérios

danos à saúde se eventualmente

ingeridos ou

inalados, especialmente

por crianças.

A slime é uma geleca

caseira feita normalmente

com resina, cola branca e

corante. Já o bórax é colocado

em pequena quantidade

para dar consistência

na composição, que

costuma ser a sensação

entre as crianças.

Para evitar que a brincadeira

com slimes termine

de maneira trágica

ou traumática com longo

período de internação em

hospitais e tratamentos

intermináveis, deputados

estaduais de Mato Grosso

do Sul aprovaram, em primeira

votação, projeto de

lei que proíbe o uso do

A slime é uma geleca

caseira feita

normalmente

com resina, cola

branca e corante.

Já o bórax é colocado

em pequena

quantidade para

dar consistência

na composição

borato de sódio – o bórax

– no processo de produção

desse brinquedo, que pode

ser industrializado ou de

elaboração caseira.

De autoria do deputado

Jamilson Name (PDT), a

proposta teve aprovação

unânime na primeira votação

e agora segue para

a segunda votação. Se

aprovada será submetida

a sanção – ou não – do governador

do Estado, Reinaldo

Azambuja, do PSDB.

Conforme divulgado

pela Agência Nacional

de Vigilância Sanitária

(Anvisa), o bórax é vendido

como uma espécie

de ativador da slime, que

normalmente é produzida

em casa, pelas próprias

crianças – com ajuda ou

não de adultos.

Ainda de acordo com

a Anvisa, se ingerido ou

inalado, o bórax pode

ser o responsável por um

quadro de intoxicação.

Neste caso, a pessoa pode

sentir náuseas, diarréia,

queda de pressão,vômitos,

Wagner Guimarães

Deputados aprovaram projeto de lei que proíbe o uso do borato de sódio – o bórax – no processo de produção

cólicas abdominais, perda

da consciência e choque

cardiovascular, além de

alterações gastrointestinais,

febre, erupções cutâneas

e insuficiência renal.

O bórax era utilizado

na produção de pomadas,

talcos e cremes para

tratar assaduras e brotoejas

em crianças, mas

foi proibido em razão dos

riscos. Atualmente, o uso

do produto químico é autorizado

na produção de

fertilizantes, produtos de

limpeza e medicamentos.

Em 2002, a Anvisa

proibiu o brinquedo “Meleca

Louca” em razão

do bórax. Por se tratar

de um produto químico,

não pode ser manipulado

por crianças e deve ser

utilizado apenas para as

finalidades autorizadas

pela Anvisa.

Apesar do constante

alerta da Agência Nacional

de Vigilância Sanitária,

o bórax em pó pode

ser facilmente adquirido

pela internet.

Visando coibir a comercialização

inadequada e

o uso indiscriminado é

que o deputado Jamilson

Name prevê em sua proposta

multa que chega

a R$ 16 mil em caso de

reincidência no descumprimento.

More magazines by this user
Similar magazines