edicao1397

avarehospedagem

Parecer do Ministério Público apóia

sequência da CPI da Dívida Ativa

Foi divulgado, nessa

semana, manifestação do

Ministério Público quanto

à CPI da Dívida Ativa que

tramita na Câmara Municipal

de Avaré. Segundo o

documento levantado pela

reportagem do jornal A

Voz do Vale, a promotora

Gilmara Cristina Braz de

Castro, que assina o parecer

do MP, é favorável à

continuidade do processo

no Legislativo. Mais informações

em matéria veiculada

na Página 3

MEC nega bloqueio de

recursos ao Instituto

Federal de Avaré

Cemitério Municipal receberá visita

de milhares de pessoas nesse sábado

Hoje, 02 de novembro,

é celebrado em todo país

o Dia dos Mortos. Com

isso, a movimentação no

Cemitério Municipal aumenta

quantitativamente.

Nesse ano, segundo

levantado pela reportagem

do jornal A Voz do

Vale, a estimativa aponta

para a visita, ao local, de

mais de 15 mil pessoas

até o próximo domingo,

3. Confira mais detalhes

em matéria veiculada na

Página 8

Foto: Claudio Nascimento / TV TEM

Uma decisão do Ministério

da Educação

(MEC) atinge diretamente

o Instituto Federal

de Educação, Ciência e

Tecnologia de São Paulo

(IFSP), Campus Avaré: a

unidade escolar, segundo

informações, deve, para

continuar recebendo recursos

da pasta da União,

ser nomeada em homenagem

ao coronel Carlos

Alberto Brilhante Ustra.

O militar é conhecido por

suas condenações, pela

Justiça brasileira, devido

à prática de tortura durante

a Ditadura Militar.

Atualmente, a unidade

responde pelo nome da

educadora italiana Linda

Bimbi. A denúncia foi

feita pela deputada federal

Luiza Erundina (PSOL-

-SP). Página 3

Escola Arco Iris realiza

mais um Halloween

Ricardo Madalena pede providências

para problema da Represa de Jurumirim

bém chamou atenção do

Deputado Estadual Ricardo

Madalena (PL), o qual

através de ofícios cobrou

a ANEEL – Agencia Nacional

de Energia Elétrica,

a ANA – Agência

Nacional de Águas, bem

como a Secretaria de Infraestrutura

e Meio Ambiente,

representada por

Marcos Penido. Matéria

veiculada na pagina 3

A direção da Escola de

Educação Infantil Arco

Iris, de Avaré, promoveu,

durante a tarde da última

quinta-feira, 31, uma festa

de Halloween para os

alunos da unidade. Segun-

do informações coletadas

pela reportagem do jornal

A Voz do Vale, a iniciativa

teve, como objetivo, incentivar

a criatividade das

crianças por meio de atividades

lúdicas. Página 2

O baixo nível de água

da Represa Jurumirim que

vem chamando a atenção

de autoridades locais, tam-

Cadastramento Biométrico

será retomado na próxima

terça-feira

Página 4


Página 2 A VOZ DO VALE De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

Escola Arco Iris realiza mais um Halloween

A atividade, pensada para todos os alunos, aconteceu na tarde da última quinta-feira, 31

A direção da Escola de

Educação Infantil Arco

Iris, de Avaré, promoveu,

durante a tarde da última

quinta-feira, 31, uma festa

de Halloween para os alunos

da unidade. Segundo

informações coletadas pela

reportagem do jornal A Voz

do Vale, a iniciativa teve,

como objetivo, incentivar a

criatividade das crianças por

meio de atividades lúdicas.

“Nossa função é dar suporte

às crianças e incenti-

var a criatividade de maneiras

variadas”, destacou

a diretora da escola, Mírian

Carvalho. A Escola

de Educação Infantil Arco

Iris conta com 72 crianças,

do B1 à Etapa 2.

HISTÓRIA – O Halloween,

ou Dia das Bruxas,

é conhecido mundialmente

como um feriado celebrado

principalmente nos

Estados Unidos. Hoje em

dia, no entanto, ele é celebrado

em diversos outros

países do mundo, inclusive

o Brasil, onde hábitos

como o de ir de porta em

porta atrás de doces, enfeitar

as casas com adereços

"assustadores" e participar

de festas a fantasia vêm se

tornando mais comuns.

Polícia Ambiental orienta

pescadores sobre a Piracema

A Polícia Militar Ambiental

de Avaré está realizando

ações para orientar

os pescadores sobre a piracema,

que começa no dia 1º

de novembro e vai até o dia

28 de fevereiro. Os policiais

estão abordando pescadores

e frequentadores da Represa

Jurumirim e também do Rio

Paranapanema para instruir

sobre a pesca de espécies

nativas durante o período.

“O infrator que for surpreendido

utilizando o apetrecho

neste período e praticando

pesca e captura de espécies

nativas neste período vai responder

tanto administrativa

quanto penalmente”, explica

o sargento da PM Ambiental

Ary Martins.

Ainda segundo o sargento,

administrativamente o infrator

é autuado com multa de R$

700 pela prática da pesca e em

R$ 20 por quilo de pescado.

Penalmente, ele responde por

crime de detenção de um a

três anos e multa.(G-1)

VENDE-SE

Casa no bairro do Camargo

Valor a negociar

Tel.: 14 98808-1843

é uma publicação semanal da Editora Vieira Aires Ltda

CNPJ: 07.421.264/0001-68 - Inscr. Municipal 18.833

Registrado sob o Livro “A” - Registro Civil de pessoa jurídica e no Livro

“B-01” - Registro de Jornais, Oficinas Impressoras, Empresas de Radiofusão

e Agências de Notícias, sob o n° de ordem 11 (onze).

