edicao1388

avarehospedagem

Página 6 A VOZ DO VALE De 18 a 24 de agosto de 2019

UniFSP promove palestra ministrada

pela psicóloga Mathilde Neder

Psicóloga Mathilde Neder teve um importante papel na

valorização da Psicologia no Brasil

Na semana em que antecedeu

o Dia do Psicólogo,

comemorado em 27

de agosto, o curso de Psicologia

do Centro Universitário

Sudoeste Paulista

(UniFSP) realizou uma

palestra que foi ministrada

pela doutora Mathilde Neder,

uma das pioneiras que

contribuíram para o fortalecimento

e organização

da profissão no Brasil.

Ela foi presidente da

Sociedade de Psicologia

de São Paulo e foi uma

das precursoras do trabalho

de Psicologia Hospitalar

no Brasil. Neder lutou

pela regulamentação

da profissão do psicólogo

e pela criação do Sindicato

dos Psicólogos, além de ser

professora do primeiro curso

de Psicologia da PUC

(Pontifícia Universidade

Católica de São Paulo).

Participaram da palestra

os alunos e egressos do curso

de Psicologia da UniFSP

e o coordenador do curso

de Psicologia, David Marconi

Polônio. “O objetivo é

trazer aos alunos esta possibilidade

de reflexão sobre o

que é a profissão, como que

surgiu a profissão, o que temos

de áreas de trabalho hoje

e o que temos de perspectiva

de futuro”, destacou.

HISTÓRIA - Iniciou

em 1943 sua graduação em

Pedagogia na Faculdade

de Filosofia Ciências e Letras

da PUC de Campinas,

transferiu-se para a Universidade

de São Paulo (USP,)

onde em 1945 concluiu o

bacharelado e em 1946 a licenciatura,

especializou-se,

pela mesma universidade,

em Psicologia educacional,

Sociologia educacional,

Administração escolar, Pedagogia

e Psicologia clínica.

A consolidação e o cres-

Alunos e egressos lotaram o auditório para acompanhar a palestra em comemoração ao Dia do Psicólogo

Alunos e egressos do curso do Psicologia da UniFSP fizeram questão de registrar uma foto com a palestrante

cimento profissional do psicólogo

foi possível por meio

da contribuição da doutora

Mathilde, que teve papel

destacado na Sociedade de

Psicologia de São Paulo, a

partir de 1958, participando

ativamente das discussões

do projeto que resultaria na

Lei nº 4.119, de 1962, que

regulamenta a profissão.

Na presidência dessa

Sociedade (1969 - 1970),

ela trabalhou pela criação

do Sindicato dos Psicólogos

de São Paulo, primeiro

do gênero do País e, em

1975, assumiu a presidência

da Associação Brasileira

dos Psicólogos.

Durante sua gestão, a

entidade passou a denominar-se

Associação Brasileira

de Psicologia. Fez

parte das duas primeiras

gestões do Conselho Federal

de Psicologia. Em

1989, por sua iniciativa, foi

criado o Centro de Estudos

em Psicologia Hospitalar -

CEPPHO -, de âmbito nacional

e internacional.

Meia Maratona reúne cerca de 600 atletas em Avaré

Meia Maratona reuniu quase 600 participantes

no Horto Florestal

Premiação da categoria feminina na prova de

21 quilômetros

Pódio masculino da maratona de 21 quilômetros

Quase 600 corredores

estiveram participando da

Meia Maratona Rústica,

que foi realizada em Avaré

no domingo, dia 25 de

agosto. A competição foi

disputada no Horto Florestal

nas provas de 21 e 7

quilômetros.

Na prova de 21 quilômetros,

o grande vencedor

foi o corredor Elessandro

Aparecido de Oliveira, de

Sarutaiá. Ele completou o

percurso em 1 hora e 12

minutos. O segundo colocado

foi Fabio Mota Paiva,

seguido de Eduardo César

de Oliveira, Diego Santos

Araújo e Felipe Augusto

Ribeiro, que chegaram

na 3ª, 4ª e 5ª colocações,

respectivamente.

“É um prazer retornar

a Avaré. Essa é a terceira

vez que participo, sendo

que fui campeão no primeiro

ano e fui vice. Agora

fui o primeiro novamente.

Comecei na roça e agora

eu corro de forma profissional”,

destacou o atleta

Elessandro Aparecido.

Já entre as mulheres, a

primeira colocação ficou

com a atleta Leidiane Apa-

recida Cipriano. Ela completou

a prova em 1 hora e

29 minutos. A corredora Silmara

Modesto chegou em

segundo, seguida de Mônica

Santiago, Rita de Cássia

e Vera Cláudia Cassola, que

chegaram na 3ª, 4ª e 5ª posições,

respectivamente.

“O prazer é de ter o

dever cumprido. Eu participo

desde a primeira

edição dessa Meia Maratona,

sempre fiquei no

pódio, mas agora tive a

graça de ser campeã”,

disse Leidiane Aparecida.

Na maratona, foram

307 corredores, sendo 107

mulheres e 200 homens.

A prova de 7 quilômetros

contou com a participação

de 285 pessoas, sendo 146

mulheres e 139 homens.

No masculino, o campeão

foi o botucatuense

Adriano Henrique que

completou o percurso em

25 minutos e 8 segundos.

A segunda colocação ficou

com Jean Ricelli. Em terceiro

lugar ficou o atleta

Magno José Trindade de

Paranapanema, seguido

de Júlio César Charme de

Areiópolis e Vanderson

Moreira de Oliveira.

“Esse percurso é diferente

do asfalto, pois é um

percurso rústico é diferente

do impacto com o asfalto

e o ambiente é muito

agradável, com ar puro e

as pessoas incentivando a

gente. Foi muito gostoso”,

destacou o campeão.

FEMININO – A corredora

Flaviana Muniz

foi a primeira colocada na

prova feminina. Ela completou

a prova em 32 minutos

e 52 segundos. Em

segundo chegou a atleta

Juliana Batista, seguida de

Karina Furtado, Ana Laura

Lélis e Lúcia Helena Vieira,

que completaram o pódio

na 3ª, 4ª e 5ª posições,

respectivamente.

A classificação completa

está disponibilizada

no site: www.runnerbrasil.com.br.

A competição

foi organizada pela

equipe Esporte na Veia e

é uma realização do Alecrim

Restaurante.

More magazines by this user