NO Revista Janeiro 2019

online.magazines

REPORTAGEM

mencionando ainda ser cedo

para dizer nomes que “várias

outras companhias nos têm

contactado com interesse em

voar para a Região”, pois “estão

atentas à evolução daquilo

que tem sido os números dos

Açores”.

À margem da Comissão

Permanente de Economia,

a NO Revista questionou a

Secretária Regional da Energia,

Ambiente e Turismo sobre se

a TAP teve alguma cooperação

com o Governo Regional ou

vai iniciar a ligação com os

EUA por iniciativa própria.

Marta Guerreiro respondeu

que: A TAP deu nota dessa

intenção, de iniciativa própria,

e que nós vemos como um

interesse de uma companhia

um mercado para os Açores que

tem uma notoriedade bastante

interessante.

Em relação à ligação da TAP

colmatar a ausência da DELTA,

a SREAT disse que:

Estamos a comparar coisas

que não são propriamente

comparáveis. A TAP iniciou

uma rota anual, enquanto que

a Delta estava a voar apenas

de final de maio a início de

setembro, e, portanto, em

termos de disponibilização

de lugares, teremos mais

lugares do que tínhamos este

ano, e acreditamos que com

a continuidade da promoção

neste mercado conseguiremos

aumentar o número de turistas

norte americanos nos Açores.

O acompanhamento integral

desta Comissão e os

esclarecimentos prestados pelos

intervenientes permitiram à

nossa redação concluir que

este “divórcio” entre a Delta

Air Lines e os Açores, por

muita “mágoa” que deixe, por

aquilo que a companhia aérea

representaria para a Região,

deveu-se sobretudo a questões

comerciais. Não houve uma

“madrasta má” no meio deste

processo. Pode ter havido

falhas, ao nível da comunicação

entre as partes, ao nível da

segmentação e targeting, mas

não existiu, que se saiba,

nenhum sinal de incompetência

ou incumprimento, de nenhuma

das partes, que levasse a este

desfecho. Existe sim, por

parte das entidades regionais,

a convicção que a promoção

dos Açores no mercado norteamericano

tem potencial para

crescer e a certeza de que irá

existir outro “casamento” com

outras companhias.

PUB

More magazines by this user
Similar magazines