Fone: (014) 3733-6706 | E-mail: avozdovale@avozdovale.com.br

Site: www.avozdovale.com.br

REDAÇÃO: Rua Alagoas, 2001 - CEP 18700-010 - Avaré/SP

DIRETOR RESP.: NATALINO VENÂNCIO AIRES FILHO

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus

autores e não expressam necessariamente a nossa opinião

CIRCULAÇÃO: Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Cerqueira

César, Holambra II, Iaras, Itaí, Itatinga e Paranapanema.


De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

A VOZ DO VALE

Página 3

Parecer do Ministério Público opina pela

continuidade da CPI da Dívida Ativa

A ação, que está paralisada desde o início do ano, investiga supostos casos de prescrição tributária na Prefeitura de Avaré durante os anos de 2017 e 2018

Foi divulgado, nessa

semana, manifestação do

Ministério Público quanto

à CPI da Dívida Ativa que

tramita na Câmara Municipal

de Avaré. Segundo o

documento levantado pela

reportagem do jornal A

Voz do Vale, a promotora

Gilmara Cristina Braz de

Castro, que assina o parecer

do MP, é favorável à

continuidade do processo

no Legislativo.

A CPI da Dívida Ativa

apura supostos casos

de prescrição e decadência

tributária, na Prefeitura de

Avaré, nos anos de 2017 e

2018, ou seja, a prescrição

da dívida de empresas localizadas

na cidade junto ao

Por André Guazzeli

O baixo nível de água

da Represa Jurumirim que

vem chamando a atenção

de autoridades locais, também

chamou atenção do

Deputado Estadual Ricardo

Madalena (PL), o qual

através de ofícios cobrou a

ANEEL – Agencia Nacional

de Energia Elétrica, a

ANA – Agência Nacional

de Águas, bem como a Secretaria

de Infraestrutura e

Meio Ambiente, representada

por Marcos Penido.

Nos ofícios enviados,

o parlamentar questiona o

baixo nível das águas da

Represa Jurumirim, um

dos cartões postais da região

de Avaré.

A Secretaria de Infraestrutura

e Meio Ambiente,

o deputado ressalva que

sejam tomadas providência,

já que o nível atinge

o mais baixo em cerca de

14% nos últimos 25 anos.

Moção ao presidente

Bolsonaro - Não se furtando

em apenas cobrar agências,

Ricardo Madalena

enviou uma Moção ao atual

presidente Jair Messias

Bolsonaro, destacando a

importância da Represa

Jurumirim.

Em um dos trechos enviados

ao presidente Bol-

Poder Municipal. Todo processo,

segundo apurado inicialmente,

já teria custado

aproximadamente R$2 mi

aos cofres públicos; no entanto,

análises extraoficiais

afirmam que o rombo pode

ser muito maior do que verificado

inicialmente.

A comissão de inquérito

está paralisada desde o

último dia 12 de abril devido

a uma determinação

anterior da 1ª Vara de Justiça

de Avaré. No parecer

do Ministério Público, no

entanto, a Promotoria opina

por não conceder Mandado

de Segurança pedido

pela Prefeitura de Avaré

contra a ação parlamentar

Para Gilmara de Castro,

“é evidente que existe interesse

público no objeto

da investigação, haja vista

que o Município de Avaré

pode ter sofrido prejuízo,

e consequentemente o prejuízo

resvala na população

avareense pois a perda da

arrecadação tributária impede

a implementação de

serviços que devem ser colocados

à disposição dos

munícipes, como saúde,

educação entre outros”.

O parecer deve ser analisado

pela Justiça Avareense

nos próximos dias,

quando nova decisão sobre

o tema será conhecida

pelo público em geral.

EM TEMPOS – Pouco

antes do fechamento

dessa edição, a assessoria

da Câmara Municipal

de Avaré enviou nota

oficial aos departamentos

de Imprensa comentando

a manifestação da

Promotoria Pública.

No documento é afirmado

que 1.210 processos

foram extintos por

prescrição intercorrente,

ou seja, a perda do

direito de ação no curso

do processo “em razão

da inércia do autor da

ação, que não praticou

os atos necessários para

seu prosseguimento e

deixou a ação paralisada

por tempo superior ao

máximo previsto em lei,

no caso, 5 anos”.

Ricardo Madalena pede providências

para solucionar problema da Represa Jurumirim

Baixo nível das águas na região de Avaré fez deputado cobrar agências e enviar, até mesmo,

moção ao presidente Bolsonaro pedindo providências

sonaro, o deputado salienta:

“A Bacia Hidrográfica

do Rio Paranapanema para

exploração de seu potencial

banha dez municípios

e desde o início da instalação

da Represa, moradores

e investidores buscam

melhorias para o setor turístico.

É notório que as barragens

de Usinas Hidrelétricas

influenciam o nível

do rio e em épocas de estiagem

o rio logo abaixo

da barragem fica praticamente

seco, porque muitas

vezes os operadores da

barragem não cumprem a

norma legal de deixar no

rio a sua vazão mínima, e

isso afeta não só a biodiversidade,

mas também o

abastecimento de água da

população e de outras atividades

econômicas”.

Empresa responsável -

O deputado Ricardo Madalena

destaca ainda que a

empresa China Three Gorges

Corporation, a qual

opera e administra oito

usinas hidrelétricas ao longo

do Rio Paranapanema,

dentre as quais a Represa

de Jurumirim e desde

a conclusão da aquisição

das operações da Duke

Energy Internacional assumiu

solidariamente todas

as suas obrigações com a

Represa de Jurumirim -

formada pelo represamento

do Rio Paranapanema

para exploração de seu potencial

energético, banha

dez municípios incluindo

as cidades de Itaí e Avaré

e em referência especifica

a Represa de Jurumirim.

