Revista Simonetto - Edição 10

mmori

Especialista mostra alternativas para curar seu ambiente, Série de vídeos sai da internet para a revista com dicas práticas para não errar no projeto de móveis, Lançamentos: cores, puxadores, estruturas, novidades que visam agregar modernidade e sofisticação.

Para o preparo do prato:

• 200 g de bacon em cubinhos

• 4 colheres (sopa) de manteiga e um fio de óleo

• 50 ml de conhaque

• 2 colheres (sopa) de farinha de trigo

• 300 g de cogumelos portobello ou paris (cortados ao meio se forem

muito grandes)

• 300 g de cebola bolinha (aquela pequena para fazer conserva)

• 400 ml de caldo caseiro de frango ou legumes (se não tiver, use água)

• 1/2 garrafa de vinho tinto seco (preferencialmente pinot noir)

• Sal e Pimenta-do-reino

• 1 buquê garni (amarre com um barbante: galhinhos de alecrim, tomilho

e sálvia)

Chef à mesa

Modo de Preparo:

• Em um bowl ou saco grande, tempere o frango com todos os ingredientes da marinada e deixe na

geladeira de um dia para o outro.

• No dia seguinte, retire os pedaços de frango e seque bem com um pano de prato ou papel-toalha.

Mantenha em um prato fora da geladeira: o frango não deve estar gelado no momento em que for

para a panela.

• Coe e reserve o líquido da marinada, descartando os ingredientes sólidos.

• Em uma panelinha pequena, ferva água e mergulhe o bacon para aferventar. Escorra e seque em

papel-toalha. Descarte essa água.

• Em uma panela bem grande, preferencialmente de ferro, pincele um fio de óleo e doure levemente o

bacon. Retire, escorra em papel-toalha e reserve. Na mesma panela (muito quente), com os pedaços

de frango bem secos, adicione um fio de óleo, uma colher de manteiga e doure bem os dois lados do

frango (primeiro deite o lado da pele para baixo). Não mexa até que doure bem, e só então vire para

dourar o outro lado. Faça isso em fogo alto.

• Desligue o fogo. Rapidamente, regue o conhaque em cima dos pedaços de frango dourados e risque

um palito de fósforo para dentro da panela para flambar. Espere alguns segundos até que a chama

se apague naturalmente. Caso demore um pouco, basta tampar a panela que o fogo será abafado e

cessará imediatamente. Descarte o palito.

• Ligue o fogo novamente e salpique 1 colher de farinha (bem cheia) sobre o frango e mexa um pouco

para misturar.

• Adicione o líquido da marinada, o vinho, metade do caldo, e o bacon. Cozinhe em fogo baixo, com a

panela entreaberta por pelo menos 2 horas, ou até que a carne esteja muito macia.

• Ao fim do do tempo de cozimento do frango, aqueça bem uma frigideira, preferencialmente de ferro.

Adicione 1 colher de manteiga e doure os cogumelos. Os cogumelos devem estar secos para que

fiquem dourados. Retire e reserve.

• Na mesma frigideira, adicione mais uma colher de manteiga e doure as cebolas. Quando estiverem

bem douradinhas, adicione o restante do caldo, o buque garni e cozinhe tampado até que elas

amoleçam. Descarte o buque garni.

• Retire os pedaços de frango da panela e aumente a chama para fogo alto. Junte as cebolas

e os cogumelos (junto com qualquer líquido que eles possam ter gerado). Regule o sal e a

pimenta do molho.

• Em uma tigelinha, misture bem 1 colher de manteiga amolecida com 1 colher de farinha de trigo.

Adicione essa mistura ao molho, mexa bem, e deixe ferver por alguns minutos para encorpar. Caso

seja necessário, faça e adicione mais uma “dose” da mistura de manteiga e farinha e adicione-a

ao molho.

• Volte o frango para a panela e certifique-se de que ele está bem aquecido. Regue-o bem com o

molho. Sirva com purê de batatas ou purê de mandioquinha-salsa (batata-baroa).

Simonetto 31