O parlamentar paulista

ainda destacou que, desde

o início da instalação

da Represa, moradores e

investidores buscaram atividades

econômicas para

melhor desenvolvimento

de seu potencial turístico,

investindo em marinas, locais

de pesca, campings,

hotéis, pousadas, passeios

de barco. Entretanto, nos

últimos anos esses moradores

tem se deparado

com um volume cada vez

menor de água na represa,

estando atualmente com

menos de 17% de sua capacidade,

um dos mais baixos

nos últimos 25 anos,

segundo dados da Agencia

Nacional de Águas.

“Os moradores nunca

viram um nível de água tão

baixo, com barcos danificados,

inundados e virados

ou parados, muita lama,

faixas de areia ao redor da

represa estão aumentando,

tocos de arvores antes submersos

e agora visíveis,

trazendo enormes riscos

para a navegação na represa.

A paisagem mudou!

Agricultores e pescadores

também sofrem com volume

de água tão baixo.

Os peixes desaparecem

e sua reprodução tende a

baixar. Os danos ao Meio

Ambiente são visíveis. Os

prejuízos diretos para pequenos

e médios negócios

impactam toda a estrutura

econômica e de lazer da

região.”- lamentou o deputado

Madalena.

Represa Jurumirim -

O início das obras de construção

foi em 1956 e a

última máquina instalada

foi em 1962, construída e

montada pela Construtora

Servix. O nome Jurumirim

vem do tupi e significa

"foz pequena".

A usina possui uma

potência instalada de

98.000 kW, por meio de

duas turbinas do tipo Kaplan,

a partir de um desnível

de 30,9 m. Seu reservatório

inunda uma área

de até 449 Km2. Segundo

o Operador Nacional do

Sistema Elétrico (ONS)

o lago da Usina Hidrelétrica

de Jurumirim é capaz

de armazenar 2% do

volume represável pelos

reservatórios do Sistema

Sudeste/Centro Oeste, o

que representa 34,42%

do armazenamento de

água do subsistema do

Rio Paranapanema.

A bacia hidrográfica

tem uma área de 17.800

km². Tem cerca de cem

quilômetros de comprimento

e em alguns

trechos ultrapassa três

quilômetros de largura.

A represa tem um reservatório

com área de 449

km², contendo um volume

de água quase quatro

vezes maior que o da

Baía de Guanabara no

Rio de Janeiro e tem uma

descarga de 1.790 m³/s.

MEC nega bloqueio

de recursos em represália ao

Instituto Federal de Avaré

Governo federal pretende batizar biblioteca da

IFSP/Avaré em homenagem ao militar Brilhante Ustra,

condenado pela prática de tortura

Uma decisão do Ministério

da Educação (MEC)

atinge diretamente o Instituto

Federal de Educação,

Ciência e Tecnologia de

São Paulo (IFSP), Campus

Avaré: a unidade escolar,

segundo informações,

deve, para continuar recebendo

recursos da pasta

da União, ser nomeada em

homenagem ao coronel

Carlos Alberto Brilhante

Ustra. O militar é conhecido

por suas condenações,

pela Justiça brasileira, devido

à prática de tortura

durante a Ditadura Militar.

Atualmente, a unidade responde

pelo nome da educadora

italiana Linda Bimbi.

A denúncia foi feita pela

deputada federal Luiza

Erundina (PSOL-SP).

“O ministro da Educação,

senhor Weintraub,

está retaliando o Instituto

Federal de Educação de

Avaré […], que não vai

repassar os recursos que

aquela instituição tem direito

pelo fato de ter inaugurado

uma biblioteca […]

que deu o nome de uma

grande mulher, religiosa,

educadora, cientista, política

e que viveu no Brasil

na época da ditadura militar

com a sua comunidade

e que tiveram de fugir

para não serem destruídas,

eliminadas, presas durante

aquele regime de força que

o país viveu”, disse a parlamentar

durante sua palavra

na Câmara dos Deputados,

em Brasília.

Segundo nota oficial do

MEC enviada ao jornal A

Voz do Vale, no entanto, o

ministério negou a informação

da parlamentar negou

a informação da deputada

federal quanto a supostos

bloqueios de recursos destinados

à instituição avareense.

O MEC afirma, no

documento, que “o Instituto

Federal de São Paulo recebeu,

de janeiro até hoje,

24/10, em limite de empenho,

R$ 114 milhões, dos

quais foram empenhados

R$ 84,8 milhões e efetivamente

pagos R$ 57,7 milhões

restando ainda à instituição

R$ 56,3 milhões

em orçamento disponível”.

Ainda segundo o Ministério

da Educação, o Governo

Federal informou “que o orçamento

de custeio das universidades

e institutos foi

100% descontingenciado,

o que torna possível à instituição

a utilização de todo o

orçamento de custeio”.

O MEC acrescentou

também que, após os repasses,

a direção dos Institutos

Federais tem autonomia na

gestão orçamentária. Em

referência à nomeação do

departamento como forma

de homenagem a Brilhante

Ustra, a Assessoria de

Imprensa do órgão federal

não se manifestou.

ENTENDA – Durante

sessão legislativa na Câmara

Federal, na terça-feira,

dia 22 de outubro, a deputada

federal, Luiza Erundina,

afirmou que o ministro

da Educação, Abraham

Weintraub, teria determinado

o bloqueio dos repasses

ao Instituto Federal de

Avaré depois que órgão

homenageou Linda Bimbi,

dando o nome a biblioteca

que foi recém inaugurada.

Segundo Erundina, o

desejo de Weintraub era

que o homenageado fosse

o Coronel Brilhante Ustra.

“O ministro disse que

quem deveria ser homenageado

não era a Linda

Bimbi, mas o Coronel Brilhante

Ustra, um contumaz

torturador na época da ditadura

militar. Esse ministro

ainda não se deu conta

que a ditadura acabou, que

nós estamos reconstruindo

e consolidando a democracia

em nosso país. É inaceitável

que justamente, o

ministro da Educação venha

retomar a lembrança

de um torturador”.

A biblioteca Linda

Bimbi, inaugurada no

Campus Avaré, foi construída

graças à destinação

de emenda parlamentar de

Luiza Erundina e do deputado

Paulo Teixeira (PT).

Foram investidos R$1,5

milhão na construção do

espaço. Parte desse valor

é proveniente de emenda

parlamentar de Luiza

Erundina. O evento contou

com autoridades municipais

e reitores de diversos

campus do Instituto Federal

de São Paulo. A nova

biblioteca tem capacidade

para receber 36 mil títulos,

além de amplo espaço para

pesquisa e estudos.

Linda Bimbi foi uma

ex-freira italiana que lutou,

ao longo de sua vida,

pela defesa dos direitos

humanos, e da democracia.

A educadora teve uma

importante contribuição na

luta contra a ditadura, entre

os anos de 1964 e 1985.

Linda faleceu em agosto

de 2016 aos 91 anos.


Página 4 A VOZ DO VALE De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

Cartório Eleitoral retoma

atividades na próxima semana

Também foram repassadas informações sobre o Cadastramento Biométrico obrigatório na cidade

O cartório eleitoral da

17ª Zona Eleitoral de Avaré

informou, na última semana,

que estará com seus

atendimentos paralisados

até o início da próxima

semana. As ações e atendimento

público voltam

à normalidade a partir da

terça-feira, 05, no horário

normal. Junto à nota, o departamento

também divul-

gou parciais referentes ao

Cadastramento Biométrico

na cidade de Avaré.

De acordo com informações

da Justiça Eleitoral

de Avaré, a escola Maneco

Dionísio é o colégio

eleitoral da cidade com

menor índice de cadastro

biométrico: pouco mais

de 53% do eleitorado do

local realizou a biometria.

Já a escola Celina Vilela

Duarte Bruno atingiu o índice

de 100% dos eleitores

cadastrados. A escola com

maior número de votantes

– EE Dr Paulo Araújo

Novaes – por sua vez, tem

63,7% de registro. Outros

destaques ficam com as

escolas municipais Fausto

dos Santos Rodrigues,

Norma Lilia Pereira e

Dondoca, respectivamente

com 99,3%, 98,7% e

98,5% da meta prevista; o

IFSP/Avaré, por sua vez,

tem 98,7% dos números

esperados. Em cômputo

geral, Avaré cadastrou, até

o momento, 68,73% dos

eleitores regulares.

A Justiça Eleitoral de

Avaré lembra que possui

dois pontos de atendimento

aos eleitores: no cartório

eleitoral, localizado à

rua Santa Catarina, 781,

das 12 às 18 horas - o

atendimento é preferencial

aos agendados - e Posto de

Atendimento Temporário,

na Casa do Cidadão, na

rua Bahia, 1580, das 8 às

17 horas, com atendimento

por ordem de chegada.

Para realizar seu cadastramento

biométrico o

eleitor deve comparecer a

um destes locais com documento

de identidade original

com foto (RG, CNH,

Carteira profissional, etc) e

comprovante de residência

recente. Em Avaré, o prazo

para cadastrar a biometria

é 19 de dezembro. O agendamento

por ser solicitado

pelo site www.tre-sp.jus.br

UniFSP Avaré promove evento analítico

sobre perspectivas regionais do Agronegócio

A ação contou com a presença de autoridades, que analisaram as potencialidades do setor nos dias atuais

No último dia 10 de

outubro, como parte integrante

da V Semana

Acadêmica do Curso de

Engenharia Agronômica

UniFSP, aconteceu o

“I Encontro sobre Perspectivas

do Agronegócio

Regional”. A atividade

foi realizada nas dependências

da Câmara Municipal

de Avaré e reuniu

autoridades regionais ligadas

ao assunto.

Segundo informado

pela assessoria da Universidade,

o principal

objetivo da açãoo foi

reunir profissionais de

referência do Agronegócio

regional para apresentação

e discussão das

situações atuais e rumos

do segmento, considerado

um dos mais importantes

para a Economia

Nacional. Na oportuni-

dade, o organizador do

evento, Alessandro Antonangelo

(coordenador

do curso de Engenharia

Agronômica e Pró-

-Reitor de Pesquisa e

Extensão da UniFSP),

comemorou o Dia do

Engenheiro Agrônomo

e, em nome dos alunos

e professores do curso

de Engenharia Agronômica

da universidade,

homenageou o engenheiro

agrônomo Shinya

Takahagui por sua contribuição

ao desenvolvimento

do Agronegócio

regional e anos de dedicação

e amor à profissão.

“Somente por meio

da inovação, aliada à valorização

de nossas referências

profissionais,

conseguiremos construir

um Agronegócio competitivo

e sustentável”,

concluiu”, acrescentou

Alessandro, ao final das

atividades. Além dele,

também participaram do

encontro Almerindo José

Vidilli Júnior (Gerente

Comercial - Cooperativa

Agroindustrial Holambra),

Carlos de Petrini

da Silva Coelho (Presidente

da AREA - Associação

dos Engenheiros,

Agrônomos e Arquitetos

de Avaré e Gerente Proprietário

Nutri Indústria

e Comércio de Rações),

Eliseu Aires de Melo

(Diretor da Coordenadoria

de Desenvolvimento

Rural Sustentável CDRS

– Avaré), Marcelo Cândido

(Gerente de Recursos

Humanos – Inroda

Máquinas e Implementos

Agrícolas), Newton

Tamassia Pégolo (Coordenador

de Pesquisa e

Inovação do Instituto Federal

de São Paulo –IFSP

Avaré), Ronaldo Souza

Vilas Boas (Secretário

de Agricultura e Abastecimento

da Estância

Turística de Avaré) e

Wilson Pavin Júnior

(Gerente – Citrosuco).


De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

A VOZ DO VALE

Página 5

Seccionais recebem título

de Cidadãos Honorários de Itaporanga

O delegado seccional

de Avaré, Rubens César

Garcia Jorge, e o delegado-

-assistente Jorge Cardoso de

Oliveira foram homenageados,

pela Câmara de Itaporanga

com o Título de Cidadão

Honorário. A entrega da

comenda aconteceu durante

sessão solene realizada na

noite do último dia 30, no

Rotary Club da cidade.

Segundo informações

repassadas à reportagem

do jornal A Voz do Vale,

as honrarias foram concedidas,

respectivamente,

pelos decretos legislativos

9 e 5, ambos de 19 de

maio de 2019, em razão

“dos relevantes serviços

prestados à comunidade

itaporanguense”. Os laureados

receberam uma placa

alusiva à condecoração e

posaram para fotos com

amigos e familiares. Os

delegados dedicaram a

honraria aos policiais civis

que integram a Delegacia

Seccional, responsável por

17 municípios da região de

Avaré. Na ocasião, também

foram homenageados

com a mesma distinção outras

10 pessoas, entre elas o

capitão PM Marcelo José

Messias, também de Avaré.

Ainda foram entregues

títulos de Cidadão Benemérito

e moções de aplausos,

que são formas de reconhecer

o trabalho de profissionais

e voluntários que contribuem

para a comunidade

a qual pertencem.

A cerimônia foi conduzida

pelo Presidente do

Legislativo Municipal,

Trajano de Oliveira Filho,

com a participação de todos

os vereadores. Diversas

autoridades participaram

da cerimônia, entre

elas os prefeitos de Itaporanga

(Douglas Benini),

Taquarituba (José Clóvis

de Almeida) e Riversul

A outorga do título aconteceu por relevantes serviços prestados àquela cidade

(José Guilherme Gomes),

o comandante do 53º

BPMI de Avaré tenente

coronel José Semensati

Júnior e os delegados de

polícia José Carlos Fernandes

(Itaporanga), Fabiano

Ribeiro Ferreira da

Silva, Lázaro Antonio de

Almeida, Marco Aurélio

Gonçalves Gomes, todos

de Avaré, e Paulo Sérgio

Garcia (Paranapanema).

Menores são apreendidos por tráfico de entorpecentes no Brabância

O caso aconteceu na

tarde do último dia 30 de

outubro, quarta-feira, e

aconteceu durante patrulha

de rotina da PM pelas

imediações da citada

localidade. Além de drogas,

os policiais também

encontraram R$500 em

posse dos apreendidos.

Conforme relatado,

os policiais estavam pelas

imediações quando

perceberam a movimentação

de dois adolescentes

em uma bicicleta. Ao

perceberem a presença

dos militares, os menores

demonstraram sinais

evidentes de nervosismo

e, com isso, chamaram a

atenção, motivando a revista.

No entanto, um dos

adolescentes tentou fugir

do local, pulando cercas

e atravessando por um

matagal e, ao mesmo

tempo, se desfazendo de

uma sacola plástica que

trazia consigo.

Após sua contenção e

resgate do material descartado,

verificou-se que

no mesmo existia maconha.

Os adolescentes

afirmaram que o produto

era para uso pessoal; no

entanto, em revista ao

menor infrator que havia

ficado no local, foi

localizada a quantia de

R$500 em notas diversas.

O apreendido não

soube informar a procedência

do dinheiro, restando

nítidos os indícios

de que estava realizando

tráfico de drogas. Os

dois foram encaminhados

ao Plantão Policial,

onde foram autuados por

ato infracional de tráfico

de drogas e aguardaram

Audiência de Custódia.

Polícia Militar realiza Operação Interior Mais Seguro

A ação, de âmbito estadual, resultou na apreensão de drogas e veículos em Avaré

disso, uma pessoa foi presa

em flagrante e um foragido

recapturado, assim

como também foi abordado

e coibido um ponto

de tráfico de drogas, resultando

na apreensão de

6 quilos de maconha, 26

gramas de crack. 58 veículos

foram fiscalizados

durante a medida, com três

apreendidos e 21 autos de

infração de trânsito elaborados.

(Divulgação PM)

A Polícia Militar desencadeou,

durante a última

terça-feira, 29, a Operação

Interior Mais Seguro. A

medida foi verificada em

todas as cidades de São

Paulo como tentativa de

prevenir/reduzir a crimi-

nalidade, aumentando,

consequentemente, a Segurança

Pública.

Segundo declarações

da corporação, toda ação

teve como finalidade “garantir

a continuidade da

redução dos indicadores

criminais, aumentando a

presença ostensiva para

melhorar a segurança

das pessoas e combater

o crime”. Para tanto, ela

contou com a mobilização

de policiais militares

com emprego de viaturas

distribuídos em diversas

localidades paulistas.

No município de Em

Avaré, especificamente

na área do 53º BPM/I, a

operação alcançou resultados

considerados ‘expressivos’

pela corporação:

conforme divulgado,

a medida mobilizou 72

homens e utilização de 35

viaturas, com 107 pessoas

abordadas em 47 pontos

de visibilidade; além


Página 6 A VOZ DO VALE De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

Torneio de truco dos servidores da

Prefeitura reúne dezenas de participantes

A atividade foi idealizada como comemoração pelo dia dedicado à categoria, celebrado em 28 de outubro

O Sindicato dos Servidores

e Funcionários Públicos

de Avaré e Região realizou,

durante a tarde do último

dia 26, sábado, um torneio

de truco destinado a seus

filiados. As disputas aconteceram

nas canchas de bocha

do Ginásio de Esportes

Tico do Manolo, no bairro

Brabância e contou com 22

participantes de diversos setores

da Prefeitura de Avaré.

A organização ficou a

cargo do diretor de esportes

e do presidente do Sindicato,

respectivamente José dos

Santos Callado Neto e Leonardo

do Espírito Santo. As

disputas tiveram início às

13 horas e somente foram

encerradas por volta das 20

horas, ou seja, foram cerca

de 7 horas de diversão. “Foi

uma atividade muito agradável.

Todos os funcionários

que compareceram se

divertiram, competiram e

as quatro duplas vencedoras

ainda levaram pra casa uma

premiação em dinheiro”,

destacou Callado.

PREMIAÇÃO – A dupla

campeã foi dos servidores

Hélio Gonçalves (motorista

escolar) e Marcos

Rogério (mecânico). Além

do troféu e medalhas, eles

ainda foram premiados com

R$ 2 mil. A segunda colocação

ficou com a dupla Dorival

Oliveira e Paulo Sérgio,

sendo ambos calceteiros:

eles receberam R$ 1 mil,

mais troféu e medalhas; já

a dupla Ronaldo Dias (serviços

gerais) e Reginaldo

– Nau (esportes) ficou em

terceiro e foram premiados

com troféu e R$ 300. Em

quarto ficou a dupla de servidores

Cláudio Leonel e

Celso Castilho. Ambos trabalham

no setor de varrição

e receberam troféu e R$ 200

como premiação. Após a

entrega da premiação, houve

uma confraternização

entre os participantes.

“Gostaríamos de agradecer

a todos os funcionários

que participaram da competição,

como também aos

servidores que ajudaram na

organização, assim como

o secretário de Esportes,

Léo Rípoli, Faculdade

Eduvale, por seu mantenedor

Cláudio Salomão, e a

Rádio Cidadania FM, que

colaborou na divulgação

da atividade”, destacou

Antonio Callado Neto.

Ainda segundo os responsáveis

pela entidade sindical,

novas atividades estão

sendo pensadas como forma

de entretenimento dos funcionários

da Prefeitura. “Em

breve, estaremos realizando

mais novidades, novas competições

como sinuca, pebolim,

dominó, tênis de mesa,

damas, xadrez, malha, bocha,

futsal, futebol society,

entre outros”, finalizou o

diretor Callado.

Mostra apresenta as origens da Imprensa em Avaré

A exposição, idealizada pela Secretaria de Cultura local, pode ser visitada até o final desse ano

Foi aberta, nas dependências

do Museu Municipal

Anita Ferreira de

Maria, no último dia 25,

a mostra “Nas origens do

Jornalismo Avareense”.

A exposição pretende levar

os visitantes a conhecer

os diferentes veículos

de notícia que já existiram

ao longo dos anos na

cidade. As visitações podem

ser agendadas até o

final desse ano.

Durante a atividade, o

público poderá conhecer a

história da imprensa escrita

de Avaré, iniciada em 1886

com o quinzenário “O Rio-

-Novense”, primeiro jornal

da cidade editado pelo alferes

Manoel Marcellino

de Souza Franco, o popular

Maneco Dionísio. Além

disso, também integram a

exposição páginas de exemplares

raros, como o “Correio

do Avaré”, “Correio

do Sertão”, “O Commercio

de Avaré”, “Cidade de

Avaré”, “Tribuna de Avaré”,

“O Município de Avaré”

e “Gazeta de Avaré”,

algumas impressas ainda

no Império. “Todos marcaram

os anais da mídia

impressa durante a República

Velha. Também está

exposta a primeira edição

do 'O Avaré', jornal que

circulou por 70 anos, entre

1934 e 2004”, destaca

Gesiel Theodoro Neto, diretor

do Museu Municipal.

O material foi conservado

durante muitos anos pela

memorialista Flora Bocci,

que o doou em 2009 para o

acervo histórico do município.

Também contribuiu

para a mostra o pesquisador

Gilberto Fernando Tenor.

Além disso, a iniciativa,

organizada com apoio da

Secretaria Municipal de

Cultura, reverencia a memória

dos jornalistas Maneco

Dionísio, Major Rangel,

Antonio Galvão, Chico

de Almeida, Quinquim

Monteiro e os avareenses

Gabriel Marques e Armando

Padredi.

O Museu Municipal

está instalado no Centro

Avareense de Integração

Cultural (CAIC), localizado

na Rua Minas Gerais,

nº 279, e pode ser

visitado de segunda a

sexta, das 08 ao meio dia

e das 13 às 17 horas.


De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

A Voz do Vale

Página 7

Redes sociais viram palco para

manifestações contra a Saúde Pública

“Se tivessem diagnosticado

no começo, ele não teria

falecido”. Esse desabafo

foi feito, nas redes sociais,

pela mãe do bebê, de apenas

um ano, que morreu

com meningite bacteriana

em Avaré. Segundo ela, a

demora no diagnóstico pelos

médicos do Pronto Socorro

Municipal teria sido

responsável pela morte

da criança. A matéria foi

abordada pelo jornal A

Voz do Vale quando verificada,

no final do último

mês de setembro.

“Eu levava o meu filho

no PS (Pronto Socorro) e

os médicos falavam que

era virose e dor de ouvido.

Até cheguei a falar

parta a doutora esses sintomas

que ele estava e ela

me disse que era somente

dor no corpo por causa da

gripe, sendo que ele nem

com gripe estava”, postou

a mãe A.G. Ela também

relatou que, somente após

um mês, os médicos do PS

realizaram testes para verificação

da doença. “Foi

quando levei ele (sic) a

última vez, depois de um

mês levando, muito mal e

fizeram o teste, quando foi

diagnosticado a meningi-

te”, destacou ela.

A.G. lamentou a demora

dos médicos em apontarem

o problema. “Em menos de

duas horas, vi meu filho indo

embora no meu colo. Ele era

uma criança saudável. Se

tivessem diagnosticado no

começo, ele não teria falecido”,

lamentou.

Devido à experiência

sofrida, ela pediu atenção

redobrada aos pais que

levarem seus filhos aos

departamentos de Saúde

Pública. “Só estou falando

isso aqui para que, quando

levarem seus filhos no

PS aqui de Avaré, peçam

o exame e fiquem atentos,

pois toda vez que eu levava

o meu filho, eles falavam

que era normal”.

A criança, após a constatação

do problema, foi

internada no Hospital de

Unesp de Botucatu, mas

não resistiu e morreu no

dia 19 de setembro, um dia

após o diagnóstico.

OUTROS CASOS – O

desabafo da mãe motivou

outras pessoas a relatarem

supostas falhas no atendimento

médico do Pronto

Socorro de Avaré por meio

das redes sociais. “Passei

pelo mesmo descaso. Levei

meu filho dois dias

no PS. Estava com muita

coceira, dor no corpo,

não podia nem pegar meu

filho no colo que ele chorava.

Estava com o corpo

todo vermelho. Fizeram

um exame de sangue e me

falaram que não deu nada.

Cada médico diferente me

deu um tipo de antialérgico

e falaram se não melhorar

você volta com ele. Se

eu já estava lá pela segunda

vez é porque meu filho

já não tava bem”, afirmou

a munícipe C.M.

Segundo sua narrativa,

seu filho também foi

atendido, na sequência,

no hospital da cidade vizinha.

“Corri com meu

marido pra Botucatu.

Quando chegamos lá, foi

na hora pra UTI e já começou

com antibióticos

foi internado no dia 18 e

saímos dia 25 de setembro.

Meu filho teve pele

escaldada, uma doença

muito grave. Foi por

Deus que não aconteceu

o pior com ele”, relatou.

Já o munícipe L.D. relatou

problemas no parto

de do filho. “A bolsa da

minha esposa estourou

e tentaram parto normal

durante 16 horas e o medico

falava que se fazer

cesárea ficaria R$ 3 mil

e dividia no cheque. Ele

acabou trocando o plantão

e a Dra. Denise correu

fazer cesárea e graças a

Deus está tudo normal. A

saúde publica é descaso

porque alguns médicos visam

dinheiro e não o amor

da profissão”, afirmou ele.

Já F.M. lamentou ter

enterrado um filho sem

saber o diagnóstico.

“Também perdi minha

bebê, que no meu caso eu

enterrei minha bebê de 4

meses sem ter uma resposta

do que ela faleceu”.

Por sua vez, F.B. acusou

negligência na saúde

de Avaré. “Minha filha

ficou oito dias internada,

ainda está na cama e os

médicos dizem não podem

fazer nada, nem internar,

pois ele não sabe o que ela

tem. Estou fazendo tudo

por conta própria. É uma

negligência esse hospital

de Avaré”, disse o pai, em

suas manifestações.

MENINGITE - O

diagnóstico das meningites

é feito por meio de exames

de sangue e líquido cerebroespinhal

(líquor). São

eles que determinarão o

tipo da doença e, com isso,

a conduta que será adotada

pelos médicos. No caso

das bacterianas, o tratamento

é feito com antibióticos,

associados ou não

a corticóides, de 7 a 14

dias. A internação normalmente

é necessária.

Nas virais, dependendo

do agente, é preciso ministrar

antivirais e corticóides

por cerca de uma

semana. Em geral, as pessoas

são internadas e monitoradas

quanto aos sinais

de maior gravidade.

Por fim, nas meningites

fúngicas, a prescrição é

de antifúngicos por 4 a

12 semanas, também escolhidos

com base no micro-organismo

identificado

no corpo do paciente.

Clarice Terezinha Francisco é a

mais nova associada do Rotary Club de Avaré

como país homenageado,

a Alemanha, motivo pelo

qual a culinária servida aos

presentes abordava esse

tema. A ideia de homenagear

uma nação por mês partiu

da Primeira Dama do Clube,

Alessandra Cruz, e vai de

encontro com o atual lema

rotário, que é "O Rotary

Conecta o Mundo" (Texto -

José Renato Fusco - Da Comissão

de Imagem Pública

do Rotary Club de Avaré)

Pelas mãos do Companheiro

Paulo Curiati, na

noite de ontem, Clarice

Terezinha Francisco se

tornou a mais nova integrante

do Rotary Club de

Avaré. Clarice, que atualmente

gerencia um importante

escritório de advocacia

da cidade, trabalhou

por muitos anos - até se

aposentar - no INSS local.

Jantar Alemão -

Após a posse de Clarice,

foi dado seguimento na

Sessão Festiva, que teve


Página 8 A Voz do Vale De 27 de outubro a 2 de novembro de 2019

Faculdade Eduvale Avaré promove a 2ª Cãominhada

A segunda edição da

Cãominhada organizada

pelos cursos de Medicina

Veterinária e Zootecnia

da Faculdade Eduvale

aconteceu na manhã do

último sábado, dia 26 de

outubro, no Horto Florestal

de Avaré/SP.

Mais de 150 pessoas e

80 cães compareceram ao

evento que contou com

uma série de atrações.

Além do percurso de 2

Inscrições para Encontro

Cinematográfico começam no dia 4

As inscrições para o 10º

Encontro Cinematográfico

de Avaré (Encina), que

acontece entre 10 e 12 de

dezembro, terão início na

próxima segunda-feira, 04.

Neste ano, os concorrentes

vão disputar quatro categorias:

curta-metragem nacional,

curta-metragem do

Centro-Oeste Paulista, curta-metragem

de animação e

filme avareense. As edições

anteriores foram focadas

apenas na produção local.

Aberto ao público, o

evento tem início às 20 horas

no Centro Cultural “Esther

Pires Novaes”. Além

de participar do júri, o crítico

de cinema e colaborador

da Folha de São Paulo, Cássio

Starling Carlos (foto),

vai promover um bate-papo

com os presentes na quinta-

-feira, 12 de dezembro, encerramento

do Encina.

O tema da exposição,

que pode ser novíssimo

cinema brasileiro ou adaptações

literárias para as telonas,

ainda será definido,

informou a organização.

Premiação - Serão selecionados

ao menos dois

filmes de cada modalidade.

Os vencedores serão

premiados com troféus

produzidos pelo artista

plástico Márcio Eustáquio,

o Chicão. Não haverá premiação

em dinheiro.

O Encina é uma realização

da Secretaria Municipal

de Cultura e do

produtor e cineasta Waldir

Bronson. O evento tem o

apoio do Avaré Plaza Hotel.

O prazo para o envio

de material termina no dia

29 de novembro. Outras

informações podem ser

obtidas pelo email festivalencina@gmail.com.

Cemitério Municipal

receberá milhares de

pessoas nesse sábado

A passagem de visitantes pelo local deve

se prolongar durante todo final de semana

Km nas redondezas do

parque, os tutores puderam

fazer a avaliação nutricional

gratuita de seus

animais que também inclui

pesagem, a avaliação

do ECC (Escore de Condição

Corporal)e a aferição

da pressão arterial canina.

Após a caminhada, o

adestrador Tiago Quartuccib

falou sobre a importância

do exercício para o cão

edeu uma miniaula de adestramento.

Saúde animal,

bem-estar, comportamento,

prevenção e socialização

também foram assuntos

abordados em orientações

cedidas pelos estudantes da

Faculdade Eduvale.

Feira de adoção, sorteios

e distribuição de

bandanas personalizadas

e do biscoito natural Edu-

Aponte o celular

para o QR Code

e em seguida para

todo o anúncio.

Crokstambém integraram

a programação da segunda

edição do evento que contou

com o apoio das empresas

Água Boa, Pinheirão

Supermercados, Pro

Advanced Ração, Do Vale

TV e Jovem Pan Avaré.

Hoje, 02 de novembro,

é celebrado em todo país o

Dia dos Mortos. Com isso,

a movimentação no Cemitério

Municipal aumenta

quantitativamente. Nesse

ano, segundo levantado pela

reportagem do jornal A Voz

do Vale, a estimativa aponta

para a visita, ao local, de

mais de 15 mil pessoas até o

próximo domingo (3).

Conforme alertado pela

administração do cemitério,

a data-limite para lavagem

dos jazigos foi o dia 31 de

outubro, quinta-feira: esse

prazo serviu para que os

parentes possam fazer a

devida manutenção nos túmulos

antes da chegada da

maior parte dos visitantes,

prevista para acontecer

durante todo sábado.

Já a construção, reforma

e pintura de túmulos após

a data de 27 de outubro

pode gerar multa. Quem

não cumprir o prazo, pode

ser multado em 200 UF-

MAs (Unidade Fiscal do

Município de Avaré). É o

que determina a Lei Municipal

nº 1832/2014. Cada

UFMA é equivalente a R$

3,40, totalizando R$ 680.

FINADOS - O Dia de

Finados, ou Dia dos Mortos,

é celebrado anualmente em

2 de novembro. No Brasil,

diferente de outras localidades,

a data é um feriado nacional.

A celebração é uma

das mais importantes para

algumas religiões, principalmente

para os católicos:

na data, o movimento nos

cemitérios é intenso.

A origem da data, por

sua vez, remonta ao Século

XI. Os papas Silvestre

II, João XVIII e Leão IX já

recomendavam os cristãos a

dedicarem um dia por ano

a rezarem por quem já havia

falecido e que não era

lembrado. A partir do século

XII, o Dia de Finados

passou a ser celebrado pela

Igreja Católica na atual data.

O Dia de Finados é celebrado

em 2 de novembro

porque no dia anterior, 1º

de novembro, é comemorado

o Dia de Todos os Santos,

data que são relembrados

todos os que morreram

em estado de graça, mas que

não tiveram a oportunidade

de serem canonizados ou

que não são lembrados em

orações por ninguém.

Professor, acesse e faça parte:

inova.educacao.sp.gov.br

Chegou o Inova Educação. O programa

que vai transformar a rede estadual

de ensino. Professores e alunos atuando

lado a lado, com matérias atualizadas

e novas atividades.

Inova Educação. Transformação de hoje,

inspiração pro amanhã.

inova.educacao.sp.gov.br

More magazines by this user
Similar magazines